Crepúsculo

Crepúsculo Stephenie Meyer




Resenhas - Crepúsculo


2542 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


nath* 10/07/2009

Patético ;)
É muito mais fácil falar da Saga Crepúsculo e não apenas do livro, porque é incrível como a série vai piorando a cada livro que passa.
Devo admitir que, num primeiro momento, gostei do livro. Mas depois quando parei pra pensar vi que o livro é muito ruim. Acho que com exceção de Bruna Surfistinha, Crepúsculo é o pior livro que já li na minha vida. Mas pelo menos, há o bom senso de não considerar a Surfistinha como literatura, enquanto Crepúsculo as pessoas insistem em dizer que é um fenômeno da literatura juvenil.
Não há nada melhor do que a entrevista de Stephen King que fala exatamente o que eu acho da Meyer: Ambas Rowling e Meyer, estão falando diretamente a pessoas jovens A real diferença é que Jo Rowling é uma fantástica escritora e Stephenie Meyer não consegue escrever nada que preste. Ela não é muito boa.
Meyer não sabe escrever, não sabe criar um mistério decente, o livro não dá margem para raciocínio e a maneira como a luta é narrada é muito no estilo precisava de um pouco de emoção e resolvi colocar uma briguinha nas dez páginas finais do livro. Sem contar a maneira esdrúxula de brincar com as palavras. A autora adora expressões como mortificadamente assustada e coisas do gênero, sendo algo completamente desnecessário. George Orwell dizia nunca use uma palavra longa onde uma curta tem o mesmo efeito. Mas afinal, quem é George Orwell perto da gênia Stephanie Meyer? :)
Além de tudo isso, o livro ou melhor, a saga inteira é a história mais machista que eu já li na minha vida. Bella simplesmente vive para Edward e para fazer as tarefas domesticas de seu pai. Ela desiste de sua vida, de sua família, de seus amigos e de sua humanidade por um cara. Bella passa a viver somente para seu namorado.
Sem contar, o relacionamento completamente doentio entre os protagonistas. Aquilo não é amor, é doença.
Antes mesmo de começar a namorar Bella, Edward simplesmente invade seu quarto durante a noite para vê-la dormir. Que coisa insana!
Edward não é o homem perfeito, muito pelo contrario, ele é aquele tipo de cara que em três dias você tem vontade de fugir pra longe: controlador, ciumento, possessivo. Mas Meyer é tão genial que conseguiu romantizar isso e transformá-lo no homem ideal. Patético.
O livro é ruim. As personagens são ruins. A escritora é ruim. Não perca seu tempo.
Se você teve o bom senso de ler Crepúsculo e achar ruim, pode ter certeza que os três livros seguintes só pioram e a relação Bella/Edward passa a ser cada vez mais doentia.
Nika 12/07/2009minha estante
Ah, eu senti exatamente a mesma coisa. E pulei de alegria quando um escritor como Stephen King disse à todas as pessoas inteligentes o quão esse livro é ruim. Adorei sua resenha.


Artur Breda 12/08/2009minha estante
Adorei o seu comentário sobre crepúsculo, eu ia escrever uma resenha também, mas a sua é justamente o que penso do livro. A sim... e vc me salvou de ler os outros (pensei que a saga iria melhorar).



Obs: Realmente o da Bruna Surfistinha supera de longe qualquer livro ruim que eu já tenha lido.


Micka 20/08/2009minha estante
Merece um livro de elogios pela serenidade e consciência. Não consigo entender como até os livros estão sendo fortemente contaminados pela ausência de conteúdo. Parabéns!


Roberta Nunes 04/09/2009minha estante
Com certeza sua resenha está bem escrita, mas discordo completamente do seu ponto de vista. Como fã da Rowling e da série Harry Potter, concordo que essa escritora é um mito, um fenômeno mundial, mas não acho que a Stephenie seja uma escritora medíocre, pelo contrário. A série Twilight É fantástica, na minha opinião. Há mistério, romance e ela sabe lidar com as palavras e criar enredos surpreendentes.

Discordo também que a história seja machista. Bella é uma personagem independente, que não gosta de ser protegida e gosta de ter vida própria. Ela sempre cuidou da mãe, ela sabe que mulheres devem estar no mercado de trabalho e nas universidades. Está certo que ela abandona tudo por amor, mas e daí? Isso é só um sinal de que o amor que ela sente por Edward REALMENTE é poderoso o suficiente para fazer com que ela mude de ideia a respeito dos seus ideais.

Pelo que pude concluir, você também é uma fã da série Harry Potter. Como você se sente quando ouve comentários maldosos comparando Jo Rowling com Tolkien, julgando-a inferior? Eu me sinto mal, justamente como me senti ao ler sua resenha.

O mercado literário é imenso! Há lugares para todos. Tolkien é um gênio, Rowling é um gênio, mas Stephenie Meyer também é. Eu respeito os autores e acho que você deveriar fazer o mesmo.

=)


'Maria Vitória 08/09/2009minha estante
Se você não gosta de livro nenhun então desconfia e vê se para de ler.. Que livro mlhor que esse nao existe, pois ele sim é um livro que presta.

E Rowling também é uma autora ótima mas a Tolkien é melhor.

Obs: se você não gosta, não fala pros outros pois cada um possui seu próprio gosto. ;) tomara que isso serve pra você aprender, porque a série Twilight é a melhor'. E Não é atoa que Crepúsculo se tornou o melhor livro da década². e concordo com a Juliana,Ana Clara,Robertinha,Vitor



Apaga essa resenha, por favor, poiis resenha sem pé e sem cabeça igual essa, e principalmente, sem noção igual essa. essa resenha nao fala nada de baom do livro então



APAGAAAAAAAAA. , POR FAVOR


Rafael 03/10/2009minha estante
algumas pessoas que comentaram sua resenha são tão imbecis que eu fiquei assustado... ehuahu


Heidi Gisele Borges 04/10/2009minha estante
O livro é ruim, a história é péssima, e sua resenha incrível, parabéns.

Infelizmente muitos - os que criticam sem levar em conta que esta é sua opinião e vc tem todo o direito de faze-lo -, não respeitam e não aceitam quando a opinião dos outros difere da deles - se é que a tem.

Quantos desses já leram Orwell - se é que sabem quem ele foi (é)-, possivelmente bem poucos.

Tenho muitos escritores favoritos, e nem por isso fico focada apenas neles.

Enfim, pra mim, o livro é terrivelmente ruim.

Parabéns pela resenha!


Dani 04/10/2009minha estante
Sou obrigada a comentar. Sua resenha esta ótima! *---------* Concordo com cada palavra! HAHAHA :D


Ana Clara 21/10/2009minha estante
Crepúsculo? Modinha? Nunca foi,é simplismnte uma série incrívelmente linda. É claro que resenha é para demonstrar sua opinião, mais eu não concordo com a dela ¬¬ se está escrito COMENTE, é para comentarmos ;) então Joke, vê se para de chamar a gente de imbecil, pois não somos, estamos dando apenas nossa opinião, fazendo igual a ela que deu a dela também ok? Crepusculo é simplismente um livro viciante que merece respeito também dos que aprecia uma boa leitura ;)


Ana Clara 21/10/2009minha estante
Se isso que você está falando "Tem gente que nem leu todos os livros pra já ficarem comentando essas coisas de série melhor" é uma indireta, comigo não funcionou viu?!Então procura cuidar do "seu" perfil no skoob, do que ficar intrometendo em comentários que nem é pra você ok?


Ana Clara 04/11/2009minha estante
Noossa, não sabia que amizade virtual valia mais que a real!...mais eu estava completamente certa quando confirmei agora que ela vale MUITO mais amr O__O Bt fé que essa amizade com ela dure viu ;) Ah,é lógico que Crepúsculo não é tudo que dizemos, é bem mais do que pensamos... Então amr, seus argumentos ACABARAM... Então bate aki ó \O


Natie 05/11/2009minha estante
Sua resenha está incrível, e teria me salvo de várias ânsias de vômito, ou de simplesmente ter perdido o meu tempo se tivesse lido-a antes. "Se você teve o bom senso de ler Crepúsculo e achar ruim, pode ter certeza que os três livros seguintes só pioram e a relação Bella/Edward passa a ser cada vez mais doentia."

Realmente não sei quem caralho disse que sucesso e qualidade são sinônimos.

P.S: Stephen King é meu divo.

P.S²: Morri de vergonha alheia por alguns dos comentários abaixo.


Ana Clara 05/11/2009minha estante
Não morra amr, estamos falando apenas a verdade ;)


Re 25/11/2009minha estante
Adorei a parte: "as afinal, quem é George Orwell perto da ?gênia? Stephanie Meyer? :)"


Fa3io 21/12/2009minha estante
Não posso afirmar que concordo com tudo o que diz, mas em muitos ponto você está certa, também não é o melhor livro que li, mas também não é o melhor. Assim não posso culpar ninguém que gosta e ninguém que não gosta do livro,pois cada um tem seu gosto e gosto não se discute. Acho bem fundamental discutir pontos do livro e os aspectos que fazem sentido e os que não fazem, o que não suporto são as pessoas que se acham melhores do que as outras, mas quem sou eu. Parabéns ótima resenha...


Lara 23/12/2009minha estante
Acho hilária a dificuldade alheia de aceitar opiniões e principalmente fatos, mas enfim.

Excelente resenha. A parte do machismo é a que mais me mata [e realmente me deixa embasbacada como as garotas que leem isso aceitam tudo com a maior naturalidade - e como se fosse tudo a coisa mais linda do mundo], fora a parte do Edward ser um simples stalker maníaco, e mesmo assim acharem ele O cara. Eu não sei se essa saga me faz querer chorar, rir ou vomitar. As fans bitoladas, contudo, com certeza me fazem rir :B


André 05/01/2010minha estante
Ótima resenha!



Nota 10 em tudo!


Bell 14/01/2010minha estante
A maior prova de q essa resenha faz sentido é os absurdos dos comentários.. bateu aquela vergonha alheia na hora... olha a argumentação q o povo usa pra defender o livro, olha o q a tal da Maria Vitória e Ana Clara disseram...meu deus...q vergonha da humanidade...juro, tô mto chocada....


Maíra F. 25/01/2010minha estante
Meu Deus, eu tô tendo crises de riso com os comentários da sua resenha HAHAHAHA. Ai, enfim... Muito, muito boa. :) Incrível como isso foi virar "fenômeno da literatura juvenil" (literatura, cofcof). Mas... É bom pra gente ver como as coisas estão tensas, né? Se os jovens estão se viciando NISSO ao invés de ler coisas realmente boas, então as coisas estão sérias mesmo. Mas enfim, parabéns, adorei :) :*


Rafael 09/02/2010minha estante
Mas afinal, quem é George Orwell perto da ?gênia? Stephanie Meyer? :)



Genial.


Cássia 15/04/2010minha estante
Melhor resenha de Crepúsculo. =]


Natalia Cunha 20/05/2010minha estante
gente, nao acredito que voce conseguiu resumir todo o meu sentimento em relacao a crepusculo. eu sempre achei isso, sempre falei que a relacao deles era completamnete doentia e que bela era uma burra de abrir mao de tudo que tinha por um homem, quando ainda era tao jovem! mas nunca tinha conseguido enxergar que o livro era machista, mas com certeza é! achei genial essa sua visao. e ah, eu li todos os livros sim. acho que pra falar a gente tem que conhecer ne? tipo sidney sheldon e paulo coelho. e eu sempre falava: eu odeio o edward, eu odeio a bella! mas o jacob sempre foi muito lindo e tal ne? hehe

e ah, os filmes sao legais!


AnneCS 19/06/2010minha estante
Melhor resenha de Crepúsculo! Melhor resenha que eu já li no Skoob!


Henrique 02/09/2010minha estante
gostei da tua resenha o/


Nataly 09/09/2010minha estante
Falou e disse. Falou tudo.


Bruna 19/09/2010minha estante
Incrível como as fãs de Crepúsculo ficam possessas quando se fala mal da saga! HAHAHA



Aline Benício 15/11/2010minha estante
Melhor resenha! Amei.


Jow 24/11/2010minha estante
Estou aplaudindo vc de pé!
Resenha sensacional.


bel 08/12/2010minha estante
Ah, eu li a saga inteira e acho que ela é ótima pra passar tempo, mas não se compara à qualquer coisa que a Rowling tenha escrito. Concordo com grande parte da sua resenha e acho que você está mais do que certa em opinar sobre o livro.

P.S: "E Rowling também é uma autora ótima mas a Tolkien é melhor."
Só esclarecendo que não é "A" Tolkien, é "O" Tolkien.


Mariana Diaz 30/12/2010minha estante
Resenha perfeita! Tudo q eu senti com relação ao livro esta ai! Parabens! \o/

Obs: Stephen King é rei em seu gênero e ele esta com a razão quando comentou:?Ambas Rowling e Meyer, estão falando diretamente a pessoas jovens? A real diferença é que Jo Rowling é uma fantástica escritora e Stephenie Meyer não consegue escrever nada que preste. Ela não é muito boa.? kkkk

obs2: Os comentarios mais abaixo são otimosssss! kkk


Mariana Bortoletti 04/01/2011minha estante
Nossa, resenha mais perfeita não existe.
o/


Gabriela 16/01/2011minha estante
Resumiu tudo de modo claro. Nunca me identifiquei tanto com uma resenha.


Bruno 23/01/2011minha estante
Parabéns pela Resenha =D
Nossa, ri muito com a garota mandando apagar a resenha, sem noção !


Mary 02/02/2011minha estante
Eu respeito uma opinião quando vejo que ela tem argumentos necessários. Nesse caso me parece a opinião daquele tipo de pessoa com baixam auto-estima que DETESTA todo tipo de coisa que fez SUCESSO! Pois é meu bem, esses casos precisam seriamente ser avaliados por psicólogos. Digo isso porque neste comentário não há nada coerente que mostre o ponto de vista negativo sobre o livro, somente a antipatia pelo grande sucesso do livro. Talvez essa pessoa não tenha nem mesmo lido, somente visto os filmes e tirado base por aí. Patético esse comentário.


Amal 10/02/2011minha estante
Parabéns
Falou tudo!


liss 12/02/2011minha estante
acho que você devia escrever livros, já que me pareceu saber TUDO sobre como escrever um. Se Stephenie Meyer não é boa o suficiente pra você... vai lá, escreva livros melhores.


Bellatriz 22/02/2011minha estante
Vai se tratar!!!
O único problema é que Crepúsculo só não é seu gênero.
Qual é seu gênero? Romance? Não?! Então porque se deu ao trabalho de ler??? Deixe Crepúsculo para quem tem um coração e um cérebro ao invés de dois cérebros!!!


Anna Medeiros 25/02/2011minha estante
O pior são os fãs que dizem "escreva um melhor". Agora, pra criticar um livro que não gostamos, precisamos ser escritores? Cada vez mais esses fãs usam argumentos mais vazios. Resenha resumiu tudo!

P.S. uma garota ali em baixo pedindo pra apagar a resenha, foi o cúmulo. acorda garota. e ainda escreveu que "a" Tolkien é melhor. tá informada, ein?


jpbalduino 28/02/2011minha estante
Muitas pessoas que conheço leram esse livro e falaram que era excelente.
Comprei o primeiro volume da série (normalmente compro a série toda de uma vez, coisa que fiz com Harry Potter, Percy Jackson e muitos outros) e deu graças a Deus de ter gastado dinheiro somente em 1 livro.

É Absurdamente ridícula a história, se fosse um pouquinho melhor poderia ser usado como sonífero de tão parada que é a história, mas nem para isso serve, porque quando você começa a pegar no sono você para e pensa "Que bosta de livro."

Por sorte, pude dar o livro de presente a uma garota que gosta.


binhobluesboy 01/03/2011minha estante
Não posso julgar a resenha, pois nem o livro eu li. Tentei assistir ao filme, mas em 5 minutos desisti. Não lembro de ter largado um filme de forma tão rápida e indolor ahahahah


Elton 06/03/2011minha estante
Boa resenha :)


Conspirador 10/03/2011minha estante
Muito boa a crítica (acho engraçado os comentários aqui que defendem o livro falando que a crítica deveria escrever um livro melhor então, acho que a Meyer merece os leitores que têm, com toda sua capacidade argumentativa e falta de noção de lógica e de conceitos simples como o conceito de ´crítica´). Escrevi algo sobre esse ´fenômeno´ em meu blog, se alguém quiser falar o que pensa, esteja a vontade ----> http://conspiracao-ideologica.blogspot.com/search/label/crepúsculo


Kathlyn 14/03/2011minha estante
Nath, você sabe expor muito bem sua opinião em uma resenha, PORÉM... O que você falou foi apenas e nada além do que uma cópia de várias coisas que já falaram. Dá até a impressão de que se os Grandes Escritores tivessem falado ao contrário você até diria que Crépusculo é o melhor livro do mundo.
Eu amo o Stephen King, acho ele O cara, mas dizer que ela não escreve nada que preste, Foi ridiculo até mesmo pra alguém do nivel dele. Ela exagera em algumas coisas, é repetitiva, mas dizer isso sobre ela é mais exagero do que os próprios exageros da Meyer. Comparar a Meyer com a Rowling é outro ponto ridiculo, pq apesar de ambas escreverem para o publico jovem o pensamento é TOTALMENTE diferente, é outro tipo de estória. Escrever um livro é MUITO dificil, e ela apesar de tudo ainda fez fazer sucesso e ter fãs (Desculpa de "meninas acéfalas" não colam), Por isso dou os parabéns a ela.
Sobre a Bella, isso já é uma outra questão a ser levantada. Ela não é essa demente que todo mundo fala. Apesar do Edward ser possessivo e protetor, muitas vezes ela passa por cima dele. O que ela sente não é doença, pq no dia que você amar alguém de verdade (Pais, filhos, namorado.. sei lá quem) Você não vai pensar 2x antes de se arriscar, de fazer loucuras, desistir de coisas que você quer muito e até mesmo dar sua vida por alguém que você ama. Falo isso por experiencia própria. Então pense num angulo geral antes de falar sobre coisas assim.

PS: Apesar do que o King falou, eu não concordo com ele e acho que deviam parar de pegar no pé da Meyer. Deixa ela escrever e vender os livros dela, ora.. Se não gosta é só não comprar.
PS²: Os livros seguintes abordam temas diferentes, então, não é que fica chato.. o foco apenas é mudado, como no ultimo que é muito falado sobre Maternidade.


GuidaStew 16/03/2011minha estante
Se Meyer não é boa o bastante para você, escreva um livro melhor...Se voce não gosta o problema é seu...Só que existem pessoas com cerebro que gostam e eu sou uma delas


Phanto 18/03/2011minha estante
Certíssimo, só esqueceste de falar que a Meyer é sábia por fazer livros feitos para controlar pessoas, tanto sabe fazer isso que essa besteira tá dando muito dinheiro pra ela, simplesmente deprimente.


danixx1 22/03/2011minha estante
O pior de tudo é ver o seguinte comentário "Se Meyer não é boa o bastante para você, escreva um livro melhor...Se voce não gosta o problema é seu...Só que existem pessoas com cerebro que gostam e eu sou uma delas" depois de uma resenha tão sensata quanto essa, haha.
É incrível como a série vai piorando e a cada livro a Stephenie promete mais coisas que nunca acontecem, como a grande batalha em Eclipse, que vira praticamente um chá das cinco. Lua Nova foi o melhor, na minha opinião, porque pelo menos o Jake traz um pouco de luz e diversão pra série, fugindo do foco "Bella, a namorada do Edward" que a saga tem. É incrível como a Bella passa a ser meramente uma sombra do Edward, (não que ela já tivesse lá muita personalidade no começo, de qualquer forma). Outra coisa sobre Crepúsculo X Harry Potter. A cada livro de Harry Potter a história melhora em todos os aspectos possíveis, enquanto em Crepúsculo cada livro vai ficando mais maçante, de um jeito que eu me recuso a ler Amanhecer (tempo precioso da minha vida que eu não vou desperdiçar lendo esse livro). Harry Potter, a cada vez que você re-lê o livro você encontra mais detalhes, enquanto Crepusculo, por mais que eu tenha gostado da primeira vez que li, no terceiro colegial, fui tentar reler depois de ter lido Lua Nova e Eclipse e achei insuportável, não passei da vigésima página e dei o livro pra alguém.


rafaelverolla 01/04/2011minha estante
Boa resenha. Sarcasmo sempre é bom. Concordo com você, eu li toda a serie do Harry Potter, e você está certa, mas um detalhe, HP foi feito para o publico juvenil, Crepusculo, para o publico juvenil feminino. Não tem uma figura masculina naquele livro que apele para um menino entre 10 e 18 anos. O Jacob tem hora que quase chega la...mas não deixa de ser um patetão. HP não, tem varias, começando pelo proprio HP, os irmãos daquele menino ruivo, sem falar no Sirius Black, que sozinho, tem mais qualidade que todos os personagens de crepusculo juntos.
E olha que HP não é nenhum classico da literatura...É só um livro divertido.


Jéssica Stern 01/04/2011minha estante
Muito boa a sua resenha. Você apresenta o ponto de vista e apresenta argumentos para justifica-lo, (aliás, essa é uma sobriedade bastante presente nas críticas que costumam apontar os pontos negativos de alguma obra) não é aquele comentário de viciado que diz que é bom mas nem sabe o motivo.
Mas sempre tem aquelas pessoas que insistem em comentar coisas do tipo "se não gostou, faz melhor, então, espertinho". Não seria essa resposta um tipo de auto-defesa no estilo "como não sei escrever, vou dizer que qualquer coisa está boa e que quem fala que não está é por que não sabe escrever, mesmo que eu não saiba se ele escreve ou não, o que escreve ou como escreve"?

P.S.: é de se matar rindo com os comentários estilo "apaga isso", "faz melhor", "você inveja o sucesso da série".


Lyli Kouga 07/04/2011minha estante
Mas afinal, quem é George Orwell perto da ?gênia? Stephanie Meyer?

Disse tudo! Aplausos pra você e meus parabens! Você conseguiu ler todos os livros, eu li o primeiro e joguei fora!


Gangrel 12/04/2011minha estante
Po, até gostei da sua avaliação e dos comentários mas uma parte ai foi muito triste:

"George Orwell dizia ?nunca use uma palavra longa onde uma curta tem o mesmo efeito".Mas afinal, quem é George Orwell perto da ?gênia? Stephanie Meyer? :)"

Cada um escreve da forma que bem entende ué. Isso não é um jornal, é uma ficção.

Tolkien, Stephen King e outros renomados autores fazem o mesmo...=/

E quem disse também que só se devem fazer livros de romances que não sejam doentios? E dai que é doentio?

E quem disse que o homem não pode ser ciumento, controlador e possessivo? Você pode não gostar de homem assim, mas tem muita mulher que gosta, e muito.

Sei lá, vamos criticar, mas com argumentos um tiquinho mais fundamentados. Ficaria melhor se você dissesse: Não gosto do livro e não fui com a cara dos personagens. Não gosto de homem possessivo nem de relações doentias.

Ai ficaria só na sua opinião mesmo...


Mira 13/04/2011minha estante
Caramba, tem bastante comentários essa resenha.
Você foi fantástica em expressar sua opinião e ainda utilizar ótimos argumentos e comentários de autores famosos, eu acho isso importante.
Tem um ponto que eu acho que foi esquecido, grande parte da população brasileira e posso dizer mundial, principalmente os adolescentes, não gostam de ler, e quando foi lançado Crepúsculo houve um grande número de pessoas que pararam para ler, e acho isso muito importante. Para milhões de pessoas que já estão acostumados com a leitura, e aquelas bem sofisticadas, o livro provavelmente é uma porcaria, mas pra quem ta começando a ler, a se acostumar com a leitura, é um ótimo começo, porque não é um livro pequeno, e é uma sequencia de mais 3 livros que fazem o leitor buscar por mais conteúdo após terminá-los, tanto que tem muitos outros que estão sendo levados ao sucesso após crepúsculo. um deles é o diários do vampiro, e agora tem aquele se não me engano escola de vampiros ou algo assim.

Você fez uma resenha inteligente e que muitos se identificaram, eu não sou uma delas, adoro os livros e tenho em casa, como também tenho Douglas Adams, Christopher Paulini, Emily Bronte, Shakespeare, Rowling, Rick Riordan, Tolkien, Paulo Coelho. Então não me considero uma imbecil futil por gostar de crepúsculo, da mesma forma que não acho você uma anti-romantica como em alguns comentários que li. Espero que também entenda meu ponto de vista.

Abraços.


Zegur 14/04/2011minha estante
Nunca vi um livro receber tantos 1 na avaliação como este recebeu.


Luciane 28/04/2011minha estante
Ei nath, primeiro você diz que Mayer não consegue escrever nada que preste, ela não é muito boa, e depois você diz que ela é tão genial que consegue transformar um insano como o Edward em um "homem ideal". Vamos escolher né...
E quanto aos livros serem ruins porque não da margem para o raciocínio e as expressões desnecessárias, qual lé. Isso é feito pra distração e pra dar vazão ao lado imaginativo do leitor. Seja jovens ou não. Você fala muito mas não convenceu.


Flaus 08/05/2011minha estante
Ótima resenha. O único ponto positivo do livro é ter atraído fãs desse mundo "vampiresco" a outras obras sobre o assunto, porém de qualidade muito maior. É melhor ler uma porcaria do que não ler nada. E é melhor ler bons livros do que ler porcarias. Se for possível trocar a saga crepúsculo por algo que preste, isso seria um favor a si mesmo.


Ana 09/05/2011minha estante
Concordo com a idéia de que Crepúsculo não é todo esse sucesso literário que a maioria das adolescentes enchem a boca ao dizer, mas discordo de que as palavras de Stephen King tenham sido corretas.

A Meyer escreve bem, claro que sim. O problema é que ela escolheu o assunto errado: ela não sabe escrever sobre criaturas do sub-mundo e cenas de ação.

Ela é boa em romance, tanto que o que mais atrai em sua saga é o romance entre Bella e Edward.

Tah, vou admitir que achei muito fofo esse amor dos dois só que comecei a me cansar disso depois de tanta melação e me escandalizei ao ver que Bella se tornara a "cosinha do Edward" com a obsessão que a garota mostra sentir por ele em Lua Nova.

Me desculpe, apedreje-me quem quiser, mas não acho que o que a Bella sinta pelo Edward é amor. Como alguém pode amar outra pessoa em apenas um ano? Tenha santa paciência, né? Muita gente já namorou muito mais tempo do que isso, ficou até casado mais tempo do que isso e não morreu quando o outro decidiu partir.

Digo e repito: amor de mãe, irmão, pai e afins é diferente de amor entre homem e mulher. Não venha fazer comparações do tipo pois é incomparável o amor que sinto por minha mãe com o amor que dividirei com alguém um dia (ainda não achei esse cara).

E é por isso que digo: esse sentimento da Bella passa mais a idéia de obsessão do que de amor verdadeiro. Ela gosta do cara por que ele é perfeito e imortal... ele não tem defeitos! Você só sabe se ama alguém quando consegue conviver com seus defeitos, não é?

Em suma, o amor de Edward e Bella que era bonito em Crepúsculo acabou por se tornar tedioso nos demais livros. Tanto que abandonei Amanhecer no meio do livro, isso por que pulei um monte de partes ainda.


Luh 22/05/2011minha estante
Credo, quanta baixaria ASUHASUHASUAS. Ri muito dos comentários abaixo.
Tá, admito que eu gostei da saga, mas dai a ficar brigando com quem não gosta? Não, decididamente não perco o meu tempo,como dizem a muito: gostonão se discute.
Ah! E quanto a Bella ser totalmente dependente, é realmente ridiculo, e pensar que tem gente que é assim ¬¬


Natália Loyola 26/05/2011minha estante
Gostei da sua resenha. Não sou muito chegada em "Crepúsculo" (há um tempo atrás eu era, mas depois eu parei e analisei o que eu realmente estava lendo rs), mas qualquer coisa que estimule os jovens de hoje em dia lerem para mim está bom :)

Ah! Estatisticamente, "Crepúsculo" é um fenômeno da literatura juvenil.


paloma 28/05/2011minha estante
Adorei a resenha, mostra exatamente o que eu penso do livro.


Thais 29/05/2011minha estante
ótima resenha, mesmo gostando da saga eu tenho que admitir que ela tem falhs graves e personagens que nas mãos de outro(a) escritor(a) seriam muito mais interessantes e que no caso da Meyer são muito mal aproveitados em detrimento do 'romance' Bella X Edward. No mais tem gente nos comentários que precisa aprender interpretação de texto urgente.


dudemello 14/06/2011minha estante
Não que eu seja o dono da verdade, nem nada, mas já li alguns livros na minha vida, e por pior que fosse fui até o fim, esse foi o unico que não consegui terminar, me deu até desgosto!
Ótima resenha, é exatamente do que se trata!


Gabro0ol 19/06/2011minha estante
A Melhor resenha que já li sobre o livro. Chamar essa série de fenômeno é simplesmente absurdo, e pensar em compará-la com Harry Potter é insanidade.


YannV 29/06/2011minha estante
Muito boa sua resenha...
Mas como a amiga ali embaixo disse, para os que estão começando a entrar no mundo da leitura, como eu, o livro é bom para se acostumar e até mesmo para ter assuntos a mais para conversar(Isso quando você não é a patricinha que lê uma linha e esquece o que estava escrito na mesma dois segundos depois).


Djhesse 02/07/2011minha estante
Vc simplesmente naum leu os livros,pois no começo de crepusculo a Bella deixa claro por que está indo morar com o pai e ela nao vira uma "empregada",nao abandona seus amigos,sua humanidade,sua vida ela escolheu,nao foi obrigada a nada.Quem é Stephen King comparado a Stephenie Meyer?Eu tenho a resposta...
NADA e NINGUEM,mas tem com quem ele chega a se comparar, e esse alguem é essa tal de Nath nao sei o quê,nao fazem nada seu e criticam o que pessoas brilhantes,determinadas e talentosas fazem esplendorosamente bem.E eu gasto o meu tempo escrevendo isso,para pessoas sem opiniao como essas aí pararem para pensar que tipo de conduta vao adotar em sua vida,aquele que faz ou o fracassado que critica.
Beijos para os fracassos que o mundo vai ter que aturar(e estou vendo que vao ser muitos).


Silas 06/07/2011minha estante
concordo em gênero, número e grau com você, os livros são fracos, muito fracos, e os filmes só fizeram piorar uma história chata, cansativa e sem fundamentos para existir


Ruan Machado 06/07/2011minha estante
O Djh... Nome esquisito, o grande problema é que há fracasados, mais pior ainda é aquela pessoa que não sabe nem respeitar a opinião dos outros. Alias quem é você para falar dela?
NADA e NINGUEM, alias ela é tudo por estar perdendo o tempo dela é escrevendo para pessoas como você falarem o que pensam sobre sua resenha.
E outra Stephen é o melhor escritor na frente da Stephenie Meyer, sabe por que?
Pois ele escreveu um dos maiores livros da literatura norte americana e as adaptações dos livros dele foram as melhores. E a adaptação de Crespusculo foi uma grande merda. Nem o proprio roterista respeitou o livro!
Alias quem é você? Stephenie esta lá na vida boa, e você aqui, tentado discuti algo que já esta mais que resolvido!
Aprenda a escultar e a respeitar, para depois falar! Ta bom!


Roberta 10/07/2011minha estante
Concordo plenamente com a sua resenha, uma das melhores que já li sobre esta obra e tenho que dizer que você foi corajosa em ler os outros, eu não consegui passar do primeiro. É uma pena, no entanto, que os fãs da série que vem aqui cobrar não compreendam os conceitos de sarcasmo, opinião e respeito. (e às vezes até interpretação de texto, em alguns casos mais graves)


Ca 10/07/2011minha estante
Na boa, concordo totalmente com cada virgula dessa resenha. ;)


Ander 12/07/2011minha estante
Nunca vi um livro receber tantos 1 na avaliação como este recebeu. +1
kkkkkk ri muito com vários comentários kkkkk...


Matt 14/07/2011minha estante
É incrível, as pessoas odeiam tanto Crepúsculo, mas fazem questão de falar sobre o assunto, entrar na comunidade do livro, ou seja, ficar pensando em Crepúsculo, particularmente quando acho uma coisa ruim prefiro nem pensar e ocupar minha mente com outras coisas... mas cada um é cada um, não né?
A resenha me instimulou a ler o livro, em breve faço uma :)


Júnior 15/07/2011minha estante
Resenha perfeita.


[email protected] 27/07/2011minha estante
Sabe... Pensei no que ia escrever aqui, tava disposta a dar um discurso aqui sobre como a Nath tem o direito de dizer o que pensa a respeitos. Mas é curioso, odeia tanto que fez questão de perder seu tempo escrevendo tudo isso... Eu tava disposta a dizer que todos tem o direito de escrever seus sonhos, momentos impossiveis e perfeitos... Mas o que adiantaria? Até nos comentários as pessoas tentam corrigir as outras e tentar se achar superior de algum modo. É deprimente... Todo mundo vai pro inferno mesmo né? Fazer o que..


Jeff C. F. 27/07/2011minha estante
Por ser uma obra tão ruim, não compreendo a que despeito as pessoas se submetem ao ler toda a série. Ler 1 livro ruim acontece... ler o segundo pra ver se a situação reverte até vai. Mas terminar tudo? Algo nele foi válido.

Não vou defender a obra. Não vale, pois no mundo existem pessoas que comem com prazer feijão todos os dias e tem outras que vomitam só de sentir o cheiro. Alguma delas está errada?

Só acho válido comentar que não compreendo algumas das críticas... amor doentio, história machista, etc. Qual o sentido de um livro tratar de aspectos perfeitos da humanidade? Lendo a tua resenha, tentei imaginar uma história que te agradasse...

O fato é que a produção literária romancista é constituída justamente das percepções sobre aquilo que não é tão perfeito, ou tão óbvio, ou tão puro. A obra de Stephenie baseia-se nas imposições das personalidades incoerentes e desajeitadas dos dois principais personagens dos livros. Ela não quer uma garota perfeita que vai para a universidade, se forma, arruma um ótimo emprego e se casa com um homem independente, bem-sucedido, pouco ciumento, que não a trai e é igual a água de arroz.

Os personagens de cada livro são únicos não pelas qualidades, visto que temos muitos protagonistas lindos, ou super inteligentes. A inequalidade de cada um está nos seus defeitos, nas premissas imprevisíveis de seus atos errantes.

O que quero por fim dizer é que o valor de uma obra não está naquilo que ela é, mas sim em como ela é percebida por quem a lê.


Kátia 11/08/2011minha estante
Obrigada pela resenha, eu ia ler essa porcaria porque já estava começando a me sentir excluída por ser a única que não leu essa coisa, nem que fosse para ter o direito de criticar. Mas sinceramente, acabei de ler 1984 e, com tantos clássicos, e também com tanta boa literatura sendo lançada todos os anos (mas não fazendo tanto sucesso porque não é tão divulgada), tenho mais o que fazer do que ler a história de uma garota que se abandona por um cara.


Luana 01/09/2011minha estante
A unica coisa na qual eu concordo com você é sobre o Edward ser controlador, possessivo e ciumento - apesar que do último adjetivo ele até melhorou bastante no último livro-.

Fora isso pra mim a saga foi uma leitura ótima até melhor do que assistir aos filmes. O único livro da série que me irritou sobremaneira foi Lua Nova na parte onde Bella sofre horrores porque o Edward e família foram embora. Mas a história ainda se salva por causa do Jacob e o seu segredo -nada secreto- rsrssrr.

A sua opinião contrária a minha não me ofende em nada, cada indivíduo tem a sua opinião e ela deve ser sempre respeitada, mas ofender a escritora é um "pouco" baixo. Eu particularmente não sou fã do Stephen King -apesar de não ter muita base para isso já que li só um livro dele- não faz o meu estilo mas de qualquer maneira pretendo ler outros livros para poder dá uma opinião mais justa/sensata.

Eu recomendo aos que não ainda leram -a saga crepúsculo-, dêem uma chance afinal como alguém pode criticar algo da qual não sabe -não leu a respeito- não estou dizendo pra você comprar o livro, peça emprestado para alguém que já leu, caso tenha medo de se decepcionar.

Pensem a respeito.
Beijos e uma ótima leitura independente da decisão de dar ou não uma chance a autora.


Luana 01/09/2011minha estante
Outra coisa vamos aproveitar o que a literatura tem a nos oferecer. Só porque você gosta de Crepúsculo não significa que você deve odiar HP, O senhor dos anéis, Nárnia, PJ entre outros. Mas uma coisinha não joguem livros fora se não gostou manda pra mim, Pleaxx, ficarei muito grata -a sério, mesmo se não estiver na minha estante-.

Beijos e abraços :)


Pedro Almada 23/09/2011minha estante
concordo com a sua resenha. Mas não critico quem leu o livro e gostou. Muitos entraram em uma iniciação de leitura e, para as pessoas que estão começando a desenvolver esse hábito, é interessante sim ler o livro. Com o tempo, penso eu, a pessoa toma gostos mais requintados e vai acabar chegando a conclusões parecidas com as suas. Enquanto isso não acontece, é melhor ler alguma coisa do que nada.


tatielma 09/10/2011minha estante

Na boa, concordo totalmente com cada virgula dessa resenha. ²


Cimonovitch 29/10/2011minha estante
Concordo com quase tudo, mas acho que pecou em não separar sua opinião dos fatos. Deveria ter analisado o livro como quem entende disso, não dizer "não presta e ponto". Tinha também que ser mais dissertativa... e demonstrou ódio DEMAIS, fica claro que detesta a modinha em si, que está enjoada dos fãs exagerados. Uma pena, pois esses fatos influenciaram na credibilidade da resenha (Y)


Mia 19/11/2011minha estante
Na época que li a série, gostei bastante, não por ser uma leitura estimulante mas sim por ser uma leitura surreal e boba, que distrai por um tempo. Mas a verdade é que realmente é uma história muito machista e Edward desempenha bem seu papel, afinal, ele tem uns cento e poucos anos, ou seja, nasceu em uma sociedade extremamente machista. Concordo completamente com sua resenha, cada palavra. Mas que a série leva seu mérito por distração juvenil, isso leva.


Renata 26/11/2011minha estante
sinceramente concordo com grande parte da sua resenha muita gente me falava lêe é muito boom você vai adorar e não e atraia nem um pouco. sim o livro é completamente maxista e eu não entendo como pode fazer tanto sucesso a j.k Rowling escreve infinitamente melhor.. por vezes quando estava lendo crepusculo parecia que estava lendo algum livrinho brasileiro sabe esses romances mal escritos... apenas acho que na sua resenha você demonstrou seu compelto odio sobre o livro e toda essa modinha. além de não escrever bem a stephanie mayer criou ainda seu estereotipo diferente de vampiro. por exemplo: o edward não queima no sol ele BRILHA. meu Deus todo mundo sabe que vampiros queimaaam no sol gente qualquer serie( true blood , tvd) ou livros e tudo que você procurar sobre vampiros vai dizer isso cara...


Everton 07/12/2011minha estante
Nada justifica esse sucesso - que é forçado - dessa coisa.

Patético ao extremo é um ótima definição dessa saga. Só porque os americanos são doentes e adoram esse lixo, os alienados daqui viram fãs de carteirinha. Pelamordedeus ... Concordo plenamente com a resenha.

Foi-se o tempo em que os best sellers eram sinônimos de bons livros e essa saga é um exemplo explicito disso.


Mari 18/12/2011minha estante
Nath, gostei da sua resenha, mas não concordo com tudo. Como algumas pessoas disseram, acho que você exagerou ao falar mal da autora.

Bom, quando li em 2009 - antes da série virar modinha - realmente gostei, porque eu tinha 13 anos e sempre gostei de vampiros, mas nunca tinha lido livros sobre eles. Então achei o primeiro livro romântico, e é mesmo. Concordo que a Bella não tem muita personalidade e ela realmente faz tudo pelo Edward, o que chega a ser obsessão, é fácil de se ver em Lua Nova, tanto no livro quanto no filme. Acho que pode ter sido um mau exemplo para as meninas mais novas que leem, porque em vez da Stephenie retratar sua protagonista como alguém que, digamos, supera uma rejeição - ensinando isso às leitoras mais jovens - ela faz com que a garota tenha depressão... por causa de um cara!

Não acho que ela seja ''empregada'' do pai... e respeito a autora e as novas características que deu aos vampiros... bom, melhor eu fazer uma resenha ;)

Tenso é que os fãs fazem comentários do tipo ''escreve uma coisa melhor''. Isso só mostra infatilidade mesmo.


Alyne 27/12/2011minha estante
Uma das resenhas mais sensatas que já li. Confesso que num primeiro momento também gostei do livro. Li a série inteira porque detesto abandonar alguma leitura e, sinceramente, é uma das piores histórias que já li.
Concordo quando você diz que a Stephanie Meyer é uma péssima escritora. Além do enredo totalmente raso, previsivel e clichê, os personagens são psicologicamente mal construidos.
Muita gente critica a comparação entre Meyer e JK Rowling. Bem, concordo com essas pessoas, afinal Rowling é uma brilhante escritora e bem, acho que a frase do Stephen King diz tudo sobre a Meyer


Déborac 02/01/2012minha estante
Como dizem: Gosto é que nem cu,cada um tem o seu.
Mas eu não concordo com o que você falou,primeiro por criticar a escritora,que sinceramente é uma das melhores.A história é pra quem curte romances e você pelo o visto não curte.Então em vez de ficar falando mal do livro,já que é tão "PATÉTICO" como você disse,eu queria ver se você tinha a capacidade que a Meyer teve de transformar ele num sucesso que é,mesmo com muitas criticas ele já ganhou muitos prémios e sempre lota as salas de cinemas.
É muito fácil criticar,agora fazer o que ela fez eu dúvido.
DICA:leia A hospedeira,e verá o quanto Mayer é uma maravilhosa escritora.


