Galveston

Galveston Nic Pizzolatto




Resenhas - Galveston


44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Frederico.Zanitti 07/06/2020

Emocionante e empolgante
O livro começa um pouco atestado mas depois o desenrolar da história nos prende e nos faz querer ler mais e mais até saber o desfecho de tudo. Emocionante pelas diferentes histórias que se cruzam de Roy e Rocky. Empolgante pelas constantes situações em que ambos precisam ser encontram. O final é de chorar.
comentários(0)comente



Maria 31/05/2020

Dessas leituras que fluem bastante e nos faz amar personagens cheios de defeitos e problemas!
comentários(0)comente



Adriana 21/05/2020

No livro “Galveston” é narrado uma historia de ação com mistura de romance, mas sem muito profundamento no contexto. Não é uma história surpreendente, mas é não tão ruim para quem quer ler algo sem muita exigência.
comentários(0)comente



Brenda Hévene 09/04/2020

Bem legal! O Roy, um matador/protetor, chega até ser irônico, mas este é o cowboy. Gostei bastante do livro. Do meio para o final ficou melhor ainda. Me surpreendi muitooo com o final, inesperado!
comentários(0)comente



Rodrigo Queiroz 03/04/2020

É bomzinho, porem deixou a desejar no final
comentários(0)comente



Lucas Alvares @lucasalvares_ 02/04/2020

"Galveston" é uma leitura rápida e bem ok também! Nada de surpreendente, mas nada de ruim. Um romance com mistura de ação... Ou ação com mistura de romance? Vale a leitura sim, mas sem esperar muita coisa de especial. A construção da história é interessante e há um objetivo (raso) a ser alcançado, e o autor entrega isso.
comentários(0)comente



Barbi.Lopes 01/04/2020

A temporalidade e a angústia.
A última página lida de Galveston deixou o gosto amargo do tempo sobre nossas vidas.

Em suas cinco partes nos confrontamos com a dimensão da temporalidade. Seja em reminiscências, onde a saudade de um tempo vivido predomina, ou na incerteza que o futuro transmite. A angústia, sentimento inerente ao ser humano, se faz sentir nas palavras de Roy.

A historicidade dos personagens é rica, sendo possível compreender seu contexto atual ao nos depararmos com os caminhos que os levaram até o presente.

Ressalta-se a relevância do contexto, de se ter uma figura de apego e relações afetuosas para a vida de qualquer indivíduo.

Por estes, e outros motivos, Galveston conversa com o existencialismo, e se configura como uma leitura real demais para ser lida sem se sentir, minimamente, tocado.
comentários(0)comente



Kamilla 27/03/2020

Emboscada
Tudo começa quando Roy descobre uma doença terminal e sua intuição o avisa que o serviço para qual o seu chefe o manda é uma emboscada, e ele está certo, mas ainda não é o dia de sua morte, e ele escapa ileso.
Nessa emboscada, Roy salva a pessoa que estava lá pra que ele *salvasse*, uma prostituta de 18 anos, que acaba atraindo mais e mais problemas para ele... É um livro que você não consegue desgrudar desde a primeira página, e o final... Ah, é surpreendente...
comentários(0)comente



Karime 13/03/2020

Li na sinopse "a morte sempre a apenas um carro de distância" e achei que seria aquela caçada eletrizante, mas isso só acontece uma única vez e é no fim do livro. Sem contar que ele detalha até demais momentos aleatórios e não faz isso com o principal. Porém, apesar disso tudo, gostei do personagem principal.. foi o que deixou o livro bom.
comentários(0)comente



Rinaldo 09/03/2020

Um homem...uma história.
Cara durão...mas nem TD é o que parece.
comentários(0)comente



Eduardo.Gomes 08/03/2020

Interessante
A história no começo devagar, me prendeu do meio para o fim, apesar disso o final não é dos melhores
comentários(0)comente



Cesar 26/02/2020

Não recomendo
Comprei na Amazon por 8 reais e porque na capa citava que o autor é o roteirista de True Detective, série que eu gosto bastante.
Li muito rápido, mas não porque estava gostando e sim porque queria que acabasse logo. Poucos momentos são bons e o tempo todo a gente fica imaginando que vai acontecer algo interessante e nada. E quando, por ventura acontece, são narrados de maneira tão besta que até perdem a graça. Os ?plot twist? não funcionaram direito também.
comentários(0)comente



Bárbara 13/02/2020

Razoável
Um livro que do início ao fim, é uma mesmice.
comentários(0)comente



lore 12/02/2020

Achei que seria um livro muito bom, a história não é envolvente, confesso que esperava mais...
comentários(0)comente



Davi 13/01/2020

Mais perdido que cego em tiroteio
Assim, eu entendi mas não entendi. Mas consegui tirar uma conclusão desse livro: todo roteirista que escreve um livro acaba colocando muita coisa do seu trabalho para construir a narrativa e isso acaba com o livro. é isso.
Pedro H 13/01/2020minha estante
Entendi, mas não entendi muito kk


Davi 13/01/2020minha estante
kkkkkk nem sei mais viu




44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3