Surpreendente!

Surpreendente! Maurício Gomyde




Resenhas - Surpreendente


239 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


L&S 01/07/2018

Cinco reais. Eu entrei na livraria algumas semanas atrás e deparei - me com esse exemplar a apenas cinco reais. Para falar a verdade, eu nem me preocupei em ler a sinopse e quem escreveu, eu apenas vi uma oportunidade e comprei, mas sinceramente, nunca iria pensar que Surpreendente! se tornaria o melhor nacional que eu li nos últimos 2 anos.



Surpreendente! conta a história de Pedro, um garoto que tem o sonho de se tornar cineastra e tentar, de alguma maneira, mudar a vida e a perspectiva das pessoas com a arte. Desde novo, descobriu que logo ficaria cego, e isso foi mais uma de suas motivações para continuar e não desistir desse sonho. No tempo que passa a trama, aos 25 anos Pedro trabalha para uma videolocadora e também em um cineclube simples. Toda semana, apesar de não atrair muitas pessoas, Pedro escolhe um filme com uma mensagem importante para demonstrar aos seus 4 telespectadores semanais e algo muda quando ele percebe uma nova figura feminina na sala, uma mulher misteriosa que sai e retorna algumas vezes durante o filme. Cristal, a menina misteriosa de cabelos de fogo seria aquela que reacenderia a chama em seu coração?



Com uma escrita rápida, envolvente e com vários ensinamentos, Surpreendente! é aquele tipo de livro que te prende com os curtos capítulos e personagens apaixonantes. Não tem como não se apaixonar com a fofura de Mayla, a lealdade de Fit e a felicidade de Cristal, além desses diálogos divertidos e carismáticos.



"Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível?"

- Página 49


Além de uma capa linda e intrigante, ao longo do livro somos postos à reflexão e músicas para acompanhar tudinho, então prepara - se para marcar e ouvir as músicas citadas, pois é um livro 100% envolvente.




Surpreendente! é com toda a certeza um livro completo sobre a importância da amizade, fé e tolerância. Além disso, o final é realmente (preparem - se) surpreendente! A capacidade do autor de juntar tudo de uma forma explicativa e bela, sem deixar nenhuma ponta solta me deixou sem reação!



Hoje eu posso dizer que o exemplar de Mauricio Gomyde é um dos melhores livros da literatura nacional que foram lançados no último ano e estou ansiosa para ler outras obras.


site: livroseriados.com.br
comentários(0)comente



Cláudia - @diariodeduasleitoras 14/06/2018

Surpreendente
"Acho que todo mundo na vida deve ter uma segunda chance. De amar, de perdoar, de crescer, de aprender. Sei lá. Preciso preciso refletir com mais calma sobre isso."

Sabe aquele livro que nos deixa sem palavras, que nos faz repensar diversos pontos da vida e nos envolve num turbilhão de sentimentos, aquele livro que nos surpreende? Pois é. @mauriciogoy não poderia ter escolhido título melhor para essa obra, que, de fato é Surpreendente! Ah, se vc for do tipo de leitor que gosta de destacar frases favorita do livro pode preparar os post-it, e se for dos que gostam de conhecer as músicas citadas nas obras, pode preparar o Spotify, pois indicação não falta.

Nosso protagonista da vez é Pedro Diniz, um jovem paulistano cineasta que almeja ganhar o mais importante prêmio de cinema do país. Quando mais novo, foi diagnosticado com uma doença degenerativa que o deixaria cego, mas contrariando a medicina, a perda gradativa de sua visão é interrompida. Desde então, ele dedica-se a tentar melhorar o mundo com o que chama de Cinema Felicidade, organizando um cineclube e trabalhando na locadora de uma periferia. Pedro é um jovem apaixonado pela arte do cinema, para ele o cinema, a música e a literatura fazem parte da Santíssima Trindade que irá salvar o ser humano. O que ele não sabia, era que a vida tinha muita coisa preparada para o surpreender. Em uma viagem inesquecível, com um carro (Opala) envenenado e apelidado de Diabo Loiro, juntamente de seus amigos Fit, Mayla e uma linda ruiva chamada Cristal, é que ele terá a maior de suas surpresas. A ideia do protagonista de fazer um filme ao longo da viagem, baseado na palavra chance e seus significados é o grande diferencial da obra Utilizando-se de paisagens brasileiras, o autor trata de situações de miséria, exploração e abuso para o filme do personagem. Somado a isso, inúmeras referências musicais e cinematográficas, de filmes a atores. É incrível a identificação que há entre a história e a realidade brasileira. Surpreendente é uma história que mostra o lado bom das coisas, acrescido de aventura, romance e um milhão de filmes.
comentários(0)comente



Blog Stalker Literária 08/06/2018

Não deu
Surpreendente! é um livro que sempre me chamou atenção, eu amo capas em tons azuis e já havia lido outro livro do autor e gostado bastante, então quando surgiu a oportunidade de parceria com o Maurício para ler Surpreendente! eu não pensei duas vezes. Porém, não foi uma leitura tão proveitosa pra mim, o que me deixou bem triste porque eu realmente queria gostar do livro, mas antes vamos conhecer um pouquinho da história.

Sabe aqueles filmes de sessão da tarde de viagens onde um grupo de amigos parte rumo ao desconhecido e acaba se descobrindo no caminho? Pois é, Surpreendente! é assim. Incluindo todas as situações inusitadas e meio 'forçadas' para passar uma mensagem bonita sobre o poder da amizade.

Eu tive vários problemas com essa leitura, começando pelo início do livro: Pedro com seus ideias de mudar o mundo através do cinema começa a irritar em um certo ponto, porque são ideias meio pretensiosos demais, incluindo o fato de onde é o trabalho dele, como se as pessoas que moram na periferia não fossem 'cultas' o suficiente e ele precisasse salvar elas indicando clássicos pomposos cheio de cultura. Além de que ele é bem egoísta durante a história, não consegui simpatizar com ele nem em seus momentos de luta, nem nos de glória.

Quando a segunda parte do livro começa eu achei que tudo ia melhorar (apesar de não ter gostado de que a tal cena aconteceu na periferia, reforçando o esteriótipo de pobre criminoso e sem jeito) mas a viagem se perdeu nas cenas 'impossíveis', como o fato de jogar um carro do penhasco por um simples problema que poderia ser resolvido no mecânico mais próximo ou então a briga de Pedro com o pai de uma criança que estava vendendo mexericas na estrada, o fato dele aprender a dirigir tão rápido...

A revelação da avó, o confronto na volta da viagem... tudo pra mim não ficou natural, porém eu imagino que seja essa a ideia do livro, parecer com um filme de viagem onde coisas inusitadas acontecem para culminar em um final épico e cheio de mensagens de superação.

Mas apesar de eu ter encontrado várias coisas que me incomodaram na leitura não posso negar que ela é uma leitura rápida, bem fluida e quando você vê já está terminando o livro. Este também possui uma mensagem incrível sobre a força da amizade, de longe isso foi o que mais gostei em toda a trama, em como Fit, Maya e Cristal estavam dispostos a ajudar Pedro cegamente mesmo sem saber do que motivou ela a isto.
Então é isso, mesmo não sendo um livro que me agradou 100% eu ainda recomendo, pois as mensagens que ele trás sobre segundas chances, amizades e felicidade no final compensam a leitura. É um livro leve e de escrita fluida, e que está sempre em promoção por aí, por isso vale a pena vocês dedicarem um tempinho a essa leitura e tirarem suas próprias conclusões.

site: http://www.stalker-literaria.com/2018/05/resenha-surpreendente-mauricio-gomyde.html
comentários(0)comente



Adriana Tavares 06/06/2018

Surpreendente mesmo!
Que surpresa boa! É uma história encantadora! Amei!!!
comentários(0)comente



Gy de Paula 28/05/2018

Uma história de superação
Pedro é um jovem de 25 anos, recém formado, ama cinema e a história começa justamente com a definição de um roteiro para que ele participe de um festival de cinema.
Depois de jogar seu roteiro no lixo, munido de um doloroso segredo, de câmeras e do desejo de produzir um filme, Pedro, juntamente com seus amigos Fit, Cristal e Mayla, pega a estrada saindo de São Paulo indo em direção à linda Pirenópolis, cidade histórica localizada em Goiás, reconhecida por suas belezas naturais e culinária deliciosa.
A viagem do grupo é algo que ainda tenho como meta: pegar a estrada com a galera sem horário definido, vivendo ao máximo cada momento. É inspirador!!!
No geral, o livro parece ser bem adolescente. É uma leitura muito fácil, flui tranquilamente, mas o final... Ahhhhhhhh o final é arrebatador.
Em algumas partes senti minhas emoções à flor da pele.
Esse sick-lit nos faz refletir sobre o amor, a amizade, a família... Sobre a nossa própria existência.
Pedro, apesar de tudo, é um cara abençoado!
comentários(0)comente



Lídia Maria - @depoisdaleitura.lm 14/05/2018

[RESENHA]: Surpreendente! - Maurício Gomyde
Olá pessoas, tudo bem com vocês? Já entrando no clima de segunda-feira bate aquela tristeza né? Mas, trouxe a resenha do livro Surpreendente! que, irá trazer uma lição de vida muito bonita para refletimos.
.
Juro que não tinha intenção de ler esse livro, porque eu ganhei ele e sempre que ia ler eu passava outro livro na frente. Porém, um dia eu peguei ele para ler e não consegui parar mais. Com um enredo super rico, consegui tirar muitas coisas boas dessa história.
.
Pedro Diniz é um jovem sonhador que trabalha em uma videolocadora em aglomerado na cidade de São Paulo. Na adolescência, ele foi diagnosticado com uma doença degenerativa de cegueira, entretanto, em um momento houve um retrocesso, e ele consegue enxergar novamente, logo ele irá fazer tudo que ele ama e irá dirigir seu próprio filme. Nas horas vagas ele tenta manter o último cineclube da cidade, alugado no segundo andar de um bar. E, para romantizar essa história, temos a querida Cristal, uma mulher linda que acrescenta muito no enredo.
.
O que ocorre e que, as coisas não estão indo no seu trabalho (quem aluga filmes em 2018, rsrsrs). O cineclube não está dando retorno para a dona do bar. Um ocorrido muito importante acontece e Pedro se vê em uma situação que ele esperava, mas não agora. Dessa forma, ele juntou seus melhores amigos e Cristal e partiu para o último filme...
.
Nem sei o que dizer sobre essa história, mas eu sei que compartilhando já é o começo. A paixão pelo cinema, cores e principalmente pela vida, abalou algo dentro de mim. Com certeza que quero reler essa história, porque já faz um tempo que eu li.
.
É isso gente.

site: https://www.instagram.com/depoisdaleitura.lm/
Lí­lian 01/06/2018minha estante
undefined




MARCELINHO 14/04/2018

Surpreendente!
SURPREENDENTE! - Maurício Gomyde. .
.
.
SURPREENDENTE! É aquele tipo de livro que você lê de uma forma... Leve, leve é a palavra que consegue descrever esse livro! Com grandes pitadas de emoção e superação, conheceremos o Pedro, que vive assim como o Gordo de "Quem é você Alasca?" Em busca de um grande talvez. Ps: os dois livros não tem nada a ver, apenas os personagens que são maravilhosos! Porque ao contrário do gordo que vive em busca do Grande Talvez, o cineasta Pedro, vive em busca do grande filme. Em breve sairá o novo livro do autor, e assim como todos os já escritos, tenho certeza que este será, igualmente surpreendente! .
.
. "Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Porque não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível? "
.
.
. " - Bonito é ver a cidade aqui de cima. - Ela apontou para as luzes.- Se a gente ficasse de ponta-cabeça, poderia dizer que as estrelas são a cidade, e a cidade as estrelas. -Verdade. O homem criou suas próprias estrelas. -O homem é um imitador da natureza, isso sim. Quando a noite cai, as estrelas do homem também se acendem. E quando clareia, também se apagam. (...)"
.
. "Se uma pessoa passar toda a existência sem fazer algo realmente excepcional por um amigo, a vida não terá valido a pena..."
comentários(0)comente



Entrelivros_e_filho 13/04/2018

Pedro tem 25 anos, sofre de uma doença degenerativa nos olhos, é formado em audiovisual e é fã do cinema clássico e também acredita que o cinema pode mudar o mundo. Seu sonho é ganhar o Cacau de Ouro, grande prêmio do cinema Brasileiro, mas para isso ele precisa criar e filmar um roteiro que surpreenda as pessoas. Durante o dia trabalha em uma locadora de filmes na periferia e a noite com todo seu otimismo tenta atrair o público para o último Cineclube da cidade, o seu Cinema Felicidade. O Cineclube funciona no subsolo de uma lanchonete e toda sessão conta com um espectador fiel que entra, assiste aos filmes e sai sem dizer nada, e conta com mais duas ou três pessoas por dia. Em uma dessas sessões Pedro conhece Cristal, garçonete da lanchonete e acaba se sentindo atraído por ela.

Pedro é feliz, otimista, sonhador, mas vê a tristeza tomar conta quando é informado que pode ficar cego em pouco tempo, por conta de a doença degenerativa estar esta avançando com rapidez. Ele tenta fugir dos amigos, e de Cristal, mas os amigos estão determinados a não deixar Pedro se isolar e para isso, os quatros amigos partem para uma viagem sem planejar nada, dispostos a filmar o maior filme de todos os tempos.

Começo dizendo que a historia faz jus ao título, é Surpreendente. A leitura é dinâmica e prazerosa, os personagens cativantes, Pedro me encantou com sua alegria e prazer de viver e em ajudar as pessoas que cruzam seu caminho. É um livro que aborda temas fortes, mas narrados com leveza e que te leva a um turbilhão de sentimentos e reflexões, que em um momento te deixa sem palavras com lágrimas nos olhos e em outro lhe arranca sorrisos.

Com uma escrita leve e fluída e capítulos curtos, o autor mescla filmes e trilhas sonoras e cita clássicos do cinema de uma forma gostosa de acompanhar e relembrar.

É um livro marcante recheado de frases inspiradoras e encorajadoras que vão ficar guardadas no coração para sempre.

Termino com esse quote que adorei

📖❝Nem toda dificuldade é insuperável, desde que tenhamos pessoas ao nosso lado para nos ajudar a enfrentá-la. ❞


site: https://www.instagram.com/entrelivros_e_filho/?hl=pt-br https://www.facebook.com/Entrelivros_e_filho-1710703565630784/
Cris 14/04/2018minha estante
Amei esse livro.




Gus 11/04/2018

Surpreendente!
Fazendo jus ao título, esse livro surpreende com sua história maravilhosa e personagens inesquecíveis. Uma leitura prazeirosa, dinâmica e que convida o leitor a embarcar numa aventura que ninguém sabe como pode acabar, mas mostra que devemos aproveitar cada curva do caminho.
comentários(0)comente



Laura @literaryheartt 02/04/2018

RESENHA | @LITERARYHEARTT
Você acha que o cinema pode mudar o mundo?
Pedro Diniz acha. Ele tem 25 anos, super otimista e fã do cinema clássico. Seu sonho é gravar uma curta capaz de conquistar o prêmio Cacau de Ouro, o maior prêmio brasileiro, e é claro, levar a mensagem dos cinema ao maior número de pessoas possíveis. É por isso que ele trabalha todos os dias em uma locadora de filmes na periferia, e a noite toma conta do último Cineclube da cidade, o seu Cinema Felicidade. Mas em um mundo com Internet, onde podemos assistir filmes no conforto de casa e sem pagar nada, quem irá preferir alugar um filme ou ir ao cinema? Uma tarefa difícil a dele não?

O Cineclube funciona no subsolo de uma lanchonete onde trabalha Cristal, uma estudante de Físicas nucleares, ruiva e espontânea. É lá que Pedro e Cristal se conhecem, e onde surge um climinha entre os dois.

Isso tudo serve de plano de fundo para um problema grave que Pedro está passando. Entre a separação dos pais e as ameaças da dona Rebeca de fechar o último Cinema da cidade por falta de frequentadores, Pedro está cada vez ficando mais cego. Ele tem um problema sério nos olhos é já deveria está cego, se a doença não tivesse estacionado na adolescência, lhe restando 70% da visão. Antes um milagre para medicina, não mais.

Pedro começa a ficar depressivo e todo seu otimismo passa para o lado negro. Temendo a perda total da visão em pouco tempo, ele parte em uma viajem para realizar seu sonho de gravar um filme, acompanhado do seu velho e melhor amigo, Fit, e as novas amigas Cristal e Mayla. Sem roteiro e sem equipamentos apropriados. Tudo o que eles precisavam eram um dos outros.

Nessa viagem, Pedro irá descobrir o real valor da vida, da amizade, e segredos nunca revelados da sua família.

Uma história carregada de emoção nós espera em Surpreendente!
A Edição está linda, cheia de detalhes em azul e ilustrações do Olho Grego, símbolo da história. Adorei como a história foi contada, com vários detalhes e frases legais que me renderam vários quotes. O final é simplesmente o melhor de todos... Devo ter chorado mais que o próprio Pedro! Emocionante. Super leiam!?
comentários(0)comente



Angela Costa 26/03/2018

Surpreendente

Livro: Surpreendente
Autor: @mauriciogomyde
Editora: @intrínsica

Surpreendente é, dois pontos: abre aspas “uma bela, comovente, hilária e afetuosa história de Pedro Diniz, que mesmo com uma doença degenerativa nos olhos, é formado em audiovisual, e só o quer da vida é conseguir mudar a maneira de como enxergamos o cinema e, assim, enriquecer o olhar que temos sobre filmes clássicos.” Fecha aspas.
Sua formação faz com que tudo gire em torno de sua grande paixão, o cinema. Embora pense que, mesmo que tivesse se graduado em Letras, Matemática ou quaisquer outras matérias, acredito que teria a mesmíssima paixão, pois ele é um, como diria Cazuza, exagerado em suas paixões.
Pedro trabalha na VIP, uma das últimas videolocadoras de São Paulo, ajuda seu pai no restaurante da família, e ainda sobra tempo para fazer o que mais ama: ser curador, mediador e também promover debates sobre belos filmes no SubCultural, último cineclube da região onde mora.
Como qualquer ser humano que gosta do que faz, Pedro é feliz e tem um sonho: fazer um filme, mas não um filme qualquer. Mas O filme! E, mesmo sem dinheiro algum, ele não mede esforços para isso.
Surpreendente é uma linda história. Nos faz lembrar belas canções e vários clássicos do cinema. Dei muitas gargalhadas com as trapalhadas dos amigos, mais chegados que irmãos. Porém minha identificação com Pedro foi imediata. Sofremos do mesmo mal e, com certeza, estamos caminhando para o mesmo resultado. Mas o que me encanta é sua alegria, seu surpreendente prazer em viver, não só com seus amigos, mas com todos os que o cercam.
Uma das falas mais lindas do livro “De 70% vou fazer um inteiro” resume bem o espírito da história. Talvez por isso Pedro seja o amigo, o filho, o namorado, o conhecido que todos gostariam de ter por perto, por sua alegria, solidariedade, confiança, amorosidade, perseverança e gentileza.
Existe uma frase onde se diz que amigos são aqueles que ajudam a nos colocar de pé quando nossas asas esquecem como voar. Os amigos de Pedro fazem exatamente isso: o ajudam a voar.
Fernando, ou Fit como gosta de ser chamado, é divertidíssimo. Confidente e amigo de faculdade, além de cameraman do amigo, é tão obcecado por desenhos antigos, que adora introduzir os bordões dos personagens em qualquer conversa; Mayla é sobrinha da dona do cineclube e vive quebrando os galhos de Pedro. Sonha participar de um filme e, segundo ela mesma, é simplesmente a menina mais criativa de toda a região; Cristal estuda Física Nuclear, é meiga, inteligente, audaz e com os mais belos cabelos vermelhos que faz com que Pedro tenha “rompantes de empolgação relacional” toda vez que a vê, pois vive povoando os seus sonhos.
Um trio e tanto de amigos, inteligentes, encorajadores e admiráveis! Dizem que atraímos pessoas iguais a nós e deve ser por isso que tudo dá certo, mesmo dando errado. Com eles as coisas acontecem mesmo sem querer e na companhia deles tudo pode acontecer, até, quem sabe, o sonho impossível de nosso pretenso cineasta.
É pagar, ou melhor, é ler para descobrir!
O livro é simplesmente Feliz, Incrível, Surpreendente!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jéssica Hannusch 18/03/2018

Um livro incrível!
“Aqui começa o maior filme de todos os tempos sobre as chances que o mundo coloca na vida das pessoas. Que as lições sejam aprendidas e voltemos milhões de vezes melhores do que quando partimos […]”.
_
Uma câmera
Um amor pelo cinema
Um olho turco
Dois grandes amigos
E a mulher por quem está apaixonado

É o que Pedro necessita para tentar fugir de sua triste realidade atual: a nova chance de ficar cego.
_
"Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível?”.
_
Aos 12 anos Pedro descobriu uma doença que faria com que gradativamente ficasse cego. Mas o milagre aconteceu, algo que não se citava em livros médicos, aos 16 anos a visão estagnou e Pedro ficou com 70% de visão, uma maravilha para quem tinha tudo para ficar cego.
Mas e o que fazer quando esse medo do passado retorna bem no momento em que Pedro vive seu melhor momento?
_
“Compreender o mundo é tarefa complicada para qualquer pessoa, enxergue ela ou não. Então você não está melhor nem pior do que ninguém. E lembre-se: muita gente vê tudo, mas não enxerga nada”.
_
Maurício Gomyde criou uma linda história de amor a arte, as verdadeiras amizades e o encontro de um novo amor, acompanhados pela incertazas do futuro e os temores pessoais.

Um livro que grita o amor a vida e a busca pela coragem para enfrentar as incertezas de nossa jornada.

Uma obra prima de um autor nacional que merece o reconhecimento do mundo todo.
comentários(0)comente



@itschagas 14/03/2018

Maravilhoso!
Sabe aquele livro que te deixa sem palavras, que lhe arranca risos, que te envolve realmente num turbilhão de sentimentos? Definitivamente é esse. Sendo sincera, demorei até mais que o esperado para ler, porque simplesmente fiquei com pena de acabar e ter que deixar o livro de lado.

"O livro nos conta a história de Pedro, um jovem de 25 anos que aos 12 foi diagnosticado com uma doença degenerativa na retina, que iria fazer com que ele perdesse a visão muito provavelmente antes dos 20. No entanto, desafiando todas as probabilidades e conhecimento da medicina, aos 19 anos sua degeneração estagnou, garantindo sua visão, ainda que deficiente."

Seu grande objetivo como cineasta é gravar um curta capaz de ganhar o Cacau de Ouro, um prêmio muito cobiçado do meio artístico.

Ele trabalha em uma locadora de filmes (ainda existe, ok). E uma vez na semana vai a uma cafeteria, onde dona Rebeca cede o Espaço Cultural, onde acontece o seu "Cinema Felicidade", que infelizmente não é bem visto pelo publico o que torna um raridade o lugar ficar lotado, ou passar de 10 pessoas. É nesse lá que ele conhece Cristal!

O personagem Pedro tem seus altos e baixos ao longo da história, assim como qualquer pessoa teria na vida real. Em alguns momentos ele é totalmente confortável com a sua situação, não deixando que as suas limitações o definissem. Em outros, frente a notícia que recebe, ele se ressente e deseja que as coisas fossem diferentes. Quer coisa mais humana e real do que isso? Nem sempre estamos satisfeitos com a nossa própria vida.

A história dá uma acelerada quando acontece uma fatalidade no local de trabalho de Pedro, e foi aí que eu mesmo tive que criar coragem para aceitar que a historia teria quer ser terminada.

Não irei aqui contar o livro, deixarei vocês mesmos tirarem as suas conclusões de Surpreendente. Mas digo, é uma historia que vale a pena, uma leitura que vai ficar na sua mente. Até hoje ainda me pego rindo com os acontecimentos no Carlos's (estava lendo no ônibus e tive um ataque de riso).

"Toda dificuldade é insuperável, desde que tenhamos pessoas ao nosso lado para nos ajudar a enfrentá-la."

Não conhecia o Autor Maurício Gomyde, mas digo com toda certeza que ele agora é o meu Autor nacional preferido
comentários(0)comente



Anara 11/03/2018

? Surpreendente
Autor: @mauriciogomyde (autor ??)
Editora: @intrinseca

? Gente! Eu tenho que confessar que o título do livro realmente é verdadeiro! Como assim? Bem, a estória é realmente surpreendente! Já vou explicar.

Pedro Diniz é o personagem central, ou seja, sem ele nada seria tão maravilhoso na estória.

Pedro é um jovem de 25 anos muito fascinado pelo cinema. Ele trabalha em uma locadora de filmes (isso é bem da minha época, mas para os mais novos é o mesmo que um Netflix, só que em uma loja ?) e uma vez na semana vai a uma cafeteria, onde dona Rebeca cede o espaço cultural para ele expor o seu "Cinema Felicidade" (que é um fiasco, porque não dá mais do 5 telespectadores). É nesse local que ele conhece o amor da sua vida: Cristal! A amiga em comum deles é Mayla (sobrinha da dona Rebeca) que se apaixona pelo melhor amigo de Pedro, que é Fernando, mais conhecido como Fit.

Mas tudo muda quando acontece uma fatalidade na vida de Pedro em seu local de trabalho. É claro que não vou dar spoiler aqui. Vocês até podem pensar que a estória é chata (assim como eu achei), mas digo é uma paixão sem fim. Retrata tão bem os sentimentos das pessoas e mostra como podemos nos superar sempre!

Querem saber mais? Então leiam o livro ?
Angela Costa 27/03/2018minha estante
Achei a mesma coisa, principalmente por ter a mesma doença que o personagem.
É realmente um livro de superação, pois apesar de tudo o que passei e de ter ficado cega do olho direito, sou graduada em Português, dou aulas e palestras, enfim, superei no meu caso, meus 35% em um inteiro. Dê uma olhadinha no que achei do livro. Ficaria muito feliz!




239 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |