As Flechas de Tarian

As Flechas de Tarian Camila M. Guerra




Resenhas - As Flechas de Tarian


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Eloh 11/06/2016

Surpreendente, arrebatador e lindo
Olá terraquios tudo bem? Hoje eu vim fazer a resenha de um livro super especial, de uma parceria super especial, chamado As Flechas de Tarian, escrito pela querida da Camila Guerra.
O livro As Flechas de Tarian conta a história de Tarian, uma colonia habitada de almas que, ao morrerem e deixarem seus corpos, se propõem a defende-la, enquanto buscam pela liberdade, pois as almas que vivem na colonia, tem suas mentes presas por uma raça mentalmente superior.

A história começa com o resgate da alma de Hugo, que acabou de sofrer um acidente e entrar em coma. Sendo assim o rapaz é resgatado e levado para Tarian por Anne, uma linda alma que trabalha a serviços da colonia e por isso é chamada de Flecha. As flechas são mandados aos locais de acidentes e mortes para trazerem as almas seguras até Tarian, salvando-as assim da reincarnação que é feita pelos chamados batedores, que são almas do mal que obrigam outras almas a voltarem para seus corpos como uma forma castigo.
Quando Hugo chega na colonia, ele começa a descobrir um novo mundo, onde seu corpo físico não é necessário porém seu pensamento sim. Aos poucos, o rapaz vai se envolvendo pela colônia e os habitantes de lá, mas principalmente pela sua salvadora Anne. Hugo tenta a todo custo negar o que sente pela garota pois sabe que está apenas em coma e não morreu de verdade, ou seja, logo voltaria para seu corpo físico onde esqueceria tudo que viveu na colônia, porém a deixaria lá e ela sim, lembraria de cada detalhe.
As almas que habitam Tarian, vêem Hugo de forma especial, como a alma que irá libertar todos das forças de Zathi, porém Hugo não se enxerga assim, até que é mandado junto com Anne e mais dois amigos, em uma missão de resgate, onde tudo começa a mudar e aos poucos Hugo tem vislumbres de outras vidas em que chegou a Tarian e aos poucos tudo começa a ficar ainda mais confuso na cabeça do rapaz e as aventuras começam.

As Flechas de Tarian foi um livro que me prendeu do inicio ao fim. É emocionante e profundo e cria intermináveis incógnitas em nossas cabeças, sobre até onde tudo aquilo pode ser real. Me surpreendeu do inicio ao fim e a cada pagina era uma nova surpresa. Um livro onde ninguém deve confiar muito no outro, pois ninguém sabe as verdadeiras histórias por trás de cada alma. Mas principalmente, um livro sobre amor, onde o principal poder é o amor, onde ele salva, cura e muda vidas. O livro me trouxe grandes ensinamentos sobre o amor e tudo que ele pode fazer por uma alma que se encontra perdida.
Eu com certeza indico esse livro lindo, que ganhou quatro estrelas lá no SKOOB, confesso que nunca tinha lido nada tãoo profundo e genial como esse livro. A autora está super de parabéns e espero logo poder ler as continuações. Agradeço a confiança e deixo com vocês algumas citações que me chamaram a atenção nesse livro.


"A decepção é faca venenosa e corta fácil e rápido."
"Os piores monstros, são os que existem dentro de nós."
"Os segredos, são pesados, rebeldes, difíceis de conter."

site: https://mentesdamadrugada.blogspot.com.br/?m=0
comentários(0)comente



Marcos 11/08/2015

Diferente de tudo, original e intrigante
Mais uma vez Camila Guerra surpreende com uma história original baseada em temas intrigantes. A busca do Eu verdadeiro elevada à décima primeira potência.
Mais complexa do que A Última Chave, primeiro romance da autora, As Flechas de Tarian levam o leitor a um mundo fora do corpo físico, em uma colônia que luta pela libertação dos humanos do aprisionamento mental de uma raça mentalmente superior, mas moralmente comprometida.
Aventura, romance e fantasia se combinam em uma jornada intrigante.
comentários(0)comente



Ana Ira! 09/09/2015

Completamente arrebatador!!!
As Flechas de Tarian, são as pessoas que após serem resgatadas - depois de morrerem - por outras flechas, apoiam e lutam por Tarian, resolvendo assim, fazer parte daquela empreitada.

Caso uma flecha não consiga chegar a tempo, ou não passe tranquilidade para a pessoa que está à beira da morte, acaba perdendo aquela alma para os batedores (tipo demônios), que levam essas almas a um lugar sombrio onde serão obrigadas a reencarnarem.

Tarian tem várias colônias, mas essa história se passe na sede, comandada por Baojia, um oriental (aparência que adquiriu em sua última reencarnação) carismático, sábio e bondoso, que rege com amor e disciplina as demais flechas e tutores. Há quatro tutores que ensinam e estão sempre ao lado de suas flechas, ajudando-os e dando forças às duas flechas nos resgastes e em a atribulações que aconteçam.

Anne é uma flecha sob a tutoria de Qanik , e logo no início do livro tem de salvar Hugo, que entra em coma ainda no local do acidente, ele demora a conectar-se com ela, e segui-la (pois a pessoa resgatada precisar querer ir com a sua flecha, e chegando a Tarian, após recuperar-se decide se permanece lá e torna-se uma flecha, ou reencarna).
Anne desespera-se, pois sabe que se perde-lo, perderá também a chance de liberdade de toda Tarian. Hugo é esperado há milhares de anos, só ele pode acabar com o domínio dos seres diabólicos, só ele pode impedir as reencarnações obrigadas e algumas, condenatórias.
"A Terra é uma grande prisão, onde seres de vibração inferior cumprem pena. A princípio, quem cumprisse a pena, estaria liberado para partir, caso desejasse, para planetas afins, para habitar outras esferas menos densas. Mas a Terra tem dono e esses donos mudaram de ideia e têm nos mantido aqui indefinidamente, mesmo quando a pena já foi cumprida… somos obrigados a voltar, indefinidamente para o corpo físico. Enquanto isso, mais almas de baixa vibração chegam de tempos em tempos… estamos nos amontoando sem parar."
Pois o corpo é visto como uma prisão, depois da morte a pessoa deveria seguir livre com sua energia, mas não, como o mundo é regido por seres autoritários e desumanos, todos morrem e se as flechas não o resgatarem, são levados por batedores e já reencarnam. Por que disso? Simples, a humanidade reencarna para pagar o preço do erros dos antigos deuses. Sem liberdade, vivem à merce dessas forças superiores e controladores mentais primorosos.

Hugo sempre buscou ser responsável e ter uma vida de qualidade, embora não fosse feliz completamente, sabia que precisava de alguma forma, encontrar seu verdadeiro eu. Manuela, sua esposa, não o faz feliz, e ele sabe bem que não são apaixonados, vivem juntos apenas por comodismo. Amigos de infância e também nos dias de hoje, mas sem completar-se como marido e mulher.

Após sofrer um grave acidente e entrar em coma, deslumbra-se ao ver Anne, a flecha que o resgata, e acreditando ela ser um anjo, une-se a ela e a esperança que ela lhe traz.

Quando chega a Tarian, sente-se perdido em meio as descobertas e sentimentos que vão se aflorando: o objetivo e história de Tarian, as pessoas que ali congregam, o porque de ele ser tão esperado, a força da mente e fala por meio dos pensamentos, e principalmente: a atração instantânea que sente por Anne.

Por essa atração, que parece ser inerente à Hugo, mesmo ainda fraco e sem saber direito o que fazer, ele vai em uma aventura perigosíssima, com o intuito de proteger Anne, a resgatar outra flecha capturada pelos batedores. E é aí que a história começa de vez, com uma narrativa vibrante, totalmente fluida e fulminante, uma surpresa a cada página literalmente, me deixou com o coração na mão!

Já faz quase uma mês que a Camila me cedeu o e-book, e logo comecei a ler, não queria parar, já to relendo, ameeeeei demais!!! Mas é uma história complexa, originalíssima, muito bem tramada e costurada, sem pontas e sem finais abertos, embora (graças a Deus, ADOOROOOO) tenha continuação!!!!

Hugo em meio a essa aventura, vai recordando sua memória antiga, a de sua primeira vida, quando foi X nesse mundo novo e até então desconhecido, e também relembra os acontecimentos de outras vidas.

Por que Hugo é tão esperado em Tarian?? Por que só ele pode os libertar?? Qual e por que da conexão tão forte que mantém com Anne??
É um livro incrível, as reviravoltas e crescimentos dos personagens (nesta e nas demais vidas) é muito forte e bonito. O livro é de uma escrita maravilhosa, além de ser permeado de sabedoria, a cada fala e ação dos personagens nos remete à valores intensos e preciosos.

Os personagens secundários Aiko e Viggo principalmente são cativantes! Bem descritos e de grande importância na trama. Hugo e Anne também, passam por uma construção profunda e determinante, é lindo ver como os personagens vão enriquecem com o tempo sem esmorecer, tanto na história, quando na narração.

Estou encantada, e confesso que essa é a resenha mais difícil que já fiz. Imagine o medo que me deu ao resenhar um livro que amei, e que não tenho palavras para descreve-lo!!! É emocionante, e são taaaaantas aventuras que é de tirar o folego completamente!
"Você precisa de tempo para que sua mente destrua as paredes que a limitam. As pessoas constroem suas crenças em cima do que ensinaram a elas e, na maioria das vezes, o sistema social reforça esses ensinamentos. Eles vão criando raízes, repetindo-se, e acabam virando verdades absolutas. Não é só porque a maioria acredita em uma coisa, que ela tenha que ser verdade. Antes de ridicularizar qualquer pensamento, você precisa conhecê-lo, ou estará sendo tolo e injusto."
Enfim, é uma história totalmente diferente do que estamos acostumados, através do poder do pensamento os personagens podem falar, locomover-se, mesmo estando vivos no nosso mundo, podem entrar em Tarian, etc. É uma busca pela liberdade de seres diabólicos poderosos (me lembrou muito alguns políticos), onde vários personagens enfrentaram e perderam muito, em nome do que acreditam, do amor à humanidade e ao próximo.

É como se a história se passasse em um novo céu e inferno, diferente do que conhecemos, e real em vários aspectos da nossa vida, como o ódio, a ambição desenfreada, etc.

Envolvente, reflexivo, criativo e viciante! Um livro espetacular que não pode deixar de ser lido! Uma mistura entre a fantasia, amor, ódio, poder, perdão e redenção!
Leiaaaa, vocês vão se apaixonar pela a história de Hugo e Anne, que vai muito além do romance clichê básico.

Quero agradecer a Camila, por ter me concedido a honra de ler o seu novo lançamento, eu ameeeeei!!!! Muito obrigado mesmo!!!! Só estou morrendo de curiosidade pela continuação, rsrs enquanto esperamos, vou me deliciar relendo ;) e vocês não fiquem com inveja, não!!! Clique aqui, e adquira o seu pra agora!!

site: http://elvisgatao.blogspot.com.br/2015/09/resenha-as-flechas-de-tarian-camila-m.html
comentários(0)comente



Blog EG 09/09/2015

Incrível!!!
As Flechas de Tarian, são as pessoas que após serem resgatadas - depois de morrerem - por outras flechas, apoiam e lutam por Tarian, resolvendo assim, fazer parte daquela empreitada.

Caso uma flecha não consiga chegar a tempo, ou não passe tranquilidade para a pessoa que está à beira da morte, acaba perdendo aquela alma para os batedores (tipo demônios), que levam essas almas a um lugar sombrio onde serão obrigadas a reencarnarem.

Tarian tem várias colônias, mas essa história se passe na sede, comandada por Baojia, um oriental (aparência que adquiriu em sua última reencarnação) carismático, sábio e bondoso, que rege com amor e disciplina as demais flechas e tutores. Há quatro tutores que ensinam e estão sempre ao lado de suas flechas, ajudando-os e dando forças às duas flechas nos resgastes e em a atribulações que aconteçam.

Anne é uma flecha sob a tutoria de Qanik , e logo no início do livro tem de salvar Hugo, que entra em coma ainda no local do acidente, ele demora a conectar-se com ela, e segui-la (pois a pessoa resgatada precisar querer ir com a sua flecha, e chegando a Tarian, após recuperar-se decide se permanece lá e torna-se uma flecha, ou reencarna).
Anne desespera-se, pois sabe que se perde-lo, perderá também a chance de liberdade de toda Tarian. Hugo é esperado há milhares de anos, só ele pode acabar com o domínio dos seres diabólicos, só ele pode impedir as reencarnações obrigadas e algumas, condenatórias.
"A Terra é uma grande prisão, onde seres de vibração inferior cumprem pena. A princípio, quem cumprisse a pena, estaria liberado para partir, caso desejasse, para planetas afins, para habitar outras esferas menos densas. Mas a Terra tem dono e esses donos mudaram de ideia e têm nos mantido aqui indefinidamente, mesmo quando a pena já foi cumprida… somos obrigados a voltar, indefinidamente para o corpo físico. Enquanto isso, mais almas de baixa vibração chegam de tempos em tempos… estamos nos amontoando sem parar."
Pois o corpo é visto como uma prisão, depois da morte a pessoa deveria seguir livre com sua energia, mas não, como o mundo é regido por seres autoritários e desumanos, todos morrem e se as flechas não o resgatarem, são levados por batedores e já reencarnam. Por que disso? Simples, a humanidade reencarna para pagar o preço do erros dos antigos deuses. Sem liberdade, vivem à merce dessas forças superiores e controladores mentais primorosos.

Hugo sempre buscou ser responsável e ter uma vida de qualidade, embora não fosse feliz completamente, sabia que precisava de alguma forma, encontrar seu verdadeiro eu. Manuela, sua esposa, não o faz feliz, e ele sabe bem que não são apaixonados, vivem juntos apenas por comodismo. Amigos de infância e também nos dias de hoje, mas sem completar-se como marido e mulher.

Após sofrer um grave acidente e entrar em coma, deslumbra-se ao ver Anne, a flecha que o resgata, e acreditando ela ser um anjo, une-se a ela e a esperança que ela lhe traz.

Quando chega a Tarian, sente-se perdido em meio as descobertas e sentimentos que vão se aflorando: o objetivo e história de Tarian, as pessoas que ali congregam, o porque de ele ser tão esperado, a força da mente e fala por meio dos pensamentos, e principalmente: a atração instantânea que sente por Anne.

Por essa atração, que parece ser inerente à Hugo, mesmo ainda fraco e sem saber direito o que fazer, ele vai em uma aventura perigosíssima, com o intuito de proteger Anne, a resgatar outra flecha capturada pelos batedores. E é aí que a história começa de vez, com uma narrativa vibrante, totalmente fluida e fulminante, uma surpresa a cada página literalmente, me deixou com o coração na mão!

Já faz quase uma mês que a Camila me cedeu o e-book, e logo comecei a ler, não queria parar, já to relendo, ameeeeei demais!!! Mas é uma história complexa, originalíssima, muito bem tramada e costurada, sem pontas e sem finais abertos, embora (graças a Deus, ADOOROOOO) tenha continuação!!!!

Hugo em meio a essa aventura, vai recordando sua memória antiga, a de sua primeira vida, quando foi X nesse mundo novo e até então desconhecido, e também relembra os acontecimentos de outras vidas.

Por que Hugo é tão esperado em Tarian?? Por que só ele pode os libertar?? Qual e por que da conexão tão forte que mantém com Anne??
É um livro incrível, as reviravoltas e crescimentos dos personagens (nesta e nas demais vidas) é muito forte e bonito. O livro é de uma escrita maravilhosa, além de ser permeado de sabedoria, a cada fala e ação dos personagens nos remete à valores intensos e preciosos.

Os personagens secundários Aiko e Viggo principalmente são cativantes! Bem descritos e de grande importância na trama. Hugo e Anne também, passam por uma construção profunda e determinante, é lindo ver como os personagens vão enriquecem com o tempo sem esmorecer, tanto na história, quando na narração.

Estou encantada, e confesso que essa é a resenha mais difícil que já fiz. Imagine o medo que me deu ao resenhar um livro que amei, e que não tenho palavras para descreve-lo!!! É emocionante, e são taaaaantas aventuras que é de tirar o folego completamente!
"Você precisa de tempo para que sua mente destrua as paredes que a limitam. As pessoas constroem suas crenças em cima do que ensinaram a elas e, na maioria das vezes, o sistema social reforça esses ensinamentos. Eles vão criando raízes, repetindo-se, e acabam virando verdades absolutas. Não é só porque a maioria acredita em uma coisa, que ela tenha que ser verdade. Antes de ridicularizar qualquer pensamento, você precisa conhecê-lo, ou estará sendo tolo e injusto."
Enfim, é uma história totalmente diferente do que estamos acostumados, através do poder do pensamento os personagens podem falar, locomover-se, mesmo estando vivos no nosso mundo, podem entrar em Tarian, etc. É uma busca pela liberdade de seres diabólicos poderosos (me lembrou muito alguns políticos), onde vários personagens enfrentaram e perderam muito, em nome do que acreditam, do amor à humanidade e ao próximo.

É como se a história se passasse em um novo céu e inferno, diferente do que conhecemos, e real em vários aspectos da nossa vida, como o ódio, a ambição desenfreada, etc.

Envolvente, reflexivo, criativo e viciante! Um livro espetacular que não pode deixar de ser lido! Uma mistura entre a fantasia, amor, ódio, poder, perdão e redenção!
Leiaaaa, vocês vão se apaixonar pela a história de Hugo e Anne, que vai muito além do romance clichê básico.

Quero agradecer a Camila, por ter me concedido a honra de ler o seu novo lançamento, eu ameeeeei!!!! Muito obrigado mesmo!!!! Só estou morrendo de curiosidade pela continuação, rsrs enquanto esperamos, vou me deliciar relendo ;) e vocês não fiquem com inveja, não!!! Clique aqui, e adquira o seu pra agora!!

site: http://elvisgatao.blogspot.com.br/2015/09/resenha-as-flechas-de-tarian-camila-m.html
comentários(0)comente



Elis 29/08/2015

Você que me acompanha, sabe que quando leio algo, adentro o mundo do livro de uma maneira que começo a me questionar sobre o que está escrito. Dizem que tudo que produzimos ou criamos, tiramos de alguma ideia pré pronta ou de parte de nossa evolução. A Camila M. Guerra, fez algo comigo que Dan Brown, fez quando publicou o Código da Vinci. Abriu uma parte de tudo que acredito, com uma belíssima interrogação. Onde eu me perguntei, até onde tudo que li pode ser verdade ou ficção? Até onde posso me aventurar e imaginar? Aprecio obras que me dão uma outra visão, que me fazem pensar e desenvolver. Afinal é isso que o ser humano busca, a evolução e o aprendizado a cada dia, mais e mais.

Podem dizer que estou pirando, mas como sabemos, as coisas passam a ser reais ou não, através da interpretação que temos. Um exemplo disso é que tudo que temos hoje, foi resultado do aprimoramento do ser humano, diante da necessidade e das dúvidas. E se na verdade só soubermos o que temos de saber, se tudo está programado e somente possamos direcionar com nossas decisões o futuro de algo. Só nós podemos escolher o que queremos, mas e o movimento, o destino. E SE tudo isso for mesmo consequência de outras decisões.

Sobre As Flechas de Tarian, que me deu esse golpe cerebral, posso dizer que a escrita da autora, mais uma vez me prendeu. A cada capítulo eu queria ler o próximo e saber o que aconteceria. Creio que minha ressalva seja, que em alguns momentos os personagens aceitaram facilmente as situações que lhe aconteceram, achei que eles eram, como posso dizer, acomodados com o que viam e descobriam. Tirando isso, eu só posso dizer que foi um acerto o enredo e o carinho que pegamos pelos personagens, principalmente o Hugo, a Anne, o Viggo e alguns outros. Também temos os vilões e quando eles entram em ação, até pensamos na nossa própria vida, porque as vezes tentamos ajudar alguém e essa pessoa parece não querer ajuda. Afinal pode ser uma batalha que ela mesmo, deva travar.

Quando iniciei a leitura sabia que a obra teria mais volumes e gostei disso. Ficava pensando, por favor que ela não tenha parado em uma parte muito importante. Que ela não me deixe roendo as unhas e doida, por querer saber o que vai rolar e assim não fique pressionando para sair o próximo. Posso até dizer que as pontas soltas ficaram bem colocadas, elas nos deixam curiosos sim, mas sem nos deixar aflitos. Quero saber o que vai acontecer com os personagens, quais serão as próximas batalhas, mas estou tranquila e feliz ainda curtindo tudo que li. Encanta com a força do pensamento e tudo que aprendi. Eu mesma, já usei muito a força do pensamento e acredito nisso.

Nossa eu estou falando demais, quando gosto de uma leitura fico assim, querendo debater tudo que penso. E agradeço a Camila, por me entender e deixar a ponte livre para conversar sobre tudo que estou pensando. Sei que não soltei spoiler e fico feliz com isso. Não sei se a grandeza dessa leitura, atingira você, como me atingiu. Mas só posso dizer que para mim foi uma grata experiência.

Se eu não consegui me expressar bem, peço desculpas, mas há leituras que nos evoluem de uma maneira, que não adianta falar tudo que penso e sim, torcer para que você goste e aprecie como essa leitora que vos escreve.

Visite o blog:

site: http://amagiareal.blogspot.com.br/2015/08/as-flechas-de-tarian-camila-m-guerra.html
comentários(0)comente



Rita 22/08/2016

Pode uma alma ser dividida?
As Flechas de Tarian
Camila Guerra

Tarian, uma colônia? Um santuário?Um lugar de descanso espiritual? Lá viviam aqueles que abandonavamo mundo e haviam sido resgatados pelas "flechas", seres ou "espíritos" que eram encarregados de trazer para aquele local os que haviam se desprendido do corpo físico, seja pela morte, seja pelo coma.Uma missão esperava por Hugo, vítima de um acidente de carro, cujo corpo estava em coma. Ele havia sido resgatado por Anne, cujo mentor Qarik sabia que ela seria aflecha certa para fazê-lo. No entanto, Qarik não sabia até que ponto Anne era importante para a missão de Hugo até vê-lo diante do Conselho e compreender o objetivo de Baojia ao escolhê-la para aquele resgate. Quem é Eqitra? O que eram os Batedores? Por que Hugo era tão importante para Tarian? E quem é Tugro? Há algum meio de separar almas?
Uma batalha pela liberdade se desenrola em meio a expressões de amor e confiança.
Esse livro me fez lembrar o livro Nosso Lar, de Chico Xavier. Que mistérios nos esperam após a morte? O bem e o mal lutam para conquistar cada um de nós, mas quem somos e o que devemos fazer para evitar as armadilhas sedutoras dos pensamentos e desejos errôneos?
Um livro fascinante e imaginativo que conquista a cada página aqueles que realmente têm gosto pelos mistérios da existência. Que tal conhecer Tarian?
comentários(0)comente



Lilian 09/02/2017

Este é um tipo de livro que me surpreendeu e me prendeu o início ao fim!
Este é um tipo de livro que me surpreendeu e me prendeu o início ao fim! Simplesmente incrível! Comecei sem muitas expectativas, mas acabei me encantando!

A história se inicia com Hugo, quando sofre um acidente e, de repente, no despertar se dá conta de que alguma coisa estranha estava acontecendo. Ele estava em coma, porém sua alma fora resgatada por um lindo anjo, cujo nome é Anne, e foi intitulada a ser a flecha perfeita para aquela missão para resgatá-lo.

Bem, essas flechas são nada menos que almas que já foram resgatadas pós morte por outras flechas e que agora seguem com a missão de salvar outras almas que estão beirando a morte. O objetivo é esse, e mais além disso, as flechas estão sempre se aventurando em várias missões com objetivo de trazer as almas que mais precisam de ajuda para a colônia evitando que as mesmas sejam domadas pelos 'batedores', as almas acompanhadas pela força do mal.

Logo Hugo, uma das almas escolhidas, é levado então para Tarian, um mundo novo e totalmente diferente daquele que já vira. Ali o rapaz ainda se sente confuso, uma vez que não sabe ainda onde está e quem são as forças que estão ao seu redor. Mal espera ele que estaria prestes a se aventurar em uma missão, cujo detentor seria ele mesmo. Porém, ele nem imaginaria que seria querido por todos e tão importante para a colônia de Tarian.

Explico desde já que Tarian é uma colônia cuja existência é paralela à Terra, onde ficam os espíritos que estão fora de seus corpos, como ocorre com Hugo. Todavia, ao ser levado para lá, ele começa a ter algumas memórias e desconfia/descobre que já esteve ali. Além disso, descobre também que é muito importante, pois a liberdade da colônia pode estar em suas mãos!

De forma gradativa Hugo vai se envolvendo mais com a colônia e as almas que ali habitam, principalmente a flecha Anne, que está tão próxima dele a todo momento, de modo que em determinada hora já não quer mais se afastar. Posteriormente Hugo já é nomeado para iniciar algumas missões, e é aí que ele se desespera, uma vez que não sabia o porquê de a Colônia achar que ele era importante ali. Assim, um lado seu quer sumir dali, outro não quer se afastar de Anne.

Adorei a narrativa da autora, foi fluida e objetiva! A diagramação do e-book está simples e não encontrei erros de gramática, ponto positivo! A capa é condizente com o livro e me agradou bastante. Por fim, amei mesmo a forma como a autora desenvolveu os fatos e os personagens!

As Flechas de Tarian é um livro que prende o leitor desde a primeira página até a ultima, tornando quase impossível deixar a leitura. Nessa obra a autora se aprofundou bastante e soube abusar bem da imaginação e dos detalhes. Não sei se já havia mencionado isso antes, mas os detalhes são os que mais me fascinam. Além disso, é carregado de reviravoltas e surpresas que surge a cada página!

E é isso, para quem gosta dessa pegada sobrenatural, essa é a escolha!

site: http://www.leitorasvorazes.com.br/2016/10/resenha-76-as-flechas-de-tarian.html
comentários(0)comente



Teaandbooks_s2 04/02/2017

Sou tariana com orgulho!
“Amar é abrir-se e não estreitar-se. Amar é permitir-se e não punir-se. Aqueles que amam alargam seu horizonte, abraçam seu potencial de realização. Crescem.”
“As Flechas De Tarian” nos traz a história de alguém muito especial. Hugo vê a sua vida mudar completamente quando, por conta de um acidente veicular, entra em coma. Nesse estado, ele é resgatado por Anne e mergulha em uma sociedade quase distópica. Hugo conhece a colônia Tarian.
Ao chegar a Tarian, ele descobre que era esperado há muito tempo. Sua alma, seu espirito tem um pacto com os seres viventes daquela colônia, porém ele não acredita e pensa tratar-se de um sonho.
Anne, uma das fechas mais certeiras e importantes de Tarian, consegue mudar o pensamento do rapaz, ao mesmo tempo em que ambos começam a nutrir sentimentos misteriosos um pelo outro.
Em meio a descobertas, amor e amizade, um mal habita o tempo e fará de tudo para acabar de vez com os ciclos de vida de Hugo. Contudo, será que o guerreiro que existe nele permitirá?
Camila (a autora) mais uma vez me arrebatou com uma de suas obras. Primeiro livro de uma trilogia, “As Flechas de Tarian” me induziu a imaginar um mundo totalmente novo e com um ‘quê’ de mágico.
A obra é perfeitamente completa, trazendo personagens riquíssimos em detalhes, o que os torna quase reais, os torna companheiros de uma longa jornada do leitor.
Esses mesmo personagens e toda a trama central da história nos passam mensagens das mais variadas. A que mais me chamou a atenção foi o fato de o corpo humano, físico, denso ser considerado uma prisão. Não sei se foi a intenção da autora, mas isso só reafirmou para mim que nós não devemos nos limitar, que o corpo que nos mantém aqui é só mais um, mas o nosso espirito sempre prevalecerá.
Genialmente arrebatadoras, as palavras tocam fundo e trazem a busca pela liberdade. Trazem a vontade imensurável de se libertar das amarras em que a nossa mente nos envolve.
A diagramação é impecável. Capítulos numerados e nomeados de uma forma que não me deixavam desgrudar da leitura. A capa é maravilhosa e traz nela símbolos importantes para a colônia tariana.
Mesmo sendo só o primeiro livro, é reflexivo, surpreendente, tenso em alguns momentos, mas, além disso, é uma ficção adorável e que vai fazer você buscar Tarian em seus sonhos.
Ao final, posso dizer com todas as letras que sou uma tariana com orgulho. Livre? Somente depois de chegar à última linha do final cativante dessa trilogia.
Recomendo muito. Mas prepare-se, vai ficar com gostinho de quero mais!
Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:
“A felicidade dela deu-lhe uma força enorme e, pela primeira vez até aquele momento, estava completamente feliz com a oportunidade de viver aquela experiência.”
“Se você não sentir, não vai acreditar. A informação não substitui a experiência!”
“Os corações firmes não perdoam ofensas, pois elas não lhes atingem.”


site: https://www.instagram.com/teaandbooks_s2/ = http://teaandbookss2.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8