vida simples, pensamento elevado

vida simples, pensamento elevado Swami Phabupada



Resenhas - vida simples, pensamento elevado


3 encontrados | exibindo 1 a 3


P. H. de Aragão 26/10/2019

Vida elevada, pensamento simples
Esta pequena publicação consiste, basicamente, de transcrições de palestras do importante guru indiano Srila Prapupada. Ao longo das páginas, ele prega a emergência de um retorno aos campos e a uma vida radicalmente naturalista, em detrimento das modernidades, incluindo aí a luz elétrica. Se tivesse vivido para ver a internet, certamente também clamaria por seu fim.

Segundo Prabupada, tais invenções humanas distanciam as pessoas dos pensamentos elevados. É uma noção correta, mas ao mesmo tempo equivocada. Afinal, o guru fez usufruto máximo dos meios tecnológicos para propagar sua versão das religiões e filosofias milenares da Índia. Ou ele próprio não utilizou como ferramenta eficaz tudo o que condenou?

Nota 4/10

site: https://www.instagram.com/phdearagao/
comentários(0)comente



Ticka 11/01/2013

Vida Simples, Pensamento Elevado.
Todas as glórias ao autor Srla Prabhupada, que coloca o modo de vida da civilização védica, uma realidade histórica comprovada, de acordo com uma “verdadeira” filosofia superior. Na civilização védica os homens com apenas o apoio dos cereais, vegetais e das vacas que lhe davam o leite e seus derivados, construiram uma majestosa civilização, com igualdade, fraternidade, valores morais e éticos elevados.

Hoje, infelizmente o materialismo predomina na humanidade, muitas pessoas deixam a “aparência” sobrepor sua “essência”, o que importa é “ter” e não “ser”.

A economia atual do mundo está contribuindo para a degradação do meio ambiente e dos “seres humanos”. Ao ler “Vida simples, pensamento elevado” é preciso entender os verdadeiros ensinamentos de Srla Prabhupada, compreender a teoria do “mínimo necessário” e que a meta da vida é buscar Deus, mas em vez disso, as pessoas se deixam confundir pela manifestação externa da energia material.
comentários(0)comente



RodrigoPJ 30/01/2010

Muito radical pro meu gosto. E xinga quem pensa diferente.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3