Rafael 02/01/2012minha estante
Incrível como as menininhas não desistem de dizer "faça melhor" e coisas do gênero sobre sua resenha.
Sinal de que, além de não ler livros bons, provavelmente não leram os comentários também.



Thais Lima 10/01/2012minha estante
Ótima resenha, perfeita! Tudo que eu penso sobre a saga. E como você, quando li até achei legal, mas quando parei para refletir sobre a história percebi o quanto era ruim.

Essa história de "faça melhor" das fãs é patética. É só refletir um pouco mais a fundo sobre o livro e perceber como ele realmente é péssimo. Ou, como o Joke disse, não leram livros bons.


Bárbara 11/01/2012minha estante
Resenha perfeita!

Infelizmente tenho que admitir que li os 3 livros restantes para ver se piorava e para criticar com propriedade...

De fato a história é péssima


Liury 11/01/2012minha estante
Déborac: "Mas eu não concordo com o que você falou,primeiro por criticar a escritora,que sinceramente é uma das melhores.A história é pra quem curte romances e você pelo o visto não curte."

"Sinceramente é uma das melhores [...]"
Minha cara, quantos livros você já leu na vida pra dizer que ela é uma autora boa? Qual a sua base? Julgando pelos livros que você lê, que estão a mostra no seu perfil, ela é uma das melhores mesmo, mas é porque você lê 99% de livros ruins. O 1% que se salva é Dom Casmurro, que provavelmente você não deve ter gostado.

"A história é pra quem curte romance [...]"
Romance é um gênero literário, caso você não saiba, e não uma temática de escrita. Já leu Balzac? Proust? Scott Fitzgerald? Érico Veríssimo? Tolstoi? Dostoiévski? Se não leu, não faz a mínima do que é romance. Acha que o que Hollywood transborda por aí com esses lixos literários é romance, achando que é uma temática onde existe amor e paixão dos protagonistas.

Lá na minha terra eles costumam dizer que quem fala sobre o que não sabe é um estúpido. Então fica a dica, aprenda o mínimo antes de falar sobre o que não sabe.


Mi 17/01/2012minha estante
garota tô te aplaudindo de pé!!!!!
Crepusculo é uma merda!!!!


Magali 18/01/2012minha estante
Minha querida, parabéns pela coragem de expor sua opinião de uma forma sincera, clara, espontânea...enfim, achei tudo de bom. Bem polêmica. Alias qual é seu signo querida? Beijos.


lena 25/01/2012minha estante
Nath, acho você quase tão louca quanto o que você chama de "personagens insanos" da Meyer. Se não gosta, mas leu até o final, era porque adorava; pois não faz sentido algum ler três livros esperando para ver se ia melhorar alguma hora. Porém, ainda assim, se não aprecia romances, não critique a autora, que apesar de não ser uma das minhas preferidas, escreve mil vezes melhor que você nessa resenha, que é extremamente exagerada, beirando o ridículo!!!!! Antes de escrever este tipo de texto, pense melhor, pare, leia Crepúsculo e veja se melhora essa linguagem baixa e agressiva.


Marina 11/02/2012minha estante
Parabens pela coragem! Falou tudo que eu tenho vontade de dizer e mais um pouco.
e sobre o ultimo livro (nao sei se vc leu), tem aquele detalhes das testemunhas, que sao completamente inuteis, uma vez que nem chegam a lutar. Porque nao leram a mente apenas da familia pra mostrar que a menina crescia? nao fez sentido


Biah 16/02/2012minha estante
Parabéns, vc tirou as palavras da minha boca.
Concordo plenamente com Stephen King. O livro é ridículo, recomendo a quem acha crepúsculo um romance que leia um livro de verdade.
Eu só fanática por Harry Potter, e li os dois primeiros livros de Crepúsculo pra pararem de encher o saco. Confesso que até gostei do primeiro livro, mas o segundo livro da saga é doentio, e foi uma completa perda de tempo.
Quem diz que Crepúsculo é um bom livro apenas mostra que nunca leu nenhum livro de verdade.
E vamos combinar, é covardia tentar comparar J.K. Rowling com Stephanie Meyer, além de ser um desrespeito sem tamanho à J.K. compara-lá com Meyer, a diferença entre elas é que, enquanto Rowling sabe escrever, Stephanie Meyer não conseguiria um romance decente nem em um milhão de anos


Júlia 21/02/2012minha estante
Tudo bem vc tem uma opinião, mas n precisava flr mal assim da autora, pq vc tbm tem q respeitar a opinião dos outros, entao guarda isso na sua mente, pq se vc n gosta de romance assim simplesmente n lê!


Juliana 24/02/2012minha estante
Adorei. Falou tudo. Tirou as palavras da minha boca também. Eu não li a saga toda, eu parei no penúltimo capítulo de Eclipse, porque os livros são incrivelmente chatos. Eu concordo com tudo que você disse, principalmente a parte de que aquilo que a Meyer chama de "amor", eu chamo de doença.
E o pior de tudo, que se você fala mal, as pessoas dizem que você precisa respeitar. Pô, entenda: Se você cria uma obra e ela fica muito famosa, vão surgir os comentários e opiniões, sejam elas boas ou ruins, dã. E no caso da saga Crepúsculo, os comentários são mais ruins do que bons.


Ádila 26/02/2012minha estante
Não creio que o livro tenha feito sucesso por ser bom, mas por terem feito uma boa propaganda; e souberam vendê-lo... Por isso virou um fenômeno. Como a maioria dos leitores da saga não tinham lido muitos livros antes (não conheciam outras coisas) acabaram gostando, foram influênciados á gostarem.


Gikkah 29/02/2012minha estante
uma coisa que sempre digo. O livro pode ser o que for, mas quando o autor se mete a falar besteiras sobre o mesmo, o livro perde a credibilidade. Li a saga porque todos estavam lendo, queria saber o que é que tinha de bom...nada! Mas, depois disso, ainda leio uma reportagem da autora dizendo que nunca leu nada sobre Vampiros ou sobre nada do que escreve. Como assim? Nunca leu sobre vampiros, lobisomens e metamorfos? então como consegue recriar tão igual algumas partes e mudar outras ao bel prazer? Mentir para dizer que a sua obra é original não faz dela original...e por isso que gosto menos ainda da série! Patético!


Milla 01/03/2012minha estante
Acho que a opinião sobre o livro depende totalmente do ponto de vista. Você não falou nada diferente do que eu ja não tenha lido.Mas é que eu avaliei o livro de uma maneira totalmente contrária. É um livro muito meloso concordo, mas eu li ele sabendo no que tava me metendo. A autora mesmo disse que queria algo como um "amor perfeito", romantico tipo Romeu&Julieta, então avaliando desse modo ate que tudo faz sentido. Mas se for para analisar ele com base de pensamentos do século 21, onde Mulher não pode baixar a cabeça e fazer tudo o que o coração manda, onde o amor ja não é tão fundamental assim e blablabla,Aí a obra se torna chata e exagerada mesmo. Acho que para gostar da saga tem que ir com a mente preparada de que vai receber uma grande dose de mel com açucar, drama e submisão aos sentimentos.Aí vc passa a entender a protagonista e quem sabe ate gostar da série.


CarolTerzi 02/03/2012minha estante
Me identifiquei muito com a sua crítica.
Eu peguei crepúsculo para ler quando entrei nos livros, por isso adorei e li a saga toda (amo vampiros). Mas, depois de começar a ler outros livros, percebi que Crepúsculo é realmente ruim.
Mas eu até gosto de A Hospedeira, é um bom livro :)


Bruna 03/03/2012minha estante
Adorei o seu comentáio, é exatamente o que acho dessa saga, Patéica!


Larisse Amaral 03/03/2012minha estante
Comigo aconteceu EXATAMENTE a mesma coisa que com a CarolTerzi. Li todos os livros da saga quando comecei a ler com mais frequência. E eu amei.Mas depois de experimentar outros livros, percebi como a história era inferior e sem graça. É definitivamente um livro ruim.


Jessica Machado 04/04/2012minha estante
É exatamente nisso que se baseia o livro, li até o final por algum colapso nervoso e me arrependi, não consegui continuar a saga, pois se não iria vomitar com tanta bobagem. De cara achei o romance entre os personagens alguma coisa doentia, fiquei admirada quando minha ex professora de literatura disse ter ficado fissurada na saga, aquilo nem tem como prender alguém ate o fim. Além disso só porque é destinado a jovens não significa que tem que ser porcaria, não é porque somos jovens que temos que ler porcaria.


Led 10/04/2012minha estante
Concordo plenamente com o que você disse.Realmente o "amor" entre os dois é doentio.Admito que primeiramente eu gostei do livro,mas depois percebi como era idiota.Infelizmente eu li a saga inteira,por que me irrita profundamente deixar algo inacabado,principalmente uma coleção de livros.Com o passar dos livros a historia só piora,e o segundo livro é basicamente escrito em cima da doença(Repito que não é amor) que a Bella possui.


Alan 18/04/2012minha estante
Na época em que foi lançado, eu trabalhava em uma distribuidora de livros, e o meu patrão me deu o livro para eu ler e lhe dar uma avaliação, acho que não consegui ler 50 paginas, muito ruim! mas ruim mesmo!


Alan 18/04/2012minha estante
E uma outra coisa...
Eu li em algum comentário que Stephen King perto de Stephanie Meyer não é nada e ninguém...
Que tipo de leitora é uma pessoa assim? Não gostar do Stephen King é uma coisa, mas falar isso? É um dos maiores absurdos que eu já ouvi na vida, A Sthephanie Meyer não pode nem nem ser comparada com o King, um romancezinho barato pra vender pra adolescentes que nunca viram um bom livro na vida , experimente ler A Torre Negra do King e veja o que é uma série de verdade.
Aff, eu ainda não acredito que alguem teve a coragem de comparar o King com a Meyer...


Ana Paula David 21/04/2012minha estante
Pessoal, quer um livro de vampiros interessante e divertido? Leiam " O vampiro que descobriu o Brasil", mil vezes mais interessante, e ainda vc relembra as boas e tristes fases do nosso País =)


Deise Iv. 05/05/2012minha estante
Calma pessoal, quanta briga por nada!!!! Eu gosto sim de Crepúsculo, gosto da autora, não concordo com a Nath mas a respeito, é a opnião dela, tudo bem, eu tb tenho a minha, mas não vou ficar batendo boca por causa disso, que exagero, eu li e reli várias vezes a série, ja li muitos outros livros, e meu gosto literário ou minhas opniões deles não dizem a respeito a ninguém, a Nath tem a opnião dela que é válida, pode coincindir ou não com a sua mas calma, ela não é dona da verdade, nem vc e nem eu... gosto é gosto, respeito ainda é respeito, se não gostou da resenha dela faça a sua, eu não faço pq não me importo com isso, mas é engraçado ler os comentários... amo a série, amo a autora, amo "a hospedeira", e ninguém tem nada com isso, cada um na sua e, Djhesse, que isso pessoa, qntos anos vc tem, leva na esportiva, parece que esta defendendo sua mãe... calma, vc ja esta perdendo a razão...


Jady 11/05/2012minha estante
Olha, tive a mesma impressão que você. De primeira, até gostei do livro, talvez por ter ficado muito tempo sem ler um antes de Crepusculo. Mas depois de ler o segundo.... depois o terceiro..... Meu Deus, que droga eu to lendo!? Juro que cheguei a comprar o 4º livro pensando: "neh possivel, o final deve dar um UP nessa historia, eu tava achando tão legal!". Mas nem consegui tirar o livro do plastico. Depois de um tempinho refletindo sobre o que eu tinha lido, vi que eu tava lendo mais um livro voltado para menininhas super romanticinhas bobas que gostam de tudo "conté" moda. Depois que veio o filme e vi como caracterizaram um vampiro mais ridiculo possivel, desgraçou a coisa toda! Realmente, bem ruinzinho msmo.


Miller 15/05/2012minha estante
Excelente comentário, é isso mesmo... a mídia que engrandeceu emais essa sga que é uma verdadeira porcaria... é uma saga para ser lida no máximo por meninas com menos de 10 anos...


Henrique 24/05/2012minha estante
Tem um comentário sobre o Stephen King ali embaixo de uma tal de Djhesse que estrapola os niveis de ignorância aceitaveis.


Ste 09/06/2012minha estante
Só um argumento, Djhessen... Pense 1 milhão de vezes antes de comparar o King a Meyer. Por favor, respeite primeiramente. Como pode compará-lo a tal obra ridícula? haha, não me faça rir.


Marina 01/07/2012minha estante
Concordo com o Gangrel, que comentou aí embaixo, cada um escreve do jeito que quer. Não é porque um autor escreve de um jeito que o outro também tem que escrever, oras, senão todos os livros seriam iguais. Oo Então não é porque o George Orwell diz uma coisa que todo mundo deve seguir. E esse "se você teve o bom senso de ler Crepúsculo e achar ruim" foi puro desrespeito. Quer dizer que se você gosta de Crepúsculo você tem bom senso e se não gosta, não? Fora essas ressalvas, o resto da resenha tem aspectos com os quais eu concordo.


Bia 04/08/2012minha estante
Concordo PLENAMENTE com você.
Sinceramente, sempre achei Crepúsculo e afins algo ruim, e que não merecia ser chamado de Fenômeno, muito menos de Sucesso Mundial Infanto-Juvenil. Acho esta série bem ruim, fraca e sem enredo algum. É tão ruim, que não consigo pensar em mais palavras para descrevê-lo.
Também acho que Edward é uma pessoa possessiva e nunca que eu gostaria de ter um homem como ele por perto [além de ter aquele rosto 'chupado' dele, com a boca pintada de batom]. E o Jacob nem se fala... Ótimo ator para fazer um lobisomem: Tem cara de labrador.
A Bella é fraca demais, bobinha demais, romântica demais, idiota demais, chorona demais, e a atriz Kristen sei-lá-o-quê não sabe fazer uma expressão facial sequer! Não dá para saber quando ela está sorrindo ou chorando!
Adorei sua crítica - não sou a única garota que acha crepúsculo o cúmulo do ridículo - e concordo plenamente com você.


Gleydson 06/08/2012minha estante
Ótima resenha! Concordo com tudo o que você disse!


Leonardo 16/08/2012minha estante
História fraquíssima, mas é importante os adolescentes lerem alguma coisa, melhor que nada, com o tempo refinam o gosto e conhecem autores muito melhores, simples assim.



Bruna 01/09/2012minha estante
Quando eu li a primeira vez eu achei muito legal e criativo... Foi quando eu resolvi assistir um anime chamado Vampire Knight e depois comparar, juntamente com Vampiratas. Percebi como é feito um livro "mercadoria" como eu apelido a maioria das coisas que são produzidas no meio artistíco apenas para vender. É apelativo e realmente machista. Assistam ao filme a parte que ela vai se casar: não dá para saber se foi um erro ou se realmente a atora está interpretando muito bem a cara da personagem... Outra coisa a adicionar é que Edward não escuta Bella e é obsessivo-compulsivo em relação a ela. Cá entre nós, só passando pela minha cabeça... O amor que Snape tem pela Lily e completa a saga de JK Rowling é muito mais preenchedor e vivo do que Meyer coloca. Bella na série é tão morta como um vampiro, antes e depois de se transformar.


Rubilein 09/09/2012minha estante
Oi Nath, achei interessante seu comentário sobre o livro, sobre a saga. E para dizer a verdade, em parte penso muito igual a vc em muitas coisas do que vc comentou. Principalmente no que diz respeito ao machismo presente no livro. O Edward aparece como o cara mais gostoso do mundo e ainda fica se vangloriando por isso, e o pior é q a Bella idiota sempre acaba concordando com ele em tud onde ele se acha o tal. E eu chamaria de patético mesmo o momento quando ela descobre q ele é um vampiro. Ela trata isso como algo tão natural, como se conhecer um vampiro fosse a coisa mais normal e acreditável do mundo.
Mas devemos tbm analisar o outro lado da moeda. Pois a saga crepúsculo ñ deixa de ser literatura, na minha opinião. Uma literatura ruim, mas sim, é literatura. E tbm devemos lembrar que muitos jovens leram esse livro, se sentiram instigados a ler, quiseram mesmo ler tudinho. E isso é ponto p Stephenie Meyer, pq um monte de gente q antes nem devia gostar de ler, agora está lendo, graças a essa literatura ruim.
E tbm ñ devemos esquecer que hj em dia esse é o tipo de livro que está sendo o mais cotado, o livro q ñ faz pensar. Sim, isso é horrível , mas a mídia torna uma porcaria dessas super popular com o único objetivo de criar seres ñ pensantes. Em contrapartida, se uma pessoa q le crepúsculo, se interessa pelo hábito da leitura, então ela vai ler outros livros, e assim ela vai começar a conhecer mais coisas, e assim se tornará mais pensante do que quando estava lendo esse livro.
Bom, eu ñ gosto de crepúsculo, acho um livro muito fraco, mas acho q ele é uma boa leitura para quem está entrando no mundo da literatura. Pois, apesar de tudo, é um livro simples para ler, com uma historinha q interessa a adolescentes (esse é o foco do livro, mas tbm interessa a adultos) por falar de amor do modo um adolescente vê o amor. Então eu acho q o livro ganha pontos nesse sentido, mesmo sendo um livro tão ruim para quem já está há muito iniciado no mundo da literatura e já tem uma visão muito mais crítica sobre as coisas da vida e o que é uma boa literatura.


Hildebrando 16/09/2012minha estante
Comprei esta coleção por causa dos comentários acerca dos filmes, mas até o momento não encontrei nada que justificasse tal euforia dos fãs... Li os dois primeiros e não tive ânimo para concluir o terceiro. Definitivamente não recomendo.


Mayra 19/09/2012minha estante
O seu comentário descreve perfeitamente tudo que eu senti após ter lido os livros, algo do qual me arrependo, mas todo mundo tem um passado negro.


Polyanna 26/09/2012minha estante
Concordo PLENAMENTE com a sua resenha. Meu maior problema com Crepúsculo é que ele faz todas as menininhas adolescentes acreditarem que é completamente normal você querer desistir de tudo (estudo, família, amizades) por causa de um homem. Homem esse, que é completamente estranho, controlador, possessivo e ciumento. Esse é o livro mais machista que eu já li, e pra mim, sua única função é colocar minhoca em cabeça de adolescente.


Clara 30/09/2012minha estante
faço de suas sábias palavras minhas. o livro é simplesmente detestável, tanto que não me arrisquei a ler os outros.
os filmes que catástrofes, verdadeiros desastres, com erros inenarráveis.
uma história pobre, que ainda insistem em comparar com Harry Potter.


A.G. Sacra 03/10/2012minha estante
Grande resenha! Parabéns!
Precisamos mostrar para o mundo que Literatura não é esse "fast-food" vendido aos milhões que entopem as artérias e prejudicam a capacidade cognitiva dos leitores, principalmente os jovens, que estão em formação intelectual...
LITERATURA é outra coisa...
Parabéns. Me adicione, por favor. :D


A.G. Sacra 03/10/2012minha estante
Uma menina aqui disse o que resume o motivo desses leitores terem "pisado na bosta", começar a ler essa Saga iníqua: "Li a saga porque todos estavam lendo..."
Percebem como a indústria manipula os frágeis??
Sabe pq a indústria investe nesses livros?? Pq assim é bem mais fácil te controlar! Vc não vai ter tempo de pensar, raciocinar, ler algo que enriqueça intelectualmente, enriqueça seu vocabulário! Eles querem vcs todos iguais! E burros! Sem opinião própria!

A verdade é q as milhões de pessoas envolvidas por essa bola de neve têm medo de "estar por fora", de ser "out", acumulam embalagens de "fast-food" em suas estantes, então só se deixam ser atingidas por essa bola, não importando q seja uma bosta ou não...A compulsão não é por arte, conteúdo ou entretenimento...É compulsão por medo de se tornar obsoleto entre os populares ...É a praga da cultura Norte Americana...Até onde a vaidade vai, leva um catálogo de incoerências...É onde sua personalidade fica na reta...Assuma a responsabilidade de existir, principalmente qndo se expõe... As estações mudam, a moda muda, as cores dos sapatos mudam, os esmaltes descascam...Mas sua integridade precisa ser valorizada...


Kassio 04/10/2012minha estante
Putsss...
A.G. Sacra falou tudo aqui em baixo...


Kassio 04/10/2012minha estante
E a resenhista disse o resto! ^^


Kassio 04/10/2012minha estante
Ou o contrário, né.... hehe


Marina 14/10/2012minha estante
Concordo em partes e eu também achei que a história foi perdendo a força com o passar dos livros e que a Bella vai virando um porre - mas esse primeiro livro na minha opinião é bom, só não gostei da forma como ela levou adiante nos 2 ultimos volumes da série.
Agora as pessoas chamarem quem gosta da saga de ''sem noção'',''sem cérebro'' e blablabla já é falta de respeito. Cada um lê o que quer, não é porque você não gosta que ninguém tem direito de gostar. E não é porque você não gosta que não pode ser chamado de literatura.
Aliás tem muita gente que nem leu e já quer ir pela cabeça dos outros espalhando que é ruim.
Não sou dessas fãs fanáticas por Crepúsculo não. Só estou dizendo o que penso.


Fer 16/10/2012minha estante
CONCORDO! Eu tenho a saga inteira e estou super disposta a trocar por qualquer outra saga, nunca vou me arrepender por jogar um dinheiro tão fora igual quando comprei Crepúsculo. Gosto é gosto, então não fiquem pedindo pra apagar uma das melhores resenhas que eu já vi aqui. J.K é uma diva, sem mais. ?


Mich 09/11/2012minha estante
Sinceramente,não acho que a autora seja ruim, julga-la por uma Saga não é algo muito justo,já leram algum outra livro da autora?
Francamente,acho desnecessário toda essa aversão,mas concordo que os livros da saga não são realmente bons.


Manu 13/11/2012minha estante
Parabéns pra você por ter a motivação de ler a saga inteira. Eu li o primeiro livro, e não aguentava mais ver ele na minha frente, e depois não queria vê-lo no meu guarda-roupa. Eu doei pra alguém que eu sabia que não ia ler.
Única livro que eu tenho vergonha de marcar como lido.


Natalia 16/11/2012minha estante
Comento, faço questão de comentar como concordo em numero, gênero e grau com você Nath, companheira!
Eu li essa bosta desse livro para dar o benefício da duvida. Afinal, não posso dizer que um livro é bom porque todo mundo diz que é ou que é ruim por que todo mundo diz que é.
Não acredito que perdi horas preciosas da minha vida lendo esse livro quando eu poderia estar dormindo, fazendo chapinha, ou batendo um bolo. É realmente mal feito, tipo, onde já se viu um vampiro brilhar no sol??? Cadê o Dracula? O Vampiro Louis? Lestat? Até o Blade é melhor. Só quem tem a idade mental de pré-adolescente idiota para gostar dessa história. Fico feliz que alguem no mundo caiu em si e disse o que muita gente quer dizer. Apoio totalmente companheira!!!!


Lia 19/11/2012minha estante
q estranho né? Crepusculo é tao ruim q fez sucesso no mundo inteiro... pensa nisso.


nathy 20/11/2012minha estante
Caramba, nunca vi uma resenha para ser tão criticada..rsrsrs
Bom, eu concordo em alguns pontos e outros nem tanto.
Quanto a qualidade da escrita: Não acho ela uma má escritora, pois afinal de contas ela alcançou seu objetivo, vendeu milhões de livros e conquistou milhões de fãs, e a Hospedeira é muito bom;
Concordo quanto a relação doentia dos personagens, Edward me dava nos nervos, e a falta de atitude de Bella chegou a me deixar com raiva.
Mas acho um bom livro, e como tudo não é perfeito.


Princesa Jujuba 23/11/2012minha estante
Só acho que a opinião de vocês não irão valer nada, porque enquanto vocês criticam, eles estão ganhando prêmios e dinheiro, e não estarão nem aí para suas opiniões...


Jéss 03/12/2012minha estante
Sua resenha resume tudo que senti lendo somente os primeiros capítulos do livro. Não consegui nem terminar. O lado positivo é milhares de jovens saíram de suas vidas resumidas em internet e vídeo game para alimentarem sua mente. Espero que elas tenham continuado com obras melhores !


Camile 04/12/2012minha estante
Crepúsculo só fez sucesso porque as pessoas que adoram o livro nunca leram nada melhor! hahaha


Ronnison 13/12/2012minha estante
Concordo com Cami e a autora dessa resenha. Esse é de longe o pior livro que li(pra ser sincero é o único que abandonei até hoje, li até a metade não sei como). Não sou de ler livro de modinha, mas devo dizer quem diz que isso é literatura não sabe o que é um bom livro de verdade.


Ronnison 13/12/2012minha estante
Qualquer leitor clássico de obras vampirescas sabe que esse livro é uma piada. Pra enjoadinhas que conseguiram sair do facebook pra ler esse livro aqui vai uma sugestão de um autentico livro de vampiros, e o que é melhor, de um escritor nacional.

LEIAM: Os Sete - André Vianco.


Ester 21/12/2012minha estante
Eu concordo plenamente com oq disse. Tirando q a autora n escreve bem. Bom, acho q ela apenas insistiu em um péssimo erro. O livro A Hospedeira é o unico livro q já li dela realmente bom. é.. talvez ela seja msm uma péssima escritora :D


Thaina 28/12/2012minha estante
Super concordo! Eu, no começo, amava Crepúsculo. Inclusive, foi por causa dessa saga que hoje sou uma amante de livros. Mas logo depois que li Crepúsculo, comecei Harry Potter e vi a minha burrice. JK é maravilhosa, e palavras não há para descrever o talento dessa mulher. Apenas agradeço Crepúsculo por me fazer gostar de ler, porque de resto... Se pudesse voltar no tempo, não teria lido e não recomendo a ninguém. :)


carol 04/01/2013minha estante
Comecei a ler de verdade com Harry Potter, parei um pouco e voltei com Crepúsculo. Li diversos temas, diversos autores. Não acho que a autora seja ruim. Pelo contrário. Há coisas que eu nao gosto: o machismo, nem o fato dos vampiros brilharem. Acho que talvez a saga não devesse ser anunciado como o livro de vampiros CLÁSSICOS porque definitivamente não é. Quer Lestat? Leia Anne Rice. O Drácula? Bram Stoker. Li todos. E adorei, embora tenha acho o segundo maçante em alguns momentos. E julgar a autora por uma saga, realmente é perda de tempo.
Hoje em dia há muitas categorias de livros. HP, Twilight, The Hunger Games, e tantos outros até menos populares, não te fazem "pensar", não do jeito que muitas pessoas falam. As vezes eu quero apenas um livro pra descansar e não que me deixe louca com milhares de paradoxos e dúvidas. Em vez de ficar criticando, leia de tudo, não apenas o que te fazem pensar. Pelo menos as pessoas estão lendo e é isso que importa. Acho que nem tudo na saga é perfeito, mas não malho ela assim como você fez. Alias, só uma "saga" eu falo mal: Cinquenta tons. Patético.


Fernanda 14/01/2013minha estante
pecimosRealmente muito ruim,concordo com vc nath,em tudo.Devo a crepusculo apenas uma coisa:minha paixao pelos livros,pois quando eu tinha 10 anos eu nao tinha livros,e na minha cidade por ser tao "fim de mundo",nao tinha como comprar,a unica forma de se ter acesso a uma dessas belezas,era pedir emprestado,e foi isso q eu fiz,e aliaz me arrependo.Pedi a uja vizinha q tinha todos(e nunca leu,sorte dela),e li todos,nao so por falta de opccao,mas tbm por me sentir desde o inicio na obrigacao de ler todas as sagas q comeco.Tambem agradeco a "genia"Stephanie por ter me mostrado como ha livros ruins no mundo,personagens mal construido e e claro,autores,como diria minha mae,"sem futuro".Um dos unicos livros/sagas que eu tenho vergonha de ter na minha estante virtual,e fico feliz de nao ter na minha estante propriamente dita.


Clara Ilke 23/01/2013minha estante
Pra ser sincera comecei a ler Crepúsculo só pra ter argumentos convincente pra não gostar,pois assisti o filme e odiei.Mas como sou fã (potterhead) pensei que talvez seria injusto julgar pelo filme,já q muitos estragos foram feitos em adaptações de livros pro cinema.Li a saga toda e posso dizer que continuo odiando.O que mais me incomodou foi esse amor doentio da Bella,que vive para o Edward,e o machismo na história.É uma protagonista fraca,e os outros personagens também não são muito bons.Sem falar que quando as coisas começam a ficar "boas" pros dois vem aquele dilema de "quero ser vampira" e "Ed ou Jacob?".Realmente foram os piores livros que eu li.


Keilessine 26/01/2013minha estante
Uma coisa que sempre me incomoda em muitas resenhas e varios comentários sobre crepúsculo eh a "inevitável" comparação entre Stephanie e J.K como se no vasto mundo literário nao existisse outras autoras de peso para comparação.
Emily Bronte, Clarisse Lispector, Úrsula K Le Guin, Jane Austen


Irla 04/02/2013minha estante
Amei todos os livros,tanto que tenho a coleção, só acho que o filme crepúsculo poderia ter sido melhor.


Liza 28/02/2013minha estante
Tá né, cada um tem uma opinião diferente. Mas eu digo: Eu amo todos os livros da saga, e não acho uma ''merda'' como andam dizendo por ai. E, por favor, não comparem com HP, isso sim é patético.
E, caramba! Vai ter cérebro primeiro antes de criticar as coisas assim.
I IAM TEAM CREPÚSCULO O/


Gloria 03/03/2013minha estante
Sua resenha disse boas verdades em alguns pontos. Mas FRANCAMENTE parem de comparar Stephanie com J.K. Rowling! Acho isso ainda mais patético do que o livro.


Klerval 07/03/2013minha estante
Não existem diferenças significativas entre J.K. Rowling e Stephenie Meyer, claro que os livros da segunda são muito piores que os da primeira.

Mas rola uma certa hipocrisia de alguns fãs (de ambos os lados, porém com muito mais intensidade com os de harry potter) ao criticar um dos livros e adorar outro.

Parece-me pouco provável que alguém goste de um e, sinceramente, odeie o outro


Matheus Caixeta 08/03/2013minha estante
\/ ZzzZzzzZ beleza, cara


Flavinha 16/03/2013minha estante
Olha aqui garota, você expôs sua opinião, digamos, de forma direta e sucinta, então farei o mesmo.
O que me chateia mais nas pessoas, é elas não saberem tirar o essencial de uma determinada coisa. Superficialidade, eis a palavra que define bem o que estou falando. As pessoas buscam ler o livro a espera de "sangue", "violência", "brigas e mais brigas", quando, na verdade, não é esta a verdadeira leitura a ser feita e apreciada. O que mais fica estampado ali são os valores, os sentimentos, os ensinamentos de cada personagem. Detalharei bem aqui:

O que você chama de "machismo" da Bella, eu chamo de altruísmo. Quer dizer, ela abre mão das próprias vontades, dos próprios desejos em favor de quem ama. Para mim, não há nada mais nobre que isso. Ela abre mão de morar numa cidade que ela gosta, de uma vida que ela pensa que gosta, só para a mãe dela ser feliz. Ela ajuda o pai para mostrar que, apesar de ter indo embora, ela o amava muito. Foi por isso que o Edward se apaixonou por ela: Por ela ser responsável, madura, altruísta e verdadeiramente boa.

O você chama de "doença" eu chamo de "amor". Edward se apaixonou por Bella, e isso foi uma surpresa para ele. Imagine você passar mais de 100 anos sem amar ngm e de repente esse sentimento aparecer? Outro motivo para eu admirá-lo. Tem uma passagem no livro, que Bella e Edward falam que, para eles, o amor e o desejo andam de mãos dadas. Não deveria ser assim com todos? As pessoas se tratam como objetos, e não como seres humanos. Edward e Bella não abriram mão desse valor que parece insignificante para a maioria das pessoas. Mais um ponto pra saga. Ele vê--la dormir não é uma coisa insana - é uma coisa apaixonada. Só de vc falar assim, creio que nunca experimentou verdadeiramente o sentimento. Amor é quando nós amamos uma pessoa sem esperar nada em troca. É ficar longe se isso for o melhor pra ela.

Quanto a escrita da Meyer, ela tem mania, sim, de colocar palavras a mais em suas histórias. Isso, para mim, torna o livro mais emocionante. Creio que você não escreve. Se escrevesse, como eu, entenderia. Li um texto uma vez falando que um bom escritor escreve, antes de tudo, para si mesmo e não para vender. Não conseguimos segurar a inspiração.

Até a história da Rowling as pessoas não tiram o essencial. Se fixam só no mundo bruxo, quando ela quer mostrar que o amor tudo vence. O Harry venceu graças a que? Ao amor da mãe por ele; aos amigos verdadeiros que tinha e Voldemort não; o conhecimento que ele tinha sobre o amor. Enfim, essas autoras querem ensinar alguma coisa, mas infelizmente as pessoas não sabem extrair as coisas certas.

Vampiros. Lobisomens. Bruxos. Isso tudo é só um acréscimo.


Diandra 27/03/2013minha estante
Concordo em classe, gênero e grau com a nath. Os livros são muitos ruins. A escritora inclusive foi ate processada por plagio por duas outras autoras que só não ganharam porque não estava exatamente igual, mais sem duvida Stephenie Meyer usou ideia de outros.


TUDO PATETICO 11/04/2013minha estante
eu acho q vc e pateticamente retardada, debimental e se vc achA Q ESSE COMENTARIO SEI IDOTA VAI MUDAR ALGUMA COISA ESTA MUITO ENGANADA POIS SE VC NN ENTENDEU OS LIVRO DIREITO E Q VC NN SABE LER Q O LIVRO RETRATA A HISTORIA DE UM ROMANCE ENTRE VAMPIROS E HUMANOS E UMA COISA TOTALMENTE INOCENTE E ENTRE LOBOS E VAMPIROS E HUMANOS .
STEPHANIE MEYER E UMA GRANDE ESCRITORA POIS NUNK VI TANTA GENTE DOIDAA PARA LER OS LIVROS DA SAGA CREPUSCOLO E LEA TBM NN PLAGIOU NINGUEM COMO VC DISSE POIS EU NUNK VI UMA HISTORIA DE VAMPIROS HUMANOS E LOBOS TAO BONITA E CARINHOSA ASSIM ENTAO MEU BEM SE LIGA POIS ANTES DE VC FALAR VE SE APRENDE A LER PRIMEIRO TBM QUERIDINHA E SOBRE OS FILMES OS ATORES SOA OTIMO PROTUDOTRES TBM E OS CREIADORE TBM E SE NN FOSSEM BOM PQ TANTA PESSOAS PERDERIAM ESSE TEMPO TAO SAGRADO VENDO A SAGA CREPUSCOLO Q E MUITO BOA ATE DMS E O PAI DE BELA SO FALAVA PARA ELA LAVAR A LOUÇA MEU BEM E O EDWARD QUASE SE MATOu pela bela vc escreve meu bem e nn ve o filme e nem le o livro e acha q manda no pedaço pois pra gente criticar nos temos q ler ou ver e tbm tem q aprender a ler e o alfabeto tbm meu xau aki e o meu recadinho pra vc idiota!!!


Victor Hugo 16/04/2013minha estante
Concordo com tudo que você disse até começar a falar do relacionamento dos dois, concordo que é um relacionamento bem chato, agora não acho que o Edward seja controlador, ele é ciumento mas nada tão exagerado assim. E sobre ele entrar no quarto dela, ele é um VAMPIRO pô, essa é uma das poucas ações decentes dele no livro.


Aline Stechitti 16/04/2013minha estante
Engraçado q os fãs da saga só sabem defender os livros com hostilidade enquanto os que não gostaram falaram com educação. Dá pra notar a classe das pessoas q são alucinadas por crepúsculo. De uma cultura só...


Evelyn 05/05/2013minha estante
É um livro narrado por uma adolescente que é apaixonada por um vampiro, é obviou que a maioria dos homens e pessoas mais maduras não iram se interessar, porém isso não significa em momento algum que o livro é ruim, pelo contrário, é excelente, para quem realmente consegue ler sem os preconceitos, e para quem GOSTA de romance. Todas essas resenha no final não servirão de nada, porque as mesmas não terão nem 0,0000000 % da quantidade de pessoas que leram essa Saga, muito menos as milhares que gostaram. Ler e não gostar é uma coisa, considerar sua opinião como a certa e classificar o livro como ruim apenas porque VOCÊ não gostou, é uma coisa completamente diferente.


Patrick O. 10/05/2013minha estante
Crepúsculo só fez sucesso porque as pessoas que adoram o livro nunca leram nada melhor! hahaha 2


Edu 29/05/2013minha estante
parei de ler em "Mas depois quando parei pra pensar vi que o livro é muito ruim." nem faz sentido isso tudo aí


Douglas 27/06/2013minha estante
Primeiramente, antes de tudo, o que fez sucesso foi o filme, não o livro. O livro foi depois, isso já define algo.

Segundo que 98,8% do público é feminino, e o filme só tem machismo e homem sem roupa, a maioria (inferioridade) das mulheres adoram submissão, isso já define o sucesso do filme.

Terceiro. Quando algo faz sucesso, a maioria (inferioridade) das pessoas modinhas, passam a gostar daquilo. Tendência.

Quarto, o livro é sim uma Bella porcaria, eu não li e nem faço questão, quando vi o filme já me arrependi pelo meus 3,50 de locação. Um Doritos teria valido mais.


Israel 04/07/2013minha estante
Parei de ler em "Acho que com exceção de Bruna Surfistinha, Crepúsculo é o pior livro que já li na minha vida". Uma leitora de verdade sabe primeiramente que não se generaliza um livro como ruim ou bom porque isso varia os gostos. Segundo, uma leitora de verdade sabe que não é o pior livro, tem tanta coisa melhor como pior, e é fato. Resumindo: você é mais uma garota patética que segue tendencias (em especial, a de criticar a série) e provavelmente paga de fã de Harry Potter. Não sabe nem argumentar adequadamente. E ainda disse que gostou a primeira vista.


Ret Gatteau 08/07/2013minha estante
que comentario mais dispensavel esse o seu! continue falando bobeiras, generalizando e julgando. Mostre que é mais uma "maria vai com as outras".. foi só isso que vc demonstrou quando disse que gostou do livro mas depois parou pra pensar qe ele era ruim --'... tipo, vc gostou do livro mas lembrou qe ta na moda falar mal de crepusculo, entao tambem acha ele ruim. Quanta inteligencia...


Gabi 19/07/2013minha estante
Sou,uma twihard assumida.É verdade a saga ganhou sucesso por causa dos filmes,mais se for pra comparar os filmes com os livros,concerteza vou escolher os livros,pois é por causa dos detalhes,que sempre chama a atenção, eu amo o jeito da Stephenie Meyer escrever os seus livros.E eu amo ROMANCE , é minha prefêrencia de livros,e cara uma coisa que eu odeio são a pessoas julgarem justamente porque é modinha,cara dane-se se o livro é modinha eu vou ler porque é BOM,ponto final,a autora ganhou milhões com essa saga ou seja ela tá pouco se lixando com as críticas.E respondendo há alguns comentários que insistem em bater nos mesmos motivos,a autora já explicou muitas e muitas vezes o motivo dela fazer na história vampiros que brilham,é porque ela quis que vocêm mais parecidos como HERÓIS,e pela 2 vez é um livro de ROMANCE,não de terror..E foi justamente por causa dessa saga que começei a amar ler, e tudo mais.Meu gosto por livros ou generos mudam bastante,mais o bom e velho romance eu nunca vou abandonar.


Carol 20/07/2013minha estante
Concordo, achei o livro ruim, meloso e machista demais, não é meu estilo. Não me envolveu e abandonei na metade do livro. Não gosto de ler coisas forçadas e eu já estava começando a me forçar a ler pra terminar logo, mas acabei desistindo. Não recomendo, mas tenho respeito pelos fãs e não acho que ninguém seja melhor que ninguém. Mas não é só porque "minha opinião não vai mudar nada" que significa que eu não posso falar o que achei, né? Pra isso existe liberdade de expressão e o Skoob, pra falar que livros vc leu e dar uma nota pra eles, uma resenha e uma opinião, certo? Se não nem estaríamos aqui... Mas não acho ela uma má escritora, afinal assisti A Hospedeira pensando que seria tipo um Crepúsculo mas acabei gostando e quero muito ler.
Não podemos julgar um escritor por apenas uma obra.


Jackeline 29/07/2013minha estante
Olha, fiquei com um pé atrás quando você escreve que primeiro gostou e depois "parou pra pensar viu que o livro é muito ruim". A sua resenha me parece extremamente tendenciosa, principalmente porque ainda está bastante em alta criticar Crepúsculo pra pagar uma superioridade intelectual. E isso é o que me passa sua resenha, especialmente quando você cita o Stephen King e o Orwell.

Se não foi essa a intenção, peço desculpas. Até porque eu também mudei de opinião sobre ele. No primeiro momento que eu li, não notei tanto o machismo (mais que o "comum", quero dizer) e achei no máximo um romance teen inofensivo. Fui perceber melhor as mensagens negativas que ele passa só depois. Agora, apesar dos pesares, concordo com quem disse que ele está longe de ser uma abominação ou o pior livro do mundo. Quem diz isso ou não lê muito ou está indo na onda dos outros.


Kika 26/08/2013minha estante
Disse tudo!!!
É a série de livros mais inútil, fútil e ridícula que li na vida, completa perda de tempo.

A autora é terrivel, a história é terrivel e os personagens são terriveis...

Modinha que acabou com a tradição dos vampiros sanguinarios... agora eles são fadas brilhantes...

Posso ficar até aqui enumerando defeitos, que não vou encontrar apenas 1 qualidade nessa porcaria de saga...

Mas vc já poupou o tempo de todo mundo tirando as palavras de nossa boca. Posso dizer só uma palavra:

Concordo!


Blue 06/11/2013minha estante
Sinceramente, resenha mais mal elaborada que já li. Eu respeito sua opinião até certo ponto no requisito machismo e amor doentio. Mas qual o direito que você tem de menosprezar tanto assim o trabalho de alguém? Desculpa, mas isso te tornou baixa.


Matt 24/11/2013minha estante
Devo dizer que tem certo crédito o terceiro livro, Eclipse. Depois que descobri o modo como ela escrevia, ao ler os livros me decepcionei mais ainda! Os filmes conseguem ser 'menos piores', se usarmos como exemplo o Lua Nova e Amanhecer. Claro que até certo ponto, admito que a história tem devido conteúdo pois depois de Harry Potter e Senhor dos Anéis eu nunca pensei que houvesse uma saga que poderia se aproximar no sentindo de vendas de livros e divulgações do filme. Pensei que seria como o Restart... Outra comparação esdruxúla de que não é preciso muito para se fazer sucesso, a não ser o dinheiro. Mas ela NUNCA poderá ser comparada a Jo Rowling que usou a magia como base numa história, um drama que muitos adolescentes já passaram ou ainda passam, se perguntando: "a que lugar eu pertenço?" Podem me críticar por essa postagem, fãs de crepúsculo. Mas verdade seja dita: é uma história SEM SAL, se formos comparar somente pela escrita das autoras, sem falar dos personagens.


Lizzie_Chois 26/11/2013minha estante
segura meu like (y)


Momo 15/12/2013minha estante
Nossa, fico realmente envergonhado - isso mesmo, tenho um forte senso de vergonha alheia - quando vejo alguns comentários.
Sinceramente, como leitores temos total direito de criticar um livro na qual não gostamos, afinal se o escritor publicou o livro foi para receber opiniões, ou foi simplesmente para desligarmos os nossos cérebros para lê-lo? Bom, acho que muita gente esta escolhendo a última opção - repito, muita gente, não todo mundo, afinal tem gosto para tudo - ou o leitor em questão esta começando agora no mundo da leitura. Para a ultima opção eu digo: você ainda tem salvação - não querendo ofender quem gosta.
Devo admitir que já estive na fase de ler romances chulos para adolescentes e até criticava nomes como Stephen King, Edgar Allan Poe, Douglas Adams, Thomas Harris, H. P. Lovecraft entre outros - quem nunca? - mas somente assim eu criei gosto para ler outros bons livros, e hoje - depois de ter lido e gostado de livros na qual me envergonho - sou fã de carteirinha desses nomes que citei acima.
E não é somente pelo fato de a pessoa ter lido um livro como Crepúsculo, dizer que gostou e depois dizer que mudou de ideia não quer dizer que ela é uma seguidora de modinha - isso só mostra o quanto suas mentes são generalizadas e essas sim seguem modinhas - muito pelo contrário, isso só diz que a consciência literária dela amadureceu e percebeu que o livro na verdade era ridículo, por que afinal é sim ridículo e ponto final e se vir alguma fangirl/fanboy fanático me criticar por isso, digo que: procure ler outros romances melhores, tem John Green, e até Nicholas Spark - gostei dele - e vá sempre buscar novas leituras, prometo que não se arrependera, e ainda vai perceber o quanto suas ações estão sendo ridículas, defender o livro com unhas e dentes - e também com muita ignorância e má-educação - não o fara melhor, nem você nem o livro. Na verdade vai fazer com que o resto do pessoal tenha uma ideia mais negativa quanto a saga, por que parece que que pouquíssimos fãs usam a cabeça para aceitar uma crítica - e poxa, todo mundo pode se expressar da forma que quiser, todo mundo é livre para isso.
Sinceramente, não vejo nada muito bonito em Crepúsculo, vejo somente mensagens discretas de submissão sexual e de atividade sexual prematuramente, é isso que eu vejo, uma versão light - e bote light - de 50 tons de cinza.


Bizungo 05/01/2014minha estante
Uma das melhores criticas de crepúsculo que já li.


Henrique 18/01/2014minha estante
Ai, gente, ME POUPE quem tá falando que ela escreveu a resenha só pq é modinha odiar Crepúsculo. OLHEM A DATA que ela escreveu a resenha. Quando ela escreveu essa resenha ninguém nem tinha ouvido falar de Crepúsculo, então pfvr né.


Camila 19/03/2014minha estante
Li a saga logo depois do lançamento do primeiro filme. De fato, os personagens tem uma personalidade um tanto "abusivas", mas você não pode negar que a estória em si é ótima. Eu ficava fascinada quando lia, a quantidade de detalhes que levava um fato a se ligar a outro me prendeu do primeiro ao quarto livro.
Cada um tem sua opinião, isso é lógico, mas se você não gostou dos livros, porque se torturou lendo os quatro? :S


Kah Cruz 20/03/2014minha estante
Felizmente gostar ou não de algo é muito singular!
Eu posso dizer que ADORO a saga! Já li Crepúsculo umas 10 vezes e não me canso e nem me envergonho por isso.
Não me incomodo com sua resenha, respeito sua opinião, porém acho que ofender a autora não é uma atitude bonita.
Não gosto dos livros do Stephen King, os acho chatos e cansativos, mas nem por isso acho que as pessoas que os lêem são menos inteligentes. Isso é questão de gosto! E também acho que todo tipo de leitura é válido, principalmente se isso servir de incentivo para que as pessoas passem a ler mais!
Achei também o comentário dele totalmente anti ético... Cada um escreve para um público alvo distinto e é essa diversidade que permite que existam cada vez mais leitores no mundo, porque se dependesse do Stephen King para que eu me tornasse uma leitora, com certeza eu não seria!


Daniela 21/03/2014minha estante
Li os livros e tenho que concordar com sua resenha. Os livros são muito ruins.


Diegoprs 16/05/2014minha estante
Não consegui nem terminar Crepúsculo, quanto mais as continuações. E esse "homem idealmente obsessivo" é criado por alguma lacuna amorosa na vida de Meyer. Depois veio uma com uma vida amorosa pior ainda (E L James) e me cria uma fan fiction erótico-pornográfica e sadomasoquista com personagens inspirados em Crepúsculo. Ambas sagas mal escritas.


Carol 26/07/2014minha estante
Vi algumas pessoas falando que as únicas pessoas a responderem grosseiramente são os fãs de Crepúsculo. Creio que ambos os lados estão se desrespeitando. Vejo pessoas que não gostaram falando que quem gosta "não tinha nada melhor pra ler", "sem gosto literário", "sem cultura", entre outros... E vejo também pessoas que gostam falando que é "modinha" odiar crepúsculo e afins.
Estou relendo a série agora. Quando tinha uns 13 ou 14 anos a li pela primeira vez. E se formos dei 5 estrelas na época, e hoje com 21 anos, dei 3 estrelas (na verdade, queria que fossem 2,5, mas ok).
Sempre vou ter esse carinho com a série por ter sido um dos livros que me introduziu ao prazer da leitura. Twilight não é a melhor saga que existe no mundo, convenhamos. Mas também não é a pior, pelo amor de Deus.
O que eu realmente queria ver aqui é a apresentação de pontos do porque gostou ou não dos livros. Não venha me dizer, "é mal escrito", "é um lixo", "é modinha ser hater". Me poupe.
Vou aceitar com o maior prazer uma discussão madura dos prós e contras desse livro, com respeito à opinião do próximo. Sinto falta disso aqui.
E sim, me odeiem, os livros não são excelentes e os filmes piores ainda, mas eu gosto. E daí?!


Camilla 31/08/2014minha estante
Ok. toda opinião é valida aqui, mas acho que virou uma modinha insuportavel falar mal. O que eu acho patetico são as pesssoas que falam mal só porque virou moda dizer que é ruim, que é ridiculo etc. Obvio que tem uns que sempre odiaram mesmo, mas em outros casos pqp, pessoas ridiculas.

PS: não disse que é o seu caso, só foi um comentário geral sobre algumas pessoas que falam mal que até hoje irritam com isso, querer aparecer e tentar ser melhor só por odiar uma coisa que é "preciso" odiar "pra não ser zoado". D:

Ps2: Concordo em grandes partes com a Carol! :)


nathaliapor25 03/09/2014minha estante
Vc falando que num primeiro momento gostou e depois achou ridículo, da a impressão de que vc deixou de gostar do livro quando virou moda chamar o Ed de fada '-'


RoxaneRegly 24/11/2014minha estante
Perfeito. É o que penso. Agora, lendo isso, queria saber sua opinião sobre 50 Tons... Deve bater com a minha também! rs


samara 11/01/2015minha estante
Eu gostei do livro. Mas é so minha opinião......


Matheus 18/01/2015minha estante
Curti o livro, mas curti mais ainda quando você diz: "George Orwell dizia nunca use uma palavra longa onde uma curta tem o mesmo efeito. Mas afinal, quem é George Orwell perto da gênia Stephanie Meyer?"...


Valt 25/01/2015minha estante
Nossa, quanto ódio!!


Cristina 05/02/2015minha estante
Todo livro pra você é patético. Deve ser uma ótima escritora... Não, estou sendo irônica.


Mônica 08/04/2015minha estante
Perfeito! você escreve muito melhor que Meyer...
Quando li a série, até meio que gostei, apesar do absurdo, onde um vampiro que não pode nem suar, tem esperma...
Depois li tantos livros maravilhosos que acho que a série Crepúsculo foi de longe a pior série que já li.


Nessa 29/04/2015minha estante
Concordo plenamente com você... Ótima resenha! :) Mais um "gostei" p ti!


Ju alves 17/06/2015minha estante
é o melhor livro que já li da minha vida!!!


Rapha Sheeran 03/08/2015minha estante
Eu achei ..slá! Meio merdinha. Se Meyer...O QUE? Livro ruim eu não vejo ruim! Tanto é que foi o melhor da década. O MELHOR então desculpe, mas esse resuminho aí não foi bom.


Lavaguel 19/10/2015minha estante
Embora muito disse seja verdade (Edward é ridículo, insano, estranho e possessivo) não consigo deixar de gostar do livro pelo que li até agora. Edward é um dos "protagonistas perfeitos" qual não me apaixonei em nenhum momento, St. Meyer perdeu muito ponto por isso, se eu gostar do protagonista vou querer comer tudo que ela escrever... Mas como própria bella diz, a vida não é justa.


Karina 10/12/2015minha estante
Perfeita a resenha.
Eu também li os quatro livros (tempo de vida que nunca mais vou recuperar) pois queria entender o "fenômeno" e concordo com cada palavra da resenha. Aliás, não é nem uma questão de concordar, pois são fatos, o livro é mal escrito e machista, ponto. Muitos fãs, cegamente, não conseguem analisar as características que a nath apontou aqui e isso diz muito sobre os "leitores" de hoje. Mais triste que a decadência dos jovens leitores é que a idéia de Meyer, nas mãos de uma autora competente, poderia ter dado um livro decente.


Nessa 23/12/2015minha estante
Nossa, também estou assustada com os comentários na sua resenha, cada erro de Português primário dos fãs de Crepúsculo que chega a doer.


Jessy 01/03/2016minha estante
Você devia ter aulas de português para aprender a escrever uma resenha. Porque uma resenha deve ter os pontos positivos e negativos, e você só expressou a sua opinião.


Mari Vasconcelos 20/03/2016minha estante
Depois de ler essa resenha, parei na página 14 do livro. Obrigada pelo livramento!


Emilia 23/07/2016minha estante
Mais machista que vc viu na sua vida inteira? hahaha vc ainda não leu Cinquenta Tons de Cinza


pri 26/08/2016minha estante
Amo esse livro como todos da serie,é apaixonante.


Viana 02/09/2016minha estante
Pessoalmente, não concordo! Desde que me lembro, que gosto da Saga Twilight na totalidade. O enredo está bastante bem construído e a escrita da Steph é complexa e fácil de entender. Compreendo o seu ponto de vista, mas julgo que se aproprie mais a pessoas que gostam da escrita básica e "sem sabor". Porque no momento em que nos embrenhamos na história, é bom sentir-se desafiado, conhecer novos vocabulários e até mesmo, aprender com eles!
Como é bastante óbvio, um livro não agrada a todos e por esse mesmo motivo, não posso dizer que determinada escritora é má ou que a relação dos seus personagens seja doentia!
Eu sou escritora e o meu género não é, em nada, idêntico ao da Steph, no entanto, sei apreciar aquilo que milhões de fãs apreciaram. Não é uma característica que goste de ler, o facto de a menina ser sempre a indefesa e blá, blá, blá, mas se reparou, em Vida e Morte, o novo livro da Stephenie, as personagens inverteram de sexo e o seu comentário torna-se descabido e sem argumentos. A Steph provou que não é a favor de relações românticas dependentes, e que o destino de um não pode ser igual ao destino do outro.
Há milhões de romances escritos e cada um deles, com os seus próprios fãs, leitores ou o que você lhes queira chamar.
Acho que o seu comentário menosprezou não só o trabalho árduo de Stephenie Meyer, assim como a todos os milhões de fãs que veneram a saga desde 2008.


Mila Pascon 25/01/2018minha estante
Comprei o box com todos os livros em 2012 e não consegui chegar nem na metade de Crepúsculo. Realmente é péssimo.


Gei. Silva 30/06/2018minha estante
Não sou a maior fã de Crepúsculo do mundo, mas respeito. É realmente um bom ROMANCE SOBRENATURAL! Não concordo com muitas coisas da série como vampiros vegetarianos, brilhar no sol e etc... Mas a história, por sinal muito bem escrita, é dela! O livro é dela! Sua resenha é mais que muito desrespeitosa!


Bigas 23/02/2020minha estante
Eu vou dar uma chance
Tô gostando
Nn tenho nada a reclamar
Mta gente disse q é bem ruim msm


Bigas 25/02/2020minha estante
Aff povo
Eu nn tenho nada a reclamar
Sempre vai ter algumas pessoas q adoram uma coisa e outras q simplesmente morrem de desgosto só d ouvir falar
É NORMAL!
pra quê discutir algo bobo
Essa é a opinião dela


Mary 22/03/2020minha estante
Que pena que você não gostou. Eu adoro crepúsculo, gosto é gosto e devemos apenas respeitar isso uns dos outros.


Malu 02/09/2020minha estante
Concordo super! A mitologia é legal porém a protagonista insuportável... não vou continuar em ninguém futuro próximo por motivos de: ? vergonha alheia?.


Lala 05/09/2020minha estante
Mds, comentários de mais de 11 anos e eu aqui, mas deu vontade de falar agr. Concordo que Crepúsculo seja muito mal escrito, a história é realmente tosca e é brega pra caramba, mas eu acho q pra quem tá começando a vida literária pode ser uma boa alternativa (especialmente por ser fácil de se ler) conheço muita gente que começou a ler por causa de Crepúsculo, não foi meu caso, eu nunca gostei da série e comecei a ler com Harry Potter e Percy Jackson, como muitos daqui, mas eu penso que mesmo que seja ruim, Crepúsculo pelo menos trouxe muita gente pra leituras mais complexas e isso é um bom ponto


Gabi 12/09/2020minha estante
Gente eu detestei o livro sinceramente, mas achei meio ridículo a forma que vc falou. Têm mt gente que gosta e entrou no mundo da leitura por ele, então acho que quando falta o mínimo respeito deixa de ser opinião válida.


Rineo 20/09/2020minha estante
Uau, é incrível como eu achava exatamente isso, até ler sol da meia noite


Leticia.Moura 22/09/2020minha estante
Olha eu tenho certeza que esse não é seu gênero! e não tem nada de machismo. não. Sabe interpretar.


Beatriz.Lopes 29/09/2020minha estante
Super concordo. Nem consegui terminar de tão ruim


Kayteru 14/10/2020minha estante
Eu acho que a Bela podia ser um pouco mais empoderada sabe? Ela é extremamente dependente não só do Edward como de todo mundo. Ela é sempre a mocinha em perigo. Isso me deixou um pouco aborrecida, mas eu gosto do primeiro livro.


Sarah 02/11/2020minha estante
Achei o livro muito chato o geito que ela descreve as coisas me da preguiça me da sono e é muito confuso algumas coisas eu ate que gostei do filme mais tbm achei muito estranho nao gostei


lucifarinha 05/11/2020minha estante
Isso é de onze anos atrás, será se vale a pena dizer que vou ler pra ver se concordo?




karine 13/02/2010

Está bem claro para todo mundo que este não é um livro de vampiros. Os vampiros e lobisomens da autora são só uma ferramenta para a história engrenar; na verdade, Twilight é um livro puramente de romance. Não existe nenhuma lei que obrigue Stephenie Meyer a escrever sobre vampiros como Bram Stoker ou Anne Rice. Os vampiros são dela e ela faz deles o que quiser. Do mesmo modo, lê quem quiser. Não pode-se esperar que o livro agrade um público masculino adulto, já que trata-se de um romance adolescente da perspectiva feminina; o mais lógico seria agradar à adolescentes. Ao público que é destinado, é um ótimo livro. Porque bons livros são aqueles que tocam nossos corações de alguma maneira, e se existem tantas pessoas que se identificam com a história e se emocionam com ela, então critícá-lo por seus personagens peculiares é puro preconceito por ser um livro adolescente. Se nós nos encantamos com a história, nenhum crítico de noventa anos que a ridicularize irá mudar nosso sentimento. Temos que ler livros que nos faça sentir, que nos faça feliz, e não porque alguém disse que é o certo e ponto final.
Twilight é o meu livro preferido, e só porque você ou tantos outros não gostam, não quer dizer que não seja uma história digna de admiração. Todas as histórias têm o seu valor se tocaram algum coração.
Dih 11/02/2010minha estante
A melhor resenha de Crepúsculo que eu já li, e concordo plenamente. Minha saga preferiida!!! Parabéns pelas palavras.


Biah @garotapaidegua 11/02/2010minha estante
Ahh...Adorei!É a melhor resenha que já li sobre a saga, pois é tudo que eu sempre pensei sobre o livro mas nunca coloquei em palavras.Simplesmente adorei!


Márcia 16/02/2010minha estante
Empatei o ranking aqui ahushausa. 9 à 9. Acho que os 9 que não gostaram vestiram a carapuça, hein, baby? :] ADOREI! (só não concordo com as partes dos vamps. acho que eles fazem mais que apenas "engrenar" a história.


SuKa 04/03/2010minha estante
Pra mim tbem foi a melhor resenha que ja li do livro, amei, rsss

Olha, tenho 35 anos e nao sou nenhuma adolescente mas mesmo assim eu me apaixonei pelo livro, pelo Eduard e seu amor puro e incondicional por Bella, li o livro tres vezes em menos de um mes e ainda por cima ficava com ciúmes de emprestá-lo as minhas amigas, louca eu é...rsrs..bjo


Laísharpe 08/03/2010minha estante
Os críticos de noventa anos encaram o livro ao realizar a crítica como a Meyer encara: não um mero livro que toca apenas o coração de adolescentes, mas algo a nível Romeu e Julieta, que toca todo tipo de gente. Só para que você não generalize. A culpa não é da velhice dos coitados. Empatei o ranking também.


luckinrio 28/03/2010minha estante
Eu não sou fã da série Twilight, embora ter achado legal os dois filmes. Tenho várias amigas que simplesmente amam a série. Nunca entendi esse alvoroço todo em cima das histórias. No cinema senti que há uma exploração da "beleza" e da "perfeição" que me fez desacreditar um pouco na série. Mas estamos falando de livros e ao ler sua resenha percebi que há sim um grande valor por trás de Twilight, principalmente quando diz "Porque bons livros são aqueles que tocam nossos corações de alguma maneira, e se existem tantas pessoas que se identificam com a história e se emocionam com ela, então criticá-lo por seus personagens peculiares é puro preconceito por ser um livro adolescente". Há uma nação de fãs e admiradores pelas histórias da Stephenie, eu mesmo comprei o livro "A Hospedeira" porque achei excelente a sinopse que li. Acho que é isso. Excelente resenha!


luckinrio 28/03/2010minha estante
a propósito, desempatei... rsrs 12 à 11


Lilian 22/06/2011minha estante
Parabéns pela resenha. Não sou adolescente e gosto muito da saga. Claro que conforme vamos amadurecendo, passamos a gostar de outras coisas. Mas quando eu lí, gostei muito.


06/03/2012minha estante
Romeu e Julieta não me toca, eu acho o amor deles exagerado e trágico. Não acho bonito e cativante pessoas se matarem por "amor''.


Thaís Aguiar 16/06/2012minha estante
Muito boa a sua resenha. Twilight é um livro que me agradou muito mesmo, li e reli.


Kassio 04/10/2012minha estante
"Uma desgraça no mundo da literatura!"

KPS


carol 04/01/2013minha estante
Acho a Steph ótima. A saga também. Algumas coisas eu não gosto. Como por exemplo a Bella. Acho ela chata, assim como Harry Potter. Mas acho que muitas meninas se identificaram com ela ou com algum outro personagem. Talvez por querer um amigo, ou ser tímido. Vai entender. O problema é que as pessoas insistem em olhar a saga como um livro vampiresco, criticar com base em Anne Rice, Bram Stoker. Entre esses dois autores nós podemos ver diferenças, bem como em tantos outros livros. O que só me faz pensar que o mito dos vampiros é totalmente moldável e a Stephanie Meyer moldou para o que ela queria: sucesso, amor juvenil e tudo mais. Ela imortalizou um amor, e tirou uma jovem da sua vida pacata. Ok, a Bella é muito submissa,eu acho. Mas e daí? Quantas garotas não são assim! Eu sinto falta de heroinas determinadas, mas nem por isso saio por aí dizendo que os livros são ruins. E quem leu com atenção, sabe muito bem que a Bella não ficou só olhando Victoria atacar Edward em Eclipse. Em amanhecer. Em Crepúsculo ela foi meio pata, mas ok.
A saga não encantou apenas jovens, "mulheres de meia idade virgens" e todos outros comentários do tipo. Encantou homens e mulheres de todas as idades. e crianças também. Enquanto tantos perdem tempo em escrever resenhas gigantes sobre o que é ruim na saga, (poderiam estar lendo outro livro, em vez de perder tempo) você fez um comentário sintético e disse tudo.
Críticos: para alguns que não leram: leiam, sem preconceito para conhecer.
Para os que leram com base nos clássicos de vampiros, é uma pena que vocês não consigam ter a mente aberta para novas visões.
Para os que leram e não curtiram, por ser romance, meloso: leiam aventuras.
Temos milhões de tipos de livros, opções não faltam.


lótus negra 16/02/2013minha estante
Como assim os vampiros são dela? Vampiro é uma lenda, minha filha. Seria como eu inventar um Saci de duas pernas. Pfvr.


karine 27/03/2013minha estante
Livre arbítrio, liberdade de pensamento, liberdade de expressão, liberdade cultural. Os vampiros são lendas, assim como os bruxos, as fadas, os lobisomens, e todos os outros seres que permeiam a estória e a literatura fantástica. J.K Rowling adaptou a lenda dos bruxos para criar uma estória que tocasse corações e foi aclamada por isso. Então, "MINHA FILHA", o que te faz pensar que isso não dá o mesmo direito à S. Meyer? Se é lenda pertence ao povo, e sendo eu, parte do povo, posso criar um saci de duas pernas e quem vai me impedir? LIBERDADE DE EXPRESSÃO, CRIAÇÃO, PENSAMENTO. O vampiro é dela a partir do momento que ela o criou em sua imaginação, com todas as suas características específicas, vegetarianos e brilhantes, você gostando ou não. Então, "pfvr", mente fechada é ignorância, mal gosto é questão de ponto de vista e falta de respeito é que é um ataque. Dizem que Crepúsculo é fútil, mas o que te dá o direito de saber o que toca ou não corações alheios? O que sensibiliza a psique de gente que você nem conhece, milhões que você não conhece? Aos hackers: é direito de vocês não gostar. Mas é dever respeitar. Porque S. Meyer não feriu ninguém criando essa história, mas quando você a submete a uma gama de humilhações, você fere a ela e àqueles que amam a estória. Isso sim é mal gosto e falta de cultura. Achar-se dono da verdade.


Edu 29/05/2013minha estante
Amei. Particularmente eu me identifico muito com a Bella quando eu era mais jovem.


Nathy 23/09/2015minha estante
:3 ? Concordo!
Eu concordo com as críticas negativas em alguns pontos (o livro não é perfeito;aliás,nenhum é) e tals...só não concordo que digam ?ela mudou todo os paranauê dos vampiros? QUE IDIOTICE!
O livro é dela,ela escreve o que ela quiser! Como a Thaís do TheBookDilema disse,se ela quiser escrever que os vampiros virem unicórnios no sol,que virem.Ela faz o que ela quiser.
Adorei a resenha!!


lipe2448 20/11/2017minha estante
Melhor resenha!
Na real, aquilo que a Stephenie Meyer criou, só é chamado de vampiro ou de lobisomem porque é mais fácil assimilar. Mas eu não gostei do livro




Andy 13/04/2010

Onde as pessoas viram originalidade nessa saga?
Uma garota sem graça, se muda pra uma cidade no meio do nada, onde o bonitão do colégio se apaixona por ela... nossa muito original, ninguém nunca viu isso em algum filme adolescente de comédia romântica né? Ahhh mas espera o cara é vampiro...então pera-lá o cara pode querer beber o seu sangue e transforma-la em vampira também, certo?...Errado! O cara faz dieta, ou seja não bebe sangue humano, e pior ele freqüenta a escola porque não tem nada melhor par fazer... e pior ainda ele pode sair durante o dia, mas só quando está nublado... ai você me pergunta... porque?... e eu te digo, porque o infeliz do vampiro desocupado, brilha na luz do sol...

Vampiros sempre foram seres demoníacos e sombrios, saciar sua sede e o prazer de matar suas vítimas eram uma de suas características mais marcantes; onde Stephanie Meyer inventou que vampiros não bebem sangue humano e brilham no sol? Isso pra mim, não é ser original e sim destruir uma das lendas mais antigas que mexem com a fantasia das pessoas até hoje. E isso é válido para os outros livros da série, que são tão ruins quanto. O "romance" desse livro sim é de dar medo, Bella é uma menina doente que vive única e exclusivamente em função de Edward, nada além dele importa; e Edward (o vampiro purpurina) é a mesma coisa em relação a Bella. Já foi dito em outra resenha e faço questão de repetir isso aqui, se essa saga serviu para que as pessoas tenham a curiosidade de ler outros clássicos da literatura sobre esse tema, como Bram Stoker e Anne Rice, aí sim essa saga terá servido para algo, fora isso é apenas um livro pra passar o tempo.
Guilherme 10/12/2009minha estante
Tadinho...


Lena 10/12/2009minha estante
Um romancezinho barato .







Leiliane 19/12/2009minha estante
tenho é dó hahaha'


Tielle | @alivromaniaca 02/01/2010minha estante
Msm amando A saga, concordo com vc qndo diz que vampiros brilhando no sol é pior que bater na mãe... nao consegui engolir essa parte!!... + o romance dos dois consegue aplacar isso :D


Regiane 13/04/2010minha estante
Concordo com tudo que você disse. E nem mesmo o romance eu consigo engolir de tão forçado que ele é. Essa Bella é uma demente e doente que só pensa no seu "vampiro". Esquece de tudo e todos e só pensa na hora de ser mordida por Edward. Deprimente!


Márcia 14/04/2010minha estante
Não concordo com você, gosto do romance e dos vampiros que a Stephenie criou, mas não consigo dar um "Não Gostei" pra sua resenha. Tá hilária. :-)


Matheus Caixeta 17/04/2010minha estante
HUAHUAHUA, melhor resenha sobre o livro.


Bruna 18/04/2010minha estante
Realmente, eu ri muito com a tua resenha. HDSFAUIFAHIUDSHGS

Ficou ótima. ;)


Endhyel 20/04/2010minha estante
muito boa sua resenha!!! xD

REALMENTE Bella a mais "sem graça" da cidade, parece fazer com que todos os garotos sejam afim dela, inclusive Edward, o Bonitão! - fala sério... ri alto


Baby 16/08/2010minha estante
Huaaaaaaaaaaashuashsahsauuauauh
Ri mto com tua resenha e embora eu goste muito da saga, concordo com td o que vc disse...
Melhor resenha sobre o livro² XD


CABA 14/10/2010minha estante
Convenhamos... eu gostei demais o livro e ainda acho que vale a pena ser lido, mas não consegui ver nenhuma mentira no que voce disse. Ri muito SAHUHUSAHUSAUHSASAHU!!


Andy 16/10/2010minha estante
Em minha defesa fiz essa resenha antes do vídeo do Felipe Neto, é só olhar as datas, resenha escrita no dia 13 de Abril, o vídeo do Felipe Neto foi feito em 5 de julho.


duda 29/06/2011minha estante
gosto da saga e até concordo com algumas coisas que você disse, mas convenhamos que a reclamação por Stephanie não tratar os vampiros como seres demoníacos não está nem um pouco correta do meu ponto de vista, porque aliás o livro é dela e ela os descreve do jeito que quiser e bem entender. Fora isso, muito boa sua resenha (:


Andy 02/07/2011minha estante
Da mesma forma que ela pode escrever o livro como bem entender, eu também posso critica-lo da maneira que achar melhor. ;)


Marina 11/02/2012minha estante
Uma coisa que notei, é que os personagens parecem mais deuses do que vampiros, ate quando a Bella beija o Jacob (ou seja trai o edward) o cara nem liga O.o Era pra ter saido ate morte nessa historia, se os personagens nao fossem tao compreensivos.


mavy 21/06/2012minha estante
Bem confesso adoro crepusculo foi essa saga que me fez amar romances sobrenaturais e foi por essa saga que abriu um leque para que o mercado de literatura fosse superaquecido novamente enfim sem a saga e todo o seu sucesso mundial não teria sido lançados tantos livros ultimamente por isso so tenho a agradecer. Agora voltando aos topicos mecionados PRIMEIRO PONTO: Acredito que o foco do livro foi o romance entre a Bella e o Edward enforcando no amor verdadeiro e dos sacrificios que o Edward fez para ficar com ela e provando assim que os vampiros ainda teriam um lado humano e que poderiam amar e passar por cima de sua nova natureza promovendo assim a mudança do esteriotipo que todo o vampiro tinha que ser um "Mostro sugador de sangue,sem alma e mal" como demonstra no livro de Drácula de Bram Stoker portanto se o livro enfocou no amor que ambos sentiam um pelo outro e por suas emoçoes este livro não seria um filme cheio de ação. SEGUNDO PONTO: Assim como em VAMPIRE ACADEMy a autora definiu dois tipos de vampiros:MOROI que possuem outros poderes como agua,fogo,ar e terra e podem tanto se alimentar de comida humana quanto sangue e podem sair na luz do sol sem virar cinzas e os Strigois que mais aparentam ser os vampiros descritos no livro do dracula POR ACASO NÃO CONSIDERAM ISTO TAMBEM ESTRANHO? a autora de crepusculo descreveu vampiros que podem sobreviver de sangue de animais e que brilham a luz do sol justificando o motivo de nao poderem sair a luz do dia ou seja cada autor modifica O MITO dos vampiros de acordo o seu desejo e não cabe a nos Criticar-los por sua originalidade e criatividade. Em minha opinião a historia foi muito bem construida e tambem seus personagens e nunca li um autor que descreve-se tao perfeitamente os sentimentos humanos de perda e de amor verdadeiro quanto esta autora eu simplesmente conseguir sentir tudo aquilo que a Bela estava sentindo durante a histora foi um momento privilegiado em que me vi presa na narrativa e a vivencia-la como se fosse real e como se eu estivesse conectada e por isso que não consigo para de reler e ler a serie sempre o que de certa forma não ocorre com outras series em que li mas ainda sim adoro uma boa Ação e por isso que curto Vampire Academy mas não deixo de amar CREPUSCULO pois queria vivenciar uma amor verdadeiro como o Edward e a Bella.


Bell Moraes 01/07/2012minha estante
Sério, eu i a série inteira porque ajudei a traduzir para uma comunidade de tradução. Depois li novamente, com a mente aberta.
Não pode ser tão ruim, eu pensei.
Ledo engano! Pai do céu! Vampiros não devem brilhar como diamantes porque... porque é terrível! O.O
A Many citou Vampire Academy para fazer uma comparação. Sério, você deveria pesquisar antes de fazer comparaçoes.
A escritora tirou tanto os "Moroi", quanto os "Strigoi" do folclore romeno e não mudou absolutamente nada sobre ambos.
Escrever um livro exige pesquisa e dedicação. A Stephenie Meyer declarou que nunca teve interesse algum em vampiros ou lobisomens por achar toda essa história de matar e beber sangue muito nojenta. Ou seja, ela apenas falou sobre coisas que não conhecia, mas colocou no livro para que a "história de amor" (doença) ficasse ainda mais impossível e longa.



Evelyn 05/05/2013minha estante
É um livro narrado por uma adolescente que é apaixonada por um vampiro, é obviou que a maioria dos homens e pessoas mais maduras não iram se interessar, porém isso não significa em momento algum que o livro é ruim, pelo contrário, é excelente, para quem realmente consegue ler sem os preconceitos, e para quem GOSTA de romance. Todas essas resenha no final não servirão de nada, porque as mesmas não terão nem 0,0000000 % da quantidade de pessoas que leram essa Saga, muito menos as milhares que gostaram. Ler e não gostar é uma coisa, considerar sua opinião como a certa e classificar o livro como ruim apenas porque VOCÊ não gostou, é uma coisa completamente diferente.


Camila 20/03/2014minha estante
Concordo totalmente com a Evelyn... Gosto é gosto e ponto.


Andy 20/03/2014minha estante
É isso que vocês não entendem, isso é minha opinião, é o que eu acho da história, ninguém é obrigado a concordar comigo.
O skoob é um lugar que dá espaço para se fazer resenha sobre qualquer livro, então não adianta virem me criticar ou criticar outras pessoas que não gostaram, no final isso não impede em quem irá ler esse ou qualquer outro livro, e opinião não existe nem certo nem errado, se vocês consideram a minha como certa ou errada problema de vocês.
E na boa essa febre de Crepúsculo já passou, cresçam!!! Não adianta ficarem irritadas com quem não gostou do livro tentando argumentar nessa altura do campeonato...




Yasmayfair 19/12/2012

O diário de uma acéfala
Li esse livro decepcionante ano retrasado, mas como só fui fazer Skoob esse ano, eis a resenha.

Crepúsculo é o que eu diria de "não julgue um livro pela capa". Nesse caso, a capa é muito melhor do que o livro inteiro, e por ela ser preta e tudo mais, com vermelho, você logo pensa que é um livro cheio de suspense, terror e mistério, e que vai te prender do começo ao fim.

Bem, graças a Eru não foi o que aconteceu comigo. Não me deixei enganar pela falsa auto-suficiência da inútil, abobalhada e incapaz Bella, e muito menos pelo topete, Volvo prata ou sorriso torto de Edward - que é tudo, menos vampiro.

Pode ter filhos, anda de dia, não toma sangue de humanos e sacia a vontade de sangue com simples ursinhos da montanha, não possui presas, ao invés disso injeta VENENO, é amável e tem uma família linda e feliz que, apesar de ser """"vampira""", leva uma vida normal, com direito a, quem diria, jogos de baseball na montanha! E sequer preciso mencionar o fato bestial e RIDÍCULO de ele brilhar no sol, e depois ainda se dizer um monstro.

Devemos atentar para essa alteração que Meyer fez no mito do vampiro. Alguns podem dizer "ah, os vampiros são dela e ela faz o que quiser!". NÃO, NÃO SÃO E NÃO FAZ. O mito vampírico é algo que vem sendo construído e elaborado há mais de mil anos, e qualquer pesquisadinha no Google vai revelar que sua origem é realmente remota, e não começou com Bram Stoker, como muitos pensam, ele somente condensou o vampiro em algo homogêneo, mas sendo fiel ao que já havia até a época em que Drácula foi escrito. E, até Crepúsculo ser escrito, tínhamos como conceito de vampiro aqueles seres noturnos, misteriosos, que seduzem as vítimas humanas para BEBER SEU SANGUE [e não namorá-las ou casar e ter filhos com elas], só andam à noite, possuem PRESAS, dormem de dia e não costumam sair ao sol, e a MÍNIMA e momentânea exposição a ele vai machucar, e muito, pra não dizer que se ficarem expostos por pouco menos que alguns minutos, vão virar pó ou cinza na hora, como queiram. Era esse o conceito de vampiro que tínhamos, que o mundo inteiro tinha. Stephenie Meyer veio e mudou isso - seus vampiros são mocinhos bonitos que brilham no sol. Isso pra mim não é vampiro, ou alguma mudançazinha porque ela tinha o direito de fazer ou coisa parecida. Isso pra mim é um desrespeito a séculos de literatura sobre vampiros, e mais ainda a mais de mil anos de construção de uma lenda que se tornou consistente nos dias de hoje, para que ela viesse e estragasse tudo como quis e fez. Se alguém não compreende, peguemos a lenda do Saci-Pererê. Negro, carapuça vermelha, cachimbo e pula de uma perna só. Se surgisse algum escritor sem o mínimo escrúpulo e escrevesse livros nos quais o Saci não fuma, tem duas pernas e é loiro, não seria o Saci. Ou alguém que escrevesse um livro em que Papai Noel é um menino novo, que tem um trenó puxado por patos, e não dá presentes às crianças no Natal, mas os toma, não seria o Papai Noel. Pois é, logo, os vampiros de Meyer NÃO SÃO VAMPIROS.

Porém ela não me enganou. Tudo o que vi nesse livro foi um machismo extremo, camuflado pela gentileza, beleza e dinheiro desse metamorfo chamado Edward, combinado à falta de personalidade de Bella, que tem a capacidade de tropeçar nos próprios pés e esquecer de como se respira - e como se não bastasse, apesar de ser uma mosca-morta, todos os garotos da escola nova ainda se apaixonam por ela, uau!

Isso pra mim é falta de incoerência. Isso pra mim é alienação e lavagem cerebral, camufladas numa narrativa digna de diário de menina de 12 anos, que cativa as desavisadas e sem personalidade literária formada. Eu realmente me preocupo porque essa geração que cresce lendo Crepúsculo, como ainda está na formação de sua personalidade, talvez aja como Bella, abandonando a família, amigos e tudo o que é importante, num comportamento extremamente egoísta e incondizente com a maturidade que ela diz ter, para viver um romance com um desconhecido.

O único ponto positivo do livro [pelo menos um, né] é Jacob Black, o amigo-lobisomem de Bella. Fiquei satisfeita porque além da tresloucada autora não ter mexido muito nas lendas de lobisomens, fez pelo menos UM personagem fantástico mas próximo da realidade, e não alguém que agisse feito um demente machista atrás de sua amada. Jacob é risonho, simpático, engraçado, prestativo, animado e inspira confiança, o amigo, e futuro namorado que toda garota poderia querer. Mas não Bella. Bella preferiu Edward, que é como um piso de banheiro: branco, duro, frio e brilha. Ela preferiu Edward, que tem um Volvo prata e uma mansão na floresta, com uma família linda, e não Jacob, que mora numa reserva indígena numa casinha pequena com uma família igualmente pequena. Ela preferiu Edward, de quem ouve frases dignas de músicas de Reginaldo Rossi, e com quem troca os diálogos mais idiotas do mundo, o que é uma afronta à inteligência do leitor, como no célebre "e o leão se apaixonou pelo cordeiro...", dito por Edward, seguido por um "Que cordeiro idiota!" Mas concordamos Bella, é ótimo que você assuma sua idiotice, porque nós já sabemos.

Stephenie Meyer abocanhou sua - grande - fatia da torta que é o mundo literário nesse best-seller feito para adolescentes, e se eu não soubesse que a autora tem mais de 30 anos, diria que é feito POR uma adolescente, pois é assim que me soa. Um romance escolar despretensioso à primeira vista, com a heroína meio boba se apaixonando pelo mocinho belo, romântico, misterioso e rico; um prato cheio pra qualquer leitor desavisado.

Mas há que se ter atenção ao ler os livros da autora, e não se deixar levar pelo Volvo prata ou pelas juras de amor cafonas que camuflam uma obsessão doentia pela amada.

Posso dizer que Crepúsculo [e seu adjacente, porque só consegui engolir esse livro indigesto até Lua Nova] é tão bom quanto uma injeção na testa, e tão profundo quanto um pires.

Mas não dizem que de graça até injeção na testa? Pois pra mim, de graça nem Crepúsculo.
paula_tatiana 05/05/2010minha estante
Jun,



Não vou julgar sua opinião, mas "resenha" é um termo que não se aplica ao que você escreveu. Na verdade você só justificou que não gosta do livro porque ela alterou uma 'literatura vampiresca', como se existissem regras para se escrever sobre algo que não existe, como se todo alienígena fosse verde... acho que Harry Potter então deve ser também uma afronta a 'literatura de bruxos' e assim por diante... enfim, acho que você tem todo direito a opinião, mas, por favor, revise antes o seu texto.



No quinto parágrafo, naquele blá, blá sobre alterar personagens folclóricos, você diz "Saci que não fuma, tem duas pernas e não é loiro, não seria o Saci" (???) SEU Saci é loiro?



No sétimo parágrafo você começa dizendo que "para mim, isso é falta de incoerência". Quer dizer então que Stephenie Meyer é coerente, é isso??? Pois falta de incoerência é COERÊNCIA.



Adoro críticas. Mas quando elas são pensadas e relidas.

PS: Concordo com vc que ela é péssima escritora, só para constar.


Hiei-and-shino 13/05/2010minha estante
Depois dessa, virei sua fã. Sério. ENFIM UMA PESSOA QUE ENTENDE! Só não agradeço a deus porque não acredito nele, mas ok UAHUAHAUAH



Sério, adorei sua crítica. De verdade. Virei sua fã :)


Conspirador 28/03/2011minha estante
Gostei da sua resenha, porém não acho que seja um pecado alterar o mito do vampiro. Pra mim o pecado é alterar o mito do vampiro substituindo pelo ´mito moderno´ exarado no seriado ´Malhação´. São incompatíveis. Anne Rice refez o mito moderno, a série World of Darkness refez esse mito também (aliás, Meyer, que se gaba de NUNCA ter lido nada de vampiros, copiou, mas não entendeu, um clã do livro Vampire, os Ventrue, e os transformou em algo de nome parecido, mas nota-se que ela não entendeu nada). No mais, Meyer não sabe escrever, como bem notou Stephen King... E, sim, Edward é machista, mas o lobisomem é esquizofrênico (muda de personalidade, de amigável para violento e assediador, alás ele tenta ´pegar´ a Bella a força, e é nessa hora que ela ´se apaixona´, pode ter uma visão mais machista e anti-feminista do que dessa idiota? Aliás ela abandona a filha para ser criada por esse cara, que já disse que tá apaixonado pela recém-nascida e vai se casar com ela...) Como alguém pode gostar dessa m* ?!?!??!


Matheus 15/05/2011minha estante
"O diário de uma acéfala"

ASUIDHAUSIDHASIUDHIUSAHDUISAHDUH


Carol Gama 12/11/2011minha estante
Concordo com cada ponto e cada virgula que vc disse.


Ingrid 06/12/2012minha estante
essa foi demais. kkkkkkkkk


Thais Lima 19/12/2012minha estante
Essa que o Edawrd é como piso de banheiro foi muito boa HUAHAUAHAUHA E os argumentos que você usou para mostrar que os vampiros de Crepúsculo não são vampiros são muito válidos! Você errou um pouco na hora de digitar, mas acho que deu pra entender o que você quis dizer.

Enfim. Crepúsculo é insosso, a trama é fraca, os personagens são ruins, a escrita é ruim. O livro é realmente uma droga! Não consigo entender como as meninas se apaixonam tanto por um romance machista e doentio.


Aline Stechitti 21/12/2012minha estante
O Edward é como piso de banheiro, branco, duro, frio e brilha! kkkkkkkk ri demais!! Concordo com tudo q disse. Ótima resenha, mas creio q as crianças devem ter ficado mto tristes com ela!!


Evelyn 05/05/2013minha estante
É um livro narrado por uma adolescente que é apaixonada por um vampiro, é obviou que a maioria dos homens e pessoas mais maduras não iram se interessar, porém isso não significa em momento algum que o livro é ruim, pelo contrário, é excelente, para quem realmente consegue ler sem os preconceitos, e para quem GOSTA de romance. Todas essas resenha no final não servirão de nada, porque as mesmas não terão nem 0,0000000 % da quantidade de pessoas que leram essa Saga, muito menos as milhares que gostaram. Ler e não gostar é uma coisa, considerar sua opinião como a certa e classificar o livro como ruim apenas porque VOCÊ não gostou, é uma coisa completamente diferente.


Yasmayfair 06/05/2013minha estante
Narrado por uma adolescente ACÉFALA, sem um pingo de personalidade e amor-próprio que se apaixona por um """vampiro""".
Em nenhum momento eu disse que minha opinião é a certa, mas é a MINHA opinião, e considerando que é uma resenha pessoal minha, isso está implícito, não? Ou ainda preciso dizer "gente, essa é a MINHA resenha com a MINHA opinião pessoal" e blá blá blá? Você não deve ter lido nem 50% dela, pois no final eu ainda falo "Posso dizer que Crepúsculo (...)". POSSO DIZER = EU ACHO QUE.

E como assim você tem a CORAGEM de dizer que quem odiou Crepúsculo não gosta de romance? HAHA, por favor... Veja a minha estante toda pra depois dizer que eu não gosto de romance! Por acaso você já leu Orgulho e Preconceito? Eu já, e é um dos livros do ESTILO literário romance, com um dos romances mais lindos de todos, onde até a protagonista do séc. XVIII consegue ser melhor que a Bella.

E como assim a resenha não serve pra nada? Serve sim, pra eu colocar aqui no Skoob, pra receber um monte de likes e comentários legais, pra irritar fãs-xiitas como você e pra exercitar o meu ponto de vista e minha crítica, coisa que aparentemente, os fãs de Crepúsculo não sabem o que é...

Simplesmente, se você chega a comentar na minha resenha que a MINHA opinião não é a certa (e em momento algum eu falei que era, ou estou ficando louca...) mas afirma que eu NÃO GOSTO de romance só porque não gosto de Crepúsculo, o que consigo notar é que quem acha que tem A opinião certa aqui é você, pra poder afirmar categoricamente que não gosto de uma coisa só porque não gostei do livro, como se Crepúsculo REPRESENTASSE todos os livros da literatura mundial que contém romance.
Por favor né :(
Mas obrigada pelo comentário de qualquer forma, isso só aumenta o ibope e me dá mais oportunidade de falar o quanto EU acho Crepúsculo ruim.



Yasmayfair 06/05/2013minha estante
Ah, Evelyn, acabei de ver que você deixou esse mesmo comentário em outras resenhas que falam mal de Crepúsculo. Acho que você não leu MESMO a minha por completo, e isso só prova a sua vontade de mostrar pra todo mundo sua opinião e supor que todos que não gostamos dessa série de livros não gostamos de romance, achamos que nossa opinião é a certa etc. Afe hein =/


Carolina 13/06/2013minha estante
Os que são contra a resenha dela, leiam Anne Rice e conheçam os REAIS VAMPIROS, e comparem com Crepúsculo. Vocês vão rir daquela fada querendo ser vampiro.


MaywormIsa 28/06/2014minha estante
OPAAA. Cheguei muito atrasada aqui, mas tá valendo ahha. Adorei sua resenha, você escreve muito bem, tem um senso crítico muito bom, e o mundo precisa de pessoas assim! Eu to Lendo "O vampiro Lestat" ainda não li a resenha que vc fez dele completa, porque eu quero esperar terminar o livro.

Eu tenho que concordar - e muito - com tudo o que vc disse sobre o que a Meyer fez com a história dos vampiros. Eu to lendo em público e vem um " você ta lendo o que?" " o vampiro lestat" e ai a pessoa me olha com cara de OMG VC GOSTA DE CREPUSCULO , VAMPIRO, MEU DEUS É ROMANCE? CADE A PARTE DO BEIJO?
Quando não, elas me olham com desprezo, como quem diz " nossa, essa menina é tão retardada, ela gosta de historinhas de vampiro".

E isso tudo provocado pela querida " Acéfala" S.Meyer. Lestat > criações ""vampirescas" de Meyer.
Abram os olhos galera.


Dan 18/11/2016minha estante
kkkkkkkkk... Quase morro de rir lendo sua resenha. O título já é engraçado. A do saci e do Papai Noel passei mal. E da Bella esquecer de respirar rachei!!! shuashuashua




Linn 17/06/2010

Decepcionante.
Bom, é triste como os livros que fazem sucesso costumam ser vazios.

Considero o livro "Crepúsculo" como uma obra vazia, pois não há trama, exceto um romance extremamente exagerado que gira em torno do "sobrenatural" mal construído e fraco.

A autora guiou suas cenas/capítulos fazendo uso dos sentimentos onde os adolescentes têm mais carência: romance, super poderes, carros velozes, uma família divertida e extremamente companheira... Não é um pouco familiar?

A personagem principal é deplorável! Impressionante como todos os rapazes de seu colégio se humilham ao seus pés, mesmo ela deixando claro que não há interesse. Será que na vida real existe tamanha estupidez?

Ah, sem contar com o apelo à beleza dos vampiros... Vilões super belos, isso deveria ser original? Talvez, se a idéia fosse fazer dos vampiros os vilões.

Até agora não consegui encontrar elementos que salvem esta obra.
Lima Neto 04/01/2010minha estante
parabéns pela resenha. tornei-me seu fã por conta do que escreveste sobre a série "Crepúsculo"


Cris Maiocchi 23/06/2010minha estante
Eu também me decepcionei com esse livro. Eu ainda vou ler Amanhecer, mas já sei que vou odiá-lo, tanto quanto os anteriores dessa saga horrível. Não entendo como existem tantas pessoas que gostam disso.


L 01/07/2010minha estante
único elemento inovador que houve nessa série foi ''Brilhar no sol e os novos lobos'' apesar que os novos lobos foge muito da palavra ''lobisomem'' estão mais pra metamorfose.


Bárbara 02/02/2011minha estante
concordo com vc, crepusculo é um hiostoria vazia, sem conteudo algum. Nenhuma moral ou qualquer liçao boa para transmitir para os leitores. É depçoravel. Como uma historia tao sem sentido e ruim consegue fazer tanto sucesso? O que esta acontecendo com os livros bons de hoje em dia????


enfim, adorei sua resenha


Marina 11/02/2012minha estante

A personagem principal é deplorável! Impressionante como todos os rapazes de seu colégio se humilham ao seus pés, mesmo ela deixando claro que não há interesse. Será que na vida real existe tamanha estupidez?


Ate hoje nao entendo como TODOS da escola se apaixonaram por ela. Uma menina desastrada, insensivel que usa as pessoas, e se joga de penhascos porque o namorado foi embora --' a tenha dó


Yasmine 10/08/2013minha estante
Verdade Linn ''...é triste como os livros que fazem sucesso costumam ser vazios. '' Eu acho que é porque as pessoas não entenderiam um livro que tivesse um verdadeiro valor.




Paulinha 04/02/2010

Eu vejo muitos entre os q criticam reclamando q a escrita é tosca, o vocabulário é pobre, q só tem diálogo e pensamentos da Bella, e comparam com outros escritores cujos livros tem páginas de descrições de lugares, etc.

O q todo mundo parece esquecer ou não levar em conta é q o livro é escrito em primeira pessoa, é como se fosse um diário. E ninguém escrevendo um diário, ou contando sua história, vai levar meia hora falando da paisagem ou das características psicológicas de outras pessoas, nem vai ficar usando linguagem culta. É claro q se Bella fosse mais velha, ou de outra época, isso poderia ser diferente. Mas ela é uma adolescente comum de 17 anos! E como qualquer garota média da idade dela, seu vocabulário, sua percepção do mundo e das pessoas, seu discernimento, nada disso é muito elevado. E estando apaixonada, pior ainda. O q ninguém percebe é q quem diz q o amor dela e de Edward é incondicional, irrevogável, eterno, q o próprio Edward é perfeito, etc, não é Stephenie Meyer, não é um narrador imparcial, e sim a própria Bella. A maioria das meninas da idade dela dizem o mesmo, quando estão apaixonadas.

Pra mim, o mérito de Meyer está justamente nisso. Eu achei exatamente o tipo de narrativa q poderia vir de uma garota de 17 anos. É claro q há exceções, há meninas mais maduras (ou até menos), ou com outra personalidade, ou com gostos diferentes.. isso é normal. Mas Bella é como é. Cada um tem suas características, e ela é assim. E eu achei uma personagem bastante verossímil, não entendo por que não seria.




Antes de ler, eu tinha muito preconceito com relação à série. Via as garotas novinhas se descabelando pelo Edward Cullen, via a histeria diante do ator Robert Pattinson, e pensava: "Bando de retardadas, graças a Deus que eu nunca vou ser assim!"

E eis que... eu estava certa! Li o livro, me apaixonei pela história, comprei todas as continuações, em menos de 1 semana terminei a série... E continuam existindo adolescentes e, pior, adultas retardadas que dizem que não existe homem depois de Edward Cullen, que nunca mais vão se apaixonar porque ficam comparando com ele todos os caras que elas conhecem, que vão na premiére do filme ficar gritando enlouquecidamente, entre outras bizarrices.

Nem falo de quem diz que esse é o melhor livro do planeta, afinal, opinião é opinião, e a maioria dessas pessoas simplesmente ainda são garotas novas que não leram muita coisa pra poder comparar. Mas se a série Crepúsculo despertar essas pessoas para o prazer da leitura, a exemplo do que Harry Potter fez a milhões de crianças - e adultos! - em todo o mundo, então acho que é válido.

E sinceramente não consigo entender o ódio das pessoas por Stephenie Meyer ter criado vampiros tão diferentes do que todos estavam acostumados. E daí? Quem preferir os vampiros tradicionais, que leia as histórias destes, oras! Alguém obrigou a ler Crepúsculo, por acaso? Quando J.K. Rowling criou bruxos com poderes e tradições e modos e métodos e estilos de vida diferentes dos "normais", não vi ninguém revoltadinho... Não estou comparando, só falei de HP pra ilustrar... Mas é a realidade! Por que então as críticas tão duras aos vampiros de Meyer? É a história dela, lê quem quer! Se eu quiser escrever um livro com jacarés que voam e cospem fogo e falam francês, o problema será meu. E se as pessoas gostarem, o problema é delas também. Agora, se os meninos de 13 anos acharem irado e passarem a rejeitar os cães e gatos e sonharem com um desses jacarés mutantes como bicho de estimação, os imbecis sãe eles, não me crucifiquem!

----

Bom, eu adorei o livro. Não é o melhor que já li, nem o melhor do mundo, óbvio. Mas é bom, principalmente no que se propõe. Não é Tolkien, não é Dickens, não é Austen, não é Shakespeare, não é Brontë... Não esperem isso. É só um romance, e um muito bom, por sinal. Leiam com a mente aberta, não julguem, apenas apreciem pelo que é, e divirtam-se.
Leiliane 19/12/2009minha estante
Gostei da resenha!


Lara 19/12/2009minha estante
Achei a resenha bastante sensata, apesar de eu mesma não ter gostado de nenhum dos livros da série. O único comentário positivo digno que eu vi até agora.


Gabriela Anjos 20/12/2009minha estante
concordo com a Laura


nath* 22/12/2009minha estante
Não concordo com um monte de coisa e não gosto da série. Mas gostei da sua resenha, como disse a Lara, bastante sensata e o único comentário positivo digno de todas as resenhas que li sobre a obra. :)


Fernanda :) 03/01/2010minha estante
Está aí um exemplo para as menininhas fanáticas, de como dá pra avaliar positivamente um livro sem usar frases como "melhor livro/saga que já li na vida/melhor escritora do mundo/Edward é maravilhoso/etc". Não consegui ler o livro - chato demais pra mim - mas gostei da sua resenha, bem realista. Fiquei curiosa sobre o livro com jacarés voadores cuspidores do fogo, hahaha.


Lu 10/01/2010minha estante
"Mas se a série Crepúsculo despertar essas pessoas para o prazer da leitura, a exemplo do que Harry Potter fez a milhões de crianças - e adultos! - em todo o mundo, então acho que é válido."

Exatamente. A proposta do livro, assim como HP, é divertir e não se tornar um clássico da literatura inglesa. Meyer não é Jane Austen. Ponto. O livro é legal, assim como vários outros.


Naná 20/01/2010minha estante
Agora foi você quem tirou as palavras da minha boca garota. Adorei sua resenha. E quase concordei em número, gênero e grau.Salvo por discordar em relação a Bella.Não acho que ela pareça uma típica adolescente de dezessete anos.Ela é bem fora do "padrão".Não chega a ser uma "filha de meia idade" como sua mãe a descreve,mas não é nada convencional.A questão é ter se apaixonado por um vampiro, que por instinto tende a ser perfeito aos olhos humanos.E isso faz com que ela se sinta inferior e Edward um deus.Nossa! Até eu tô confusa agora.Rsrsr

:)


CaioOlv 01/01/2013minha estante
Não gosto dessa saga como um todo,porem, tenho que concordar com você a Bela é um personagem muito proxima a um determinado tipo de adolescentes.Esse fator é fundamental pois cria um elo entre leitores
contribuindo para esse sucesso imenso(claro que existem alguns outros fatores para a fama)


Vivian Pitança 13/02/2013minha estante
Perfeito! As pessoas esquecem que quem escreve tem liberdade para inventar a obra. Vampiros não existem, não são seres reais imutáveis. São criaturas mágicas e se pararmos para reparar, encontramos várias "mitologias" deles nas diversas histórias. Ela escreveu uma diferente? Sim! Mas e daí? Se a pessoa não gosta não é melhor não ler?
E ainda falam mal de quem gostou do livro... O que é errado. Julgam as pessoas pelo seu gosto literário. Outro dia vi um texto que falava que fãs de Crepúsculo (não precisa ser fanática, só fã, na minha concepção), e dizia que estes fãs não sabiam que as pessoas, assim como os personagens, evoluem. Ou seja, falou mal de muita gente que não conhecia, julgou errado, sem saber de nada, só por causa de um gosto literário diferente... --' Se soubesse de um terço da minha vida eu duvido que falaria isso... Duvido mesmo!
Adorei a resenha. Concordo com você. Beijos.


Carol 25/07/2014minha estante
você disse tudo. As pessoas levam a sério demais um livro YA narrado por uma adolescente, comparando com clássicos e livros mais complexos que já leram. É um questão muito de gosto pela narrativa e do quanto você pode ou não acreditar no mundo criado pelo autor. Só acho puro preconceito quem diz que leitores de crepúsculo são "menos inteligentes" ou "cabeça oca". Gosto é gosto, e o público da obra são meninas adolescentes. Ponto. Li quando era mais nova e gostei, depois de um tempo adquirindo bagagem de leitura acho que hoje não gostaria tanto...
Mas enfim, faço suas minhas palavras: "se Crepúsculo despertar essas pessoas para o prazer da leitura, a exemplo do que Harry Potter fez a milhões de crianças - e adultos! - em todo o mundo, então acho que é válido"




Becky Cunha 17/12/2009

O pior livro de vampiros que eu já li, ganhando até mesmo do ridículo André Vianco (em minha nobre concepção, não se irem comigo).

Aqui os vampiros são pura purpurina, bondade e coração caloroso. Meyer destruiu em dias tudo o que autores e diretores de filmes demoraram anos para construir: uma reputação pavorosa. Nesse livro não existe a concepção sanguinolenta, e de certa forma, Meyer coloca como se fosse contra a natureza dos vampiros gostar de sangue humano, se divertir com a sua morte ou até mesmo perder a sua humanidade.



Quebrada a magia que me fez ter pesadelos por anos a fio (é, eu tinha medo de vampiros), hoje em dia as mocinhas sonham com um vampiro bonitão e possessivo que venham mordê-las e levá-las para a eternidade, para juntos correrem em bosques e matarem alguns ursos (OA! CHAMEM O GREEN PEACE! ou o negocio de proteção aos animais, tanto faz), para depois fazerem amor ao pôr-do-sol (incrível o que alguém que tecnicamente não está vivo pode fazer numa cama).



E já que eu citei a parte "romântica" da coisa, sou obrigada a acrescentar que é o pior romance que eu já li, e olha que eu já li um bocado!!! (sim, eu compro romances na banquinha de jornal ¬¬)

Na maioria dos romances, pode parecer levar apenas um dia para o negócio se consolidar, quando o autor normalmente deixa transparecer sutilmente que não é bem assim. A Meyer fez ao contrário. Em apenas duas páginas não tivemos o início de uma paixão fulminante, com promessas de eternidade e muitas brigas, e sim um amor eterno.

Posso dizer que Edward (vulgo EDIVARDI) e Bella são praticamente feijão com arroz: inseparáveis e não combinam bem um sem o outro.

E pior, a Bella é claramente uma retardada, uma incapacitada mentalmente, sem força de vontade e sem personalidade própria; e nos outros três livros a Meyer confirma isso de várias formas. Edward é o playboy metido, obssessivo, possessivo, ciumento, manipulador e ainda tem a desvantagem dele preferir chupar o seu sangue a beijar você. Isso que é namorado. õ.õ
Victor 18/12/2009minha estante
disse absolutamente tudo! tua resenha devia ficar sempre na primeira página!



de volta ao Conde Drácula!!! /o/


Paulinha 18/12/2009minha estante
bom, eu acho q vc se equivocou gravemente no início da resenha. muito pelo contrário, tanto esse livro como os outros 3, deixam claro q a natureza dos vampiros é gostar absurdamente de sangue humano, nao se importar em matar, achar até divertido, desprezar os humanos, etc. é expressamente dito, mais de uma vez, q os "vampiros bonzinhos" da história só conseguem ser como são através de muitissimo esforço e negaçao da propria natureza, e alguns deles mesmos ja mataram humanos por nao conseguir controlar a sede.

contnuando.. em crepusculo nao tem nada q chegue nem perto de fazer amor ao por-do-sol, isso só acontece 3 livros depois e nao no por-do-sol.

eles nao matam só ursos, mas todo tipo de animal, e nao é com tanta frequencia assim, alem de ser para alimento, entao o Greenpeace(?) e o WWF já podem ficar tranquilos e nao se meterem...

quanto a ser o pior romance q vc já leu, nao tenho objeções, afinal, é a sua opinião, é subjetivo, nao posso discutir.

quanto a essa questão do machismo, apesar de discordar, prefiro deixar pra lá, pois já me estressei muito tentando conversar com outras pessoas q compartilham da sua opinião, pois a imensa maioria não lê o q eu escrevo, e responde apenas repetindo a própria concepção, e quando veem q desse jeito nao vao me convencer, começam a tentar me ridicularizar e dizer q eu sou outra retardada apaixonada pelo Edynho, daí pra baixo. Desculpe se vc nao é assim, mas por experiencia propria, aprendi q nesse campo é melhor fechar minha boca.


Leiliane 19/12/2009minha estante
Falou uma conhecedora e fã da série! Isto é incrível! o.O

Só pra constar como vc compreende a série! Ta malz de ta certa nesse ponto: "Bella é claramente uma retardada, uma incapacitada mentalmente, sem força de vontade e sem personalidade própria; e nos outros três livros a Meyer confirma isso de várias formas. Edward é o playboy metido, obssessivo, possessivo, ciumento, manipulador e ainda tem a desvantagem dele preferir chupar o seu sangue a beijar você"

HAHAHAHAHAHA' só rindo!



Só qria que alguém me explicasse uma coisinha! Pq não param de ler se odeiam tanto??! Odeiam e continuam lendo os outros livros...Incrivel! HUAHSUAHUSAHUSAHU'


Ana Carolina 19/12/2009minha estante
PObre Becky...pecerbe que leu o livro errado! Bella retardada? incapacitada mentalmente? kkk. Me faça rir! Bella é uma garota inteligente, com personalidade e que sabe exatamente o que quer! Edward é tudo o contrário do que vc descreveu!



Por acaso foi vc que inventou os vampiros? foi vc que inventou os livros? foi vc que inventou o modo como histórias devem ser contadas? não sabia que existia uma receita para ser seguida!



Os vampiros de Steph sentem sim sede por sangue...mais ao contrário do James e outros...eles preferem evitar isso, pois vai contra o princípio dele!



Vamos galera...cuidado ao escrever um livro..agora existem regras a ser seguidas...nada de inovação...vamos só copiar os outros!



PS: Alguém empresta o verdadeiro CREPÚSCULO para Becky! rsrs

excluindo...


Andy 19/12/2009minha estante
Gostei da sua Resenha, apesar de você deixar claro que não gosta de André Vianco rs.

Esse "romance" que a história mostra não existe, o engraçado é ver pessoas que nem leram outras histórias de vampiros, e dizem que esse é o livro mais perfeito; chega a ser deprimente.

A única coisa que achei interessante nesse livro é o fato de alguns vampiros terem certas habilidades, mas ai ta ficando muito HEROES.

De qualquer forma, gostei da sua resenha, parabéns.


Tiago 19/12/2009minha estante
Muito boa a resenha. Só porque o livro ta na moda todo mundo tem que gostar? Eu não gostei, até pq não consegui chegar ao fim de tão chato! Decididamente prefiro pensar que vapiros são aqueles que metem medo e chupam sangue de pessoas, e não de ursos :P. Viva o Conde Drácula!



Para ter uma idéias, vai lá no livro "Amanhecer" e vejam as resenhas dos fãs que conseguiram chegar até lá. A maioria das resenhas são de decepção, e olha que é crítica de fã.


Daniel 23/12/2009minha estante
Olá Becky... boa resenha... acho legal a autora trabalhar bem o "romance"... mas um livro não deve ser lido apenas enfocado num aspecto... acredito q para um livro ser considerado bom realmente ele deve ter uma preocupação com todos os processos de sua criação, apesar que como obra ficcional a autora tem total liberdade de fazer o q bem quiser... mas o q perecebo é sim a destruição do imaginário do universo vampiresco... a autora poderia criar um romance sem precisar criar um vampiro que brilha na luz do dia (pq não retratar um "normal", acredito q seja por falta de criatividade da autoria q não soube amarrar a história)... heheheheh... espero q vcs me entendam, mas a imagem de vampiro q tenho é a do Bram Stocker.... perfeito para mim... somente drácula tinha poderes para aguentar a luz do dia. É isso aí Becky.... bjs


Amal 10/02/2011minha estante
André Vianco é outra enganação, tipo Augusto Cury.
Ótima resenha


Lyli Kouga 08/04/2011minha estante
"PObre Becky...pecerbe que leu o livro errado! Bella retardada? incapacitada mentalmente? kkk. Me faça rir! Bella é uma garota inteligente, com personalidade e que sabe exatamente o que quer! Edward é tudo o contrário do que vc descreveu!"

Uma pessoa tão inteligente e com personalidade quantoa Bella escreveu isso!

Ai gente me mata vai, crava uma estaca no meu peito, me atire aos raios da aurora, mata esse pobre toreador! Principe das trevas que ama a beleza mais que tudo no mundo!

A humanidade está perdida!


Thay 13/04/2011minha estante
você já disse tudo.
Li os livros por que uma amiga me encheu o saco pra ler.
Vi os filmes porque outra amiga alugou e me obrigou a ver
mas nada me fez gostar desse livro. Posso ler muitos romances, alguns até bem açucarados, mas nunca li algo que se comparasse a isso. É uma vergonha pros verdadeiros escritores, .

Ah, 'querida' anita (do coment abaixo), não é uma questão de não poder criar novos modelos de histórias ou inovar, é uma questão de bom senso e de saber escrever. E isso, claramente, Meyer não tem. me pergunto, onde está a originalidade da série? Bella inteligente? a tah, conta outra. a única coisa inteligente que fez foi tentar se matar, e nem isso ela conseguiu...


Marina 11/02/2012minha estante
concordo plenamente com o ultimo paragrafo.
a Bella chega a pular de um penhasco!! e sinceramente, um livro todo sofrendo por um cara que foi embora, isso é que é nao ter nada pra fazer.




Mary 22/08/2020

Interessante...
Não acredito que eu li Crepúsculo e gostei! Eu queria ler somente por curiosidade e porque o livro do Edward foi lançado,mas me surpreendi. Estou ansiosa para ler os próximos (Lua nova não estou com muitas expectativas porque é o filme que menos gosto).
Juro que pensei que não ia gostar,pensei que eu ia achar super chato,mas achei fofo! Eu já assisti os filmes milhares de vezes, o Edward do livro é mil vezes melhor.Ele é super sarcástico,me cativou bastante. A Bella tem mais personalidade no livro,mas continua sendo irritante a dependência dela em relação ao Edward,ele também não deixa ela tomar decisões sozinha,não importa se ela concorda ou não. Não é a melhor fantasia que li em toda minha existência(rs),mas foi interessante.
Bem,eu acho que encontrei meu guilty pleasure hahaha.
Mira 22/08/2020minha estante
Tive essa mesma reação quando li kkkk


Lilyan Sotnas 25/08/2020minha estante
Exatamente assim! Kkkk
Pensei que ler seria entendiante pq já conheço a história de cabo a rabo pelo filme (meus filmes favoritos da minha adolescência), mas me apaixonei mais pela a história e ri muito quando comparado com o filme. Hehe... livro mil vezes melhor!


Lilyan Sotnas 25/08/2020minha estante
E o Edward é meu crush! Senti foi ranço da Bella que mesmo no livro ainda é aquela coisa... nhe. Tô terminando Amanhecer, e só agora vejo o amadurecimento da Bella.


Mary 25/08/2020minha estante
Simm,e como sempre o livro conta bem mais coisas que o filme




Polly 14/04/2020

Crepúsculo e a performance do amor (#107)
Como toda boa adolescente da primeira década dos anos 2000, eu li Crepúsculo. Tenho que dizer que minha relação com a série não começou da melhor forma possível, já que, antes de iniciá-la, eu tinha lido numa revista qualquer que Crepúsculo prometia ser melhor do que Harry Potter, que àquela altura já tinha tido o seu desfecho. Fiquei bastante indignada com aquela matéria, nada podia ser melhor do que Harry Potter na minha cabeça daquela época. É claro que meu lado potterhead foi um pouco responsável pela minha relutância para com Crepúsculo, mas eu tinha meus motivos para ter um pé atrás com a saga e essa releitura me fez ver o que era.

Espero que entendam que eu nunca fui hater da história. Pelo contrário, li todos os livros (exceto Lua Nova que era deprimente demais até mesmo para o meu eu leitora adolescente ~arrogante~, enfim, preferi esperar pelo filme). Mas, o fato é que eu nunca acreditei muito no amor entre Edward e Bella. Para se ter noção, sempre torci para que Bella escolhesse o Jacob, sempre o achei muito melhor do que o vampiro. Achava Edward sinistro demais, além de ser gelado e duro como uma pedra (credo!).

No entanto, essa releitura me fez ver que a Bella não fica muito para trás. Ela é tão obsessiva pelo Edward, quanto ele é por ela. Também não gosto da extrema dependência que um tem do outro, sobretudo no que diz respeito a Bella. A garota parece frágil demais, vulnerável demais, sempre pronta a cair dez lances de escada (e morrer) se o vampiro não estiver ao lado. Fora que Edward parece estar sempre a ponto de matá-la. E isso é meio assustador para uma história de amor, mesmo que seja uma história sobre vampiros.

No início do livro, quando o casal ainda está se apaixonando, Edward fala o tempo inteiro que ele é um vilão, que ele é do mal, essas coisas. Se um cara fala isso para mim, eu fujo dele como o diabo foge da cruz, porque, no mínimo, é um louco. E a Bella? Faz o quê? Claro que ela se apaixona! Como não?!

Já o Edward parece estar sempre obcecado em saber o que Bella está pensando, ele é tão controlador que chega a sufocar até mesmo quem só está lendo a história, não sei como não a sufoca também. E seu interesse por ela parece vir justamente do fato de que a Bella é o único ser humano em que seus poderes não funcionam. De certa forma, ele se sente desafiado, a humana pisa no calo do vampiro. Com tudo isso, Bella se sente especial, se sente com a vaidade massageada. A relação dos dois, às vezes, parece mais é uma luta de egos.

O que eles sentem um pelo outro não é amor. Pelo menos, para mim, não é. Acredito que o amor é algo muito maior do que essa dependência/obsessão que livros, filmes e novelas exaltam o tempo todo. Amor é transcendência e nunca utiliza o outro como muleta para estar de pé. Paixão sem amor é opressão e, inevitavelmente, acaba mal, porque ela te faz fazer coisas pelo outro, que claramente não podem te fazer feliz. Claro, não nego que, por amor, podemos fazer os mais inimagináveis sacrifícios, mas só por paixões obsessivas anulamos nossa própria história. Quantos falsos amores nos fazem sofrer tormentos inúteis? Sobretudo, a nós, mulheres, que costumamos a ser ensinadas que amar é sacrificar o próprio eu, que amar é apagar a própria história. Vale tudo para ter e conservar a atenção (nas muitas das vezes, irrelevante) de um homem. Como se devêssemos ser eternamente gratas por um homem simplesmente ter nos visto.

O Amor é muito maior do que isso. Amor é algo muito mais sagrado do que uma simples dependência do outro, Ele é muito mais do que migalhas de atenção. Considero-me, sim, uma pessoa romântica, mas não sou muito de me envolver com amores como o de Edward e Bella. Tais histórias fazem-nos acreditar ser possível que o Amor seja algo mágico que pode surgir do nada, através de uma coisa simples como um olhar. Não, Amor definitivamente não é confundir a pessoa amada com o oxigênio que se respira. Prefiro histórias de amor como a de Eliza e Tao Ch'ien, de A Filha da Fortuna, de Isabel Allende, onde o sentimento é construído gradativamente em cima de um alicerce forte chamado amizade, sem esquecer do mútuo respeito, aliás. Amor com pressa é desejo, e este tem o defeito de ser efêmero e volátil. Sempre muda.

Gostaria que escritoras de histórias românticas, como a Meyer (que acho talentosíssima, aliás. Leiam A Hospedeira), começassem a desconstruir essa ideia de amor romântico do senso comum. Acho que é uma concepção do Amor altamente limitante. O imaginário humano precisa se libertar da ideia de que depender é amar, sobretudo, o imaginário feminino, que não precisa nem nunca precisou da atenção masculina para ser especial. Tal concepção do Amor nos impede (a homens e mulheres) de alcançar ao Amor de fato, pois acabamos sempre, em qualquer relação, por querer performar papéis que não cabem a esse sentimento.

Enfim, Crepúsculo poderia ser bem melhor se não fosse a história apenas de uma performance do Amor.
Andresa 14/04/2020minha estante
Amei sua análise. Tenho certeza que, se reler, vou sentir a mesma coisa que vc.


Nick 18/04/2020minha estante
Eu amei a análise!


Carol @solemgemeos15 06/08/2020minha estante
excelente colocação!




Marcos Bassini 23/03/2009

Manual Prático de Vampirismo
Primeiro, claro, chupe de Bram Stocker. Depois, fingindo ser adolescente, chupe de Salinger. Chupe o amor impossível de Romeu e Julieta, também. E pronto: é só chupar a inteligência dos leitores e eles nem vão perceber que você escreveu mal porque escreveu com pressa.
comentários(0)comente

Janaína Moraes 23/03/2009minha estante
Tipo, um cara como você lendo Crepúsculo? Tudo bem que temos que ler de tudo para poder julgar e falar que não presta, mas este é pior do que alguns que recebi...

Hahaha, brincadeiras a parte, espero que não tenham chupado nada de você.

Bjo.



Vânia 23/03/2009minha estante
Amigo, de vz em qdo é bom ter alguma coisa pra "chupar", não? O livro é bobo, mas ajuda a passar o tempo. E qm foi que determinou que todo vampiro tem que ser assustador?Bjks.


Janaína Moraes 23/03/2009minha estante
Atrevida...


Gisa Félix 24/03/2009minha estante
Pra falar a verdade, acho que o primeiro foi até bem escrito. Do segundo em diante é que a coisa fica feia.Não é todo autor que consegue contar tão pouca coisa e escrever 400 páginas, como acontece em Crepúsculo. Ela escreve, escreve e a personagem não sai do mesmo lugar, é quase uma lavagem cerebral, uma preparação na alma do leitor , para que ele possa engolir os seguintes sem precisar prestar atenção ao conteúdo, apenas apreciar a beleza do Edward. O pior é que funciona. Eu mesma, passei por cima de todos os vampiros da [idolatrada] Anne Rice e curti esse livro. Apenas no 2º eu parei para analisar o que a Meyer havia feito..



Enfim, concordo com você..

Só o que faltou foi a Bella "chupar" alguma coisa.. haha



ps: Nossa, comentário maior que a resenha. Sorry ! rs



Érika dos Anjos 24/03/2009minha estante
Boa, Mané!


mari 25/03/2009minha estante
bom...eh um livro bem envolvente o 1º...e os outros ela vai levando...eh mt bom pra passar o tempo...eu gostei bastante...+ ñ posso dizer q foi tão bem escrito...bjão


Lê® 24/05/2009minha estante
Adoro suas resenhas, isso nem precisa eu falar mais , né?!! [..putz, olha eu falando..rss]...mas, essa é fantástica...muito bom humor, aliado a uma pontinha de sarcasmo e, é claro, inteligência...Muito sagaz de sua parte,Mané!!! ;D


Helena 10/06/2009minha estante
A autora de Crepúsculo sequer leu Stoker e, muito menos, acredito eu, Salinger. Se tivesse lido,ao menos, escreveria melhor e não precisaria fazer "lavagem cerebral" nos leitores, como disse a Gisa. (aliás, adorei seu comentário, concordo com o que você disse, é incrível Meyer escreve,escreve e a personagem não sai do lugar; eu abandonei o segundo livro)



Vi essa entrevista numa comunidade a respeito de Stoker, em que os membros estavam comentando sobre Crepúsculo:

ÉPOCA: Você disse que nunca viu filmes de vampiros? Nem leu Drácula, de Bram Stocker?

Stephenie: Nunca! Eu acho nojento (risos). Vi trechos do filme Entrevista com Vampiro na TV, certa vez, mas não pude ir até o fim. Não assisto a filmes impróprios para menores, o que reduz totalmente a chance de ver filmes de terror. E nunca li Bram Stoker. Pretendo ler um dia, mas acho meio assustador. De Anne Rice só li um romance, no colégio, e nem lembro qual. Prefiro histórias de amor. O drama humano é a parte verdadeira de todos os livros para mim. A verdadeira emoção. Por isso adoro livros de Orson Scott Card e Jane Austen.


Patrícia 02/07/2009minha estante
Eu não assisti ao filme e muito menos tenho vontade de lê-lo... É, depois de ler sua resenha, sei que minha intuição estava certa.


Nessa Gagliardi 16/08/2009minha estante
Perfeita a sua resenha... rsrsrsrs


Heder Duarte 13/10/2009minha estante
Crepúsculo não me agrada nem um pouco, já li grandes livros sobre vampiros, tanto romances quanto livros mitológicos. Nem perco meu tempo lendo esses livrecos e assistindo filmecos assim.



Crepúsculo é a saga onde emos afrescalhados viraram vampiros. Não serve para mim.

excluindo...


Graça 28/10/2009minha estante
Risos.




Ryan Colossal 27/05/2020

Agora, eu entendo.
Por algum motivo esse livro ficou por anos parado na estante, e somente agora, fiquei instigado a ler, e que surpresa boa, sempre estive a mercê daqueles que detonavam o livro e uma pequena parte que vangloriava, mesmo que pareça que a parte negativa fique mais evidente na maioria das discussões, acho que sempre tive medo de me decepcionar e não compreender esse sucesso.
E agora entendo, se para mim que leu em um momento em que esse universo de vampiros já é amplamente conhecido, imagina para as pessoas que imergiram nessa fantasia surpreendente e com universo que aparenta desde o primeiro livro ser incrivelmente envolvente.
É um romance dramático de um jeito muito peculiar e que mesmo atingindo o clichê parece ser novo ao construir diversos pontos de vista em relação ao que é ser um vampiro e as diversas visões em relação a um amor proibido.
Uma leitura muito fluída, a forma que a autora descreve as cenas e os sentimentos deixa o leitor ainda mais conectado com tudo o que esta acontecendo.
Outro ponto importante a destacar é como esse livro instiga você a ler mais, não é atoa que foi por ele que muita gente começou a adentrar no universo literário e no vasto mundo das sagas. Um livro realmente único naquilo que propõe.
daniella.lago.5 27/05/2020minha estante
Ameii sua resenha ?


Cibele 27/05/2020minha estante
Amooo?


Isa Enoré 27/05/2020minha estante
Os livros são incríveis, os filmes que deixam a desejar, apesar de que sou obrigada a concordar que a partir do filme Eclipse deu uma pequena melhorada.


Ryan Colossal 31/05/2020minha estante
Muito obrigado! Dani! ??


Ryan Colossal 31/05/2020minha estante
Cibele ??


Ryan Colossal 31/05/2020minha estante
Isa to ansioso para ler os próximos livros, espero gostar!! ????




Ray 17/06/2020

É um bom livro, e sinceramente não consigo entender como as pessoas conseguem criticar tanto a história se, ela se trata de uma ficção, o "galã" da história é um vampiro gente!! ?
Enfim.. cada um tem sua opinião, para mim, é um bom livro.
comentários(0)comente



Marceli Pires 15/05/2020

Uma ótima releitura!!
Decidi reler Crepúsculo depois de 10 anos por causa do lançamento de Sol da Meia Noite, as expectativas eram diferentes da primeira leitura, agora depois de terminar, posso garantir que foi uma ótima releitura, ainda amo a história do mesmo jeito que amei quando li pela primeira vez na adolescência!
Muita coisa eu já tinha até esquecido de como aconteceu e reler e refrescar a memória foi muito bom!! Agora é continuar a saga e esperar pelo lançamento!
Renata 15/05/2020minha estante
Tô desesperada pelo livro novo haha S2


Marceli Pires 15/05/2020minha estante
Eu também!! já até comprei ele na pré venda!! hahaha


Maria Olivia 15/05/2020minha estante
adorei a ideia de ler novamente


ntampinha 15/05/2020minha estante
Eu estou ansiosa pelo lançamento do livro novo!!! Acho que vou reler Crepúsculo também, para me lembrar dos detalhes :D


Marceli Pires 15/05/2020minha estante
Se vocês puderem releiam sim! Foi uma ótima experiencia reler depois de tanto tempo!!! Me fez lembrar de muitos detalhes que eu já até tinha esquecido!!


Mandy do @blogsobrealeitura 16/05/2020minha estante
Eu iniciei um projeto de releitura antes do anúncio do novo livro, o #RevivendoForks e fiquei chocada com o timing perfeito haha Postei resenha de Crepúsculo ontem e tô bem feliz com a releitura também. Já garanti meu Sol da meia-noite e mal posso esperar por agosto!


Renata 16/05/2020minha estante
Após um século de espera (e eu já tinha até perdido as esperanças), que venha agosto! Haha :D




beka 05/06/2020

Ah, 2008, onde fazia todo o sentido do mundo achar a coisa mais romântica do universo ter um namorado vampiro que te observa dormir. Crepúsculo é divertido numa forma quase cômica, pois além de mostrar uma personagem principal que acha normal existirem vampiros, também temos um vampiro extremamente dramático que voa para o Alasca assim que não consegue ler os pensamentos de uma pessoa.

Sabia que inicialmente isso foi uma fanfic do Gerard Way, do My Chemical Romance? É, pois é. Na leitura inteira, não consegui tirar isso da cabeça.
comentários(0)comente



2542 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |