As Amazonas das Montanhas - Livro II

As Amazonas das Montanhas - Livro II Marih Macar




Resenhas - As Amazonas das Montanhas - Livro II


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Blog De Bem Com a Leitura 16/12/2015

No início da leitura a autora faz um resumo do primeiro livro, então é possível ler separadamente. Diouxie é a melhor guerreira de sua aldeia e também a mais bela, despertando a curiosidade das demais. Dioxie e Kíria, recebem instruções da rainha eméritia para guardarem um segredo, ela diz que as guerreiras tem uma ligação e que só entenderão quando tudo estiver esclarecido. Muitas aventuras vão aparecer, fortes revelações serão feitas, lutas aparecerão e principalmente, amores e paixões.

Após receberem as instruções da mãe adotiva de Dioxie, ela e Kíria (Bela) ficam sem entender, tiveram algumas revelações mas tudo ainda ficara muito confuso. Kíria precisa deixar a aldeia mas fica a promessa de que voltará com a sua companheira, Ludmilla, que foi uma personagem importante no livro 1. Nas primeiras páginas, é possível perceber que Dioxie gosta da Bela, mas nenhuma das duas consegue assumir isso.

Quando Bela parte, Dioxie tenta decifrar os mistérios contidos no livro que a mãe deixara, ela se empenha nisso. A guerreira mais forte e corajosa da aldeia,é uma das conselheiras e também a mais bela e sensual. As outras Amazonas a admiram mas existem aquelas que sentem curiosidade e interesse na atraente guerreira ruiva. Porém a linda jovem não dá chances ao amor, seu coração está fechado.

Yanka, tornou-se uma ótima guerreira, mas seu coração está voltado para a ruiva Dioxie, que por sua vez não quer compromisso com ninguém. Com o passar das páginas, elas começam a ter um envolvimento e Dioxie deixa claro que não ama ninguém e nem quer amar. Mesmo assim, Yanka decide dar uma chance e se deixa levar por Dioxie. Mal sabia, que ainda sofreria muito por causa de seu amor pela atraente Amazona que não queria amar e era cobiçada por muitas.

Um acidente acontece e duas primas são socorridas pelas guerreiras, Lara e Sofia, após serem cuidas elas acabam ficando na aldeia, Lara é contra a ideia e diz que vai fugir, já Sofia se encanta com as Amazonas e quer ficar, mais do que isso, ela quer ser uma delas. Lara acha um absurdo o envolvimento entre duas mulheres e abomina tal relacionamento, portanto fica indignada com a prima quando esta, descobre seu interesse por Dioxie, a princípio a Sofia (a forasteira, como ela e a prima são chamadas) não entendia o que estava acontecendo com ela, mas passado algum tempo, entendeu que estava gostando da guerreira.

Surge um triangulo amoroso cheio de reviravoltas, mas a trama não fica apenas nisso, o mistério relacionado a Bela e a Dioxie está cada vez mais próximo de ser revelado, acontecerão mortes trágicas e sangrentas, imprevistos aparecerão e uma batalha pesada deixará marcas em toda a aldeia. Lara verá o que o destino reservou para ela, enquanto faz investidas para fugir, não percebe que ao lado das Amazonas ela está segura. A história toma um rumo totalmente inesperado e o final guarda grandes surpresas.

A trama é bem envolvente. O triangulo entre Dioxie, Yanka e Sofia, muitas vezes me deixou com raiva, principalmente por parte de Sofia, que tenta a qualquer preço, separar as outras duas. Dioxie é uma forte guerreira mas não consegue se controlar e sempre acaba cedendo, isso me deixava bastante chateada. Me surpreendi com o desfecho de Lara e com o quanto ela amadureceu. Outras personagens surgem durante a leitura e todas foram muito bem desenvolvidas. Senti falta de mais cenas de lutas ou guerras para abrilhantar ainda mais a trama. A capa é muito bonita e a diagramação está perfeita.

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Cris 28/02/2016

O segredo das amazonas
“E também há um mito. Uma lenda ainda mais fascinante, que fala de mulheres guerreiras, as famosas amazonas.” Pág. 20 a 21

Neste segundo livro, a história continua de onde acabou o primeiro. Porém muda um pouco o foco das personagens. No primeiro livro, foi contada a história da Kiria e da Ludmilla. E neste, temos foco na Dioxie.
As amazonas continuam com suas paixões ardentes, ciúmes e muitas aventuras.
Eu gostei bem mais deste livro do que do primeiro. O livro dá várias reviravoltas, entram novas personagens e algumas saem de cena.
Existe um mistério envolvido, que me deixou muito curiosa pra saber do que se tratava, pena que a revelação foi um tanto absurda. Mesmo que o livro seja de fantasia, eu fiquei meio perturbada com a explicação.
Um ponto que me chamou muito a atenção é que o livro fala de amazonas, porém, elas quase não andam à cavalo, achei que eles teriam mais importância na história.
Tem algumas coisas que eu não gostei no contexto da história. A primeira se refere ao fato de as mulheres se envolverem muito em triângulos amorosos, e as briguinhas entre elas não tem fim.
A segunda coisa é relacionada à forma como os homens são vilanizados na história. No passado dessas mulheres sempre há um homem mau que as traumatizou.
O livro termina com várias pontas em aberto, acredito que virá uma sequência. A história se passa num cenário incrível e o mundo criado é bastante original, eu nunca tinha lido nada parecido. Recomendo o livro pra quem gosta de fantasia carregada de romances apimentados.

“Falo de um amor que ultrapassa os limites físicos. Um amor que atravessa encarnações. Há muito que eu procurava por você.” Pág. 193


site: www.instagram.com/li_numlivro
comentários(0)comente



Livros da Beta 28/03/2018

O livro nos revela uma história envolta em paixões, aventura, lealdade e traição. As Amazonas fazem o leitor perceber a mulher de um ângulo diferente, muito distante da "mocinha indefesa" que vemos em outras histórias, aqui elas são fortes e destemidas, porém, sem deixar a feminilidade de lado. A leitura, além de instigante e repleta de cenas sensuais, faz o leitor viajar para um novo mundo e mostra tanto os perigos quanto as alegrias e conquistas de enfrentar seus próprios medos, de se propor a caminhar pelo desconhecido.

Sim, este é o segundo livro, mas não se preocupe caso não tenha lido o primeiro. A autora faz um resumo dos acontecimentos do livro anterior que permite esta leitura sem maiores problemas, leitura esta que recomendo! Parabéns Marih Micar, sua forma de escrever me cativou!

site: http://livrosdabeta.blogspot.com.br/2016/01/resenha-as-amazonas-das-montanhas-livro.html
comentários(0)comente



Gessica 21/01/2016

Uma história incrível e intrigante
Olá geeks, tudo bem com vocês?

Eu recebi esse livro da Assessoria Evans para resenha e fiquei muito feliz em saber que tinha conseguido, afinal, teve uma seleção.

Antes de mais nada eu já vou avisando que o livro é LGBT, mais especificadamente romance entre mulheres, e que este é o segundo volume da série, mas que você pode ler que não irá ficar perdida.



No começo do livro a autora, Marih Macar, já nos dá algumas explicações como quem são essas guerreiras Amazonas. Após isso vemos o prologo, onde a rainha Karina deixa um segredo com Diouxie e Kíria. Diouxie é uma ruiva extremamente linda além de ser forte e que parece nutrir sentimentos por Kíria, mas a mesma já tem uma companheira. Sendo assim, a ruiva vê se incapaz de conseguir amar qualquer outra pessoa.

Diouxie possui uma amiga chamada Yanka, da qual desde nova possuía sentimentos pela ruiva, estes que não eram retribuídos, mas que a partir de certo momento Diouxie começa a olhar de forma diferente para ela, como se a estivesse desejando.

Em uma vigília para não deixarem humanos descobrir a localização da aldeia elas veem um carro sendo atacado por bandoleiros. Homens cruéis que matam, roubam e estrupam. As duas resolvem salvar os jovens matando os bandidos.

Alguns dias depois Yanka encontra o carro dos jovens caído em um precipício. Os homens morreram sobrando duas mulheres: Sofia e Lara.

A mesma resgata as duas, e Sofia logo se acomoda com o tipo de vida que as amazonas levam, e tem mais, ela se vê apaixonada pela ruiva sedutora Diouxie.

Acontece que Yanka percebe que a ruiva está querendo lhe seduzir e assim as duas começam a ter um caso, mas a ruiva não lhe ama quer apenas diversão.

Sofia vive correndo atrás de Diouxie dando em cima dela, e a mesma não recua aceitando todas as investidas da forasteira deixando Yanka morrendo de ciumes.

Enquanto estava lendo fiquei com a boca escancarada. Eu não sabia que uma mulher poderia ser tão sedutora quanto um homem sem perder a sua feminilidade. E a autora conseguiu fazer isso facilmente com Diouxie.

Pretendo comprar o primeiro livro para entender melhor a história, mas eu li este segundo sem problema nenhum.

Ao decorrer do livro eu me senti completamente cativada, mas Diouxie continuava resistindo em amar Yanka e isso foi me aborrecendo. O final do livro deu a entender que terá um próximo livro, e estou torcendo para que ele venha logo.

Eu amei a personalidade de Diouxie, mas gostei ainda mais de Yanka. Eu nunca tinha lindo antes um livro com romance entre mulheres e posso dizer que a leitura foi muito boa! A história não gira em torno que elas são lésbicas, mas sim de guerreiras amazonas o que torna a leitura muito fluída.

Apesar de ser um romance hot, a autora não aprofunda tanto assim nas cenas, o que eu senti um pouco a falta, pois como uma amante de romances quentes eu gosto de todo o detalhe possível. Tirando isso eu adorei a forma como Marih levou a história, mas sinto que fiquei um tanto quanto decepcionado com o final, mas isso não tira o fato de que é um bom livro e que deve ser apreciado por todos.

Eu praticamente devorei o livro e sugiro que dê uma chance a esta história, você irá se apaixonar!

site: www.cantinhogeek.com
comentários(0)comente



Kênia Cândido 19/01/2016

A Leitura Desperta Curiosidade
Comecei a leitura do segundo livro Amazonas das Montanhas sem realmente saber o que iria encontrar na trama, pois eu não li o primeiro livro e ganhei o segundo de cortesia da autora.
Para minha surpresa a autora Marih Macar deixou um resumo muito bem detalhado para os leitores e isso ajudou demais para o desenvolvimento da leitura.
A história começa com as guerreiras Kíria e Diouxie chegando para uma conversa com a rainha Karina. A rainha informa que há uma ligação entre as duas juntamente com algumas revelações, passa um livro para Diouxie e pede para ela proteger o livro com a própria vida.
Quando as guerreiras abrem o livro se deparam com um diário, fórmulas e mais algumas informações com enigmas para elas decifrarem. Porém alguns acontecimentos que ocorreu no livro anterior, Kíria não confia totalmente em Diouxie. Então Kíria volta para sua companheira Ludmilla, deixando a promessa que retornará e Diouxie informa para Kíria que irá decifrar o livro.
Enquanto fui conhecendo outras Amazonas, um acidente acontece no desfiladeiro da morte, um lugar descrito como medonho e cercado de abismos e duas sobreviventes deste acidente são levadas para a aldeia.
O livro contém uma história que faz a leitura fluir tranquilamente e bem ágil. Conseguiu prender minha atenção por causa dos detalhes que autora soube desenvolver facilmente. A leitura desperta curiosidade e trouxe um final inesperado.
Achei a capa muito bonita e adorei os detalhes inseridos em cada início do capítulo, com imagens da floresta.
O único ponto negativo que quero ressaltar é ter lido o segundo livro antes do primeiro, acho que se eu tivesse lido o primeiro, eu teria mergulhado muito mais na leitura. Contudo afirmo em dizer que não atrapalhou o desenvolvimento da história.
Enfim... Fica a dica para quem já leu o primeiro livro As Amazonas das Montanhas e para leitores que gostam de uma história envolvente e livre de preconceito!

site: http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5