Star Wars: Provação

Star Wars: Provação Troy Denning




Resenhas - Star Wars


20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Marcos 11/08/2015

O Universo Expandido pode ser incrível
Quando li Herdeiro do Império, eu atribui a esse livro nota máxima no Skoob, visto a facilidade que o livro teve para me ganhar. Ao ler Kenobi, saí ainda mais satisfeito da leitura e mantive a nota máxima. Agora, após terminar de ler Provação, precisarei de seis estrelas, porque as cinco do Skoob não serão suficientes.

Mesmo após muitos anos, Lando continua o mesmo homem obstinado e empreendedor. Dessa vez, está trabalhando na retirada de minerais valiosos de asteroides em uma das regiões mais perigosas da galáxia. Contudo, piratas começam a praticar roubos na região, levando cargas inteiras de artigos já minerados, e vendendo no mercado negro.

Lando, exasperado com a possibilidade da perda de seu lucro, pede ajuda a Han e Leia para combater tais piratas. Contudo, ao chegarem para socorrer o velho amigo, a princesa Leia, agora uma poderosa Jedi, sente que o lado sombrio pode estar envolvido de alguma maneira nos acontecimentos. E o que parecia apenas uma ação pirata se torna uma ameaça em potencial para a toda a galáxia.

“Kaeg abertamente baixou a mão por debaixo da mesa e Han tentou não estremecer. Insinuar violência era geralmente péssima ideia quando se estava em desvantagem e cercado. Mas pelo menos estava se sentindo melhor em relação à história do garoto. Podia entender dívidas de jogo. Ele mesmo já tivera algumas e a dívida explicava por que Kaeg estava tão ansioso para sair da Estação Brink” (p. 26).

Se há algo que ninguém pode reclamar é que não tenha ação nessa obra. Com uma pegada alucinante do começo ao fim, o leitor fica ávido pelo que vai acontecer a seguir e grudado em cada detalhe das batalhas muito bem descritas. Além disso, o autor também ganha pontos por expandir as formas de batalhas, começando pelos tradicionais sabres de luz e armas de laser, passando por massacres em massa (não posso dizer o modo como isso é feito) e terminando com droides assassinos.

Entretanto, nem só de ação se faz uma obra incrível. E, para alcançar esse status, Troy Denning apostou no aprofundamento dos personagens. Como Han, Leia, Luke e Lando já estão bem mais velhos, percebemos claramente um amadurecimento deles em relação aos filmes. As atitudes são mais acertadas; os pensamentos, mais coesos; e a forma de agir é mais inteligente. Além disso, o autor ainda reveste a vivência deles de dramas pessoais, o que os torna muito mais humanos e os deixam mais próximos do leitor.

Como cereja do bolo, o autor não nos deixa órfãos de bons vilões. E melhor, dessa vez são dois! Extremamente inteligentes, cruéis e com sede de vingança, essa dupla simplesmente deseja dominar a galáxia e disseminar uma boa dose de terror por aí. Para isso, usam dos métodos mais escusos e das torturas mais dolorosas. E, se depender deles, não deixarão pedra sobre pedra.

“Leia sentiu um caroço se formar em seu peito. Havia uma certa alegria na voz de Han que ela nunca gostara de ouvir, um entusiasmo louco que vinha apenas quando ele decidia tentar algo maluco e perigoso do qual não seria dissuadido” (p. 128).

Se o autor fez a sua parte para entregar aos leitores um livro incrível, a editora Aleph também a fez. A obra conta com uma capa incrivelmente bela e que retrata bem os personagens, inclusive sua idade mais madura. Além disso, a diagramação está muito confortável, além de bonita, o que ajuda a proporcionar uma ótima leitura. Não obstante, a revisão e a tradução estão ótimas também.

Por ser fã do universo Star Wars, sou um pouco suspeito para afirmar isso: mas vocês precisam ler essa obra! Ela é envolvente, dinâmica e cheia de ação. E ainda dá até para tirar algumas críticas sociais leves do livro. Também dá para ler independente de ter assistido aos filmes. Ou seja, não há desculpas. Aposte nesse livro, você não irá se arrepender.

site: http://www.desbravadordemundos.com.br/2016/10/resenha-provacao.html
comentários(0)comente



Jack 23/07/2015

40 anos depois...
Primeiramente, se você não está minimamente por dentro do que rola no Universo Expandido após O Retorno de Jedi e não gosta de spoilers, esse livro não é para você - pelo menos não agora. Não se preocupe, esse livro não deve conter spoiler do sétimo filme da franquia por ser um “Legends” (não canon), mas por estar beeeem adiantado na linha do tempo do UE - se passa 40 anos depois de O Retorno do Jedi - você acaba dando de cara com o destino de personagens que mal tinham dado as caras em O Herdeiro do Império. Eu, que tenho pânico de spoilers, teria ficado muito puta bastante contrariada se já não soubesse consideravelmente os rumos do UE. Assim, minha sugestão é: analise se você está pronto para ler esse livro agora ou prefere aguardar para inteirar-se mais sobre o destino da Nova República e seus personagens.
Para mim, que adoro o casal Han e Leia, sem sombra de dúvidas o melhor do livro é o entrosamento dos dois, que depois de quatro décadas casados desenvolveram tamanha cumplicidade que palavras se tornam supérfluas mesmo em momentos de grande tensão - o que não falta nesse livro. Sério, esses dois são lindos *-----* Fora isso, Leia como uma Cavaleira Jedi com décadas de experiência é algo que merece a atenção. Na boa, ela é tããão badass que é impossível não ser fã, eu tieto mesmo. E, como era de se esperar, ela e Luke são uma dupla e tanto, trabalham com uma harmonia que dá gosto de ver. Juntos essa equipe é inspiradora.
O livro também conta com a ilustre presença de muitos personagens queridos de longa data, sendo Lando Calrissian, como sempre, um show à parte. Além disso, espere encontrar muitos do famoso universo expandido que também têm seu momento para brilhar no livro. No entanto, os vilões criados por Denning não me convenceram completamente e me pareceram um pouco forçados e caricatos. Marvid e Craithus, dois irmãos da raça Columi, são basicamente dois empresários alienígenas cabeçudos e ridiculamente inteligentes, cuja a ambição é colocada como uma ameaça potencialmente maior do que a que o próprio Império já foi um dia, chegando ao ponto de eles desdenharem abertamente do Emperador Palpatine - Bitch, please… Odeie o cara, mas respeite seus feitos e maleficência.
O livro tem um ritmo bastante acelerado e que empolga a princípio, tirando o fôlego com ação seguida de ação, mas depois de um tempo a minha leitura já não rendeu tanto. Denning demonstra uma insistente alegria em ferir nossos heróis e depois recuperá-los com o aparentemente intuito de prepará-los para um pouco mais de sofrimento logo em seguida. Em pouco tempo você até se acostuma com o padrão e já não se assusta mais.
Em resumo, é um livro não mais do que interessante e até mesmo divertido até certo ponto, mas mesmo eu que sou novata no UE posso dizer que não é um dos melhores. Basta comparar com O Herdeiro do Império, que é muitoooo mais convincente, empolgante e envolvente. Vale a pena conferir? Até vale, mas com tantos lançamentos de SW, sinceramente eu diria que você pode postergar essa leitura sem grandes preocupações. O final, devo admitir, foi um tanto quanto decepcionante e eu particularmente estou feliz de ter terminado esse livro para, finalmente, poder começar “Star Wars: A Ascensão da Força Sombria”, sequência da trilogia Thrwan. Enquanto isso, que a Força esteja com você.

site: http://www.entrelinhasfantasticas.com.br/2015/07/resenha-star-wars-provacao-troy-denning.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Café & Espadas 07/07/2015

Resenha Star Wars - Provação
A Orla Exterior está um tanto agitada. Quase quarenta anos após a vitória da Aliança Rebelde sobre o Império, Lando Calrissian enfrenta uma situação delicada com alguns piratas espaciais, que conturbam as atividades de sua nova refinaria.

Mas o que Lando nem imagina é a grande e complexa conspiração que está se formando por trás destes ataques, e nem os planos terríveis oriundos das duas mentes por trás da TEG – Tecnologia de Exploração Galáctica, uma grande empresa que aos poucos vem devorando todos os mercados possíveis dos mais diversos ramos.

Lando não imagina todo o complô, mas o fareja e, assombrado com as proporções gigantescas que iminentemente essa situação irá tomar, ele recorre a ajuda de seus velhos amigos, o trio icônico da saga Star Wars: Luke Skywalker – agora Grão-Mestre Jedi –, Leia Solo – agora uma Cavaleira Jedi – e Han Solo, que dispensa apresentações.

Provação de Troy Denning é o terceiro lançamento relacionado à saga publicada pela Editora Aleph esse ano e, mais uma vez, ela não decepciona e nos entrega um trabalho editorial com o Q de qualidade ao qual estamos acostumados: ótima diagramação, revisão quase impecável e uma capa daquelas que daria um pôster simplesmente maravilhoso.

Há muitos pontos que devem ser mencionados nessa obra que, assim como Kenobi, fogem um pouco ao “lugar comum” da atmosfera de Star Wars. Um desses, e que o leitor irá notar de primeira vista, é a citação de vários acontecimentos – alguns assombrosos – que ocorreram nesse intervalo de quase quarenta anos, entre O Retorno de Jedi e a trama de Provação. Mas isso tem a sua explicação.

Esse livro é um derivado de uma série de outros livros do universo expandido chamada Fate of The Jedis (nove livros no total), série escrita por Aaron Allston, Cristie Golden e pelo próprio Troy Denning. A série foi publicada somente no exterior e está recheada de informações importantes como a trágica história da família Solo, a aparição da Sith Vestara Khai – que está presente neste volume – e seu envolvimento com o filho de Luke, Ben Skywalker e muito, muito mais.


Desnecessário dizer que o ideal seria esses livros terem sidos lançados por aqui primeiramente, junto com a série Legacy of The Force – cujo os eventos ocorrem ainda antes de Fate of The Jedis. Assim o leitor não ficaria tão perdido diante de tanta informação nova, mas com um pouco de esforço é possível acompanhar a leitura muito bem.
Passado este primeiro impacto, podemos mergulhar um pouco mais na roupagem proposta por Denning para a chamada “última aventura para Han, Leia e Luke”.

Provação possui escrita e enredo ágeis, com uma trama que se desenrola rapidamente e prontamente assumindo um aspecto de thriller de ação quase ininterrupta.

A obra consegue tratar alguns assuntos interessantes no começo – como a cautela da Academia Jedi com os seus padawans – mas não dá uma continuidade e já engrena novas revelações que desencadeiam consequência terríveis para Luke e seus aliados.

A medida que avançamos na leitura, conhecemos um pouco mais dos vilões Marvid e Craethus Qreph, dois irmãos Columi que, mesmo com o físico limitado e obtuso em relação ao padrão de vilões imponentes da saga, se mostram atraídos pela ideia de dominar a galáxia monopolizando primeiramente a sua economia e movidos pelos combustíveis de sempre: vingança e cobiça.

O autor faz valer o título de sua obra. Arrisco-me em dizer que em nenhum outro livro ou filme veremos Luke, Leia e Han serem tão maltratados e feridos como nesta história. É nessas horas que sempre a Força entra em ação, mas nem sempre durante essa história ela estará do lado de nossos heróis.

Provação não chega a ser um livro ideal, otimamente estruturado em sua essência, mas ele rende boas sequencias de ação e diverte o leitor que busca por isso em uma leitura de Star Wars. Talvez os aficionados que busquem algo mais original como o que vimos em Kenobi podem se frustrar levemente pela mecânica da narrativa e pelo pecado dos excessos de situações calamitosas e transcedentais.

Porém, Denning conseguiu elaborar uma narrativa funcional e sólida, com o trio icônico naquela famigerada sincronia que podemos ver nos filmes. E isso é o melhor que este livro tem a oferecer: as lendas da galáxia em ação novamente.

site: http://cafeespadas.com/?p=3212
comentários(0)comente



Blog MDL 02/07/2016

Depois de 40 anos dos acontecimentos do episódio VI, Han e Leia se encontram em uma grande missão novamente. Solicitados por seu amigo de longa data, Lando Calrissian, eles embarcam para enfrentar um estranho conflito com piratas espaciais em sua nova refinaria na Orla Exterior. Porém, não é nada perto do que se imaginava, já que a conspiração paira no ar e as ameaças que sofrem mostram que existe muito mais em jogo.

Dois grandes vilões extremamente inteligentes movidos por vingança e ambição com grande poder a se igualar com o próprio Império farão o ex-contrabandista e a agora cavaleira Jedi se unirem a Luke para enfrentar perigos inimagináveis e caminhos desconhecidos que os mudará pelo resto de suas vidas.

“Provação” é uma obra surpreendente. Nele, reencontraremos os personagens principais da saga Star Wars depois de 40 anos de sua “última” aventura, onde destruíram a Estrela da Morte e fez o Império cair de uma vez. Han Solo já não é mais um contrabandista e a Princesa Leia Organa se torna uma Cavaleira Jedi. Os dois se casaram há muito tempo e já constituíram sua família com mais Jedis. Temos também, Lando Calrissian, que não mais governa Bespin e agora tem uma das maiores refinarias de asteróides da galáxia. E Luke Skywalker, que se tornou grão-mestre Jedi e ensina os poderes da força a jovens de toda parte a se tornarem Cavaleiros Jedi.

Para ajudar Lando, Han e Leia partem para a refinaria com o intuito de resolver problemas com simples piratas espaciais, mas acabam encontrando dois grandes vilões que farão de tudo pra conseguir o que querem, passando por cima de todos que estiverem em seu caminho.

O modo como o autor introduziu novamente os personagens a um enredo totalmente novo, apegando-se aos detalhes de suas personalidades para o seu amadurecimento já feito é algo impressionante. De um modo impecável, nos leva a o universo tão conhecido pelos fãs da saga, mas totalmente renovado, com diversos tipos de alienígenas desconhecidos e a perigos tão comuns antes, de um modo extremamente mais perigoso. Ele também abrange a Força com uma nova perspectiva, muito mais intensa. Revela muitas coisas antes desconhecidas sobre a Força e o modo como ela age nas pessoas e no universo.

Conseguir usar uma obra aclamada mundialmente por décadas para criar algo novo é algo extremamente difícil, principalmente para impactar pessoas que acompanharam as histórias durante toda sua vida. Troy Denning conseguiu fazer isso com verdadeira perfeição, não deixando nada a desejar. Sua narrativa é suave e fluida, fazendo com que a leitura seja fácil e rápida, tanto pela escrita como pela estória em si. Além da edição maravilhosa da Editora Aleph, que também acrescenta bastante no livro.

Para quem assistiu “Star Wars VII – O Despertar da Força”, digo que este livro tende a ter muitos acontecimentos semelhantes aos que se passaram no filme. Digamos que é um passo a frente do que aconteceu no filme, mas com um aprimoramento no desfecho dos personagens, revelando um “universo paralelo” para o destino deles. Conta um pouco de acontecimentos que antecederam a história principal do livro, o que levou a cada personagem a se tornar o que é no momento da trama e as reviravoltas que a vida levou até eles.

Tem muita emoção contida em toda a trama, as quais eu absorvi intensamente. Não achei que leria uma “continuação” tão forte quanto os livros/filmes que inspiraram o autor a escrevê-la. Com ação do início ao fim, “Provação” conseguiu provar ser um dos melhores livros de toda a saga. E está entre os meus favoritos, sem dúvida nenhuma. Sei que não falei o suficiente, mas não quero dar spoiler nenhum, pois o livro se baseia em um mistério e qualquer detalhe pode interferir na interpretação da leitura. Espero que gostem tanto quanto eu.

site: http://www.mundodoslivros.com/2016/02/resenha-star-wars-provacao-por-troy.html
comentários(0)comente



Fernanda 11/08/2015

Resenha: Provação:
CONFIRA:

site: http://www.segredosemlivros.com/2015/08/resenha-provacao-troy-denning.html
comentários(0)comente



Murilo 05/06/2015

Um bom livro do Universo Expandido.
Antes de falarmos sobre a trama da obra, gostaria de elogiar a Editora Aleph por mais uma belíssima capa, eles estão caprichando nas capas dos seus lançamentos e, nos livros de Star Wars não poderia ser diferente. A diagramação está perfeita, mas notei alguns poucos erros de tradução, em uma página Luke é chamado de Lucas (O.o), mas além desse pequeno detalhe, nada que atrapalhe a diversão da leitura.

Os vilões apresentados na obra são diferentes do que estamos acostumados a ver na saga, eles não são grandes guerreiros ou usuários da força, são dois irmãos de uma raça chamada Columi. Os indivíduos dessa raça são conhecidos por serem pequenos, terem a cabeça enorme e um corpo atrofiado que mal consegue sustentar a cabeça, fazendo com que os Columi precisem de um aparato robótico, chamado de energicorpo, para poder se movimentar. Muita gente pode não gostar do fato de os vilões serem desprovidos de força física, mas particularmente eu achei bem interessante, pois todas suas decisões são tomadas baseadas em sua inteligência (que os Columi têm muito a mais do que os humanos), e isso é muito legal, pois mostrou que o autor não teve medo de arriscar criar um desafio diferente.

Podemos notar também que Denning buscou um pouco de inspiração no autor J.R.R. Martin (não preciso citar suas obras né?), pois durante quase o livro inteiro os personagens estão no meio de alguma trama, batalha e diversas situações que os colocam em grande perigo e por algumas vezes eles até sofrem ferimentos pesados. Isso também é interessante, pois através desse tipo de narração, nós conseguimos sentir um pouco a sensação de perigo que os personagens estão tendo. Pena que o autor provavelmente não foi autorizado a matar nenhum dos personagens clássicos para ficar bem estilo Martin (hehe, brincadeira...).

O único ponto negativo é com relação ao lançamento dessa obra antes do término da trilogia de Thrawn, pois acabamos tendo alguns spoilers do destino de personagens importantes, eu particularmente não me importei, por já conhecer grande parte, mas um leitor que seja novato no universo expandido pode não gostar.

Star Wars: Provação é mais um livro da saga que é essencial para os fãs, com uma trama diferente e atrativa, mas aos Padawans do universo expandido eu recomendo que antes de ler essa obra, procurem terminar pelo menos a Trilogia de Thrawn.

site: www.nerdbucks.com.br
comentários(0)comente



Nerd Geek Feeli 31/07/2015

Creio que a ação constante, que lembra os melhores momentos da primeira trilogia, agradará a maioria dos leitores. Mas também pode ser um pouco cansativo. Não há imersões psicológicas notáveis ou narrativas contextualizantes.

[...]

A edição brasileira é impecável. Possui arte exclusiva, com o logo de Star Wars envernizado, vem com uma marcador em forma de sabre de luz e tem página dupla com uma ilustração da Millennium Falcon orbitando um planeta em cada separação dos capítulos. Para fã nenhum botar defeito!

Leia a resenha completa no link abaixo:

site: http://nerdgeekfeelings.com/2015/07/03/livro-star-wars-provacao-resenha/
comentários(0)comente



Horroshow 13/09/2015

Explorando a história
Resenha por Gabriel Fiel

Nunca fui um super fã de Star Wars, pelo menos não da mesma forma que sou fã de Doctor Who, porém, toda vez que eu descobria que estava passando um filme, seja da trilogia clássica ou da prequel, na televisão, eu logo corria para tentar assistir alguma parte do filme. Sei algumas falas, joguei alguns jogos, mas nunca havia tido a experiência de ler algo do universo expandido de SW, então esse é o relato do meu primeiro contato com a literatura de uma galáxia muito, muito distante.

Seguindo o rumo de algumas das obras mais aclamadas de Star Wars, Provação acontece após os eventos de Retorno de Jedi (o episódio VI). A diferença é que neste livro 40 anos se passaram desde a queda do Império, e vemos o trio original (Luke Skywalker, Han Solo e Leia Skywalker/Solo) bem mais velho e com mais conhecimento.

(... Leia mais no link abaixo)

site: http://bloghorrorshow.blogspot.com.br/2015/08/star-wars-provacao-troy-denning.html
comentários(0)comente



Rodrigo Ramos 14/08/2016

Repleto de batalhas espaciais, duelos com sabres de luz e, é claro, a Força, Provação é uma boa pedida para os fãs de Star Wars!
Como parte das comemorações do Star Wars Day e dando continuidade ao ambicioso projeto de lançar vinte livros da série Star Wars até o final de 2016, a Editora Aleph lançou recentemente Star Wars: Provação, de Troy Denning, o terceiro livro da saga criada por George Lucas a ser publicado pela editora.

Infelizmente, vamos começar com um puxão de orelha. Afinal, Provação foi lançado antes da conclusão da clássica Trilogia de Thrawn, do qual apenas o primeiro capítulo – Herdeiros do Império – havia sido publicado por aqui, e com isso, os mais avessos a spoilers podem acabar tendo surpresas bastante desagradáveis quanto ao destino de alguns personagens da trilogia concebida por Timothy Zahn. Se você é um destes, sugiro que termine a saga de Thrawn antes de partir para Provação.

Dito isto, podemos prosseguir.

Alguns fãs da série Star Wars não gostam e até não acompanham o chamado “Universo Expandido” da série, mas eles não sabem o que estão perdendo. Muitas das histórias deste universo são infinitamente superiores à nova trilogia, e até à maioria das temporadas de Clone Wars – só para nos manter no cânone – e Provação é um destes bons exemplos.

Se Obi-Wan, livro anterior publicado pela Aleph, é uma espécie de faroeste com sabres de luz, Provação mantém paralelos com um bom thriller de espionagem, muito semelhante a algumas histórias de James Bond. Não é à toa que diversas cenas de Provação se passam em Cassinos.
A história se passa quarenta anos depois da trilogia original e mostra Lando Calrissian, agora um homem de negócios envolvido com mineração interplanetária, buscando ajuda de Han, Luke e Leia para resolver um problema com piratas que ameaçam seus negócios a mando de uma dupla de alienígenas irmãos superinteligentes em busca de poder e vingança.

Repleto de batalhas espaciais, duelos com sabres de luz e, é claro, a Força, Provação é uma boa pedida pra quem quer se aventurar no Universo Expandido de Star Wars. Isso, é claro, se não se preocupar com alguns spoilers de outros livros que se passam antes deste. Provação encerra o Universo Expandido, que é chamado hoje de Star Wars Legends, uma espécie de universo paralelo de Star Wars depois que a Disney comprou os direitos de George Lucas.

Com o capricho costumeiro da Aleph, Provação ainda conta com um belíssimo design e acabamento gráfico apesar de alguns erros de revisão no texto. Que a Força esteja com a editora e que eles consigam dar continuidade ao seu projeto de vinte livros. Os fãs agradecem!

site: http://bocadoinferno.com.br/literatura/2015/07/star-wars-provacao-2015/
comentários(0)comente



Grazy Souza 14/09/2015

Primeiramente, recebi esse livro num época bem atarefada da minha vida, então minha leitura foi beeeem longa, cheia de pausas e acabei tendo uma visão cansativa do livro. Mas como seria injusto fazer uma resenha baseada nisso, resolvi ler de novo quando fiquei mais folgada e já tinha tirado a má impressão da cabeça.


Então, aqui vai o comentário que não pode faltar: tem spoilers! Pois é. A Aleph está lançando a série Legends com histórias do universo expandido de Star Wars e o primeiro foi Herdeiro do Império da Trilogia Thrawn do Timothy Zahn. Ele introduz alguns personagens não-cannon e Provação tem spoiler do destino deles :/

Sou uma completa iniciante nesse universo expandido, comecei a ler com os lançamentos da Aleph, então, sei de pouca coisa sobre ele, mas creio que a data de lançamento correta para esse livro seria depois do lançamento da trilogia completa do Zahn.

Confira o resto do texto no blog!

site: http://cantaremverso.com/2015/07/19/miresenha-star-wars-legends-provacao-troy-denning/
comentários(0)comente



phendragon 30/07/2015

UM BRINDE AOS AMIGOS
Resenha do livro: STAR WARS PROVAÇÃO
autor: TROY DENNING
editora: EDITORA ALEPH
404 PÁGINAS

Essa é a primeira vez que leio um livro de STAR WARS. Já li quadrinhos, já vi os filmes umas dezenas de vezes, já vi os desenhos, já joguei várias aventuras, mas foi a primeira vez que li um livro.

Antes de falar do texto, vou falar sobre a qualidade do livro. DEUSES!!! O livro é lindo do começo ao fim. A cada capitulo, duas páginas pretas, com estrelas e um planeta e uma Millennium Falcon (a nave do capitão Han Solo). Esse é o símbolo supremo de Star Wars que nunca pode faltar.

O escritor, Troy Denning conseguiu trazer para o livro o mesmo clima dos filmes, aquelas pausas dramáticas com cenas espaciais, quase consigo ver o filme enquanto leio, ouvir os barulhos dos sabres de luz em combate e tudo mais. Sensacional!!!!

A história, é o roteiro que será usado para o filme 7, que estreia no fim do ano nos cinemas. Claro que o filme vai abordar muitas informações, como a vida de Han Solo e de sua mulher, a Princesa Léia. A família que formaram, seus filhos e tudo o que houve. Também vai abordar a vida de Luke Skywalker o grão mestre da Ordem Jedi, seu casamento, seus filhos e os dramas.

O livro Provação é a última aventura de todos estes personagens e seus descendentes e amigos. Claro que o livro é um spoiler sem fim, de histórias que antecederam ele, então, claro que ler o livro, me fez ficar com agua na boa pra ler outras sagas anteriores (e já estou providenciando isso).

Para quem gosta de Star Wars, como eu, ler o livro não é um acesso a spoiler do filme, na verdade, o filme tem seu valor: Ver tudo o que foi lido em ação. Já li os quadrinho se sabia de tudo que ia ocorrer, então não foi muita surpresa.

Mas se você não conhece nada de Star Wars, a não ser os filmes, então, essa é uma leitura do tipo ame ou odeie. Não há nada de ruim, entenda, mas como eu disse, o livro trás muitos spoilers de fatos que constam em outros livros. E você terá que ler esses outros livros, para entender todas as circunstâncias que levaram os personagens onde estão, dentro desta história.

Quer saber se recomendo? CLARO!!! O livro é muito bom e realmente indispensável para aquela pessoa que se acha fã de Star Wars.

QUE A FORÇA ESTEJA COM TODOS VOCÊS!!

MARCOS GRAMINHA é leitor viciado em terror e vampiros. Conta com um acervo de mais de 1500 livros sobre esses assunto. Proprietário de um sebo na cidade de Vila Velha, dedica sua vida a desvendar os mistérios desses "filhos da noite".
contato: marcos.graminha@gmail.com

site: http://www.lerparadivertir.com/2015/07/star-wars-provacao-troy-denning.html
comentários(0)comente



Vai Lendo 03/05/2017

Uma ficção científica inteligente e emocionante
A resenha de hoje é sobre o livro "Provação", da vasta série sobre o universo expandido de Star Wars, publicada – na velocidade da luz, diga-se de passagem – pela editora Aleph e escrita por Troy Denning. Dentre os livros dessa coleção, há diversos autores, ou seja, se você vir algum dos títulos sob o nome de outro autor, não se assuste.

Admito que não tenho certeza quanto à ordem correta dessa coleção, mas acho que este foi o terceiro livro a ser publicado. Francamente, não acho que ordem interfira, uma vez que já observei que cada livro apresenta em seu enredo início, meio e fim – e, só para constar, eu achei isso bem legal. Então, fiquem tranquilos na hora de escolher qual deles gostariam de ler.

"Provação" se passa uns 40 anos, mais ou menos, depois do último filme da franquia Star Wars. Não se preocupem, pois alguns dos personagens mais marcantes e preferidos estão presentes, como Luke Skywalker, que se tornou o Grão-Mestre dos Jedi, Han Solo e a princesa Leia. Estes dois últimos se casaram e tiveram uma vida de casal aventureiro bastante atribulada. Na verdade, esse livro se trata justamente de mais uma aventura desse trio tão querido.

A trama gira em torno de uma ameaça que parece estar surgindo na Fenda – a maior fonte de mineração. E essa ameaça se divide em duas figuras conhecidas como Columi: os irmãos Craitheus e Marvid Qreph, cuja ambição nada mais é do que a clássica dominação da galáxia, a derrota dos Jedi e uma vingança básica que remonta ao seu passado de miséria. Mas a miséria abandonou os irmãos, derrotada pela inteligência característica de sua espécie, pois eles se tornaram os donos da maior empresa de mineração da galáxia – com suas atividades clandestinas, é claro, como criação de vida artificial e um tipo bem doido e maligno de clonagem. Porém, por trás de todos esses motivos e conhecimentos malignos, há outros ainda piores. E esse foi um dos motivos por eu ter adorado os irmãos Qreph! Mas eu vou falar sobre eles, sua genialidade do mal e o meu amor incondicional por eles depois que eu terminar de resumir a história. Aguentem aí.

Enfim… É justamente para impedir os planos sinistros dos Qreph que Han, Leia e Luke surgem, junto com alguns amigos Jedi e não-Jedi, como Lando Calrissian, Ben Skywalker, Omad Kaeg e alguns outros. Em poucas palavras, o livro remete a uma guerra de inteligência e astúcia. E devo dizer que essa guerra foi muito bem feita e apresentada. O livro em si é bastante inteligente e não encontramos pontas soltas.

Uma das coisas que eu gostei nesse livro foi o fato de a história ter justamente continuado. Quer dizer, nós vemos o que aconteceu com a família que Han e Leia construíram para si. O mesmo vale para Luke Skywalker. Eu não sou uma grande entendedora do universo de Star Wars – sei da história, assisti a alguns dos filmes, mas não posso dizer que sou uma fã alucinada da série. Gosto de ficção científica e Star Wars se encaixa perfeitamente nesse perfil. Ponto. Sendo assim, peço minhas sinceras desculpas se falei alguma coisa que desagradou a algum fã mais entendido do que eu. Se você ficou muito incomodado(a), pode deixar um adendo nos comentários que eu vou ficar mais do que feliz em aprender com alguém que entende mais do assunto do que eu. Sério mesmo.

Então, se você pretende ler os livros da série, aconselho que assista aos filmes antes – não precisa necessariamente ser todos de uma vez só. Daí, você vai avançando com mais calma. Mas, francamente, se você não souber absolutamente nada sobre o universo original de Star Wars, acho que é perfeitamente possível que consiga ler esse livro sem ser prejudicado pela falta de conhecimento. Certamente, a sua visão não vai ser a mesma de um conhecedor da trama inicial, mas não vai impedir que você entenda e aproveite a história.

Sem sombra de dúvidas, o que mais me impressionou e que me fez gostar de verdade do livro – além do fato de se tratar de uma boa e inteligente ficção científica – foram os vilões. Eles são simplesmente geniais – isso é uma característica da espécie, o que só torna as coisas ainda melhores, porque deixa os mocinhos em desvantagem em uma guerra onde a inteligência é um fator determinante, ou seja, o leitor nunca sabe quem está em vantagem ao longo da trama – e são muito, mas MUITO bem montados e já estão na minha concorrida lista de melhores vilões literários que eu já vi. Adorei os Qreph! Sou fã deles e quase cheguei a torcer por eles.

Os personagens, de um modo geral, foram muito bem desenvolvidos. O autor conseguiu se aprofundar em cada um o suficiente para que o leitor não se sinta perdido ou como se estivesse lendo sobre um estranho, mas também foi breve o bastante para evitar que se tornasse chato.

Quanto ao trabalho da editora, dou os meus parabéns à Aleph. Ainda não sei como ela está conseguindo fazer tantas publicações em tão pouco tempo, e ainda apresentando uma boa qualidade do produto – a julgar pelo intervalo de tempo entre as publicações, admito que eu esperava encontrar erros de digitação, de formatação e diagramação com certa regularidade, mas não foi o caso. Gostei. Todas as editoras poderiam ser assim; fariam um bem danado ao coração dos leitores ansiosos como eu. O volume físico está bem feito, agradável para a leitura. A capa não está ruim, mas considerando a história contida nas páginas e toda a ação ao longo da trama, devo dizer que achei o desenho um pouco parado demais. Acho que a editora poderia ter ousado mais, porém, isso é um mero detalhe. No geral, a capa não está ruim, de maneira nenhuma.

Na minha opinião, a escolha da Aleph de investir tão fortemente na ficção científica de uns tempos para cá foi muito acertada. Eu agradeço por terem disponibilizado um livro bom assim para o público. "Provação" é, como eu acho que toda ficção científica devia obrigatoriamente ser, um livro inteligente. O leitor não pode se distrair enquanto lê ou vai acabar se perdendo. E eu gostei muito, muito mesmo dessa característica. É um livro cheio de ação, raciocínio lógico e tramoias bem elaboradas, mas nem por isso deixa de lado o sentimento. Então, tornou-se uma obra muito completa. E, unindo tudo isso ao bom trabalho da editora, eu realmente recomendo a leitura àqueles que gostam desse estilo literário.

site: http://www.vailendo.com.br/2015/11/04/star-wars-provacao-de-troy-denning-resenha/
comentários(0)comente



Jonny Sales (GeekBarba) 20/11/2017

O que teria acontecido com Luke, Leia e Han se á Disney não tivesse comprado Star Wars? Esse livro responde essa pergunta!
Star Wars - Provação conta a história de como seria a última aventura de Luke, Leia e Han se a Disney não tivesse comprado os direitos de Star Wars.
.
.
A história se passa 40 anos depois dos acontecimentos de Star Wars- Episódio VI quando problemas na mineradora de Lando Calrissian o força a pedir a ajuda de seus velhos amigos, Han, Leia e Luke. O que parecia uma missão simples se torna em um verdadeiro pesadelo depois de um atentado terrorista que mata milhares de pessoas, o grupo se vê frente a frente com os vilões mais inteligentes que já enfrentaram.
.
.
O autor Troy Denning guia a narrativa maravilhosamente bem, trazendo nos personagens que já conhecemos todas as características que amamos e alguns medos adquiridos pelo tempo. Além de nos fazer ficar com o coração apertado nas cenas de sufoco temendo pela vida dos protagonistas.
.
.
Apesar de Provação estar sob o selo "Legends", história mostra aspectos bem semelhantes com os vistos no Despertar da Força, como um Luke amargurado pelos erros do passado e a rebelião de alguns personagens.
.
.
Provação vem pra mostrar que mesmo na terceira idade, Han, Leia e Luke não fogem de uma boa briga e tem fôlego de sobra para encarar as mais variadas aventuras.

Mais resenhas em instagram.com/geekbarba
comentários(0)comente



Debyh 17/09/2015

Viagens intergalácticas, sabres de luz, pirataria, planos que não saem como devem, família perdida e encontrada… nesse livro tem tudo isso, e sim posso acrescentar mais outras várias características.
Acho que o que mais encantou foi por finalmente ter uma continuação para a saga, sei que o final é satisfatório, mas sempre é bom ver o que acontece depois e gostei muito do que li.
Antes de mais nada se você nunca viu Star Wars, e nem ao menos sabe da linha de tempo dos acontecimentos creio que ficará um pouco perdido ao ler este livro. Não sou uma fã fervorosa, mas já vi todos os filmes um certo número de vezes, então até tenho uma familiaridade com as coisas, mas não lembro de todos os nomes nem nada tão detalhado, se você tem ao menos esse nível vai com tudo na leitura que não ficará perdido!
(continua no link)

site: http://euinsisto.com.br/star-wars-provacao-1-troy-denning/
comentários(0)comente



20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2