A Transformação de Raven

A Transformação de Raven Sylvain Reynard




Resenhas - A transformação de Raven


65 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Vânia 10/04/2015

Noites em Florença #1
Sinopse perfeita com os pontos principais de tudo que você encontrará neste livro.
Caso você não seja amante de livros de fantasia, em especial os sobre vampiros, deixe-me logo te dizer que este aqui é bem diferente dos outros do mesmo tema que rolam por aí.
Sim, o personagem principal é um vampiro, mas a história em si não se perde nisso.

Ao mesmo tempo em que a personagem humana, Raven, acaba sendo salva por um ser das sombras e percebe-se diferente - não porque transformou-se em vampiro, mas por ter sua aparência modificada -, o enfoque do enredo é na vingança que William York quer ter sobre os Emersons - continuação do prequel; a traição de um de seus seguidores - precisando ainda descobrir quem é; e a história de amor que se desenrola...

(Continue lendo no link abaixo)


site: http://aborboletaquele.blogspot.com.br/2015/04/sylvain-reynard-transformacao-de-raven.html
comentários(0)comente



Carla @camantovanni 10/05/2015

A Transformação de Raven
Bom, o livro em si é bom, mas não me surpreendeu.

A história se baseia na vida e cotidiano do Príncipe de Florença e em uma personagem nova que não aparecia no primeiro livro da Série, Raven. Ela é uma jovem que nasceu nos EUA e para se livrar de um passado bastante desastroso e traumático envolvendo sua família em potencial, se mudou para a Itália, em busca de uma nova vida. Raven é restauradora e trabalha com obras de Arte e tem amigos legais e que gostam realmente dela, mas sua insegurança e falta de amor próprio, é um problema constante no livro, pois Raven foge de qualquer padrão de beleza de capas de revista e ainda por cima, conta com uma de certa forma, "cicatriz de batalha" (irão entender melhor o termo, quando lerem o volume).

Sua vida muda de uma maneira drástica, após presenciar um assassinato brutal em plena praça pública, enquanto gritava para distrair os agressores de uma morte certa a um pobre homem em uma noite escura. Por sua deficiência e certas limitações que a acompanham, Raven fica totalmente vulnerável e acaba ficando face a face com a morte, literalmente. Uma semana se passa e ela então volta ao trabalho acreditando sendo um dia normal, quando começa a ser perseguida por um roubo no museu e ela, é uma das principais culpadas. Sem entender nada, ela começa a investigar.

Raven então conhece o Príncipe do submundo e se sente atraída pelos seus encantos, charme e beleza sobrenaturais, mas se coloca em uma posição complicada, o afastando o tempo todo no começo. Por outro lado, o mesmo tenta de toda forma manter seu reino longe de mãos inimigas, mas aos poucos, começa a perceber que o inimigo real, pode estar bem ao seu lado. O Príncipe conta com a ajuda de sua aliada e ambiciosa Aoibhe, que é bastante poderosa e nutre esperanças de ainda conseguir o coração e admiração dele, para lutarem lado a lado.

A trama se desenvolve de maneira lenta ao meu ver, bastante parado. Não me senti entusiasmada com a leitura e isso, resultou em uma demora infinita para terminar o livro. Eu estava gostando no começo, mas quando percebi que algumas coisas passavam de modo bastante "superficial" e monótonas, perdi um pouco do gosto pela leitura. Não que o livro seja ruim, o que seria uma mentira afirmar, mas devo confessar que esperei um pouco mais, ainda mais depois de ler o primeiro volume. Acredito ser mesmo uma questão de opinião.

Indico a leitura sim. Espero ter ajudado :)
comentários(0)comente



Marla 09/05/2015

A Transformação de Raven - Sylvain Reynard // Noites em Florença livro 01
Estamos em Florença no ano de 2013 e lá que vamos conhecer a jovem Raven Wood. Em uma noite enquanto caminhava para casa, depois do trabalho, Raven acaba surpreendendo três homens embriagados, agredido Angelo, um sem – teto, quando ela tenta intervir, os homens se voltam contra ela. Perto dali, o Príncipe de Florença se sente atraído pelo aroma do sangue de Raven que domina o ar, sem pensar duas vezes ele mata seus agressores e a carrega para longe.

Raven desperta sem lembranças e com uma aparência totalmente diferente, porém seu maior choque e descobrir, que ficou desaparecida por uma semana e nesse período as ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, que pertencem ao casal Emerson e estavam expostas na Galleria degli uffizi, onde ela trabalha como restauradora, foram roubadas e por conta do seu sumiço ela é a principal suspeita.

"O cheiro de sangue enchia suas narinas. Havia mais de uma safra, mas o perfume que atraía sua atenção era jovem e inexplicavelmente doce. Fez ressuscitar dentro dele lembranças esquecidas, imagens de amor e perda."

Disposta a descobrir o verdadeiro culpado e assim tirar a polícia do seu pé, Raven decide investigar William York, um rico florentino e patrono da Galleria degli uffizi, sei imaginar que estava entrando em um mundo que poderia custar sua vida. Para protegê-la o Príncipe precisa fazer uma difícil escolha, que mudará suas vidas para sempre.

Sempre tive curiosidade de conhecer a escrita de Sylvain Reynard, por conta dos comentários positivos sobre a Trilogia Gabriel, e como também fazia um bom tempo que não lia nada com tema vampiros. Assim acabei juntando as duas vontades e embarquei na leitura de A Transformação de Raven e para minha felicidade o livro foi uma boa surpresa, sendo assim a leitura fluiu sem problemas.

"- A beleza é uma coisa vã. Ela surge, e assim como o vento, desaparece. Lembre-se disso."

Raven é generosa e determinada, mas por ter uma deficiência na perna direita que a faz precisar usar uma bengala, além de estar acima do peso, faz com que ela seja invisível, principalmente aos olhos dos homens. A verdadeira mulher só e vista por seus amigos e pelo Príncipe. O Príncipe é um vampiro em todo o sentido da palavra, sombrio e letal, ele não mede esforços para conseguir o que deseja e também não exita em matar seus inimigos, mas a entrada de Raven em seu caminho acaba trazendo cor a sua vida.

O relacionamento entre Raven e o Príncipe e recheado de altos e baixos e seus encontros são intensos. O relacionamento amoroso em si demora a acontecer, já que Raven exita em se envolver com um vampiro, sem falar que ela possui alguns traumas, por conta de sua aparência. O Príncipe além de desejar conquistar Raven, também tem suas próprias preocupações como Príncipe de Florença (vampiro líder do principado), já que Caçadores invadem seu território, trazendo ameaça para ele e para seus cidadãos.

"- A cotovia ferida de lindos olhos verdes e uma enfurecedora alma corajosa."

Outros personagens também se destacam na trama, como Aoibhe, vampira aliada do Príncipe, ela é sua ex-amante, mas ainda almeja ser sua consorte, para assim governar Florença ao seu lado. Também temos a participação do casal Emerson, da trilogia Gabriel.
A Transformação de Raven, primeiro volume da série Noites em Florença, traz uma trama interessante, com ingredientes, como a luta pelo poder, traições, paixão, amor e a esperança de um recomeço. Recomendo!!

Resenha Postada no blog Louca por Romances no dia 17/04/2015

site: http://loucaporromances.blogspot.com/2015/04/resenha-transformacao-de-raven-sylvain.html
comentários(0)comente



Mari 17/07/2015

A escuridão e a luz...
Se já achei o Príncipe de Florença implacável no prólogo, em 'A Transformação de Raven' tive certeza que Sylvain Reynard caprichou na frieza do personagem. Mas com Raven, o autor usou toda a sua criatividade.

E se você não percebeu na trilogia 'O Inferno de Gabriel', agora fica claro que o autor tem um fixação pela Itália, sua cultura e história!

[...]

Somos apresentados ao Príncipe de Florença no livro, que considero como um prólogo, que antecede 'A Transformação de Raven'. Em nenhum momento do livro 'O Príncipe de Florença' é dado um nome ao Príncipe, ele é apenas nominado com o seu título, então você fica até a metade de 'A Transformação de Raven' sem saber o verdadeiro nome do sombrio e implacável Príncipe.

Já Raven Wood não é um mistério, mas seu passado é pouco comentado por ela. Raven vai para Florença em busca de uma segunda chance. Uma coisa que gostei é que nossa mocinha foge dos padrões físicos "normais" das mocinhas literárias. Pelo que o autor descreveu da personagem, ela precisa usar óculos de grau pesado, é "fofinha" e por causa de um problema na perna, Raven manca e precisa da ajuda de uma bengala, a qual ela batizou de Henry...

Mas nenhum desses fatores impede Raven de seguir com a sua vida ou de nos cativar a cada página.

Uma bela noite, depois de sair da festa de uma amiga, Raven decide ir caminhando para sua casa; mal sabia ela que aquela seria a decisão que mudaria sua vida e a compreensão do mundo que ela tinha até então. Ao tentar ajudar um conhecido sem-teto, Raven acabou sendo brutalmente atacada, mas algo impediu seus agressores de desferirem o golpe final.

Naquele mesmo momento o Príncipe de Florença ouviu o chamado do sangue de Raven e foi em sua direção. Ao encontrar o deplorável cenário, ele deu fim aos agressores e levou a cotovia ferida ao seu covil para curá-la.

Quando Raven desperta, vai ao banheiro fazer sua higiene e depois à cozinha para fazer suas tarefas matinais, percebe que algo muito estranho aconteceu. Ela está conseguindo ler as letras das embalagens... e caminhou sem mancar! Mas ao ficar de frente ao espelho, mal consegue acreditar no que seus olhos estão vendo. Quem era a mulher do reflexo? Seria ela mesma? Magra e sem o problema na perna...

Mas as coisas ficam estranhas mesmo quando ela vai ao trabalho. Ninguém parece reconhecê-la. Pior ainda, uma semana havia passado e ela não tinha nenhuma lembrança daqueles dias. E para coroar as situações estranhas do dia: alguém havia roubado a coleção inestimável dos Emersons!

Sua súbita mudança e falta de memória colocam Raven na mira dos investigadores. Nesse meio tempo, o casal Emerson e sua pequena filha chegam para avaliar o estrago, e é aí que Raven escuta um nome: William York.

Ela começa a investigar, fuça aqui, fuça ali, descobriu um endereço e foi checá-lo. Mas ao chegar no local foi advertida para que fosse embora, e além disso atraiu atenções indevidas para si.

[...]

Gostei de como Sylvain Reynard manteve os segredos dos dois personagens ocultos, embora tenha revelado um pouco sobre o casal, ele conseguiu deixar William ainda mais sombrio. É como se Raven fosse luz e William escuridão, e ele não conseguisse existir sem ela.

[...]


Acesse o blog para ver a resenha completa.

site: http://compulsivamenteliteraria.blogspot.com/2015/07/sylvain-reynard-noites-em-florenca-01.html
comentários(0)comente



Nathy 15/05/2018

Surpreendente...
Sabe aquele livro que você só compra por estar baratinho (nesse caso, 5 reais) e fica por meses enrolando na estante até você não ter mais o que fazer e decidir lê-lo? Foi o que aconteceu com A Transformação de Raven.

O danadinho me surpreendeu de uma forma... surpreendente! Devorá-lo em apenas dois dias não foi uma tarefa difícil, tendo em vista todo esse enredo que te prende e faz com que queira ler e até sonhar entre as histórias de cada personagem. Sylvian me surpreendeu com uma escrita gostosa, intrigante, até sensual.

Logo de cara, me apaixonei pela personagem Raven, que destrói totalmente dos clichês de uma mocinha perfeita, fugindo completamente de dentro dos padrões de beleza atuais.

Me apaixonei pelo misterioso e MARAVIGOLD Príncipe, a forma como endeusa Raven e a faz se sentir bem consigo mesma, linda do jeito que é. O envolvimento deles é incrível!

Impossível não se apaixonar por esse romance que, ao mesmo tempo é clichê, também é uma inovação perfeita na literatura. Já anceio pelos próximos livros da Série e logo quero conhecer outras obras famosas do autor, como a trilogia O Inferno de Gabriel (que aliás, envolve personagens de A Transformação de Raven).

Resumindo palavras, simplesmente incrível.
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 31/12/2015

A Transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados em O príncipe das sombras, considerado o livro 0.5 da série.

Raven Wood, nossa protagonista, é uma mulher cheia de mistérios, restauradora de obras de arte da Galleria degli Ufizzi, esconde muito bem o seu passado e quem foi um dia. Raven usa muletas devido a um problema no pé que dificulta a sua mobilidade para andar e está acima do peso, por isso não se considera uma mulher que chamaria a atenção de nenhum homem. Mora sozinha em Florença desde que aí chegou para recomeçar a sua vida.



Primavera, de Botticelli

“Em outras palavras, as mulheres ideais de Botticelli se parecem com mulheres, não com meninos. São macias e curvilíneas. Saudáveis, arredondadas. Mulheres com o corpo das retratadas nesse quadro foram consideradas lindas por muitos séculos, senão por milênios. Elas eram o ideal estético durante o meu tempo de vida e assim permaneceram por um longo período depois. ... O meu ideal não mudou.”


Nossa história começa quando Raven, voltando para casa, ao tentar impedir que um amigo sem teto seja morto por vândalos, acaba sendo vítima de uma tentativa de estrupo. Mas ela é salva pelo Príncipe.

“Eu me canso do mal sempre vencer o bem. Da injustiça inerente ao Universo e dos seres, humanos e não humanos, que ficam parados sem fazer nada.”

Cerca de uma semana após o ocorrido, Raven acorda em casa sem se recordar de muitos detalhes do que aconteceu, com sua perna e pé estão curados e muitos quilos a menos. Logo descobre que as ilustrações de Dante, nas quais estava trabalhando, foram roubadas na noite em que foi atacada. Como não se lembra do que aconteceu, ela passa a ser uma suspeita para a polícia. E por ter sido salva pelo Príncipe, passa a correr sérios perigos.

"-Você vive em um mundo estranho.
-Não mais que o seu. Só que no meu, todos são vilões."

Nunca tinha lido nada do Sylvain Reynard e hoje me pergunto: pq????? Adorei a escrita dessa criatura misteriosa!!! Ele foi fantástico ao mesclar uma história de vampiros sensuais, fatos históricos, romance policial, conspirações, toques de mitologia, muita ação com uma farta dose de erotismo protagonizadas por um dos vampiros mais sedutores da literatura.

“Se ele é tolo o bastante para pensar que a beleza está na pele, e não no coração, espero que morra logo e livre o mundo de sua estupidez.”

A história se passa em Florença e Reynard deixa o leitor se deliciar nas ricas descrições sobre a cidade, suas ruas que destilam cultura, seus monumentos e suas obras de arte. Me lembrou muito Dan Brown, em Inferno.

Raven é uma mulher forte, decidida, que já sofreu muito e aprendeu a ser assim. Teimosa, não vai aceitar facilmente a proteção de William York, o Príncipe, pois nunca teve alguém que se preocupasse com ela.

William York é um dos vampiros mais fantásticos que já conheci! Lindo, como todo bom vampiro, sedutor, atormentado por uma culpa do passado que Raven pode ajudar a curar. Ex-noviço, quando humano, hoje líder justo e invejado, será alvo de traições pelos seus.

“... Nos primeiros tempos depois de ser transformado, havia se esbaldado com os prazeres do corpo. Mas as correntes que havia usado em vida eram difíceis de romper. Ele ainda as usava, mesmo agora. Talvez fosse o único da sua espécie que ainda tinha escrúpulos sexuais.”

Uma história protagonizada por vampiros extremamente original. Recomendado para os que amam esses seres, mas também para os que amam as artes e a cultura de um modo geral.


Vale muito à pena!!!


site: http://www.minhavelhaestante.com.br/2015/05/leitura-da-drica-transformacao-de-raven.html
comentários(0)comente



Beta Oliveira 26/06/2016

No dia do padroeiro São João, o Literatura de Mulherzinha traz uma faceta de Florença incomum para mim, acostumada a vê-la sob a luz do Renascimento.

Veja no Literatura de Mulherzinha o que achei de A Transformação de Raven, de Sylvain Reynard, da Editora Arqueiro:


site: http://livroaguacomacucar.blogspot.com.br/2016/06/cap-1209-transformacao-de-raven-sylvain.html
comentários(0)comente



Cami Gouveia 10/06/2016

Resenha:A transformação de Raven
Raven é uma mulher doutoranda em restaurar artes de Botticelli e mora na Itália porque a faz feliz, ajuda qualquer pessoa que esteja problema e é voluntária no orfanato, ela tem uma deficiência na perna e uma aparência que ela acredita ser "feia e gorda". Num dia quando ela tenta parar uma atrocidade que iria acontecer com seu amigo mendigo Angelo, ela quase é violentada e morta se não fosse pelo Príncipe dos seres sobrenaturais te-la salvado pelo cheiro avassalador de seu sangue. Com o tempo ela vai descobrir muitas coisas sobre o mundo sobrenatural e se envolver com o Príncipe apesar de inúmeras ressalvas para que ela se mantenha longe de tudo.

Opinião:Para quem sente falta do casal Emerson eles tem algumas aparições nesse livro e a história é romântica, trágica e quente além da superação dos personagens.
Michelle 12/08/2016minha estante
Olá! É obrigatório ler esse série após ler os livros da série O Inferno de Gabriel ou o casal só faz mesmo aparições pequenas?


Cami Gouveia 12/08/2016minha estante
Oi! NÃO É OBRIGATÓRIO NÃO, VC PODE TANTO LER SÓ A TRILOGIA OU SÓ ESSE LIVRO, ELES COEXISTEM SEM PROBLEMAS E SIM SÃO PARTICIPAÇÕES PEQUENAS. :)


Michelle 12/08/2016minha estante
Obrigada ??


Cami Gouveia 13/08/2016minha estante
Desculpe, teclado tá td ruim aí saiu td assim. E de nada! :)


Michelle 13/08/2016minha estante
São qtos livros nessa nova série? Já foram todas lançados aqui e em português?


Cami Gouveia 13/08/2016minha estante
Não, faz pouco tempo que tem esse primeiro livro e não procurei saber quantos vão ser mas acredito que seja uma trilogia.


Babih (@nurseliteraria) 07/04/2017minha estante
Michele sempre recomendo ler a trologia de Gabriel antes para não receber spoiler.




Liachristo 08/04/2015

A Transformação de Raven - Série Noites em Florença #1 - Sylvain Reynard - Editora Arqueiro
"Eu sou o monstro, escondendo-se na escuridão.

Em sua primeira incursão no romance paranormal, Sylvain Reynard mais uma vez consegue me envolver com uma história eloquente, rica e vibrante, sobre duas pessoas improváveis ​​de conviverem em um mesmo mundo, e junto a isto os perigos que espreitam nas sombras das ruas de Florença. O pano de fundo para o livro é a bela cidade de Florença (Itália), com passagens pela Galeria Uffizi.

Já faz algum tempo desde que eu terminei de ler os livros de Gabriel e foi bem agradável poder mergulhar novamente no estilo de Sylvain, que sempre coloca em suas histórias uma jornada exuberante com notas de redenção, amor, sacrifício e religião, animados pela beleza da arte e da história. O estilo de escrita tem um quê de lírica, e com um ritmo de história que vai ganhando impulso gradualmente.

Nosso herói, ou melhor anti-herói, é um vampiro secular que governa o submundo de Florença. O príncipe, como ele é conhecido, é um homem que valoriza a disciplina, detesta pessoas indulgentes e enterra segredos como um meio de fortalecer o poder e influência que tem sobre os de sua espécie. Ele é ao mesmo tempo temido e desejado.

Um conjunto de ilustrações de valor inestimável da Divina Comédia de Dante estão em exposição na galeria onde Raven passa seus dias restaurando arte renascentista.
Raven é uma heroína única. Que eu me lembre este é o primeiro romance paranormal que eu li, onde a heroína é de uma beleza atípica, ligeiramente deficiente e totalmente ingênua quando se trata de elementos paranormais. No entanto, ela é forte, inteligente e apesar de alguns problemas emocionais, ela não decepciona. Apesar de alguns deslizes, eu gostei da personagem.

Uma noite, durante a sua ida para casa a pé, ela se depara com o pior tipo de perigo, quando ela defende um homem sem-teto, que está sendo espancado e sangrando nas mãos implacáveis ​​de seus atacantes. Antes que ela mergulhe para a escuridão, à beira da morte, Raven está consciente o suficiente para perceber que o pior está por vir, mas de repente, alguém ou alguma coisa atrapalha tudo. Seus atacantes gritam e ela apaga de vez. Raven acorda sem memória da semana anterior. Não só isso, mas ela olha e se sente diferente. Tanto assim, que ao voltar para o trabalho, ninguém a reconhece. Pior ainda, o seu desaparecimento coincide com um roubo na Galeria Uffizi, a tornando a principal suspeita no caso.

O que se segue é uma história de suspense de dois mundos em colisão, duas pessoas muito diferentes se unindo. O Príncipe relutantemente ajuda Raven, mas cada vez que ele corre para resgatá-la, ele a puxa mais um pouco para um mundo que ela não deveria conhecer.

Você terá a oportunidade de rever os Emersons (Gabriel e Julianne). E com o mistério do roubo foi ótimo poder ver duas linhas de histórias diferentes se fundirem com um único toque. Eu teria gostado de ver alguma ação a fim de reforçar a crista emocional que vemos entre os nossos dois protagonistas. Eu acho que teria sido uma boa ação para abastecer a parte de suspense da trama, mas mesmo assim, estou ansiosa para ver o que acontece a seguir com Raven e o Príncipe enfrentando as conseqüências de suas decisões.

Sylvain, mais uma vez criou personagens interessantes, profundos, mas com falhas que podem ser encontradas em pessoas reais. Eles nos levam a uma viagem através de Florença, permitindo-nos uma visão diferente da cidade e com uma leve introdução em arte. Na verdade, eu adoraria ir para Florença agora e ver algumas dessas obras de arte famosas que foram mencionadas durante a história.

Em minha opinião não é necessário ler O Príncipe das Sombras antes de ler A Transformação de Raven, embora eu ache que seria melhor apreciado se forem lidos em sequência. Sensual, sedutor e inteligente, A Transformação de Raven é escrito com elegância e vividamente no estilo único de contar histórias, que é a marca registrada de Sylvain Reynard.

Se você gostou da série Gabriel ou curte um bom romance sobrenatural, este livro é uma ótima escolha para a sua próxima leitura.
Bjus doce.

site: http://www.docesletras.com.br
comentários(0)comente



Blog Imaginação 25/01/2016

A Transformação de Raven - Noites em Florença I
"A Transformação de Raven" é o primeiro livro da nova série do autor Sylvain Reynard "Noites em Florença", que embora os personagens da trilogia "Inferno Gabriel" façam parte deste, pode ser lida separadamente.

O livro conta a história de Raven, uma mulher comum, com uma meia deficiência (como costuma falar no livro), que trabalha com restauração de quadros e ama seu trabalho. Certa noite voltando de uma festa, Raven encontra alguns homens fazendo mal ao sem-teto que já o considerava amigo, pois sempre passava por onde ele ficava e conversava com ele. Ao tentar ajuda-lo, Raven é brutalmente agredida e antes que acontecesse algo pior com ela, um homem misterioso aparece para salva-la. E então ela apaga e não se lembra de mais nada depois disso.

Quando Raven desperta, dias depois percebe o quão diferente está. Está mais magra, mais bonita e agora sua deficiência não é um problema. No entanto, ela não sabe como aquilo aconteceu, não se lembra de nada de dias atrás, apenas da festa e que depois disso tinha ido para casa e acordado daquele jeito.

Nesse meio tempo em que nossa protagonista ficou sumida, um quadro muito valioso foi roubado de onde ela trabalha, da famosa coleção da família Emerson (sim, eu estou falando do Gabriel). Sem saber de nada, Raven volta ao trabalho mas essa sua nova aparência a deixa irreconhecível, e a súbita perda de memória complicam as coisas para ela, fazendo com que seja uma das suspeitas, de inicio, pelo roubo.

William York é o vampiro mais poderoso de toda Florença. Comandando uma legião de vampiros, ele e seu secto tentam manter sua cidade segura a todo custo. Entretanto, William é um homem solitário, que já viveu por muitos séculos e que esconde muitos segredos.

Os caminhos dele e de Raven se cruzam quando ele a salva dos homens que estavam tentando estrupa-la e ai, Raven vira uma obsessão para ele, pois a todo custo ele quer proteger aquela estranha que o intriga tanto, sua Cassita Vulneratus.

“Sob muitos aspectos, somos um par perfeito. Vemos um ao outro como realmente somos, mas nenhum dos dois considera o outro defeituoso”.

O livro é muito bem escrito e possui uma narrativa bastante fluida. Contudo, não vou negar que em certas partes fiquei meio confusa, tentando entender onde o autor queria chegar com a trama.

A narrativa do mesmo é em terceira pessoa, ora sendo voltada para Raven, ora sendo voltada para o príncipe e preciso dizer que dessa forma facilitou bastante para entender quem eram os personagens e os sentimentos deles. Fazendo com o que o livro não ficasse cansativo.

E foi o primeiro livro que li do autor e serviu mais como uma apresentação para mim. Entretanto ao terminar a leitura, confesso que fiquei bastante curiosa para ler outras coisas dele. A escrita me conquistou mais do que a história em si e já estou com um segundo livro do Sylvain em mãos, com certeza será uma das minhas próximas leituras.

"A Transformação de Raven" é um livro que mistura romance, mitologia e vampiros, escrito de forma extremamente sedutora. Fãs do autor e do gênero não podem deixar de ler esse livro!

site: http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/2015/09/resenha-transformacao-de-raven.html
comentários(0)comente



Apaixonadas por 02/01/2016

A Transformação de Raven - Apaixonadas por Livros
O Príncipe de Florença ganhou a guerra e depois de dois anos só precisa tomar conta de sua cidade, mas alianças estão sendo feitas nas suas costas e mortes acontecendo em seu território, mas no meio de tudo isso ele presencia um ataque a uma mulher e o cheiro dela é extremamente atraente para ele, ele a salva e a se encanta por ela, mas essa ligação custará muito a ele.

Com a narrativa em 3° pessoa conhecemos um pouco mais dessa figura poderosa que é o príncipe e conhecemos Raven, uma mulher marcada física e emocionalmente e o encontro incomum deles é contado em 416 páginas. Com uma linda capa e a diagramação perfeita A Transformação de Raven é um livro fantástico.

William York é o vampiro mais poderoso de Florença e sob suas ordens uma intrincada rede de vampiros e humanos protege sua cidade. Mas ele é solitário e reservado,mas depois de resgatar a humana que tanto mexe com ele as coisas parecem diferentes,ele continua solitário e não permite que ninguém chegue até ele,mas com Raven,a humana que ele salvou, tudo é diferente,ele acha que precisa protegê-la dos seus e dos humanos,pois depois de uma semana desaparecida e das obras de Botticelli terem sido roubadas ela acaba como suspeita.Mas proteger e se aproximar dela o deixa vulnerável,mas nem isso o impede.



"Não havia escolhido aquela vida;ela lhe fora imposta.
Isso diz muito da justiça que governa o Universo.Dante foi um bobo por acreditar nesses mitos.Alguns de nós são amaldiçoados pelos atos alheios e exilados no inferno sem terem cometido erro algum.”


Raven é uma mulher comum, que ama o que seu trabalho de restauradora e não entende como ficou uma semana desaparecida e mais ainda como sua deficiência parece ter desaparecido, ela se sente bem como não se sente em anos, mas sabe que existe alguma coisa muito esquisita por trás disso. Ao conhecer William ela sabe que ele é perigoso, mas sente algo de bom nele, apesar dele afirmar a ela que tal coisa é impossível.

Os dois vão se envolvendo cada vez mais até que Raven se vê apaixonada pela figura enigmática do príncipe e acaba conhecendo um pouco do seu mundo, o que a assusta, mas também a instiga, só que ela não quer ser um brinquedo nas mãos dele e o desobedece a ele vezes sem conta o que o irrita, mas também o intriga.

O caminho de Willian e Raven parece estar entrelaçado, nenhum dos dois quer o que está acontecendo, mas é inegável a atração e a afeição entre eles, mesmo que eles não assumam isso nem para eles mesmos. Raven consegue enxergar coisas boas em William e o confronta o tempo todo,ela acha que ele é capaz de atitudes boas e honradas,mas ele não,ele acha que somente a maldade o rodeia e que ela não está preparada para o mundo dele,apesar de as vezes querer muito que ela faça parte dele.

Durante esse desenrolar temos a investigação das obras e todas as tramas do submundo dos vampiros, traições, mortes e desafios espreitam o reinado de William e ele precisa saber em quem confiar e saber lidar com a inveja e a curiosidade daqueles a quem comanda.

Uma história sobrenatural cheia de revezes e subtramas que nos deixam grudados no livro, o suposto romance entre os personagens principais nos deixa aflitos, pois quando achamos que eles vão se acertar algo acontece e os afastam, eles são como água e óleo e Raven não se intimida com William, e ele não está acostumado a isso, ela o questione e demanda dele coisas que ninguém nunca se atreveu a pedir e isso é extremamente atrativo para ele, e acompanhar esse vai e vem dos dois é empolgante, apesar de frustrante em certos momentos, pois Raven não cede, apesar de querer muito fazer parte da vida de William.

Mais um romance intrincado e bem escrito com a linda cidade de Florença como pano de fundo e que vai agradar a todos os tipos de leitores, pois temos personagens enigmáticos e fortes, muita violência, vinganças e tramas para alcançar o poder e mais ainda, um protagonista obscuro, mas com qualidades que nem ele mesmo vê em si mesmo e quando Raven a suposta frágil humana, o confronta a respeito delas o deixa confuso e meio sem saber o que fazer, o que o deixa irritado, pois isso não acontece em seu mundo.

Acho que estou escrevendo demais sobre a trama, porque ela realmente me conquistou e o final foi de deixar o leitor desesperado pelo próximo volume e para descobrir como esses dois personagens vão reagir e se realmente vão ceder ao que sentem ou não.



"Eram o mais improvável dos casais.No entanto,estava claro para ambos que formavam um par perfeito.”

site: http://www.apaixonadasporlivros.com.br/resenha-a-transformacao-de-raven-de-sylvain-reynard/
comentários(0)comente



Déborah - @lisossomos.lisos 19/10/2015

Pra ler no busão: A transformação de Raven
Finalmente chego a última resenha das leituras ainda feitas durante a #MLI2015.

Raven é uma moça totalmente diferente dos padrões de beleza que a sociedade impôs para o mundo, mas tem um coração e um sangue diferente da maioria da humanidade e é mais do que suficiente para chamar atenção do príncipe dos vampiros de Florença.

Depois de encontrar com o príncipe ela muda totalmente e ainda se torna a principal suspeita das obras da coleção de Botticelli por não ter um álibi. E quando finalmente conhece o seu salvador/modificador é que a sua vida se torna mais louca e bagunçada ainda.

Obviamente a relação dos dois é bem conturbada, principalmente quando Raven volta ao normal e descobre que ele é um vampiro e alé m de tudo o príncipe.

A história também gira muito em Raven querendo a redenção/modificação de seu amado achando que ele pode se modificar. Há ainda a história das ilustrações, mas ela fica em segundo plano.

A história não é das melhores sobre vampiros, mas tem partes muito boas e vale a pena a leitura muito mais do que o livro prólogo da série. Porém não espere grandes reviravoltas e nem ações.
Logo, o final fica em aberto e com um gostinho de quero mais já que deixa brecha para o próximo livro.
A diagramação é bem simples de folhas amareladas e não encontrei problemas de revisão.

site: http://lisos-somos.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Ary 26/09/2015

Maraviilhoso!!
Como sempre as histórias de Sylvain nos surpreende sempre, e não foi diferente dessa vez. Raven uma moça tranquila, inteligente, dedicada ao seu trabalho e cheia de amor ao próximo experimentará uma avalanche de sentimentos por William, um homem cheios de peculiaridades e com uma alma caída. Achei o livro maravilhoso, cheio de cenas tocantes, onde rola uma interação forte entre os dois personagens, o florescimento de um amor diferente e perigoso. O livro não deixou a desejar, atendeu a expectativa além de nos fornecer trechos com a interação de Júlia e Gabriel. Super Recomendo!!
comentários(0)comente



Amiga Leitora 26/05/2015

Blog Amiga da Leitora - Resenha
Raven não foi a menina mais popular do colégio e nem a mais bonita. É uma mulher que pesa acima do ideal, e manca devido a um acidente que sofreu quando ainda era criança. Mas apesar disso tudo, ela é uma mulher independente, e que conseguiu seu emprego dos sonhos em Florença. Ela trabalha na Galeria Degli Uffizzi, restaurando obras de arte.

A vida de Raven, até então tranquila, muda drasticamente quando ao voltar de um jantar na casa de uma amiga, ela vê um morador de rua - que ela conhecia por passar por ele todos os dias - ser espancado por um grupo de jovens sem motivo algum. Mesmo sendo mulher, sendo apenas uma e com sua deficiência, ela resolve socorrer o conhecido. Mas isso não poderia acabar bem, como realmente não acaba, e Raven vira então alvo do grupo baderneiro. Depois de ser espancada, Raven está prestes a ser violentada quando seu corpo sucumbi e a mente dela se apaga.

No momento em que Raven acorda, não se lembra de nada que aconteceu e sente-se diferente. Ao entrar no banheiro vem o primeiro choque: Raven não é a mesma pessoa que costumava ser. Os quilos a mais foram embora, a beleza comum se tornou chamativa, e a deficiência na perna já não existe mais. Angustiada, sem saber o que gerou essas mudanças, ela vai trabalhar tentando em sua mente buscar o que poderia ter causado tudo isso ou se estaria ficando louca.

Ao chegar no trabalho, ela é recebida por policiais, um roubo na galeria Degli Uffizzi está sendo investigado, e por trabalhar na galeria ela precisa ir a delegacia depor. Nesse meio tempo, antes de ir a delegacia, ela encontra um amigo de trabalho e descobre por ele que ficou sumida por uma semana inteira e que as mudanças em seu corpo não são frutos de sua mente perturbada, é então que ela fica ainda mas desesperada para saber porque ela ficou apagada durante uma semana e por que seu corpo esta tão mudado.

Como se a vida de Raven não estivesse confusa o bastante, ela passa a receber em seu apartamento visitas misteriosas de um homem, que parece ter todas as respostas que ela precisa. Mas conseguir essas respostas pode ser mais difícil e eloquente do que Raven imagina, e também pode ser uma experiência extremamente sensual.

Ela vai descobrir também que entre o céu e a terra existe muito mais do que ela imagina. Existe Príncipes vampiros, humanos caçadores de vampiros, feras e outras criatura que deviam existir apenas em livros de ficção.

Gente, acabei de ler esse livro nos primeiros dias de Março, mas fiquei tão louca que não me sentia capaz de escrever sobre ele. Pessoal da Editora Arqueiro, cade o resto da serie????? Preciso de mais (hahaha) ♥

A narração acontece sobre dois pontos de vista, o de Raven e o do Príncipe. O que eu particularmente amei, pois a história não fica com "furos", a visão de um complemente a do outro. Novamente o autor mostrou domínio não só de sua escrita e de espaços físicos citados no livro, como também sobre Botticelli e suas obras.

A transformação de Raven é um livro com doses certas de mistério, elementos sobrenaturais e sensualidade, que vai prender o leitor da primeira a ultima pagina.

Confira a resenha no blog: http://migre.me/q1BJe

site: http://www.amigadaleitora.com/
comentários(0)comente



Raffafust 04/07/2015

Eu tinha gostado muito do livro " O Príncipe das Sombras" - já resenhei ele aqui!- e como sabia que ele era apenas a apresentação dos personagens da série Noites em Florença , amei quando pude ler " A Transformação de Raven". Amei a mistura do sobrenatural com a arte, adorei ler que se pasava na Itália...e com vampiros, todo meu amor para essa autora!
Raven é a protagonista , uma mulher decidida que adora trabalhar, entende tudo de arte e passa boa parte de seu tempo na Galeria . É, no entanto, uma mulher sozinha, com um pequeno defeito físico e com um coração imenso, aliás é por causa desa qualidade que ela conhece o galã da história, o vampirão William. Não sabemos muito o que acontece quando ele a encontra porque a autora somente nos informa que ela não está nada bem, e em seguida já lemos que ela não se lembra de muita coisa que aconteceu na noite anterior.
Apesar de tensa com muitas situações que acontecem, ela não teme o vampirão e se entrega ao que sente, é muito empolgante ler o como se cria um vínculo entre os personagens por causa da paixão que passam a sentir.
O toque da arte - há até mesmo um roubo na Galeria em que ela trabalha -, o suspense de William e o desejo de ambos fazem desse livro uma excelente opção de leitura.

Que venham as continuações!

site: http://www.meninaquecompravalivros.com.br/2015/07/resenha-transformacao-de-raven.html
comentários(0)comente



65 encontrados | exibindo 16 a 31
1 | 2 | 3 | 4 | 5