Estrela Píer

Estrela Píer Kamila Denlescki




Resenhas - Estrela Píer


163 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Yonikowski 31/10/2009

Um livro gostoso de se ler
Uma história envolvente, repleta de cenas engraçadas envoltas em mistério e aventura. Você, simplesmente, não consegue parar de ler.


Regiane 01/04/2011

Com um desfecho surpreendente!

Lúcia Píer é uma garota inteligente, culta que levava uma vida simples e normal, trabalhando como bibliotecária, mas graças a sua avó - que a inscreve em um concurso - sua rotina acaba mudando totalmente. Ela ganha uma viagem a Londres para conhecer o famoso ator Richard Clevehouse.

Apesar do susto pela inesperada premiação, Lúcia fica deslumbrada e feliz por saber que irá conhecer Londres e que terá um jantar maravilhoso com o ator mais comentado do momento. E que não iria? Já pensou um jantar com o Deep?? rs

Em Londres, ela é muito bem recebida pela equipe responsável pelo concurso, que se encarrega de hospedá-la e de cuidá-la para que o jantar com Richard seja perfeito. Finalmente é chegado o grande momento, e Lúcia fica frente a frente com o ator, que a encanta imediatamente, mas que ao mesmo tempo traz mistérios e situações para lá de estranhas.

A garota que vivia de forma monótona, de repente tem tudo virado do avesso, pois à partir do momento que conhece Richard Clevehouse, sua vida corre um grande perigo que ela nem imagina. E ele fará o possível e o impossível para tentar protegê-la.

Por que será que Lúcie corre tanto perigo? E porque será que Richard guarda tais segredos??? Bom, para você saber, só lendo mesmo rs.

Em muitos momentos adorei Lúcia e em outros eu a detestei, mas vou explicar o porquê. Apesar de me identificar com a personagem por ser doce, sonhadora e apaixonada por leitura, eu me incomodei muito com a forma dela aceitar muito naturalmente as novas situações impostas. Certas revelações que ela deveria brigar, ficar inconformada, simplesmente ela aceita como se fossem as coisas mais normais do mundo. Mas tirando isso, eu não tenho o que falar, a história tem romance, aventura e muita ação, ingredientes que me cativam demais.

Fiquei bastante admirada com a forma envolvente que a autora escreve e também com sua criatividade que achei muito original. A sinopse do livro não revela nada mesmo, então fica impossível de imaginar quais são os mistérios que envolvem a trama. Eu achei isso o máximo, pois deixou a história bem intrigante e emocionante, de tirar o meu fôlego e até mesmo o meu sono. Li esse livro em três noite, pois ele me prendeu do começo ao fim, além disso, o desfecho me deixou pasma, com gostinho de quero mais. Adoro enredos com finais surpreendentes. Espero sinceramente que a Kamila escreva a continuação dessa obra.

Uma outra crítica que devo fazer é relacionada a editora, pois achei muita falha na revisão do livro, quanto a acentos e pontuações. Acho que a Novo Século deveria prezar mais esses detalhes, e não é só com livros nacionais, mas já percebi esses erros também em livros estrangeiros lançados por eles.

Finalizando, agradeço a Kamila por ter sido muito fofa e atenciosa, e por ter me dado a oportunidade de conhecer esse ótimo livro.

Recomendo a todos!!!
comentários(0)comente



Camila 12/01/2010

Estrela Píer
Um livro bem original e surpreendente! A gente fica imaginando que já entendeu tudo, mas depois 'quebra a cara'! hehe Achei o livro bem fofo, mas eu gostaria que algumas coisas tivessem sido mais explicadas... Talvez a intenção tenha sido deixar um suspense pra uma continuação, mas eu sou curiosa e queria saber logo! Adorei a proposta da autora!!
comentários(0)comente



Queria Estar Lendo 25/07/2014

Resenha: Estrela Píer
Estrela Píer foi uma das minhas primeiras aquisições nos meus anos de glória, quando eu era ryca e podia ficar ostentando livros por aí, haha. Não lembro ao certo o motivo da compra, o que me faz pensar que deva ter sido o bom e velho impulso. Dada a capa sem grandes pretensões, a diagramação simples e o papel branco, acredito que tenha sido publicado na fase inicial do selo Novos Talentos.

Lucia é a típica protagonista de romances: uma garota comum, que não se encaixa muito no mundo, e é uma apaixonada por livros. O livro se inicia com Lucia sendo levado ao cinema por Carlos, um aluno rico e metido da escola onde ela é bibliotecária. O filme que esta em cartaz é sobre um caçador de criaturas sobrenaturais, Roy Stuart, e Lucia se percebe encantada com a mágica do cinema.

O encontro é um fracasso, como ela já esperava. Sua avó, Marisa, tenta lhe abrir os olhos para as possibilidades da vida e do amor, mas Lucia esta convicta de que não nasceu para isso, que seus amores estão restritos aos livros. A sorte e a vida da personagem acabam por mudar, porém, ao se deparar com uma promoção em uma revista. O prêmio? Uma viajem para Londres com direito a um jantar na companhia de Richard Clevehouse, o astro do filme que Lucia acabara de ver.

"Richard tinha olhos, porte e elegância de vilão. Faltava saber qual era o seu objeto de desejo. Todo vilão é movido por devoção a algo ou alguém." pg. 67

Uma promoção, como em um passe de mágica, e toda a vida de Lucia iria mudar.

Ganhar a promoção e ter o prazer de jantar com Richard Clevehouse em Londres parecia como um sonho, mas quando o ator parece ter um surto ao ver a marca de nascença em forma de estrela que Lucia tem no pulso e praticamente a obrigar a fugir com ele para sua casa, o sonho toma proporções totalmente diferentes. Lucia corre perigo, mas não faz a mínima ideia do porquê, e Rick, como Richard pede para ser chamado, parece ser o único que pode salvá-la. Mesmo que todos insistam em dizer que não.

- Eu devia deixá-la sozinha. Devia ter deixado você no hotel. Era o certo, não era? - e virou a cara para o jardim dos Darin. Depois continuou, sem força na voz. - Mas a única coisa que eu considero a fazer é trancá-la naquele quarto... - apontando para a minha janela - ... e guardar a chave comigo. Só comigo." pg 119

Estrela Píer pode ter uma premissa simples, com uma garota comum que encontra seu ídolo e eles acabam vivendo uma história de amor. Porém Kamila foi muito além, juntando elementos de ficção científica que você nem imagina antes de ler a história. A verdade é que os estúdios WardWade, ao qual Richard faz parte, são uma grande farsa. Ou melhor, eles criam aqueles que serão seus novos artistas com a ajuda da Fábrica. Ou seja, as pessoas são modificadas para serem perfeitas estrelas (e algumas coisinhas mais)!

E Lucia, obviamente, é uma destas criações.

Mas mais do que isso, ela faz parte de um experimento ainda maior. Lucia é a parte feminina de um triângulo amoroso criado para arrebatar fãs ao redor do mundo, uma perfeita história de contos-de-fada com herói e vilão não apenas nos filmes mas também na vida real. Rick e Kim Laurel, os antagonistas de todos os filmes estrelados por Richard, são as outras duas pontas do triângulo. O problema é que, ainda que lhe cause borboletas no estômago desde que o viu pela primeira vez, Rick não é aquele a quem Lucia foi destinada a pertencer.

Richard foi criado para ser o antagonista. O perdedor. O vilão.

"- Eu sabia que seria difícil, mas eu não fazia ideia de que você chegaria tão rápido. Eu não estava preparado. Você chegou como força da natureza e devastou o que viu pela frente. Devastou o meu mundo.

- Dois mundos devastados, então. - murmurei de forma inaudível." pg 138

Elementos de ficção se encontram desde o começo do livro, que apresenta pequenas passagens misteriosas e que não são explicadas ao leitor. Em um primeiro momento deixei passar alguns destes detalhes, pois acreditava se tratar de apenas mais um romance comum. Por isso, a você leitor que irá se aventurar por este livro, recomendo atenção aos detalhes desde o princípio, fará de sua leitura algo muito mais proveitoso!

O subtítulo nos aponta os personagens deste romance, e cada um deles será trabalhado mesmo que em um espaço pequeno. Eis aí um ponto do livro que me desagradou, algo que é uma birra antiga minha, não gosto de triângulos amorosos que são trabalhados da forma como este foi (você precisará ler o livro pra saber, haha). No mais, é um livro curto, com apenas 231 páginas, de leitura extremamente rápida e agradável. O romance é parte essencial da história, recheado de mistérios e ficção científica então é uma pedida mais do que excelente!

" - Por favor, Lucia, diga que isso ainda pode acontecer. Eu não sei se posso deixar você ir - continuou um tom mais baixo. - Diga que eu não sou egoísta o suficiente a ponto de arrancar-lhe a chance de amar Kim Laurel - seus olhos estavam escuros novamente, sinistros." pg 147

Meu único porém, que realmente importe quanto ao critério "indicação de livro", é o final que a autora nos proporcionou. Ou a ausência dele. Ainda que tenha uma narrativa despretensiosa, Kamila possui uma história envolvente e de grandes proporções para contar, e infelizmente quis deixar isso evidente ao não finalizar o livro, deixando-o com um final em aberto. Teria sido mais interessante, e inteligente, ter tentado concluir a história no primeiro livro e deixar uma margem para continuação, caso houvesse interesse. Infelizmente foi um ato falho da autora e da editora por não orientá-la quanto a isso.

Mas, ainda assim, com final em aberto ou não, recomendo a leitura de Estrela Píer. Kamila Denlescki pode ter cometido seus pecados, mas também soube nos proporcionar uma bela história!
____________________________________________
Gostou da resenha, quer mais? Então acesse o blog 'Só mais um' e venha viver este vício conosco! :)

Esta resenha foi feita por Eduarda Henker, membro do blog 'Só mais um', e a reprodução integral ou parcial da mesma é proibida. Plágio é crime

site: http://blogsomaisum.blogspot.com.br/2014/07/resenha-estrela-pier.html
comentários(0)comente



Flavia 28/11/2012

Fofo e empolgante!
Lúcia é uma garota com uma marca de nascença em forma de estrela. Ela tem 18 anos, é bibliotecária no Colégio Santa Rosa, é fascinada e conhece todos os clássicos da literatura (até tem o apelido de "Traça"), mas nada de interessante e novo acontece em sua vida. Ela e sua irmã adotiva, Lara, foram criadas pela avó, Marisa, pois os pais a abandonaram. Ninguém se interessa por ela, exceto Carlos, um cara tão sem noção que chega a ser cômico. Lúcia sonha em um dia encontrar seu grande amor, mas isso parece estar longe de acontecer...
Mas para sua sorte, ou não, Lúcia aceita o convite para ir ao cinema com Carlos e lá, ao assistir o filme, fica encantada pelo ator, Richard Clevehouse.
Um belo dia, Lucia recebe uma ligação e é informada que acabou de ganhar uma promoção e que viajaria para Londres para um jantar com ninguém menos que o astro que a encantou: Richard, o próprio. Ela fica sem entender bem o que é aquilo (pois só tinha ouvido falar na promoção que estava sendo feito por uma marca de xampu, e por concorrer com milhares de fãs, nem quis arriscar participar para perder), e descobre que sua avó foi a responsável por sua inscrição nesse concurso. Então, Lúcia sai de São Paulo, e vai rumo a Londres, para ganhar seu prêmio.
Chegando lá, Richard é um pouco diferente do que ela esperava. De início tudo estava indo muito bem, os dois estavam a vontade e a química entre eles era evidente, mas quando Richard repara na marca de nascença de Lúcia, o que deveria ser um jantar tranquilo e com horário pra acabar, acaba virando uma confusão, pois Richard sequestra a garota "para a própria segurança dela". E em meio a todo esse perigo, Lúcia acaba descobrindo coisas que nunca poderia imaginar serem possíveis...

Estrela Píer foi uma surpresa pra mim. A mistura de romance com ficção científica, muita ação e uma boa dose de mistério, que gira em torno da fuga e o motivo dela, foi ótima! O livro começa bem devagar, mas a reviravolta que acontece durante o jantar, com direito a perseguições e altas escapadas, deixa tudo muito mais interessante e empolgante, e fiquei desesperada, querendo ler logo para que as coisas fossem esclarecidas e aquele sufoco tivesse um fim, feliz de preferência. A narrativa é em primeira pessoa, feita pela própria Lúcia que é uma personagem bem marcante, forte, inteligente, decidida e amante de literatura *-*, mas muitas vezes senti que ela aceitou algumas situações e explicações chocantes de forma muito fácil, sem maiores questionamentos ou sem bater o pé.
Richard é um cara muito misterioso, que ora demonstrava ser o mocinho, ora o bandido, mas que independente do que fosse na realidade, não perdia o charme e nem a atenção de Lúcia. Ai, que gato!
A trama é revalada aos poucos, despertando nossa curiosidade e a vontade é de não largar o livro enquanto ele não termina. A maior parte da história se passa em Londres, mas em momento algum a leitura vira um tour pelo lugar. A ação é tanta que ninguém tem tempo pra dar uma de turista pela cidade, e nem por isso a descrição dos cenários deixa a desejar, muito pelo contrário! É tudo muito bem descrito e detalhado de forma incrível!
Eu só não dei 5 estrelas pro livro devido à questão de Lucia aceitar várias coisa numa boa, o que soou um pouco irreal pra mim já que a menina é tão inteligente. Talvez fosse por culpa do amor que chegou pra ela de forma tão arrebatadora e que a fez perder um bocado dos sentidos, amor que ela não havia esperado até conhecer Richard, quem sabe... E também porque, mesmo com a escrita maravilhosa, de certa forma um pouco poética e bem fluída da autora, encontrei alguns erros que passaram despercebidos na revisão.

Enfim, não dá pra revelar mais detalhes sem que vire um big spoiler pra estragar a surpresa de quem ainda não leu a história. E o final "enigmático" é bem surpreendente e nos deixa com aquele gostinho de "E agora? Quero mais meudeusdocéu!!"
Superou minhas expectativas e super recomendo!
comentários(0)comente



Jacque Milet 05/01/2010

=D
Ótimo, um dos melhores que já li!
Gostei bastante da simplicidade com que ela escreve, o jeito brasileiríssimo das caracsterísticas de Pierela, e principalmente de Rick!
Gostei muuuuuito desse trecho e, acho que vale a pena mostrar:
"Eu não me refiro a paixão, à pele, ao desejo.Eu me refiro a fatos sublimes dos sentimentos inexplorados, das noites sem dormir, dos sonhos inacabados.Eu falo de um amor sublime e verdadeiro, que se é possível sentir uma única vez, relacionado a uma única pessoa.Minha pessoa era Rick, nosso momento era o pra sempre, embora nos contrariasse a ciência e a conveniência."

super fofo! pra mim, dá de dez a zero na sensação do momento, o tal do crepúsculo.
:**
comentários(0)comente



Tati Gagliardi 05/01/2010

Adorei ..
Amei o livro a historia e meia maluca e irreal .. mas e isso que te prende até o final .. você que saber o que acontece ...e fica pensando ..será q eu posso viver algo semelhante ?!?!?!rsrsrsr (maluquices minha)
o casal da historia e uma gracinha ....
quando a autora começa a fazer a descriçao do mocinho- Rick (lindo olhos azuis - cinzas descabelado e ingles)logo me lembrei de um ator !!! (bom tirem suas conclusões)
fiquei fascinada em ler um livro que no começo da historia se passa em um local, onde eu conheço, falando de ruas que eu passo todos os dias !! (São Paulo)
final deixa claro que vem mais por ai .... estou anciosa!!!!
comentários(0)comente

Majú 10/01/2010minha estante
O ator de quem se lembrou, bom, seria.. o Robert Pattinson?

Ele é inglês, vive descabelado, tem olhos divinamente azuis ...

rs


Morgana 30/01/2010minha estante
auhauhuhauhauh.. concordo Majú! soh pode ser o Pattinson ^^




Lili 27/11/2009

A jovem autora do livro Estrela Píer, Kamila Denlescki, me surpreendeu com a evolução da história, tão repleta de ação, romance, fantasia e mistério! A história basicamente é sobre o amor e a coragem de seus personagens principais em busca de seus verdadeiros objetivos. Mas, Kamila Denlescki, conseguiu juntar muito mais elementos, numa narrativa imaginária, irreal, pra lá de interessante, que me fez ficar grudada na poltrona, sem conseguir largar o livro até desvendar todo o mistério!

Não tem como não se indentificar com a personagem principal Lúcia Píer Eli, uma bibliotecária, aficionada por leitura, buscando novos rumos e necessitada de um verdadeiro amor, ou Richard Clevehouse, o belo ator, de cabelos cor erva-doce, com feição de vilão, dono de um sorriso sedutor e olhar penumbroso! Seu humor sombrio e todo misterioso, fez dele o meu 'vilão' preferido! Lembrando agora uma frase que a própria autora descreve no livro: "Pessoas como ele eram capazes de recitar epopeias com um único olhar"... Uau! Com um homem desses, quem não escutaria qualquer coisa dele por horas a fio? rs

Voltando, esse é um livro realmente atraente para os amantes da fantasia romântica. Com brincadeiras espirituosas, aventuras, heróis e heroínas fortes e com uma quantidade certa de mistério, é um romance inteligente, criativo e complexo que me faz esperar ansiosamente pelo seu sucessor, pois com um final daqueles, irá sem dúvida deixar os leitores esperando por mais histórias... E eu estou ansiosa para me entreter, mais uma vez nesta maravilhosa aventura romântica!

Se você quer saber mais detalhes sobre a autora e até mesmo livro, entre no blog Estrela Píer.

http://nossosromances.blogspot.com/2009/11/estrela-pier.html
comentários(0)comente



Mandy Porto 01/12/2009

Sinceramente não sei por onde começar a explicar essa minha grande emoção ao ler Estrela Píer escrito por ninguém menos que uma de nós: uma brasileira. No momento que meus olhos bateram na capa de Estrela Píer eles brilharam, pensei comigo mesmo que iria ler aquele livro o mais rápido possível. A capa maravilhosa foi feita pela própria Kamila e ela é um amor de pessoa, respondeu meu email rapidamente com as perguntas que havia perguntado a ela. Perguntas e respostas que vocês saberão nos meses que se virão.


Empolguei-me muito com Estrela Píer antes mesmo de ter o livro nas mãos e posso dizer sinceramente que o resultado final não me decepcionou nem um milésimo. O livro foi tudo que eu esperava e ainda muito mais. A história não é nada clichê, totalmente coisas novas e interessantes. Só lendo mesmo pra vocês saberem o que estou dizendo. Nunca li algo assim (e olha que li muitos livros) e que me impressionou muito. Os personagens principais são ótimos e o romance entre Lucia e Richard é de tirar o fôlego.


Esse livro além da linda história, há humor, suspense, drama, tudo de bom quando se postos juntos e de uma maneira única. Kamila é uma ótima escritora brasileira e eu espero ansiosa pelos seus próximos livros. Garanto que ficarei apaixonada como em Estrela Píer, que já foi para minha lista de livros favoritos. Então vão ler meninas que vale mesmo a pena.

E além de tudo isso, eu adorei a história estar centrada no Brasil no começo, raramente eu leio livros de brasileiros e ter um lugar conhecido foi muito excitante. Ainda mais quando Lucia vai para Londres. Essa passagem do livro me lembrou muito a minha viagem que fiz quando tinha 18 anos a Londres e Paris. Simplesmente magnífico.


Além de Lucia e Rick, eu gostei muito do personagem de Robert melhor amigo de Rick. Não sei por que, mas eu amei o cara. Ele além de ajudar o casal apaixonado ele sempre dá um ar da graça que ficou perfeito para o livro. Sinceramente pessoal, me apaixonei. Vou ler novamente quando puder e anotar alguns quotes magníficos e escrever eles em alguns cantos. Haha

mais resenhas em: http://mylittleworldofbooks.blogspot.com/
comentários(0)comente



Lu 06/12/2009

Etrela Píer - Kamila Denlescki
Ganhei esse maravilhoso livro da Kamila, uma pessoa super simpática.

Acreditam que ela só tem 21 aninhos? Ela escreve maravilhosamente bem.


“-Você chegou como força da natureza e devastou o que viu pela frente. Devastou o meu mundo.

- Dois mundos devastados, então. – murmurei de forma inaudível.”


Estrela Píer é um livro surpreendente, uma história de suspense, amor, e posso dizer que contos de fadas também, afinal, que garota não estaria vivendo um conto de fadas ao conhecer Richard Clevehouse ou Rick para os mais íntimos? Um ator de sucesso e cobiçado pelas mulheres?

Pois é, Lucia Píer Eli, uma simples bibliotecária foi sorteada para um jantar com Richard, o ator mais cobiçado pelas mulheres e paparazzis.

Mas Lucia vai descobrir que há muito mais coisa por trás dessa história do que apenas sorte. Talvez o destino esteja querendo unir duas pessoas tão diferentes, mas ao mesmo tempo com algo em comum? Lucia vai descobrir que ela não é uma simples garota brasileira, ela é especial, e seu destino está ligado ao de Rick. A vida de Lucia nunca mais será a mesma após esse jantar.

O livro é uma delícia de leitura. Kamila nos presenteou com uma história emocionante de amor, aventura e muito suspense. Sinceramente não consegui para de ler Estrela Píer até o final e ainda acabei querendo mais. Espero que tenha continuação, pois se o primeiro foi maravilhoso, imaginem o segundo então?

Obrigada Kamila por essa história linda, espero que tenha uma continuação e lá vou eu devorá-la também, rsrsr
comentários(0)comente



Celita 16/12/2009

Simplesmente amei!
Meu livro Estrela Píer chegou na segunda-feira.

Eu tinha, na verdade, três livros para ler na frente, mas os comentários sobre essa nova autora brasileira me chamou muito a atenção e eu não aguentei a curiosidade e passei a ler Estrela Píer primeiro.



Gente, simplesmente, amei o livro!



Esse, com certeza, não empresto e nem vendo para ninguém.

A história prende a atenção da primeira à última folha. Não conseguia parar de ler. Vale cada página.



Kamila conseguiu colocar ação, aventura, suspense, humor, romance e um grande segredo em um único livro. E soube montar a história de uma maneira que envolve demais o leitor.

Simplesmente, devorei as páginas.



Dei muitas risadas com Carlos, ele é hilário!



E o amor de Lucia e Richard, para mim, com certeza, ficará marcado assim como os grandes romances de livros e filmes. Li o livro muito rápido porque é fascinante e muito inteligente. Distribuiu, ao longo da obra, acontecimentos de uma forma muito especial.



Com certeza, tem tudo para ser um grande sucesso.

E fico muito feliz por ser uma autora brasileira.

Só espero que tenha uma continuação...



Kamila, parabéns, você escreve muito bem. E o Brasil merece!

Continue... beijos, Celita!

PS: conversei com a autora e, aliás, achei ela um amor de pessoa!
comentários(0)comente

M 21/01/2010minha estante
Gostei bastante do livro!!!

É realmente uma excelente proposta da autora e eu mal posso esperar pela continuação! =)

Parabéns para nossa conterrânea por ter escrito uma obra tão única e cativante como essa.

Um beijo.




Iris Figueiredo 08/03/2010

A curiosidade me matou quando eu vi a seguinte frase: "Nunca se apaixone pelo vilão" estampada no skoob. A propaganda de Estrela Píer me chamou atenção desde aquele dia. Uma coisa que me intrigava era que não eram fornecidas muitas informações sobre o enredo, em nenhuma resenha ou sinopse.

Quando o livro chegou na minha casa com a seguinte frase assinada na primeira folha: "Espero que Estrela Píer faça seu coração bater bem rápido. Com Carinho, Kamila," eu não sabia o quanto ele ia bater rápido.



A história começa meio tímida. A vida de Lucia parece completamente normal e monótona. Mas cada detalhe que Kamila solta durante o livro nos deixa mais intrigada para o final e algumas pistas ficam martelando na sua cabeça.

Uma coisa que gostei é que a história conseguiu atingir um nível de imprevisibilidade. Não dá mesmo para imaginar o que vai acontecer. Você tem ideia, mas nunca - pelo menos eu, mas eu tenho mente limitada, então HAHA - pode imaginar o que acontece no final de fato.

E o final nos deixa cheias de curiosidade para o próximo volume.



Uma coisa é certa, eu não fazia a mínima ideia do que me esperava, o que deixou a leitura mais deliciosa. Por isso, não, eu não vou contar nenhum segredinho de Estrela Píer para vocês. Para que, como eu, vocês se apaixonem também pela história e fiquem ansiosas para descobrir o que vai acontecer como eu.

Agora eu entendo porque todo mundo que resenhava Estrela Píer não falava nada sobre o que acontece. Foi uma temática já conhecida, mas porém, diferente. A abordagem foi muito interessante e plausível.



O que eu mais gostei foi como a história foi bem amarrada. Os detalhes estavam bem ligados entre si, a Kamila não deixou furos. Ela deixou sim coisas soltas para a continuação, mas algo que só me faz ter mais vontade de ler o próximo volume.



Eu gostei muito da Lucia. De praxe, me irritei com ela algumas vezes, mas pouquíssimas comparado à outras heroínas. Eu gostei porque ela demonstrou coragem diversas vezes.

Não preciso nem comentar sobre o Richard. Adorei o personagem, embora ele seja muito protetor em alguns momentos não é aquele tipo de proteção fabricada e irritante. E é totalmente diferente do que eu imaginaria.



Eu tenho que fazer uma reclamação: o livro é pequeno, me deixou com gostinho - gostão se existisse - de quero mais. MUITO MAIS. Como só cheguei em casa de noite e ainda tive que fazer uns exercícios para a faculdade, eu comecei a ler e não queria ir dormir. Minha mãe que teve que me obrigar a dormir. No dia seguinte, acordei cedinho e terminei! Eu queria logo saber o que acontecia. Outra coisa é que quase me rendi a roer minhas unhas - e é tão difícil as manter assim!

Mais resenhas em: http://www.365livrosporano.blogspot.com
comentários(0)comente

Nívia 02/04/2010minha estante
hahaha, adorei a resenha e a frase sobre as unhas no final.

Não conhecia este livro, fiquei com MUITA vontade de ler...


Morphina 02/05/2010minha estante
Tambem não faço a menor ideia do q me aguarda.Ganhei o livro numa promoção hoje

e to ansiosa pra começar a devora-lo. *3*

Quando soube do seu lançamento não procurei muito sobre ele,só umas resenhas bem resumidas

pra não perder aquela "adrenalina" quando obter o livro.

Espero q meu coração bata bem forte ^^




Deisi 25/01/2010

Bem, comecei lendo esse livro com a idéia de que já era um grande sucesso entre o público, escrito por uma menina da minha idade, que estuda na mesma faculdade que eu estudei. Eu já virei a primeira página tremendo de excitação. Devo admitir que tenho grandes problemas com começos de livros, pois eles me deixam desanimada. Infelizmente, não foi diferente com Estrela Píer, que começa devagar, e chega a um ponto onde eu queria simplesmente pular as páginas. Mas quando eu resisti, e fui seguindo com a nossa querida Lúcia, a história começou a me prender de tal maneira que tive que ler até a última página para finalmente me satisfazer. Lúcia Píer Eli é como todas as garotas que conheço: Sonhadora, quieta, observadora, estranha. Tudo num ótimo sentido. E juntos com ela, seguimos por uma história de tirar o fôlego, enquanto torcemos, choramos e nos irritamos com o que acontece. Richard Clevehouse é o verdadeiro gentleman, e ele ilumina todas as partes em que aparece, e realmente, o romance entre os dois é de tirar o fôlego. E sem deixar de lado nosso querido Robert Darin, que dá o toque de humor ideal, nos mostrando o que é amizade e lealdade.
Numa grande história, com acontecimentos inesperados, vemos Lúcia lutando por sua liberdade em amar quem quiser, e ser o que ela escolher. E Richard sofrendo junto para proporcionar isso a ela.
Devo dizer parabéns a Kamila, e incentivá-la a fazer uma continuação, pois estamos todos esperando!
comentários(0)comente



Larissa 12/11/2010

Sinceramente?
Ainda estou em choque!
Há algum tempo que venho lendo/ouvindo alguns elogios a esse livro e agora que finalmente o li, devo confessar, cheguei a última página através de um tremendo esforço, estou completamente exausta.
Não houve praticamente NADA que tornasse essa estória interessante, atrativa aos meus olhos.
Começando pela protagonista, que mocinha esquisita. Não consigo imaginar alguém que reage de maneira similar a ela diante dos fatos e situações que a autora criou.
A moça aceitou o mundo e vida dela sendo virados de pernas para o ar com um simples: Tá certo, tudo bem.
Meu Deus, cadê as perguntas? Cadê o medo? Ela simplesmente pulava essas reações instintivas e "fingia" está em uma viagem dos sonhos. OMG!
No minímo forçado, eu diria.
Teve um trecho muito esquisito, não esqueço de jeito nenhum. Reparem se a coerência nessa frase, algo assim:
"...tudo aconteceu tão RÁPIDO, que eu pude ver LENTAMENTE minha mão sendo arrancada da dele..."
Como assim?

Enfim, eu realmente lamento muito sempre que encontro algum livro que não me agrada. Amo ler, amo palavras e estórias, mas essa foi impossível de me agradar. Um dos piores livros que já li. ;/
Lamentável!

Mas como gosto é algo bem particular, que várias outras pessoas continuem gostando! Pq é isso que o leitor quer, livros que lhe tragam algo de bom, que o façam sonhar, sair da nossa própria realidade. E é isso que todo leitor merece!

Peço desculpa caso essas palavras ofendam/agridam alguém.

Para outras resenhas:
http://tachovendoletras.blogspot.com
Iananda Barone 04/12/2011minha estante
Finalmente alguém que concorda comigo.
Não consegui chegar ao final da leitura, a protagonista me irritou imensamente desde que li a primeira página. Achei tudo nela um pouco forçado.
Acho que foi o pior livro que já li/ tentei ler, esse ano.




TatiNogueira 27/12/2009

Bom, esse livro me deu uma imensa vontade de ler assim q vi a capa e li a sínopse, só q quando comecei a leitura, não me senti tão empolgada assim, achei meio sem graça e após ler alguns cap. eu acabei deixando ele de lado. Doce engando, retornei a leitura um mês depois e terminei em um único dia, valeu a pena, uma graça de chick-lit, com direito a amor à primeira vista, muita fuga, mistério e uma imaginação enorme a da autora. O casal é corajoso e o mistério revelado é bem diferente do q imaginei. Gostei!
comentários(0)comente



163 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |