Diário de um Zumbi do Minecraft

Diário de um Zumbi do Minecraft Herobrine Books




Resenhas - Diário de um zumbi do Minecraft: um desafio assustador


18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


C. Aguiar @coelhoobrancoo 11/10/2015

Nossa história começa ao ler as páginas de um pequeno diário de um zumbi de doze anos. Ele conta seus dias em casa, na escola monstro e um pouco sobre seus amigos. Apesar de gostar de ser um zumbi e ter uma família tradicional de zumbis, ele tem um pouco de inveja da vida humana, as vezes até quer ser um humano e tem um amigo humano, porém essa situação não é bem vista na sociedade em que vive, por isso a amizade deles é secreta!

O autor é muito criativo e conseguiu mostrar diversos elementos do jogo de um jeito engraçado através do dia a dia de um zumbi.
Vemos diversas histórias e situações que nos fazem pensar; uma delas é o bullying e como o pequeno zumbi lida com isso.

Nesse livro encontramos uma grande surpresa, pois nos mostra quem nem todas as pessoas são o que parecem, melhor dizendo: nem todo zumbi é o que parece! Para os jogadores de minecraft com certeza essa vai ser uma leitura excelente, pois o livro está cheio de referências e piadas sobre o jogo, mas para aqueles que não conhecem nada com certeza vão ficar perdidos durante a leitura.

O livro possuí uma ótima diagramação e por existir poucas palavras em cada página a leitura pode ser feita em meia hora ou menos. Temos um exemplar de capa dura, o que eu admiro muito em um livro e não me recordo de achar qualquer erro no decorrer da leitura.
Foi uma leitura despretensiosa que me divertiu muito, eu recomendo para as pessoas que querem passar o tempo com algo bem leve.

site: http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/
comentários(0)comente



MiCandeloro 20/08/2015

Muito divertido e cheio de piadas internas sobre o jogo!
Quem aqui é fã de Minecraft? E quem aqui tem pavor daqueles Mobs odiosos que só fazem nos atazanar e não medem esforços para acabar com as nossas vidas?

Já cansei de ser explodida por creepers silenciosos, atacada por zumbis em pleno dia, que se escondiam embaixo das árvores, envenenada por aranhas da caverna, roubada por endermens e alvejada até a morte por esqueletos nem um pouco misericordiosos.

Mas e se os Mobs do Minecraft não fossem realmente assim tão abomináveis? E se nós descobríssemos que eles são mais parecidos conosco do que imaginamos? O que vocês fariam?

Pois bem, nesse Diário, narrado em primeira pessoa, conhecemos o dia a dia de um jovem zumbi que não vê sentido em assustar os aldeões das vilas próximas. Por mais que ele tenha crescido numa família tradicional e tenha aprendido desde cedo todos os macetes para ser aterrorizante, zumbi tem inveja da vida que os humanos levam, e tudo o que ele mais queria era poder sair de casa de dia, brincar livremente, ser amigo dos aldeões e conquistar Sally Cadáver, sua colega de aula por quem nutre um sentimento secreto.

Mas a vida de um monstro não é fácil como muitos pensam, e zumbi terá que vencer diversos obstáculos para conquistar seus objetivos. A confusão maior começa quando ele decide enfrentar um golem de ferro para competir com o valentão Jeff pela atenção de Sally. O problema é que nunca, nenhum zumbi que já tenha visto um golem de ferro ficou vivo para contar história. Como será que o garoto morto-vivo irá se safar dessa?

Querem saber o que vai acontecer? Então leiam!

***

Assim que soube deste lançamento, trazido pela Editora Sextante, tratei de solicitá-lo. Vocês já sabem que sou fã de Minecraft e que tenho um canal de gameplay com o meu marido, em que gravamos diversas séries divertidas do jogo, então fiquei muito curiosa para, pela primeira vez, enxergar a história pela ótica dos monstros.

Adorei a forma com a qual a trama foi desenvolvida. O autor é muito criativo e conseguiu, de maneira original, inserir todos os elementos e funcionamentos do Minecraft em um enredo que me fez dar boas risadas.

Zumbi me conquistou. Ele é um jovem doce e ingênuo que, assim como a maioria de nós, não entende os pais e tem problemas na escola, e parece um pouco alheio à realidade "Minecraftiana" que o cerca. Fica fácil, deste modo, de vários jovens se identificarem com seus dramas e perceberem que não importa como somos fisicamente, podemos ter as nossas diferenças culturais e de criação, mas no fundo, somos todos iguais.

Nesse sentido, foi muito interessante o modo como o Herobrine Books abordou não só as diferenças sociais, como também o bullying, mas em um universo familiar às crianças, convidando-as a refletir sobre as nossas atitudes.

Por não ter um preâmbulo explicando o que é o Minecraft e o seu modo de jogo, muitos leitores que nunca tiveram contato com o game podem se sentir perdidos e não compreender todas as piadinhas internas contidas no texto.

Além disso, esta é uma história que talvez não chame a atenção dos mais velhos, já que o livro é escrito de maneira muito simplista e possui capítulos curtos e acaba de maneira meio abrupta, bem no clímax da trama, nos deixando completamente curiosos para descobrir o que irá acontecer em seguida com zumbi e seus amigos.

A Editora Sextante arrasou na publicação. A capa do exemplar é dura e muito mais bonita que a original. As letras internas são grandes, assim como o espaçamento, o que facilita a leitura por parte dos pequenos, e muitas imagens do Minecraft foram inseridas entre as páginas, ilustrando momentos da narrativa e nos ambientando no jogo.

Diário de um zumbi do Minecraft é apenas o primeiro livro de uma série que já conta com 6 volumes lançados lá fora, e não vejo a hora de ler os próximos. O autor continua sendo uma incógnita para mim, já que não encontrei nenhuma referência sobre ele na internet.

Perfeito para os fãs de Minecraft e para aqueles que estão iniciando no mundo da leitura e que adoram monstros, esta é uma boa pedida para se divertirem e se aventurarem com as confusões vividas por zumbi.

site: http://www.recantodami.com/
comentários(0)comente



Fran Ferreira 21/03/2016

Eu nunca vi nada a respeito de Minecraft ate o meio do ano passado (2015), mas somente o nome. Ganhei este livro e confesso achar que não gostaria, pelo contrario, fiquei até curiosa em conhecer o jogo, só não acredito que será um dos meus preferidos.
Voltando ao livro, até então não passava em minha mente um livro de zumbis em forma de diário, e sinceramente, gostei, não fiz muitas marcações mas o suficiente para a sua nota. Gostei e quero todos os outros.
comentários(0)comente



Isadora 05/06/2018

Gosto de zumbis. Gosto de Minecraft. E um livro que fala da vida de um zumbi no Minecraft?! Perfeito! Me diverti muito com ele, amei! Acredite se quiser... Se uma pessoa me pedisse um conselho de livros, pode apostar que eu diria esse! ;) Zac Zumbi é uma pessoa, ou... um zumbi de 12 anos que estuda na escola Monstro e tem uma vida dura como adolescente: Acordar toda noite, assustar aldeões, uma escola difícil... Um livro muito bom, me diverti muito com ele... Leia, sei que vc vai gostar! ;D Boa leitura!
Gláucia 05/06/2018minha estante
E pra quem não entende nada de Minecraft? Vai conseguir entender e se divertir também?




spoiler visualizar
comentários(0)comente



KRH 13/10/2019

Uma obra de arte!
Quando olhamos a capa e o título do livro, não esperamos muita coisa, mas "é lendo que se aprende".

Ao decorrer da obra, vemos o protagonista crescer como zumbi, todos os seus atos estão diretamente relacionados ao seu desenvolvimento; sua interação com os outros personagens também é algo de se admirar.

O livro também nos dá uma lição de vida, nos ensina a aproveitar a vida da melhor maneira possível.

O livro é subestimado, as pessoas não entendem seu real propósito, porém há pessoas como eu, que consomem a obra e ficam com um gosto de "quero mais".

Leia, apenas leia.
comentários(0)comente



Unicórnio 29/10/2018

Bostenha
Eun achu esse livro muito chato,prefiro Peppa pig véi #Decepicão
comentários(0)comente



Christopher.Andrade 31/10/2015

nosa
como que ler
Allan.Victor 18/12/2015minha estante
como q lê


Silva 26/12/2016minha estante
Como??




Silva 26/12/2016

Diario de um zumbi minecraft
Adorei este livro
comentários(0)comente



Christian, O Leitor 30/03/2017

Um livro infantil
Este livro é bom para os jogadores que querem saber algumas coisinhas sobre o jogo, mas ele poderia ser classificado como um bom livro para ler a uma criança de quatro ou seis anos de idade.
comentários(0)comente



Danilo.Estrela 21/01/2017

Melhor Livro
O livro envolve histórias de um adolescente mas com uma pegada de Minecraft. Além de ter histórias curtas e um tanto hilarias.
comentários(0)comente



Isabela 04/03/2017

Diário de um zumbi do Minecraft
Esse livro fala de um zumbi que tem 12 anos. Nessa história, o zumbi acorda todos os dias para ir à escola monstro, seus melhores amigos são Creepy, Slimey, Esquely e Steve. O Steve é um humano, eles têm muita coisa em comum. O zumbi tenta conquistar Sally Cadáver e derrotar seu rival Jeff, o maior idiota da escola.
O irmão adora irritá-lo, e ele também tem um primo que se chama Piggy, ele é um porco-zumbi. O Piggy tem um melhor amigo que é Blaze, eles moram no Nether.
Perto de sua casa, mora uma bruxa, ela é muito chata e tem um nariz grande com uma verruga.
Seu tio é um Whiter, ele faz muita bagunça, ele contou que já participou de uma banda, mas era uma banda marcial.
Depois da aula, Jeff dasafia o zumbi a colocar a mão em um golem de ferro que protege as vilas. No dia seguinte, ele vai enfrentar o golem , o zumbi vai à vila e o encontra. No final, Steve salva o zumbi.
Gostei muito do livro porque gosto do jogo Minecraft, só que no jogo os zumbis e os monstros são maus e no livro, todos são bons.

Profª Sandra 04/03/2017minha estante
Adorei sua resenha, continue lendo bastante. A leitura é algo que fazemos a vida toda.




Gi 25/02/2016

Diário de um Zumbi do Minecraft: Um desafio assustador - Herobrine Books
*Leia no bloguito para ver imagens do livro*

Neste livrinho fófis eu conheci um adolescente morto e sem nome, que por acaso é um personagem do nosso velho e querido jogo MINECRAFT.

Nessas páginas ele nos conta em capítulos bem curtinhos, coisas sobre seus dias, tais como: escola, namoro, família, amigos e inimigos.

Foi divertido imaginar que após eu desligar o jogo, os personagens vão cada um pra sua casinha fazer suas tarefas! kkkk
Essa série daria um ótimo desenho para TV! Adoraria assistir as aventuras desse pessoal! ^_^

O autor conseguiu ser um zumbi adolescente! Cheio de duvidas, paixonites e preguicites. Um perfeito garoto de 12 anos, só que morto! kkkkk

A diagramação ficou bem legal. Letras grandes em papel amarelo e com algumas imagens do jogo para os pimpolhos que não conhecem entenderem do que se trata. A capa dura deu um toque a mais de beleza a série. Vou querer todos para ler pro Kevin quando ele nascer! \o/

Recomendo para os fãs das aventuras do Nate!

site: http://aestranhaestantedagi.blogspot.com.br/2015/10/diario-de-um-zumbi-do-minecraft-um.html
comentários(0)comente



Thaisa 31/08/2015

Uma aventura pra lá de divertida!
Tá, esse é um livro infantil? Sim… Mas quem se importa quando ele é divertido e fala sobre Minecraft?! Tudo bem que não sou uma jogadora assídua de Minecraft, mas sou apaixonada por jogos e quando vi esse lançamento da editora Sextante corri para implorar solicitar um exemplar.
Se você é um jogador e fã do game, vai se deliciar com esse diário de um zumbi com apenas 12 anos. Estamos bem acostumados a ver as coisas do lado dos humanos (ou dos bonzinhos), mas já pensou em ver a coisa da ótima dos monstros? Será que somos tão diferentes assim?
O autor , através de uma narrativa bem humorada nos apresenta o mundo do Minecraft na visão dos monstros, especificamente pela ótica dos zumbis, já que o livro é narrado por Zumbi, um morto-vivo de 12 anos que enfrenta todos os dilemas da pré-adolescência. Entre aprender a ser bom em assustar humanos, conquistar a primeira namorada e se livrar do valentão da escola, acompanhamos o dia-a-dia de diversos personagens desse universo e a busca por respostas. Tá pensando que é fácil ser um zumbi?
Herobrine conseguiu desenvolver um enredo que me arrancou ótimas risadas e explorou bastante todos os elementos encontrados em Minecraft. Apesar de não ter uma “introdução” à esse universo, mesmo os leitores que sejam leigos no assunto conseguirão se divertir com a história. Em cada capítulo tem imagens do game e isso ajuda muito no entendimento desses elementos que são citados.
A diagramação está muito bem feita. O livro é de capa dura com letras grandes, facilitando assim a leitura para os pequenos. Além das figuras inseridas entre os textos, os capítulos são curtinhos e tenho certeza que as crianças irão adorar! Bem, não só as crianças… 😀
Esse é o primeiro livro de uma série. Não espere nada muito profundo em termos de “lore” do jogo (se é que isso existe em Minecraft), mas te garanto que quem fã do game vai adorar ter/ler esse livro. Vale muito a pena e está mais do que recomendado! Estou louca para a editora lançar os outros livros da série, afinal, o primeiro diário de Zumbi termina no clímax da história e quero a continuação!
E para a alegria dos fãs, a editora criou um game GRATUITO de Zumbi. Se você quiser dar uma conferida e se viciar loucamente basta clicar AQUI.

Resenha publicada no blog Minha Contracapa:

site: http://minhacontracapa.com.br/2015/08/resenha-diario-de-um-zumbi-do-minecraft-um-desafio-assustador-de-herobrine-books/
comentários(0)comente



Arca Literária 24/04/2017

resenha disponivel no link a partir do dia 01/05/17
http://www.arcaliteraria.com.br/diario-de-um-zumbi-do-minecraft-123-herobrine-books/

site: http://www.arcaliteraria.com.br/diario-de-um-zumbi-do-minecraft-123-herobrine-books/
comentários(0)comente



18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2