Perdas e Danos

Perdas e Danos Diane Chamberlain




Resenhas - Perdas e Danos


28 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Virgílio César 23/04/2019

Gostei muito do livro. Uma história emocionante e com bastante suspense. Mesmo assim, ainda achei o livro Segredos e mentiras, da mesma autora, superior.
comentários(0)comente



Aventura de aprender 06/03/2019

A sinopse engana um pouco. Quando a história começa. Travis já decidiu participar do tal roubo e abandona sua filha com uma amiga chamada Érin. Então vai voltando no tempo para entendermos o que aconteceu.

A história é centrada em três personagens. Travis que a sinopse já caracterizou; Érin que está com o casamento em crise devido à perda da filha recentemente; e Robin, a ex-namorada de Travis e mãe de sua filha.

Ao longo da narrativa, os caminhos deles se cruzam. Gostei muito, apesar de ser meio lento e arrastado em alguns momentos. A principal lição é que para nos curarmos precisamos nos importar com algo ou alguém além de nós mesmos.


site: https://aventuradeaprender.webs.com/apps/blog/show/46446689-livros-lidos-em-2018-parte-2
comentários(0)comente



@aangeladani 30/11/2018

Uma trama despretensiosa e que me surpreendeu pelo lado bom :)
Esse é um drama com toque de suspense, bem construído e todo escrito em primeira pessoa, com capítulos que se alternam entre os três personagens principais. A autora não deixou pontas soltas e conseguiu levar a trama de um jeito convincente e interessante, com um desfecho igualmente satisfatório. Eu não esperava muito do livro, confesso, mas me surpreendi positivamente.

Nota: 3/5 (bom)
comentários(0)comente



Paula.Soares 15/11/2018

Bom gente a história não é ruim mas a autora pra mim não soube trabalhar com a história, a melhor personagem foi a Erin.
comentários(0)comente



Luana 13/03/2018

Livro envolvente
Aos 23 anos, Travis Brown cria sua filha Bella, sozinho, e apesar de não ter uma vida fácil, consegue levar uma vida digna, até que sua casa pega fogo e sua mãe morre, e logo após ele perde o emprego e precisa ir morar com a filha em um trailer. Lá, conhece Savannah, que parece estar disposta a ajudá-lo, arranjando um emprego para ele em outra cidade, no entanto ele logo descobre que o trabalho na verdade é um roubo, e apesar de achar totalmente errado, ele aceita pois precisa muito do dinheiro. Ele deixa sua filhinha aos cuidados de Erin, uma mulher que acabou de perder a filha e que mal o conhece, a questão é que ele simplesmente 'larga' a filha para ela cuidar, sem nem avisá-la.
Com o desenrolar da história, descobrimos mais sobre o passado de Erin e a perda da filha,
sobre Travis e sua ex-namorada, a mãe de Bella. O livro não possui muita ação nem suspense como eu esperava, é mais um drama, é muito bem escrito e a escritora narra com muita sensibilidade o luto, as relações amorosas e familiares, os personagens são envolventes o que faz com que você torça por eles durante toda a trama. O grande destaque para mim não foi Travis, o personagem principal, mas sim Erin; fiquei muito envolvida na história da perda da filha e em como isso a afetou. O final do livro, apesar de ter sido satisfatório, foi um pouco rápido demais, poderia ter sido mais prolongado, mas no geral, um livro muito envolvente e fácil de ler.
Frase favorita: "É que aprendi que a aparência de uma pessoa nem sempre revela o que se passa dentro dela. É impossível enxergar os demônios de alguém só olhando para seu rosto."

site: https://mundodaluunaa.wordpress.com/
Isabelle 13/03/2018minha estante
já quero




Daniel Moraes 19/02/2018

Perdas e Danos
Nosso protagonista, Travis, tem apenas 23 anos e sustenta sozinho sua filha de 4 anos, Bella, desde que a menina nasceu. Sua vida não vai nada bem desde que perdeu o emprego e para piorar ainda mais, sua mão faleceu em um incêndio junto com sua casa. Entristecido e com o pouco dinheiro ele se muda para um acampamento de trailers no intuito de tentar achar um emprego que possa manter a 'casa' e a sua filha.

