Fique forte

Fique forte Nick Vujicic




Resenhas - Fique forte


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Anna Laitano 28/09/2015

Uma luz no fim do túnel
Nick Vujicic é famoso por escrever livros de autoajuda extremamente inspiradores. E, desta vez, ele vem nos falar sobre bullying. Com seu senso de humor sempre preciso e a vasta experiência em ser vítima de valentões, ele nos presenteia com um livro curto, porém, de leitura essencial.

Uma das coisas mais interessantes do novo título de Vujicic, é que o autor aponta um fato que muitas vezes acaba passando despercebido: o bullying que começa em casa. Muitos pais, às vezes sem sequer perceber, cometem bullying contra os seus filhos e os tornam ainda mais frágeis e suscetíveis a se tornarem vítimas também em outros ambientes, como a escola, por exemplo — ou, até, a torná-los bullies em potencial para descontar seus próprios problemas. O triste, é que talvez este seja um dos tipos mais difíceis de combater. Pois aqueles que deveriam proteger, são os primeiros a apontar o dedo, torturando emocional e psicologicamente.

Também, através de sua própria vivência e de depoimentos que recolheu em sua jornada como palestrante motivacional, o autor ensina como se defender do bullying aceitando a si mesmo para que as suas diferenças não possam ser usadas contra você, e estabelecendo formas de manter-se fiel a si mesmo e focado, para que ninguém te tire do seu caminho. Afinal, quando se tem uma base sólida de amor e apoio, é mais fácil manter-se forte, não é mesmo?

Mas engana-se quem acha que o livro só é útil para quem sofre/sofreu bullying, ou para os pais e familiares de crianças que são vítimas. Todos nós, como o autor aponta sabiamente, somos responsáveis por ajudar a acabar com essa prática brutal, que já levou tantos jovens. Porque se nós não nos impusermos contra tais atos, estamos, de certa forma, sendo cúmplices ao deixá-lo acontecer.

No mais, a edição está bem caprichada, com o início de cada capítulo bem diagramado, além de listas e destaques pontuais, que garantem uma estética super agradável. Os capítulos também não são longos, e a leitura pode ser feita rapidamente, o que ajuda a incentivar que todos leiam.

Se normalmente já recomendo os livros do Nick, este o faço com ainda mais entusiasmo, pois, enfatizo, realmente TODOS deveriam lê-lo. Este tipo de livro deveria ser, inclusive, tópico de debate em escolas, e reuniões de pais e professores. O bullying existe e não é um problema só de quem o sofre, mas de toda a sociedade. As estatísticas não são compostas meramente de números, e sim de crianças que foram privadas de um futuro—e cabe a nós impedir que tantas outras se juntem a esta assustadora porcentagem. Um livro pode não ser a resposta ou a solução, mas com certeza pode ser um bom começo.

site: www.tecendopalavras.com.br


1 encontrados | exibindo 1 a 1