O Órfão de Hitler

O Órfão de Hitler Paul Dowswell




Resenhas - O Órfão de Hitler


44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Carlos.Magnun 03/04/2020

Marcante
Livros sobre o nazismo são sempre marcantes. Um relato dinâmico que coloca o leitor dentro de ambientes doentes de fanatismo ideológico. Infelizmente vemos muito desse fanatismo atualmente!!!
comentários(0)comente



Natalia Fernandes 29/03/2020

Órfã de uma continuação
O livro é maravilhoso, uma história contagiante, que te prende do começo ao fim!
Por ser passar na Segunda Guerra, traz alguns detalhes horríveis e trágicos para quem viveu nessa época, por esse motivo eu vejo como o autor me fez mergulhar e me sentir na atmosfera!!
Por alguns momentos, me fez acreditar q podia ter sido uma história real!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



mreane 24/09/2019

ok
diferente da maioria dos livros que se passam na segunda guerra O Órfão de Hitler não conta uma história tocante de judeus que sobreviveram ao Holocausto ou alemães do tipo Hans Hubermann, mas sobre jovens que simplesmente queriam viver como jovens. Achei mt legal mostrar esse aspecto menos comentado sobre a 2° Guerra, além de mostrar como o regime nazista usou da alienação e repressão pra continuar no poder. Em alguns pontos achei que o autor forçou muito no drama e no montão de palavras em alemão, mas de resto foi bem gostosinho de ler. Eh isto
comentários(0)comente



Edsondasilvacg 20/07/2019

Sobre o livro - O Órfão de Hitler – Paul Dowswell
O Órfão de Hitler – Paul Dowswell - Esse romance leva o leitor para Alemanha do século passado, sua narrativa é bastante envolvente. A leitura não deixa o leitor exausto, faz com que, ele queira devorar o livro por completo. O autor sobre deixa esse sentimento de querer explorar, saber um pouco como era Alemanha de Hitles. Os personagens estão tão conectados com a história, que você chega imaginar as cenas narradas. O menino hora escolhido por uma família tradicional alemã, tem todas as caraterísticas de um verdadeiro alemão. Sendo sua origem polaca. O garoto perdeu seus pais logo cedo, é teve que viver com esse dilema de perdas e recomeçar suas histórias. Apesar que a forma como ele foi se adaptando com o nosso ambiente hitlerista. O mesmo descobriu que mesmo com seu passado triste e tenebroso poderia mudar. Nessa obrar, fica explicita o pensamento nazista da época é toda sua ideologia de supremacia ariana e o plano de 1000 anos de Reich. No segundo plano percebemos que os judeus, mestiços, ciganos, polacos, russos e americanos eram visto como inimigos. A forma como o poder dominou a mente de algumas pessoas. Nessa obra perceber que até para amar e demonstrar seu amor, tem que ter uma estratégia para não ser descoberto. O final quando Peter e Anna e sua mãe tenta fugir de uma perseguição nazista. Sendo que alguns pontos ficaram soltos da história, pois alguns personagens não tiveram algum final esperado nessa trama. Mas alguns relatos nessa obra foram de mulheres que escreveram os fatos ocorridos, mesmo sendo alemã não aceitaram a forma como nacional-socialista estavam cegos pelo poder. Se quiser saber como termina esse romance, recomendo que leia, pois e tão eletrizante, que fiquei imaginando onde estão Peter e Anna, mas acho que eles souberam aproveitar muito esse tempo
comentários(0)comente



bell 11/07/2019

Fatos ficção e Fontes
Piotr bruck um simples menino polonês que vive e nasceu no campo.quando seu país e invadido e seus pais são mortos, detalhe seu pai era a favor da Alemanha e admirava Hitler. ele vive algum tempo em um orfanato e por conta de sua aparência loiro e olhos azuis fazendo dele uma espécie perfeita"Ariana" e falar alemão vai morrar com uma família nazista, mas com uma ideologia radical e fanática o leva a questionar o que está vivendo. Não só ele....
A canção natalina, a decoração, a casa de boneca, podem ser encontradas no museu de história em Berlin.
Os fatos narrados como pesquisa utilizando seres humanos, o bombardeio na prisão e descursos foram alteradas datas e anos para o desenvolvimento do romance.
Mas infelizmente tudo e mais um pouco aconteceu.
comentários(0)comente



Jessica 15/06/2019

Me surpreendeu
Leitura enganadora e que te prende do início ao fim, é tao rico nos detalhes históricos que quem tem nervos sensíveis leia com cuidado rs.
comentários(0)comente



Clarissa 03/06/2019

Um menino polonês perde seus pais durante a segunda guerra Mundial, logo é mandado para um orfanato, porém sua aparência nórdica, uma verdadeiro ariano, lhe salva. Uma família alemã recebe o menino, e assim integrar lo aos ideais nazistas. Vivendo nesse mundo novo, Peter conhece pessoas, e percebe que nem todos são convertidos pelo sistema, que ainda há esperança na humanidade!
comentários(0)comente



valquiria.rezen 17/02/2019

O órfão de Hitler
Menino que perde seus pais, quando a Polônia foi invadida pelos nazistas. Mas sua aparência, seus olhos azuis, pele clara e loiro o ajudam. Foi enviado para uma família nazista. Um romance que nos faz ficar sem fôlego. Vencedor de 6 prêmios.
comentários(0)comente



