Os Sombras

Os Sombras J. R. Ward
J. R. Ward




Resenhas - Os Sombras


68 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


DEBOCAETANO 10/11/2020

Quando pensava em ler uma história sobre os sombras eu achava que seria um livro muito chato, mas até agora, de todos os que eu li, foi aquele que mais me tocou, levando ao ponto de chorar em algumas partes. Entendo perfeitamente o rhage se sentir mal pelo o que acontece com o trez.
Jamile 13/11/2020minha estante
Nessa série, leio sempre um livro atrás do outro. Mas nesses que tem uma carga emocional muito forte, como acontece nesse, e como foi com o do Tohr, eu tenho que dar um tempo, ler outra coisa e seguir em frente.
Esse livro me destruiu emocionante, foi lindo porém eu queria um final diferente.
Mas acredito que lá na frente a J. R. Ward vai fazer o Trez ter um novo amor como fez com o Tohrment.


DEBOCAETANO 13/11/2020minha estante
Estou torcendo para isso tbm, ela não da ponto sem nó, apesar de ter nos destroçados com esses livros




Dayane.Persil 02/05/2020

O choro é livre
De todos os livros da irmandade da adaga negra, esse foi sem dúvida o que eu mais me emocionei, simplesmente eu estava rindo em um momento e logo em seguida pegando um COBERTOR pra enxugar as lágrimas.

Momentos simplesmente lindos de mais que vão ficar guardados no meu coração.
comentários(0)comente



Paula Juliana 30/11/2015

Resenha: Os Sombras - The Shadows /// Livro 13 - Irmandade da Adaga Negra # 13 - J. R. Ward

Altruísmo. Amor. Sacrifício.

Fraternidade.

Família... Destino!

Falar sobre a Irmandade da Adaga Negra é SEMPRE um prazer, mas não quer dizer que seja uma tarefa fácil. O que sinto é que ao longo dos anos, a cada livro que é lançado, a cada parte dessa grande história que é contada é que na hora de vir comentar com vocês e despejar todo o meu amor e meu desespero durante as leituras fica CADA VEZ mais complexo. Cada vez mais entrelaçada a história. No início era cada obra somente sobre um irmão, hoje nessas 600 e tantas páginas ENCONTRAMOS MUITO MAIS. Muito mais que um romance sobre um casal, muito mais que só mais uma história isolada. Então minha gente esse livro mais que nunca fala sobre amor, família, união, IRMÃOS, fé, altruísmo, destino, graças e REENCONTRO, pois Ward minha autora preferida foi maravilhoso reencontrar outra vez essa turma, no decimo terceiro livro e sorrir, rir, chorar e SOFRER com meus irmãos.

Essa obra é FORTE, é intensa, é um grande ''segura'' coração. Controla esse emocional garota que OS SOMBRAS deram um tremendo banho!

Começou muito rápido. Muito Acelerado.

Terminei chorando.

Não tive como controlar, é muita emoção, muito envolvimento com esses personagens e uma escrita que conseguimos sentir tudo até a última palavra.

Os Sombras tem como grande foco Trez e iAm.
Esses irmãos que lutaram a vida toda para fugir de um DESTINO que foi escrito pelas estrelas.
Malditas estrelas.
Ou maldita a raça que tenta as manipular.
Segundo a profecia, Trez é o Ungido. Aquele que vai ser obrigada a se unir a futura Rainha e procriar a espécie. #EscravoSexual
Esse com toda certeza foi um livro sobre Rainhas. Todas com seus tempos e destinos contados.

Trez e iAm fugiram a quase cem anos, eles são Sombras, uma raça assim como os vampiros e os Sympatos, que como os outros tem suas peculiaridades, coisas que ficaram bem mais evidentes durante essa leitura, como a cultura, a capacidade de virar fumaça e de entrar na mente das pessoas.

Se você é fã e está lendo essa resenha sabe que os ''mocinhos'' de Ward não são perfeitos, se não é algum defeito físico como Phury e sua perna, V. com suas mãos, Quinn com seus olhos, ou psicológico como Z. que era escravo de sangue, marcas e mente, Rhage com seu dragão e culpa, Trez e iAm não fogem ao estilo Ward de encantar.
Depois devo comentar sobre nosso Rei Cego!

Trez que viveu uma vida de sexo, excessos, cafetão, dono de boates, até conhecer a escolhida Selena, uma das Eros da Virgem Estriba, Selena foi ensinada a servir e estava muito contente com isso até conhecer o Sombra que não poderia ter. E aconteceu! Eles se vincularam, mesmo Trez tendo seu destino traçado, mesmo Selena sendo uma moça pura e Trez tido fodido Caldewell inteira.

O contraste entre os irmãos era gritante mesmo sendo gêmeos não podiam ser mais diferentes. IAm virgem, um virgem de cem anos, um cara que viveu para seu irmão, que não teve desejos ou anseios até... até voltar para o começo... até encontrar aquilo... aquela... de onde fugiu... de quem fugiu... Buscando uma saída, buscando uma santa solução... iAm encontrou mais que isso, agora só ele pode por fim salvar seu irmão. Ou no fim ambos se salvam? Isso se houver SALVAÇÃO! Afinal estamos falando DELA! E ela sempre nos faz chorar!

Ao longo da série conhecia mais o cafetão Trez que o cozinheiro iAm, realmente pensei que seria totalmente sobre Trez essa história, mas iAm foi totalmente ESSENCIAL, e foi meu lindo preferido, acredito que totalmente merecendo o fim que teve. Falando em fim, foi terrível, mas claro que se tivesse procurando um conto de fadas não estava lendo a Irmandade!

Tivemos uma bela introdução para a volta de Rhage como foco, que é nosso próximo livro, Rhage está mudado ou mudando, ele aparece muito, vêm se sentido mal, tendo digamos que algumas crises que nada tem haver com sua besta, ou assim, eu pensei, Rhage se envolveu muito com o drama de Trez e Selena, assim como se senti culpado por ter sua mulher ao seu lado, por ter sido tão abençoado, quando outros não foram. Afinal... porque a Virgem salvou Mary e não outras? Como essa balança funciona? Não deveriam todas então virar pedras?!!!

Tivemos muitas novidades também, agora minha gente anuncio que A Irmandade da Adaga Negra está aceitando MULHERES! #Pequenospoiller
Paradise nossa linda nova personagem, filha de Abalone, aquele fofo, gostou muito, afinal, nós mulheres também temos direito e devemos saber nos proteger! Salve Ward acabando com o machismo! Vamos ter GUERRA!
Isso é só uma virgula de tudo que foi abordado, de tudo que aconteceu com Trez, iAm, Rhage, Selena, maichen, Xcor - que eu queria dar UM TIRO, dessa vez é sério, e Assail que deu o ar de sua graça mortal!

Foi uma leitura maravilhosa.
Realmente como sempre! O nosso humor lindo, irônico, de referencia, alá Ward presente. Lassiter o anjo caído nos tirando gargalhadas, e pegando pra quebrar quando o lance é sério, V. que foi um ótimo secundário nesse momento, mas é meu queridinho SEMPRE e nosso Rei que SEMPRE me faz Amá-lo MAIS E MAIS.

Fui torturada, quebraram meu coração, me mataram de rir e de chorar, me deixaram emocionada e completamente e novamente APAIXONADA. Acima de tudo vale ler por esses valores da Irmandade, esse amor, essa fraternidade absurda que mexe com qualquer um. Foi um prazer LITERALMENTE. Perfeitamente Maravilhoso!
Não tem como não recomendar Os Sombras e ficar MUITO ansiosa pelo próximo capitulo dessa história. Se você é fã vai amar, se você não conhece, NÃO perca tempo e fique perdidamente enamorada por essa série, por essa linda IRMANDADE DA ADAGA NEGRA!

Paula Juliana

site: http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/11/resenha-os-sombras-shadows-livro-13.html
Uil Melo 30/11/2015minha estante
Amei sua resenha Paula! Me instigou a ler! Venho adiando esse livro há um tempo... Me mata um pingo da minha curiosidade: iAm tem um final feliz? Só me diz isso... kkkkk


Paula Juliana 01/12/2015minha estante
Simmmm! Me apaixonei por ele!
Obrigada Uil


Uil Melo 02/12/2015minha estante
Ufa! Vou tomar coragem e ler então! Bjs


Ana 29/12/2015minha estante
Amei a resenha! Estou cmeçando agora Os Sombras... Li O Rei ontem e simplesmente amei, a cada livro a complexidade da série aumenta e meu coração fica mais e mais destroçado....




Cris Paiva 18/11/2015

Se eu não tivesse corrido atrás de tantos spoilers na época do lançamento desse livro, com certeza eu tinha me acabado de chorar!! Tá, eles tiraram um pouquinho da graça, mas em compensação eu evitei os olhos vermelhos, a cara congestionada e o povo inxerido perguntando o que tinha acontecido.

Você já começa lendo a história de amor entre o Trez e a Selena, com um gostinho amargo. Afinal, você que segue a série SABE que o Trez vai ter de casar com uma princesa-cretina no s’Hisbe, e ser o brinquedinho sexual dela para o resto da sua vida, e também SABE que a Selena tem uma doença incurável e fatal que ataca as Escolhidas, que vai paralisando os membros e acaba por transformar as pobres coitadas em estátuas. Ou seja, o prognóstico para o romance é PÉSSIMO!

Mas nem por isso o livro deixa de ser fofo. O Trez resolve aproveitar o pouco tempo que lhe resta, antes de virar brinquedinho, em mimar a sua rainha; Selena. E ele faz isso em grande estilo; muito sexo quente, noitadas na cidade em um restaurante chiquérrimo e uma perseguição maluca promovida pelo Fritz nas ruas da cidade. O homem sabe causar!!

Lá pela metade do livro entra em cena o irmão gêmeo do Trez, o iAm, que resolve tentar salvar a amada do irmão invadindo o s’Hisbe e vasculhando seus segredos em busca da cura de Selena, e acaba se envolvendo com a maichen, e vivendo sua própria história de amor. Agora você entendeu o plural no título, não é? OS Sombras ao invés de O Sombra! A danadinha da Ward resolveu economizar e escreveu um dois em um.

Apesar dos montes de spoilers que eu li o livro ainda me guardou algumas surpresinhas que eu não estava esperando e que me fizeram cair o queixo!! Quer saber o que? Leia o livro ué!

Ainda temos várias participações especiais da irmandade, do fofo do Revhenge e somos levemente apresentados a nova série da autora e seus personagens principais; Paradise e o bonitão que foi fazer inscrição para o programa de treinamento da irmandade. E também fica claro para todo mundo que o próximo livro da IAN vai ser ser sobre o Rhage, de tanto que ele apareceu na história.

Aguardando ansiosamente os próximos spoilers!!!
Silvana Barbosa 18/11/2015minha estante
No Facebook vi que o próximo será "A besta" , sobre o Rhage mesmo , vc está certa ! E eu ainda tô atrapalhada aqui , lendo o livro 7 , do Rehv ... ai , ai .


Cris Paiva 18/11/2015minha estante
Continue firme e forte que vale muito a pena!




Luara.Probo 21/11/2017

Não foi a Ward quem escreveu esse livro.
O John Green e o Nicholas Sparks escreveram e colocaram o nome dela. Certeza. O livro é maravilhoso, mas o coração doeu muito. Pelo menos o final o é fofo.
Palominha 07/01/2018minha estante
Chorei litros, quase não consigo terminar de ler com tantas lágrimas nos olhos. Kkkk Amei demais!! ??


Pandora 08/02/2018minha estante
Não sei como terminei de ler esse livro de tanto que chorei.




Priscila 22/09/2016

Esse livro foi de longe uma leitura empolgante, gosto bastante da autora e da série, mas esse romance de Trez e Selena foi um pé no saco, me senti lendo uma história de Nicholas Sparks, pelo amor de Deus!
Queria muito ler mais sobre iAm, porém o personagem foi tão pouco trabalhado, tudo sobre ele girou em torno de Trez.. Pelo menos o final pra iAm foi bom, mas não achei fantástico, como geralmente é o desfecho da autora, pareceu um final corrido e pouco emocionante.
Quem me fez feliz nesse livro foi Layla e Xcor, to ansiosa para o livro deles!
Ju 16/01/2020minha estante
Também achei chatinho o casal Trez e Selena, primeiro porque não senti química, achei a paixonite dele pouco convincente e lonnnngos trechos de sexo,teve hora que deu vontade de pular as páginas...
Também to muito ansiosa por Layla e Xcor, acho o casal tão fofo!! Pensando até em pular esses livros dos recrutas, só não vou pular A Besta porque acho que vai ter mais deles dois...




Viviane Schneider 29/05/2020

Gostei
A história é muito linda, só que imaginava um final diferente para o Trez, amei o desfecho de iAm. Vale a pena ler.
comentários(0)comente



Jessiane.Stein 10/07/2020

Os Sombras
Eu ainda não sei o que achar desse livro, meu Deus como eu chorei com o Trez, como me alegrei com o iAm... ainda não sei o sentir... mas leiam...
comentários(0)comente



carlinha 29/08/2020

Os sombras
Esse livro me surpreendeu , sempre amei os livros da irmandade , mas esse foi emocionante , não tem como segurar as lágrimas com Trez e Iam , simplesmente maravilhoso do início ao fim .
comentários(0)comente



Andreia 05/01/2020

Maravilhoso!
Apesar de ter lido em alguma resenha, que o final desse livro era muito ruim fiquei com medo de não gostar da história dos Sombras, mas, como todo livro tem que ser lido pra saber se vamos gostar ou não, eu amei esse livro, o amor que une esses dois irmãos é sem duvida nenhuma, a parte mais importante do livro. Tudo tinha que acontecer como aconteceu no desenrolar da historia dos irmãos, porque, nem tudo pode ser felicidade afinal de contas. Em segundo plano nossos vampiros estão demais, sempre unidos para o que der e vier e Lassiter um amor de anjo, sempre fazendo a gente dar boas gargalhadas. Enfim, esse livro me deixou muito curiosa para o próximo da série.Cinco estrelas sem Sombra de dúvida kkkkkk
Ju 16/01/2020minha estante
Acabei de ler, mas tira uma dúvida?? Como o iAm conseguiu sair do Território, depois que o Trez fugiu pelo duto do ar?? Não lembro como foi...




Pamela 20/06/2020

Desapontada... mas não sei com quem
Bom, primeiro vamos contextualizar minha jornada com a série até aqui.
Comecei a ler IAN em 2013 (amém skoob por nos ajudar com as datas) e devorei um livro atrás do outro. Em 2014, eu lia O Rei (que pra mim, seria o último livro da série, afinal, 12 livros já estava mais que bom, né). Amei todos os 12 primeiros livros, alguns entraram para minha lista de favoritos do skoob (que eu administro com grande seriedade como se fosse algo importantíssimo rs).
Quando eu soube que haveria o 13° livro e que seria sobre os sombras, eu desanimei. Na época, eu achava que o livro não seria bom, eu não queria saber a história dos sombras, queria saber a histórias dos vampiros, e lá no fundo queria que a Ward desse um final digno para a série antes que ela se perdesse completamente.
Bom, bati meu pé que o livro seria ruim e abandonei a série.
Passamos agora para 2020, 6 anos após a minha leitura de O Rei, no meio de uma pandemia, muito tempo livre, e uma Pamela em uma sequência de livros de romance lidos que não lhe agradaram.
Após chegar a conclusão que provavelmente tinha cansado dos livros de romances românticos e partir pra outros estilos de leituras (li terror, suspense... e adorei), vi em um Instagram literário uma foto de uma estante com toda a coleção de IAN e fiquei chocada em como a série tinha crescido, quantas coisas eu perdi... como assim são 17 livros???
Bem, adivinhem? Resolvi terminar a série.
E aqui começa o meu desapontamento...
Fui ler Os sombras de coração aberto, principalmente depois de ver tantos elogios sobre o livro. Mas o livro não me envolveu nem um pouco. Não posso dizer que foi uma leitura chata, mas não foi a mesma coisa dos outros livros.
Não me envolvi com o casal Trez e Selena, pelo contrário, achei o casal chato. Teve algumas cenas emocionantes, claro, mas que não sustentaram o livro.
Não entendi o que estava acontecendo com o Rhage, provavelmente ela já estava introduzindo a historia do próximo livro, que é dele, mas bufei algumas vezes com tantas repetições. Venhamos e convenhamos, depois do Trez e do Iam provavelmente ele é o personagem que mais aparece e sempre com os mesmos questionamentos. Super válidos, claro, mas contribuiu para deixar o livro cansativo.
Pra não dizer que nada me cativou, curti bastante o romance da Layla e do Xcor, pena que foram poucas cenas...
Gostei, também, da história do Iam com a Catra, porém, mais uma vez... poucas cenas por não ser o casal principal.
Resumindo, termino esse livro desapontada, tantos anos longe dessa série, esperava ter um retorno melhor. Agora fica a dúvida se o problema foi eu (por não estar numa maré muito boa com livros de romance) ou realmente o livro deixou a desejar em relação aos anteriores.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Tinah Da Silva 06/05/2020

Perfeito
Cada vez mais entrelaçada a história. No início era cada obra somente sobre um irmão, hoje nessas 600 e tantas páginas ENCONTRAMOS MUITO MAIS. Muito mais que um romance sobre um casal, muito mais que só mais uma história isolada. Então minha gente esse livro mais que nunca fala sobre amor, família, união, IRMÃOS, fé, altruísmo, destino, graças e REENCONTRO, pois Ward minha autora preferida foi maravilhoso reencontrar outra vez essa turma, no decimo terceiro livro e sorrir, rir, chorar e SOFRER com meus irmãos. 
comentários(0)comente



Tudinha's 12/10/2020

Uau!
Que livro incrível e emocionante! E eu que, qdo comecei achei que seria chato, ainda bem que fui até o fim!
comentários(0)comente



68 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5