Mas eis que uma esperança surge na vida de Travis: sua "vizinha" de trailer, lhe passa uma indicação para trabalhar para Roy, em Raleigh. Sem pensar duas vezes, vai para este lugar com intuito de ganhar um dinheiro munido com algumas roupas, pouco dinheiro e sua  van, onde passa a morara dentro dela com sua filha Bella.

Outra personagem que entra na história é Robin, que ficou grávida de Travis aos 18 anos, porém, em virtude de uma séria doença cardíaca e pressionada pelo pai, ela não pode ficar com o bebê e pretende dá-lo para adoção, uma vez que o pai nunca aprovou o relacionamento dela com Travis. Atualmente, com 22 anos, sem o pai e um coração transplantado, ela refez sua vida em Beaulfort: Robin é gerente de uma pousada e está noiva de Dale Hendricks um político influente e candidato a prefeito da cidade.

A terceira personagem que tem uma personalidade peculiar e uma participação importante nesta história, é Érin, uma farmacêutica que vive o seu pior pesadelo: a morte da filha Carolyn de 3 anos, desaparecida ao cair de um píer em uma praia e nunca mais seu corpo fora encontrado.

Com a desaparecimento da filha, a convivência com seu esposo Michael, tornou-se insuportável, e a única forma de seguir sua vida, e deixar Michael seguir sua trajetória, e assim, Erin se muda para um pequeno apartamento, onde nada faça lembrar da filha, principalmente pessoas próximas a ela que fazem trazer a tona, lembranças da pequena Carolyn.

O mais incrível dessa história é que as vidas desses 3 personagens acabam se entrelaçando, fazendo com que todos se ajudem a superar seus medos, traumas, seus demônios.

A aproximação de Travis com Érin se dá a partir do momento que ele chega à Raleigh, cidade de Érin e indo em uma cafeteria onde ela costuma tomar seu café da manhã, ali inicia uma aproximação de ambos e, nunca se imagina o que acontecerá a partir daquela contato, pois ele caiu em uma emboscada ao aceitar o emprego de Roy, um traficante que o pega como motorista, indicado por sua vizinha ainda no trailer e o mais incrível é onde entra Robin, à quatro anos sem contato, desde o nascimento de Bella, sua filha que por sua vez está com Travis, até então não teva mais contato.

Não falarei mais nada, senão passarei spoiler e esse não é o intuito da resenha. Contudo posso garantir com veemência: “Perdas e Danos” foi um dos melhores dramas que li neste ano e, me arrependo muito em não ter lido assim que o comprei, mas tudo tem o seu tempo. E desse livro foi justamente agora.

Para quem gota de dramas, dramas familiares e conflitos que envolvam temáticas tais como essa, é uma excelente indicação! Altamente indicado para os amantes de uma boa história de romance, drama e superação, e que acredita no perdão, pois é o sentimento mais puro e verdadeiro que podemos demonstrar.

site: bit.ly/-Perdas
comentários(0)comente



Fabi 06/01/2018

O QUE FAZEMOS POR AMOR
Amigo leitor, se você está à procura de um livro que você vai roer as unhas de ansiedade, torcendo que os personagens se deem bem no final, este é O LIVRO!
Vemos como a vida de qualquer pessoa, pode mudar de um dia para outro. Você pode ter uma vida estável, todos de sua família bem e em apenas 1 dia, não ter mais isso.
Perdas e danos irá contar a história de Travis Brown, um rapaz de apenas 23 anos, que tem um trabalho que coloca o alimento na mesa, e uma linda filha de 4 anos, que com a ajuda de sua mãe a ajuda cria-la.
A mãe da menina o abandonou, mas mesmo assim Travis desde cedo assumiu a responsabilidade sobre a criança.
Mas a vida de Travis irá mudar quando a casa em que vivem, pega fogo com tudo que tinham, e sua mãe vem a falecer. Ele conhece Savannah que aos seus olhos parece uma pessoa que quer ajuda-lo. Ela logo indica um trabalho para ele, prometendo que terá o dinheiro que tanto precisa no momento.
O rapaz necessitando mais do que tudo do dinheiro para ter um teto sobre a cabeça de sua filha e comida para eles se sustentarem, aceita de imediato a proposta, pensando que é algum serviço no ramo de construção.
Engana-se ele, pois o serviço em questão é roubar uma loja. Roy, o empregador, garante a Travis que será só uma vez e que ele sairá com uma boa grana. Caberá a Travis decidir se o mais importante é ter dinheiro para as necessidades de sua tão amada filha ou continuar sendo um pai honesto para ela.
A autora nos passa a mensagem que qualquer pessoa em um momento desesperador pode fazer uma escolha errada. Todos somos humanos e quando nos vemos desamparados, acabamos fazendo péssimas escolhas.
O livro é narrado por Travis, Robin (mãe da filha de Travis) e Erin.
Cada um terá um papel na vida da pequena Bella de 4 anos.
Travis como está desesperado, acaba sendo ingênuo quanto ao serviço que lhe é oferecido. Mas e quem nunca foi ingênuo em situações semelhantes?
3 pessoas, 3 vidas marcadas pelo sofrimento e 1 criança que ligarão seus destinos.
O desfecho para mim foi satisfatório. Recomendo o livro, apesar de ser pequeno, ele é uma boa leitura, para aqueles que procuram tramas baseadas em conflitos familiares.
Gustavo Igor 06/01/2018minha estante
Excelente resenha como sempre! Todos suas resenhas me fazem ter vontade de ler os livros referidos!! Sensacional!!


Fabi 06/01/2018minha estante
Obgd mais uma vez!




Michele Bowkunowicz 14/02/2017

ótimo!
Travis Brown é um rapaz muito ajuizado e embora possua 23 anos cria sozinho sua filha Bella de apenas quatro anos desde sua custódia, quando ela era ainda uma bebê. Nunca foi fácil para ele assumir essa responsabilidade, mas o amor por sua filha o faz ter forças de seguir em frente. Porém algo inesperado acontece, um incêndio extirpa de sua vida sua mãe e único lar que eles possuíam. Travis se vê tão desamparado quanto sua filha.

Sem ter pra onde ir eles vão morar num trailer e totalmente arruinado e completamente desesperado, ele se vê frente a um trabalho fácil, porém completamente ilícito, mas que no fim, o ajudará a pagar as contas. Travis toma decisões que trarão consequências devastadoras, pois nem sempre amor, coragem e honestidade são suficientes para não se deixar corromper o coração de um homem completamente encurralado.

Enquanto Travis trava suas próprias batalhas, vamos conhecer Erin, uma mulher também devastada pela perda de sua filha Caroline que faleceu num acidente. Ela passa seus dias sem grandes expectativas e seu passatempo é examinar a vida em uma cafeteria. Ressalto também a presença de Robin, a mãe de Bella, que realizou um transplante de coração e que pouco se lembra do seu passado e é manipulada por seu pai que lhe fornece informações incoerentes e completamente falsas de sua vida.

Três histórias, três vidas inteiramente divergentes que se chocam e trazem emoções que fluem e se entrelaçam, tornando o leitor cativo por todas as páginas dessa obra inigualável. A narrativa carrega suspense, muitas dúvidas, doses homeopáticas de romance e boas pitadas de emoções. A escrita da autora é muito comovente, possante e extremamente chocante.

Foi muito especial acompanhar o amor incondicional de Trevis por sua filha, a perda devastadora de Erin e a triste história de Robin. As reviravoltas são uma constante na obra e tenho certeza que agradará a todos os fãs de um bom drama.

site: http://www.lostgirlygirl.com/2017/01/resenha-1150-perdas-e-danos-diane.html
comentários(0)comente



Dias de Leitores 31/12/2016

Dramas em Família
Perdas e Danos têm uma escrita fácil, envolvente e surpreendente, principalmente quando se gosta de ler um pouco de drama, me apeguei a cada personagem e me envolvi com cada história conforme fui lendo, a narrativa nós leva a pensar nas escolhas que fazemos na vida, e que às vezes ela segue por caminhos complicados, mas com amor o passado pode ser curado e perdoado.

site: http://diasdeleitores.blogspot.com.br/2016/09/resenha-perdas-e-danos.html
comentários(0)comente



Sophia.Merkauth 07/07/2016

Narrado e primeira pessoa, divido em capitulos entre os personagens principais da trama.
Quem são os personagens?
Travis – pai de Bella, perde a mãe e a casa em um incêndio, fica desempregado e com a filha de 3 anos para cuidar;
Robin – mãe de Bella, que depois de dar a luz, fica muito debilitada devido a doença que afeta seu coração. Entrega a filha para adoção sem nunca tê-la visto;
Erin – tem seu casamento abalado depois que perde a filha de 4 anos vitima de afogamento.
Quando comecei a ler o livro fiquei um pouco perdida em relação a historia de cada um dos personagens, mas conforme o enredo se desenvolve e a narrativa vai tomando forma é que a historia deles se entrelaçam e conseguimos nos situar no livro
Travis não tem uma vida fácil, mas faz de tudo para não perder a filha de 3 anos, Bella, da qual assumiu a responsabilidade desde que ela nasceu. Sem uma casa para morar e com o falecimento de sua mãe, travis não sabe o que fazer, pois também está desempregado. Tentando encontrar um rumo para sua vida e de sua filha, travis aceita um “trabalho”, mas quando vê que tipo de trabalho é esse, se desespera, com medo de acabar sendo preso e com isso perder a guarda da filha. Sem querer, acaba se envolvendo com uma quadrilha de trafico de drogas, colocando a própria vida em risco, além da vida de sua filha. É muita tragédia para uma pessoa só.
No decorrer da narrativa, vamos descobrindo quem é travis, o que aconteceu com a mãe bela e outros personagens secundários que aparecem na trama, tornando o enredo mais surpreendente.
Esse é o segundo livro que leio da Diane Chamberlain e confesso que gostei muito mais desse que do primeiro, Segredos e Mentiras. O enredo é envolvente, dramático e sofremos junto com o personagem principal a medida que a trama se desenvolve.
Super recomendo a leitura, principalmente para os leitores que gostam de um pouco de drama em suas leituras. A forma como os acontecimentos vão se apresentando na trama, não deixa claro como será o final do livro, portanto esse não é livro clichê, com final previsível. O livro me encantou, me emocionou e quase me levou as lagrimas.


site: http://colecionandoromances.blogspot.com.br/
Patricia Chame 26/09/2016minha estante
Estou nele amiga ... O começo me confundiu um pouco também mas agora estou agarrada nele e não consigo largar. Vamos ver o que acontece :)
Depois te conto!


Sophia.Merkauth 30/09/2016minha estante
Conta que quero saber! Amei ele!


Sophia.Merkauth 30/09/2016minha estante
Conta que quero saber o que achou do livro! ;)




dayse 17/06/2016

Lindo, maravilhoso e muito emocionante.
Super recomendado
comentários(0)comente



Blog Cinco Garotas Exemplares 11/04/2016

Esse é um daqueles livros que te marcam e afetam extremamente.
Há alguns meses li a sinopse do livro Perdas e danos, da Diane Chamberlain e resolvi não o ler, porque não estava no clima pra quero cortar os pulsos e só preciso de um incentivo.

Achei que se tratava de um livro depressivo e tal. Realmente não estava no clima pra isso.

Como adoro livros indicados (já falei e repeti isso aqui), quando uma amiga recomendou, mesmo com os dois pés atrás, lá fui eu.

Comecei totalmente escuro, pois nunca tinha lido nada da autora.

Que grande e inesperada surpresa! Mais um livro pra minha lista de livros tops esse ano. Tenho tido muita sorte em 2015!
Os temas abordados no livro, a forma como Diane chega ao cerne da questão, a maneira que ela trabalha os personagens É tudo muito tocante.

Um drama que vale a pena a leitura! Um livro completamente pungente e ao mesmo tempo, despretensioso. Não força a sua emoção. Por mais que alguns personagens vivam verdadeiras tragédias, você não sente a autora impondo a situação, usando isso pra te fazer sentir, chorartudo flui, e rios de lágrimas brotam também.

Ainda que você encontre romance nas páginas desse livro, você se depara com o mais lindo dos amores. O amor filos. Muitas vezes não foi fácil encarar a leitura. Doeu. Acho que por ser mãe, algumas situações me entristeceram muito profundamente. Foi uma leitura excessivamente intensa e comovente.

Narrado por três personagens, entre presente e passado, Travis foi a luz que mais brilhou nesse livro. Eu amei, eu chorei e eu torcimuito!

Lutei contra a água, beijando-a no rosto, no alto da cabeça, saboreando cada lamúria que vinha de seus lábios, porque essa criança estava bem viva.

Conhecer Travis, sua inocência, sua vida tão sofrida e seu amor pela filha me fizeram refletir demais. Agradecer pela vida, pela minha família, pelas minhas filhas e seus pais. Me compadeci desse personagem. Me apaixonei por ele! Mais do que ninguém, ele merecia uma oportunidade, uma vida adequada pra ele e sua menina.

Erin me fez chorar várias vezes também. Senti sua dor no meu coração, e que difícil foi. Uma personagem cheia de defeitos e qualidades, tão verdadeira!

Apesar de todos os elogios e tal, ainda não digeri a personagem Robin. E por mais que a perdoei, definitivamente não consigo esquecer

Personagens que se interligam, como um quebra cabeça, e que a cada capítulo, você consegue decifrar melhor.

Em suma, esse é um daqueles livros que te marcam e afetam extremamente. E por mais que você encontre, talvez, um errinho aqui, algo que não faça sentido ali, não impedi e não prejudica a luminosidade da leitura.

Eu recomendo! 5 estrelas e meu coração pra ele!

site: https://cincogarotasexemplares.com.br/2015/11/03/resenha-perdas-e-danos-diane-chamberlain/
comentários(0)comente



Gi 25/02/2016

Perdas e Danos - Diane Chamberlain
Travis é um rapaz que não tem muita sorte na vida. Perdeu a mulher que ama, a mãe, o emprego, a casa e teve que sair da cidade que tanto adora em busca de trabalho, pois tem uma linda menininha de 3 anos para criar!
Aliás, essa é sua única alegria no momento! Sua super inteligente e compreensiva filhinha Bella.

E para piorar, o pobre rapaz conheceu uma gostosona que prometeu que um amigo arrumaria um "bico" que lhe renderia um bom dinheiro. Só que isso irá causar tantos transtornos, que Travis desejará não ter saído de sua van/cama naquela manhã.
"Como eu poderia fazer isso com a minha menininha? Não tinha nem como prepará-la para o que ia acontecer. Bella, me desculpe. Torci para que ela fosse pequena demais para se lembrar disso no futuro. Torci para que nunca pensasse que aquele tinha sido o dia que seu pai a abandonara."

Por uma faísca de sorte ele vai conhecer Erin. Que também não está com a vida indo de vento em popa... Sua filha faleceu em um trágico acidente e ela não se perdoa pelo acontecido. E mesmo tentando fechar-se para o resto do mundo, acaba encantada com a pequena Bella, e sem querer entra na roubada em que Travis se meteu!
"Considerariam doentio o fato de eu ter recebido aquela criança com tanta facilidade, certo? Uma mulher claramente não recuperada da morte da própria filha? Era mesmo um pouco doentio, não era?"

E em outro local não muito longe dali, está Robin. Uma moça que sofreu uma decepção amorosa e ainda quase perdeu o coração!
Mas não pela decepção! Por uma doença que ela tinha desde que nasceu. A decepção foi culpa de seu pai, que usando a desculpa de tentar protege-la, acabou afastando o amor de sua vida por questões econômicas e sociais.
"Eu posso morrer amanhã, por isso não vou me privar disto hoje de jeito nenhum. Decidi, naquele momento, que aproveitaria ao máximo cada gota de vida que me fosse dada."

Essas três histórias vão se cruzar em busca de um final feliz. Mas para isso, precisam superar antigas mágoas e permitir que o amor cure sua suas feridas.


Eu adoro livros que entrelaçam histórias diferentes num final surpreendente! Dá uma emoção a mais na leitura, pois eu fico tentando imaginar como isso vai acontecer.
Diane está no caminho certo, mas acho que nos próximos livros ela deveria deixar para unir certas pontas mais no final.
Infelizmente nenhum personagem me cativou. Não achei suas histórias profundas o suficiente para tanto drama.
Alguns problemas poderiam ser resolvidos com um telefone ou uma visita, maassss.... Assim seria muito fácil e então não teríamos um livro, não é?!

O que a autora tenta mostrar aqui é até onde o desespero pode nos levar. A dor de um pai ao ver sua filhinha sem casa, o desespero de uma mãe ao ver sua menininha morrer.
Mas também nos faz enxergar que Deus sempre nos dá uma segunda chance para fazermos as coisas certas dessa vez!

Foi uma leitura agradável que conclui em um final de semana. Foi ótimo para curar a ressaca que estava me atrapalhando pois não exigiu muito dos meus pensamentos e reflexões.

A capa é bem bonita e convidativa. Foi o que me chamou a atenção no livro, já que não costumo ler a sinopse com muita atenção com medo de spoilers.
A diagramação é simples, com uma fonte confortável em papel amarelo.

site: http://aestranhaestantedagi.blogspot.com.br/2015/05/perdas-e-danos-diane-chamberlain.html
comentários(0)comente



Anna 30/10/2015

Há alguns meses li a sinopse do livro Perdas e danos, da Diane Chamberlai e resolvi não o ler, porque não estava no clima pra “"quero cortar os pulsos e só preciso de um incentivo".
Achei que se tratava de um livro depressivo e tal. Realmente não estava no clima pra isso.
Como adoro livros indicados (já falei e repeti isso aqui), quando uma amiga recomendou, mesmo com os dois pés atrás, lá fui eu.
Comecei totalmente escuro, pois nunca tinha lido nada da autora.
Que grande e inesperada surpresa! Mais um livro pra minha lista de livros tops esse ano. Tenho tido muita sorte em 2015!
Os temas abordados no livro, a forma como Diane chega ao cerne da questão, a maneira que ela trabalha os personagens... É tudo muito tocante.
Um drama que vale a pena a leitura! Um livro completamente pungente e ao mesmo tempo, despretensioso. Não força a sua emoção. Por mais que alguns personagens vivam verdadeiras tragédias, você não sente a autora impondo a situação, usando isso pra te fazer sentir, chorar...tudo flui, e rios de lágrimas brotam também.
Ainda que você encontre romance nas páginas desse livro, você se depara com o mais lindo dos amores. O amor filos. Muitas vezes não foi fácil encarar a leitura. Doeu. Acho que por ser mãe, algumas situações me entristeceram muito profundamente. Foi uma leitura excessivamente intensa e comovente.
Narrado por três personagens, entre presente e passado, Travis foi a luz que mais brilhou nesse livro. Eu amei, eu chorei e eu torci...muito!
Conhecer Travis, sua inocência, sua vida tão sofrida e seu amor pela filha me fizeram refletir demais. Agradecer pela vida, pela minha família, pelas minhas filhas e seus pais. Me compadeci desse personagem. Me apaixonei por ele! Mais do que ninguém, ele merecia uma oportunidade, uma vida adequada pra ele e sua menina.
Erin me fez chorar várias vezes também. Senti sua dor no meu coração, e que difícil foi. Uma personagem cheia de defeitos e qualidades, tão verdadeira!
Apesar de todos os elogios e tal, ainda não digeri a personagem Robin. E por mais que a perdoei, definitivamente não consigo esquecer...
Personagens que se interligam, como um quebra cabeça, e que a cada capítulo, você consegue decifrar melhor.
Em suma, esse é um daqueles livros que te marcam e afetam extremamente. E por mais que você encontre, talvez, um errinho aqui, algo que não faça sentido ali, não impedi e não prejudica a luminosidade da leitura.
Eu recomendo! 5 estrelas e meu coração pra ele!
Denise 30/10/2015minha estante
Perfeita resenha,como sempre ;)


Cecy 25/11/2015minha estante
Linda resenha! Parabéns!!! Só fiquei com mais vontade de ler agora!


Lizane 11/02/2016minha estante
Amei sua leitura do livro! Excelente e cativante texto. Imagino que a essa altura já tenha devorado Segredos e Mentiras!!! Se ainda não o leu, pode correr. Está na minha lista dos 5 melhores que já li.


Romane 13/07/2016minha estante
Eu li Segredos e Mentiras, e só comprei por causa do preço (R$10,00). Não dei muito valor para ele, e vim adiando a leitura até ontem a noite, e terminei ontem a noite mesmo tamanho o meu desespero em entender tudo aquilo. Como você eu também estava com medo, mas faço questão de ter tudo dessa mulher a partir de agora. O livro é simplesmente perfeito, espero que esse também seja.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



28 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2