Tudo que se perde, tudo que se ganha

Tudo que se perde, tudo que se ganha Clarissa Corrêa




Resenhas - Tudo que se perde, tudo que se ganha


9 encontrados | exibindo 1 a 9


dudavaladare 29/01/2021

Fiz a leitura deste livro no ano passado e simplesmente não curti tanto, é um livro bem repetitivo mas não deixa de ser um livro bom apenas por isso.
Vários parágrafos se repetem mais de 2x e isso que me deixou meio frustada mas é um livro bom pra quem gosta de ler esse tipo de livro, ele fala sobre autoestima e autoaceitação. Se eu não me engano ele conta algumas histórias da autora a Clarrisa.
Não é um livro que eu recomendaria para muitas pessoas mas não é um livro ruim?
Su 29/01/2021minha estante
Me senti do mesmo jeito que você quando li esse Livro ano passado também. Mantive na coleção por ter algumas marcações que foram legais. Somente por isso.


dudavaladare 29/01/2021minha estante
Oi pessoas que estão curtindo isso! Eu tenho um bookgram/studygram e lá eu falo mais um pouco sobre livros, me sigam lá @estuda.dudies




Bruno 19/03/2020

Ótimo?perfeito!
E um livro de alto ajuda,ótimo.um livro que vai enaltecer os seus valores
comentários(0)comente



Vanessa Gravini 14/11/2015

Se você está down...
Esse é um livro pra quem está com a autoestima no fundo do mar, pra quem está acima do peso e convive com os altos e baixos das inúmeras dietas existentes. É um livro pra você aprender a se aceitar sem se importar com a opinião dos outros, pois os outros sempre vão achar algum defeito em você, mesmo que você esteja satisfeito consigo mesmo( se é que existe alguém 100% satisfeito). É conviver da forma que te faz feliz e, se por acaso você não estiver satisfeito com algum aspecto da sua vida, fazer com que você acorde e corra atrás da mudança.
comentários(0)comente



Biraka.b 25/02/2020

Para Refletir
Um livro de crônicas muito bom pra quem precisa de uma dose de amor próprio! É interessante ver como algo que é insignificante em nossas vidas, pode ser um problemão para o próximo, e vice-versa.
comentários(0)comente



Tefy 20/05/2020

Gostei
Super leve de ler, porém em algumas partes achei repetitivo e não me surpreendeu tanto como gostaria.
comentários(0)comente



vaneperola 01/02/2016

Um livro leve e cheio de riso.
Conheço a Clarissa por causa das suas frases que circulam na internet, mas nunca tinha lido nenhum livro dela. Até entrar na livraria, ficar futucando tudo até achar um livro pra chamar de meu e levar pra casa.
Encontrei então o livro Tudo que se perde, tudo o que se ganha e sem ler a sinopse resolvi ir logo ao caixa e realizar o pagamento, já que minha amiga estava com pressa.

"Um belo dia a Clarissa se olhou no espelho e percebeu que tinha engordado uns 40kg e isso foi como uma bomba. Ela percebeu que não adiantava mais fugir: estava infeliz, nenhuma roupa servia, o seu complexo fazia com que ela se afastasse dos amigos, a balança era uma verdadeira inimiga, e por causa do seu corpo a sua vida inteira estava um verdadeiro caos. Ela podeira se entregar ou fazer algo para mudar isso, e foi quando ela optou pela segunda opção.
O livro é recheado de crônicas interessantes, irônicas, reflexivas e engraçadas que nos leva a saber o que pensamos sobre nós mesmo, independente do que as pessoas falam, a relação entre seu corpo e sua mente é o que fazem você ser o que é. E nos leva também a termos um sentimento de amor por nosso corpo e assim nos leva a cuidar mais dele.
Mas ela não está aqui citando que o ideal é ser magra, ela deixa isso bem claro o tempo todo. Ela conta a sua história, que ela não gosta de se olhar no espelho e se ver gorda, porém se você se ver e consegue se aceitar assim, isso é ótimo. Enfim, eu gostei muito do livro e me identifiquei em várias partes mesmo, indico porque tem linguagem simples e próxima do público."

site: https://amorvidafe.wordpress.com
comentários(0)comente



Paulina 09/08/2016

TUDO QUE SE PERDE, TUDO QUE SE GANHA
Acredito que toda mulher tem uma fase na sua vida que começa a ver defeito em tudo: no cabelo, nas roupas, na vida amorosa e principalmente no seu corpo. A procura por ganhar ou perder peso, perder aquele pneuzinho ali, odiar algo que todo mundo diz que "está ótimo desse jeito", mas que você sabe que na verdade tem algum probleminha. É sobre esse tipo de probleminha e que se torna um problemão, que Clarissa Corrêa conta em "Tudo que se perde, tudo que se ganha". As mais diversas crônicas pelo qual esse livro é constituído giram em torno de vários momentos da vida da autora no período em que ela perdeu 40kg.

“Dizem que o corpo fala. Se isso é verdade, meu amigo, o meu grita.Se tem algo que não existe é a perfeição! Mesmo assim, estamos sempre correndo atrás da última novidade para secar a barriga ou para deixar o cabelo perfeito. Ser mulher muitas vezes parece ser um desafio diário que requer paciência, motivação e, principalmente, força de vontade! Força de vontade para lidar com as eternas insatisfações femininas, motivação para manter a autoestima em alta, paciência para lidar com quem ainda não percebeu que a beleza vai muito além daquilo que foi definido como padrão. Atenta a todas essas angústias que povoam o universo das mulheres, Clarissa Corrêa nos envolve com suas divertidas narrativas que mostram tudo o que se perde ao assumir que estamos infelizes e tudo o que se ganha ao se concentrar na mudança."

O livro inteiro retrata os momentos, o processo, as dificuldades, os problemas, as vitórias, os micos, os detalhes, os surtos, as neuroses, as dietas vivenciadas e as experiências que a autora passa nessa aventura (não tão fácil) que é a busca do peso ideal. Os momentos de não querer sair de casa por conta do peso, das dificuldades em começar a academia, em reeducar a alimentação, manter o foco em emagrecer e tantas outras que fazem com que cada um perca a disposição só de pensar são relatos de maneira bem simples e de fácil compreensão.

O livro tem uma diagramação muito fofinha, tanto na capa quanto nas páginas. Dá até vontade de ler só pela própria capa! O título também é muito instigante, e cá entre nós, muito bem planejado, fazendo muito sentido na história toda. Tudo que se perde ao assumir a infelicidade e tudo que se ganha ao buscar a mudança.

A leitura é leve, fácil, divertida, tornando-se assim rápida e envolvente. Você acaba se vendo em algumas crônicas, trazendo uma certa familiaridade. É um livro bem feminino, diria que um conselho de mulher pra mulher. Provavelmente um homem não teria curiosidade em ler esse livro.

De um modo geral, Clarissa Corrêa relata alguns fatos e divide experiência com cada leitor, trazendo de forma dinâmica tudo aquilo que ela passou na sua busca pela perca de peso, na aceitação do seu biotipo, das coisas que um dia quis modificar e que muitas vem passando ou já passaram por esse momento. Em "Tudo que se perde, tudo que se ganha", é reforçado tudo que já sabemos, mas que nunca temos coragem de admitir e compreender verdadeiramente.

Um livro para valorizar quem você é. Um empurrãozinho para o amor próprio.


site: http://naoseavexe.blogspot.com.br/2016/05/resenha-tudo-que-se-perde-tudo-que-se.html
comentários(0)comente



Li Caldas 26/03/2018

Excelente!
"Tudo que se perde, tudo que se ganha" é um livro que vale a pena ser lido. De leitura cativante e divertida a autora nos faz refletir sobre as neuras do corpo perfeito, as dietas doidas que levam à nada, para nos mostrar que o mais importante é cuidar da saúde e estarmos bem com o nosso corpo. Recomendo!
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 09/09/2019

Uma seleção de crônicas divertidas sobre peso e a busca pelo corpo ideal.

Empreste esse livro na biblioteca pública

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788582353165
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9