A Transformação de Raven

A Transformação de Raven Sylvain Reynard




Resenhas - A transformação de Raven


72 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Helo Machado 03/10/2021

De volta a Dante, Botticceli e Florença
O primeiro livro da série Noites em Florença traz de volta prof. Emerson e sua Julianne, mas dessa vez como um espécie de participação especial, uma vez que retornamos à obra de Botticceli sobre o Inferno de Dante.
Raven é uma restauradora de obra de arte a serviço da Galeria Uffizi, em Florença, a mesma onde foram exibidas as obras pertencentes aos Emersons.
Ela acaba envolvida com o Príncipe de Florença, Willian York, um ser sobrenatural que comanda o submundo da cidade.
Uma história envolvente que prende o leitor do início ao fim!
Entrou para a minha lista dos tops!
?????
comentários(0)comente



Gigii 03/09/2021

????
Foi um livro que no começo não me cativou tanto, pode ser pq não li o anterior que é uma introdução as Noites de Florença mais no decorrer os personagens foram me conquistando e o quanto gostei da relação de Raven com o William é inexplicável.
comentários(0)comente



Carol 04/06/2021

AINDA NÃO ACREDITO QUE LI UM LIVRO DE VAMPIRO E GOSTEI
Estou impactada... fiquei apaixonada pelo William. De vilão, foi para o vampirinho mais desejado que já vi. Completamente diferente dos vampiros malas que eu conheço na literatura, muita maldade... e amor. Super indico!
comentários(0)comente



Maria 22/05/2021

A Transformação de Raven
Admito que foi um pouco... Entediante.

No começo eu tava super animada, mas depois começou uma montanha russa de partes empolgantes e chatas.
Porém, os personagens compensaram um pouco isso já que foram bem planejados. Alguns deixaram um pouco a desejar, como os personagens Max e Aoibh.
Apesar se tudo, foi um livro legal para curar minha ressaca literária, e ainda tô em duvida se leio o resto da saga ou não

Se está procurando um livro de fantasia, cabaré e um pouco de suspense, esse livro é muito bom pra você, KKKLK
comentários(0)comente



Bruna Tiene 16/05/2021

Só porque amo um vampirinho...
Iniciei achando que seria uma história sombria , mas na verdade ele se transforma em um romance hot.

É fofo, bonitinho, mas faltou o lado sombrio que prometeu no início!!!

Gostei,mas não amei!
comentários(0)comente



Marii 05/05/2021

Bom esse livro akkkk ele, bom ele é mas so pra passar o tempo leitura rápida mas a história nao tem e plow tbm nao é simples pq so uma mulher e um vampiro que se atraíam um pelo outro a história quando ele vao fazer relações ****** enfim pensei q ai ter mistério mas nao deve não seria um livro q tava na minha lista mas ok eu n tinha outra opção entao é isso
comentários(0)comente



Ystefane 24/02/2021

Perfeito
Li 2 vezes, esse livro é daqueles que te prendem do início ao fim. Um livro inesquecível !!
comentários(0)comente



giio 04/02/2021

Protagonista insegura demais
Infelizmente, não me agradou. Eu queria muito ter gostado, muita gente gostou, talvez eu estivesse com muitas expectativas, sei la...

Achei a protagonista até interessante, diferente por ter dificuldade em andar mas todo o resto é... chato. Brigas e separações sem sentido, pra logo em seguida serem esquecidas e perdoadas sem muita coerência. O personagem masculino principal é apenas um deus ex machina gigante. Tipo a Capitã Marvel. Nenhum ponto fraco. Ele é imune a todas as fraquezas dos vampiros e aparentemente sempre foi, não há explicações. Ele estava mais pra incubus, chupacabra ou outro demonio de sangue do que pra vampiro.

O livro se detém demais na deficiência da Raven, no fato de ela ser gordinha, se achar feia e ser ciumenta. Em todos os capítulos, pelo menos uma dessas três coisas vai ser abordada SEMPRE. E tudo bem se a coisa andasse e a história evoluísse, mas eles continuam na mesma lenga-lenga.

A protagonista não é uma mulher forte, apesar de não chorar, ela se culpa por coisas da infância que ninguém teria coragem de culpa-la, se acha feia, acha que ser gorda é um problema e simplesmente não acredita quando o cara diz, O TEMPO TODO que gosta dela.

A parte da arte eu achei interessante, o fato dela ser apaixonada por Botticelli, os quadros que ela restaura, gostei.

Tem partes boas. Deu pra ler. Mas tem mais defeitos que qualidades. É previsível e tem coisa muito melhor. Me incomodou o enredo girar demais em torno da aparência dela. Achei superficial demais.

spoilers à frente:
Depois de superado aquele choque inicial que existe em todos os livros de vampiros quando a protagonista descobre que seu par romântico não é humano, o plot oscila entre "ele nao tem a capacidade de amar" e "eu sou feia demais pra ele" enquanto ele corre a atrás dela. Depois ela tem uma crise de ciúmes boba, nada condizente com uma protagonista que aceita namorar um tipo de demônio. Eles se separam muito no estilo "50 tons de cinza" (ou seja, motivo nenhum), pra no final voltarem a ficar juntos sem nada tenha mudado de fato. No final eu achei deprimente que o fato de ela ser aceita ~mesmo~ sendo gordinha e manca tornarem o cara tao maravilhoso assim. Ele nao ta te fazendo um favor, Raven, pelo amor de deus. Enfim, meus olhos...
comentários(0)comente



Mara 10/09/2020

"- Além do mais, Psiquê amava Cupido. Ela queria conhecer a pessoa que amava.
- Ela era uma humana que se apaixonou por um deus.
- Está dizendo que você é um deus?
- Está dizendo que está apaixonada por mim?"
comentários(0)comente



Borboletas no Casulo 05/07/2020

Interessante
A transformação de Raven, nos leva de volta ao universo criado por Sylvain Reynard, pra ótica do vampiro Willian, o Príncipe e Raven, a cotovia ferida.
O enredo é muito interessante, cercado de mistério, recheado de tons sombrios...
As particularidades do submundo são bem envolventes e eu gostei de todos os detalhes, revelados...
Terminamos o livro totalmente envolvidos pelo romance dos dois e os desdobramentos do principado, mas ainda sem saber os segredos de William e quem está armando contra ele, mesmo o livro tendo uma boa finalização.
Fechamos a última página ansiando pelo próximo livro.
Não dei 5 estrelas justamente pela ansiedade que causa, mas isso não é ruim.
comentários(0)comente



Larissa | @romanceempaginas 26/06/2020

Melhor releitura EVER
Tomar a atitude de reler esse livro foi a melhor coisa que fiz. Mistério, romance, cultura, e aquela pegada hot são os fatores que fazem esse ser tão incrível, além disso, temos o submundos dos vampiros e a linda cidade de Florença como cenário de fundo, tornando a história ainda mais envolvente e viciante. Se você ainda não leu, não perca tempo. Irá amar ainda mais se leu a série ?O Inferno de Gabriel? já que aqui irá poder matar a saudade deles.
comentários(0)comente



Viviane Schneider 14/06/2020

Muito bom
Ele todo vilão, ela toda mocinha, uma história clichê mas que dá um gostinho de quero mais. Empolgada para ler o próximo!
comentários(0)comente



kevillyn 11/06/2020

Esse foi um dos primeiros livros que li na vida, isso se não foi o primeiro, então foi realmente legal rever esses personagens, a trama é o que promete ser: sensual e misteriosa, aborda temas com relação a arte, história, valores, exclusão social sofrida por deficientes, padrão de beleza, amor romântico e amor próprio, tudo isso na linda Florença.
Não sei se foi o fato de eu já ter lido antes mas não foi tão impactante quanto me lembrava.
comentários(0)comente



Dai 04/06/2020

Aa transformações de Raven
Enrolei tanto pra ler esse livro e depois que começei, fui sugada pra dentro da leitura e não consegui mais parar.
O livro narra a historia de Raven, uma restauradora de obras de artes, que trabalha na galeria de Galleria degli Uffizi, na Italia. Numa noite escura e silênciosa a caminho de casa Raven, foi supreendida ao ver que alguns caras estavam atormentando um rapaz sem teto e deficiênte, ela tentou ajuda-lo, pedindo para que o deixassem em paz, mas acabou atraindo a atenção dos indeliquente para ela. Foi no meio desse tumultos e gritos que "O principe de florença" foi atraido para o local e salvaddo a vida Raven, daquela brutalidade.
Dias depois ela acorda sem se lembrar do ocorrido e descobre um quadro importante foi roubado da Galleria degli. Muitos misterios aparti dai começa a acontece na vida de Raven, ela alvo de suspeita pelo pessoal da interpol, ela não se recorda da noite em que foi salva e o que aconteçeu, como ela foi parar em casa. No meios de comentarios que ouviu atras da porta da sala do chefe, ela descobre o nome de suposto suspeito e ela vai por conta propria investigar quem é o rapaz. Nesse momento de "detetive" ela acaba conheçendo o "principe", de forma não convecional...

O misterio e o suspense é intrigante.
Estou louca pra ler a continuação.
Recomendo o livro pra quem gosta de livro sobre o sobrenatural, vampiros com toque de romance rsrs.
comentários(0)comente



Fabiana @bibliotecadabia 25/05/2020

Uma história intrigante, cheia de ação, emoção e sensualidade.
Resenha:Hoje apresento a resenha do segundo livro da Série Noites em Florença, do autor Sylvain Reynard. O livro é narrado em terceira pessoa, se passa totalmente em Florença, Itália (2013) preciso destacar como foi uma delícia a leitura, pois, foi uma aula de conhecimento daquela cidade e sua cultura.

Neste livro vamos conhecer a personagem Raven Wood, uma jovem que teve uma infância traumática, e um evento em especial marcou profundamente e fisicamente sua vida. O evento em questão deixou sequelas físicas, e Raven precisa se utilizar de uma bengala para se locomover.

Raven é bondosa, e com um censo de justiça, o qual procura defender e auxiliar aqueles que considera indefesos. Certa noite após sair do seu trabalho no museu Galleria Degli Uffizi, ela se depara com uma cena terrível: um grupo de homens está atacando Ângelo, um sem-teto que possui uma deficiência física e mental. Raven não pensa em sua segurança e tenta intervir e acaba tornando-se alvo da violência.

Uma semana se passa e a jovem encontra-se em seu apartamento sem recordações da noite do ataque. Mas isso não é o mais chocante: sua aparência está completamente diferente e ela nem mesmo precisa da bengala para se locomover. Porém, seu sumiço coincide com o roubo que acontece na Galleria degli uffizi, tornando-a a principal suspeita.

William York é o pseudônimo do Príncipe das Sombras. É implacável e não aceita erros de ninguém. Seu senso de justiça não é piedoso, e por conta disso acaba determinado em vingar-se dos donos de suas obras de arte (Gabriel e Julianne). Porém, ao conhecer Haven fica fascinado com sua bondade e forma de enxergar o mundo. Mas o seu mundo é muito mais perigoso e menos generoso, e William torna-se alvo de uma conspiração que tem como o objetivo o trono de Florença.

Agora Raven se vê envolvida em um mundo completamente novo, onde se torna objeto de fascínio de uma das criaturas mais poderosas do planeta.

A obra é uma mescla de romance sobrenatural com uma obra histórica. Com uma trama repleta de descrições das obras, da história local e até mesmo de Florença, o enredo torna-se rico e inesquecível. Riqueza essa percebida do início ao final do livro e traz muita complexidade ao texto. Os diálogos são inteligentes, complexos e cheios de reflexões.

site: https://www.instagram.com/bibliotecadabia/
comentários(0)comente



72 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR