O Peregrino

O Peregrino John Bunyan




Resenhas - O Peregrino


77 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Lucas.Oliveira 14/05/2019

Este livro foi escrito por um pastor chamado John Bunyan. O livro é uma alegoria da vida cristã, sendo publicado em 1678 na Inglaterra.
O livro alerta sobre os "os altos e baixos da vida" e os perigos que todo cristão enfrenta por seguir os ensinamentos descritos na bíblia para alcançarem a vida eterna junto a Deus. O Livro nos leva a refletir sobre como devemos ser vigilantes e o quanto devemos orar enquanto enfrentamos as batalhas e tentações na terra. Melhor dizendo “Vigilantes na vida terrena”.
Recomendo a leitura, pois ela irá edificar quem o ler com atenção e discernimento.
comentários(0)comente



Leila 10/05/2019

O Peregrino
Este livro traz o relato de um sonho, fictício, do autor John Bunyan. Ele conta a peregrinação do Cristão que saiu da cidade da Destruição, abandonando a família, amigos e emprego, para seguir em busca do Monte Sião, além dos acontecimentos durante o percurso até chegar ao destino, atravessando solo enfeitiçado, vale da sombra da morte e encontrando personagens como adulador, tagarela, entre outros.
Durante o percurso, pode-se observar que Cristão, apesar das suas falhas, adversidades, e dos inimigos que objetivam desviá-lo do caminho, sempre recebe auxílio de alguém para lhe ajudar, em momentos de dificuldades e perigos, além de desfrutar da leal companhia de outros peregrinos como Fiel e Esperançoso que o incentivaram na caminhada. Pode-se perceber também, o crescimento do personagem por meio de suas aprendizagens após as falhas cometidas. Ele se torna assertivo e vigilante.
Sob outra perspectiva, Bunyan relata a peregrinação de todos nós cristãos, que enfrentamos adversidades semelhantes até chegar à cidade celestial.
Além de o livro ser recheado de versículos, Bunyan através dos diálogos entre os personagens, debate sobre a salvação pela graça, medo, e, fé, por exemplo, e assim pode-se entender a importância de conhecer e viver pela Bíblia para vencer as astutas ciladas do maligno.
Chama-me a atenção o método escolhido por John Bunyan ao escrever este livro, que foi revolucionário para sua época, e até hoje é ousado no meio cristão. É lindo saber que esse método já é comprovado por muitos pesquisadores como um dos mais eficientes no ensino, e que Jesus, nos primórdios, conhecendo a necessidade do ser humano, adotou metodologia assim ao ensinar por parábolas. Lindo né?!
Fiquei fascinada com a maneira que Bunyan construiu a história, citando apenas personagens e cidades descritas na Bíblia, e relacionando-os, o que nos proporciona uma visão sistemática, já que quase sempre lemos de forma isolada.
Aquele livro que ao concluir a leitura já pretendemos reler. Pois é prazeroso, e muito edificante! Vale muito a leitura!

site: https://leilacassiamourablog.wordpress.com/2018/08/30/o-peregrino/
comentários(0)comente



Sunamita Conti Santos 27/04/2019

O peregrino e a caminhada cristã
Logo nas primeiras páginas compreendi o porquê desse livro ser a obra de ficção mais lida de todos os tempos, superada apenas pela Bíblia.
Começo minha resenha utilizando-me das palavras do próprio autor: Disseca a metáfora sem ser infiel. Durante todo o decorrer da obra, o leitor se depara com metáforas e, por uma alegoria simbólica ele acompanha a jornada de Cristão, o peregrino, com destino à Cidade Celestial.
A trama dessa obra nos envolve a todo o momento porque carrega consigo a caminhada daqueles que se entregam a Cristo, envolvendo assim as batalhas que enfrentam, as decisões e as consequências das mesmas, o conhecer a Deus, a perseverança, a vida de oração e etc.
Enfim, com a vida do personagem Cristão, percorremos uma trajetória que nos deixa claro que não pode ser feita de qualquer maneira, entendendo que é um caminho que só acaba quando encontramos Cristo, o noivo, ou seja, quando passamos pelos portões da Cidade Celestial.
Esmiuce cada capítulo, cada metáfora que encontrar e se envolva com essa jornada que traz esperança.
comentários(0)comente



Dudu 22/04/2019

Purificação para alma
O segundo livro mais lido no mundo, só perde para a Bíblia...

O Peregrino, é uma história repleta de inspiração do Santo Espírito, que nos ajuda a enfrentar os problemas do dia a dia, e nos mostra as reais adversidades de nossas vidas através de personagens devidamente nomeados:

Sábio-segundo-o-mundo; Paixão; Dificuldade e Presunção, são só alguns personagens que se colocam no caminho do personagem principal Cristão, que auxiliado por Evangelista, tenta alcansar a Cidade Celestial em sua jornada.

Leia e tenha sua fé ricamente aumentada. Uma leitura para todas as religiões, todos os seres humanos deveriam ler este livro ao menos uma vez na vida.
comentários(0)comente



Belle 29/03/2019

Transformador
Um livro inspirador conta a história de Cristão e sua jornada para chegar aos céus. Desde o início aceitando Jesus como Salvador passando pelos bons e maus momentos da vida. Nos ensinando como é a caminhada de todos os peregrinos que almejam chegar a Nova Jerusalém.
comentários(0)comente



MJ BOOK 28/03/2019

O Peregrino
O segundo livro mais vendido depois da Bíblia...

Leitura contagiante
comentários(0)comente



Gabriel Vieira 22/12/2018

Literatura incrivel todo cristão precisa ler
comentários(0)comente



Quennick 01/11/2018

Um livro capaz de mudar vidas!
Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje nós iremos conhecer um novo livro, que para mim não é mais novo, chamado O Peregrino do autor John Bunyan lançado pela editora BV BOOKS. Como vocês sabem o Blog Eureka Mundo é parceiro dessa editora e seus livros todos são de cunho cristão.

Bom meus amores, antes de iniciar a resenha vamos conhecer as características físicas deste livro.  A diagramação é simples porém sofisticada, sabe a ideia de que menos é mais? É exatamente esta que prevalece neste livro. Dentro do escopo do livro há comentários de pontos específicos que nos fazem ter uma melhor compreensão sobre o nosso pensamento dentro dessa perspectiva.

Além deste ponto há ilustrações no final de cada capítulo que confirma, ou não, do que nossa imaginação produz. São 317 páginas divididas em 19 capítulos com uma linguagem compreensível e muito bem elaborada.

A estória gira em torno de um sonho. Sim, um sonho em que um homem chamado Peregrino percebe o quão errado e pecador é; ele também percebe que possui um fardo muito pesado nas costas e que sua cidade está a beira da destruição. Quando contam que a cidade irá ser destruída todos naquela cidade riem e o Peregrino vai embora abandonando seus filhos e esposa em busca de um alivio e de alguma forma que acabasse com aquele peso tão grande de suas costas.

Nesta viagem até a cruz e até a cidade celestial, ele enfrenta muitas dificuldades o que nos demonstra que servir a Cristo não é nada fácil. Assim acompanhamos a trajetória de um cristão, analisamos as suas lutas e a cada luta superada a tão sonhada recompensa. 

Além de enfrentar muitos percalços, o peregrino agora chamado de Cristão, enfrenta seus próprios dilemas e por mais que nesta caminhada ele aprenda com cada luta, percebe que não é apenas os inimigos de fora que ele precisa enfrentar mas sim ele próprio como seu maior inimigo.

Com o passar nas páginas eu me colocava no lugar do peregrino e é incrível como eu também tinha a plena certeza que teria a mesma reação que ele. Foi assim que muita das vezes eu me via naquela trajetória caminhando com um alvo mas que esse mesmo alvo parecia tão longe.

Enfrentamos muitos problemas em nossa vida, e quando decidimos que podemos seguir em frente enfrentamos um inimigo ainda maior ? nós mesmos. O medo, a ansiedade, a falta de fé aliada a uma natureza humana é capaz de nos fazer sair do caminho certo e mudar todo o rumo para um lugar sombrio e sem paz. A melhor certeza que tive quando li esse livro é que não estamos sozinhos!

Quando você decide seguir seu caminho com Cristo, pode até ser difícil de acreditar mas ELE jamais te deixará só. Ele faz questão de nos levar para o deserto e nos falar sobre amor para que possamos reconhecer que o amor Dele por cada um de nós foi, é e sempre será muito maior que podemos oferecer! Avisando que tem continuação essa estória!

Agradeço de coração a editora pela parceria e a cada um de vocês! Até a próxima.
comentários(0)comente



Elaine.DMarques 19/08/2018

Uma leitura agradável
Que leitura gostosa esse livro. Narrativa prática, simples que nos faz refletir sobre o caminho até a salvação.
comentários(0)comente



Lê Tavares 17/05/2018

Releio pq é incrivel
Li qdo criança e leio de novo. Sempre algo a acrescentar
comentários(0)comente



Humberto Henrique 22/04/2018

surpreenda-se
A inspiração pode vir de vários lugares, a sua eu não sei, mas a minha, vem de Deus. Quando começamos a ler este livro achamos nele inspiração, que de fato vem do amor de Deus, contido em tais palavras... Para quem é cristão e tem Jesus como seu único e suficiente salvador, este livro se resume em uma palavra... Vida... a vida que temos, seguindo a Cristo... pra quem lê por diversão ou apenas por que gostou, se resume em outra palavra... Surpresa... a surpresa de saber, e compreender a vida que nós, cristãos, seguimos e pregamos, uma vida de amor e conquista... peço a vocês... cristãos e não cristãos... leiam... pois não vão se arrepender!!
Ana Cristina 22/04/2018minha estante




Bela 15/12/2017

Um 'clássico atual'
O Peregrino é um livro clássico da literatura cristã, escrito em 1678, que até hoje é muito vendido e difundido entre o meio religioso. Existem até algumas adaptações cinematográficas. Entretanto, eu nunca havia me interessado o suficiente pelo livro para lê-lo até que ele foi indicado pelo clube do livro em que participo e foi uma leitura maravilhosa. É incrível como uma obra tão antiga pode se manter tão atual e trazer tantas reflexões a nós, quatro séculos após sua publicação.

Cristão começa a sua peregrinação após conhecer Evangelista e começar a ler a bíblia. Ele percebe que se continuar a viver a vida a que está acostumado e a morar na cidade da Destruição, seu fim será a condenação eterna. Além disso, seus pecados tem sido uma grande tormento para a sua alma e ele anseia poder se livrar do fardo que eles causam em sua vida. Mas a caminhada que ele se propõe a seguir é longa e grandes são as tribulações que encontrará pelo caminho. As pessoas que Cristão encontra durante a sua jornada representam pecados, práticas e tipos de pessoas ditas cristãs, como Tagarela, Preguiça, Hipocrisia, Misericórdia, Fiel, etc. E, com eles, Cristão trava diversos diálogos muito ricos.

"— Bem, lá espero ver bem vivo aquele que, morto, vi pendurado na cruz; e ali espero livrar-me de todas essas coisas que até hoje estão em mim e que me aborrecem. Lá, dizem, não existe morte, e lá viverei com a companhia que mais me agrada. Para dizer bem a verdade, só posso mesmo amá-lo, pois foi ele quem me aliviou o fardo. Estou cansado da enfermidade que trago dentro de mim; prefiro estar onde não morrerei mais, ao lado daqueles que continuamente bradam: 'Santo, Santo, Santo'."

Mesmo o livro sendo bem antigo, não tive qualquer dificuldade com a linguagem, pois a edição que li foi reformulada de forma a não causar problemas a um leitor do século XXI. Porém, há alguns comentários do autor no início e no final do livro e, nessas partes, a editora optou por deixar a linguagem mais próxima ao original. Eu confesso que fiquei bastante receosa do livro inteiro estar escrito daquela maneira e muito aliviada quando percebi que esse não era o caso. Porque sinceramente, não sei se conseguiria finalizar a leitura se fosse assim. De uma forma ou de outra, essa não é uma leitura para ser feita muito rápida e nem é umas daquelas que nos prende do início ao fim, nos deixando super curiosos para concluir a história. É um livro que tem muito conteúdo (mesmo que não seja tão extenso), ele é denso. Portanto, é uma leitura que deve ser feita calmamente, de forma a refletir e assimilar tudo o que está sendo ilustrado.

"OBSTINADO — Que coisas são essas que você procura e pelas quais abandona o mundo todo?
CRISTÃO — Busco uma ' herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder o seu valor ' (1Pe 1:4), e ela está guardada no céu, em segurança, para ser distribuída no tempo devido àqueles que a perseguirem com zelo."

Além disso, O Peregrino possui muitas referências bíblicas. Mas, leitores que tenham um maior conhecimento bíblico provavelmente também irão reconhecer outros versículos e histórias bíblicas retratadas nas aventuras e falas dos personagens, além das passagens com referências. As vezes eu me sentia como se o livro fosse uma verdadeira montagem ainda que bastante sutil e muito inteligente de diversas narrativas e versos bíblicos. A principal mensagem do livro é o plano da salvação de Deus, como precisamos urgente de sua graça e misericórdia para sermos livres do pecado e como a vida cristã deve ser uma jornada de constante busca por Deus e pela Sua palavra, mas não falo apenas sobre conhecimento e sim sobre atitudes e vida prática.

site: http://www.sigolendo.com.br/
Roberto 24/01/2018minha estante
Muito boa resenha, bem o que pensei sobre ele.


Roberto 24/01/2018minha estante
Boa resenha, relata bem o que pensei sobre o livro.


Helinho 14/08/2018minha estante
Muito bom comentário!




Naty 15/09/2017

A metáfora da vida cristã e suas adversidades de maneira criativa, emocionante e deveras real.
Cristão, o personagem principal dessa história, sai da Cidade da Destruição, deixando filhos e mulher para trás, em busca, simplesmente, da salvação de sua própria alma. Ele atravessa situações difíceis, encontra-se com pessoas que o chamam de louco, ignorante e ainda pessoas que se dizem tão peregrinos quanto ele, mas são, na verdade, indivíduos sem conhecimento do evangelho, que acham que sabem trilhar aquele caminho, mas caem na primeira adversidade. Ele também encontra amigos como Fiel e Esperançoso, que os seguem em partes importantes de sua caminhada para o céu.
Esse livro de apenas 224 páginas é, na verdade, um complexo intrincado de metáforas baseadas na bíblia e na experiência do próprio autor. Demorei para lê-lo, pois resolvi encará-lo como um desafio, algo a ser interpretado. Eu não queria ler rapidamente, achar interessante e passar para outra leitura. Eu queria entender cada pequena passagem e mensagem do livro. Aconselho a todos que pretendem ler esse livro a fazer o mesmo: grifar cada passagem interessante, cada parte que seja de difícil compreensão, cada pensamento corrente na vida real, cada ideia que você nunca teve, cada visão de certos fatos que você nunca conseguiu enxergar daquele jeito. Depois é só analisar cada passagem e escrever o que entendeu. Acredite. Dessa forma, tudo vai ficar bem mais claro.
Um livro escrito no século dezessete, mas que traz comportamentos que perduram até hoje, argumentos que não mudam, erros, fatos, palavras. Tudo nos parece tão recente, quando, na verdade, o autor escreveu isso tanto tempo atrás. Com isso, dá para perceber que os tempos mudam, mas as pessoas continuam errando nas mesmas coisas, argumentado de maneira quase igual e se portando basicamente do mesmo modo. A obra é tão contemporânea que é quase irreal que foi escrita há tanto tempo atrás.
Recomendo esse livro a todo cristão que quer se aprofundar no que significa ser cristão, obedecer a Deus e entender mais de sua palavra. Os desafios enfrentados pelo personagem estão em total consonância comos que passamos como cristãos.
Esse livro é um daqueles que tenho vontade de sair distribuindo. Ele me tocou bastante. Um utro, também cristão, que fez a mesma coisa foi Cristiaismo puro e simples, livro esse que já emprestei e dei para algumas pessoas. Espero que muitos tenham a oportunidade de estudar cada capítulo e retirar deles seu cerne, sua menagem. Permanecendo, então, como Cristão, firme na fé até o fim.
comentários(0)comente



Erica.Souza 20/08/2017

O peregrino
Um livro maravilhoso, uma jornada de cristão para o céu, muitos desafios ele enfrenta e em cada um, uma lição linda para nós.
comentários(0)comente



Wendel.Borges 12/08/2017

O Peregrino
Um dos melhores livros que já li.
Super recomendo!!
comentários(0)comente



77 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6