REFLEXO

REFLEXO Ias Guinossi




Resenhas - Reflexo


21 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Mz. Hyde 06/05/2018

Um romance misterioso
O livro gira em torno de Nicoly V. & Adrian F., logo que começamos a ler tem uma "frase de impacto" de ambos os personagens:


"Era só ele querer, só me pedir, que eu fazia. Seria seu anjo ou seu demônio, bastava um simples comando, um simples toque. Era como se eu não tivesse nenhum controle do meu corpo, dos meus sentidos. Ele me domina por completo" - Nicoly V.

Carinhosa, dedicada como um anjo. mas ao mesmo tempo eu percebia nela algo diferente, como se ela estivesse presa dentro de si mesma. Precisava explorá-la, conhecê-la por completo. Precisava sentir que ela poderia ser o que quisesse comigo." - Adrian F.

Após essa duas frases, vem o prólogo, são 3 páginas para conhecermos um pouco sobre a Nicoly...
Ela é filha única, órfã de pai, tem alguns traumas de infancia devido a isso; usou a herança do pai para comprar um apartamento e mora sozinha nele, que fica em cima da cafeteria onde trabalha com sua melhor amiga, Camille.
Uma menina meiga e aparentemente tranquila. Sempre acompanhada de Camille, outro doce de pessoa.
Também nos cerca nessa história Joe (namorado de Camille), Bryan (colega de serviço de Camille e Nicole) e então... Entra Adrian F.
Quando terminei o livro, não consegui decidir se gosto ou odeio ele; Adrian é o tipo "galã", loiro, de olhos verdes, fechado, misterioso e tem um irmão gêmeo (problemas em dobro).
Jonathan, é tudo o que Adrian não é, literalmente, seu oposto. Um garoto super calmo, meigo, carinhoso, meio meninão, tem um estilo mas descontraído, apaixonado por música (na minha cabeça ele é como o Ed Sheeran: com seu violão e as camisas xadrez de flanela).
Nick é apresentada ao Adrian através do Joe e desde o início, a relação deles foi intensa. Ela não se atrai por louros de olhos verdes, mas com ele, foi uma flechada certeira, e ele a encantava com sua "misteriosidade" toda.
Adrian é um cara arrivista, ele é ambicioso, tenaz; tem um objetivo na empresa de eventos onde trabalha e dedica 100% do seu tempo a isso, não quer relacionamento sério mas, aparentemente, corresponde aos sentimentos da Nick.
E Jonathan, bem... Ele é o "hype" que veio para deixar Nicoly divergida, ele vai surpreender muito.
A narração do livro é ótima, é narrado em 1° pessoa, ora pela Nicoly, ora pelo Adrian. No fim do livro, a narrativa passa para outras pessoas.
O livro aborda um assunto interessante (mas não vou contar qual porque pra mim, foi o ponto que me deixou passada) e até então, nunca tinha visto ele abordado no meio literário. Os capítulos são nomeados com o número do capítulo + algo relacionado ao capítulo. Como se fosse um diário, vem datado e escrito quem está narrando.
Eu gostei muito da obra, é um romance misterioso, com uma pegada erótica, que não é vulgar, não forçada e nem é a essência do livro. É tudo muito bem harmonioso, super tranquilo para ler e é assim o livro todo
No fim, fica algumas pontas "soltas", mas que ficaram ali de propósito, pois passa o ar de que vai ter uma continuação (será?).
O Epílogo, pra mim, foi sensacional. Voltei e re-li umas 2x pra ter certeza se era aquilo mesmo. Nas ultimas páginas tem agradecimentos, um pouco sobre a autora e a lista de referencias do livo todo.
A escrita da autora é simples e muito gostosa de ler, é uma leitura que flui, é intensa e dramática.

site: https://dehvicente.blogspot.com/2017/03/reflexo-ias-guinossi.html
comentários(0)comente



Quel Fernandes 15/04/2017

Reflexo - Ias Guinossi
Autor: Ias Guinossi
Páginas: 370
Ano: 2015
Editora: Independente
Gênero: Drama, Romance, erótico
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon (e-book) Encomenda com a escritora (físico)
Nota:
Sinopse: "Jonathan era perfeito. Perfeito para mim. Mas eu amava o Adrian... E, por mais que me esforçasse, não conseguia olhar para o Jonathan e não vê-lo senão como uma cópia, a versão de como eu queria que o irmão dele fosse." — Nicoly V.

Toda garota já teve um grande amor. E toda garota também já se decepcionou e encontrou outro amor. Mas Nicoly convive de forma insólita com isso. Depois de anos de tratamento, o sentimento de perda acaba desencadeando um adormecido e mal curado transtorno de personalidade.
Seu coração não disputa apenas o amor de um homem, ele é disputado por duas personalidades que sua mente manifesta. Como Nicoly enfrentará esse dilema, com a mente revolta e indefinida? Enfim de quem será o seu coração?
Seu caminho será certamente permeado por desafios que superam a nossa imaginação. Mas quantos desafios ela terá que superar? Será que resistirá à dor e sairá feliz dessa história?
Atração, desejo, dinheiro, romance, tormento.
Um clichê romântico e triste que prenderá a sua atenção, leitor.
Resenha: Em uma semana em que vários autores brasileiros/nacionais deixaram seus livros grátis no site, Amazon, eu fui direto baixar para ler um pouco sobre os vários e novos autores.

Ando me surpreendendo com alguns e, nem tanto por outros, mas toda literatura tem seus altos e baixos.

Esse livro é diferente do que você provavelmente está acostumado, pois ele me lembra muito um diário, porque ele é contado em todos os capítulos com dia, mês e ano dos personagens.

Ficamos conhecendo de primeira mão Coly, ou melhor, Nicoly e sua melhor amiga Camile, e que trabalha no mesmo lugar que ela. Em uma cafeteria modesta próxima a sua casa.

No decorrer do livro ela é apresentada pelo namorado de sua amiga à Adrian, mas nem tudo é o que parece ser. Ela tem, digamos, um distúrbio de personalidade e terá que encarar o que virá pela frente.

Adrian é o oposto dela. Nick é meiga, doce, ingênua, gentil e ele forte, determinado, sádico (de certa forma) e quer tudo ao seu alcance.






Lembre-se, nem tudo é o que parece, às vezes tudo tem duas formas diferentes de ser.

Ficamos entre um ou mais capítulos narrados pela Coly e outros pelo Adrian, pois o romance deles começa e ambos vão mostrando o que acontece na relação deles. É muito diferente do que eu imaginava, porém gostei de ter lido um livro diferente do que costumo ler.

Recomendo-o, não só porque é nacional, mas porque vale a pena conferir como é uma relação conturbada em diversos sentidos.



site: http://www.eupraticolivroterapia.com.br/2016/11/resenha-reflexo-ias-guinossi.html
comentários(0)comente



Mari Canan 24/03/2017

Incrivelmente incrível
Nicoly é uma garota de 21 anos, independente e ativa. Adam 26 misterioso e complicado. Ambos têm seus problemas. Adam trás consigo uma vontade imensa de crescer na vida, tem ambições profissionais motivadas por problemas pessoais e isso nào lhe deixa tempo para viver um romance, mas quando ele encontra Nicoly, ao mesmo tempo que nào quer se envolver, algo sempre o leva de volta à Nicoly, já ela ao se envolver com ele trás de volta para sua vida emoções e sentimentos mal resolvidos da dua infância e adolescência trazendo com isso Jonathan para sua vida sendo ele o irmão gêmeo de Adam, o oposto dele, gentil, carinhoso, apaixonado. É aí que coisas surpreendentes começam acontecer...
Uma história diferente de todas que eu já li, que me prendeu do início ao fim e me fez também ter vários sentimentos diferentes me levando da calmaria à loucura.
Leitura fácil, envolvente e surpreendente daquelas que te fazem supor e imaginar coisas...vale muito à pena ser lida.
comentários(0)comente



Bells 15/03/2017

Resenha: Reflexo
Bom, vou começar dizendo que a autora havia me dito que se tratava de um romance erótico, e uma das minhas primeiras leituras desse ano foi um livro do tipo que é O Professo da Tatiana Amaral e foi uma leitura que não funcionou comigo, e quando fui pegar esse pra lê eu estava rezando pra todos os deuses que eu não me decepcionasse com o livro, porque ia ser muito traumático lê dois livros seguidos do mesmo gênero e não gostar. Ta, talvez eu tenha exagerado um pouco, mas o que estou tentando dizer é que, eu estava com medo de lê esse livro e não gostar, mas eu gostei haha

Nesse livro somos apresentadas a Nicoly, uma personagem que aparentemente é comum, sem nenhuma característica ou algo que seja extremamente marcante, mas no decorrer do livro descobrimos que ela possui problemas psicológicos, e esses problemas se agravam depois que ela conhece um rapaz, o nome dele é o Adrian. Adrian e Nicoly acabam tendo vários problemas, como por exemplo ela se apaixona por ele, mas ele não demonstra sentir nada demais por ela, ai aparece o irmão gêmeo dele, o Jonathan. O Jonathan é tudo o que Nicoly desejava que o Adrian fosse, ele é fofo, meigo, doce, carinhoso, atencioso, músico, o tipico cara perfeito e que qualquer garota se apaixonaria, exceto pelo fato de que pra ela ele não é o Adrian.

No livro também somos apresentados aos personagens secundários, e eles são importantes a sua maneira, mas vou falar de uma em especial que é a melhor amiga da Nicoly e as duas trabalham juntas, que é a Camile, a amiga atenciosa e que sempre tenta ajudar de alguma maneira. E tem o Tiago, ele trabalha na empresa com o Adrian e ambos possui problemas na vida profissional.

O que posso dizer sobre o livro é que a linguagem dele é bem leve e que as cenas hots são mais rápidas e não são tantas, pois tudo esta dentro de um contexto. A autora explorou um distúrbio de personalidade, e achei bem interessante, esse foi o primeiro livro que li que usa ele e não sei dizer se o modo trabalhado foi adequado e tudo mais porque é um assunto no qual eu ainda não possuo nenhum conhecimento concreto, e por isso não vou falar sobre esse aspecto do livro do ponto de vista técnico, mas do meu ponto de vista criativo, foi interessante, especialmente com o que nos é revelado no final que deixa algumas brechas para uma possível continuação, e a autora até me falou uma vez que tem interesse em esta escrevendo ela futuramente.

Minha nota no skoob foi 4, pois ao meu ponto de vista a autora deixou algumas pontas soltas com o final, que deixa um certo questionamento, como por exemplo "o que de fato tinha acontecido com ambos os personagens?". É aquele tipo de coisa na qual talvez alguém leia e nem perceba, ou talvez crie hipóteses do que havia acontecido ou talvez fiquem tipo eu, se perguntando o que aconteceu. O final não foi ruim, muito pelo contrario, foi surpreendente, algo que eu não esperava, só que pra mim as pontas não foram todas amarradas devidamente, deixando alguns questionamentos no ar, mas no caso de uma continuação pode ser que isso seja esclarecido. Além disso, teve algumas cenas, não muitas, das quais não gostei muito, mas de certo modo, elas eram necessárias para que o livro se desenvolvesse.

O livro é narrado em primeira pessoa e a maior parte dele pelo ponto de vista da Nicoly, mas temos várias partes que são narradas pelo Adrian. Adrian é um personagem misterioso, fechado, o tipo de personagem que guarda segredos e vamos descobrir coisas sobre ele que não é o esperado. Não é um gênero que eu esteja habituada a lê, pois comecei a lê esse tipo de livro a pouco tempo, mas acho que não seja algo tão explorado dentro de romances eróricos. Falando um pouquinho também sobre a diagramação do livro, pois achei ela linda, os inícios dos capítulos, as fontes usadas, é simples, mas um simples charmoso e belo. Li o livro em PDF, que foi o formato no qual a escritora me enviou e não me lembro de ter encontrado erros de digitação.

site: http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/2017/03/resenha-reflexo-ias-guinossi.html#more
comentários(0)comente



CuraLeitura 03/11/2016

esse é um daqueles livros que quanto menos você souber melhor para sua leitura e conclusão dos fatos
O livro conta num primeiro momento a história de Nicoly, ou simplesmente Coly. Coly é uma menina simples, meiga, linda e com um passado muito triste. Apaixonada pelo pai, e não se entende com a mãe. Ela vê sua vida mudar quando seu pai morre. Como nunca foi muito ligada a mãe, Coly se sente sozinha no mundo, o que a deixa um pouco depressiva. Não suportando mais viver no sítio com a mãe, Coly pega um pouco de sua herança, compra um apartamento e se muda do sitio. Arruma um emprego no café que se localiza na parte de baixo do seu apartamento, conhece novas pessoas, arruma alguns amigos e começa a viver uma vida nova.

Em um dia de folga, Coly e Camila, sua colega de trabalho, resolvem tirar um dia para ir ao shopping, e é lá que conhece Adrian. De início os dois não se interessam um pelo outro, porém com um empurrãozinho Coly é obrigada a conversar com Adrian e descobre se sentir atraída por ele. E, ao que tudo indica, ele também parece sentir o mesmo. Logo começam a trocar mensagens e a se encontrar com frequência, mas Nicoly não sente tanta confiança por parte de Adrian no relacionamento deles.

“Saudade, alegria, desejo e paixão: um misto de sentimentos me atordoava a todo momento.
Adrian me tocava como nenhum outro tinha me tocado antes."

Enquanto tenta entender e ter paciência com Adrian, Nicoly conhece Jonathan, que é irmão gêmeo de Adrian e tudo o que ela queria que Adrian fosse. Apaixonado, musico, atraente, simpático e carinhoso, Nicoly se vê em um beco sem saída quando começa a se sentir confusa sobre seus próprios sentimentos, enquanto Adrian se fecha para ela e não demostra interesse em nenhum tipo de relacionamento, Jonathan chega conquistando e demostrando seu amor por Coly logo de cara, deixando-a em duvida sobre qual dos irmãos deverá ficar, se quiser amar e ser amada. Mas nem tudo é o que parece. Qual será o motivo da repulsa de Adrian por relacionamentos? Porque Jonathan se apaixona justo por Coly? Por que a vida de ambos é tão misteriosa?

"Adrian é um poço de mistério. E essa curiosidade de tentar desvendá-lo me prende cada vez mais a ele."


Bom, como puderam perceber nessa resenha, só mencionei o assunto principal e ponto. Vão por mim, vocês irão me agradecer depois. Digo isso pois esse é um daqueles livros que quanto menos você souber melhor para sua leitura e conclusão dos fatos.

De modo geral posso falar que o livro me surpreendeu positivamente. A ideia inicial do livro é incrível e a execução da história também. Claro que tiveram alguns problemas que me incomodaram um pouco, como por exemplo o amor dos personagens que surgiu rápido demais, ou seja, em poucas páginas Nicoly sentia uma saudade e uma necessidade doentia por Adrian. Porém o que me fez diminuir a nota do livro foi o final. Não pense você que ele é ruim, muito pelo contrário, ele é ótimo! Para ser mais especifica, o posfácio me irritou bastante pois toda a história construída e muito bem construída até o final foi derrubada por 2 páginas que fez com que o “resto do livro” perdesse a credibilidade já ganha. Confuso? Sim, lamento não poder dar detalhes, mas esse problema só pode ser visto por quem leu o mesmo na íntegra.

A parte final ficou tão confusa que tive que pedir ajuda da autora para entender aonde ela queria chegar com aquilo, o que é ruim pois não temos sempre os autores a nossa disposição, não é?
Mas de modo geral é uma ótima leitura que eu super recomendo
comentários(0)comente



Poliana 18/08/2016

Maravilhoso! <3
Nicoly é uma menina que trabalha em uma cafeteria localizada próximo a uma faculdade com sua amiga Camile. Ela mora sozinha em um apartamento alugado acima da cafeteria e sua vida é aparentemente pacata, tranquila e aparentemente normal. Bom, é tão normal quanto pode ser para alguém que sofre de Transtorno Dissociativo de Identidade - popularmente conhecido como Dupla Personalidade.

A autora Ias Guinossi trabalha de maneira brilhante a maneira como o transtorno afeta a vida de uma pessoa e nos mostra o quanto é necessário ajudar quem sofre deste tipo de doença. No decorrer da história podemos perceber o quanto a obsessão de Nicoly por Adrian, um profissional bem sucedido e trabalhador assíduo em uma empresa de eventos e publicidade, e sua amizade maluca e confusa com o irmão gêmeo (nem tão gêmeo assim) dele causam na jovem um misto de confusão e agressividade.

Durante os altos e baixos da história Nicoly começa a se transformar em uma pessoa totalmente diferente. A morte do pai e outros acontecimentos de sua infância vêm à tona e, junto com toda sua obsessão, fazem com que a personagem entre em um grande colapso.

No fim, tudo o que sobra para o leitor são sentimentos conflitantes, choque e um grande poço de curiosidade. A revolta e a curiosidade pelo fato da autora ter deixado um gancho para uma possível continuação (e ainda não ter se pronunciado oficialmente sobre essa possibilidade) é grande, mas não faz com que deixemos de sonhar com um segundo livro cheio de emoção e romance.

site: http://paginasdaminhavidaliteraria.blogspot.com.br/2016/08/reflexo-te-amo-e-te-odeio-com-mesma.html
comentários(0)comente



Emerson 29/07/2016

Resenha do Livro Reflexo - Ias Guinossi
"Ele me entende, consigo em entregar totalmente a ele. Eu o quero, o quero muito. Aqui e agora eu sou sua."
Reflexo é o livro de estreia da escritora Ias Guinossi, publicado de forma independente e que hoje já conta com milhares de fãs.

O livro traz a história de Nicoly F. que sempre sofreu pela perda de seu pai, a pessoa mais querida de sua vida. Sua relação com sua mãe não é algo muito bos já que não são próximas. Ela se mudou para cidade onde vive sozinha em seu apartamento em que vive uma vida simples e trabalha em uma cafeteria junto com seus amigos, Camile e Bryan, no mesmo prédio que mora.




Depois de seu último relacionamento, em que foi traída, decidiu não se relacionar com mais ninguém, até que aparece Adrian, um jovem e belo rapaz, que pelo jeito chama atenção de todos com sua beleza. Ele parece mais galã de cinema americano.

Ao mesmo tempo que Nicly tenta conseguir a confiança de Adrian, ela conhece seu irmão gêmeo, Jonathan, igualmente atraente. Tudo que ela sente por um, ela sente pelo outro também e é ai que que ela começa a travar uma batalha com si mesma.

"Eu sentia sua presença, mesmo estando sozinha, e sua ausência me torturava mais do que qualquer outra dor sentida"
Sem dúvida "reflexo" tem tudo para encantar qualquer leitor. Uma leitura que prende a atenção, além de ter uma escrita fácil e como consequência, uma fácil leitura. A narrativa é em primeira pessoa, sendo que vai alternando entre os personagens.


O que eu mais gostei da obra foi a vida de Nicoly e o seu mundo ao redor. O seu relacionamento com Adrian e Jonathan envolve de uma forma fascinante. Reflexo tem uma pegada hot, e posso falar, que foi o único livro do gênero que gostei. Porque a escritora soube criar toda uma história.

site: www.literaturanews.com.br
comentários(0)comente



Aline Natália 06/06/2016

REFLEXO - Ias Guinossi

"Não consigo entender. Adrian é um poço de mistério. E essa curiosidade de tentar desvendá-lo me prende cada vez mais a ele."

Narrado em primeira pessoa, temos a oportunidade de conhecer o ponto de vista de Nicoly e Adrian, o que facilita o entendimento da história.

Os personagens foram bem construídos, com problemas realísticos, é fácil se envolver com suas perplexidades. A leitura é fluente, com um vocabulário de fácil entendimento.

Dupla personalidade é um tema que nunca tinha visto em um livro antes, a autora consegue mescla muitos sentimentos, o livro também tem algumas cenas hot para apimentar ainda mais a trama.

Quando você encontra todas as respostas e pensa que nada mais te surpreenderá, tem o último capítulo pelo ponto de vista de Jonathan, deixando o desfecho surpreendente.

Mesmo sendo descrito como um clichê romântico, posso garantir que está longe de ser.

"Ele me entende, consigo em entregar totalmente a ele. Eu o quero, o quero muito. Aqui e agora eu sou sua."

Conheci o livro quando a autora me convidou para ser sua beta reader, é bom poder ver o trabalho terminado e indicá-lo para todos vocês.
______________________________________________________________
Confira a Resenha completa no meu Blog:

Relíquias
http://reliquiasaline.blogspot.com.br/


site: http://reliquiasaline.blogspot.com.br/2016/06/livro-reflexo.html
comentários(0)comente



Fernanda @condutaliteraria 30/05/2016

Reflexo conta a história de Nicoly, uma moça simples do interior que vem morar sozinha na cidade. Nicoly ainda sofre com a morte de seu pai e tem um relacionamento nada amistoso com a mãe. Seus únicos amigos são Camile e Bryan que trabalham juntos com ela em uma cafeteria.

Em uma de suas saídas com Camile, ela é apresentada a Adrian. Jovem publicitário e bem sucedido, Adrian parece o cara perfeito, porém, é muito fechado e misterioso. No começo Nicoly fica receosa mas a atração fala mais alto.

Logo começam a trocar mensagens e a se encontrar com frequência, só que Adrian não passa confiança alguma no relacionamento. Ele parece sempre estar preocupado e muito envolvido em seu trabalho.


"Saudade, alegria, desejo e paixão: um misto de sentimentos me atordoava a todo momento."


Enquanto tenta entender Adrian, Coly conhece Jonathan, que é irmão gêmeo de Adrian. Músico, apaixonado e muito atencioso, ele é tudo que Coly gostaria que seu irmão fosse.

Cada vez mais envolvida e confusa, Coly fica perdida entre os dois irmãos. Ao mesmo tempo em que quer Adrian, ela fica atraída pelas atenções de Jonathan. Enquanto um se afasta o outro parte para a conquista.


"Aceito o seu abraço e retribuo-o. Fico uns segundos olhando nosso reflexo no espelho e fecho meus olhos. O gosto, o toque e o calor do beijo de Jonathan assombra minha mente. Para mim, era o Adrian."


Achei interessante o modo como a autora conduziu o conflito de Nicoly dentro de si mesma. Personalidades que dialogam e se enfrentam. Que amam e odeiam ao mesmo tempo, mostrando toda fragilidade da situação.

A pressão de amar alguém que não corresponde o que se espera e Jonathan ser tudo que Coly espera de Adrian.

O livro é narrado em primeira pessoa, alternando entre os personagens, o que nos dá uma visão muito clara do que se passa com cada um. A leitura é fluida e apesar de parecer um romance clichê, a autora dá um diferencial na história, o que desperta um misto de emoções.

A história é um ótimo romance, com uma pegada hot e um tema polêmico que vale toda leitura. A capa é linda e muito representativa com a trama.

O final é um tanto intrigante e leva o leitor a pensar sobre tudo que tinha sido revelado até então. Fiquei com algumas curiosidades e dúvidas e penso na possibilidade de uma continuação.

Enfim, esse é o romance de estreia da autora e posso dizer que começou muito bem. Gostei muito do que li e como falei, leva tudo para ser um romance clichê mas não é, e isso fez toda diferença na leitura.

Recomendo a todos!


comentários(0)comente



Francine 11/04/2016

A autora cumpriu a proposta da sinopse. Eu a admiro por trazer à tona um tema polêmico e pouco explorado na literatura.
Conheci Reflexo quando a Ias Guinossi procurava apoio para sua publicação através do Catarse. Interessei-me bastante por esse romance ao ler sua sinopse e ver o carinho dos leitores pela autora, reconhecida no Wattpad. Carinhosamente, ela me cedeu um exemplar e sinto-me feliz em vir apresentar minha opinião para vocês.

Nesse romance conhecemos Nicolly, uma jovem mulher que sofre de Transtorno Dissociativo de Personalidade, anteriormente denominado Transtorno de Múltipla Personalidade (popularmente conhecido como Dupla Personalidade). Enfim, o fato é que Nicolly apresenta outra personalidade e sua condição estava sob controle depois do longo acompanhamento psiquiátrico e medicamentoso. No entanto, quando Nicolly decide ser independente e morar sozinha noutra cidade, os sintomas voltam a aparecer.

Ao mesmo tempo, Nicolly conhece Adrian. Ela, que geralmente prefere os morenos, se sente atraída por seus fios loiros e olhos claros. Há algo nele que a faz desejar conhecê-lo. Talvez seja seu olhar frio e dominador, sua atitude imprevisível, seu jeito arrogante e autoritário. Adrian parece um ímã que faz Nicolly se esforçar para manter-se próxima. O problema é que, quanto mais próxima Nicolly está, mais distante parece que Adrian faz questão de se manter.

Nicolly está sofrendo. Adrian parece sempre preocupado e ocupado com o trabalho, mal consegue vê-la. O sexo é quente, dominador, e faz Nicolly ter certeza de que ambos combinam. Mas seus sentimentos não estão em sincronia.

É nesse contexto confuso que Jonathan aparece. Ele é o irmão gêmeo de Adrian. A mesma aparência, personalidades opostas. Jonathan é carinhoso, alegre, despojado e gentil. Ele corresponde a atenção de Nicolly. No entanto, a outra personalidade de Nicolly o odeia. Ela não quer "o falso", e sim "o verdadeiro Adrian". Ela quer se afastar de Jonathan, porque não aceita ver o amor de Nicolly ser dedicado a outro que não seja Adrian.

Achei muito interessante o modo como a autora deu voz ao conflito que Nicolly enfrenta dentro de si mesma. As personalidades dela dialogam e se enfrentam. Por isso, a personagem pode amar e odiar ao mesmo tempo, provocando confusão e revelando a fragilidade de sua situação.

Nicolly está ruindo diante da pressão de amar alguém que parece não a corresponder. O fato de Jonathan ser completamente igual a Adrian desperta sentimentos dúbios. Jonathan faz tudo o que Nicolly desejava receber de Adrian. Complicado, não?

Esse não é um romance feliz. É um romance sobre uma jovem mulher de condição frágil tentando, desesperadamente, lidar com a rejeição. Sobre autodescoberta e declínio. Sobre como o amor pode machucar quando não sabemos vivê-lo.

A autora cumpriu a proposta da sinopse. Eu a admiro por trazer à tona um tema polêmico e pouco explorado na literatura. O desfecho foi ótimo, pois as atitudes de Adrian e Jonathan ganharam um novo significado, respondendo a vários mistérios que a autora apresentou. O declínio de Nicolly deu um tom tenso à narrativa, mantendo a atenção do leitor. A narrativa se intercala entre Nicolly e Adrian, favorecendo nosso entendimento sobre ambos os personagens. Ias Guinossi consegue ser fluída e envolvente em suas palavras.

Como fragilidade, destaco que senti falta de uma consistência real aos sentimentos de Nicolly por Adrian. Entendo que, na condição dela, o fato de ambas as personalidades se interessarem por Adrian "justificaria" o amor que sentia. Mas a verdade é que ambos saíram por apenas um mês, no qual se viram poucas vezes devido às ocupações de Adrian, e não houve uma intimidade construída que pudesse dar base ao amor dela. Senti que a autora fundamentou os sentimentos de Nicolly excessivamente sobre sua condição psicológica. Eu diria que, se houver uma continuação, esperaria de Nicolly uma maturidade maior em relação aos seus sentimentos. Adoraria vê-la assumindo ser mais do que o conflito entre suas duas personalidades.

Apesar disso, reconheço que muitas mulheres deixam-se iludir por pessoas que pouco fazem para merecer tamanha devoção. A solidão delas é a responsável por tornar cada mínimo estímulo de afeto algo de grandioso valor. É uma realidade triste que Ias Guinossi acabou, também, por apresentar em Reflexo.

Esse é um ótimo romance, com uma narrativa de qualidade e um tema polêmico que faz valer sua leitura! A capa é belíssima e bastante representativa. A diagramação está excelente. Recomendo para vocês.

Resenha postada no My Queen Side [acesse e saiba mais]:

site: http://www.myqueenside.com.br/2016/04/resenha-143-reflexo.html
comentários(0)comente



Milena.Assis 12/02/2016

Resenha do Blog Romances Apimentados
Fico me perguntando o motivo de ter demorado tanto para ler esse livro, depois que comecei a leitura não consegui parar.

Adorei!! Espero que gostem!! :)

Um dia e uma noite, esse foi o tempo que levei para devorar Reflexo. A curiosidade foi aguçada pelo mistério que envolvia os personagens e esse triângulo amoroso!!

Não, não é um clichê!! Discordo totalmente!! É uma leitura completamente diferente: Densa; intensa; dramática. Suspense e segredo trabalhados para prender a atenção do leitor do início ao fim.

Quando você pensa que desvendou o mistério, através das pequenas pistas que a autora vai, sutilmente, inserindo, SURPRESA: Não era somente aquilo, era mais, muito mais!

Esse livro é daqueles que criam uma enorme dificuldade para fazer a resenha, queria muito compartilhar tudo com vocês, mas não posso estragar a agradável surpresa que é essa leitura. Então, NADA de SPOILER!!

O tema abordado no livro é bem incomum: a dupla personalidade, refletida nas constantes conversas de Nicoly com seu subconsciente. Mas não apenas isso, o livro aborda temas do cotidiano, fala sobre guarda compartilhada, inclusive tratando as mudanças na lei, dando um toque de realidade à ficção. E claro, o romance, o triângulo amoroso entre os personagens: Adrian – Nicoly – Jonathan.

A trama tem um erotismo comedido e cenas apimentadas, mas esse não é o foco do livro.

A personagem Nicoly sofreu com as adversidades da vida e sua recuperação não foi total. Carregando um distúrbio desde a morte traumática de seu pai, a jovem passa a ser insegura, mas não chata, apenas uma protagonista com emoções e dramas a flor da pele.

Um passeio no shopping, com sua amiga Camila, e uma carona são suficientes para fazer a vida de Nicoly virar de cabeça para baixo. Entendeu? Não? Vou explicar! O namorado da Camila, vai buscá-la no shopping junto com um amigo. Quem é esse amigo? Adrian, o loiro que faz o coração de Nicoly disparar!

Love is in the air!!

Adrian é um homem misterioso e, com certeza, esse mistério aguça a curiosidade do leitor. O que será que Adrian esconde?

Confesso que foi ele o motivo de uma noite em claro, lendo o livro.

Um personagem determinado, misterioso e irritantemente ganancioso. Para Adrian, o trabalho vem SEMPRE em primeiro plano. Além disso, apesar do “relacionamento com Nicoly”, Adrian apresenta um comportamento, no mínimo, estranho. Frio e calculista, as atitudes carinhosas surpreendiam.

Jonathan, o irmão gêmeo, é a versão mais descolada de Adrian. Mesma aparência física, mas com gostos e prioridades diferentes. O carinhoso músico se apaixona por Nicoly, mas a protagonista não consegue tirar Adrian da cabeça. Mesmo dividida em alguns momentos, o coração bate forte por Adrian.

Nicoly chega a almejar qualidades de Jonathan em Adrian.

Adrian é um poço de mistério. E essa curiosidade de tentar desvendá-lo me prende cada vez mais a ele.

O livro é narrado em primeira pessoa, dando voz a Adrian e Nicoly, em capítulos intercalados. Apenas o último e decisivo capítulo é narrado por Jonathan.

Li algumas críticas acerca do final. Achei o final surpreendente, não esperava mesmo, e passível de interpretação, mas é um final aberto. Então, esperamos as cenas dos próximos capítulos.

Depois de ler, a capa faz todo sentido!! Amei a ideia!! ;)

Gostei muito do livro!!

Eu indico!!

Se você já leu, por favor, me diz o que achou. Estou curiosa!

Quem ainda não leu, leia! E descubra o motivo do final surpreender tanto!

Como acaba essa estória?

Só lendo para saber!

site: https://romancesapimentados.wordpress.com/
comentários(0)comente



Ingrid 29/01/2016

Reflexo
Reflexo, o livro da escritora brasileira Ias Guinossi (sem editora, 370 páginas lançado em 2015, encomendas direto com a autora) , é um romance interessante regado de mistério e paixão.
O livro fala sobre a história de Nicoly, uma garota cujo pai morrera há algum tempo. Com a herança do pai, Nicoly foi morar sozinha em um apartamento no mesmo prédio da cafeteria em que ela trabalha. Escritora de um blog, se prepara para estudar artes plásticas na faculdade.
Camile , sua melhor amiga, lhe apresenta Adrian ... É a partir daí que tudo começa a acontecer.
Romance, mistério, paixão, sonhos, pesadelos...... Uma trama deliciosa para acompanhar.
Com uma pitada de 50 tons de cinza, a protagonista Nicoly e seu par Adrian tem diversos momentos de amor muito bem descritos , mas que, para quem leu 50 tons, é fácil lembrar do Christian Grey e Anastasia Steele.
O livro prende a atenção e é super fácil de ler. A escrita é clara e envolvente.
No decorrer do livro aparecem uns personagens do nada, sem explicação.... Com a leitura vc vai descobrindo quem são e o que fazem na história.
Final surpreendente é interessante. Vale a pena a leitura!

Super indico..

Para encontrar a autora, basta buscá-la no facebook: Ias Guinossi e no Skoob : Livro Reflexo.

Até a próxima pessoal!!

site: http://cafecomletrasehistorias.blogspot.com.br/2016/01/resenha-reflexo-te-amo-te-odeio-com.html
comentários(0)comente



Jessy 17/01/2016

Nicoly, ou simplesmente Coly, é uma jovem animada, divertida, que leva uma vida simples, trabalhando em um café, localizado no primeiro piso do prédio onde mora. Com uma personalidade forte, tem como sua maior inimiga ela mesma (sua mente).

Nicoly nunca mais foi a mesma depois da morte de seu pai, perda que lhe rendeu algo do qual ela nunca mais conseguiu se livrar. Tudo em sua vida vai bem, até que ela encontra com Adrian F, que entra em sua vida mudando tudo de lugar.

Adrian, por sua vez, é um homem de cabelos loiros e olhos sedutores, um verdadeiro conquistador de mulheres. Misterioso e um pouco assustador, ele conhece Nicoly através de seu amigo Joe, namorado da melhor amiga de Nicoly, seu interesse por ela surge de imediato. Porém, Adrian é um homem ambicioso, que coloca seu trabalho acima de tudo e de todos, mas logo se vê dividido, tendo que escolher entre Nicoly e sua carreira. Será que vocês conseguem adivinhar qual foi a sua escolha?!

"Adrian é um poço de mistério. E essa curiosidade de tentar desvendá-lo me prende cada vez mais a ele."

Reflexo aborda um assunto que, confesso, nunca ter lido antes: a dupla personalidade, um distúrbio psicológico bem complexo, o que deve ter levado a autora a algumas pesquisas no decorrer da escrita. Apesar de ser um romance erótico, Ias consegue balancear bastante nas dosagens. Tudo na medida certa, construída e pensada minuciosamente.

Coly é uma personagem um tanto quanto chata e impulsiva, o que acabou me irritando algumas vezes durante a leitura, mas, apesar de tudo isso, você consegue se apegar a ela logo nas primeiras páginas do livro. Suas emoções e reações transparecem a realidade, levando você a imaginar como seria tal personagem em convívio no mundo real. Você consegue facilmente identifica-la em nosso cotidiano, pois ela tem medos, segredos, inseguranças e indecisões, como qualquer pessoa. Ias construiu uma personagem onde conseguimos sentir todas as suas alegrias, tristezas, agonias no decorrer da estória.

"Eu sentia sua presença, mesmo estando sozinha, e sua ausência me torturava mais do que qualquer outra dor sentida"

Adrian, com sua arrogância e frieza, é um personagem que não me conquistou em nada, na verdade criei uma certa aversão a ele, com sua ambição exagerada, o que por diversas vezes foi o divisor de águas entre os acontecimentos, transformando seu relacionamento com Nicoly praticamente inexistente. Seus segredos e mistério pesaram muito em meu julgamento a seu respeito.

Em um determinado momento, começaram a surgir as teorias do que ele tanto escondia e, consequentemente, como seria o desenrolar da estória. Exatamente por isso, ele se tornou um personagem essencial para o andamento da trama.

Jonathan, como todo bom moço, surge para deixar Nicoly dividida. Completo oposto de seu irmão. Jonathan se torna, de certa forma, um consolo para ela, sendo tudo aquilo que Adrian não pode ser, o que acaba deixando seu coração dividido entre os dois irmãos. Jonathan é mais calmo e leva a vida de forma mais relaxada, é um personagem que conquista, cada vez mais, nossos corações.

"Dizem que quando você está feliz, você apenas aprecia a música, mas quando está triste, entende o que a letra quer dizer."

O livro é narrado em primeira pessoa, sendo alternado entre os personagens, o que nos permite uma melhor visão da estória, o que em algumas ocasiões tornaram a estória um pouco confusa, mas nada que comprometa a compreensão final do leitor. Com uma narrativa fluída, a escrita da autora consegue te transportar para dentro da estória, como se realmente estivéssemos presentes em cada cena descrita. Mesmo sendo um romance, de certa forma, clichê, Ias conseguiu deixar sua marca, acrescentando um toque de drama ao trazer um assunto, que até então eu desconhecia nesse universo literário.

Reflexo desperta todos os sentimentos possíveis no leitor, com um segredo não revelado que muda tudo. Tenho certeza que você ira se surpreender com o desfecho desse livro, sendo praticamente obrigado a refletir sobre tudo o que foi revelado. Confesso que até agora penso sobre tudo o que foi narrado, e ainda me pego pensando.

Espero muito que, futuramente, surja uma continuação sobre essa estória, concluindo, assim, algumas curiosidades e dúvidas que surgiram após terminar a leitura.

site: http://magialiterariia.blogspot.com.br/2016/01/resenha-reflexo-ias-guinossi.html
comentários(0)comente



Vivs 17/01/2016

Nicoly mora sozinha e trabalha na cafeteria que fica no térreo do prédio onde mora. Depois de seu ultimo namoro, onde acabou sendo traída e magoada, Nick tem certeza que não quer se envolver com ninguém.

Mas isso muda no momento em que conhece Adrian. Uma atração
estranha une os dois e faz com que ela tome decisões que nem parecem ter vindo dela. O romance deles é difícil de explicar, eles não são nada oficialmente mas Nicoly sabe o que sente, mesmo que Adrian não consiga demonstrar.

“Sinto o corpo de Adrian, mas não sinto o seu coração. É como se ele estivesse parado, congelado. Ele não reage a nenhum estímulo meu. Estou sozinha, abraçando um corpo gelado em meio a escuridão da noite. “
Adrian, Nicoly e Jonathan. Um triangulo amoroso? Com irmãos gêmeos? Posso dizer que se você acha que esse livro é mais um clichê não faz ideia do que te espera. Ias construiu uma trama incrível, um romance inebriante que consome os personagens e nos leva junto.
Esse livro tem uma pegada hot que eu confesso que não esperava. Me pegou de surpresa mas no enredo isso se encaixa perfeitamente, não é forçado nem exagerado, pelo contrário, me trouxe um pouco mais de veracidade para o enredo.

Olho fixamente a caixa de entrada de mansagem esperando, talvez, receber alguma coisa – uma simples mensagem, uma palavra qualquer ou até mesmo uma reticência sem sentido. Mas nada. Nada acontece, além do relógio digital mudar os minutos informando que o tempo continuava passando e que eu continuava parada.
Gostei bastante da leitura e não esperava pelo desfecho incrível que a história de Nick tem. Um livro surpreendente de verdade, envolvente e apaixonante, além de um pouco enlouquecedor…

site: http://corujasdebiblioteca.com.br/2016/01/17/reflexo-ias-guinossi/
comentários(0)comente



21 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR