Queria Ter Ficado Mais

Queria Ter Ficado Mais Barbara Heckler...




Resenhas - Queria ter ficado mais


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Milly 11/09/2015

Viagem Literária
Queria Ter Ficado Mais são histórias independentes, que contam as experiências de viagens de 12 mulheres ao redor do mundo. Esse é um livro muito original que apresenta cada história em uma carta, com envelope e ilustrações caprichadas.
Esse não é um livro que todos irão gostar, porque cada história tem um ponto de vista diferente e cada autora fala a sua maneira, contudo se você gosta de conhecer novos lugares, pessoas e culturas,esse pode ser um livro ideal para se iniciar uma viagem literária.
comentários(0)comente



Coruja 07/07/2016

Ganhei esse livro de presente de natal e tenho que começar dizendo que fiquei absolutamente encantada com o formato dele: os contos e crônicas que formam essa antologia vêm em envelopes separados, com folhas soltas como cartas. Belo e criativo, um dos livros de projeto gráfico mais interessantes que conheço.

A proposta de Queria ter Ficado Mais é nos apresentar doze relatos, doze jornadas pelo mundo, escritas todas por mulheres - jornalistas, aventureiras, românticas ou pé no chão, são vários pontos de vista de vários lugares do mundo.

Como costuma ser o caso nesse tipo de coletânea, as histórias têm qualidade variável (fiquei meio desapontada com a de Londres), com estilos muito diferentes entre si, mas são cheias de um sabor próprio, típico das cidades visitadas. São histórias tão vívidas que podemos sentir esses sabores, e aromas, ouvir a música tocada nos metrôs em Berlim ou numa praça na Espanha em pleno final de copa do mundo e sentir o anseio de ver aquele pôr do sol chinês.

A um tempo, servem como um convite à intimidade das autoras e também a nos aventurarmos em nossas próprias viagens, cairmos na estrada e trazer conosco belas histórias.

site: http://owlsroof.blogspot.com.br/2016/07/para-ler-queria-ter-ficado-mais.html
comentários(0)comente



Rosana Miyata 19/07/2020

Design inovador
Primeira vez que leio um livro em forma de cartas. São 12 cartas ao todo, cada uma contando uma história de uma pessoa em algum país do mundo. Gostei muito de ler e conhecer outros lugares. Para quem viaja, dá para tirar umas ideias de locais para visitar.
comentários(0)comente



Julyana 25/05/2015

A ideia é muito bacana, o projeto gráfico é lindo mas os textos deixam muito a desejar. Uma pena.
Jojo 14/01/2016minha estante
Poxa, achei fantástica a ideia. Estava até pensando em comprar. Mas diante disso, desanimei.




Aline 27/04/2016

Viajar sem sair de casa
Viajar é sempre muito bom. Compartilhar essas viagens é ainda melhor, porque cada um tem uma impressão diferente, tem um modo diferente de absorver o lugar que se visita. E essa é justamente a ideia desse livro, ou coletânea, ou reunião de 12 histórias escritas todas por mulheres que viajaram e deixaram um pedaço do seu coração em algum lugar.

São 12 histórias, 12 cidades/países, 12 mulheres. É inevitável, pelo menos para mim foi, encontrar referências do que eu mesma faço quando viajo nos relatos que li. Seja a maneira de encarar uma viagem, organizando tudo, seja pela vontade de conhecer tudo a pé, seja pela eterna vontade de voltar ou ter ficado um pouco mais.

Queria ter ficado mais, organizado pela Cecilia Arbolave tem as seguintes histórias:
Berlim Ligia Braslauskas;
Barcelona Barbara Heckler;
Buenos Aires Cecilia Arbolave;
Israel e Cisjordânia Cecília Araújo;
Istambul Lívia Aguiar;
Londres Clara Averbuck;
Nova York Olívia Fraga;
Paris Isis Gabriel;
Roma Clara Vanali;
Tóquio Luciana Breda;
Valência Bruna Tinssu;
Yangshuo Florencia Escudero.

Todas elas colocadas em envelopes individuais, num projeto gráfico lindo e com ilustrações da Eva Uviedo. Cada envelope contém uma história, uma carta que parece ter sido escrita especialmente para você. E a experiência de abrir envelope por envelope e ler o que realmente parece uma carta é uma delícia.

Para mim ler o livro me lembrou de como é bom viajar com amigos, e como anseio por mais viagens, mais lugares. O que fica claro para mim, acredito que para cada um que vá ler o livro seja diferente, que de nada adianta visitar todos os lugares turísticos, tirar zilhões de fotografias, se a experiência, os momentos relacionados não são especiais. E especial pode ser um livro achado em um sebo, uma piada contada entre amigos, um desconhecido pelo caminho, um pôr do sol maravilhoso, um café que você achou sem querer.

É aquele instante de epifania, em que tudo que aconteceu antes na vida parece se encaixar para desembocar exatamente naquela cena. [p.3 Isis Gabriel Paris]
Essa é a minha recomendação de leitura e resenha da semana! Espero que tenham gostado.

site: http://www.booksimpressions.com.br/2016/04/resenha-queria-ter-ficado-mais-cecilia.html
comentários(0)comente



Encontro de leitores 26/02/2018

Vamos falar de amor? Amor por uma editora que inova a cada publicação, amor pelo projeto gráfico desse livro que é incrível, amor pelos textos e ilustrações. Sentar para ler cada carta foi uma experiência espetacular, abrir o envelope, desdobrar o papel e ler sobre a experiência de mulheres completamente distintas em outros países foi absurdamente encantador, me vi ali com elas em cada país, conhecendo um pouco mais sobre a cultura ou as trajetórias percorridas pelas autoras. Algumas cartas me pegaram mais que outras, creio que isso seja o mais bacana desse livro, pois nem todo mundo se identificará com as mesmas histórias. A carta de Barcelona, por exemplo, foi uma das minhas preferidas, por me fazer voltar no tempo e relembrar minha viagem sozinha para lá. Um livro, sem dúvida, apaixonante! ?
comentários(0)comente



isa.dantas 20/04/2018

A proposta é bastante interessante, assim como a edição: lemos cartas, cada uma dentro de seu envelope com um desenho aquarelado lindíssimo. Contudo, esperava mais dessas histórias. Foram poucas que me abraçaram com os detalhes peculiares de cada cidade como esperava...
comentários(0)comente



Aguinaldo 15/10/2018

queria ter ficado mais
"Queria ter ficado mais" é o resultado de um projeto bacana, que aposta na emoção, na sensibilidade, na paixão. Doze mulheres, doze jornalistas, foram convidadas para produzir relatos sobre alguma experiência de viagem. A ideia era elaborar narrativas que não servissem para fins práticos, como num guia de viagens, antes sim que evocassem o clima e a magia das viagens, o impacto de experiências que nos transformam. A edição é bem caprichada e inusual, bonita mesmo (como em geral são os livros da Lote 42). Trata-se de doze envelopes do tamanho de um cartão postal com cartas curtas, endereçadas ao eventual leitor, como em uma confissão. Os envelopes são ilustrados com aquarelas muito bonitas, assinadas pela artista plástica Eva Uviedo. As autoras quase sempre escrevem retrospectivamente, não durante as viagens, mas relembrando delas, falam daquilo que de marcante viveram em um determinado momento de suas vidas. Quase todos os destinos, ou melhor, sete deles, são mais ou menos óbvios: New York, Barcelona, Berlim, Paris, Roma, Londres, Buenos Aires. Três (Istambul, Tóquio, Israel e Valência) são só algo extravagante de se escolher em uma primeira viagem internacional. O único exótico e realmente diferente é Yangshuo (no sul da China, a aproximadamente 460 Km de Hong Kong). Na verdade esta foi a única história que realmente gostei, que alcançou comigo compartilhar a epifania que eventualmente experimentamos em uma viagem, o deslumbramento e alegria da descoberta, a sensação de que a vida vale a pena ser vivida sempre daquela forma. As demais são histórias convencionais, povoadas por clichês: correrias, atrasos em vôos, flertes ou sexo eventual, caminhadas ao luar, festas amalucadas. Talvez seja apenas minha natural rabugice que me impediu apreciar melhor as cartas, os relatos. Talvez se fossem histórias contadas por amigas de fato, ou por gente que falasse de suas aventuras em uma mesa de jantar ou numa noite na praia, para um grupo grande, rindo e detalhando as coisas ao sabor das reações dos demais, o efeito fosse mais marcante. Vai saber. De qualquer forma, sempre é uma boa ideia viajar, viver. Vale!
Registro #1331 (cartas #8)
[início 01/07/2018 - fim: 21/09/2018]
"Queria ter ficado mais", Barbara Heckler, Bruna Tiussu, Cecília Araújo, Cecília Arbolave (organização), Clara Averbuck, Clara Vanali, Florencia Escudero, Isis Gabriel, Ligia Braslauskas, Lívia Aguiar, Luciana Breda, Olívia Fraga, ilustrações de Eva Uviedo, São Paulo: Editora Lote 42, 1a. edição (2015), 12 envelopes, 16x11 cm., 107 págs., ISBN: 978-85-66740-10-3

site: http://guinamedici.blogspot.com/2018/09/queria-ter-ficado-mais_25.html
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8