O Princípio 80/20

O Princípio 80/20 Richard Koch




Resenhas - O Princípio 80/20


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Ana 25/03/2020

Princípio 80/20
Baseado no princípio de Pareto, o consultor de Gestão e Investidor de capital de risco Richard Koch faz uma boa abordagem sobre o princípio 80/20: existe um desequilíbrio inerente entre causas e resultados onde grande maioria tem baixo impacto é pequena minoria tem alto impacto.

??????????????????
??????????????????
80% dos resultados são derivados de 20% das causas.

??????????????????
??????????????????
A partir desse pressuposto, Koch traz diversos exemplos de aplicação desse princípio em diferença áreas da vida, como trabalho e vida pessoal.

??????????????????
??????????????????
A ideia defendida aqui é que você terá uma vida muito mais eficiente, produtiva e satisfatória ao se concentrar nas 20% atividades que trazem lucro, prazer e justificam seu trabalho. E tentar de todas as formas afastar-se de 80% do trabalho que não traz benefícios ou os resultados desejados.

??????????????????
??????????????????
Para isso, é importante ter uma constante análise sobre quais são os 20% realmente relevantes, tanto para seu trabalho quanto na sua vida pessoal e a partir dessa análise dar o enfoque necessário.

??????????????????
??????????????????
É isso serve também para maximizar sua felicidade: multiplicando os momentos que te deixam mais feliz e minimizando os momentos que te deixam triste.

??????????????????
??????????????????
É uma abordagem interessante mas um pouco simplista no meu ponto de vista. O autor praticamente desconsidera fatores que são alheios à nossa vontade mas que nos obrigam a empregar nosso tempo fora das 20% de atividades mais importantes. Dentro da cultura brasileira de trabalho, acho bem difícil essa aplicação, uma vez que a maior parte dos brasileiros não possuem muita autonomia para realizar seu trabalho de forma a obedecer essa regra.

??????????????????
??????????????????
Pontos importantes:

1. O desperdício se desenvolve na complexidade.A maior parte das atividades será inútil.
2. A maior parte do nosso fracasso ocorre em corridas que os outros nos inscrevem.
3. Temperamento não é destino.

??????????????????
??????????????????
Vale a leitura, mas sem levar tudo a ferro e fogo. É importante saber que a cultura organizacional no Brasil é totalmente diferente e nossos valores também. Daí aproveitar a parte onde realmente podemos aplicar.



??????????????????
??????????????
comentários(0)comente



Doug 08/11/2019

Apare as ervas daninhas
É uma análise bem interessante de como pequenos fatores podem culminar em grandes resultados. Sabe quando você sente que há coisas desnecessárias em sua rotina diária, mas você nem percebe a ineficiência delas? O livro te propõe a cultivar o foco e a eficiência para aparar as ervas daninhas no mundo dos negócios, na vida pessoal e profissional.
comentários(0)comente



Leilane 15/11/2018

Abandonei...
Li cerca de 30% do livro, depois pulei para os capítulos específicos, mas ainda assim não conseguir finalizar a leitura. Parece um compilado de informações que querem dizer sempre a mesma coisa. Eu normalmente gosto muito de livros mais densos, mas este não deu pra mim. Não vi muitas aplicações práticas. Passa a maior parte do tempo dizendo porque aplicar o princípio 80/20, mas não é objetivo no "como aplicar". Aliás, creio que metade do livro seja só repetição da informação "20% do que você faz é responsável por 80% dos resultados" - coisa que eu já havia entendido no primeiro parágrafo.
Nathalia MN 17/12/2018minha estante
Ufa... Pensei q fui a única a pensar assim, mas vc descreveu exatamente oq senti. Não gostei, uma leitura cansativa e desprazerosa


bibliostella 27/03/2019minha estante
Eu podia ter escrito isso. Intragável.




Mario 25/10/2018

Não curti
Não gostei da leitura. Achei os casos muito óbvios.
Achei muito prolixo nesse lance de 80/20...cansou!
comentários(0)comente



cleudson 15/02/2018

Leitura não instigante
Abandonei a leitura deste livro por achar o livro um compilado de palavras e jargoes que se encontram por aí para persuadir pessoas, sem ir a fundo. Dados são inseridos durante a leitura com pouco propósito.
comentários(0)comente



Mr. Jonas 24/11/2017

80/20
Há muito lá fora para se lidar. Emails precisam ser respondidos, a meta da semana precisa ser alcançada, aquela viagem precisa ser programada, aquelas aulas precisam ser assistidas, a academia precisa ser mantida, a família e os amigos precisam de atenção... E em meio a tudo, palavras como produtividade e estresse podem estar sondando sua mente.
Como ter mais liberdade? Mais tempo livre? Você quer se manter produzindo, não? Há quem diga que é tudo uma questão de se organizar. Bem, a organização sem dúvida cumpre um papel importante e uma ou outra técnica de produtividade pode vir bem a calhar. Mas tudo isso trata de eficiência, de rapidez. Se você fazer as coisas mais rápido, será que não irá acrescentar outras à lista? Como proteger o tempo?
Apenas eficiência não basta. De que adianta acelerar os motores e chegar rápido a lugar nenhum? Ou pior, chegar em um lugar que você não quer e ficar atolado por lá? É preciso aliar eficácia à eficiência. Coordenar seus esforços e concentrá-los naquilo que traz resultado. A maioria das coisas que fazemos possuem uma falsa importância. Há pouco que seja realmente relevante; para ser mais preciso, algo em torno de 20%. Vinte por cento responsável por 80% de tudo o que você gostaria de ter...
comentários(0)comente



Mr. Jonas 24/11/2017

80/20
Há muito lá fora para se lidar. Emails precisam ser respondidos, a meta da semana precisa ser alcançada, aquela viagem precisa ser programada, aquelas aulas precisam ser assistidas, a academia precisa ser mantida, a família e os amigos precisam de atenção... E em meio a tudo, palavras como produtividade e estresse podem estar sondando sua mente.
Como ter mais liberdade? Mais tempo livre? Você quer se manter produzindo, não? Há quem diga que é tudo uma questão de se organizar. Bem, a organização sem dúvida cumpre um papel importante e uma ou outra técnica de produtividade pode vir bem a calhar. Mas tudo isso trata de eficiência, de rapidez. Se você fazer as coisas mais rápido, será que não irá acrescentar outras à lista? Como proteger o tempo?
Apenas eficiência não basta. De que adianta acelerar os motores e chegar rápido a lugar nenhum? Ou pior, chegar em um lugar que você não quer e ficar atolado por lá? É preciso aliar eficácia à eficiência. Coordenar seus esforços e concentrá-los naquilo que traz resultado. A maioria das coisas que fazemos possuem uma falsa importância. Há pouco que seja realmente relevante; para ser mais preciso, algo em torno de 20%. Vinte por cento responsável por 80% de tudo o que você gostaria de ter...
comentários(0)comente



Leila 07/10/2015

Aplicando o Princípio 80/20 nos negócios e na vida
O Princípio 80/20, também conhecido como Princípio de Pareto, é muito utilizado no mundo dos negócios. Se você pesquisar na Internet vai encontrar vários artigos sobre ele. O livro nos ensina como pensar 80/20 e como colocar em prática.

Após a introdução, a primeira parte do livro aborda o sucesso profissional e empresarial. Os ensinamentos se aplicam tanto para grandes empresas como para pequenos negócios. O autor também dá dicas de sucesso para as pessoas que querem continuar sendo empregados. Você não precisa ser dono do seu próprio negócio para ter sucesso profissional e financeiro, você pode ser um excelente funcionário.

O que concluí com a leitura dessa parte é que devemos descobrir quais os produtos ou atividades que geram a maior parte dos lucros e focar nelas, reduzindo ou eliminando aquelas que geram pouco lucro. Também devemos nos dedicar mais àquilo que fazemos bem e deixar o que não fazemos tão bem para os outros. Não entendo quase nada de negócios, mas, a impressão que tive é que a maioria das empresas está fazendo isso errado.

A segunda parte do livro, destina-se a aplicar o Princípio 80/20 no nosso dia a dia para melhorar a nossa vida. Essa parte é bem mais fácil de compreender, então, se você preferir, pode pular direto para a leitura destes capítulos.

Os capítulos seguintes falam muito sobre a busca da felicidade. Nem sempre ganhar mais dinheiro é sinônimo de ser mais feliz. Devemos tomar cuidado para não transformar o dinheiro em uma fonte de infelicidade. O livro nos ajuda a ser pessoas mais felizes. Por incrível que pareça, a principal mudança deve acontecer em nosso interior, na forma de pensar e agir.

No final do livro o autor dedica um capítulo para expor algumas das críticas que recebeu de leitores sobre a aplicação do princípio 80/20 nos negócios e na vida, e responde cada uma delas.

Indico a leitura para todos que buscam aumentar seu sucesso profissional, financeiro e melhorar sua vida pessoal. Anotei várias coisas interessantes para começar a pensar e mudar na minha vida. Mesmo que você não coloque em prática tudo o que o autor sugere, certamente, você vai encontrar alguns conselhos bem úteis!

Resenha publicada no blog Meus Livros e Sonhos

site: www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8