Stefano 21/12/2018

Ótimo paradidático se você for professor de História
O livro traz as principais características do nazismo e suas formas de atuação.
Monótono em alguns poucos momentos, será muito apreciado pelos alunos, tornando-se uma ótima opção ao batido e muito monótono "Diário de Anne Frank" e aos cinematografados "A menina que roubava livros" e "O menino do pijama listrado"
comentários(0)comente



Grazi 21/09/2018

O Órfão de Hitler
Preciso começar deixando claro: se você veio até esta resenha procurando saber se o livro vale a pena, a resposta é um incontestável SIM!

A narrativa é sobre Piotr, um menino polonês que é tirado de um orfanato e levado até a Alemanha. Por sua descendência alemã e a sua aparência nórdica consegue ser adotado por uma família e passa a ser chamado de Peter.

De certa forma, você cresce junto com o personagem. No início, vendo o nazismo como algo que o salvou de um futuro horrível no orfanato, até o ponto que ele percebe que as atrocidades cometidas pelo “amor à pátria” eram inadmissíveis.

Se você não tem estomago forte o suficiente para aguentar saber sobre um pouco do que o nazismo causou a tantas pessoas, talvez seja melhor investir em outro livro. O autor conta bem detalhadamente sobre os horrores.

Sou apaixonada por livros do gênero, onde a história é um cenário para boas obras. Mas devo admitir que esta, em especial, vai para minha estante de favoritos com um lugar de honra.
comentários(0)comente



Zeca 28/07/2018

O órfão de Hitler
O livro faz uma narrativa muito interessante sobre o nazismo, tanto do.pinto de vista de um polonês, quanto dos alemães. Temos os dois lados da moeda nessa Alemanha repleta de horror, ao mesmo tempo em que Peter vive sua adolescência , seu primeiro amor, sua desilusão com o mundo , e o recomeço .Não podemos deixar de notar os grandes personagens como Segur, Anna,Otto e Ulla, os Kaltenbach , estes últimos dando nos uma ideia real da ideologia na vida de uma familia alemã pratriotica.Ótima leitura para estudiosos de assuntos da Segunda Guerra e Holocausto.
comentários(0)comente



Patricia.Valeria 13/06/2018

O órfão de Hitler
Gostei do livro, acho interessante histórias sobre a segunda guerra mundial...cita vários fatos chocantes, porém considero um livro com falhas por usar muitas expressões alemãs e não citar os significados.
comentários(0)comente



Lua @epigraph9 15/04/2018

Lembrar é preciso!
"Como ele, tinham perdido seus lares, e talvez também seus pais. E, mesmo nesses momentos mais tristes, Piotr suspeitava que o destino os havia tratado muito pior que a ele."
.
Piotr Bruck vivia com a família numa fazenda em Wyszkow, Polônia. Com a segunda guerra mundial rolando, havia boatos por toda parte de que poderia acontecer uma invasão russa o mais breve possível. Só que não foram os russos que invadiram a Polônia, e sim os alemães.
.
Com a morte dos pais, e impedido pelos alemães de voltar pra casa, Piotr é mandado para um orfanato em Varsóvia. O garoto não pode acreditar em quão rápido sua vida mudou. De sua casa quente, com lençóis macios, cobertores e boas refeições à um orfanato frio, em que a fome nunca era saciada e mal se conseguia um par de roupas para vestir.
.
Quando soldados alemães vão até o orfanato pegar crianças, são seus traços que lhes chama a atenção. As crianças devem passar por testes, que deve mostrar se possuem traços arianos, e muitos deles não voltam. Mas Piotr parece ter sorte, ele tem a genética perfeita de um jovem ariano da juventude hitlerista, e foi um dos escolhidos a serem enviados para a Alemanha, onde será designado para uma nova família.
.
Acolhido pela família de um funcionário do governo nazista, Piotr é agora Peter Bruck. Apesar de ser bem tratado pela família, ele não pode deixar de se sentir mal pelas coisas que ouve deles ou mesmo pelas atitudes dos alemães para com judeus e outras pessoas.
.
Ler livros sobre as guerras mundiais não é nem um pouco fácil, ainda mais com alguns fatos contados nesse livro. Como já sabemos a data que a guerra acabou, é impossível pra mim não virar os capítulos torcendo pra chegar o momento da guerra terminar e os personagens pararem de sofrer. É doloroso pensar que, muitas daquelas pessoas achavam que os judeus mereciam o destino que estavam tendo.
.
Acho que nunca me canso dessas histórias, pois é algo que não se deve ser esquecido. E, se não for esquecido, talvez nunca seja repetido. Vocês já leram? Me conta sua opinião sobre ele.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3