Do Éden à Luxúria

Do Éden à Luxúria Ananda V.




Resenhas - O Círculo dos Imortais


18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Thalita 11/11/2017

Outro livro que começo sem saber ao certo do que vai se tratar. E o melhor é que conforme avançamos na leitura o suspense se mantem.
Em Do Éden a Luxuria conhecemos Melissa, uma adolescente que vive sozinha em uma pensão, vemos ao longo da leitura coisas estranhas acontecendo com nossa protagonista e imaginamos se tratar de algo/algum ser sobrenatural. O que mais gostei foi ficar imaginando várias teorias enquanto lia e nenhuma no final ser a certa. A autora consegue se renovar em um gênero que já estava bem saturado aos meus olhos.
Gostei bastante da Melissa, apesar de como todo adolescente ela ainda toma algumas atitudes impulsivas, porém ela é forte e tem uma personalidade única. Já nosso bad boy disfarçado de mocinho não conseguiu me conquistar, William é um cara lindo, gentil e muito misterioso mas não fisgou minha simpatia e não me tirou suspiros. Com Daryl amigo da nossa protagonista a história é bem diferente, já quero um desse pra vida é obvio que ele vai ter uma caidinha por Melissa que de cara não vai perceber. Temos também Megan, o tipo de amiga e pessoa que não me atrai muito, pensa em muitas coisas superficiais e só quer saber de garotos.
Não tem como falar desse livro sem dar spoilers ou estragar a leitura, porque ele está recheado de surpresas. Recomendo pra quem gosta de seres sobrenaturais e está procurando algo novo gênero.
Obs: Ananda me ajuda a gostar do William nos próximos livros por favor.

comentários(0)comente



Mari @enquadrandolivros 01/10/2017

"Do Éden à Luxúria" é o primeiro volume da trilogia "O Círculo dos Imortais", escrita pela Ananda Veloso. No livro vamos acompanhar uma estória sombria, com personagens bem construídos e que mantém o leitor vidrado durante toda leitura.

Em "Do Éden à Luxúria" vamos conhecer Melissa Saccer, uma adolescente que apesar de depender financeiramente da sua mãe, leva uma vida muito independente e livre. Para sua proteção, Melissa saiu de casa e vive em uma pensão, onde ela é muito bem tratada por Amélia, a dona do local.

No geral, Melissa é uma jovem com dramas adolescentes comuns, mas isso muda na noite em que Megan, sua melhor amiga, a convence ir no sombrio bar, Devil's Throat. Algo acontece no lugar, Melissa acaba passando mal e tem um "apagão", e nesse momento seu destino vai cruzar com o do charmoso William, um britânico misterioso que vai despertar os desejos mais íntimos de Melissa.

Depois da noite no Devil's Throat, Melissa passa a sofrer com pesadelos bem reais e horríveis, além de estar sempre passando mal e tendo alguns desmaios. E as coisas ficam cada vez mais complicadas, e quando ela descobre que tem alguns poderes que não são normais em humanos, Melissa percebe que o sobrenatural é algo real, e está presente na sua existência.

Além de todos os perigos, Melissa ainda precisa lidar com o sentimento mal resolvido que seu melhor amigo sente por ela, ajudar Megan com o ex e enfrentar sua inimiga do colégio, que anda inventando boatos sobre Melissa. E no meio disso tudo, ainda tem William. Melissa está completamente apaixonada por ele, mas bem no fundo ela sabe que William está envolvido com os acontecimentos sobrenaturais, e ela vai atrás da verdade. Quando ela descobre sobre os mistérios que estão a sua volta, sua vida vira de pernas para o ar, e todo o controle que ela tinha, acaba se perdendo e Melissa precisa tomar certas atitudes para sobreviver.

"Do Éden à Luxúria" é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista da nossa protagonista, o que torna bem fácil desvendar tudo que ela sente e pensa. Como já falei no início do post, o livro tem personagens bem construídos, e a estória no geral vai se desenvolvendo muito bem.

"Do Éden à Luxúria" é um dos livros mais bem escritos da minha estante. A Ananda tem uma escrita formal e bem rica em detalhes. E a forma como ela desenvolve a estória e vai acrescentando umas reviravoltas no enredo, resulta em um livro surpreendente.

A diagramação do livro está linda, o início de cada capítulo tem uma ilustração que dá um toque especial. A capa está simplesmente maravilhosa, a imagem usada reflete exatamente a essência da estória.


site: www.enquadrandolivros.com.br
comentários(0)comente



Cláudio 13/06/2017

Visualmente intrigante e misterioso!
Pessoal eu posso descrever esse livro como uma fantasia dark,com elementos até conhecidos,mas diferente de tudo o que já li do gênero.
O livro é recheado de referências musicais (rock em sua essência),o pano de fundo da história inclusive combina bem com isso.
Acho que o que muitas pessoas se perguntam sobre o livro é:qual seria a criatura fantástica ?
Lógico que não vou responder hahahahahaha
A autora em momento algum da história vai mencionar o nome da criatura,mas aos poucos vamos descobrindo,inclusive deduzi até bem rápido,apesar de antes de começar a ler,ter imaginado outra coisa.
Quem espera pegar a sinopse pra descobrir isso,pode esquecer,a sinopse não revela muita coisa da história (algo raro hoje em dia).Ela não revela nada praticamente,ela deixa os leitores curiosos e bem curiosos sobre o que se trata a trama.
Aliás,eu adorei isso!Só nos deixa com muita expectativa e curiosidade na leitura,nos instigando desde o início,gosto de sinopses assim.
Falei que o livro é dark e a cidade de Blaine ilustra bem isso.As descrições que a autora faz das cenas,dos desmaios da Melissa,são dignas de filmes de teror e thriller,imergindo o leitor nesse ambiente sombrio e misterioso.Outro ponto que gostei na narrativa,foi o trabalho com a mitologia presente na trama.Lógico que não vou falar muito porque senão acabo revelando,mas a forma como a Ananda vai nos posicionando sobre as lendas,profecias,vemos que tem algo de diferente,mas sem perder a originalidade inicial da história e das criaturas fantásticas.
A narrativa em muitos momentos puxa bem pro lado poético,se assemelhando em alguns pontos a obras clássicas inglesas,mas misturada com uma linguagem atual.
Achei legal,mas em alguns momentos acaba cortando o clímax da história,enquanto em outras partes acontece exatamente o contrário kkkkkkkkkkk
Agora tem algo que não gostei:achei 500 páginas muita coisa pra essa história em específico.Não digo que não gostei,pelo contrário,mas as coias demoram a acontecer em certos momentos,então acho que dava pra encurtar um pouco.Sei que a trama é bem detalhada e explicada pelo alto número de páginas,mas mesmo sendo um pouco menor,dava pra manter isso sem perder a essência.
Falando sobre os personagens,adorei a Melissa!Sério,quero ela como amiga hahahahahahhaa
Ela tem atitude,é bem rocker mesmo,defende os seus amigos mesmo que ela esteja em desvantagem,não se deixa intimidar e ainda tem um lado doce que ela quase não mostra,mas está lá com suas inseguranças e medos.Achei ela meio inconsequente em alguns momentos,como se ela tivesse atração pelo perigo,mas tudo bem,amo ela mesmo assim :D
William é o típico rapaz misterioso que aparece na cidade e acaba chamando a atenção das garotas.Ainda não sei se gostei ou não dele.Em alguns momentos a vontade é de xingar,em outras é de elogiar,tem horas que achamos saber qual é a dele,em outras não....diria que ele é bem complexo e causa nos leitores essa sensação de amor e ódio.
Tem também o Daryl,um dos personagens que mais gostei do livro,mas que aos poucos fui desgostando.Ainda acho que ele vai ter um papel mega importante na finalização da trilogia.Ele tem tudo pra ser o par da Melissa,mas.......vamos ver né hahhahahahaha
Agora se tem um que realmente não gostei foi a Megan.Achei ela muito forçada,artificial demais,que parece só ter amizade com a Melissa por conveniência.Ela até vai melhorando aos poucos,mas ainda tenho meus problemas com ela kkkkkkkkk
Pra finalizar (antes que esse resenha fique gigantesca hahahahhaaa),gostei bastante da leitura.Ela propõe um mundo de mistérios para o leitor e se sai bem com isso.O mundo,as criaturas,as motivações...tudo foi muito bem amarrado e construído. Conforme vocês forem lendo,pode ser que chegue o momento em que dirão:"mas já li isso muitas vezes em outros livros.".Pode até ser que tenham lido em outros,mas não como aqui.
Só não gostei muito do final.Achei que as coisas se resolveram fácil demais,mas pelo menos deixou um excelente plot twist para as continuações.
Aliás Melissa vai descobrir um segredo que vai explicar muito quem ela é e que vai mudar sua vida de um jeito que ela não poderia imaginar.Vai ser difícil encarar tudo da mesma maneira depois de descobrir!
Ananda acertou em cheio mantendo o mistério até onde foi possível,deixando as interpretações para o leitor fazer.
Adorei ter mergulhado na cidade de Blaine,ter conhecido Melissa.Quem gosta de um mundo dark,sombrio,cheio de mistérios,rodeado de muito rock,esse é o livro perfeito pra vocês.
E tem mais vindo aí,esse é só o primeiro da trilogia O Círculo dos Imortais.Por enquanto só tem os dois primeiros lançados e claro:farei resenha do segundo também!

site: http://livreirocultural.blogspot.com.br/2017/05/resenhado-eden-luxuria.html
comentários(0)comente



Glau 10/02/2017

Uauuuuuuuu!!!
Melissa vive sózinha numa pensão, tocando a vida estudando. Eventos distintos começam a rodear sua vida quando um novo vizinho muda-se para o quarto ao lado. Lindo e charmoso, ela se vê encantada e não consegue resistir as investidas de Willian. Enquanto seu romance de desenrola, de uma forma diferente, coisas estranhas começam a acontecer e persegui-la. Dons que até então estavam obscuros, surgiam e a levou a um mundo desconhecido e perigoso. Repleto de suspense, Do Edén a Luxúria prende o leitor de uma forma obsessiva, impossível parar de ler até desvendar o desfecho.
comentários(0)comente



Petrova 04/02/2017

Do Éden à Luxúria | Por Minha Fuga da Realidade
Ao acompanhar sua melhor amiga a um bar de motoqueiros, Melissa tem sua vida virada do avesso ao conhecer o misterioso William, um cara que parece ter saído dos livros de época. Porém ela não imagina que o passado dele é mais obscuro que seus pesadelos.

Melissa é uma garota de dezessete anos que mora em Blaine, na pensão de Amélia, sua tutora e amiga de infância de sua mãe. Ela não é popular, longe disso, é aquela garota taxada de estranha por seus colegas. Liss tem dois amigos. Megan, uma garota linda, loura e com curvas de dar inveja a qualquer um; e Daryl, a versão masculina de Melissa. Seus dias tem sido difíceis, pesadelos dos quais ela não se lembra ao acordar não a deixam dormir direito, fazendo com que ela mais se assemelhe a um zumbi. Mesmo neste estado, Liss decidi ir com Meggie ao Devil's Throat, o começo de sua queda. Lá ela encontra o misterioso e cortês, William. Moreno, de olhos azuis, galanteador, bom, um verdadeiro sonho de qualquer adolescente. Infelizmente as aparências enganam... Deixando a já conturbada vida de Melissa ainda mais louca.
Ela nunca pensou que as criaturas dos livros de sua infância fossem reais, quanto mais que conviveria com eles. E pior, acabaria encantando-se por esses seres sensuais de beleza divina. Mas eles não são as únicas criaturas estonteantes e poderosas. Outra raça, que se diz superior aos Imortais, vem reivindicar o que é seu por direito. Por mais belos que sejam, aparentam ser traiçoeiros. Em qual deles Melissa deve confiar? Seu coração diz para confiar em William, mas sua mente a engana para acreditar em Mikael. O pior de tudo para ela é não poder conversar com alguém sobre esses estranhos acontecimentos. Melissa se vê sufocada e desesperada para que tudo isso acabe. Porém seu desejo pode ser realizado mais rápido do que ela pensa.

Lembro-me de que meu primeiro contato com este livro foi fazendo uma plaquinha para participar de um sorteio (creio eu). Confesso que depois de um tempo me esqueci dele. Desde que vi a capa me apaixonei instantaneamente, e a sinopse me intrigou. Quando vi, já tinha comprado e sem nem o ter lido, comprei o segundo. Sabia que a história seria boa. Resumindo, não me decepcionei, Ananda sabe prender o leitor com uma escrita fluída e intrigante, com personagens envolventes e apaixonantes. okay, nem todos...
Eu ri, chorei e sofri com Melissa, me senti como se fizesse parte do livro, não são muitos livros que te dão essa sensação. Além do enredo excelente, a edição está incrível. Toda detalhada, com com uma diagramação super confortável e detalhes a cada capítulo, além de citações filosóficas, de livros ou músicas, que se encaixam perfeitamente com a história.
(fotos no blog) Adorei o toque que ela deu à mitologia dos seres das trevas que amo de paixão. Além de diversas referencias aos escritores desse gênero.
Me arrependo de não ter lido antes. História simplesmente fantástica. Fico feliz por ter mais dois livros para ficar na companhia de Melissa e William. Ao amantes de dark fantasy, esse livro é pra vocês. Vão até Blaine, e conheçam Melissa e seus mistérios.

Para ver fotos da edição e quotes acesse o link

site: http://minha-fuga-da-realidade13.blogspot.com/2017/02/resenhando-do-eden-luxuria.html
comentários(0)comente



Tati Duraes 29/01/2017

Me surpreendeu!
A resenha é em vídeo, mas como é uma resenha dupla, o Skoob não deixou que eu colocasse o vídeo nos dois livros. Acessem o link para saber mais. ;)

site: https://www.youtube.com/watch?v=_R7-Zt63aJQ
comentários(0)comente



Nu e As 1001 Nuccias 20/01/2017

Resenha do Blog As 1001 Nuccias
Já aconteceu com alguém de pegar um livro do gênero que gosta e pensar: "Ah, deve ser só mais um de fantasia... Deve ser bom, mas não espetacular... Vamos ler e ver no que dá." E aí você quebra as fuças brilhantemente e ainda gosta disso? Pois é, aconteceu comigo quando abri as páginas de DEAL para ler.

Já comecei 2017 com uma resenha difícil de ser feita. Não porque eu não saiba o que escrever. Na verdade, tenho coisa pacas a dizer desse livro que já admiro tanto. O problema maior é o que dizer sem entregar o ouro e como dizer isso da forma que o livro e a autora merecem. Bem, não custa tentar...

Melissa Saccer (Liss) é uma estudante de 16 anos do ensino médio na cidade monótona de Blaine. Com um estilo peculiar, diferentão e meio vida loka, ela mora sozinha em um quarto de pensão no centro da cidade, tendo a querida Amélia como tutora. Com o tempo, descobrimos porque Liss não está morando com sua mãe. Neste primeiro momento, Liss está sofrendo uma espécie de insônia, ou melhor, de falta de descanso pois os pesadelos que a assombram não a deixam descansar.

Sua melhor amiga é Megan, a garota popular, o total oposto de Liss: esguia, loura fatal, adepta de modelitos salto agulha, maluca por garotos populares, esportistas da escola que cagam e andam a ignoram. E seu outro melhor amigo é Daryl, o primeiro amigo que ela fez ao chegar na cidade, um rapaz muito gente fina, de sorriso acolhedor, com quem ela divide muitos segredos e que francamente não entende como ela pode ser amiga de Megan.

Em plena segunda-feira, elas resolvem passar a noite em um bar todo estranho na periferia da cidade. Por estranho, leia-se barra pesada. E é nesse bar, após uma pequena briga com o quase-ex-namorado da Megan em quem Liss deu uma tremenda e divina surra, diga-se de passagem, que ela conhece William, um homem boa pinta, de lindos olhos azuis, charme e sotaque britânicos impecáveis, uma delícia de se olhar, de tocar e experimentar. Por acaso, ele também é seu vizinho de quarto novo em folha.

Eles se conhecem, conversam, saem juntos, se apaixonam. Mas... sempre há um mas. Coisas estranhas continuam acontecendo a Liss, muito além dos pesadelos. Não só acontecendo como duplicando-se. De repente, sombras a perseguem, criaturas a atacam, seus amigos parecem literalmente possuídos. O que está acontecendo? E, o principal, quem está por trás disso?

Vou parar de falar da história aqui, porque se eu continuar com certeza spoilers rolarão. Mas aviso, não falei nem de 1/3 do livro!

Passando rapidamente sobre a parte física, a diagramação. Muito bem feita, com imagens internas muito legais, combinando com o livro. Há um avatar simbolizando alguns personagens. Divisões bacanas nas 3 partes do livro. Folhas amareladas, fontes ótimas.

Agora vamos ao que eu achei. Quando comecei a leitura e vi que o enredo se passava em uma cidade norte-americana nada fictícia (pois é, a autora me confirmou que a cidade existe, sim!), fiquei esperando situações parecidas com diversos filmes e séries, ao estilo Teen Wolf, Diários de Vampiro e coisa assim. E, de novo, quebrei a cara.

Melissa é uma personagem de brio. Ela se mete em confusões por amar seus amigos e porque eles não enxergam as merdas em que se enfiam. Ela confia nas pessoas, ela ama e é muito inteligente, mas também é subestimada por ter essa personalidade esquiva, se manter fora dos holofotes.

Megan é a personagem que todos amamos odiar. Oh amiga pentelha e fútil! Mas tem lá seus momentos. E o que dizer de William...? Quando descobrimos quem é e o por quê de estar ali...

A história é bem fundamentada, tem uma premissa muito boa. Não é apenas uma história sobre seres da noite que se alimentam de sangue humano. É uma mistura de seres e em nenhum momento a autora usou a palavra principal que os define. Achei isso muito sagaz, você sabe o que são, mas a palavra não é dita em nenhuma das 500 páginas.

Outra coisa muito legal: cada capítulo é iniciado por uma citação, seja literária, filosófica ou musical. Não há títulos, mas as citações resumem os capítulos bem até demais. Achei tão legal que estou pensando em fazer algo parecido com meu futuro livro (desculpa, Ananda!!!!!!!!).

Quase totalmente narrado sob a ótica de Melissa, em primeira pessoa (quase porque tem alguns trechos narrados pelo Lest... William! =O), tem uma leitura muito fluida, sem furos e não cansativa. Com uma das melhores escritas que vi nos últimos tempos, e uma das melhores revisões da editora também (mas não perfeita, tem alguns errinhos, sim), é uma pedida ótima para quem curte o tema e o gênero. Quando você terminar, vai ser tão amigo de Melissa e temer a queda tanto quanto ela.

*Quotes e fotos do livro no link do blog
Resenhista: Nuccia De Cicco

site: http://1001nuccias.blogspot.com.br/2017/01/resenha-livro-do-eden-luxuria.html
comentários(0)comente



Gessica 26/11/2016

Quente e tenso
Hoje trago a resenha do primeiro volume da trilogia O Círculo dos Imortais. Sendo que o segundo volume, Do Silêncio à Condenação, já está a venda aqui (www).

Aqui nós conhecemos Melissa Saccer, nossa protagonista adolescente e fumante que está no ensino médio. Ela é rockeira, adora encher a cara, fumar e é virgem - algo que me pareceu contradizer totalmente a sua personalidade, mas ok.

Melissa está indo para um bar chamado Devil's Throat com sua amiga Megan, que é totalmente ao contrário da nossa garota. Megan é extrovertida, um tanto quanto patricinha e obviamente não é mais virgem pegando todo mundo. Uma personalidade bem diferente de Melissa e acho até ser um milagre as duas se darem bem.

Ao chegar na festa Megan vê seu ex namorado Jason, um rapaz ridículo que só quer o corpo dela, ela sabe disso, mas não consegue dizer não. Melissa obviamente diz para Megan ficar longe do mesmo, mas ao ver que a amiga a chamou até ali simplesmente para se encontrar com Jason, ela fica possessa. E no meio da discussão com o rapaz ela desmaia acordando algum tempo depois em um quarto onde um homem lindo de morrer entra.

Este homem se chama William e é o nosso bad boy, ou nem tanto bad boy assim. Ele pergunta se quer que ela o leve, mas Melissa acaba indo e Megan... bem... ela tá se pegando com o boy dela.

Melissa estranha o homem saber onde fica sua pensão, mas resolve ignorar. No entanto, sua vida muda de cabeça para baixo quando descobre que William é seu vizinho. Com o tempo eles começam a se encontrar, tendo sempre aquela alta tensão sexual e vários flertes e não é de se surpreender quando os dois começam a namorar.

William é bem calmo, paciente e compreensível, um namorado perfeito - perfeição essa que chega a me incomodar. Graças a deus há uma reviravolta gigantesca, que não vou contar o que é, e sinceramente, amei muito mais a personalidade dele depois disso. Aí sim temos o nosso bad boy!

Também temos Daryl, um grande amigo de Melissa, ele é caidinho nela, mas a mesma não percebe. Daryl tem uma personalidade mais parecia com a dela, eu poderia dizer que ele é o verdadeiro bad boy e não William.

Daryl na minha opinião é bem sexy e torci em vários momentos para que ele e Melissa ficassem juntos, mas nem tudo é como a gente quer, né?

O livro é bem extenso e com vários acontecimentos estranhos: Melissa começa a ver coisas; coisas ficam perseguindo ela e até possuindo certas pessoas.

Eu entrei bastante em contradição com esse livro. Em momentos eu amava, em outros eu achava um tédio e depois voltava a amar. Porque eu achei um tédio? Porque na minha opinião, certas cenas poderiam ser descartadas. O fato de Melissa não ficar com William por causa da sua virgindade nos faz quase gritar com o livro dizendo "SE PEGUEM LOGO, POR**". Sério gente, são muitos amassos, muitos flertes e nada! Que agonia! Dava vontade de entrar no livro e brigar com eles. Argh!

- Melissa, você não deveria fazer isso.
- Fazer o que? - Provoquei, sorrindo. Por debaixo de sua camiseta, arranhei os músculos tensionados em suas costas largas.
Página 117

Em compensação, eu amei as partes onde envolviam mais ação. Toda aquela tensão me deixava agoniada fazendo com que eu devorasse as páginas mais rápido. De fato, a autora acertou em cheio nessas cenas.

Outro fato que me incomodou bastante foi o de Melissa fumar, eu não gosto e isso acabou me incomodando. Mas só porque eu não gosto não quer dizer que a autora não pode fazer isso, não é mesmo?

A diagramação e capa do livro estão belíssimas. Achei que foram bem caprichadas dando um quê a mais. Sobre a revisão eu não me lembro de ter encontrado algum erro. Tudo perfeito!

Gosta de se sentir tenso e ainda ler aquele romance? Acredito que irá gostar muito do livro Do Éden à Luxúria, apesar de não ter gostado de certas partes, eu não me arrependo da leitura. A autora fez com que as cenas de ação, tensão e suspense elevasse a leitura nos deixando quase lunáticos para saber o que iria acontecer.

site: http://www.cantinhogeek.com/
comentários(0)comente



Aline 26/10/2016

Instigante
"Qual era a distância entre a paixão e o desejo?" (p. 407)

Melissa Saccer é uma adolescente de dezessete anos, que mora em Blaine em uma pensão, cuja dona, Sra. Amélia Fernandez, é amiga de sua mãe. A garota tem um estilo próprio, não liga a mínima para opinião dos outros e tem como melhores amigos Daryl, companheiro e atencioso, e a patricinha, Megan. Ambos não se dão bem, mas estão sempre por perto quando Melissa precisa, principalmente Daryl.
Em uma bela noite, Melissa e Megan decidem ir a um bar chamado Devil's Throat, e a partir de então as coisas começam a mudar. Acontecimentos e sensações estranhas, pesadelos e uma série de novos fatos começam a acontecer na vida de Melissa, ao mesmo tempo em que William, um jovem lindo e misterioso, entra em sua vida. Nada é o que parece ser, e Melissa vai ter que descobrir e se descobrir.


"(...) Havia algo extremamente convidativo nele, do qual eu não conseguia fugir. Meus sentimentos e pensamentos embaralharam-se, confusos e sem rumo. Sentia-me leve , divagando no espaço." (p. 60)

"(...) Meus pesadelos me aguardavam do outro lado da porta de minha inconsciência." (p. 89)

Melissa é uma protagonista que, à primeira vista, parece mais uma daquelas adolescentes comuns em livros, mas no decorrer da história percebemos que apesar de seus questionamentos comuns à idade, a protagonista é muito mais do que parece. Inteligente, destemida, introspectiva e de gênio forte, a protagonista me cativou aos poucos.

"Oscar Wilde era realmente sábio - mexer com o fogo havia me ensinado a brincar com ele, e sentir prazer ao ser queimada.
E eu sucumbiria em chamas até não restar nada de mim além das cinzas." (p. 166)

A autora vai introduzindo os outros personagens na trama aos poucos, nos permitindo conhecê-los a fundo. Com suas personalidades únicas, todos foram muito bem explorados na história. Destaque para William, misterioso e sedutor; Daryl, melhor amigo de Melissa, um fofo ❤; Megan, melhor amiga, meio doidinha e um tanto egoísta; Chelsea, a popular do colégio; Jason, o bonitão babaca e narcisista; Sra. Amélia Fernandez, é como uma segunda mãe para Melissa; Liam, se revela um amigo de Melissa; e Alissa, cretina e invejosa.

"Algo em sua declaração me fez pensar em Judas, no beijo que condenou a Cristo." (p. 214)


"- (...) Não tenha medo. Você é mais forte do que pode imaginar. Lute. Desafie. Quebre o ciclo." (p. 397)

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Melissa, o livro é dividido em três partes: Parte I: O Devil's Throat; Parte II - A paixão; Parte III - A queda. Ananda V. possui uma narrativa agradável, que cativa o leitor e nos transporta para dentro da trama, nos fazendo vivenciar a história junto com a protagonista. O enredo é muito bem desenvolvido e o mistério da história vai sendo revelado de maneira gradual, capítulo a capítulo, tornando a leitura envolvente e instigante. Detalhes na medida certa e uma ótima trama, fazem com que a leitura flua agradavelmente.

(+) Leia a resenha completa no blog.

site: http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/08/resenha-do-eden-luxuria-ananda-v.html
comentários(0)comente



Cami 21/10/2016

Resenha do Blog Descafeinadas (Parceria)
Sabe aquele livro que você lê e não lembra de muito sobre leu porque parece que você viveu aquilo e não simplesmente leu? Então, é o que a brilhante Ananda V. faz com seus pobres e mortais leitores. A alma do livro me lembra o tom sombrio e sensual de Fallen e da série Hush Hush, mas não se enganem o livro tem um ar original que só devorando todas as 443 páginas. Ananda V. além de maravilhosa (já viram ela?Ela é linda demais senhoras e senhores ❤) se tornou uma das minhas escritoras nacionais favoritas sem dúvida alguma, entrou para o meu Hall da fama, sim! Já quero ler até a lista de super mercados dela!

Somos levados ao mundo aparentemente comum de Melissa Saccer, ou Lissa para os íntimos, ela é obscura e não tem muito interesse pelo futuro ou pelas coisas desnecessárias que a cercam.Ela mora na pequena cidade de Blaine na pensão da melhor amiga da sua mãe, tem dois melhores amigos o Daryl e Megan (que a propósito se odeiam) e sua vida não é nada de anormal, até que uma noite em um bar hostil, misterioso e até sujo chamado Devil's Throat.

Sua vida torna-se um pesadelo de olhos abertos, os seus sonhos tornam-se mais presentes e de certo modo mais reais do que ela esteja preparada para lidar. Melissa conhece então o misterioso e sexy William no próprio Devil's Throat, ele é irresistível e faz com que ela o deseje cada vez que o vê. Ao contar isso parece ser só mais um YA clichê, de certo modo é,mas não é. Difícil entender? Um pouco. A Ananda nos leva a um ambiente sombrio e misterioso, faz com que nos apaixonemos pela atmosfera de Blaine e por cada uma das suas personagens.

“Sempre fora assim. Eu sentia. Sem explicações plausíveis, captava ondas de informações, mensagens sussurradas. Um tormento, sem dúvida. Um daqueles que me levaria ao manicômio mais próximo onde me dopariam com antipsicóticos até que eu acreditasse ser um maldito pônei feliz”

A narrativa ocorre na primeira pessoa, estamos o tempo inteiro na pele da Melissa. A autora descreve de uma maneira incrível e muito bem escrita, não faz nós acharmos apenas que conhecemos a Melissa mas faz sentirmos como se fossemos ela. Me identifiquei com a personagem no início ao fim. Embora William me lembrasse o Patch de Hush Hush mil vezes melhorado,eu sentia exatamente o que Melissa sentia por ele em todas cenas sexys e românticas que eles tinham. Aliás o livro é macabro, sombrio, romântico e sexy nas dosagens certas fazendo cada página valer apena.

O livro é sombrio e sexy, faz com que não se consiga parar de lê-lo. Eu lia e só queria mais, Melissa é sarcástica e incrivelmente cativante, impossível não se confundir com suas falas misteriosas, com seus sonhos assustadores e suas premonições sinistras. Eu não tenho palavras para explicar o quando eu achei esse livro foda maravilhoso. Eu só quero mais dele, quero mais dessa história.

“Em uma analogia profana, ele era o único fruto de que eu não poderia provar. Mas o único que desejava. A cada instante em sua companhia, tinha certeza disso. E aquele desejo seria minha perdição”

Existe um mistério F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O ❤ em relação ao que está perseguindo Melissa e claro ao lindo e sedutor William, quando descobrimos o que ele é entendemos que ele fica apenas mais sedutor do que pode ser, eu fiquei de fato muito surpresa quando aos poucos (bem aos poucos mesmo) somos imersos no mundo dele, ficamos com a pulga atrás da orelha.Conhecemos também o ser mais odiavelmente sexy e amigo do William, o Viktor. Falar da história desse livro não é fácil, qualquer detalhe que eu falar vou estragar a atmosfera maravilhosa que a Ananda criou.

Ananda eu escolhi te amar ❤ estou apaixonada pela sua história, pelo Daryl (meu amorzinho da vida toda, quero um melhor amigo desses para mim), pela Melissa, pelo William. Queria escrever uma resenha contando mais sobre a história, mas Do Éden á Luxúria vale apena ser resenhado a partir do que o leitor sentiu, eu me senti assim e nada vale mais que isso.

A história é dosada tem tudo na quantidade perfeita, foi o MELHOR LIVRO QUE LI NO ANO ❤ Tudo na história é perfeito, maravilhoso e quero mais !

site: http://www.descafeinadas.com.br/2016/10/resenha-do-eden-luxuria-o-circulo-dos.html
comentários(0)comente



Mari Sales 23/08/2016

Envolvente e excitante
A gente começa a sentir o clima do livro pelo título. Depois, pelo nome da série. É romance? É sobrenatural? Sinto lhe informar, mas as perguntas surgirão a cada capítulo e você precisará continuar a leitura para que essas perguntas sejam sanadas.
Melissa é uma adolescente “rock in roll” que mora em uma pensão, tem uma melhor amiga no estilo “patricinha” e um melhor amigo que possui todos os pré-requisitos de ser o partido do ano. Acontecimentos estranhos e com um quê de sobrenatural começam acontecer e a chegada de um “vizinho” misterioso, “William”, só causa mais dúvidas e confusão na cabeça da mocinha.

Com 99% da narração sendo feita por Melissa, submergimos nas dúvidas e autoquestionamentos da mocinha. Há momentos que você quer sentar com a personagem e discutir teorias e suposições de tudo o que está acontecendo.
A escrita é mais formal e detalhista, mudando um pouco da escrita coloquial e intimista, trazendo novos ares e novos vocabulários.
O livro está dividido em três partes, introduzindo gradativamente esse novo mundo de mistério.

Melissa não uma mocinha perfeita. Ela é adolescente, possui atitudes inconsequentes, tem um lado rebelde e é 100% companheira. Mesmo com todo o perfil “coração gelado”, ela defende seus amigos e tem um senso de justiça admirável. Ela possui uma história complicada com sua genitora e está assistida pela dona da pensão. Amor, para ela, não era um conto de fadas.
“Se apaixonar era, sem dúvida, a forma mais acertada de afirmar que éramos todos, homens e mulheres, um bando de loucos febris e delirantes ansiosos para termos nossos corações dilacerados. O que havia de bom nisso?”

William é o nosso mocinho. Misterioso e cavalheiro, ele conquista Melissa por essas características. Apesar do lado recatado da mocinha, William consegue seduzir, mas não nos convencendo se ele é realmente um mocinho do bem ou do mal. Ele não faz parte dos amigos de colégio de Melissa. Ele acende o fogo de Melissa, proporcionando cenas calorosas e tentadoras.
“— Você está brincando com foto. — “A vantagem de se brincar com fogo é que se aprende a não se queimar.”

Uma mistura de drama escolar e mistérios fora da escola tornou a leitura curiosa e instigante. A cada capítulo uma dúvida surge, outra é sanada e você só quer resolver todo esse mistério. Mistério esse que é muito criativo, envolvente e excitante!
comentários(0)comente



Mari Sales 23/08/2016

Envolvente e excitante
A gente começa a sentir o clima do livro pelo título. Depois, pelo nome da série. É romance? É sobrenatural? Sinto lhe informar, mas as perguntas surgirão a cada capítulo e você precisará continuar a leitura para que essas perguntas sejam sanadas.
Melissa é uma adolescente “rock in roll” que mora em uma pensão, tem uma melhor amiga no estilo “patricinha” e um melhor amigo que possui todos os pré-requisitos de ser o partido do ano. Acontecimentos estranhos e com um quê de sobrenatural começam acontecer e a chegada de um “vizinho” misterioso, “William”, só causa mais dúvidas e confusão na cabeça da mocinha.

Com 99% da narração sendo feita por Melissa, submergimos nas dúvidas e autoquestionamentos da mocinha. Há momentos que você quer sentar com a personagem e discutir teorias e suposições de tudo o que está acontecendo.
A escrita é mais formal e detalhista, mudando um pouco da escrita coloquial e intimista, trazendo novos ares e novos vocabulários.
O livro está dividido em três partes, introduzindo gradativamente esse novo mundo de mistério.

Melissa não uma mocinha perfeita. Ela é adolescente, possui atitudes inconsequentes, tem um lado rebelde e é 100% companheira. Mesmo com todo o perfil “coração gelado”, ela defende seus amigos e tem um senso de justiça admirável. Ela possui uma história complicada com sua genitora e está assistida pela dona da pensão. Amor, para ela, não era um conto de fadas.
“Se apaixonar era, sem dúvida, a forma mais acertada de afirmar que éramos todos, homens e mulheres, um bando de loucos febris e delirantes ansiosos para termos nossos corações dilacerados. O que havia de bom nisso?”

William é o nosso mocinho. Misterioso e cavalheiro, ele conquista Melissa por essas características. Apesar do lado recatado da mocinha, William consegue seduzir, mas não nos convencendo se ele é realmente um mocinho do bem ou do mal. Ele não faz parte dos amigos de colégio de Melissa. Ele acende o fogo de Melissa, proporcionando cenas calorosas e tentadoras.
“— Você está brincando com foto. — “A vantagem de se brincar com fogo é que se aprende a não se queimar.”

Uma mistura de drama escolar e mistérios fora da escola tornou a leitura curiosa e instigante. A cada capítulo uma dúvida surge, outra é sanada e você só quer resolver todo esse mistério. Mistério esse que é muito criativo, envolvente e excitante!
comentários(0)comente



Estrella 17/06/2016

Melissa uma jovem de 17 anos consumida por seus pesadelos, paira entre a realidade e seus devaneios. Quando a convivência torna-se insustentável devido seu padrasto e suas filhas, Melissa opta por deixar sua mãe e sai de casa para morar com a melhor amiga de sua mãe Amélia, dona de uma pensão na cidade de Blaine.
Em uma manhã depois de mais uma noite de pesadelos, mesmo cansada, Melissa vai à escola e encontra seus melhores amigos Daryl e Megan a qual a convida para uma festa em um bar. Ao chegarem tratam de se divertir até Melissa descobrir a real intenção de Megan em encontrar com seu ex-namorado Jason. Questionando-a sobre ela armar sobre suas costas e tendo uma acalorada discussão com Jason do qual ela tinha a certeza de que chegariam as vias de fato no ápice de sua raiva ela percebe uma sensação entranha apoderar-se do seu corpo até desmaiar.
“Sempre fora assim. Eu sentia. Sem explicações plausíveis, captava ondas de informações, mensagens sussurradas. Um tormento, sem dúvida. Um daqueles que me levaria ao manicômio mais próximo onde me dopariam com antipsicóticos até que eu acreditasse ser um maldito pônei feliz”
Ao acordar em um quarto estranho e confusa sobre o que aconteceu, depara-se com o cara mais bonito que já viu e possuidor dos olhos mais azuis que já pusera os olhos. Willian é seu nome e ele se mostra um perfeito cavalheiro ajudando tanto ela como Megan logo após ter perdido a consciência, e se oferece para levá-las para casa. Com o passar dos dias, Melissa tem a sensação de que algo grande vai acontecer, até um de seus supostos sonhos tornam-se real.
Willian entra em sua vida em um momento conturbado onde ela busca explicações sobre o que de fato são todas essas sensações. Além de sentir-se extremamente atraída e apaixonada por ele, uma voz em seu interior a deixa irrequieta. Algo de perigoso emana dele. Ela terá que descobrir o que isso tudo significa e quais as verdades escondidas.

Quer saber mais visite o blog.

site: http://livrosdeelite.blogspot.com.br/2016/06/resenha-do-eden-luxuria-trilogia-o.html#more
comentários(0)comente



Ariane 05/06/2016

Cative-se pelo mistério!
Melissa Saccer é uma jovem inteligente e obscura, com experiências traumáticas e desinteressada pelo seu futuro. Vivendo na pequena cidade de Blaine, na pensão da melhor amiga de sua mãe, Melissa leva uma vida simples e pacata com seus dois amigos Daryl e Megan, que por acaso, se odeiam. Tudo muda em uma simples noite em que ela e sua amiga resolvem ir ao Devil's Throat: Um bar estranho, hostil e misterioso.


Acontecimentos estranhos surgem, crimes horríveis a deixam aterrorizadas, e seus pesadelos começam a preencher sua cabeça todo o tempo, mesmo acordada. Com a sensação constante de estar sendo observada e perseguida, ela encontra paz ao lado de William: O forasteiro sensual, misterioso e um verdadeiro gentleman das histórias de Jane Austen. Logo sendo atraída por ele, a paixão toma conta de seu ser, e ela tenta continuar sua vida entre seu novo amor, seus amigos e o perigo desconhecido que a cerca.


"Senti meu corpo em chamas mais uma vez e tombei contra o chão. Ajoelhado ao meu lado, William clamava meu nome, seu tom grave. Ele me pedia para respirar, para voltar, para me concentrar, mas só havia as chamas daquele pesadelo infernal."


O livro dividido em três partes também pode emoções próprias para cada parte. Como a princípio, você começa encantada com William e todos os personagens extremamente cativantes enquanto fica levemente curiosa com os estranhos acontecimentos que permanecem nas sombras. No entanto, ao chegar à segunda parte, prepare-se para sentir o suspense, o mistério e a tensão. Teorias irão preencher sua mente, você irá se coçar de tanta curiosidade e gritará com todos os personagens à medida que as bombas explodem em sua cara! E então, A Queda acontece e você se decepciona, angustia-se e morre de medo pelo futuro desconhecido, que você apenas é capaz de imaginar. Um turbilhão de emoções e paixão pelos cativantes personagens!


"Era como se tudo não passasse de algo combinado, uma conspiração. Como se alguém tivesse tramando para cima de mim, usando Verdade ou Desafio apenas como um ardil. Tinha sido conduzida a uma armadilha. Alguém queria me enviar uma mensagem essa noite. Alguém falou comigo através de Chelsea."


Com o segundo livro, Do Silêncio à Condenação, previsto para agosto, Ananda V. prova do que é capaz e mostra que a literatura nacional está arrasando! Agora fã de carteirinha dela, espero ansiosamente pelo próximo livro.


Pode dar uma chance a este magnífico livro, amém, gostem ou odeiem, experimentem as delícias que esta leitura pode provocar.

site: http://www.oclubedameianoite.com/2016/06/resenha-do-eden-luxuria-o-circulo-dos.html#comments
comentários(0)comente



Silva 23/11/2015

Do Éden à Luxúria
Gostei muito do Prólogo... e o fim, a página 13 é fenomenal.

Melissa, a nossa protagonista, era magra, alta, olhos verdes, cabelos longos escuros. Achava-se uma miuda comum. Era uma adolescente e andava no ensino médio. Vivia na pensão da Sra Fernandez. Era muito temperamental e estava sempre a ser suspensa da escola.
A sua melhor amiga era a sexy, loira e com olhos azuis, Megan Collins, "Meggie parecia ter saído de uma edição especial da vogue."
O seu melhor amigo, Daryl era simpático, com músculos e cabelos cor de areia e não se dava bem com Megan, "Ela não o achava bom o suficiente para ser incluso em nosso restrito grupo de amigos."

As duas foram a uma festa no Devil´s Throat, um bar conhecido por sua clientela duvidosa. É nesse bar que ela conhece William, o seu salvador, "Seus olhos eram como revoltosos oceanos, e era fácil se perder em sua imensidão". Ele era muito galanteador.
Na página 22 a autora descreve o céu, de uma forma que eu gostei e bastante, uma obra de arte.
Ananda, o único comentário que eu tenho a fazer à página 24 é "You can leave your hat on".
No livro aparece a frase "Mantenha distância, ou chutarei o seu rabo.", gostei da frase e, como esta, a autora tem mais algumas no mesmo estilo, o que é um ponto a seu favor.
O fim do capitulo 2 é muito bom. Até eu fiquei a pensar como é que aquele personagem soube tal coisa. Eu desconfiei de algo, mas só soube que tinha a certeza mais à frente no livro. Gostei muito do inicio do capitulo 3.

Melissa começou a ter uns desmaios, alguns sonhos estranhos e a ouvir vozes. Tudo envolto em mistério. Que segredos ela esconde? Ou será que nem ela sabe?

A autora vai-nos dando a conhecer diversos personagens : Jason, ex namorado de Megan; Allegra (eu até gostei desta personagem), uma mulher forte e potente; a dondoca da escola, a Chelsea; e quem é aquele Viktor? "É um prazer conhecê-lo, Viktor", gostei dele.
Algures no capitulo 3 há um acontecimento que leva a que Melissa e Chelsea tenham de trabalhar juntas, mesmo se odiando. Adorei o fim do capitulo 3.

De cada vez que a autora faz descrições de William, até tenho pena dele não existir de verdade. Parabéns!
Na página 58 a autora mostra-nos um lado da Melissa que eu, particularmente, sou muito adepta, gosto que as personagens femininas sejam decididas.
Gostei muito da página 82 à 89 e li as páginas 97 e 98 mais do que uma vez, por serem intensas as cenas.
Na página 106 novamente uma daquelas descrições de William de tirar o fôlego, adorei, parabéns Ananda, por estas maravilhosas descrições ao longo do livro.
Os capitulos 9 e 10 são dos meus favoritos. Este último tem uma cena intensa no parque e que me conseguiu prender bastante a atenção.
Adorei da página 209 até ao fim do capítulo 17, especialmente a descrição do apetitoso e protetor Daryl. No inicio do capitulo 18 só pensava assim "onde está o Daryl... Meu Deus."

Não posso falar bem de tudo, tenho de ser sincera : Na página 232 aparece um sonho que eu não gostei muito... não achei nada de especial em relação aos outros, que tinham sido perfeitos... mas no fim dessa mesma página, o livro já me voltou a prender. Ainda bem... mas o que é uma página em mais de 400?

Nas últimas páginas do capitulo 21 foi tudo muito tenso. No inicio do capitulo 22 veio-me um sorriso À boca, não vou dizer porquê, Leiam....
Na página 270 tem uma das minhas descrições favoritas do livro. No capitulo 23 também tem descrições que eu adorei... ai o viktor, gostei mesmo dele.
Que choradeira da minha parte no capitulo 29... aquilo não se faz, Ananda...
Capitulo 31 é um dos melhores... muito tenso e romântico.
Amei o Capitulo 32, até imaginei as cenas, as caras que os personagens iriam fazer, etc...
Página 406, "pedras portuguesas tortas e irregulares"... Já sabias que o livro iria ser lido por uma portuguesa?
Não comento mais nada, já está uma resenha de bom tamanho, espero que não seja muito maçante.

Melhores Trechos
1 - "Os fios delicados pareciam reluzir como ouro em reflexo à luz quente produzidas pelas velas de chamas inconstantes. a jovem tremeu delicadamente, o frio penetrando em sua carne até lamber os ossos."
2 - "Um calor que não tinha relação com o clima invadiu meu peito sem aviso. A sensação cálida enrolou-se por meus braços, eriçando os pelos de minha nuca."
3 - "Sua boca parecia um convite em vermelho, me incitando a saboreá-lo."
4 - "Seu toque derreteu qualquer resistência que meu corpo pudesse oferecer, meus músculos tão maleáveis quanto o creme em suas mãos."
comentários(0)comente



18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2