O Astrólogo

O Astrólogo Machado de Assis




Resenhas - O Astrólogo


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Liedsonrm 07/07/2021

Ora, ora. De tanto cuidar da vida dos outros, ele deixou a sua para trás. De tanto olhar para as estrelas, ele esqueceu da terra.
comentários(0)comente



stella f. 18/01/2021

Machado sarcástico
Custódio Marques, é um almotacé, ou seja, inspetor de pesos e medidas, um funcionário público com uma função específica. "Os mercadores não tinham mais fidigal inimigo do que esse olho da autoridade pública". Tinha o cargo como um apostolado, mas não satisfeito começou a tomar conta da vida alheia. "..Transpôs a fronteira de suas atribuições, e passou do exame das medidas ao das vidas alheias". Enquanto isso sua filha D. Esperança estava enrabichada por um filho de boticário, o jovem Gervásio Mendes.
E o pai nem se dava conta.
E Custódio sempre tomava conta de pessoas da mais alta estirpe, para ter uma carta na manga e sempre ajudava ao juiz de fora nas suas escapadelas e o juiz achava graça, mas fazia mesmo ele de servo, de serviçal. "Era ele o melhor remédio das suas melancolias, o mais serviçal sujeito para tudo quanto fosse de seu agrado". E acabou, com suas pesquisas, descobrindo que o juiz mantinha uma amante, uma viúva mineira. E foi ao juiz falar de suas descobertas e que seria um segredo, mas o juiz tinha um recado para ele muito mais importante, sua filha havia fugido com o namoradinho. Por essa o Custódio não esperava.
E para terminar com um sarcasmo, Machado de Assis, coloca na boca do juiz o seguinte diálogo:
- Mas, olhe cá, antes de ir. Um astrólogo contemplava os astros, com tamanha atenção, que caiu num poço. Uma velha da Trácia vendo-o cair, soltou esta exclamação: Se ele não via o que lhe estava aos pés, para que havia de investigar o que lá fica tão em cima!

Machado sempre Machado....
comentários(0)comente



Luísa Toresan 26/12/2020

Foi um bom conto. Ele contém uma "moral", no estilo irônico do Machado. Fazia algum tempo que não lia os contos dele, então demorei um pouco pra me acostumar com a linguagem.
comentários(0)comente



Edson Camara 28/10/2021

DIVERTIDÍSSIMO
Machado nos presenteia com um conto rápido que seria e grande ajuda a determinadas pessoas que se ocupam do alheio e não olham o próprio umbigo. Divertidíssimo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Pedro Possidonio 11/04/2021

Para os esotéricos de plantão: Tem nada de astrologia
comentários(0)comente



Rubens.Brito 27/05/2021

Achei meio bobinho, mas bem humorado. A moral da história fica bem explícita no final.
comentários(0)comente



Raio 11/08/2021

Contém uma "moral" bem boba no fim, porém é um continho agradável com mais da escrita boa de Machado de Assis.
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR