Um ano

Um ano Juan Emar




Resenhas - Um Ano


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Renata (@renatac.arruda) 14/06/2015

Um ano divertidamente absurdo
Mas em Um Ano, nada é lugar-comum: ao se deparar com tamanho fato inusitado, o narrador simplesmente vai embora e não pensa mais no assunto. E assim começa o estranho diário de um ano na vida do protagonista, que escreve suas entradas a cada dia 01 de cada mês - com uma conclusão em 31 de dezembro, e que parece viver a sua divina comédia particular ao longo desses doze meses: sua vida comum, um purgatório em que frequentemente o personagem se diz "irado com Deus", ao passar por situações como ter o ouvido grudado ao aparelho de telefone, ouvindo uma risada sarcástica e cruel de uma pretendente ou se indignando com as sombras dos homens que caminham no sol.

Leia a resenha completa no Prosa Espontânea:
http://mardemarmore.blogspot.com.br/2015/06/um-ano-juan-emar_5.html
comentários(0)comente



Luís Costa 02/01/2017

Diferente
Uma boa história.Com doses de realismo fantástico .Me fez lembrar um pouco JJ Veiga.
Luís Costa 02/01/2017minha estante
Primeira leitura de 2017.


Luís Costa 02/01/2017minha estante
Primeira leitura de 2017.




2 encontrados | exibindo 1 a 2