A Maldição do Titã

A Maldição do Titã Rick Riordan




Resenhas - A Maldição do Titã


538 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Claris Ribeiro 09/08/2017

A função principal de um sátiro é encontrar e levar meio-sangues em segurança para o acampamento. Nessa nova aventura, o sátiro Grover encontra dois irmãos semideuses em uma escola e pede a ajuda de seus amigos Percy, Annabeth e Thalia, agora em forma humana, para leva-los em segurança ao acampamento, já que monstros estão atrás deles, e os irmãos precisam de um treinamento adequado.

Porém, a busca por Nico di Angelo e Bianca di Angelo acaba sendo mais difícil que parecia, e, apesar de contar com a ajuda das Caçadoras de Ártemis, um grupo de garotas que renunciaram a companhia de homens para seguir a deusa da caça e da lua, o monstro escapa levando Annabeth.

Ártemis convence Bianca a se tornar uma caçadora, lhe oferecendo liberdade e imortalidade, a garota, cansada de sempre cuidar do seu irmão, aceita a oferta, deixando Percy e Thalia chateados. A deusa então manda as caçadoras para o acampamento com os semideuses e parte em busca de um monstro poderoso.

Com o tempo Percy começa a ter sonhos estranhos com Luke, Annabeth e Ártemis, e acredita que Annabeth e Ártemis estão correndo perigo.

Enquanto Luke continua em busca do seu desejo de destruir o Olimpo, Zoë Doce Amarga, a mais velha das caçadoras, é mandada pelo Oráculo para a missão em busca das duas desaparecidas, ela pode escolher dois semideuses e duas caçadoras para a acompanhar na missão, então ela resolve levar Grover e Thalia, que se ofereceram, e Bianca e Febe.

“A oeste, cinco buscarão a deusa acorrentada,
um se perderá na terra ressecada,
a desgraça do Olimpo aponta a trilha,
Campistas e Caçadoras, cada um, brilha,
a maldição do titã um deve sustentar,
“E, pela mão do pai, um irá expirar.”

Percy ficou chateado por não ser escolhido para participar da missão, e mesmo assim resolve ir atrás de seus amigos com a ajuda de Blackjack, seu pégaso. A presença de Percy acaba sendo uma boa ideia, apesar de errada, porque Febe tem um problema e não pode mais participar da missão, então os amigos puderam contar com sua ajuda.

Rick Riordan conseguiu escrever mais um ótimo livro para a saga, com mais aventuras, mais lutas, mais sabedoria, novos personagens, contanto um pouco mais sobre a mitologia e melhorando aspectos dos dois primeiros livros, como o amadurecimento dos personagens, mais diálogos e maior interação dos deuses com os semideuses. Gostei tanto de A Maldição do Titã como dos outros livros, uma pena ter demorado tanto para começar a ler. Recomendo a todos.

site: http://www.plasticodelic.com/2017/08/resenha-maldicao-do-tita.html
comentários(0)comente



GabyhCL 25/07/2017

Resenha: A Maldição do Titã
Resenha no blog

site: http://www.geeklegend.com.br/2017/07/resenha-maldicao-do-tita-rick-riordan.html
comentários(0)comente



Laura Scaramussa 22/07/2017

A Batalha, de fato, começa
A Maldição do Titã é um livro que muitos não gostam, talvez pela ausência de Annabeth, mas que não deixa em nenhum momento a desejar.
As expectativas contam muito na leitura de um livro, e ao ler uma série como Percy Jackson, você espera muito da continuação, e apesar de todos os avisos de quem já havia lido sobre como eu não deveria desistir no terceiro livro, ele não me desapontou em momento algum.
Os novos conflitos, angústias, obstáculos e personagens (Rachel E. Dare e Zoë Doce-Amarga, principalmente) contribuem para que a série continue maravilhosa como sempre, e, além disso, as novas descobertas que são feitas e a sensação de que a batalha contra Cronos realmente começou tornam o livro o segundo melhor da série (na minha humilde opinião), só perdendo para "O Último Olimpiano".
Enfim, o terceiro livro é uma continuação digna (e muito) para a série, que leva a adrenalina às alturas e faz valer muito a pena o tempo de leitura.
comentários(0)comente



Rafaela Regis 03/07/2017

A maldição do Titã - Rick Riordan
A maldição do Titã é o terceiro volume da série Percy Jackson e os Olimpianos do autor Rick Riordan, e eu confesso ser um dos meus favoritos da série, foi nele que eu gamei de vez e é claro me apaixonei mais ainda pelo personagem novo que entrou na história que vai ter um papel super importante para os nosso campistas excepcionais.

Percy mais uma vez embarca numa aventura fantástica junto com seus amigos, e é claro que nós vamos junto ao encontro de mais meios sangues com origem desconhecida e um perigo que a cada dia que se passa só faz aumentar, pois Cronos está mais uma vez arquitetando um plano junto com Luke para voltar e tomar o Olimpo.

A maldição do Titã é um dos meus favoritos da série, além de ter as travessuras do Percy e seus amigos e várias aventuras, nesse terceiro volume aparece um novo personagem que vai dar o que falar no decorrer da série, sim eu estou falando da Rachel Elizabeth Dare. E é claro não posse deixar de fora a fofura da Bessie.

Um enrendo eletrizante, que só o tio Rick é capaz de criar nos leva a uma antiga lenda grega e é claro um antigo animal miológico: O Ofiotauro. Que segundo a lenda diz que essa criatura parte touro e parte serpente, se tiver as suas entranhas retiradas e queimadas concede para a pessoa que fez esse ato o poder de derrotar os deuses.

E no livro a caçada a esse animal raro começa e é claro que nossos heróis estão atrás e não sabem que já o encontraram que a Bessie, quando na verdade deveria se o Bessie , já que ele é macho e o Percy com aquele jeitinho dele o confunde com uma fêmea. =X

O aparecimento de mais dois herdeiros de um dos três grandes também abala um pouco a harmonia entre os Deuses, mas para a felicidade da nação a destemida filha de Zeus, Thalia volta para o acampamento Meio-Sangue e junto com Percy mergulha nas mais loucas aventuras (e nas picuinhas também).

A maldição do Titã é mais um volume da série Percy Jackson que me fez ficar ainda mais ansiosa pelo fechamento da saga para saber o que vai acontecer com os Deuses do Olimpo, com o Luke (sim eu também quero saber o que será dele), e qual será o mais novo plano de Cronos para derrotar os Deuses. Recomendo!

site: http://dlivros.blogspot.com.br/2014/05/a-maldicao-do-tita-rick-riordan.html
comentários(0)comente



Vinícius 25/06/2017

Inesperado!
Acho que foi um dos livros que mais me surpreendeu. Todo enredo segue em um rumo e num piscar de olhos tudo muda. Você não espera muitas coisas! Você passa a se apegar aos personagens que não gostava no início e isso é ótimo. Com certeza um dos meus favoritos da saga!
comentários(0)comente



Carol 21/06/2017

Muito bom
Série maravilhosa, com um final muito bom. Dificilmente gosto do final de séries, mas esse me surpreendeu.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ana Caroline 29/05/2017

Cada vez mais fica melhor!
Pega de surpresa com uma história que pensei que não ia gostar tanto, A Maldição do Titã trouxe reviravoltas que me fez ter mais empatia pelo que foi mostrado. Não conseguiu bater o segundo volume — O Mar de Monstros — que ainda é o meu favorito porém tem rumos bem interessantes que eu gostei. Acho que aos poucos estou sendo encantada pelo Rick Riordan.

Percy Jackson está em mais uma aventura pelo acampamento meio-sangue. Desta vez junto com Annabeth e Thalia, ele terá que ir a um internato atrás de dois meio-sangue que tem origem desconhecida. Porém como nada sai do jeito planejado, Cronos ainda está atrás dos meninos e fará de tudo para destruí-los. Além disso situações misteriosas estão acontecendo dando a entender que algo muito perigoso foi despertado.

"— O cheiro, minha senhora? — Sim. — Que cheiro? — perguntei. — Coisas que não caço há milênios estão se agitando — murmurou Ártemis. — Presas tão antigas que quase me esqueci delas." pág. 46

Tendo no meio do caminho raptos, aventuras e mais descobertas, Percy terá um dos seus maiores desafios pela frente, além de descobrir mais ainda sobre a profecia que por enquanto ainda recaí sobre ele.

Depois de conseguir a façanha de enrolar a leitura por um mês, consegui dar um ponto final neste terceiro volume e estou surpresa com o quanto gostei desse final. Da mesma maneira que os anteriores, dinâmico, com aventuras, momentos de tensões e tudo mais, nessa nova missão consegui me sentir mais conectada com o que acontecia. E isso tem nome e sobrenome: Perseu Jackson.

Aquele amadurecimento que estava faltando foi colocado. Sabemos que em O Ladrão de Raios temos um protagonista de 13 anos — o que eu achei uma idade muito equivocada — e não consegui suportar porque ele era um típico garoto irritante adequado com a adolescência. Por mais que não gostasse, não poderia reclamar do autor ter feito um personagem fiel a sua idade, afinal essa faixa etária é difícil. Entretanto isso estava me afastando a conseguir absorver o que ele queria passar.

E aqui isso não ocorreu. Já vinha antes tendo momentos de simpatia com o Percy e estava esperando ter o momento click dele me conquistar. E pelas páginas finais isso ocorreu, me fazendo ter um outro olhar pelo enredo. Senti essa lealdade que ele tem pelos amigos, senti a confusão que a Annabeth faz com ele, esse "afastamento" do pai porque era semideus, o amor pela mãe, consegui entender quem ele é.

"— Não sei o quanto eles veem através da Névoa. Mas duvido que teria importância para eles se soubessem da verdade. Às vezes os mortais podem ser mais horríveis que os monstros." pág. 155

Ultrapassando essa barreira, foi muito mais fácil aceitar e deixar fluir as aventuras. Gostei bastante das reviravoltas que acontecem, dessa mitologia bem entranhada na trama — o que é magnifico — e principalmente o quão presa você consegue ficar querendo saber mais sobre o universo.

Confesso que esperava um pouco mais de resolução sobre a profecia central da história. O final me respondeu algumas dúvidas só que ainda tem pontas soltas demais. Espero que o autor consiga colocar as respostas nos dois últimos volumes sem que aconteça rápido demais ou se perca no caminho. Tenho altas expectativas do que esperar.

E assim consigo entender essa enxurrada de fãs que a série leva. Apesar de alguns momentos ver nuances de "fórmulas de escrita" presente, consigo identificar o porquê da série mover tanta gente. É uma ótima fantasia, com um ótimo pano de fundo, e quem gosta do gênero é difícil não querer não parar. Que venha então A Batalha do Labirinto.

Na parte física, revisão sem erros ortográficos, diagramação boa para leitura, espaçosa, e a capa seguindo o padrão do box. Ainda tenho uma paixão maior pela segunda capa, contudo vejo a quarte sendo bem bonita também. Narrativa em primeira pessoa pelo ponto de vista do Percy. O Projeto #LendoPJ deu uma atrasada de uns 2 meses, todavia acho que consigo terminar até o fim do ano. Fé no pai que a leitura sai HAHA.

"Levei a mão ao bolso e senti que Contracorrente estava ali de volta. Mas eu não podia lutar contra Atlas, nem mesmo com uma espada. E então um calafrio desceu pelas minhas costas. Lembrei-me das palavras da profecia: A Maldição do Titã um deve sustentar. Eu não podia esperar vencer Atlas. Mas havia alguém que talvez tivesse uma chance." pág. 273

site: http://diariasleituras.blogspot.com.br/2017/05/resenha-percy-jackson-maldicao-do-tita-rick-riordan-intrinseca.html
comentários(0)comente



Brenda.Carolina 22/05/2017

A maldição do Titã
Livro da série Percy Jackson... História maravilhosa e envolvente
comentários(0)comente



Izabel.Fermino 20/05/2017

Percy jackson.
Eu indico porque eu achei muito interessante ele fala sobre as aventuras do percy.
comentários(0)comente



Momo Del Rey 10/05/2017

Não é que Percy Jackson está mesmo me surpreendendo? Depois de um Ladrão de Raios bem insosso e um Mar de Monstros empolgante...A Maldição do Titã me deixou deslumbrada! A série pegou um ritmo bem interessante e voltei a sentir aquela empolgação gostosa de devorar livros. Isso não é fácil de acontecer! São poucos os livros que conseguem isso, e eu tenho alguns poucos na lista. A última vez que li uma série desse jeito louco e compulsivo foi com a Trologia Millennium, no ano passado. E levando em conta o tanto que eu "xinguei" o primeiro livro...Não dava pra imaginar que eu me empolgaria tanto!

A Maldição do Titã conta com personagens bem legais e mais aparições dos deuses do Olimpo. Não posso deixar de comentar que a minha deusa preferida, a Artemis, aparece como uma linda menina de 12 anos (isso mesmo? XD), com uma sabedoria admirável! É uma das personagens mais legais do livro, podem ter certeza. Só tenho que dizer que não gostei dos irmãos Di Angelo. Logo no início, quando eles aparecem, eu pressenti que não ia dar em coisa boa...E não deu! Trouxeram problemas que só serão resolvidos no quarto livro, A Batalha do Labirinto (que eu já li, então estou fazendo um esforço tremendo para não misturar as histórias! Isso que dá ler um colado no outro!).

Achei o pai da Annabeth bem...peculiar! É curioso! Acho que os mortais nessa série acabam sendo quase tão esquisitos quanto os semi-deuses. Talvez seja por isso que eles tiveram casos com deuses, né? Não podiam ser tãaao normais! XD

Vale também comentar o quanto a história vai amadurecendo. Achei A Maldição do Titã bem mais intenso que Mar de Monstros, e em alguns momentos, bem mais tenso. Tenho que dar o braço a torcer: quando quer, o Riordan consegue criar umas situações bem perturbadoras (pra um livro infanto juvenil, é claro). A própria maldição cria umas situações bem tensas, principalmente no final! Eu adorei!

Resumindo, eu recomendo com 5 estrelinhas douradas no caderno! Quem diria? É por isso que é sempre bom dar uma segunda chance aos autores/livros que desagradam logo de cara! =D
comentários(0)comente



desencaixados 14/04/2017

Ritmo imperfeito!
De volta em casa Percy Jackson recebe um chamado de Grover, segundo ele outros semideuses foram encontrados na escola em que estava se passando de humano. Acompanhado por Annabeth e Thalia eles vão até a instituição em que o sátiro estava “estudando”, mas chegando lá são recepcionados grotescamente pelos responsáveis da escola, sendo que os mesmos estavam dando uma festa.

Tudo aconteceu muito rápido, enquanto todos estavam de olho nos irmãos que aparentavam serem semideuses o diretor atacou o grupo fazendo uma grande reviravolta, pois Percy e as duas crianças são pegas e tentam enfrentar a criatura sobrenatural que até então ninguém sabia quem era. Com o surgimento de Thalia, Annabeth e Grover uma pequena batalha é travada, mas inesperadamente um grupo de meninas entram na briga salvando todos, menos Annabeth.

O grupo que havia salvo os semideuses e o sátiro eram as Caçadoras, um grupo da deusa Ártemis, a deus da caça. Inconformado pelo acontecimento, Percy Jackson sente-se perdido quando viu Annabeth sendo sequestrada pelo monstros, e o pior de tudo, ele não sabia onde encontrar a sua amiga. O que deixou a situação mais precária, foi quando Bianca — semideusa que estava na escola — torna-se uma Caçadora e vai para o Acampamento Meio-Sangue junto com todos os outros, menos com Ártemis, pois ela tenta ir atrás do monstro para resolver o problema.

"— Eu te mataria antes mesmo que você chegasse à água — disse o dr. Espinheiro, como se lesse meus pensamentos. — Você não se dá conta de quem sou eu, não é? (página 28)"

Já no Acampamento muitas pessoas rejeitavam ter contato com as Caçadoras, e Thiago irmão de Bianca, se vê perdido diante de tudo que havia acontecido. Ele não gostou da decisão da sua irmã, o pobre garotinho tinha medo de perdê-la, pois pelo pouco que vira, as Caçadoras eram bem radicais e Bianca di Angelo não tinha a menor preparação para juntar a elas.

Surpreendendo a todos, o oráculo aparece no meio do Acampamento revelando uma missão para uma das Caçadoras. Durante essa missão só cinco pessoas podiam participar, três Caçadoras e dois meio-sangues, além disso, dois desses morreriam durante a jornada. A equipe é escolhida e a missão é dada, infelizmente Percy Jackson não fora escolhido, mas movido pela ira, resolve entrar no grupo escondido com a ajuda de Blackjack. — a criatura mais fofa do mundo — . A questão é, será que Percy vai conseguir salvar Annabeth sozinho? Será que as Caçadoras e os semideuses serão aptos para batalharem com um dos piores monstros já visto? Você só vai saber lendo A Maldição do Titã.



A Maldição do Titã é o terceiro livro da saga Percy Jackson e os Olimpianos, a saga foi publicada pela Editora Intrínseca e vem conquistando o coração de várias pessoas. Voltada para o público infantojuvenil Rick Riordan consegue escrever uma história de tirar o fôlego, ou não. — que foi o meu caso.

Infelizmente a continuação da saga não me agradou da mesma forma que estava me agradando, essa resenha deve ser até menor que as outras, pois não tenho muito o que falar, minha desanimação está muito grande. Da mesma forma que todos os outros livros — O Ladrão de Raios e O Mar de Monstros —, Percy Jackson entra em algum problema junto com seus amigos e durante toda a história eles tentam concertar tudo que fora atingido. Eu já disse na resenha anterior que o público-alvo dessa coleção não é a minha idade, são para crianças e jovens, mas a forma que o autor escreveu o livro me cansou bastante.

"Levante-se, menino bode! — disse Thalia. — Temos outras coisas com que nos preocupar. Annabeth desapareceu! (página 37)"

Rick Riordan parece seguir um roteiro para os livros, pois em todas as obras que li até o momento, segue o mesmo ritmo. Primeiro acontece a briga, depois a missão é estabelecida, reviravoltas acontecem, a batalha chega e sempre eles são salvos. A ordem seguida por ele é muito legal, mas chega ficar cansativo quando em todos os livros é da mesma forma, a única coisa que muda é o cenário, a missão e alguns personagens, fora isso, o ritmo permanece o mesmo e parece que nenhuma novidade é acrescentada.

Os personagens de A Maldição do Titã foram bem construídos, principalmente os irmãos Di Angelos que contribuíram para o desfecho da história — que até o momento eu acho a melhor de todos os livros. As Caçadoras também foram bem representadas, elas são velhas com a aparência jovem e usam um vocabulário bem antigo, fiquei feliz em saber que o autor conseguiu passar essa informação para o leitor, pois a fala delas são bem formais que chegam irritar os novatos (personagens). Nesse livro nós conhecemos outros deuses, eles acabam expandido o nosso conhecimento sobre a mitologia e nos enriquece de informações.



Mesmo algumas áreas do livro tendo me agradado eu ainda fico cabisbaixo com a experiência que tive. Fiquei realmente chateado com o ritmo da história, as novidades que apareceram foram ofuscadas pela direção que a trama segue — a mesma de todos os livros anteriores. Acho que o Rick Riordan poderia ter aproveitado o surgimento de novos personagens, para propor uma ritmo diferente, ele pecou muito nessa parte, pois pessoas que viciam em séries fazem a leitura dos livros um atrás do outro e isso acaba cansando de uma forma ou outra, mas agora imagina o leitor fazendo a leitura de um livro atrás do outro com o mesmo ritmo? Deixa qualquer um desgastado e enjoado da história, andei pesquisando e vi que não foi só eu que sofri e percebi o problema.

A capa do livro retrata muito a história, ela é uma cena em que Percy está em cima de Blackjack, é um ponto muito relevante. A diagramação é a mesma dos outros livros, tem a fonte ótima, um espaçamento bacana e o tamanho é agradável aos olhos, além disso, um sumário também é encontrado no início da obra.

Quem me acompanha no Facebook sabe que estava muito animado com a série, mas confesso que essa minha animação foi por água abaixo. Não sei quando vou ler a continuação da história, mas creio que não vai ser por agora, pois estou bem cansado da história de Percy Jackson. E que essa observação seja de dica para você não fazer a leitura dos livros correndo, se não vai acabar enjoando.

Concluo essa resenha indicando o livro para aqueles que não tem problema com roteiros repetidos, pois há um roteiro atrás da história. Também indico para aqueles que gostam de uma nova aventura e que não leram os outros livros recentemente. Espero que diferente de mim, vocês possam ter uma boa experiência com a obra.

site: http://desencaixados.com/resenhas/resenha-a-maldicao-do-tita/
comentários(0)comente



Lu 26/03/2017

3° xodó meu dos livros do Rick Riordan
O dois primeiros livros da série são incríveis, e este não perde para nenhum dos dois.
É uma aventura tão extraordinária que você quer se jogar de cabeça junto com os personagem. A cada passo e novas descobertas, me sentia mais apaixonada pela história. Fiquei aflita pelas perdas e repentinas mudanças de alguns personagens, e agora estou criando novas espectativas, que espero que sejam atingidas, quanto a alguns deles no proximo livro.
comentários(0)comente



Victor corsi 22/02/2017

Praticamente perfeito
Gostei muito do livro, cada página que eu leio dá uma emoção, porém teve uma coisa que me ecomodo, uma semi deusa tem um sonho de ser arquiteta.Por isso dou 4 estrelas.
comentários(0)comente



538 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |