À Flor da Pele

À Flor da Pele Helena Hunting




Resenhas - À Flor Da Pele


55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


anarsmoreira 18/06/2020

Bom, porém esperava algo melhor!
O livro tem tudo pra ser ótimo porque fala sobre assuntos sérios, mas não achei que foi bem desenvolvido! Muitos falam que o segundo livro explica melhor e é bom, mas perdi a vontade de ler.
comentários(0)comente



Lena 05/06/2020

Esse livro poderia não ter acontecido se ambos os protagonistas tivessem feito terapia depois dos traumas que passaram. Parece que passa mais de trezentas páginas e nada acontece. É só o Hayden e a Tenley pensando se vão ou não contar sua história um pro outro.

A Tenley é a mais irritante. Parece que a personalidade dela se resume a garota que a família morreu durante um acidente.

Além disso, o relacionamento dos dois parece que se resume a sexo e a tatuagem que o Hayden vai fazer na Tenley. Não parece verídico e parece que de uma hora pra outra os dois estão declarando juras de amor eterno.

Enfim, o livro é uma bagunça. Não recomendo.
comentários(0)comente



May 11/05/2020

Um livro clichê, mas que te prende a leitura e te envolve pra querer saber o passados dos personagens. Ambos traumatizados e que não conseguem se libertar do passado. O relacionamentos dois incialmente é um scape para ambos, o que acontece em muitos livros dessa temática.
comentários(0)comente



becca 09/05/2020

A história prende desde o começo e te intriga a saber os segredos de Hayden e Tenley e como um vai ajudar o outro a superar o seu passado.
comentários(0)comente



Myllena 04/05/2020

Decepção
Quando li a descrição e algumas resenhas, acreditei que finalmente havia encontrado o livro que me arrancaria da ressaca literária, parecia ser interessante, já que a Tanley tinha todo aquele drama em seu passado, bem como a Hayden, mas não passou de um new adult clichê no qual o bad boy decide que quer a garota misteriosa e um monte de cenas com bebidas, strippers e sexo, não tenho mais paciência pra isso. É algo que eu gostaria muito de ler quando tinha 15 anos, mas, sinceramente, não indico pra quem busca uma leitura com um bom romance. É uma mistura louca de Belo Desastre, 50 Tons de Cinza e Easy.
comentários(0)comente



Aninha | Estante de Instantes Blog 18/03/2020

Releitura
Eu gosto muito das cenas sensuais que a Helena Hunting escreve, pra mim é o ponto forte dela. Esse livro tem drama e eu gostei, mas nessa segunda vez lendo o Hayden me deu um pouco nos nervos com certos comentários e pensamentos machistas.
Mas, fazendo vista grossa a isso, é uma história bem legal!
comentários(0)comente



Janise Martins 28/07/2019

À Flor da Pele
A escrita Helena Hunting é tranquila, clara e flui muito bem, tornando a leitura rápida e prazerosa. Narrado na primeira pessoa pelos protagonistas Hayden e Tenley, o que tenho percebido ser minha preferência. Assim podemos ter mais proximidade com o personagem, não que seja regra. Apesar da alternância de personagem na narração, Hunting liga um capítulo ao outro, sem que nada se perca.
Logo no início eu já “ri”, foi quando Hayden pensa: “Os cabelos de Tenley esvoaçaram quando ela se virou. O aroma de baunilha se dissipou quando ela virou a esquina, deixando um cheiro de cupcakes no ar.” Fico tentando imaginar se algum homem na face da terra faz isso quando uma mulher vira as costas, sem ser cego, claro! Hehehehe… mas não ligo, gosto de ser enganada.
Com o desenrolar da história vamos descobrindo que os dois trazem traumas de um passado triste e doloroso. Os dois querendo deixar para atrás as dores, fugir.
É gostoso forma como eles vão se aproximando, diálogos meio atrapalhado, sem aquela atração fatal e cama quase na mesma hora. Aqui a autora foi mais racional e delicada. Gosto como Hayden vai se expondo aos poucos. Gosto mais quando a narrativa é dele, ele é mais intenso e envolvente. Gente!! Descobri o que é apadravya, mas não tenho um conceito formado a respeito, ainda. Acho que fiquei curiosa, depois do desconforto na busca no google hehehehehehe… vivendo e aprendendo! Mas voltando… (Hayden me distrai) é incrível como a personalidade de Hayden e Tenley são diferentes na escrita de Helena Hunting, é como se fossem duas pessoas escrevendo o livro. Deve ter dado trabalho a ela, por ter que se desligar de um para poder ligá-los. Quem ler entenderá do que falo.
E como não podia deixar de ser, ou poderia, tem aquele clichê de esconder segredos um do outro, até que outro descobre na hora “errada”. Com isso a coisa complica e o final é… daquele que você vira a página, pega a última folha e fica esfregando na ponta para ver ser a última folha não está grudada e tem uma outra última folha. Aí bate um vazio e dá vontade de falar um palavrão na falta de argumento melhor para maldade da autora com o leitor. Agora é amargar até o próximo livro, cara… (piiiiiiiiiiiiiiiii).
Recomendo a leitura, é uma história de amor bonita e envolvente.

site: http://janiselendo.blogspot.com.br/2016/02/a-flor-da-pele.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Doris 06/05/2019

Envolvente...
O livro trata sobre como o bloqueio emocional causado pelo passado pode travar todo o futuro e que para conquistar coisas novas não é preciso fugir do que aconteceu antes...

Acho que deveria ser uma pouco mais resumido, mas a curiosidade envolve até o final.
comentários(0)comente



Ingrid.Oliveira 25/01/2019

Da série ausência de noção
Terminei de ler agora e estou indignadissima. Eu por hora achei que estava lendo After e que o Hayden na verdade era o Hardin. AFF. Tatuagens, possessividade, rebeldia... Isso lembra o que? After, Hardin.

Tenley passou por muitas coisas, ok, mas passar por coisas não faz de você uma idiota que cede a tudo que os outros querem e nem te faz deixar ser controlada por um homem possessivo só porque ele é legal e transa bem.

Os personagens desse livro são todos uns fodidos.

A leitura é envolvente, apesar dos pesares, mas quando vai chegando ao fim você não acredita que o livro vai terminar dessa forma, apesar de ter continuação.

Se você gosta de passar raiva, vá em frente. Tirando isso, tem uns New Adults bem melhores e que valem o seu tempo e atenção.
Carol 13/07/2019minha estante
Qual o livro dos últimos tempos que você leu e te alucinou que você indicaria?


Ingrid.Oliveira 13/07/2019minha estante
Eu não sei te dizer, pq leio muita coisa. Mas acho que o último romance que me deixou pirada foi Sem Amor, da Katy Regnery.


Carol 14/07/2019minha estante
:)




Larissa.Castro 08/01/2019

Nem ferrando que eu vou ler a continuação.
Começou bem, gostava dos dois, mas a Tenley com o passar do livro parecia que tinha mudado de personalidade do nada, achei estranho apesar de gostar mais da "2° personalidade". Achei o Hayden bem machista, ciumento e possessivo, deus me free de ler o 2.
Ingrid.Oliveira 25/01/2019minha estante
Terminei de ler agora e estou indignadissima. Eu por hora achei que estava lendo After e que o Hayden na verdade era o Hardin. AFF. E a Tenley só a morte a garota. Uma marionete desse tal de Trey.


Larissa.Castro 25/01/2019minha estante
Nao li after, mas se for abusivo como esse to fora.


Ingrid.Oliveira 25/01/2019minha estante
O que? After abusivo? O Hayden é perfeito comparado ao Hardin. O Hardin é hard, vida louca. Aquele cara é o escrotismo em pessoa, não que a Tessa seja muito diferente. After é uma bosta, mas a autora escreve tão bem que eu li 5 livros sem nem ver. Kkkkkkk




Bruna | @bmartinssss 23/03/2018

O dia que deveria ser o melhor dia da vida de Tenley acabou se transformando no pior pesadelo e a garota precisa conviver com isso pro resto da vida. Tenley, seu noivo, a família e amigos de ambos estavam em um avião rumo ao casamento dos sonhos, porém o avião cai e Tenley é a única sobrevivente. Enterrada na culpa, Tenley passou meses sob medicação forte, porém agora ela quer recomeçar sua vida longe da cidade que nasceu e que a lembra todos os dias de tudo que perdeu.

Ela se muda para Chicago, começa fazer um mestrado e tem um trabalho de meio período na lojinha embaixo de seu apartamento. Entre altos e baixos, aos poucos, tudo está indo bem. Até conhecer Hayden, sobrinho da dona da loja e o dono do estúdio de tatuagens do outro lado da rua.

Hayden também tem seus traumas, cravados na alma e na pele, e luta para seguir em frente longe de tudo que o destruiu no passado. Ele sente uma necessidade enorme de proteger Tenley, além de querer desvendar o mistério que a garota representa. Já Tenley vê no tatuador tudo que ela sempre quis, mas que nunca pode ter por sempre viver nas regras “certinhas” de sua antiga vida. Ela acredita que uma tatuagem possa curar suas feridas e confia apenas em Hayden para desenhá-la. Nesse processo, eles vão abrir seus corações e expôr suas mágoas, e assim trilhar um futuro incerto cheio de paixão.

A história já é conhecida e clichê, porém a maneira que os personagens são construídos e como vão crescendo aos poucos é o diferencial. A carga emocional que os personagens carregam é enorme e é muito legal de ver, ao longo da leitura, eles se abrindo um para o outro, mostrando suas realidades. O passado de Tenley e Hayden é triste e doloroso, porém a autora aborda temas reais e atuais, que fazem o leitor refletir bastante.

Gostei da maneira que Helena Hunting escreve, mesclando os capítulos narrados por Tenley e Hayden. É gostoso de ler o pensamento de cada personagem e como eles reagem aos acontecimentos da trama individualmente, da mesma maneira que é maravilhoso acompanhar o crescimento pessoal de cada um e como um casal. Os personagens secundários são cativantes e divertidos, acrescentando na medida certa na história do casal. À Flor da Pele tem uma continuação com o desfecho do casal, Marcados para Sempre.

Leia mais resenha em:

site: https://bmartinss.wordpress.com/
Bruna | @bmartinssss 23/03/2018minha estante
O link para acesso do blog: https://bmartinss.wordpress.com/




Camila Marcondes 31/01/2018

...
Não desceu.

O livro não me prendeu. Os personagens achei sem graça, e sem muito conteúdo. Principalmente Tanley, achei ela uma personagem chatinha

O engraçado foi que ela era super tímida e certinha no começo e do nada ela começou a pedir para o Hayden dormir com ela só por uma noite e depois podia começar as regras dele.

Me imprecionei quando descobri que ela teve um marido, estava achando que ela era virgem e nunca tinha tido algum relacionamento antes

Esperei muito e fui muito cheia de expectativas por um livro que falou muito na descrição e não mostrou muito na história. Esperava mais.

Achei a ligação do casal forçada.
comentários(0)comente



Ray 21/12/2017

É difícil eu abandonar um livro, mas esse não deu. Li somente os 3 primeiros capítulos e foi o suficientes, sinceramente achei a química deles muito forçada, todo cheio de clichês, não aguento mais ler tudo do mesmo. Tinha tudo pra ser um ótimo livro mas não me cativou, infelizmente... Quem sabe, futuramente, eu não dê outra chance? Vi que ele foi bem avaliado, e tem boas críticas, mas, no momento, pra eu é não.
Renata Leal 08/01/2018minha estante
Eu também não consegui ler tudo... Dificilmente abandono algum livro. Mas eu li 13 capítulos, e não teve desenrolar da história. Achei massante...


Ray 13/02/2018minha estante
Tive o mesmo sentimento :/




Bee Moon 10/09/2017

Senhoor!
Meu Deus, pra quê dois livros? Que livro enrolado demais, não sei como consegui terminar de ler. Do índio pra metade tava chato, mas aí começou a esquentar. Da metade pro fim tive que ter muita paciência pra continuar a leitura. Eu entendo todo o drama dos personagens, mas não acho que deveria ter rendido tanta página. Não acontece nada de muito interessante no livro, o final dos capítulos não te faz querer passar pro próximo. O livro é bom, sim, a autora escreve super bem, mas ainda achei super cansativo. Me apaixonei por Hayden a cada capítulo. Já Tenley não me apaguei muito a ela, acredito que o livro tenha rendido por causa dela. Ela passou por um trauma muito grande e eu entendo que cada pessoa lida com isso de uma maneira diferente, mas isso não me tira o direito de sentir raiva de algumas cenas. Eu ficava furiosa com a teimosia dela. A pessoa dava conselho pra ela e nada dela ouvir, aquela cena com orientador dela me deixou feliz porque eu pensei que ela finalmente tinha dado um passo pra frente, mas aí quando ela tá em casa e conversa com Sarah ela acaba retrocedendo. Aff! Tô com preguiça de passar pro próximo livro.
Deyse 18/06/2018minha estante
undefined




55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4