Sonhos Partidos

Sonhos Partidos M. O. Walsh




Resenhas - Sonhos partidos


45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Caroline.Mangegali 02/04/2021

A premissa do livro é interessante e a forma de escrever do autor é boa também. Porém os personagens principais não são cativantes, você não se identifica com eles, o que faz a leitura ficar em um ritmo devagar
comentários(0)comente



Cíntia 26/11/2020

Um livro rico de lembranças
A história se passa em Baton Rouge, capital da Louisiana, em especial no verão de 1989, quando Lindy Simpson foi estuprada perto de casa.
A história é narrada por um dos suspeitos do estupro de Lindy, que na época era um adolescente, vizinho e obcecado pela vítima.
O narrador fica beirando em lembranças antes do estupro - depois do estupro, e vai lembrando de acontecimentos que envolvem a vida dele.

É um tema polêmico, mas M. O. Walsh se expressa tão bem, que não consegui não me sentir parte da história. Me emocionei e até chorei em alguns acontecimentos.
No início parece um livro de mistério, mas longe disso, não é. É uma história sobre a vida, que mostra como os acontecimentos nos mudam e nos moldam, fazendo com que nos tornemos as pessoas que somos.
comentários(0)comente



Nath 20/08/2020

Tirei lições que vou levar a vida inteira
A história começa no verão de 1989, quando Lindy Simpson foi vítima de estupro. Para um bairro tão pequeno em Baton Rouge, Louisiana, os suspeitos do crime são muitos e entre eles, está o narrador da história, um admirador secreto da garota. Descobrir quem foi o culpado pelo crime é apenas uma das coisas que acontecem no livro, pois é por meio das lembranças do próprio narrador que somos levados a entender como a culpa, amor e separações podem transformar a vida de maneiras irreversíveis. O livro me arrancou lágrimas no final e vai ficar num lugar especial no meu coração!
comentários(0)comente



Ana Paula 05/06/2020

Achei pesado, vagaroso e cansativo. O narrador divaga tanto que em diversos momentos me vi compelida a pular diversas páginas. Fiquei triste pela situação da Lindy, de resto, não consegui criar uma conexão com o personagem principal.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



va 19/04/2020

Sonhos Partidos
A história se passa em Baton Rouge- Louisiana e conta a vida antes e a partir do estupro de Lindy Simpson, um caso que mudou as pessoas e a cidade. É contada por meio das lembranças do narrador, um dos suspeitos do crime.
comentários(0)comente



Leh 26/03/2020

Livro emocionante, com um tema polêmico e tratado de uma forma bem realista.
Sonhos Partidos é uma narrativa abertamente honesta e sutil, que aborda o significado da família, das amizades e dos contextos capazes de nos moldar ao longo dos anos.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Thainná 06/03/2019

Foi difícil terminar a leitura
Comecei o livro empolgada, parecia uma ótima leitura e fique feliz por isso.
Entretanto, conforme acompanhava o desenrolar da história, fui perdendo a motivação.
O livro gira em torno do estupro de Lindy Simpson, uma criança, amiga do narrador (que, surpreendentemente, não tem nome). Ele conta como se conheceram, como se apaixonou por ela e, mais do que isso, fala sobre o quão obcecado ele era por ela. Nossas suspeitas sobre o criminoso não se concretizam até o final do livro, pois acompanhamos as suspeitas do próprio narrador conforme ele as tinha no decorrer do história.
Também acompanhamos como se torna a vida do narrador e da Lindy após o crime,
o relacionamento dos dois e com os outros também. As mudanças que isso causou no bairro todo...
O livro é arrastado, o narrador divaga MUITO, às vezes por assuntos totalmente dispensáveis à narrativa.
Confesso que pensei em abandonar o livro diversas vezes e tive dificuldade em finalizá-lo.
Cheguei a pular algumas páginas pra conseguir me manter interessada pela história.
Conhecemos profundamente alguns personagens, de acordo com a relação do narrador com os mesmos. Lembre-se que, a história, apesar de ser contada por adulto, retrata muito da visão que ele tinha quando criança. Às vezes se permitindo refletir sobre isso pela sua visão adulta, às vezes não.
É um livro que, honestamente, não sei se vale a pena ser lido e indicado... Trata de um tema extremamente delicado de forma desleixada, eu diria. Sem muito cuidado.
comentários(0)comente



cris.leal 09/12/2018

Nostálgico...
“Sonhos Partidos” refere-se às memórias do narrador, um homem que no verão de 1989, quando tinha 14 anos, foi apontado como um dos suspeitos do estupro de Lindy Simpson, uma das garotas mais bonitas do bairro e sua grande paixão desde os 11 anos. O crime ocorreu na rua familiar onde moravam, e pelo ponto de vista do narrador vamos obter informações sobre os vizinhos, a vítima e sobre ele próprio, que persiste e resiste a tudo por amor à menina, inclusive às mudanças de personalidade pelas quais ela passa após a violência que sofreu.

Há um mistério acerca do crime e isto impulsiona a história, mas o ponto principal, aquele que me fez gostar do livro, é o que acontece com o narrador que, ao mesmo tempo que quer provar inocência e ser aceito por Lindy, precisa conviver com o divórcio dos pais e com a morte de uma irmã. Esses eventos contribuem para o seu gradual amadurecimento e acabam por moldar o adulto que ele vai se tornar.

O livro desperta uma certa nostalgia. Faz a gente lembrar das inseguranças e das ilusões da adolescência, do primeiro amor e da predisposição de se entregar de corpo e alma a ele, esperando ser correspondido. A trama se arrasta um pouquinho em alguns momentos, mas no final o autor consegue amarrá-la direitinho.

site: https://www.newsdacris.com.br/2018/12/resenha-sonhos-partidos-de-m-o-walsh.html
comentários(0)comente



Deise.Maria 13/07/2018

Intrigante
A história se passa em uma pequena cidade da Louisiana, onde um jovem narra a vida cotidiana dos moradores e sua adolescência ali, inclusive sua paixão por Lindy, uma jovem que tem sua vida destruída apos sofrer abuso sexual. Apartir dai esse jovem fica obcecado em querer descobrir quem cometeu o crime ao passo qie procura se aproximar de Lindy.
Bom vou ser breve em minha resenha pq eu achei a narrativa desse livro muito cansativa pq o narrador ele passa muito detalhes da cidade e moradores e outros assuntos o que tornou a leitura enfadonha, ate achei que a identidade do estuprador nao fosse revelada kkkk ate que depois de mais ou menos 20 anos ao ler o diário de sua irmã já falecida, Hanahh es que o narrador chega ao criminoso, o que nao gostei foi o fatp da própria Lindy nao ter sido informada sobe p criminoso mas entendi o pq dele nao contar pra ela, pq simplesmente ela já estava bem e seguindo sua vida enfim mas o final me surpreendeu e seria bom se todo homem de dignidade lesse esse livro pra saber como crime desses afeta a vida de uma mulher.
comentários(0)comente



dayukie 03/03/2018

"Livro lindo, emocionante, tema polêmico e tratado de uma forma realista. Adorei a escrita da autora, o desenvolvimento da história. A revisão do livro é muito boa, sem erros de digitação ou tradução. A capa eu achei linda, porém é simples, não demonstra o conteúdo que podemos encontrar dentro do livro, mas indico a leitura para quem tem interesse nesses assuntos."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/rvBmKN
comentários(0)comente



Compre pela capa 07/01/2018

"SONHOS PARTIDOS" DE M. O. WALSH
ENREDO

Logo no primeiro capítulo o narrador nos descreve o estupro de Lindy Simpson, sua amiga e vizinha de 15 anos, pertinho da casa deles. Aconteceu no verão quente de Baton Rouge, Luisiana em 1989. A cena é como um estupro: chocante, horripilante e nojento.

No começo da leitura, achei que a personagem principal fosse Lindy, mas me enganei. O personagem principal é o narrador, sem nome (detalhe que só percebi agora escrevendo a resenha), um adulto nos contando sobre sua infância e adolescência, e sobre como era perdidamente apaixonado desde criança por Lindy, e posteriormente na adolescência se tornou obcecado por ela. Sim, a paixão se tornou obsessão, e ele foi até mesmo considerado um dos suspeitos do crime, por causa de uma caixa suspeita que sua mãe encontra embaixo de sua cama. Mas o que tinha dentro da caixa?

Logo após ao crime, Lindy perde totalmente sua personalidade e se torna uma adolescente rebelde, fatos totalmente compreensíveis para quem acabou de ser estuprada e teve sua infância roubada. Seguindo seus passos, o narrador nos conta que também se torna rebelde, por causa dela. Ele a venera, vive sua vida em função dela e acaba deixando de lado seus problemas pessoais, como seus pais divorciados e a ausência e raiva que sente do pai que os trocou por uma mulher mais jovem.

Sentindo-se de alguma forma culpado pelo estupro de Lindy, nosso narrador tenta incessantemente descobrir quem foi o autor do crime. O motivo da culpa dele não é apenas por gostar muito de Lindy, ele têm motivos muito mais sérios para se sentir culpado. Além da culpa, ele sente-se conectado com Lindy após um acontecimento triste devastar sua própria família. É nesse ponto que a leitura fica mais interessante. Vários suspeitos moram ou já passaram pelo bairro de Lindy, e o narrador descobre quem era o estuprador de uma maneira totalmente inesperada e curiosa.

OPINIÃO

Um dos pontos mais interessantes do livro é a parte em que o tio do narrador aparece na história, e eles passam um tempo juntos, satisfazendo assim a falta que ele sentia de seu pai ausente.

"Tudo isso para dizer que o que meu tio Barry me revelou naquele verão foi como os adultos são estranhos e complicados. Quando criança, você supõe que os conhece porque os vê com frequência e porque eles cuidam de você. Mas cada pessoa adulta que você encontra na vida está arrastando atrás dela uma fileira invisível de muitos fantasmas, dos quais, quando se é criança, você é generosamente poupado de conhecer".

Sonhos Partidos fala sobre estupro e amor obsessivo adolescente. Sobre perdas e solidão. Fala sobre tristeza e suicídio. Sobre como acontecimentos horríveis moldam as pessoas e seus futuros.

site: comprepelacapa.wixsite.com/home
Alexia | @leituracomleveza 25/08/2018minha estante
Eu também só me dei conta que ele nao tem nome agora, quando fui escrever a resenha




45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR