Com Amor, a Garota Chamada Estrela

Com Amor, a Garota Chamada Estrela Jerry Spinelli




Resenhas - Com amor, a garota chamada Estrela


15 encontrados | exibindo 1 a 15


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ana Flávia 16/09/2020

Como um diário...
Foi escrevendo o que sentia, em uma cidade nova onde todos foram acolhedores e amaram o jeito de ela ser.
Mais e o Léo o seu ex namorado ainda vai ter volta ?
comentários(0)comente



Laysla 16/08/2020

Após se separar do seu primeiro amor e passar por uma situação complicada, Estrela tem de lidar com seus sentimentos e emoções. A garota sol, a garota estrela, a garota luz, luta para não se apagar a entregar ao desespero e, novamente, nos dá uma lição de vida, com sua alegria e perseverança, empatia e amor. Estrela é e sempre será um exemplo a ser seguido.
comentários(0)comente



Chris Calixto 30/06/2020

Amei e me emocionei!
Esse com certeza é um livro que irá gerar opiniões diversas. Conhecemos um lado da Estrela diferente do que nos apaixonamos no primeiro volume, o que não tira o brilho dela ou da sua história.
Amei a leitura, em muitos momentos me emocionei e tirei várias coisas interessantes sobre a qual pude refletir.
Indico!
comentários(0)comente



Jenni 22/05/2020

Estrela está viva em mim
Não é possível nomear o efeito que teve esse livro sobre mim. As palavras escorriam sobre a história, e eu tentei absorver cada fagulha de ensinamento que vinha a cada vez que eu passava por mais uma página.
Li ele aos poucos, com a intenção de que durasse mais, mas a verdade é que ele não acabou quando o "fim" chegou, foi eternizado em meu corpo, em minha mente e vai ser difícil dizer "adeus" pra ele tão facilmente.

Um dos melhores.
comentários(0)comente



Michela 19/05/2020

Simplesmente maravilhoso, me fez lembrar do livro Pollyanna.
Uma garota sempre alegre que se preocupa com seu próximo.
comentários(0)comente



Isabela 18/05/2020

Com amor, A Garota chamada estrela.
Eu terminei e estou com a sensação de que poderia dormir abraçada com esse livro.

Obrigada Jerry Spinelli, porque as palavras , as metáforas, a estrela, tudo toca inteiramente a gente.
comentários(0)comente



Dani 29/04/2020

Com amor, a garota chamada Estrela é a continuação de A extraordinária garota chamada Estrela. E Assim como no primeiro livro, eu também amei fazer essa leitura. Que livro doce e gostoso de ser ler. O primeiro livro é narrado pelo Leo, esse é narrado pela Estrela. Que conta sobre sua vida em outra cidade.
Estrela é uma das personagens mais autênticas e incríveis que já tive o prazer de conhecer.
Obrigado Jerry Spinelli por escrever dois livros tão maravilhosos como esses ?
comentários(0)comente



Manny Chuva 18/01/2019

Como ler sorrindo
Que livro mais doce, meigo e inspirador. Estela é uma das personagens mais autenticas e mágicas que já conheci. Seu coração autruista e criativo espalha esperança para todos os personagens e leitores. Ela é mesmo uma heroina!
comentários(0)comente



July 07/01/2019

Completamente extraordinária...
Ao longo do livro descobrimos a nova vida de Estrela após ela deixar o a pequena cidadezinha de Mica no Arizona. Agora nessa cidade pequena da Pensilvânia Estrela segue seu caminho transformando a vida daqueles que se permitem conhencê-la.

No início da trama Estrela está completamente quebrada, principalmente pelo seu término com Leo. Sua carroça da felicidade está cada vez mais vazia. Até que ela conhece uma série de pessoas que se transformam em seus melhores amigos. Entre eles temos uma garotinha de 5 anos, uma criança que não presta mais sonha ser uma adolescente maravilhosa, uma agorafóbica que não sai de casa á 9 anos, um senhor que passa seus dias no cemitério, um louco que ainda não se encontrou e Perry, um garoto problema com um harém cheio de abelhas que o adoram.

Quanto mais perto vai chegando o solstício de inverno mais vemos o crescimento de Estrela e das pessoas ao seu redor. É interresante ver seu desenvolvimento quanto a sua relação com Leo. Com o passar do tempo ela vai descobrindo que apesar de ainda ama-lo. Não precisa destruir sua felicidade e sua vida por não estar com ele, esse acho que é o maior ensinamento que esse livro nos traz.

"Não importa o quão longe as pessoas que amamos estão, elas sempre permanecem em seu coração."

Gostei muito da relação dela com todas essas pessoas novas em sua vida. Para algumas ela foi como uma irmã mais velha, para outros alguém que estava ali para o que fosse preciso. Mas principalmente, adorei sua relação com Perry e a maneira como eles aprenderam a enxergar o mundo pelos olhos do outro.

A narrativa de Estrela é cativante e completamente mágica, ela nos faz enxergar o mundo por seus próprios olhos. Não o que ele é, mas o que poderia vir a se tornar.

Gostei mais desse do que do primeiro. Quando li "A extraordinária garota chamada estrela" achei o final bom, não precisaria de continuação. Mas agora que li "Com amor a garota chamada estrela" chego a conclusão de que a história não ficaria completa sem esse último volume.
comentários(0)comente



Fabi | @psamoleitura 28/08/2017

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
"Com amor, a garota chamada Estrela" é a continuação de "A extraordinária garota chamada Estrela" - resenha aqui - contado pelo ponto de vista da Estrela.

Estrela mudou do Arizona e voltou para o estudo domiciliar. Ela sente falta dos poucos amigos que conquistou, principalmente do seu amado Leo.

sse livro é narrado através de cartas, onde Estrela conta seu dia-a-dia como se Leo estivesse ali com ela. Em cada carta é possível sentir o amadurecimento de Estrela - mesmo ela ainda sendo aquela garota cativante com um rato de estimação (Canela). Narra também algumas de suas lembranças com o Leo e o que ela planeja fazer no dia 23 de Dezembro.

As primeiras cartas mostram a falta que Leo faz em sua vida, mas nas seguintes, é como se ela detalhasse sua vida a um amigo. É claro que Estrela gostaria de estar com ele, mas ela sabe que a vida tem que continuar. Ela até cria alguns "diálogos" imaginários que eles poderiam ter se estivessem realmente tendo aquela conversa.

Nesse livro, o que mais chamou atenção foram os personagens secundários. Dootsie - uma garotinha de apenas 5 anos! - foi a que mais me cativou. Ela é tão fofa que quando percebi, estava rindo alto com as travessuras dela. Também há outros personagens importantes na história, como: Pery - aquele no qual Estrela não sabe o que sente; Betty Lou - uma senhora que tem agorafobia e não sai de casa a 9 anos; e Alvina - uma garota de 11 anos, mau humorada e odeia todos os garotos por achá-los babacas.

E é assim que Estrela me encantou novamente. Ela, com seu jeito único, conseguiu mudar um pouco da vida de cada um e até mudá-la, de certa forma. Um livro com uma leitura simples, porém, que te conquista do começo ao fim.

site: http://psamoleitura.blogspot.com.br/2016/03/resenha-com-amor-garota-chamada-estrela.html
comentários(0)comente



Fabi 05/06/2017

DESNECESSÁRIO
Neste livro, seguimos com a continuação da menina Estrela, que após ter o coração partido por seu amado, segue uma nova via em outra cidade com novas pessoas que não a maltratam por ela ser diferente ,mas sim se aproximam dela, gostam do seu jeito especial.
O livro é todo narrado por Estrela. As primeiras páginas ela narra como sente falta de Leo, em outros momentos transmite que odeia ele por não aceitar ela como ela é, o que ocasionou o seu afastamento.
Li este livro porque era a continuação e não deixo livro pela metade. Me custou uma boa força de vontade na verdade. Teve momentos que me vi com as pálpebras pesadas. Mais um que não leria de novo, Achei muito cansativo. E desnecessário, no primeiro livro o autor passou a mensagem que ele queria passar, para que escreveu esta continuação não sei muito bem porquê.
cinthia 05/06/2017minha estante
Me senti exatamente deste jeito com o livro depois de vc ,achei desnecessário essa continuação.


Fabi 07/06/2017minha estante
mts vezes uma continuação é desnecessária mesmo Cinthia :/


Kaio 17/01/2020minha estante
Desnecessário resumi todo esse livro.




Mila F. @delivroemlivro_ 19/01/2016

Eu acho que todo mundo deveria ler livros assim...
Love, Stargirl (2007) no Brasil Com Amor, a Garota Chamada Estrela é a continuação do livro A Extraordinária Garota Chamada Estrela, que eu particularmente amei e ansiava para ler a continuação.
Esse livro é escrito em forma de cartas que Estrela escreve para que um dia Leo possa ler (ou não), e após tudo o que aconteceu com Estrela no livro anterior, ela se mudou e está tentando recomeçar.
Passamos a acompanhar Estrela e seu coração destroçado e tentando encontrar um sentido, pois continua apaixonada por Leo e mesmo após tudo o que ele fez ela continua amando-o e triste pela distância, pela falta de contato, no entanto, tem esperança de que um dia voltem a ficar juntos.
Em Com Amor, a Garota Chamada Estrela percebemos que Estrela está com baixa estima e continua apaixonada e sofrendo, portanto, durante todo o livro vamos conferindo a nossa personagem se recuperar e se encontrar nas pequenas coisas que ela fazia e que lhe davam alegria. Aqui Estrela faz amigos, cultiva-os, respeita-os e os protege de todas as formas.
Na verdade, este livro é uma lição de vida e delicadeza, em todas as páginas que eu lia me sentia abraçada com tanta doçura, delicadeza e sentimento. Era como se eu fosse a melhor amiga da Estrela e no fundo eu desejei ter uma Estrela na minha vida.
Em suma, acredito que todo mundo deveria ler esses livro, cada um mais bonito que o outro e a mensagem que eles passam são belíssimas. Sem dúvida, entraram para os meus favoritos.

site: www.delivroemlivro.com.br
comentários(0)comente



MiCandeloro 18/06/2015

Delicado, reflexivo e tocante!
ALERTA! Esta resenha pode conter spoilers do livro A extraordinária garota chamada Estrela. Leiam por sua conta e risco!

Estrela foi embora. Depois de ter sido espezinhada pelos estudantes do seu antigo colégio, abandonada por Leo e ter seu coração despedaçado, sua família se mudou do Arizona para a Pensilvânia. Todo recomeço é difícil, ainda mais quando se carrega uma enorme saudade no peito. Saudade dos momentos felizes e daquilo que nunca se viveu.

"(...) nossos corações são saudosistas. Ansiamos por sermos encontrados, desejando que aqueles que nos procuram não tenham desistido e ido para casa."

Por causa de Leo, Estrela conheceu o amor, mas também a dor. Por causa de Leo, Estrela voltou a estudar em casa, se tornou uma pessoa insegura e comedida e passou a questionar as coisas simples da vida. Por causa de Leo, a carroça da felicidade da menina ficou sem seixos. Por causa de Leo, Estrela teve que aprender que a vida segue em frente, e que temos que ser fortes para continuar sorrindo mesmo quando só queremos chorar.

O importante é que Estrela nunca esteve sozinha. Além dos seus pais que sempre a amaram e ficaram ao seu lado, a garota fez verdadeiras e duradouras amizades, a começar por uma linda e sapeca criança de 5 anos chamada Dootsie, que ajudou a alegrar seus dias.

Além dela, nessa nova cidade, Estrela conheceu Charlie, o viúvo que nunca saía do lado do túmulo da esposa, Betty Lou, a vizinha agorafóbica que não botava os pés para fora de casa fazia 9 anos, Alvina, a pré-adolescente que de odiava os garotos e batia em quem quer que aparecesse no seu caminho, e Perry, um jovem que já havia sido preso por roubo, que tinha um harém e que, pela primeira vez em muito tempo, fez seu coração bater mais forte.

Em meio a tantos desafios, descobertas e aprendizados, será que Estrela conseguirá ser feliz novamente?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Quando li A extraordinária garota chamada Estrela, confesso, não compreendi bem a história, apesar de ter gostado do livro. Fiquei aturdida por me deparar com Estrela, uma personagem tão diferente de tudo que já tinha lido e que beirava ao surreal. Estrela não podia ser de verdade, e Leo concordava comigo. Durante toda a leitura, eu só queria saber mais dessa menina que me fascinava, me atraía, mas ao mesmo tempo me confundia e, justamente por isso, me irritei profundamente com a narrativa de Leo, de tão imatura e egocentrista. Eu não queria saber dele, queria saber dela.

Portanto, quando descobri que Com amor, a garota chamada Estrela seria lançado, fiquei muito ansiosa para conferir o que Jerry Spinelli havia aprontado. Num primeiro momento, pensei que se trataria da mesma história do primeiro livro, contudo, sob o ponto de vista de Estrela. Depois, descobri que não, que abordava uma nova trama, mostrando o que havia acontecido com Estrela depois dela se mudar para a Pensilvânia.

Inicialmente, não gostei da ideia, porque também não queria saber de sua nova vida, novos amigos, novos amores. Queria saber o que havia se passado na cabeça dela enquanto esteve em Mica, mas, mal sabia eu que estava totalmente enganada e que este livro superaria todas as minhas expectativas!

Com amor, a garota chamada Estrela é narrado em primeira pessoa, por meio de cartas! Cartas que Estrela escreve para Leo no decorrer de um ano, contando absolutamente tudo sobre o que acontece no seu dia-a-dia, quase que num formato de diário, mas dialogado. As cartas, apesar de nunca terem sido enviadas, foram a forma que Estrela encontrou de desabafar suas decepções, tristezas e frustrações, tentando entender o que houve de errado em seu relacionamento com Leo e com o tempo em que morou no Arizona.

Neste volume, Estrela continua bem humorada, abnegada e com desejos ousados, mas dessa vez pudemos conhecer o seu lado "normal", que me interessou muito mais do que a visão "extraordinária" que Leo tinha dela. O que mais me encantou na personagem foi perceber que Estrela poderia ser um de nós, que um dia ousou em ser diferente, que preservou sua alma infantil, curiosidade, coragem e impertinência, e que pagou um preço muito alto por não se enquadrar nos retrógrados e preconceituosos padrões sociais.

Por mais fiel que ela fosse às suas próprias crenças, Estrela era humana, e igualmente frágil, como todos nós. Quando se viu sozinha e abandonada, com seu estilo de vida questionado por quem não a compreendia, a dúvida e o medo fincaram raízes no seu coração, abalando as suas estruturas e deixando-a irreconhecível. Eu queria pegá-la no colo e dizer que tudo ficaria bem, eu queria que ela voltasse a ser uma inspiração para a gente, nos banhando com luz e não com lágrimas, mas também sabia que Estrela tinha uma longa jornada pela frente até superar a sua dor.

Mas não foi só Estrela que arrebatou meu coração! Jerry foi capaz de criar personagens secundários tão cativantes, ricos e complexos quanto a sua protagonista. Foi impossível não aprender lições de vida com cada um deles e não torcer pelos seus finais felizes.

Apesar de parecer um livro triste, ele não é melancólico. Com amor, a garota chamada Estrela tem um texto delicado, reflexivo e muito crítico, propondo uma quebra de paradigma ao que conhecemos como "certo", "normal" e "aceitável" nos dias de hoje. O autor não só nos mostra a importância de sermos diferentes, como enaltece àqueles que têm a coragem de ser feliz ao seu modo, independente do que os outros pensam ou esperam, recusando-se a manterem-se presos a uma rotina ou a receber rótulos desnecessários. Não preciso nem dizer o quanto me identifiquei com tudo isso!

"Relógios nos prendem aos minutos, fazem rodas-gigantes guiarem todos nós, nos manejam de novo e de novo de número a número, cortam o tempo de nossas vidas em pequenos pedaços até que os pedaços sejam tudo que conhecemos e a única pergunta importante de se responder seja: “Que horas são?"

Nunca levei tanto tempo para conseguir escrever uma resenha como essa. Este livro mexeu tanto, mas tanto comigo, que travei em absoluto. Eu não podia e acho que falhei na minha tentativa de racionalizá-lo e de botar a minha opinião no papel. Como gosto de dizer, existem coisas que precisam ser sentidas, vivenciadas, e essa história é uma delas que, na minha opinião, devia ser lida por todos. Infelizmente, nada do que eu venha dizer aqui será o suficiente para explicar essa obra a vocês ou chegará aos pés dela. Mas espero ao menos ter aguçado a sua curiosidade.

Com amor, a garota chamada Estrela fala sobre perdas, medos, superação, amizade e esperança. Um livro com uma escrita preciosa, inteligente e tocante que pode transformar as suas vidas! Abram o coração e abracem a Estrela que habita cada um de nós.

site: http://www.recantodami.com/
Mari 07/12/2015minha estante
Essa resenha ficou show!!!
Concordo em número e grau que este livro deve ser lido por todos!! Abre nossa mente a reflexão do que é ser você mesmo.
Até então não entendia quando diziam "ler um livro devagar com receio de terminar logo", com esse foi assim.
Super recomendo essa leitura, desejo e desafio a todos despertar a estrela que existe dentro de cada um.




15 encontrados | exibindo 1 a 15