A Guerra dos Anjos

A Guerra dos Anjos Arley França




Resenhas - A Guerra dos Anjos


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Ivna 15/04/2020

Muito atraente
O enredo é muito interessante, com reviravoltas surpreendentes e inesperadas, o que torna a história atraente e cativante para o leitor. A velocidade da ação também merece elogios.

No entanto, há alguns erros graves de Português, palavras utilizadas de forma equivocada, ortografia que pode e deve ser ajustada pra melhorar a fluidez do texto e a facilidade de compreensão. Uma boa revisão daria conta desses detalhes.

Ainda assim, leitura super recomendada!
arleyfranca 01/07/2020minha estante
Muito obrigado pela resenha Ivna :)




@diversidadeliteraria 01/07/2019

A obra é do gênero fantasia, onde o autor vem com uma pegada dinâmica na escrita com os acontecimentos da história. A temática trabalhada é uma guerra entre anjos,sendo estes, guardadores e guerreiros, demônios e anjos caídos. Com a missão de proteger o único humano que restou depois da extinção dos demais que foi resultado de uma investida demoníaca.

Diante desse relato acima retratado sobre a história, poderíamos resumir que a obra aborda uma guerra guerra de anjos e demônios, porém, na realidade vai muito mais alem, pois o autor investe em uma riqueza de detalhes das batalhas e lança uma teoria acerca de lucidez, no qual este não tinha ou teria o real desejo de destruição da humanidade, tendo este uma participação importante para o final benéfico de Vitória dos Anjos.

A obra possui muitos personagens que foram muito bem desenvolvidos. Quero destacar dois no qual mais me afeiçoei: o Haziel e o Caliel, um anjo guerreiro e um guardador.

A experiência de leitura foi boa, porém não concordo com alguns acontecimentos da história, sendo um deles, a parcela de bondade e pronto ajuda de Lucifer, mas uma obra para ser Boa, ao meu ver tem de causar inúmeros sentimentos e reações ao leitor, tem de fazê-lo questionar, argumentar e foi justamente isso que ocorreu-me durante a leitura, a interação com a história, por isso as tão merecidas 5 estrelas!
arleyfranca 27/01/2020minha estante
Obrigado por isso :)




Leitores Peculiares 25/06/2019

Maravilhoso!!!!
Quando terminei a leitura desse livro, fiquei “Já acabou Arley?”

A narrativa começa com uma suscinta explicação de como funciona a irmandade angelical, como protagonistas iniciantes temos Haziel e Hariel, anjos da guarda do Deus supremo, que cumprem um papel importante na terra e em planos celestiais.
Uma batalha feroz é travada com os seres malignos habitantes da terra, os anjos e os demônios se enfrentam em um combate, algo foge do controle e Haziel é sequestrado, mantido em cativeiro nos confins do inferno ele é submetido a uma tortura.
Cem anos se passam e uma nova e intrigante narrativa acontece, ambas interligadas em planos terrestres e celestiais, encontramos agora Aron e Sun e o anjo da guarda Caliel.
Nada nessa história é simples, todos os eventos estão interligados, o autor brilhantemente nos leva para uma dimensão diferenciada, a criatividade dessa narrativa é brilhante.
A escrita do Arley é leve e de fácil entendimento, muitas vezes pegamos narrativas de fantasia e ficamos “oi? como?” nessa não, é de fácil compreensão.
Já estou aguardando ansiosamente a continuação...
Eu particularmente me tornei fã do autor e desse livro, recomendo para todos que apreciam romance fantástico.


site: www.leitorespeculiares.com.br
arleyfranca 27/01/2020minha estante
Nesse ano sai A Guerra dos Anjos - Anjos do Apocalipse :)

Obrigado pela resenha, amei...




Carla Silva | @bunkerdaaya 08/04/2019

A Guerra dos Anjos
"A Guerra dos Anjos" Arley França
541 páginas ?Parceria?
Recebi esse livro em parceria com o autor.

Inspirado no best-seller "A Batalha do Apocalipse" de Eduardo spohr.

A Guerra dos Anjos é a maior guerra de todos os tempos, uma obra de Arley França, publicado pela Editora Chiado.

Se você, assim como eu, adora lutas épicas entre anjos e demônios, pode ter certeza que esse livro foi escrito especialmente para você.

Tendo Minas Gerais como plano de fundo, A Guerra dos Anjos vai te surpreender do início ao fim.

O que chamou bastante a minha atenção, foi o fato do inferno ser dividido em duas partes, lado esquerdo governado por Baal e o lado direito governado por Lucifer, cada um com os seus poderosíssimos duques infernais.

Baal juntamente com seus duques conseguiram realizar um plano maquiavélico que foi arquitetado durante cem anos: EXTINGUIR A HUMANIDADE.

Com quase 5 bilhões de pessoas mortas, eles colocaram em ação a última parte do plano: possuir com espíritos inferiores, todos os humanos restantes.

Mas dentre os humanos, apenas um não podia ser podia ser possuído, pois tinha um elemento em sua alma.

Agora se iniciará a maior guerra de todos os tempos, com os anjos protegendo esse humano a todo custo, pois ele é o único que pode trazer a humanidade de volta.

O autor desenvolve com maestria a capacidade de levar o leitor por uma viagem quase real pelos lugares que percorre.
arleyfranca 27/01/2020minha estante
Lisonjeado com o texto :)




Juliana 17/03/2019

Resenha: A Guerra dos Anjos
RESENHA | A Guerra dos Anjos | Arley França | Editora Chiado| ?????.

?Jamais se daria por vencido e jamais deixaria todos que amava para trás?.

Durante cem anos demônios vem planejando acabar com a humanidade, até que conseguem eliminar quase 5 bilhões de pessoas enquanto os humanos que ainda restaram são possuídos por espíritos malignos. Mas não contavam com a ideia de que entre todos os humanos do mundo um seria especial, e com isso não seria tão fácil assim acabar com sua vida.
Aron, um homem comum que vivia uma vida normal com sua esposa Sun até o mundo ser destruído. Agora Aron é o único capaz de salvar a humidade, por ser o único herdeiro de Adão ainda vivo, com isso os anjos farão de tudo para protegê-lo. Iniciando a maior guerra de todos os tempos entre anjos e demônios.

Uma fantasia maravilhosa, A Guerra dos Anjos é o livro para quem gosta de uma boa história com anjos e demônios. Num livro rico em detalhes, Arley França conta a história muito bem de uma maneira que não se torna cansativa, só te deixa com vontade de devorar o livro a cada página que se passa. Narrado em terceira pessoa, cada capítulo vai intercalando entre o presente e passado.
A Guerra dos Anjos ? Domínio Espiritual (livro 1), o segundo volume será publicado ainda este ano (A Guerra dos Anjos- Anjos do Apocalipse).
arleyfranca 27/01/2020minha estante
Amei a resenha, obrigado :)




Livros da Beta 29/03/2018

Sou apaixonada por histórias com anjos, mas sempre li livros cuja trama se dava na luta para evitar o Apocalipse. Em “A Guerra dos Anjos – Domínio Espiritual” encontramos justamente o depois, quando enfim, os infernais conseguem quase que extinguir a humanidade e falta muito pouco para dominar o planeta. (O cenário pós-apocalíptico é simplesmente de tirar o fôlego!) Para que o plano dê certo, seria necessário acabar com um determinado humano, que guarda em sua alma um poder inimaginável e muito poderoso, que o impede de ser possuído. Anjos, arcanjos e anjos caídos (um dos detalhes que mais me prenderam à história...) lutam para protegê-lo enquanto guerreiam em grandiosas batalhas com os demônios.
Para mim, dois pontos tiveram maior destaque: 1) As batalhas foram tão bem escritas que seria capaz de jurar que aconteciam ao vivo, bem na minha frente, tamanha intensidade com que foram escritas! Algumas me deixaram sem fôlego!; 2) Um personagem em especial me deixou extasiada... Lúcifer! Ele está presente em várias histórias, é verdade, mas garanto que em nenhuma delas como em “A Guerra dos Anjos”. Este personagem teve grande importância para a história, mas não da forma que você, com certeza, está acostumado a ver em outras narrativas.

