Crescendo

Crescendo Becca Fitzpatrick




Resenhas - Crescendo


536 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Ana 01/12/2019

Eu não tenho palavras para descrever o quão ruim é esse livro
De verdade, eu chegava a esquecer que essa história era sobre anjos, nefilins, coisas "sobrenaturais" Pq olha... Sem condições. Esse livro é um verdadeiro drama adolescente ruim.
A protagonista é um porre. Esse livro é um porre.
Eu só n abandonei pq eu to com a coleção completa é dinheiro não está caindo das árvores, então né.
comentários(0)comente



ju 19/11/2019

Um teste de paciência
Na página 50 já não aguentava mais a Nora. eu sei que é um YA e temos que ter paciência pro drama adolescente mas minha nossa como tomou grande parte da história.
Marcie bateu foi é pouco nela. Até a Vee que eu tinha achado chata no primeiro está melhor nesse.
As vezes até esquecia que era uma história de Nephlins e Anjos..parecia só um grande mimimi de Nora com ciúmes e se sentindo não amada o suficiente pelo cara que já disse que não sente pois não é humano.
Terminei na força do ódio e não vou pro próximo agora. Acho que para ler um YA dramalhão desses precisa estar em um certo estado de espírito, não estou nele no momento logo, volto depois.
comentários(0)comente



Gisele 15/10/2019

O que falar desse segundo livro da serie, primeiro que me deu muita raiva da Nora aff muito mimimi cade a personagem do primeiro livro me perguntei varias vezes, mas o final foi surpreendente.
comentários(0)comente



Laís 12/08/2019

Queria a criatividade dessa autora, porque que livro louco. Quando você acha que vai entender o que está acontecendo, acontece mais mil coisas e você não entende o que aconteceu nem mais o que estava acontecendo. Genial!
comentários(0)comente



Soph 16/07/2019

Crescendo - Hush Hush
Apesar de começar uma relação com seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue descobrir se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa.

Eu estava um pouco receosa em ler Crescendo, já que eu não tinha se "conectado" tanto com os personagens do primeiro livro. E eu tinha razão.
A melhor parte deste livro foi a escrita. Não tem como não falar como a escrita da Becca melhorou do primeiro livro, que eu tinha achado meio básico.

Mas isso também não adianta muita coisa se a protagonista for um porre. Eu abandonei esse livro várias vezes por causa dela. Ela via problemas onde não tinha, tentava ficar chamando atenção do macho o tempo todo, porque parece que ela não tinha mais nada pra se preocupar do que esse ciumes idiota.
E o Patch também foi outro retardado. Cara tudo que ele tinha que fazer era conversar com a Nora e explicar as coisas, qual era a dificuldade disso? Porque ele não podia falar logo no começo que estava bancando o anjo da guarda para Marcie? Não tinha problema ele falar isso e teria resolvido muita coisa logo no começo.

Eu não gostei do livro. Os personagens foram irritantes e o enredo uma chatice. Provavelmente ainda vou ler os outros livros e rezo pra que a Nora melhore com esse jeito de criança mimada dela.
comentários(0)comente



Alana 15/05/2019

"_Todo mundo sabe que o Patch é encrenca. Ele tem aquela aura de bad-boy que precisa ser salvo, mas o problema é o seguinte: a maioria dos bad-boys não quer ser salva."
“Crescendo” é um livro bacana, mas que pode irritar bastante alguns leitores.
Agora que estou relendo essa série, entendi porque não favoritei esse segundo volume. Ao contrário do primeiro, que é rápido, gostoso e cativante, nesse segundo nossa autora resolveu colocar dramas e empecilhos demais entre nossos protagonistas. Mas a maioria deles poderiam ter sido resolvidos com uma coisa bem simples chamada: Diálogo. Então essa prolongação para resolver coisas simples fez com que houvesse, para mim pelo menos, uma quebra de ritmo, que não chegou a ser prejudicial, mas que me incomodou.
Outra coisa que me desagradou foi nossa protagonista. A Nora completamente cega de ciúmes e agindo de maneira imprudente apenas para chamar atenção do Patch, me deu uma leve raivinha e uma vontade avassaladora de sacudi-la até que ela começasse a pensar direito. Basicamente esse volume pode ser resumindo em: Nora fazendo merda em nome do seu ciúme e sua vontade constante de fazer com que Patch a salve.
Novamente, o que “salva” esse livro são seus personagens (tirando a Nora, que me irritou demais), sua narrativa e o seu final. Mesmo não sendo uma revelação de sacudir quarteirões, é um bom gancho para o próximo volume.
comentários(0)comente



Jenniffer 04/05/2019

Ótimo, apesar da personagem principal
O livro é realmente muito bom e envolvente, apesar de Nora ser insuportável, egoísta e burra que vê os outros como obrigados a ajudá-la sempre. Tirando isso a leitura é prazerosa.
comentários(0)comente



Jeh Diário dos Livros 23/02/2019

Apaixonada!
Após os acontecimentos em Sussurro, Nora e Patch estão juntos mais do que nunca. Só que algumas coisas estão prestes a mudar.
Após Patch se tornar o anjo da guarda de Nora, a nossa personagem começa a demonstrar mais do seu amor por Patch, mas nosso querido anjo começa a se afastar dela pois os arcanjos não estão de acordo com isso.
Brigas acontecem e acabam interferindo no relacionamento dos dois.Para piorar Patch está cada vez mais próximo de Marcie Millar a inimiga numero um de Nora.

Patch está se afastando aos poucos de Nora, pois ele não pode se apaixonar, não por Nora, que é a sua protegida. Os arcanjos não o perdoarão, e o mandarão direto para o inferno caso isso aconteça.
Por esse motivo Nora acaba terminando com Patch e ai as coisas começam a fugir do controle.

"Onde os arcanjos estavam quando se tratava de vigiar o Patch e a Marcie? E quanto ao beijo deles? Os arcanjos iam deixar isso passar porque sabiam que não significa nada para os dois? Eu queria berrar contra a injustiça disso tudo. Marcie podia ficar com o Patch já que não o amava, mas eu não podia, porque eu o amava e os arcanjos sabiam. Por que era tão errado nós estarmos apaixonados? Os anjos e os humanos eram realmente tão diferentes?"

Patch e Marcie estão cada vez mais próximos e Nora terá que superar seu coração partido de vez se quiser descobrir os mistérios da Mão Negra e quem é o assassino de seu pai.
Ela começa a ter flashes e visões irreais e para piorar, no meio disso tudo alguém esta tentando perseguindo ela novamente.Enquanto isso, uma figura da sua infância reaparece na sua vida, Scott, um garoto lindo e bem divertido, que também parece estar envolvido com nefilins e anjos caídos. Agora Nora tem saber se Scott realmente é confiável e se ele pode ajudá-la a descobrir os mistérios do seu passado.
Crescendo foi uma sequencia muito boa de Sussurro, mas não vou dizer que supera o primeiro, porque não supera. Nesse segundo livro temos uma Nora muito teimosa e com o coração partido por Patch se afastar dela, claro que ele tem seus motivos e no final do livro descobrimos o porque exatamente disso tudo. Mas mesmo assim não foi melhor que o primeiro. O enredo continua maravilhoso e o mistério nos cativa para descobrir as respostas por trás disso tudo. Mas a autora focou muito no "Término" e coração partido da Nora do que nas revelações em si.
O legal é que mesmo longe, Patch continua presente e protegendo nossa personagem mesmo que ela não queira por ser tão teimosa hahaha e Patch continua com aquela coisa sensual e cheio de mistérios que tanto nos cativa.


A capa está muito linda e adoro esse material meio áspero que foi feito essa coleção. Faz anos que tenho o livro e não tive nenhum problema de amassado e riscos. ( por mais livros com esse material \o/)
A diagramação está muito boa, a única coisa que não gostei muito foi que as letras são um pouco pequenas.
Recomendo Crescendo para todos que ainda não leram esse livro. Pois por mais que seja um livro de anjos o mistério por trás da história é muito intrigante.

site: http://diarioelivros.blogspot.com/2016/03/resenha-crescendo.html
comentários(0)comente



Thaynara Carolina 30/01/2019

Foi o meu livro favorito da adolescência
Eu devorei esse livro na primeira vez que li em 2015. O Patch me ganhou já no primeiro livro, já que adoro um bad boy debochado. Nesse segundo livro o meu amor só cresceu (ai que trocadilho ruim hahaha), porque a história não perdeu o ritmo e com a chegada de novos personagens, como o Scott, só aumentaram minha curiosidade sobre "certos pontos" da história.
Apesar do Patch ser incrível, foi a Nora que me prendeu. Ela não é uma protagonista indefesa e dramática. Ela é forte, corajosa, sem muito rodeios e isso é o que eu acho de mais importante na construção de um personagem.
Se você ainda não leu, aproveite para ler antes do filme, que foi anunciado esse ano, mas ainda não tem data se estreia.
comentários(0)comente



Bru 11/01/2019

Gostei muito da continuação. Estava com um pouco de medo porque vi muitos comentários negativos.
O livro tem muito suspense e odiei ainda mais a personagem Marcie e cheguei a ficar com raiva do Patch, mas sabia que tinha algum motivo pra tudo isso.
Fiquei um pouco confusa na explicação sobre as gerações anteriores da Nora, mas achei legal como as histórias de cruzaram no final.
Muito suspense e amor, embora seja um pouco doentio na minha opinião.
comentários(0)comente



Marixx 28/12/2018

Tenho que dizer que esse segundo livro me surpreendeu bastante, me fez dar risadas, ficar triste, revoltada subitamente feliz, a autora me surpreendeu nessa continuação repleta de ação e muito amor.
comentários(0)comente



Andy 30/09/2018

ERA PRA SER CHATO? CONSEGUIU
Eu gostei tanto do primeiro livro, li em uma tarde e esse conseguiu me irritar tanto em menos tempo.

Não sei se a Nora já era chata e eu não tinha notado por estar tão imersa no livro ou ela se tornou chata nessa sequência. Juro que não entendia ela, eu tentei mas não dava, ela é incompreensível.

Patch....Ah Patch....gostava dele, menino Patch era legal, mas também me irritou um pouco aqui (mas nem de perto chega aos pés da Nora)

A história aqui não me prendeu nem um pouco, me via constantemente pegando meu celular pra responder mensagem (coisa que eu NUNCA faço quando estou lendo. Ler é sagrado sem celulares por perto). Os personagens secundários me agradavam mais no 1 livro também. Com excessão da amiga da Nora que eu não lembro o nome, sempre tive isso de detestar ela na maior parte do tempo.

Gosto da escrita da aurora, é um ponto positivo. Não sei se ela escreveu alho além dessa série, mas se sim irei dar uma olhada.
comentários(0)comente



Auricelia.Silva 25/09/2018

crescendo
achei cansativo.
comentários(0)comente



Lud @quoteseplots 30/07/2018

Melhor, mas, ao mesmo tempo, não.
Vou iniciar elogiando a autora.
Parece que todas as minhas reclamações em relação ao livro anterior foram ouvidas. A escrita nesse livro melhorou demais, logo no prefácio a Becca usa todos os nossos sentidos para nos envolver no mistério e eu quase surtei por ver tamanha diferença de um livro para o outro.

Apesar de ser avisada por diversas pessoas que esse seria o livro que eu mais passaria raiva, eu pensei que, por já saber algumas coisas, isso não iria acontecer. E eu estava tão encantada com a evolução da escrita que eu achei que ignoraria os dramas que rolariam.

Mera ilusão.

Não deu. Eu tentei ser forte e ignorar, mas a loucura da personagem principal e as atitudes de outros personagens me fizeram queimar o livro diversas vezes.
Eu não sei explicar a raiva que eu senti lendo. No início foi uma irritação, eu revirava os olhos várias vezes com as coisas sem noção que a nora dizia, por exemplo:

—Você, eu, e a Marcie? Desde quando você começou a colocar nós três na mesma frase? Desde quando ela significa algo para você?— eu repreendi.

O Path não tinha falado nada de mais para ela jogar essa frase pra ele, e olha que eu sou a louca do ciúmes, eu tenho mais ciúme dos personagens que os próprios protagonistas.

Aí ela me vem com essa aqui depois:

"—Por que você desistiu ser humano por mim se você sabia que não podia ficar comigo?"


MAS GENTE! Ele desistiu de ser humano para você não morrer, Nora. Ou você simplesmente esqueceu desse "detalhe"? Quando a gente ama alguém, não somos egoístas, preferimos ficar sem a pessoa e garantir a vida.

Não deu, era muita coisa sem noção.

Não sei porque a Becca quis fazer uma personagem tão burra. Foi desnecessário e sabe o motivo? Ela tinha o pensamento mais insano da vida e depois de cinco minutos ela parava, refletia e mudava de opinião? Então para quê colocar ela pensando cada absurdo? Não era mais fácil só escrever ela refletindo do que isso?

Tem uma cena que para mim foi o cúmulo da idiotice, não vou dizer aqui porque é um spoiler dos grandes, mas quando lerem, vão saber na hora.

Por diversos momentos eu pensei: será que a autora quis fazer a personagem assim mesmo ou ela está subestimando a minha inteligência? Porque as coisas estavam na cara e só a Nora não enxergava e, para piorar, concluía com a coisa mais nada a ver.

Outra coisa, ninguém merece um livro com um baita enredo desse ser gasto quase todo com drama de ciúmes. No final das contas até o Path me irritou e eu não achei a explicação dele motivo suficiente para fazer o que fez, algumas coisas foram desnecessárias e ele foi culpado sim.

Para completar, ele passa o livro inteiro dizendo que não pode contar para ela os motivos dele, aí do nada em um certo momento ele quer obrigá-la a ouvi-lo. Uai, por que agora? Por que não explicou desde antes?

São coisinhas assim que não tem explicação, só acontecem quando acontecem, e a autora não justifica.

O Path passa "longe" quase o livro inteiro porque por motivos não pode, mas aí de repente ele se rebela e volta. Por que não fez isso antes então?

Desculpe se me acham críticas com livros, mas eu gosto de explicações, então quando as coisas só acontecem assim, me irritam.

AHHH, NÃO POSSO ESQUECER DE UM DETALHE.

Eu achei um absurdo a Nora por mais de uma vez pensar em desistir da vida por causa de macho, ainda mais um macho que, até onde ela sabe, tá aprontando. Não importa se o pensamento durou, 5, 10 ou 15 minutos. Achei de péssimo tom isso. Nora tá conseguindo ser uma das piores personagens femininas de saga que eu já li.

Vou parar por aqui porque vão pensar que é ranço, mas não é gente, é tanto que vou continuar a saga até o final. Mas como leitora assídua e que gosta de expor minhas leituras, não posso deixar de falar sobre isso (até porque me pediram para escrever as minhas opiniões haha).

Mas, voltando para coisas boas, todas as cenas que fugiam do drama e envolviam a trama dos anjos, neflins e outros, eram legais e foram elas que me seguraram até o fim. É tanto que as cenas dos prólogos dessa saga tem a escrita estupendamente melhor do que quando começam os diálogos e pensamentos adolescentes da Nora.

Tem muita coisa que não entendi e ainda tô perdida, mas estou esperando até o final da saga para compreender.

Me disseram que o terceiro é o melhor livro, então vou de coração aberto esperando me surpreender e voltar aqui com uma resenha melhor.

Beijos e até a próxima.

lee 30/07/2018minha estante
Eu não lembro quase nada de quando li esse livro, só de que passei MUITA RAIVA. É impossível não, porque a Nora extrapola todos os níveis de estupidez realmente. Eu até demorei a começar o terceiro de tão frustada com esse que fiquei.
Mas ainda bem que a evolução da autora depois também é dela. E a trama da saga vai ficando ainda melhor.


Lud @quoteseplots 30/07/2018minha estante
É a única coisa que me dá esperança, ver os personagens crescerem! haha


Danny Belo 05/05/2019minha estante
Concordo e muito, parecia que só existia Patch de homem no mundo




spoiler visualizar
comentários(0)comente



536 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |