Alma Vampira

Alma Vampira Ju Lund




Resenhas - Alma Vampira


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Nane 24/08/2015

Alma Vampira
Duda foi levada pelos semeadores (juro que me deu vontade de escrever dementadores aqui) e perdeu a memória. Tudo o que envolvia Esther ficou guardado em um canto escondido em sua mente e ela se sentiu segura naquela estranha nova realidade. Já Esther não aguenta ver sua amada confusa, agindo completamente diferente da Duda que conhecia. Ela sabia bem que havia algo errado e que deveria fazer o que era "melhor" para sua amada. Então, toma sua decisão e muda a vida de Eduarda para sempre.

O fim de Doce Vampira me deixou bastante curiosa para saber como Duda iria reagir a tudo e sobreviver. Nesse segundo livro as personagens se mostraram em faces diferentes, devo dizer que praticamente trocaram os papéis.

Não sei porque, talvez tenha sido só impressão minha, mas senti que a personagem Esther mudou totalmente de um livro para o outro. Como alguns capítulos nesse segundo livro são narrados por ela, temos como entrar em sua mente e entender seus verdadeiros sentimentos por Duda. Muito da personagem me assustou um pouco, não no sentido ruim, mas muitas vezes pensei em pedir para ela sentar e pensar um pouco nas coisas.

A escrita da Ju continua sendo muito envolvente e você se entrega ao drama das duas protagonistas. Porém, achei que os outros personagens ficaram um pouco em segundo plano, mesmo aparecendo com mais frequência do que no primeiro livro.

A história trata do romance de uma garota considerada normal e de outra que está incluída em uma minoria. Por mais que seja fantasia e que fale de vampiros, ao meu ver, a mensagem do livro pode ser ampliado para praticamente todas as minorias que sofrem nas mãos dos que se julgam corretos. E achei incrível como a autora passa isso.

Sobre o final, pensei que tudo seria resolvido nesse livro, mas parece que terei que esperar mais. Digam-me, por que as pessoas param na melhor parte? Dessa vez, porém, não irei colocar isso como um ponto positivo, já que achei o final um pouco "aéreo". Talvez porque foi narrado por Louise, apenas depois de tudo acontecer, então não me envolvi tanto. Porém, a continuação promete solucionar todos os problemas, além de uma Eduarda completamente diferente. Esperemos.

site: http://ultimasfolhasdooutono.blogspot.com.br/2015/08/resenha-alma-vampira.html
comentários(0)comente



Fernanda 07/08/2015

Resenha: Alma vampira
CONFIRA:

site: http://www.segredosemlivros.com/2015/08/resenha-alma-vampira-ju-lund-aveceditora.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Obrigada


Fernanda 13/02/2017minha estante
?




Daniel Moraes 20/08/2015

Alma Vampira
Em Alma Vampira o livro se inicia exatamente quando finaliza o primeiro da trilogia, Doce Vampira. Digo isso, pois para quem quiser ler Alma Vampira, sugiro que leia antes o Doce Vampira para entender a história e não ficar perdido. E leia mesmo, pois o livro é bom demais!

Neste segundo livro, a escritora Ju Lund, continuou a trama com Duda e Esther, e pude sentir uma maior participação de Duda que ainda é humana e acabou de sair da clínica de reabilitação... ou melhor, sair do local onde lhe fizeram uma lavagem cerebral para esquecer o seu amor para com Esther.

Para vocês entenderem melhor, este livro é uma distopia em que vampiros e humanos dividem o mesmo espaço com total liberdade sem que desrespeitem ambos territórios. Para ter noção, o governo distribui bolsas de sangue para alimentar os vampiros evitando assim uma revolução em massa e uma pandemia de vampiros recém transformados, uma vez que estes tem uma sede insaciável.

No primeiro livro pude conhecer este universo que por sinal achei bárbaro! Gostaria eu poder viver em um mundo assim; deve ser bem legal! No entanto, a Ju Lund nos apresentou o romance entre as duas garotas; digamos um amor platônico. Imaginem uma vampira e uma humana se apaixonando? Pois então, muita coisa iria acontecer... ou melhor aconteceu.

E em Alma Vampira a história já se inicia com a memória de Duda apagada e o desespero de Esther para tentar recuperar sua amada. Métodos foram adotados e uma perseguição implacável foi instalado neste livro, deixando-o com característica de aventura futurística sem deixar de lado as raízes de sua real intensão. Isso, sem perder o foco nas buscas por Duda que foi raptada por Esther para tentar reativar sua memória.

Mais uma vez a escritora abordou indiretamente a questão da aceitação do indivíduo com uma condição, ou com uma orientação perante os pré-conceitos de uma sociedade totalmente conservadora. Achei esta vertente fantástica!

Incrível como a escritora abordou este assunto utilizando artifício através de uma fantasia sem ferir os conceitos de quem lê a obra literária. Esse ponto em minha modesta opinião foi demasiadamente fenomenal. Impossível não amar a Ju Lund e seu livro Alma Vampira. :)

Mesmo tendo uma aventura em todo o seu conteúdo, o romance está presente em todo o livro ora, por parte de Esther, ora por parte de Duda. Separei um trecho para vocês:

"Quando ela me beija e envolve meu corpo com seus braços, deixo-me ser dominada com prazer. E tudo é sempre tão visceral, apaixonado... Eu fujo, afasto-me para poder me proteger. Mas eu a gosto mesmo assim, feliz ou infelizmente, Nunca sonhara que meu amor por ela fosse se tornar tão profundo a ponto de não conseguir contê-lo".

O desfecho mais uma vez, como em seu primeiro livro desta trilogia, foi espetacular a ponto de eu querer subir no prédio mais alto e pular, pois até esperar a continuação, morrerei com vontade de querer ler o próximo livro! Hehehe! :D Estou encantado com a belíssima escrita de Ju Lund e pelo excelente trabalho da Editora AVEC.

A capa mais uma vez, ficou encantadora e nosso parceirão, o Marcos Rogério, fez um excelente trabalho gráfico com estas imagens que foram coletadas na fanpage da Ju e que foi feito um belíssimo making-off com fotógrafos excelentes e com duas modelos que deram vida à Esther e à Duda. (Clique AQUI para conhecer).

Em suma, finalizo dizendo que adorei este livro e sem sombra de dúvidas, é merecedor de 5 estrelas e já estou desesperado para ler o último (será???) livro da trilogia que me cativou e posso considerar um dos melhores, senão o melhor livro do gênero vampirístico que já li! Amei Alma Vampira! \o/

site: http://www.irmaoslivreiros.com/2015/08/alma-vampira.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Multi obrigadas


Daniel Moraes 11/02/2017minha estante
Imagina!
Seu livro é incrível, Ju! Amoo!




Fernando Nery 23/11/2015

Resenha: Alma Vampira, de Ju Lund - AVEC Editora
Para início de conversa, quero dizer que Alma Vampira é o segundo volume de uma trilogia.
Se você ainda não leu a resenha do primeiro volume, utilize esse endereço para lê-la: http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/2015/11/resenha-doce-vampira-de-ju-lund-avec.html
Muitas pessoas ficam com medo de ler a resenha continuações de trilogias ou séries por causa do spoiler. Aviso ao meu leitor que pode ficar tranquilo. A minha resenha está totalmente livre disso.
Como vocês viram na resenha anterior, a história trata de um romance entre uma vampira e uma humana. As duas sofrem preconceitos por serem lésbicas e pela diferença de natureza enquanto criaturas. Alguns pontos ficaram soltos no primeiro volume. Mas deu para perceber que a autora criou uma espécie de bagunça para resolver e amarrar as pontas soltas nessa continuação.
Em Alma Vampira, notamos que a autora conseguiu realizar uma excelente continuação. Realmente, todas as pontas soltas foram amarradas, deixando um pequeno conflito no final que será solucionado no terceiro volume.
As protagonistas Duda e Esther continuam sofrendo preconceito, mas eles não está focado tanto na questão de serem lésbicas. Agora, o preconceito está bem centrado nas diferenças entre humanos e vampiros. E percebemos que ele se estende a todos personagens.
Na primeira resenha, eu me esqueci de mencionar que o livro é todo narrado em primeira pessoa. Predominantemente, os capítulos são narrados por Duda. Apenas um capítulo tem a narração de Esther.
Nessa continuação, os personagens secundários adquirem uma importância maior dentro da história. Os capítulos são narrados predominantemente por Duda e Esther, porém existe um determinado personagem secundário que narra alguns capítulos.
Posso afirmar com certeza que Alma Vampira superou todas as minhas expectativas e estou realmente curioso para ver o desfecho dessa história.
Lamento que não exista a versão física do segundo volume até o presente momento. Tive que ler no formato de eBook. Não quero dizer que é uma experiência ruim ler nesse formato. Muito pelo contrário, eu gosto de ler eBooks também. Porém, quando eu começo a ler duologias, trilogias ou séries, gosto de ler a continuação conforme o formato do primeiro volume que li. Infelizmente, a versão física ainda vai ser lançada. A minha sugestão para a AVEC Editora e a escritora Ju Lund é que o terceiro volume tenha os dois formatos lançados ao mesmo tempo.
Para finalizar, quero dizer que pela unidade perfeita entre primeiro e segundo volume, minha avaliação está pendendo para cinco estrelas. Provisoriamente, marquei com cinco estrelas os dois volumes da trilogia. Porém, como gosto de avaliar trilogias e séries como um todo, só darei minha avaliação definitiva após concluir o terceiro volume que ainda será publicado.
Sei que omiti muitos detalhes desse segundo volume, entretanto isso se faz necessário para evitar qualquer tipo de spoiler. Mas com certeza, recomendo a leitura dos dois volumes, pois eles são ótimos. Agora, resta-me aguardar o desfecho desse lindo romance.
Confesso que estou ansioso em ter em mãos a versão física do segundo volume para colocar em minha estante e também ter o terceiro volume para satisfazer minha curiosidade.

site: http://filosofodoslivros.blogspot.com.br/2015/11/resenha-alma-vampira-de-ju-lund-avec.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Obrigada Obrigada




Corujas de Biblioteca 04/02/2017

Esse livro me prendeu tanto quanto o primeiro. | Corujas de Biblioteca
Depois do final de Doce Vampira, eu fiquei desesperada para saber se Duda ia recuperar suas lembranças e se ela e Esther finalmente ficariam juntas.

Esse livro me prendeu tanto quanto o primeiro. A escrita de Ju Lund é muito boa e muito fluida. Eu normalmente demoro muito para ler ebooks porque não gosto de ler na tela, mas com Doce Vampira e Alma Vampira eu não queria largar o iPad.

Eu amei o desenvolvimento da história, como a personagem de Duda se desenvolveu e cresceu durante esse livro, seu progresso de uma menina boba que passou por uma lavagem cerebral pra se tornar quem ela se torna ao final do livro foi realmente impressionante. Esther também mostrou um lado que não conhecíamos, e seu amor se revela quase doentio.

Como temos agora narrações de outras personagens, vemos outros lados dessa história, o que torna a narrativa ainda mais peculiar e intrigante.

Alma Vampira foi uma continuação maravilhosa de um livro muito bom. Recomendo muito a leitura para quem se interessa por vampiros, romances Queer, ou quem busca um romance mais sombrio.

site: http://www.corujasdebiblioteca.com.br/2017/02/alma-vampira-ju-lund.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
OBRIGADA




Achados Literários 14/07/2015

Resenha - Alma Vampira - Continuação de Doce Vampira - Ju Lund
SPOILERS DE DOCE VAMPIRA
Editora: Avec
Ano de publicação: 2015
Edição: 1ª
Formato: Ebook

Após ser capturada e solta pelos semeadores, com a mente distorcida, Eduarda volta para casa, com a memória falha ao que aconteceu nos últimos meses. Enganada por sua família, e possivelmente por seu mais novo amigo, Samael, Duda aprende a temer e odiar os vampiros, abominando-os.
Esther descobre sobre a soltura de Duda, procurando-a, e sendo automaticamente repelida e temida. Com raiva e confusa, ela procura entender o motivo pelo qual a garota age dessa maneira, descobrindo, assim, que Duda sofreu lavagem cerebral dos semeadores, perdendo a memória. Impulsionada pelo pânico e depressão, Esther rapta a humana, movida pela paixão a fazer uma coisa que, se for feita, mudará o rumo de suas vidas, e poderá fazer com que Duda volte ao normal, e a ame, ou a odeie, e jamais a perdoe.
Logo de início, percebe-se o tamanho do desespero e depressão de Esther, e a luta pela memória de Duda. Ambas lutam pelos seus objetivos, vivendo aventuras perigosas, e descobrindo quem realmente é amigo nas horas de sofrimento.
A narrativa é alternada, no ponto de vista da Eduarda, da Esther e, no final do livro, da Louise.
O final é um misto de mistério, perigo, descobertas e escolhas, fazendo o leitor vidrar na estória. Ao fim, o mesmo se pergunta se aquele foi realmente o fim do livro, imaginando o que acontecerá com os personagens.

Crítica final: Com mistérios do início ao fim, Alma Vampira é a continuação tão desejada, que superou as expectativas, dos leitores de Doce Vampira. Ju Lund mais uma vez torna sua escrita acolhedora, além de enigmática, respondendo a algumas dúvidas e criando outras, as quais clamam por resposta.

site: www.achadosliterarios.blogspot.com.br/
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Mega OBRIGADA




Keth 30/01/2017

Para quem gosta de vampiros recomendo bastante este romance...
Resenha:

Duda saiu da clínica dos Semeadores e sofreu uma lavagem cerebral. A garota não se lembra que nada que lhe aconteceu.

Samael é um dos enfermeiros da clínica, ele passa um breve tento com Duda por lá que se sente muito segura com o homem.

Ao voltar para sua casa ela é bem recebida mas sente que existe um espaço em branco em sua memória e tenta se lembrar do que ela esta sentindo falta.

Duda encontra uma carta que foi escrita por ela dizendo que um dia amou uma garota chamada Esther. Ela não se lembra de nada e segue os dias tentando se lembrar....




Esther não aguenta mais passar os dia longe de sua Petiti e resolve salva-lá dos semeadores.

A vampira resolve sequestrar sua amada e lhe transforma em uma de sua espécie.




Será que Esther vai conseguir? O que os semeadores vão fazer sabendo disso? Duda vai se lembrar de sua amada vampira? Samael o que ele realmente sente por esta garota que um dia se apaixonou por uma vampira?




P.S.: Muito bom!

O segundo livro é ótimo, a estória continua muito envolvente.

Leitura rápida e fácil.

Para quem gosta de vampiros recomendo bastante este romance...


site: https://parbataibooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-alma-vampira-ju-lund.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
MUITO obrigada




Amanda Molina 26/10/2015

ANSIANDO PELA CONTINUAÇÃO
*Pode conter Spoiler de Doce Vampira

Após o final impactante de Doce Vampira, em Alma Vampira o inicio se dá exatamente onde o anterior termina.

Duda foi capturada pelos semeadores e sua memória distorcida, tudo o que envolvia Esther ou aconteceu nos ultimos meses, ficou em canto escondido em sua mente. Enganada por sua família Duda aprende a temer e odiar os vampiros, abominando-os.
Esther esta impaciente e desesperada por ter que ver sua amada confusa, e repelindo-a, ela se sente no dever de ajuda-la, então Esther toma uma decisão não só por ela mas por Duda também.

Sobre os personagens:
Eu senti que Esther está diferente, talvez porque antes não sabíamos nada sobre sua mente, em Doce Vampira ela narra alguns capítulos, e sabemos assim os seus reais sentimentos.

A escrita da autora continua envolvente, logo a leitura flui rapidamente, e quando chegamos ao final ansiamos por mais, pois mais uma vez a Ju nos parou na melhor parte.

O livro continua tratando sobre a diferença de raças, sobre a distância que existe, e está cada vez maior, entre vampiros e humanos. Mas, o modo como a Ju passa esse racismo pode ser ampliado a qualquer tipo de preconceito.

Enfim, uma continuação muito desejada que deixou mais desejo ainda de uma nova continuação, cheio de mistérios, escolhas e descobertas.
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Super OBRIGADA




Kênia Cândido 29/07/2015

Fui Surpreendida Pela História.
Fui pega de surpresa com a história de Alma Vampira. Realmente não imaginava que o romance fosse conseguir me prender até a última página e que ficaria desejando mais páginas no livro.
No final de Doce Vampira, todas as dúvidas de Duda foram esclarecidas em relação a família de Esther, porém alguns acontecimentos ocorridos, colocou Duda nas mãos dos Semeadores ( uma seita religiosa que luta contra a existência dos vampiros ), que começaram um processo de lavagem cerebral de forma totalmente extrema.
Durante o procedimento do tratamento de choque, Duda se apega nas lembranças com Esther para tentar ser forte, contudo acaba sendo dominada pelo cansaço e os Semeadores conquistam seus objetivos. É dessa maneira que se encontra Duda em Alma Vampira, tentando viver sua nova fase da vida.
Enquanto isso, Esther se encontra infeliz, preocupada com Duda e insatisfeita com o seu relacionamento com Jamine.
Após descobrir que Duda está na casa dos pais, Esther resolve tomar coragem, vai atrás dela e decide sequestrá-la, deixando sua mãe Louise irritada com a sua atitude. Pois Louise sabe que a comunidade vampírica, está alerta com uma guerra que está prestes a explodir e o rapto da Duda pode ser o começo dessa guerra civil.
Fiquei bastante contemplada com a história, não desconfiava que iria encontrar Esther com a personalidade vulnerável e possessiva em relação a Duda, tomando decisões perigosas e impensáveis. Por outro lado, adorei ver Duda não sendo tão inocente na trama e amadurecendo com as decisões que precisava ser tomadas.
A autora Ju Lund focou na história da Duda com Esther, mas eu senti um pouco de curiosidade de saber mais sobre a TEV, ( Tropa do Exercito Vampírico ) como foi com os Semeadores. A personagem Louise conquistou pontos positivos comigo, após ter um capítulo com o seu ponto de vista em relação ao relacionamento de Duda e Esther.
Enfim... O livro finalizou com várias situações inesperadas, deixando dúvidas sobre os fatos que não foram esclarecidos e a sensação que terá muita reviravolta.
Recomendo a leitura a todos, principalmente se já leu Doce Vampira.

site: http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Obrigada mesmo




Stela 05/10/2016

Neste livro “Alma Vampira” acompanhamos a continuação de Doce Vampira (Resenha). No primeiro tivemos o ponto de vista de Duda, narrado em primeira pessoa, por Duda. Este, no entanto, Ju Lund alterna a narrativa entre Duda, Esther e Louise. A ideia foi genial, até porque foi adorável conhecer o ponto de vista estranho de Esther, e os motivos que justificassem seus atos impensados no decorrer da história.

Além disso, não só descobri seus sentimentos mais profundos, bem como o porquê de todas as suas escolhas. Como ocorrido no fim do primeiro livro, Duda foi finalmente sequestrada pelo grupo Semeadores, e sofre uma completa lavagem cerebral, permanecendo sua memória totalmente distorcida de tudo aquilo que é real e que vivenciou.

Só para relembrar, esses Semeadores formavam um grupo religioso que abominavam os vampiros e tinham um incontrolável desejo de exterminá-los do mundo. Dessa forma, faziam suas lavagens cerebrais nos seus fieis fazendo-os acreditar que vampiros eram demônios. Deste mesmo modo, ficavam em busca de pessoas a quem pudessem “curar”.

"Era triste ser amado e não recordar."

Retornando então, ela se opõe e teme severamente a raça vampira mais do que qualquer outra coisa e passa a acreditar fielmente em sua família e no grupo religioso que agora está inserida. Mas é claro que a situação não poderia continuar assim, não é mesmo? Conforme aprendido com Ju Lund, persiste a força do amor que está além de muitas coisas. E é aí que se sobrepõe a vontade da vampirinha Esther.

Ela, cheia de impaciência e repleta de vontade de restaurar Duda, sente que deve ajudá-la e recorre para um ato desesperado a fim de tornar as coisas como eram antes. Porém, movida pela loucura e paixão, até que ponto agiria Esther para conseguir o que quer? E quais os riscos que isso poderia lhe trazer?

Aliás, algumas atitudes poderiam fazer com que Duda a odiasse para sempre, e isso implicaria o fim de um amor que mal se iniciou. Nesse livro a escrita da autora permanece envolvente e curiosa, mas o livro foi mais rápido e fluiu ligeiramente, o que não foi tão favorável pra mim, que aprecio os pequenos detalhes. Mas fora isso, as características são as mesmas: novos mistérios, descobertas e mais desejo pela continuação.

"A guerra era fria e silenciosa."

A autora ainda não nos dá um final, mas sim nos enche de expectativas em relação ao que está na iminência de acontecer. Ou seja, isso significa que é bem provável que chegue o próximo livro! Ou é claro, precisamos de um final. Como parece inerente a Ju Lund, ela sempre para na melhor parte e nos deixa com aquele gostinho de quero-urgentemente-mais.

"Sentia-me perdidamente apaixonada, eu era a noite e ela era o dia."

Assim, loucamente necessitada da continuação deste livro, procurei e descobri que 'Alma Vampira' é o segundo livro de uma trilogia!! ♥ Esperamos ansiosamente o próximo e que a autora nos surpreenda!

Quanto aos pontos técnicos, a diagramação permaneceu com a qualidade da primeira, muito boa, por sinal. As letras são em tamanho bom para a leitura, sem erros de ortografia, o que rendeu mais pontos para a publicação! Assim, recomendo a leitura, garanto que não terão surpresas ruins, pelo contrário, apesar de ser diferente dos clichês, é agradável e envolvente!

site: http://www.leitorasvorazes.com.br/2016/04/resenha-31-alma-vampira.html
Ju Lund 11/02/2017minha estante
Muito OBRIGADA




Delirium Nerd 09/06/2017

Alma Vampira: Saga vampiresca de Ju Lund continua eletrizante!
Depois de toda emoção e angústia do final de Doce Vampira, Alma Vampira começa quieto e vagaroso, exatamente como a personagem Duda em sua recuperação na clínica dos Semeadores. Desde quando ela negou a transformação que tanto agradaria a Esther, os vampiros como que se afastaram, dando a impressão de que era no mundo dos humanos que as coisas se resolveriam. Mas o mundo dos humanos estava às voltas com uma ameaça velada, os Semeadores. E esses, organizados, 28promoveram um afastamento ainda maior do universo dos vampiros. Mas é um engano pensar que Esther esqueceria seu amor assim tão facilmente. Ainda que a contragosto de sua criadora, ela não entende e não admite que Duda tenha se afastado e se esquecido dela.

Em Alma Vampira, os capítulos continuam se dividindo por personagens, ou seja, é como se cada um deles tivesse a sua vez de contar o que lhe acontece, o que torna esse recurso ainda mais interessante. A cada capítulo e, portanto, a cada personagem, temos a versão da história por parte de cada personagem. Duda continua em sua saga de crescimento e autonomia, infelizmente, tendo que enfrentar muitas e angustiantes barreiras. A escolha que um dia foi proposta a ela vai voltar à baila e, dessa vez, os acontecimentos estão ainda mais impiedosos.

O subtexto do despertar sexual se encontra ativo. Porém, pende para uma outra questão, que é o amadurecimento que já começa a pesar para essa jovem que está prestes a adentrar nos vinte anos. Isso é notado mais fortemente nos momentos em que Duda é obrigada a vagar sozinha em busca da sua sobrevivência. Claro que é uma condição coerente com a natureza de sua circunstância, mas pode ser também uma metáfora de como é solitário – por vezes frio e desolador – o caminho que se abre quando somos intitulados como “adultos” pela sociedade. Praticamente impossível não se lembrar de quando éramos adolescentes ou muito jovens. Porque é um momento em que as pessoas ainda tomam muitas decisões por nós, ao mesmo tempo em que nos pedem urgência para que nós tomemos as rédeas de nossas vidas. A identificação fica ainda mais forte e nosso sentimento mais pungente, pois Duda vive esse desamparo em todas as searas, ela que está sem amigos, sem escola, sem família, sem amor.

Nesse segundo volume da série de Ju Lund, arriscamos dizer que mais do que uma história sobre vampiros e humanos, está sendo construída uma história sobre a emancipação de uma garota, suas descobertas e sua luta pela sua autonomia e pelo seu lugar no mundo.

Podemos declarar tranquilamente: fomos mordidas e já estamos à espera para devorar o próximo volume!


site: http://deliriumnerd.com/2017/03/28/livros-alma-vampira/
comentários(0)comente



Portal JuLund 15/07/2015

Alma Vampira, @AVEC_EDITORA
Alma Vampira é o segundo volume de Doce Vampira, da nossa amiga linda Ju Lund, que foi lançado há pouco pela Editora parceira Avec, você pode conferir algumas resenhas dos primeiro livro AQUI .

Para você que irá ler esta resenha tenho que avisar, darei vários spoilers de Doce Vampira, e talvez só alguns de Alma Vampira…

Depois de ter sido levada pelos semeadores, ao final de Doce Vampira, Duda, volta para casa, feliz, até certo ponto, sua família aliviada, e ela com novos planos. Depois de seu “surto”, do qual ela não lembra, ela quer estudar, tem um novo envolvimento amoroso, uma família calma e feliz. E tudo está muito bem até que começa a ter vagas lembranças e um sentimento sempre presente; saudade.

Leia a resenha completa em nosso portal!

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/alma-vampira-avec_editora
Portal JuLund 06/08/2015minha estante
Alma Vampira está um livro excelente! A história de mortal Eduarda (Duda) com a Vampira Esther que se iniciou em Doce Vampira é continuada neste segundo livro da série. Separadas pelos Semeadores, uma seita anti-vampiros, ambas então em situações nada agradáveis? Duda é internada em uma clínica de reabilitação e passa por uma alteração de suas memórias, onde esquece absolutamente tudo que viveu no último ano, inclusive sua história com a vampira Esther. Esta por sua vez, está com os nervos à flor da pele preocupada com sua amada e tensa com a guerra iminente entre vampiros e Semeadores.
http://portal.julund.com.br/resenhas/alma-vampira-resenha-iii-avec_editora


Portal JuLund 06/08/2015minha estante
Sim, eu sou amiga de Ju Lund. Tenho muito orgulho de dizer que há dois anos eu a conheci e minha vida mudou. Mas, não é por isso que vou fazer uma resenha de mentira, só para puxar o saco da querida autora. Amigos de verdade são sinceros e é isso o que vou fazer abaixo. Leia e confira minha opinião sobre a continuação de Doce Vampira.

Falando no primeiro livro, eu fiquei bastante ansiosa quando terminei sua leitura. O tempo passou, outros romances e histórias vieram, enfim, esqueci da ansiedade que senti ao terminar o volume I. Ao começar a leitura de Alma Vampira, ela voltou redobrada.

Tudo começa com muito sofrimento. Duda está para receber alta da clínica dos semeadores e aparentemente não se lembra de Esther nem de seus últimos meses, ela sofreu uma lavagem cerebral e é uma nova garota. Esther é uma vampira triste e solitária. Apesar de ter ao seu redor a sua criadora e alguns amigos, não possui aquilo que mais deseja: sua amada de volta.

http://portal.julund.com.br/resenhas/alma-vampira-resenha-ii-avec_editora


Portal JuLund 18/09/2015minha estante
A ansiedade que estava sentindo para saber o que havia acontecido com Duda no final de Doce Vampira, me consumia e tenho certeza que quem leu o primeiro, também aguardou muito por a continuação dessa incrível trama e finalmente chegou e é com muita alegria que venho trazer minha visão do livro Alma Vampira!

Não sei vocês, mas minha maior curiosidade em relação a esse segundo livro era saber o que aconteceria com o amor tão grande e lindo que Eduarda (ou Duda a humana) e Esther (a belíssima vampira) sentiam uma pela outra; sabendo que os Semeadores uma seita humana que despreza os vampiros e que lutam para extermina-los, estão com Duda e a fazem passar por tratamentos que eles denominam de purificação, mas na realidade se trata de uma tortura, onde utilizam lavagem cerebral e fazem-na esquecer do amor que um dia sentiu por sua amada Vampira.
http://portal.julund.com.br/resenhas/alma-vampira-resenha-iv-avec_editora


Ju Lund 11/02/2017minha estante
Amor amor, obrigada




12 encontrados | exibindo 1 a 12