A Cidade Murada

A Cidade Murada Ryan Graudin




Resenhas - A Cidade Murada


62 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


BananaBook 18/09/2021

Adrenalina pura
Com uma narrativa ágil, Cidade Murada é aquele tipo de livro que você devora tudo de uma vez ou lê aos pouco para não sair do cenário criado. Acho que nunca tive uma experiência parecida com essa em outro livro.
comentários(0)comente



Larissa Benevides 12/08/2021

A cidade Murada - Ryan Graudin
"Esta é a cidade de Hak Nam, e quem manda aqui é o medo. É a lei do mais forte."

📝Resenha📝

O livro se passa na cidade murada onde a violência, o tráfico e a prostituição dominam as ruas estreitas. Nele conhecemos Dai, um garoto cujo passado o assombra, que para alcançar a liberdade precisa se envolver com a principal gangue da cidade. E assim conhecemos Jin, uma garota que finge ser um garoto para poder procurar sua irmã em "segurança" dentro da cidade murada. Por ser boa corredora ela irá fazer dupla com Dai para também se aproximar da gangue. A irmã de Jin é a Mei Yee, uma garota que está presa em um bordel e sonha também com a liberdade.

✏️"Não é nosso mundo. Pessoas como nós têm que ficar nas sombras."

Essa distopia tem uma história eletrizante e quando comecei simplesmente não consegui mais parar. Muita ação e emoção, amizade e romance, família e responsabilidades. A narrativa fica entre os 3 personagens e isso nos dá uma visão diferenciada dos acontecimentos.

✏️"A cidade murada não é muito grande - tem o tamanho de uns três ou quatro campos de arroz -, mas compensa isso com sua altura. As casas de madeira se empilham, chegando a uma altura tão grande que não deixam a luz do sol passar. As ruas, que antes eram dominadas pelo dia e pelo ar fresco, hoje são meras passagens repletas de cabos. Às vezes me sinto como uma formiga operária, correndo pelos túneis escuros e sinuosos num circuito sem fim. Sempre procurando. Nunca encontrando."

A história é baseada em uma cidade real e isso deixa o coração bem apertado de ver como temos histórias tristes ao redor do mundo. Não sei porque demorei tanto para ler esse livro. Terminei o livro já querendo uma releitura :)

✏️"A cidade murada foi real. Uma cidade real muito surreal."
comentários(0)comente



laurakkkj 12/08/2021

.
incrível, essa é a palavra para descrever esse livro. ao começar a lê-lo não tive muito ânimo mas, ao seguir da história me apaixonei.
comentários(0)comente



Fabi Fernandes 17/07/2021

Todos devem ler
Foi incrível e ao mesmo tenso percorrer as ruas da Cidade Murrada. Os personagens são tão bem construídos, tão carismáticos, me apeguei a eles. A autora fez um ótimo trabalho, as páginas nem pareciam passar. E fiquei com o coração quentinho com o fim.
comentários(0)comente



Madu Godoy 04/06/2021

É um livro muito rápido, as coisas acontecem uma atrás da outra, o que te faz não largar a leitura.
comentários(0)comente



Ana 22/05/2021

É muito legal, fiquei bem curiosa durante a leitura e é ainda mais interessante pelo fato de a cidade ter realmente existido e ter sido tão parecida com o que foi retratado no livro. Acho que o final poderia ter sido um pouco melhor, mas me agradou de toda forma.
comentários(0)comente



ray. 19/03/2021

acho que essa vai ser a resenha mais difícil que já escrevi, porquê esse livro também foi um dos mais difíceis que já li, acabei ele em menos de 24h, mas com inúmeras pausas e angústias pelos personagens, e por saber que a cidade murada e situações como essa realmente existiram, a autora trás uma sensibilidade imensa e por mais que eu não tenha chorado, a tristeza e a alegria ficam presas na garganta, virou o meu livro favorito.
comentários(0)comente



Daniel 07/03/2021

A cidade murada é real?!
A história é dividida em dias e intercalada por 3 personagens principais, estava adiando este livro faz um tempo pensando que seria uma daquelas histórias de drogas típicas de filmes que as pessoas se drogam, mas foi bem diferente do esperado, a história me deixou curioso pra ler mais e mais até que o livro acabou, passou tão rápido as páginas que acabei lendo mais do que minha meta.
O final foi bem satisfatório também, no meu ponto de vista não deixou a desejar.
Vale muito a pena ler.
comentários(0)comente



Bia 24/02/2021

Esperava mais! Por mais que não seja um livro oficial sobre a real Cidade Murada, achei o livro um pouco vago e arrastado. Senti falta de aprofundando sobre o que era a cidade e de grandes acontecimentos.
Manrique 24/02/2021minha estante
vazou


Bia 24/02/2021minha estante
Meu cachorro postou




Maiara 20/08/2020

A Cidade Murada
A história é inspirada na real Cidade Murada de Kowloon, em Hong Kong. Hoje em dia ela não existe mais, foi transformada em uma parque em 1987.
Kowloon era um lugar sem lei, extremamente pobre e dominado por quadrilhas e desabrigados, totalmente esquecida pelo governo. No livro, a autora relata Hak Nam da mesma forma, e usa os seus personagens principais para tratar assuntos muito chocantes como o tráfico humano, abusos familiares, dependência de drogas e prostituição.
É assombroso ver como chega a ser impossível viver sozinho nas ruas, sem abrigo, comida, segurança e higiene. É um livro que nos faz refletir a cada página.
comentários(0)comente



Guedes 13/06/2020

Licença poética interessante
Mesmo sendo baseada em uma cidade que realmente existiu a autora deixa claro em sua escrita que tomou liberdades poéticas para sua história, mas o peso disso , de realizarmos que algo parecido realmente existiu, só faz a história ficar ainda melhor.
Achei a trama muito interessante assim como seus personagens e pontos de vista. A sensação que tive foi a de estar dentro de um filme o tempo todo, com seus diálogos e enredos bem dinâmicos e personagens as vezes caricatos mas com uma alma por trás.
Fiquei muito tempo com esse livro na espera e me agradou demais o que encontrei dentro de suas páginas, uma leitura mais do que recomendada.
comentários(0)comente



Lady Byron 27/05/2020

Livro muito interessante com o cenário bem incomum, achei fascinante me aventurar pelos becos da Cidade Murada. Achei o final um pouco previsível, mas gostei mesmo assim.
comentários(0)comente



Flávia Carvalho 09/05/2020

A Cidade Murada = Realidade no Brasil
Adoro livros que são baseados em histórias ou locais que já existiram.
No início precisei voltar alguns capítulos e reler para entender melhor cada narrativa dos 3 protagonistas que narram em primeira pessoa.
Mas depois que se entende o contexto a leitura flui de uma forma que as narrativas se unem, as escritas se complementam e em momento nenhum achei cansativo.
Os três personagens são cativantes e me envolvi bastante com a fala de cada um deles.
O livro me pegou a todo instante de surpresa com os acontecimentos, e o final achei mais surpreendente ainda com a tensão que envolve a história.
É uma angústia saber que um local como este de fato existiu, porém é mais angustiante ainda a ideia de saber que muitas cidades brasileiras possuem locais assim, fechados e comandados por traficantes, aonde a polícia não se atreve a entrar.
Super indico a leitura!
comentários(0)comente



@estantedabrena 02/05/2020

Eu já sabia que Ryan Graudin não me decepcionaria, mas o que eu não esperava era que Cidade Murada seria um dos melhores livros que eu já li.

Como grande fã que sou da duologia Lobo por Lobo sou suspeita pra falar das habilidades dessa autora de fazer o leitor grudar no livro desde a primeira página e ler o mais rápido possível. Até a nota que ela dá no final do livro é interessante.

É o tipo de leitura que emociona. É impactante em vários aspectos. Como constrói os personagens e e maneira como descreve com sensibilidade o ambiente e os acontecimentos.

Não chega a ser uma distopia, pois A Cidade Murada realmente existiu.
E a forma como Ryan aborda vários assuntos muito importantes no livro, trazendo vez ou outra uma metáfora que toca o coração da gente. ??
Impossível não torcer pelos personagens, que tiveram um desenvolvimento imenso durante a narrativa. A coragem de Jin é inspiradora. A esperança de Dai, e os sonhos de Mei Yee. E fé deles. É algo que não esquecerei.
Simplesmente favoritei.

Peço que dêem uma chance e conheçam os livros da autora. Sobretudo A Cidade Murada que foi o primeiro escrito por ela. Um livro de quase 400 páginas que terminei em menos de 24 horas.

Siga no Instagram @estantedabrena
comentários(0)comente



StarBooks 26/01/2020

Resenha A Cidade Murada por blog StarBooks - www.starbooks.com.br
Jin sabe o que precisa fazer para sobreviver em Hak Nam, ela não pode ser uma menina, ela precisa correr mais rápido, bem mais rápido e ela não se pode dar o luxo de confiar em ninguém. Não ali, não entre aquelas paredes odiosas cheias de pessoas sobrevivendo e homens levando meninas.

Há dois anos - aproximadamente - sua irmã Mei Yee foi vendida para algum capanga de Hak Nam, e quando se é a filha caçula de um homem que vive bêbado e não teve um filho homem para quem passar as obrigações da fazenda de arroz ou você se torna forte ou morre. Pelo menos é assim que Jin sempre encontrou forças para dar tudo de si nos campos de arroz e proteger a mãe e a linda irmã das piores surras de seu pai bêbado e agressivo.

Por isso quando Mei Yee é vendida Jin não pensa duas vezes, sua irmã é sua luz, ela é quem cuida e zela pela Jin, então ela sobe em sua bicicleta e segue sua irmã até Hak Nam, achando que facilmente poderia encontrá-la e levá-la para longe.

Já fazem dois anos que ela procura, dois anos vivendo nas ruas estreitas de Hak Nam, roubando, fugindo, correndo, sendo um menino rápido. E ela ainda não desistiu.

Dai nunca pensou que chegaria a este ponto, na verdade ele nunca imaginou que pudesse chegar tão baixo, mas a verdade é que naquela noite tudo mudou e Hak Nam foi a única maneira de sobreviver. Mesmo que essa sobrevivência o matasse pouco a pouco.

Até que uma oportunidade surgiu, ele precisa lidar com a Irmandade mas seu tempo está acabando e ele não sabe mais se consegue fazer tudo sozinho, mas Hak Nam não é o tipo de lugar no qual você confia nos outros. Você usa quem acha que pode ser útil e cai fora antes de ser morto.

Até Dai cruzar o caminho de Jin, ou melhor, Jin passar voando pelo caminho de Dai e ele perceber que encontrou seu corredor e está tudo bem, convencê-lo não foi difícil, os corres pela Irmandade são bem pagos. Mesmo que seu peito aperte com a mentira ele precisa aguentar. Ele precisa sair dali. Ele não pode se preocupar. Mas olhar para aquele menino mirradinho o faz pensar e se preocupar.

O faz temer, bem como o olhar arregalado daquela jovem que ele também só deveria usar e cair fora, mas a verdade é que quanto mais ele se preocupa mais determinado a fazer dar certo seu plano ele fica. (...)

Para continuar lendo e conferir essa e outras resenhas escritas pela Agatha, acesso o blog através do link abaixo:

site: http://www.starbooks.com.br/2020/01/resenha-cidade-murada-ryan-graudin.html
comentários(0)comente



62 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR