Troca de Mensagens Entre Sherlock e Watson

Troca de Mensagens Entre Sherlock e Watson Mallory Ortberg




Resenhas - Troca de Mensagens Entre Sherlock e Watson


7 encontrados | exibindo 1 a 7


lavinia.pontes 12/09/2018

Vejam bem, meus caros
Eu estava muito empolgada para ler esse livro, mas assim que bati os olhos na primeira página já me deu uma chocada por não se tratar de uma história realmente e porque não falava nada sobre Sherlock ou Watson.

Mas apesar disso, a princípio eu gostei ao menos do formato apresentado, como troca de sms, e talvez isso se deva ao fato de eu ter reconhecido a história original que levou ao primeiro diálogo e ter conseguido entender e achar graça. Entretanto, com o andar do livro fui achando os temas, de certa forma, bem repetitivos além de ir parando de pegar referências das histórias (que ainda bem, são identificadas no início de cada conversa, pois senão ficaria algo completamente aleatório). Fiquei sem compreender bem tanto as que eu não conhecia quanto as escritas que conheço bem (como onde fala de Agatha Christie e eu fiquei boiando).

Essa obra fica um pouco esquisita pois não te apresenta ninguém, se você não conhece nenhuma obra citada nele, são só montes de diálogos soltos, sem aprofundamento em nada nem ninguém, com único intuito, creio eu, de satirizar histórias clássicas, mas que uma hora perde a graça. Isso tudo dificultou muito minha chegada até a última página, mas por se tratar de troca de mensagens, é bem rápido de ler.

Se eu recomendaria para alguém? Bom, talvez para dar uma olhada enquanto estivesse em uma livraria, sei lá, esperando alguém, para passar o tempo. Mas para ter em casa... definitivamente não.
comentários(0)comente



Gerson.Salgado 02/10/2017

Não vale a pena!
O nome do livro já começa errado ao destacar o Sherlock que aparece em apenas um dialogo curto, me pareceu mais uma ação pra atrai o público desse personagem (o q inclui a mim).
O livro tem ótimas referencias, mas não chega a ser um bom livro, com capítulos curtos e desconectados, poderia ter sido muito melhor elabora, já que a ideia é fantástica.
Não me agradou e depois da metade do livro, já tive que me forçar a continuar lendo, já não via mais graça nos diálogos que ia encontrando pelo livros, incluindo até alguns que discordo do que foi abordado pelos personagens.
comentários(0)comente



04/01/2017

Quando apresentei o livro por aqui, ele foi uma das minhas últimas compras de 2015/primeiros recebidos de 2016. Eu estava bastante ansiosa por causa da proposta. Pensar que diversos personagens literários estariam trocando mensagens no mundo tecnológico em que vivemos hoje parecia bem promissor! Quanto mais, divertido.
Só que, à parte da ansiedade, a leitura foi tão rápida quanto desastrosa. De fato, nós temos muitos personagens ilustres conversando por essas páginas. Mas o grande problema é que o diálogo entre eles, se você nunca leu sua história, acaba por parecer uma grande conversa sem sentido. E, como eu não havia lido muitos dos títulos cujos personagens participavam dessa compilação, me senti o tempo todo extremamente perdida.
Foram pouquíssimas as conversas que causaram-me algum efeito. Algumas apenas me faziam revirar os olhos (talvez tenham se perdido na tradução, como o próprio título), outras me causavam certo desgosto e ainda haviam aquelas que simplesmente não despertavam sensação nenhuma.
Acredito que seja um pouco difícil encontrar pessoas que tenham lido todas as obras retratadas neste livro. Fato é que, quanto mais você tiver lido, melhor aproveitará a leitura, pois, do contrário, passará apenas os olhos pelas páginas sem realmente entender o contexto daqueles diálogos.
Pense em uma conversa em um chat ou Whatsapp, mas que você tenha começado a ler no meio, sem ter ideia de quais são as mensagens anteriores. Não ficaria estranho? Quero dizer, às vezes, você até poderia imaginar o assunto, mas com certeza restariam dúvidas.
Essa foi a impressão que tive lendo Troca de Mensagens entre Sherlock e Watson. Se, em algum momento, aqueles diálogos tinham um contexto, infelizmente, na maioria das vezes eu fiquei completamente perdida e apática. Passava de uma página à outra, de um diálogo a outro, de uma obra a outra, de um personagem a outro, sem que aquilo realmente significasse alguma coisa.
Raras exceções aconteceram com os diálogos de Peter Pan, Sherlock Holmes, Orgulho e Preconceito e O Lorax, por exemplo. Mas, ainda assim, esses momentos me causaram certa estranheza. Pareciam rasos demais, sem qualquer apresentação ou descrição que os situasse na conversa que estavam tendo. Achei toda a estrutura do livro leviana, sem graça, não conseguiu prender minha atenção.
O que foi realmente uma pena, já que minhas expectativas estavam nas alturas por uma visão modernizada de certos clássicos, que se comunicariam por mensagens de celular ao invés de cartas ou telegramas.
O visual do livro é bem clean, são mensagens curtas e espaçadas, como vemos em vários aplicativos de mensagens. A identificação das obras que estão retratando é de suma importância, mas, ainda assim, para mim, não foi o suficiente para que eu me sentisse apresentada a estes personagens. Talvez nem fosse esse o objetivo da autora, mas com certeza me deixou com uma sensação de vazio e desconhecimento, como se a leitura não tivesse acrescentado nada. Nada de "Ah, que legal esse diálogo! Vou ler o livro para ver onde ele se encaixa!"
Na verdade, fiquei com mais vontade de ler as obras para, quem sabe, em um momento futuro, dar uma nova chance a Troca de Mensagens entre Sherlock e Watson e, talvez, ter uma experiência completamente diferente, positiva dessa vez.
Se você já leu algumas das obras, pode ser que tenha mais sorte do que eu e aproveite bem mais a leitura. De qualquer modo, recomendo a deixar as expectativas baixas e adquirir o livro em alguma promoção. Caso vocês tenham uma decepção, como na minha situação, o remorso de ter comprado muito caro não será tão grande.

site: http://www.onlythestrong-survive.com.br/2016/08/resenha-troca-de-mensagens-entre.html
comentários(0)comente



Carolina.Gibur 27/03/2016

NÃO CONSIGO
Eu não consigo ler pelo celular esse livro
Nessa 13/04/2016minha estante
mas aqui nao e para ler, e sim marcar suas leituras




Mari 30/01/2016

engraçado
mesmo se vc n conhecer todas as histórias vc morre de rir ao ler esse livro
Mirella Nosete @quimicadoslivros 22/12/2016minha estante
undefined




Carlos Magno 27/11/2015

PARTE DA RESENHA DO BLOG "CANTINA DO LIVRO":

Como seria se os principais personagens dos mais diversos clássicos da literatura, dos mais diversos autores e das mais diversas épocas se comunicassem via mensagens de texto? É nessa premissa que o livro Troca de Mensagens Entre Sherlock & Watson se baseia.

A proposta do livro é bem divertida, o que torna a leitura irreverente e rápida. Ele é dividido em quatro partes que se distinguem de acordo com o período em que elas foram publicadas, sempre seguindo uma ordem cronológica de capítulos. Porém, em muitas etapas da obra, há uma certa superficialidade no texto, além do fato de que a falta de "novidades" ali torna, até certo ponto, a leitura bem cansativa.

Por isso, arrumei uma nova forma de leitura: Passei a "stalkear" primeiro as mensagens dos personagens de livros que já li, Como Jogos Vorazes, Os Miseráveis, Harry Potter, O Pequeno Príncipe, e outros, e só depois disso, parte para as obras que não conhecia ou que ainda não li, como Hamlet, A Ilha do Tesouro, Orgulho e Preconceito, Clube da Luta, etc. Com isso, percebi que a leitura fluiu bem mais rápido e o livro não ficou tão monótono como aparentou que ia se tornar.

Outro fato curioso foi em relação ao nome do livro, já que diferentemente do título original, o apelo maior é para Sherlock Holmes. Claro, uma boa sacada da editora para atrair o publico, tendo em vista o carinho dos leitores brasileiros pelo detetive criado por Conan Doyle.

[...]

RESENHA COMPLETA EM:

site: http://www.cantinadolivro.com.br/2015/11/resenha-troca-de-mensagens-entre.html
comentários(0)comente



Aione 25/11/2015

Me interessei por Troca de Mensagens Entre Sherlock & Watson e Outras Conversas dos Nossos Personagens Favoritos da Literatura no instante em que me deparei com sua premissa: uma reuni?o de di?logos ficcionais criados por Mallory Ortberg entre os mais ic?nicos personagens da literatura.

O livro subdivide-se em 4 partes, principalmente de acordo com a cronologia das obras retratadas. Assim, a primeira parte re?ne, em sua maioria, di?logos de figuras m?ticas e personagens da Antiguidade Grego-Latina at? ?s obras renascentistas de Shakespeare. Na segunda, h? uma predomin?ncia de obras dos s?culos XVIII e XIX, enquanto as duas ?ltimas trazem um misto das dos s?culos XX e XXI, sobretudo do XX.

Como cada di?logo ? escrito como uma troca de SMS, a linguagem empregada em cada um beira a informalidade, o que proporciona uma leitura bastante r?pida e flu?da. No caso de alguma esp?cie de ?rebuscamento? da linguagem, esse ? feito com a clara inten??o de trazer algum aspecto ou da trama retratada ou dos pr?prios personagens. Observam-se, ainda, outros recursos t?picos de conversas via SMS, como alguns erros de digita??o, pausas na elabora??o das senten?as e o uso da caixa alta em momentos/di?logos espec?ficos. Vale dizer, tamb?m, que n?o ocorre necessariamente, aqui, algum tipo de releitura ou resumo das hist?rias, mas sim curtas conversas entre as personagens, tanto em contextos que remetem aos enredos aos quais elas pertencem como em situa?es diferentes, por?m que preservam suas caracter?sticas e personalidades.

Devo dizer que adorei a leitura e que ela me proporcionou divertid?ssimos momentos. O livro pode ser lido em cerca de duas horas e, nesse meio tempo, me peguei rindo alto sozinha com cada uma das conversas. Independentemente de qual aspecto abordado em cada di?logo (as personagens e/ou os enredos), o que h? ? uma s?tira daquilo retratado. Assim, ? importante ressaltar que o humor s? cumprir? seu efeito caso haja um conhecimento pr?vio das obras e personagens referenciadas; caso contr?rio, os di?logos podem aparentar n?o terem sentido ou serem desprovidos de humor. Isso tanto ? verdade que, n?o por coincid?ncia, meus textos favoritos foram justamente aqueles de obras j? lidas por mim, ou ent?o daquelas cujas tramas e personagens eu tinha conhecimento suficiente para compreender o que estava sendo satirizado pela autora.

De modo geral, a leitura de Troca de Mensagens Entre Sherlock & Watson e Outras Conversas dos Nossos Personagens Favoritos da Literatura foi tanto r?pida e divertida quanto proveitosa, sendo uma obra inteligente pela maneira de como conseguiu captar caracter?sticas dos livros retratados, produzindo um humor apenas compreens?vel quando perfeitamente dialogado com as hist?rias que a originou. ? claro, tamb?m, que o humor funciona de forma muito particular para cada pessoa; contudo, o empregado por Mallory Ortberg, devo reafirmar, funcionou perfeitamente para mim.

site: http://minhavidaliteraria.com.br/2015/11/25/resenha-troca-de-mensagens-entre-sherlock-watson-e-outras-conversas-dos-nossos-personagens-favoritos-da-literatura-mallory-ortberg/
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7