Regras do Jogo

Regras do Jogo James Dashner




Resenhas - Regras do Jogo


8 encontrados | exibindo 1 a 8


victor lopes 20/02/2019

Desisti de ler no momento em que o seguinte fato ocorreu:
- Personagem principal está fugindo de um hacker poderosíssimo e pra isso criou identidade falsa e se hospedou em um hotel. Conseguiu se esconder do hacker com sucesso. Maravilha. Parabéns!
- Cena seguinte: Namorada do personagem aparece na porta do quarto de hotel dele. Briga com ele. Vai embora. ZERO EXPLICAÇÕES SOBRE COMO ELA CHEGOU ALI E COMO SABIA QUE ELE TAVA ALI!
SE A NAMORADA SABE, COMO QUE O HACKER NÃO SABE?
Pelo amor de deus! É isso. Obrigado. Beijos.
Lianasagi 20/02/2019minha estante
Adorei a sinceridade! rsrs, bom saber disso tudo... se um dia eu resolver ler, já vou preparada!! hahaha.. :-D


Micaela @ninfadomar 20/02/2019minha estante
kkkkkkkkkkk mulher sabe de tudo pô


victor lopes 22/02/2019minha estante
Ai gente, complicado esse livro kkkkkkkkkkkkkkkkkk


Carol Louback 03/04/2019minha estante
Tenho que concordar que mulher sabe de tudo, consegue descobrir qualquer coisinha, principalmente quando quer brigar com o namorado. kkkk
Mas realmente não dá, não convence o livro né.




lucas_araujo 17/02/2018

Regras do Jogo (A Doutrina da Morte #2)
Já faz um bom tempo que li este livro, porém decidi fazer a resenha dele. Então, vamos lá!

Regras do Jogo é o 2º livro da saga “A Doutrina da Morte”, a continuação de “O Jogo Infinito”. No primeiro livro, pode-se vivenciar o conhecimento de como funciona a VirtNet, a transição do mundo real e virtual, o(s) possível(is) vilâo(s), descobertas e bastante aventura entre os três protagonistas.

Neste segundo não é diferente. As descobertas cada vez impressionam. Michael prioriza a busca de informações do corpo em que roubou e que está sendo habitado por ele. Logo, ele percebeu que o garoto cuja teve a vida roubada tem uma família e ama uma menina, sua namorada, o que complica ainda mais a vida de Michael, já que agora tem problemas em ambos os mundos.

Contudo, o livro é bem mais “agitado” comparado ao primeiro. Desta vez, passa-se a maior parte do tempo na vida real, mas sempre com aquele perigo. Kaine mostra-se um ser bem mais poderoso, preparado sempre para tudo do que vem de Michael, Sarah e Bryson.

Este livro me prendeu bastante, a leitura flui bem. É tão bom quanto o primeiro. Conseguimos imaginar tudo, principalmente como as tecnologias são empregadas em favor dos amigos com a utilização dos códigos e/ou programas envolvidos. Muita ação Pudemos obter várias respostas, mas também surgem varias dúvidas durante a leitura e claro reviravolta no final que é um marco durante as obras do escritor o que me elevou as expectativas para ler o ultimo da série “A Ultima Fase”.
comentários(0)comente



Rachel 13/02/2018

Esse volume é sensacional! James raramente decepciona com suas obras, e a continuação se adequou perfeitamente ao esperado. Obtemos algumas respostas, e ganhamos também novas dúvidas. Os planos de Kaine estão sendo cada vez mais sucedidos, mas assim como no volume anterior, ele é o vilão nas sombras. Muito se fala dele, e pouco ele aparece. É pra criar um suspense, claro, mas eu queria mesmo ver o nosso vilão de fato causando o terror.
Enquanto O Jogo Infinito passa mais na VirtNet, Regras do Jogo se passa na maior parte do tempo na realidade, o que promove um contra-balanço. Gostei bastante de ver como é o outro lado da moeda, os humanos fissurados pela tecnologia, e os perigos que nossos protagonistas correm, tendo de descobrir como lidar com eles sem poder manipular os códigos para hackear e se safar.
É um livro inteligente, engraçado e repleto de ação e mistério. Não contem grandes revelações, porém, o pano de fundo é muito bem trabalhado, nossos personagens melhor caracterizados, e ao decorrer da história, nos vemos na mesma situação de Michael, Sarah e Bryson: sem poder confiar em ninguém.
comentários(0)comente



Clube do Farol 13/09/2017

Regras do Jogo. Clube do Farol.
Resenhado por: Milly (@codigoliterario)

"Se a humanidade é capaz de criar um outro mundo tão parecido com o nosso, como podemos saber o que é real e o que não é?"

"Regras do Jogo" é segundo livro da trilogia Doutrina da Morte e sinto que minhas expectativas sobre ele não fora atendidas. Se você leu o primeiro livro, lembra-se daquele final fantástico que faz querermos correr para ler o segundo livro (Se você ainda não leu o primeiro, saiba que essa resenha vai ter spoiler grande sobre ele, então leia o primeiro livro e depois essa resenha, para não estragar sua leitura), bom eu realmente não tinha uma ideia concreta do que aconteceria nesse livro, mas sentir novamente a dificuldade de me apegar aos personagens.

Realmente isso não fez que o livro fosse ruim, apesar de desgostar de algumas cenas e diálogos, a narrativa foi fluida, e deu para levar com facilidade, ainda mais por todos os acontecimentos que estava ansiosa para ler depois do final de Jogo Infinito, onde Michel descobre que era um Tangente, assim como Kane, que agora foi tecnicamente “baixado” para um corpo humano, uma pessoa que possui uma vida, com família, namorada e que agora pode não existir mais, se sentindo um invasor e assassino, agora estando na Vigília (mundo real) e sem poder entrar no Sono (virtual) por Kane está no controle de tudo, ele tem que encontrar Sarah e Bryson,e pensar em um forma de deter a Doutrina da Morte.

Com todo esses acontecimentos obviamente é um livro bem mais movimentado, Kane se mostra bem mais poderoso do que se imagina, e suas motivações para tudo que está acontecendo continuam obscuras, quando Michel, Sarah e Bryson dão um passo a frente, Kane já deu cinco a mais, eles ficam praticamente o tempo todo ou sendo manipulados por Kane ou pela SVV, o que deixa mais interessante por um lado, confesso que cada passo que eles davam, eu já imaginava o que daria de errado e quem seria o culpado por isso rs, as coisas são bem complicadas para eles, o lado ruim é que isso atrapalhou muito minha tentativa de me afeiçoar a eles, pois para mim ficaram muito na linha de se acharem foda, os melhores, mas não conseguir passar isso através da leitura, mesmo quando faziam coisas admiráveis.

Regras do Jogo foi salvo em minha opinião da mesma forma que Jogo infinito, pela reviravolta do final, ele consegue prender a gente nessa trilogia, para saber o que vai acontecer claro que durante o livro inteiro ele consegue te segurar na leitura te jogando uma dose aqui e ali de suspense, ainda mais com toda essa tecnologia envolvida, programas e códigos desse mundo virtual, o que aumenta mais seu gosto pela leitura, mas a nota com toda certeza foi aumentada por esses finais muito bons.

E eu passei a gostar mais do Michel desse segundo livro do que do primeiro, apesar de alguns momentos reviradores de olhos que dei para ele, Sarah não me fez criar vínculos forte, alguns momentos de raiva por certos diálogos meio superiores dela, e Bryson talvez seria um personagem muito mais legal se ele fosse desenvolvido melhor, não estou falando no geral, mas teve momentos que ele era meio que jogado de lado, apenas soltando uma piadinha aqui e ali.

Bom é isso que tenho para falar do segundo livro desse universo que mistura o real e o virtual, é uma trilogia que vale a pena ser lida, apesar da minha implicância com os personagens, a história no geral é muito boa.

site: https://clubedofarol.blogspot.com.br/2017/06/regras-do-jogo-doutrina-da-morte-2.html
comentários(0)comente



Carol Rodrigues 03/07/2016

Michael agora sabe que é um Tangente, e Kaine está atrás dele, alegando precisar de sua ajuda. Michael acorda no corpo de um garoto, que depois descobre se chamar Jackson Porter. A família dele está viajando, mas a namorada, Gabby, o alcança e após uma curta conversa, percebe que não reconhece mais o namorado.
Após muita luta, Michael consegue fugir dos guardas de Kaine e vai atrás de Sarah na Vigília. Ele precisa de seus amigos mais do que nunca.
Nisso, os pais de Sarah são sequestrados, e Michael se sente mais culpado do que nunca. Ele roubara a vida do pobre Jax, e ainda estava arrastando os amigos para aquela encrenca. Mas Sarah insiste que irão até o fim juntos e, para isso, precisam localizar Bryson.
O problema é que eles precisam tomar cuidado. Kaine parece estar em todos os lugares, tanto no Sono como na Vigília. Tem olhos espalhados por todos os cantos, e para descobrirem os planos de Kaine, os três precisam constantemente se disfarçar. Na vigília, eles estão sendo acusados por sequestro, ciberterrorismo e assassinato, o que não ajuda muito. Nem mesmo a SSV parece disposta a salvá-los da missão, uma vez que por conta da própria SSV eles tinham se metido com Kaine.

Esse volume é sensacional! James raramente decepciona com suas obras, e a continuação se adequou perfeitamente ao esperado. Obtemos algumas respostas, e ganhamos também novas dúvidas. Os planos de Kaine estão sendo cada vez mais sucedidos, mas assim como no volume anterior, ele é o vilão nas sombras. Muito se fala dele, e pouco ele aparece. É pra criar um suspense, claro, mas eu queria mesmo ver o nosso vilão de fato causando o terror.
Enquanto O Jogo Infinito passa mais na VirtNet, Regras do Jogo se passa na maior parte do tempo na realidade, o que promove um contra-balanço. Gostei bastante de ver como é o outro lado da moeda, os humanos fissurados pela tecnologia, e os perigos que nossos protagonistas correm, tendo de descobrir como lidar com eles sem poder manipular os códigos para hackear e se safar.
É um livro inteligente, engraçado e repleto de ação e mistério. Não contem grandes revelações, porém, o pano de fundo é muito bem trabalhado, nossos personagens melhor caracterizados, e ao decorrer da história, nos vemos na mesma situação de Michael, Sarah e Bryson: sem poder confiar em ninguém.
comentários(0)comente



Patricia Paiva 09/04/2016

Após o final do primeiro livro não havia como não pegar esse logo em sequência. Sem dúvidas descobrir que Michael na verdade era um tangente elevou as minhas expectativas para esse segundo livro, mais ainda do que descobrir que o vilão também era um tangente. E mais uma vez sinto que Dashner me deixou na mão.

Nesse segundo livro, após a descoberta bombástica e da estranha visita da agente, Michael decide que precisa primeiramente descobrir mais sobre o corpo que está habitando, sobre quem é a pessoa cuja vida ele roubou. E ele logo percebe que o garota em questão tem uma família que o ama e até mesmo uma namorada. Isso obviamente pesa sobre Michael e ele percebe que precisa da ajuda de seus amigos. Porém não será tão fácil assim. Foi-se o tempo em que Kaine não poderia te perseguir na Vigília. Apesar de não se pessoalmente, Kaine envia outros tangentes que assumiram corpos humanos para irem atrás de Michael, pois aparentemente ele precisa da ajuda dele para alguma coisa. Michael foi o primeiro tangente a fazer essa travessia e sem dúvidas isso deve significar algo.

Então os planos de Michael para encontrar seus amigos já começam muito bem, pois ele está impedido de entrar na VirtNet, que agora está praticamente dominada por Kaine, e os lacaios do vilão estão o perseguindo na Vigília. Esse livro por final fica mais focado na Vigília mesmo, os personagens passam a maior parte do tempo deles acordados, lutando contra os tangentes e todas as outras armadilhas que Kaine criou para impedi-los. E ao mesmo tempo que os 3 protagonistas tentam superar todos esses desafios, ele ainda precisam descobrir onde Kaine está escondido e também precisam entrar em contato com a SSV.

Nesse segundo livro a narrativa se mantém fluida o livro todo, é basicamente um livro a ser devorado, independentemente de ser ou não tão bom quanto Maze. Na outra resenha eu comentei sobre o potencial não aproveitado nesse universo virtual. Nesse livro como o foco está na maior parte do tempo no mundo real, esse problema não ocorre tanto. Acho que o autor consegue criar uma estória mais firme e empolgante quando limitado pelo realidade.

O final mais uma vez deixa aquele gancho básico que te faz desejar o próximo. Acabei dando 4 estrelas para esse livro também, graças a narrativa empolgantes. A edição do livro segue o padrão da primeira, e a capa mais uma vez está linda.

Sem dúvidas é uma série que vale a pena ser lida e estarei esperando então pela publicação do terceiro livro.

site: http://www.ciadoleitor.com/2016/04/resenha-regras-do-jogo-de-james-dashner.html
comentários(0)comente



Wellington 29/01/2016

Final intrigante, James Dashner acertou de Novo
Desde o final do primeiro que foi uma surpresa atras da outra... Já comecei esse livro animado, e sem duvida foi melhor que o O JOGO INFINITO "pra mim", a historia começou mais intensa e Rápida "" uma da características que gosto na escrita do Dashner,Tudo Rápido, com detalhes, mas rápido, sem muito espaço pra sentimentos românticos e pensamentos melancólicos. Bastante mistério que tem prende na leitura... Este autor é muito bom, Meu Favorito"".
O final desse Livro foi intrigante, me surpreendeu. Fiquei perdido. faz querer ler o próximo, a reviravolta que o Dashner cria é simplesmente impressionante... eu recomendo, NÃO É UM MAZE RUNNER mais com certeza está quase lá.
comentários(0)comente



Rodrigo 23/09/2015

Regras do Jogo é o segundo volume da trilogia Doutrina da Morte, escrita por James Dashner.

Depois de descobrir que na verdade é um Tangente, todo o mundo de Michael virou de cabeça para baixo. Agora, o garoto têm problemas que transcedem o VirtNet. No corpo de uma pessoa desconhecida, Michael se vê no papel de tentar descobrir quais são os planos de Kaine, mas ele precisa ser rápido pois o maléfico plano da Doutrina da Morte já está sendo implantado...

Socorro! Eu estou pagando a língua com essa série por tudo que eu falei mal do James Dashner em Maze Runner! Mas gente, é o seguinte, a história do Thomas e de todo aquele mundo apocalíptico não me convenceu nem um pouco. Os três livros de Maze Runner, ao meu ver, foram mal elaborados, maçantes e incoerentes, o que acabou gerando meu descontentamento e até raiva por ter perdido meu tempo lendo aquelas coisas infundadas. Mas enfim, eu sou teimoso e acredito que as pessoas merecem uma segunda chance de reconciliação e bem, eu dei a segunda oportunidade ao Dashner e ele conseguiu me arrebatar com A Doutrina da Morte. O primeiro livro da série, foi ótimo! Eu fiquei: nossa, Dashner tu demorou pra me conquistar mas quando conquistou me pegou de vez.

Antes de começar a ler Regras do Jogo, eu tinha medo de o autor fazer uma cagada como fez em sua série anterior. De se perder na história e acabar destruindo toda a maravilha que foi o primeiro volume, mas TCHARAMMMM... A sequência se mostrou tão competente quanto o seu antecessor e ainda me fez ficar mais curioso para saber o que irá acontecer. (E eu espero, do fundo do meu coração, que o senhor James Dashner consiga responder todas as perguntas que ele está jogando ao longo da história.)

Enquanto em Jogo Infinito, estávamos submersos na realidade virtual em que as pessoas dessa nova sociedade passam a maior parte do tempo, em Regras do Jogo embarcamos em uma odisseia entre mundo real e a realidade virtual. Em ambos, o clima é tenso, pois Kaine é uma ameaça tanto dentro do VirtNet quanto fora dele. E nesse jornada para destruir um Tangente que deseja dominar o mundo, Michael e os seus amigos terão de descobrir em quem realmente devem confiar.

O livro possui muitas, mas muitas cenas de ações, o que deixa o leitor vidrado. Mas além disso, traz grandes dúvidas sobre o que realmente é a Doutrina da Morte e o quão sério é esse plano ambicioso. Os personagens, devido à tudo que está acontecendo, apresentaram uma evolução, o que me fez gostar ainda mais deles. A posição desses garotos à situação em que estão vivendo, é admirável!

Enfim, eu gostei bastante dessa continuação e espero que sua sequência faça jus à todo o bom trabalho que Dashner deixou nos dois primeiros tomos. Recomendo fortemente para quem gosta de grandes jornadas que envolvam planos, mistérios e segredos. Também é um prato cheio para quem curte ficção-científica e vídeo-game.
Raquel Pedruzzi 06/11/2015minha estante
Já comecei a ler o segundo e estou com boas expectativas. Adorei o primeiro livro com suas revelações e reviravoltas. Realmente o autor acertou na veia com essa nova série.




8 encontrados | exibindo 1 a 8