site: http://livrosdabeta.blogspot.com.br/2016/06/resenha-guerra-dos-anjos-dominio.html
arleyfranca 21/05/2018minha estante
Saudades de nossas mensagens :)




Arianderson Martins 31/03/2017

Muito mais que uma guerra
O que aconteceria se você levasse uma vida normal, casado, morando em uma cidade no estado de São Paulo e resolvesse fazer uma viagem com sua esposa sem saber que depois disso nada seria como antes?
Pois é, isso aconteceu com Aron, um humano, aparentemente comum, mas que poderá se tornar a única esperança da raça humana.
Uma guerra maquiavélica foi estruturada por demônios e tivera início há cem anos atrás, mas os guerreiros de Deus interviram, atrapalhando os planos dos infernais e fazendo a guerra cessar. Bem, até agora.
Cem anos se passaram, os demônios voltaram com o plano de extinguir a raça humana. 5 milhões de pessoas já foram mortas e os malignos querem possuir o restante com espíritos infernais.
As castas de anjos; os Guardadores e os Guerreiros de Deus precisam agir de forma rápida antes que a última esperança da humanidade, um herdeiro legítimo de Adão, seja morto pelos caídos.
Até onde a maldade poderá se estender e proliferar entre a humanidade? Até onde a espiritualidade e a crença no divino poderão ajudar aqueles que correm perigo?
Um livro de fantasia celestial incrível. Durante todo o livro eu não sabia dizer o que aconteceria, eu não conseguia prever um possível desfecho para uma história tão elaborada. Um livro envolvente, mas que poderia ter se entendido um pouco menos e ter sido mais esclarecedor em alguns pontos específicos. E ao final da leitura eu só tinha um sentimento chamado “Preciso de Respostas”. Não vejo a hora de ser lançada a continuação para amenizar a minha sede de saber o resultado dessa trama.

site: https://www.instagram.com/astronauta_literario
arleyfranca 03/04/2017minha estante
Adorei!!! Obrigado Arianderson




Um Simples Leitor 17/01/2017

A Guerra dos Anjos | Resenha
A história se inicia com uma pequena explicação de como é a irmandade dos anjos e nossos principais personagens por enquanto são Haziel e Hariel. Anjos guardadores de Deus que cumprem seu devido papel na Terra como no Céu. Uma batalha que é travada entre alguns seres malignos e anjos celestiais. Haziel é sequestrado, e é acometido a uma tortura no inferno por um demônio tido até, muito temido.

Passando para a dimensão na Terra depois de cem anos, existe um rapaz chamado Aron que juntamente com sua amada espora, Sun, é guardada pelo seu anjo da guarda, Caliel. Toda a história é melhor entendida quando Aron e Sun decidem embarcar em um avião para curtir as desejadas férias. Do lado de fora está Caliel seguindo o avião protegendo seu guardado até avistar um homem que carrega em sua barriga algumas bombas. Depois de executar o plano, o corpo do home é desintegrado e dele sai um demônio. Tudo que Caliel precisa, é defender Aron e manter a salvo custe o que custar.
Caliel descobre por Hariel que uma guerra pode estar apenas começando e Aron é uma peça importante para salvar a humanidade. A questão é que a coisa está pesada. Demônios estão possuindo pessoas e fazendo das vidas de todos um grande inferno e causando muita destruição.

Arley França nos apresentou uma fantasia de muito valor. Apesar de ser apenas uma ficção, imagino tudo com uma mera realidade. Quando iniciei a leitura, tomei por mim que existia um anjo que me guardava. A genialidade é tão real que qualquer um que creia pelo menos um pouquinho, acaba tomando para si algo mais interior e pessoal.

