Abril Obstinado

Abril Obstinado Aline Sant' Ana




Resenhas - Abril Obstinado


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Daaniih_ 30/04/2020

Amo fechar o mês com esses contos
Gostei bastante, eu amo esses contos da Aline, porém esse não foi um dos melhores. Não gostei mto do casal principal, Jace e Lucas eu amei bem mais e acho q eles teriam uma história melhor.
Ansiosa pro conto de maio!!
comentários(0)comente



vannessa 20/02/2020

Adorei
Rebecca e Ben se conhecem na faculdade e a atração de ambos é imediata. Eles namoraram durante três anos e com uma proposta de financiamento de suas pesquisas Ben termina seu namoro e parte pra Las Vegas deixando Rebecca com esperanças.
Ela só não contava com a descoberta do casamento de Ben e parte para tentar descobrir os motivos que levaram a esquecê-la. O que as pessoas são capazes de fazer para conseguir o que querem? Será que Ben vai jogar tudo pro alto e embarcar nesse novo amor? Aline como sempre nós brindando com histórias emocionantes.
comentários(0)comente



Quel Magda 04/09/2017

A música desse livro deveria ser "no dia do seu casamento" da Maiara Maraísa rsrs
comentários(0)comente



Maravilhosas Descobertas 02/04/2017

ESPECIAL DE JANEIRO A JANEIRO: ABRIL OBSTINADO, DE ALINE SANT'ANA
De Janeiro a Janeiro é uma série de doze contos, escrito por Aline Sant'Ana.
Cada livro é dedicado a uma leitora em especial, que escolheu a cidade, o nome dos personagens e uma música que inspirou a autora a escrever cada história.
Então vamos conhecer Rebekah e Ben em Abril Obstinado.

"Independente do que decidir, espero, do fundo do meu coração, que seja feliz."

Rebekah é uma garota doce, determinada, estudante, mora com a mãe e o irmão mais velho Lucas. No dia do seu aniversário ela resolve curtir e acabando tomando um porre geral, resultado: está no alojamento do melhor amigo Jace e passando muito mal, ao ponto de Jace muito preocupado ter que recorrer a um amigo estudante de medicina para ajudá-la, ele relutou mas ajudou e ali surgiu o início de um convite, namoro, amor... Quem diria que num momento desses alguém pudesse despertar sensações? Pois é, Ben despertou nela e vice versa.

"Os médicos deveriam receitar remédios aos apaixonados. Principalmente no primeiro estágio da paixão, no qual parece que você está com hipertensão ao invés apaixonada."

Ben é inteligente, estudioso e um rapaz tímido. Ele tinha problemas com os pais, e encontro em um estranho que se tornaria seu melhor amigo um porto seguro. Ele queria ser alguém melhor, não só no status (médico famoso), mas uma pessoa melhor, um homem melhor. Ele se mudou pra Las Vegas em busca de alçar seu objetivo (deixando pra trás seu coração), ser o melhor médico de Nevada.

"Percebi que me encaixava tão bem em seus braços que suspeitei do fato de Deus criar quebra-cabeças e não pessoas."

A história é contada em dois tempos, 2011 e 2015, anos onde a Rebekah se lembra do momento em que conheceu e se apaixonou por Ben e ano atual onde ela está seguindo sua vida solteira, empreendedora, mas ainda com sentimentos por um certo médico. Afinal o amor não pode acabar assim né.

Após um ano do fim do namoro, Rebekah fica sabendo que ele vai se casar, e isso a afeta profundamente, tanto por ainda nutrir um amor por ele, tanto pelo fato de que o conhecendo tão bem não acha isso possível em tão pouco tempo. Ele não mudaria tão rápido, ou mudaria? Será? Ela inda se lembrava do momento da separação e da promessa que ficou no ar.

"Vou te amar até o meu último segundo nesse mundo. Isso, para mim, é o nosso eterno."

Em um certo momento a história muda para os olhos de Ben e é ali que o OMG sai da minha boca. Sim, o que eu imaginei era verdade. Ele tem escolhas a fazer, rumos a tomar, e só ele pode e tem o poder de tomar as rédeas da sua vida. E como se não fosse um OMG, se seguiram mais 2,3,4... muitos, nesse e em outros momentos.

"...Se existe algo que aprendi a respeito de nós dois, é que somos fortes, somos invencíveis, somos especiais e amamos um ao outro. Você é tudo o que eu preciso..."

Haha e como é bom imaginar tudo o que é narrado pela linda Aline Sant'Ana. Este é o quarto conto da série e me surpreendo sempre lendo-os. A forma como escreve, descreve momentos e sensações, é impressionante o dom que ela tem em nos levar a viajar junto com ela na história.

O conto é lindo, com uma ou melhor duas histórias extremamente apaixonantes. Conhecer a decidida Rebekah, o lindo e forte Ben, o doce Jace e o encantador Lucas, foi de uma emoção enorme. Amei define bem o que eu senti por esse conto tão obstinado!
Super indico esse e todos os outros contos da Aline, aliás devo dizer que a Série Rockstar também está um arraso! Então escolhem, como nossos personagens escolheram, e se deixem levar pelas histórias.

"É, a gente encontra o amor da nossa vida das maneiras mais inesperadas.
E todas elas são inacreditáveis."

Curiosidade: Músicas temas
Conto Abril Obstinado: Speak Now, de Taylor Swift.
Série De Janeiro a Janeiro: De Janeiro a Janeiro, de Nando Reis.

site: http://www.maravilhosasdescobertas.com.br/2017/04/especial-de-janeiro-janeiro-abril.html
comentários(0)comente



nathfsousa 13/03/2017

Apaixonante
Até onde você iria pelo amor da sua vida mesmo que vocês não estejam mais juntos? Rebekah ainda não entende, após um ano, o fim do namoro perfeito que ela tinha com Ben. Mas quando descobre que Ben está prestes a se casar ela decide tirar essa história à limpo. A história de Ben e Rebekah é linda e você torce do começo ao fim para que tudo termine bem. Além de ter personagens secundários igualmente apaixonantes.
comentários(0)comente



Três Leitoras 23/07/2016

Resenha: Abril Obstinado - De Janeiro a Janeiro #04
Pra quem adora contos, não pode perder essa resenha!

Quem nunca nessa vida já tomou um porre daqueles? Mas poucas pessoas tem um amigo de verdade, para segurar seu cabelo enquanto você esta tri bêbada, vomitando, não é?!

Rebekah está trocando os pés pelas mãos, então seu amigo Jace deseja levá-la ao hospital, mas como ela não quer ir de jeito alguma ele pede "socorro" a um colega de república, Ben Gold que é estudante de medicina.

O clima entre Beka e Ben é instantâneo e todos os sinais de paixão percorrem seu corpo... Nítido a quem quer ver. Mas eles resolveram deixar levar e ver o que isso pode dar.

As coisas começam a fluir naturalmente, de forma beeeemmm fofa *_*

Passaram-se três anos e o relacionamento deles está bem, até que Ben tem uma bela proposta de trabalho... Daquelas que só se recusa sendo muuuuito pamonha rs

Garota Perfeita x Profissão dos sonhos

Eis que Ben escolhe aceitar a oferta de emprego. Mas junto com a escolha, ele pôs um fim no romance deles.

Desde então um ano se passou.

Beka já estava conformada com a partida de seu amor, mas sua estrutura é novamente abalada quando ela fica sabendo que ele está de casamento marcado (eu dei um grito quando li isso, gente...) Como assim? Em um ano ele já tá de casamento marcado... Bekaaaaaaa, o que você vai fazer?

"- Não me importo se ele mudou o gosto para vinhos ou para conhaque, se ele fuma, se ele tem dólares para limpar a bunda, Jace. Eu me importo com o homem que amei!"

Beka vai atrás de Ben. Isso ai garota. Gostei!!!

E vocês acham que eu vou contar o que vai acontecer? Jamais.

Mas dou uma bela adiantada que irá aparecer personagens marcantes e engraçados como Jace e Lucas.

Vamos descobrir os motivos de Ben ter partido.

Rebekah é uma mulher extremamente corajosa e decidida... Tirei meu chapéu para ela, pois eu não tenho muita certeza se faria o mesmo não, minha gente... Mesmo sendo meio maluquinha assim.

A narrativa é mesclada no ano de 2011 e 2015... Mas tenho que dizer, o conto tem cerca de 70 páginas e eu ficava maluca pra chegar nas partes de 2015. kkkkkk

E eu fico por aqui com essa indicação maraaaaaa para você, pois se eu escrever mais eu vou bombardear de spoiler.

A música que serve de trilha para esse conto é Speak Now, da Taylor Swift.

site: http://www.tresleitoras.com.br/2016/07/resenha-abril-obstinado-de-janeiro.html
comentários(0)comente



Paraíso das Ideias 30/04/2016

Dizem que quem tem amigos tem tudo e esse conto é um ótimo exemplo.
Após uma noite de bebedeira e uma ressaca monstruosa, Rebekah encontra-se em seu pior estado. Preocupado com os excessos cometidos pela amiga que se recusa a ir ao hospital, Jace recorre a um colega de república, Ben Gold, um estudante de medicina.

A conexão entre eles é imediata e Ben consegue notar isso por todos os sinais que o corpo da garota emite. Sem conseguir disfarçar o que ela provoca nele, ambos decidem se deixar levar.



De maneira doce e natural eles mergulham em um relacionamento, que dura maravilhosos três anos, até Ben receber uma proposta de trabalho praticamente irrecusável. Como a vida gosta de nos sacanear, Bem acaba tendo que escolher entre a garota dona de seu coração e a profissão que sempre sonhou.



Um ano se passa desde a partida de Ben. Beca está recuperada do choque que foi ter que vê-lo partir, mas ao receber a notícia que ele irá se casar, o sentimento que ela vinha mantendo reprimido toma conta e em um ímpeto de loucura, ela decide ir até Vegas, pois tem certeza que ele está prestes a cometer a maior burrice de sua vida.



No meio de todos esses acontecimentos temos alguns personagens marcantes que vez ou outra roubam a cena, em especial Jace e Lucas. O romance desses dois garotos fica como pano de fundo e se entrelaça de maneira perfeita à história de Beca e Ben.

Com uma escrita gostosa que eu já conheço, uma doçura e um maneira sem igual de trabalhar em duas situações tão distintas, mas que tem o amor em comum, a Aline me ganhou novamente.

A cada conto que leio, classifico como favorito, porque acredito que será difícil o seguinte superar o anterior, mas a autora gosta de me provar que estou errada e hoje defino esse como o meu favorito da série dentre os quatro lidos.

Apesar de ser uma história curtinha, eu poderia passar mais algum tempo aqui explorando os (muitos) pontos altos do enredo, mas vou lhes poupar de um spoiler, então, tudo que posso fazer é lhes convidar a conhecer essa série adorável de contos.

Como vocês já devem imaginar, dei cinco borboletinhas e favoritei. A música que serve de trilha para esse conto é Speak Now, da Taylor Swift.

Essa semana a Aline postou um vídeo em suas redes sociais falando um pouco da série que já está finalizada e disponível na Amazon.


site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Izabela 27/02/2016

Eu já comentei aqui sobre a série (maravilhosa) De Janeiro a Janeiro, da minha xuxu master Aline. Já até resenhei os outros três contos que vieram antes desse, mas tinha parado por um tempo, mesmo já tendo até outubro (se não me engano). Não que não estivesse gostando, muito pelo contrário, tanto que todos os contos que li até agora, incluindo esse, ganharam cinco estrelas. O fato é que eles estavam ficando de lado porque sempre precisava passar alguma leitura de parceria na frente (datas e mais datas, rs). Aí a Aline foi lá e resolveu isso de uma forma maravilhosa, ela me chamou para ser sua parceira (oficialmente). Foi um convite lindo, que aceitei no mesmo segundo. Ou seja, agora ela vai ter sempre esse espaço (sem eu precisar me sentir culpada por estar deixando parcerias de lado, afinal, ela é uma das parcerias haha). Enfim, hoje cedo eu apliquei (lê-se: fique sentada) uma prova de nivelamento no lugar em que trabalho e foi na metade dessa prova que eu li conto todinho, sem pensar duas vezes. Pensa num conto leve, gostoso e muito amor. Pois é. O conto é baseado em uma música genial da Taylor Swift, Speak Now. Ou seja, já podemos imaginar todas as tretas que estão por vir, não é mesmo?

Rebekah tinha bebido todas para comemorar seu aniversário e estava muito mais para lá do que para cá quando o estudante de medicina, Ben, apareceu para ajudá-la. Ele era colega de república do seu melhor amigo, e ex-cunhado, Jace, e tinha topado ajudá-la mesmo ainda não sendo formado. Naquele exato momento, mesmo sem ter noção do que estava fazendo, ela se apaixonou por ele. O que ela não tinha nem ideia era que ele também tinha se apaixonado por ele. Quando ela melhorou e conseguiu tirar todo o álcool do corpo, foi conversar melhor com ele e logo se conectaram de vez. Não demorou muito e logo estavam namorando e fazendo planos para uma vida toda. Exatamente por isso foi um grande choque para Beka, e para todos, quando ele terminou com ela e foi virar um médico famoso em Las Vegas. Choque maior só veio mesmo um ano depois, quando ela descobriu que ele ia se casar com outra. Ah, e quando ela percebeu que precisava parar aquele casamento.

É um conto, então eu não posso dar muitos detalhes, mas já podemos esperar muito amor e tretas aí no meio, não é mesmo? Sei que não é certo, mas deve ser mega legal parar um casamento e ver a cara de choque das pessoas (isso me torna maníaca?). Foco! Beka é uma personagem boba apaixonada e, não, isso não é uma crítica. Ela é uma menina doce e decidida que luta pelo que quer e, principalmente, acredita que amor de verdade é para sempre. Ben é um personagem muito amor, mesmo estando noivo de outra. As falas dele são de fazer qualquer um pirar. O prêmio de personagem maravilhoso, por outro lado, vai ter que ficar é com o melhor amigo deles. Que me fez rir e quase chorar em um único conto.

A história varia no tempo e vai narrando (ao mesmo tempo, mas intercalado) o que aconteceu no passado do casal e o que está acontecendo no presente. Uma sacada genial que deixa a história ainda melhor. A Aline escreve maravilhosamente bem e isso não é segredo. Se você gosta de romances divertidos, casamentos que precisam ser parados e, claro, um amigo maravilhoso que salva tudo é só ler esse conto sem medo de ser feliz.


site: http://www.brincandodeescritora.com/
comentários(0)comente



Luana Moraes 12/02/2016

Algumas vezes o amor está destinado a acontecer
Abril Obstinado o quarto volume da série De Janeiro a Janeiro, está romântico e divertido. O amor de Rebekah e Ben Gold, começa e aparentemente termina.
Aline Sant´ Ana escreveu mais um conto maravilhoso.

Neste conto somos apresentados a Rebekah e Ben, voltamos no tempo e temos o prazer de ver o primeiro encontro do estudante de medicina com a garota quase em coma alcoolico, Beca.
O primeiro encontro, o primeiro beijo, suspiros a cada linha. Até temos nosso coração partido com o fim do relacionamento de Ben e Becah.
Ben recebeu uma proposta irrecusável, ser medico em um dos melhores hospitais do pais, ele parte e deixa o coração de Beca e o das leitoras em pedaços.

Ao descobrir que Ben está prestes a se casar, em uma atitude impulsiva Beca resolve ir até a Las Vegas, ela precisa olhar nos olhos de Ben e ver se ele ainda a AMA.

A escrita está irretocável, a cada palavra, a cada capitulo ansiamos por mais, Aline toca os nossos corações com cada palavra, um belo enredo, bons personagens e sempre com um final de tirar o fôlego.

O casal secundário protagonizado pelo melhor amigo de Rebekah, Jace e o irmão da protagonista, Lucas é simplesmente DIVOOOOOO, MARAVILHOSO.
comentários(0)comente



Atitude Literária 19/01/2016

Só melhora...
Em ABRIL OBSTINADO, a autora no faz passear pelo passado e o presente de nossos mocinhos, nos revelando como o amor de Rebekah e Ben começou e aparentemente terminou.

Rebekah me conquistou por sua determinação, ela realmente corre atrás do que quer, do que ama e acredita, uma verdade guerreira em busca da sua felicidade, se negando totalmente em não conseguir alcançar o que tanto almeja. Ela tinha apenas 19 anos quando conheceu Ben. Ele era um estudante de medicina muito focado, centrado e com um sonho, tornar-se um nome de grande renome e um profissional reconhecido no ramo da medicina. Ao contrário de Rebekah que preferiu centralizar suas energias em abrir seu próprio negócio. É importante deixar registrado que por três anos Ben era doce, atencioso e um namorado maravilhoso. Até que tudo mudou.

Ben recebe a proposta que sempre sonhou, ela acaba por ser irrecusável e mesmo ficando com o coração partido porque sim ele ama Rebekah, ele decide aceitá-la e termina o namoro, mudando-se para Las Vegas afim de correr atrás de seu maior sonho. Claro que Rebekah fica arrasada, ela o amava demais, essa notícia literalmente destrói seu coração a deixando em um sofrimento profundo.

Um ano depois, Rebekah descobre que Ben está “feliz”, ele está cada vez mais perto de alcançar seu grande sonho e para dar a martelada final, ele também está de casamento marcado. Só que Rebekah é teimosa, a bichinha é tinhosa e decide que merece arriscar mais uma vez, que ela tem o direito de ir até lá e tentar recuperar seu grande amor, ou pelo menos confrontá-lo. E é ai minha gente que tudo fica emocionante e intenso.

Vamos descobrir os motivos de Ben ter partido. Ficamos sabendo se o amor entre eles realmente acabou, ou se apenas está ali esperando uma grande chance para que a chama seja reacendida.

Não sei se teria a mesma coragem de Rebekah, ou se deixaria o meu rancor e mágoa falar mais alto, mas de qualquer forma esta personagem ganhou meu respeito e minha admiração. Amei. Ben apesar de tudo me fez ficar do lado dele e compreender cada decisão tomada. Não é fácil abrir mão daquilo que você sempre sonhou, buscou e almejou, nunca é simples virar as costas para uma oportunidade que pode ser a única.

E os personagens secundários? :O Choquei. Aline lacrou com toda certeza. Amei.


Mas chega de falar sobre o conto porque se não vou acabar revelando demais. LEIAM.

“- Não me importo se ele mudou o gosto para vinhos ou para conhaque, se ele fuma, se ele tem dólares para limpar a bunda, Jace. Eu me importo com o homem que amei!”

site: http://www.atitudeliteraria.com.br/2015/12/resenha-serie-de-janeiro-janeiro-contos.html#more
comentários(0)comente



Livros Encantos 03/10/2015

Mais uma vez a autora se surpreendeu com toda emoção no conto. Blog Livros Encantos
Quem ama luta pelo seu amor e corre atrás de sua felicidade ....

Esse é o 4º conto da série de Janeiro a Janeiro de 12 contos da autora
Confira a Resenha de Janeiro Proibido, Fevereiro de Esperança , Março de Promessas

Mais um conto recheado de emoções

O livro alterna os capítulos nos dias atuais e anos anteriores nos contando como Ben e Rebekah se conheceram e namoraram durante 03 anos.
A química e afinidades entre os protagonistas é enorme e verdadeira, percebemos em cada cena, o amor nascendo e crescendo dia a dia, sabe aquele casal que conhece muito bem o outro, pelo tom de voz, pelo olhar são eles.
Estudando medicina, Ben sempre foi muito dedicado e sobre pela ausência e futilidade dos pais, ao receber um convite para estudar em Las Vegas, termina o namoro e corre atrás de seus sonhos.

Nesse ano que passaram separados Rebekah sempre guardou seu amor por Ben, ele continua firme, ao saber que irá se casar, ela decide ir em busca de sua felicidade, batalhar pelo amor de sua vida .

Será que Ben ainda continua o mesmo, ainda a ama ?

Destaque importante para Jace amigo de Rebekah, ele teve um namoro com seu irmão Lucas, terminaram mas o sentimento ainda está vivo. O que dizer de Jace um lindo, fofo, amigo para todas horas. Esse casal roubou muitas cenas.

Amei esse conto a autora deixa a mensagem que não devemos deixar de lutar por nossa felicidade, temos que correr atrás de nosso amor, sem desistir, o amor é um sentimento muito forte para ser deixado de lado.

Não havia lido ainda um romance homo afetivo, e Aline mais uma fez com toda sensibilidade criou um casal que me conquistou.

Achei que Ben foi egoísta em sua decisão, se deixou levar pelo comodismo de certa maneira, mas fiquei radiante com suas atitudes finais, Rebekah essa guerreira que sabia que seu amor não poderia mudar de personalidade assim, no fundo o Ben que sempre amou estava ali, lhe esperando...

Mais uma vez a autora se surpreendeu com toda emoção no conto, com uma escrita que flui muito bem e envolve o leitor. A cada cena vem uma avalanche de emoções, ela tem aquela escrita que emociona, envolve o leitor, ao ponto de abrir sorrisos sinceros, ficar com raiva do protagonista e não desgrudar da leitura e no final ficar com aquele sorriso bobo no rosto que tanto que gostamos da leitura.

Capa linda, li em e-book não encontrei erros de ortografia.


site: http://www.livrosencantos.com/2015/09/abril-obstinado-aline-santanna.html
comentários(0)comente



Taty Assis 05/09/2015

Quem tem acompanhado as resenhas da série De Janeiro em Janeiro sabe que eu estou amando os livros e adorando a escrita da autora superfofa, Aline Sant' Ana.
Então, hoje estou aqui para contar pra vocês do conto da série que, por enquanto é o meu queridinho. Sabe quando você lê poucas páginas, mas tem a sensação de ter lido uma história completa, sem brechas? Foi essa a minha sensação ao ler Abril Obstinado.

Em Abril Obstinado a autora nos presenteia com o passado e presente dos personagens, nos fazendo entender como tudo começou e terminou entre Rebekah e Ben,
Rebekah tinha 19 anos quando conheceu Ben. Ben estava estudando para se tornar um médico de grande renome, seu maior sonho era ser reconhecido e ter a oportunidade de crescer na área da medicina. Diferentemente dele, Rebekah não quis estudar, mas se engana quem pensa que ela não fez nada de sua vida, pelo contrário, ela foi um busca de seu sonho, que era o de ter um negócio próprio.
Depois de três anos de namoro com muito amor e carinho envolvidos, Ben acaba terminando com Rebekah.
Ben recebeu uma proposta irrecusável, e mesmo sendo completamente apaixonado por Beka, ele acaba deixando-a para seguir seu maior sonho em Las Vegas.
Rebeka sofre com todo o acontecido, porque eles fizeram juras de amor eterno e a gente sempre tem a esperança que essas juras realmente serão cumpridas, o que muitas das vezes não acontece. Ela acaba seguindo com sua vida, cuidando de seu negócio, mas após um ano do fim do relacionamento deles, ela descobre que Ben vai se casar. Beka se nega a aceitar que Ben está apaixonado por sua noiva, e ela é obstinada quando decide tirar essa história a limpo.
Mas Ben já não é mais o mesmo aparentemente, tanto é que, seu melhor amigo e ex-cunhado Jace, tenta avisa-la de que as coisas já não são como antes, que Ben mudou, e tudo leva a crer que ela não cabe mais no novo mundo de riquezas e esbanjamentos de seu grande e eterno amor.
Só que Beka, vamos assim dizer é MUITO obstinada, e quando ela decide fazer alguma coisa, ela corre atrás, e é então que ela decide viajar para Las Vegas e tentar entender os motivos que levaram Ben a se casar tão rapidamente, e também tentar fazer com que ele entendesse que ela sempre o amou e para sempre o amaria, e que ainda existia uma chance para os dois. Só resta saber se ele estaria disposto abrir mão de tudo em nome do amor.
Ahhhhhh, esse conto, esse livro, essa história, esses casais... Me ganharam completamente! Estou completamente, irremediavelmente apaixonada por eles. Sentiram o quanto estou empolgada? rsrs
Estava precisando de uma leitura assim, ao mesmo tempo leve e intensa, doce e apaixonante.

Rebekah é apaixonante com seu jeitinho todo determinando de que, quando quer uma coisa ela consegue e vai atrás, eu a adorei!
E Ben é uma coisa linda! Eu entendi as escolhas dele, é difícil abandonar e abrir mão de um sonho pelo o qual tanto lutou e almejou.
E, não poderia terminar esta resenha sem antes mencionar o quanto fiquei encantada pelos personagens secundários: Jace e Lucas, irmão de Beka. Adorei conhecer a história deles, e amei o bônus sobre eles.


site: http://www.aculpaedosleitores.com/2015/09/resenha-abril-obstinado.html
comentários(0)comente



12 encontrados | exibindo 1 a 12