Alguns Anos

Alguns Anos Julianna Costa




Resenhas - Alguns Anos


54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Jeni 04/05/2015

Eu não esperava!
Fui realmente pega de surpresa quando uma amiga, encontro uma continuação de um livro que eu já julgava como 5 estrelas!
Mas eu o que eu não esperava era sofrer com essa história, sentir aquele frio na barriga, aquela agonia e não conseguir parar até aquele maravilhoso Epílogo chegar!

Que fase... chorei pela Dom, chorei pela Merryl, chorei pelo Ty e até pelo Max :'(

Mas realmente me surpreendi, que mesmo depois de uma conclusão muito gostosa de Quatro Semanas de Prazer, ainda conseguirmos nos encontrar com o Greg novamente e simplesmente adorar cada página!

Super Recomendo, Julianna Costa vai do amor ao ódio em dois tempos, e transforma aquela Avó Maquiavélica em um verdadeiro capeta! :O

Luciana 25/05/2015minha estante
Concordo com vc Jenifer. Amei Quatro Semanas de Prazer e nem sequer imaginava uma continuação para a história. Foi uma surpresa qdo me deparei com o livro no Amazon. Também chorei no final.


Bruninha 27/05/2015minha estante
Exatamente como me senti...


Andi 27/07/2015minha estante
Aquela vovó é pior do que a Odeth Roitman. Livro perfeito.


Ana 16/02/2020minha estante
Este livro é a continuação de 4 semanas de prazer?


Yasmin.Oliveira 06/09/2020minha estante
Sim! E tem mais um conto ainda depois desse chamado Alguns Dias




Mali 31/08/2020

Lindo!!
O primeiro livro contou uma história ótima e nos mostrou personagens incríveis, mas o segundo conseguiu me envolver tanto que não larguei a história até saber seu desfecho, é um livro perfeito, que conseguiu me surpreender demais, não tenho mais palavras para descrever a jornada de Dom e Greg, só posso dizer que são personagens bem construídos que conseguiram me cativar ❤️
comentários(0)comente



Jhen 14/12/2020

A Patroa... A cadelinha da patroa... AMO!
Dominique minha Rainha, já admirei o amadurecimento dela no primeiro e a ja admirava como mulher. Mas não estava preparada para ela no segundo como mãe... O que foi aquilo?! Tive muitos sentimentos em Alguns anos, quis bater por diversas vezes no Gregory mas no final ele não deixou a desejar, teve uma reconstrução assim como a Dom no primeiro livro.
E que final desses dois, chorei.

Algo que eu amei, Greg é total cadelinha da Dom mas de um jeito lindo, e quente. Sabe se impor quando necessário, gosto disso.

Eu ja tinha começado Alguns Anos, mas abanonei pois não estava funcionando pra mim. Mas resolvi 4 semanas de prazer e logo em seguida fui para Alguns dias , tudo fora da ordem haha, então foi impossível não querer pegar Alguns anos pois dentro de mim eu só queria mais e saber de mais coisas da vida desse casal tão forte. E como eu amei e dessa vez funcionou.

Se vc procura um bom hot, recomendo 4 semanas de prazer, da pra ler sozinho também pois a história termina fechadinho. Mas se quiser uma boa trama que vai te tirar o ar, recomendo que leia 'Alguns anos' que é a história seguinte do casal.

Nesse segundo tive pequenas ressalvas, entre a questão da rivalidade feminina que em muitas vezes achei desnecessária assim como no primeiro livro.
comentários(0)comente



Keury_Lima 12/06/2020

Leia somente se tiver taco
Eu estou com um nó gigantesco na garganta. Não tenho nem mais receio de chorar, já sofri e desidratei tanto durante a leitura que nem ligo mais. Quanto sofrimento... Mas que estória maravilhosa.
Eu não costumo ler livros assim. Que me fazem sentir emoções negativas muito fortes. Morro de medo de em uma dessas, eu entrar numa ressaca e demorar para me recuperar. Eu fujo desses livros com pesos como o 'diabo foge da cruz'. Mas que bom que me arrisquei nessa. Passei muito ódio, frustração, um sentimento de perda horrível. Mas sem querer soar masoquista; valeu a pena. Muito.
Apesar de ser penoso por vezes, o humor está lá. É muito envolvente. Você não deixa de ter algum ponto que atiça sua curiosidade para que continue a leitura.
Os personagens novos são ótimos, e tem momentos realmente muito fofos durante o livro.
Alguns pontos que precisam saber ao embarcar neste livro:

Esse livro, como já disse, vai te fazer sofrer. Vc vai sentir angústia. Se gostou do primeiro livro e apreciou o clima divertido e feliz do 4 semanas, tenha absoluta certeza de que consegue lidar com o desmoronamento dessa perspectiva.

A Julianna vai fazer você odiar o mocinho e voltar a gostar dele depois.

Você vai passar raiva com a imaturidade dos protagonistas em alguns momentos, mas garanto; nada que você não consegue lidar.

De verdade, amei a dinâmica do livro. Nunca ficou parado sabe? Sempre estava acontecendo algo importante. Algo que contribuía para o desenvolvimento.

Mas agora pontos que achei negativos:

As cenas de sexo em algumas vezes, principalmente no final, estavam sendo exageradas. A quantidade no caso.

Senti falta da resolução de alguns personagens.

Precisava mesmo deixar os leitores com sentimento de perda por tantos motivos? Foram muitos motivos...

E o penúltimo parágrafo do epílogo, não sei se pra vocês foi/será assim, mas me arrebentou. O pessoal diz que amou o epílogo mas eu não tenho emocional pra me despedir desses personagens deste modo. (É lindo, confia. Mas doeu)

Enfim, 4 estrelas.
comentários(0)comente



Ana Paula Oliveira 28/07/2020

Uma história cheia de reviravoltas e amor.. Dom é uma mulher forte e maravilhosa.
comentários(0)comente



Viih 09/08/2020

ALGUNS ANOS...
É intenso, muito envolvente, trás alguns reflexões muito boas, gosto muito da forma como fala do amor de um pelo outro, é incrível tudo o que estamos dispostos há fazer pelas pessoas que amamos.
É o casal mais maravilhoso que já vi, meu deus!! Como eu amo esses dois!! Tem muito amor, tem muita briga, ciúmes e desconfiança, tem muito momento hot sem deixar de focar no principal que é a relação deles. Tem muito planos mirabolantes mas, no final tudo se resolve.
comentários(0)comente



Milena Ribeiro 14/04/2020

Alguns anos
Quando li as resenhas que outros leitores publicaram sobre o livro dizendo que era o melhor, eu confesso que fiquei curiosa, não é possível um livro agradar a todos dessa maneira.
Mas vou confessar outra coisa: SIM, É MUITO POSSÍVEL.
Sinceramente, é um dos melhores livros clichês que já li, e já li muitos, uma escrita super fluente, nada cansativa e super cativante.
Se você ficou meio com o pé atrás como eu antes de ler, desista, vá fundo e desfrute dessa história MARAVILHOSA.
comentários(0)comente



Cris 10/05/2016

Vovó Vader. Greg, o Casanova. Dominique, codinome Brockovich.
Esse poderia ser um breve resumo do que foi esse segundo livro pra mim. A escrita se possível ficou ainda melhor, um amadurecimento que vem com a experiência do exercício criativo. Agora a melhor parte foi esse tinha uma trama completamente oposta ao primeiro, era outra história realmente e não mais do mesmo.

Confesso que quando comecei a ler esse segundo livro fiquei pensando onde o Greg tinha batido a cabeça para voltar a se relacionar com a vovó-diaba. Mas a medida que vamos avançando na história vemos o lado dele e compreendemos sua decisão. É difícil ser objetivo com sua família, ainda mais uma avó que em sua visão o amava incondicionalmente. Ele se lembra da mulher doce da sua infância, embora a visão seja completamente deturpada, sabemos que as memorias nem sempre são um retrato da realidade, ainda mais as infantis.

O Greg nesse livro não é mais aquele rapaz fofo e desencanado, logo nas primeiras paginas você vai sentindo que ele mudou e essa mudança não foi para melhor. E quando ele se torna um bastardo, cruel e sedutor você passa a odiá-lo com todas as suas forças. Honestamente achei o personagem um tanto frouxo e manipulável demais, e não sei se teria perdoado ele tão rápido como a Dominique fez, mas ao mesmo tempo deu uma dimensão de humanidade que o fez ainda mais verossímil. Ele cresce, amadurece, aprende com seus erros, mas a sensação que ficou foi que sem a Dominique ele continuaria perdido no lado negro da força.

Agora a Dominique foi como um bom vinho, só melhorou com o tempo. A mulher aparou as arestas, cortou as atitudes de merda desnecessárias, mas ainda manteve aquele lado seguro e com uma língua afiada. Ela nunca esmoreceu, sua força era algo surpreendente e magnifico de ver. Nada a derrubava, podia no máximo envergar. Ela fez o que foi preciso para se manter segura e criar seu filho, sem desculpas esfarrapadas ou besteiras.

Nesse segundo livro temos um arqui-inimigo com A maiúsculo. A vó do Greg é um demônio, sem escrúpulos e totalmente amoral. As coisas que a mulher foi capaz de fazer era de embrulhar o estômago de muito mau-caráter. E meu desejo era que ela sofresse metade da miséria que ela provocou. E apesar de não ficar impune acho que minha sede de vingança não foi aplacada.

Adorei ver alguns dos amigos que a Dominique fez, mas senti falta da Shelbi. Agora meu amor foi completo e absoluto pelo filho da Dominique, o Ty que menino incrível. O Hyatt também não era ruim, apenas carente e precisando ser educado. Agora gostaria de ter mais um pouquinho do Max, o menino era um versão miniatura da Dominique, imagina a delícia, um mini-Dominique?!

Enfim, se possível amei esse livro ainda mais que o primeiro. Ele foi mais profundo, maduro e mesmo odiando algumas atitudes de ambos o personagens podia entender a motivação de cada um. Era uma história tão verossímil, com o bom o mau, sem personagens perfeitinhos, e de tão imperfeita foi perfeita. É quase que uma leitura obrigatória! Tá na sua lista, então passa na frente. Não está, então coloque!
Talitha Kechichian Dória 08/06/2016minha estante
Verdade. Super apoio sua resenha. Perfeita explicação ;)




Ju 15/10/2020

O que eu gosto nos livros da Julianna é que você ri, chora, às vezes quer bater em alguns personagens...são tantas emoções kkkk. Você simplesmente não consegue parar de ler!
comentários(0)comente



Marcelle B. 17/10/2019

Só vale pelo epílogo
Quando terminei o primeiro livro, fiquei com a sensação de que ficou faltando um desfecho decente para a avó do Greg e que a história merecia uma continuação. Mas sendo bem sincera, me arrependi de ler esse livro. É completamente diferente da pegada do primeiro, onde a história é divertida e romântica. É tristeza atrás de tristeza e meu deus, não existe pessoa mais burra e tapada que o Gregory.

Teve uma hora que eu realmente achei melhor a Dominique não ficar com ele porque ele é muito burro em relação a avó e a todas as pessoas, parecia um retrocesso total em relação ao primeiro livro as atitudes de ambos os personagens.

A escrita da Julianna é sensacional e eu realmente não consegui parar até terminar, mas achei que o drama ficou exagerado. No final a velha não achei que a velha pagou o suficiente e a Dom e o Gref sofreram MUITO. A relação deles realmente ficou tóxica.
Fiquei com uma sensação agridoce no final depois de tanto sofrimento. Pra mim só realmente valeu pelo epílogo que foi a coisa mais linda que já li na minha vida. Queria muito ler mais sobre esse casal, mas sem tristeza dessa vez.
comentários(0)comente



AlessandraK | @leiturasdavez 14/04/2020

Casal Quente
O casal quente está de volta, com a corda toda!

Mas muitas coisas mudaram, Dom e Greg estão juntos, porém ainda tem Eleanor Baxter, avó de Greg.

Ela tem o dom de fazer sumir qualquer paciência que Dom tenha, as duas vivem em pé de guerra. Eleanor não quer que Dom case com Greg ou tenha filhos com ele, sempre a julgando por ser quem é. O rapaz gosta das duas e tenta ao máximo fazer com que elas se deem bem.

Por ironia do destino Dom se descobre grávida, e precisa escolher entre viver feliz com Greg ou salvar sua vida e a do bebê.

Por questão de lógica, ela some da vida de Greg, o deixando devastado. Ambos seguem suas vidas, mas o destino quer juntá-los novamente. E o casal tem que lidar com as escolhas que fizeram, e se proteger de um inimigo que só quer o mal deles.

Meu casal favorito está de volta!!! Mas não deixe de ver como a história termina!
comentários(0)comente



Aninha de Tróia 02/08/2017

Nunca chorei tanto na vida (nem quando li/assisti Marley e eu). Eu prefiro acreditar que Alguns Anos é um "final" alternativo numa realidade paralela apenas porque a Dom sofre muito e o Holt é um merdinha (desculpe, não encontrei adjetivo melhor) o que é completamente o oposto do Holt de 4 Semanas. Mas ele, felizmente, se redime e volta a ser o príncipe fofo que a Dom merece. Enfim, é um romance maravilhoso e eu recomendo muito: você vai chorar, mas também vai sorrir :D
comentários(0)comente



Jeny 20/02/2020

Uma história q te prende do começo ao fim, fico emocionada com todo desfecho dos personagens, achei maravilhoso cada momento de cada filho de Dom e Greg.
Super recomendo :)
comentários(0)comente



Lavis 18/05/2020

Louca
Eu amei muito a Dominique, ela é louca e não economiza palavras, a história e bem tensa em questão das ameaças e tals.
Avó maldita, quando geralmente você pensa de uma avó, você imagina aquelas senhoras fofinhas que querem te dar carinho, mas a velha desse livro é uma maldita e como diz a própria Dominique: mal amada, filha da p***
Eu morria a cada falta de diálogo entre eles, queria pegar eles e colocar sentados um de frete pro outro e falar "conversa inferno, explica seu ponto!" E enquanto um falava mandava o outro se calar.
comentários(0)comente



Lidce 21/05/2020

Que história!
Livro incrível! Chorei, sorri, tive momentos de impaciência... Um livro, de quase 500 pág, que acontece MUITA coisa! Recomendo muito! Livro Hot com uma história maravilhosa.
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4