A Guerra dos Anjos é um livro que possui uma escrita de fácil entendimento. O formato que o livro foi digitalizado ajuda também de uma forma que pelo menos eu, gosto de livros que contêm esse formato. A Chiado sempre arrasa em suas publicações e acredito que é apenas questão de tempo para esse livro trazer a editora jus ao nome que é de enorme responsabilidade.

Os personagens foram de interessante valor para toda a história. Fiquei surpreso por aparecerem alguns que já conheci através da minha primeira bíblia ilustrada. Grandes reviravoltas causaram em mim um alvoroço de pensamentos e sentimentos. POR QUÊ ISSO?. Como um leitor que têm suas curiosidades, juro que fiquei meio perdido quando fechei o livro, mas fiquei agradecido por A Guerra dos Anjos ter me tirado de uma ressaca que já não aguentava mais. Eu estava precisando de um livro que me revigorasse e esse veio na hora certinha.

Talvez você imagine que por ser uma história que se passa na atualidade e que relata a vida de anjos com suas missões na Terra guardando pessoas, seja uma ficção muito sensacionalista. Não é! Independente do que você acredita ou deixa de acreditar, a história tem um conteúdo que pode lhe trazer alguma mensagem importante. Não que seja pelo lado espiritual, mas para o pessoal. Aron é um personagem muito forte que tem seus erros e acertos. Ele é humano e claro, quando vê Caliel pela primeira vez duvida das maravilhas que Deus proporciona pra gente. Um cara altruísta que vai na raça ajudar a salvar toda a humanidade sabendo que só ele pode fazer isso.

Eu adorei ler esse livro e já estou aguardando lógico por Anjos do Apocalipse que chegara em Outubro de 2017 (notícia direto de Arley). Recomendo pra você que curta esse tipo de história e até pra você que também não curte. Vale a pena experimentar o diferente.

Eu espero que tenham gostado da resenha, e até a próxima ;*

site: umsimplesleittor.blogspot.com.br
arleyfranca 27/01/2017minha estante
Demais, perfeita. Obrigado pela resenha!!!




Morgana Brunner 15/11/2016

Resenha l A Guerra dos Anjos - Arley França
Oii gente, tudo bem?
Hoje é dia de trazer uma resenha em parceria com o querido do autor parceiro Arley França, estava bastante ansiosa para realizar a leitura desse livro lindo da Chiado Editora, no qual também é parceria do blog.

Quando A Guerra dos Anjos chegou aqui em casa confesso que fui surpreendida em relação a seu tamanho, e pensei “vou deixar para ler depois” e acreditem! Não resisti e tive que ler o mais breve possível. O mais triste acontecera, me apeguei aos personagens e fiquei a enrolar para que a história nunca terminasse.



Houve uma explosão e uma surpresa a todos, ninguém realmente sabia o que tinha acontecido. Estavam a viver suas vidas tranquilamente. Aron e Sun acordavam todos os dias animados e cheios de planos de casais, que todos fazem para se divertiram e assim conhecerem lugares novos e cativantes. Fora um dia comum, trabalho e mais trabalho.

"Ela o olhou sorridente, admirando a criança em seus olhos." Pág. 35

Até que tudo que tinham foi-se embora e não houve respostas e nem sinais de como tudo tivera acontecido, teriam desaparecidos a todos? Eis um dos grandes motivos que assim Aron e Sun se encontravam em uma mata, não sabiam como sobreviver. Mas, como Aron mesmo assim não iria desistir, e não queria ver Sun sofrendo de nenhuma maneira, aliás, o amor dos dois falava mais alto.



Não tinham a mínima noção de como foram parar naquele lugar, mas o que restava era continuar a lutar para continuar vivos e assim quem sabe aparecer alguém para explicar ou salvar diante de tanto desespero que se encontravam, Sun era indefesa e de certo modo tudo que Aron fosse fazer ela ia atrás, pois não queria ficar sozinha, e vai que algo acontecesse, ele não estaria ali para salvá-la, este era seu pensamento.

"Após alguns minutos, ao longe, repararam em clarões que cresceram confundindo-se com o céu. Depois o barulho muito baixo de três explosões seguidas." Pág. 53

Mas, quando estavam a se aceitar com aquela natureza e assim sobreviver, algo inesperado acontecera e um homem surgiu no meio dos dois, ele está longe, mas podiam avistá-lo, como o esperado. Foram pedir tamanha ajuda e assim foram recepcionados com atenção e respeito, mas Aron e Sun se perguntavam como aquele homem estivera ali e ninguém percebera, creio que tenha chegado ao silêncio.



Um suspense no ar acontecia-se naquele momento e Caliel, acabara de se apresentar para Aron, no qual era seu protegido e dessa forma teria muito o que conversar com o humano para lhe revelar o que realmente tivera acontecido e porquê de estarem naquela mata, tão só e sem ninguém para lhe fazerem companhia. Era um grande mistério e a história do mundo estava prestes a recomeçar.

"O anjo retirou uma folha endurecida, amarelenta, manchada com algumas nuvens mais escuras. Traços finos de cor vermelha formavam um desenho no papel." Pág. 21

Aron e Sun eram os únicos sobreviventes do desastre que tivera acontecido na Terra, eles seriam os novos Adão e Eva, vamos se dizer, reconstruiriam os humanos desde do início, pois não tinha mais sobreviventes, foram tantas mortes horríveis que os dois nem sabiam e assim Caliel seu protetor, resolvera protege-lo de tanta tristeza que o mundo estava sofrendo.



Caliel teria que tirá-los daquele lugar e os levar com segurança, pois os demônios estavam a querer iniciar uma luta, que assim acabaria com os dois últimos humanos restantes e o objetivo deles era não dar continuação a vida humana, não existir mais nada que um dia pudera lhe afetar, os anjos lutariam custe o que custasse e assim tentariam salvar a todos.

"A impressão, naquele lugar, era de poder enxergar o universo inteiro de seu próprio centro." Pág. 378

Sun sumira assim de repente e algo teria a pego de surpresa, eis agora que a batalha se iniciara e todos estavam atentos se conseguiriam viver e enfrentar, e o mais importante salvar quem realmente daria um futuro e abriria novas portas a Terra, lutas e batalhas seria a nossa missão de anjos, tantos confrontos que assim nem sabiam se iria aguentar tamanha brutalidade.

"A chuva era tão poderosa que nenhum dos presentes, em todos aqueles anos de vida, tinha presenciado a natureza tão feroz." Pág. 496

Aron estava indefeso e Sun sumida, esse seria o caos completo que assim se iniciara cheia de suspenses e surpresas a serem reveladas diante da imensidão que essas páginas nos revela e nos permite conhecer e imaginar. É nessa história que você vai ficar triste, inconsolável e feliz diante de tanta energia maravilhosa que a obra contém, são capítulos curtos e detalhistas que nos fazem viajar para outra dimensão, ou melhor, para a dos anjos.



Essa obra sim, traz a verdadeira frase na capa “A maior guerra de todos os tempos” podemos imaginar com tamanha clareza a forma em que os principais reagem, como os demônios são cruéis e não possuem nem um pouco de sentimentalismo que poderia conquistar, são massacres do bem, vamos se dizer, por a cada morte o leitor se regenera e fica louco para ler, o cativa.

Foi a primeira oportunidade que tive de ler uma obra do Arley França e confesso que fiquei encantada, ele é detalhista e cuidadoso na maioria dos detalhes, não é aquele tipo de leitura enrolada em que o leitor fica chateado e praticamente dorme com o livro na cara, não! Ele nos cativa com seu jeito de escrever, muita das vezes seco e outras melancólicas, na maneira certa, nem uma dose a mais ou a menos.
A edição está impecável, letras legíveis e as folhas são amareladas, os meus olhos de nenhuma maneira cansaram de realizar a leitura.

Recomendaria esse livro para quem gosta de uma boa guerra ou que está prestes a enfrentar um mundo literário diferente.

site: http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/2016/11/resenha-l-guerra-dos-anjos-dominio.html
arleyfranca 16/11/2016minha estante
Adoreeeeei essa resenha MOrg, obrigadooooo!!!!! :)




Wes Carstairs 13/11/2016

Este é o livro para quem deseja ficar preso. Literalmente, claro. ;)
A Guerra dos Anjos tem como protagonista um rapaz chamado Aron, que decidi fazer uma viagem de avião com a esposa, Sun, porém alguns problemas aconteceram no aeroporto. Sua mala, por exemplo, extrapolou o limite de bagagens e ele precisou arrumar uma lá mesmo para viajar. Isso poderia ser um sinal para não entrar naquele avião, talvez, os mais supersticiosos desistiriam. Mas Aron e Sun insistiram na viagem. O que aconteceu depois foi uma surpresa para nossos personagens, porém algo meio que esperado para quem estava com uma pulga atrás da orelha perante o sinal da mala. O avião foi vítima de um ataque demoníaco e quase todos os passageiros morreram. Imagine o sufoco para quem tem medo de altura? Deus é mais.
Aron e Sun foram salvos pelo anjo guardador do nosso protagonista, o Caliel. Eles passam dias sozinhos na ilha sobrevivendo com a ajuda do anjo até mesmo para colherem gravetos e fazerem fogueiras. Mas é claro que Arley estava doido para ver seus personagens sofrerem, né? Pois é, os demônios, que tem como objetivo extinguir a humanidade, vão até a tal ilha atrás dos últimos que ainda não foram contaminados: Aron e Sun. Sim, é isso mesmo que você está pensando, o ataque ao avião foi só um dos vários realizados no mundo todo. Resumindo, os humanos foram ‘’possuídos’’ por espíritos demoníacos e estão contraminando uns aos outros. É tipo um The Walking Dead, porém sem zumbis.
Nesse meio termo, Caliel descobre que um anjo amigo seu está aprisionado no inferno e deixa Aron sobre os cuidados de outro anjo para que ele pudesse resgatar o amigo da prisão centenária. O anjo que está preso no inferno se chama Haziel e depois você vai ver o quanto ele é legal *-*
Enquanto isso, nosso autor querido permanece destruindo o mundo. Novos personagens são inseridos, e por conta dos nomes parecidos é um pouco difícil memoriza-los e a história fica um pouco confusa, mas logo você memoriza e esse problema é resolvido.
Com a narrativa empolgante cada vez mais, nós vemos o passado de alguns anjos importantes, e é bem legal essa intercalação entre o presente e o passado. A história em si é fantástica e vale cada noite de sono lendo-a.
A surpresa o Arley deixou para o final. Ninguém mais ninguém menos que Lúcifer entra na história. E acredite, ele não é o vilão desse livro. Há uma cena que me emocionou com este personagem que me fez pensar ‘’seria tão legal se isso realmente acontecesse’’
Enfim, eu convido vocês a conhecerem essa obra fantástica do autor Arley França. A Guerra dos Anjos é daqueles livros que devemos ler antes de morrer. Rsrs.
arleyfranca 16/11/2016minha estante
Indispensável né meu amigo. Que resenha!!! Me emocionou :)




Carol 10/10/2016

Mais no blog Virando Amor
"O livro é eletrizante, mas demorei um pouco pra me situar e me prender à trama. Fiquei um pouco confusa em certas partes, já que a ficção se passa em diversas épocas, então tem uma grandiosidade de elementos, personagens e ambientação. Mas isso logo passa e eu me sinto completamente transportada para dentro do livro (...)"

site: http://www.virandoamor.com/2016/10/resenha-guerra-dos-anjos-de-arley-franca.html
arleyfranca 11/10/2016minha estante
Obrigado, adorei!!! :)




12 encontrados | exibindo 1 a 12