O Primeiro Forasteiro

O Primeiro Forasteiro JFB Bauer




Resenhas - O Primeiro Forasteiro


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Silvia.Souza 09/01/2018

Excelente
Amei o livro e a história... Novamente a autora me surpreendendo... Personagens fortes e a trama excelente.... Super recomendo a leitura...
comentários(0)comente



Paraíso das Ideias 15/03/2016

Recebi esse Ebook de presente da Ju antes do Natal, e com a correria de fim de ano, festas, novos projetos, ressaca literária terrível, só conclui a leitura no Carnaval, que fiz uma verdadeira maratona para colocar várias coisas em ordem.

O livro conta a história de Oliver Hunter, famoso ator, que agora nada mais é do que um simples forasteiro de nome Alex Stevens. Ele passou os últimos 6 anos de sua vida se escondendo da fama, nem sua família sabe pode onde ele anda, por causa de erros do passado, irresponsabilidades e inconsequências. Alex não fica estável num único lugar, sua vida é percorrer cidadezinhas pacatas onde tem esperança que ninguém o reconheça. Sua única companhia é a culpa que carrega, e acredita que não tem direito à felicidade. Foi assim que escolheu Hierápolis, uma pequena e pacata cidadezinha litorânea do estado da Carolina do Norte para passar uns tempos.

Por causa da culpa, Alex sofre vários distúrbios, tem pesadelos constantes, e o pior, quando está com raiva se agride, para sentir dor.
Ver aquele homem na TV o deixou furioso e somente uma coisa o faria se acalmar: sentir dor.
Um dia, enquanto fazia sua corrida matinal, Alex vê uma moça com uma câmera fotográfica em sua direção, num momento de desespero ele arranca a câmera das mãos da moça e a joga no mar.

Amanda é uma moradora local que sonha em ser fotógrafa profissional, porém, seu sonho estava um pouco longe de se tornar realidade, ao participar de um concurso em uma cidade vizinha, mas não fora bem sucedida, então a moça está frustrada. Amanda ama fotografar paisagens e é justamente isso que estava fazendo ao ser confundida por Alex como uma paparazzi. Após esse encontro desastroso, descobrem que trabalham no mesmo Pub, e podem apostar as coincidências que os cercam são muitas.

Como não poderia ser de outro jeito, a atração entre Alex e Amanda surge mas claro que muita coisa acontece. Alex precisa se manter longe de envolvimentos, por causa de seu passado e de sua identidade, mas será que ele vai resistir, já que Amanda toma conta de seus pensamentos o tempo todo. Ela percebe que há algo obscuro nele, mas isso não faz com que ela se afaste, ela está disposta a se envolver sim, até porque quem não tem coisas do passado que não gostaria que fossem reveladas?


Embora os dois estivessem se dado bem, ela percebia que ele mantinha uma distância segura dela. Algumas vezes era como se a evitasse. A dica era clara: ele queria apenas a amizade dela.
***

Ao chegar ao clímax do livro fiquei sem chão, não acreditava no que estava diante de meus olhos, JBF Bauer me deixa sem palavras. É um livro comovente, emocionante. Ainda estou sem palavras para descrevê-lo e tudo que eu escrever aqui tenho certeza que não fará jus ao livro. Sentimentos são capazes de mudar as pessoas. Perdoar pode transformar vidas, nos torna pessoas melhores. Sabe aquele livro que se torna inesquecível? O Primeiro Forasteiro se tornou para mim, meu favorito da vida. Esperando ansiosamente pelo segundo volume da série que tenho certeza que será muito emocionante.
Todos passamos por situações em que a vida parece sombria. Parece que não há saída. Mas há sim...

site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Regiane Moreira 22/10/2015

O Primeiro só não basta... quero o Segundo Forasteiro também
Com uma narrativa muito inteligente, mais uma vez, JFB Bauer nos presenteia com um delicioso, envolvente e bem escrito romance que nos prende do início ao fim...
Alex/Oliver e Amanda são encantadores e o drama que eles vivem é intenso...
Já estou babando a espera do Segundo Forasteiro
comentários(0)comente



Fer Miola 19/10/2015

SURPREENDENTE
Ficha Técnica:

Autor: JBF Bauer
Capista: Dri K. K.
Revisão e diagramação digital: Carla Santos
Gênero: Romance
Páginas: 432

O primeiro forasteiro é o terceiro romance da autora que eu leio e nunca me arrependo. Seus romances são intensos, são detalhados e possuem uma dose perfeita de todos os ingredientes que um romance necessita. O ebook foi lançado neste dia 18/10/2015 e eu tenho certeza de que em poucas horas ele já atingira uma das melhores posições do ranking dos mais vendidos.

Devido os erros do passado, as irresponsabilidades e as inconsequências, Oliver Hunter, famoso ator, agora nada mais é do que um simples forasteiro de nome Alex Stevens. Ele passou os últimos 5 anos de sua vida se escondendo da fama. Nem mesmo sua família sabe pode onde ele anda. Chegou recentemente em uma pacata cidade da Carolina do Sul e acabou aceitando o trabalho no pub de Peter. Não que precisasse do dinheiro, mas creio que apenas como uma forma de ocupar a mente, já que nem ele mesmo ao certo porque aceitou a proposta.

Amanda tem o sonho de ser fotógrafa profissional, porém, seu sonho estava um pouco longe de se tornar realidade. Participou de um concurso em uma cidade vizinha, mas não fora bem sucedida, então, sua frustração e amargura não era menos do que aceitável e respeitável. Quer dizer, não para um forasteiro que queria se manter no anonimato, então, podemos dizer que esse primeiro encontro foi bem desastroso. Vale dizer também que este estava longe de ser apenas o primeiro contato e que as coincidências que os cercam são muitas.

Como não poderia deixar de ser, a atração passou a ser mútua, mas fica claro em Alex o quanto ele quer e precisa se manter longe de envolvimentos, até por conta de seu passado e de sua identidade, mas até que ponto ele vai resistir, já que Amanda toma conta de seus pensamentos a todo tempo. Ela já percebeu que há algo obscuro nele, mas isso não faz com que ela se afaste, ao contrário, ainda mais com o incentivo da amiga Nina, ela está disposta a se envolver sim.

De repente você deve estar se pensando como um filho poderia ser tão ingrato a ponto de desaparecer e não deixar rastro nem para seus pais. A resposta é simples. O pai, especificamente, do ator Oliver Hunter não é das melhores pessoas do mundo e, agora, sob outra identidade, o rapaz optou por se manter totalmente afastado daquele que contribuiu de alguma forma com as coisas erradas que ele havia feito. O problema nisso tudo é que todo o passado do então, agora, Alex, estava interferindo na vida de Amanda, que nem sonha com o que pode ter acontecido para que o único homem que havia despertado seu real interesse lhe seja tão proibido.

De repente alguém que conhece Oliver aparece. A identidade de Alex estará segura com essa pessoa ou as coisas podem desandar a medida em que as coisas vão se tornando mais sérias. E Amanda? Ela não nega que esteja apaixonada por Alex e por mais que tente, não está sendo fácil desviar sua atenção do forasteiro. E o forasteiro? Ele seguirá a sua razão ou o seu coração!? Ele também não nega mai que esteja apaixonado por Amanda.

Revelações e Decisões!
A vida é um grande aprendizado e uma caixinha de surpresas... O destino de Amanda e Alex estaria predestinado ou aquilo fora apenas uma coincidência? Qual o peso de tudo isso? Como ambos irão reagir diante das revelações?

Eu fiquei em choque no momento em que tirei minhas conclusões e tenho certeza que quando você chegar neste mesmo ponto que eu, você se fará a mesma pergunta: "E agora?"

Será que o amor que dizem sentir um pelo outro será capaz de superar esse baque? O problema que agora não é mais apenas o amor em questão, mas também a razão. Por mais que a gente tente pensar pelo lado romântico da coisa, fica muito difícil se colocar no lugar de Amanda e encarar a realidade como ela é. Alex, que definitivamente deu todas as mostras de que há seis anos deixou de ser realmente Oliver Hunter, agora continua pagando um alto preço pelos erros do passado.

Foi obrigado a enfrentar a verdade e encarar a realidade, mesmo com o coração partido. Mesmo assim, mesmo diante de tanta dor e da dura realidade, Alex não deixou de se preocupar com a mulher que ama. Seus atos poderiam ou poderão ter ainda consequências muito maiores, mas será que se a gente pensar com a emoção só um pouquinho é errado? Não sei!

O fato é que nessa história a gente vê que foi necessário muito sofrimento para que dois rapazes pudessem enxergar que tudo aquilo que estavam fazendo só estava levando cada um deles cada vez mais para o fundo do posso. As consequências foram grandes sim e acabaram prejudicando outras pessoas inocentes, mas essa é sempre a realidade. Infelizmente nem todos aprendem com uma lição do tipo que Alex e Ryan tiveram na vida. Dor, sofrimento, punições, consequências e aprendizado depois de um bom amadurecimento.

Amanda e Alex aprenderam muitas coisas com a dor e dentre elas, o que mais aprenderam foi "perdoar". Infelizmente algumas pessoas não mudam nunca, como é o caso de algumas pessoas que fizeram parte da vida do casal, mas eles não levarão em consideração o que elas fazem ou o que elas pensam, pois, para eles, o que importa é o amor que sentem e o quanto podem ser muito felizes.

The End...

E vem ai O segundo forasteiro, com Ryan Hunter...aguardem!


ONDE COMPRAR O LIVRO:

O primeiro forasteiro está a venda no site da Amazon. Por enquanto apenas no formato ebook!

site: http://vivendonomundodelivros.blogspot.com.br/2015/10/duologia-amor-e-culpa-o-primeiro.html
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4