Elle

Elle Aretha V. Guedes




Resenhas - Elle


31 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Carol 12/08/2020

Elle - Música, Amor e Amizade
?"Elle" é uma das poucas histórias do Wattpad que li nos meus anos iniciais na plataforma e que guardo comigo até hoje. Sempre me dá muita alegria ver os autores de lá alcançado a publicação fisica, e levando suas histórias para outros públicos. Como se fosse possível, eu consegui me apaixonar ainda mais por esse livro nessa minha releitura.
?????????????????
?Com uma escrita cativante, Aretha vai nos apresentar a Elle, uma garota que acaba de passar por uma grande perda, e depois de quatro anos longe, seu melhor amigo Chris volta para poder ajudar a garota. Agora ela vai se ver envolvida no mundo da música, convivendo de perto com a famosa banda Jack Rock, da qual Chris é guitarrista, mas a relação deles já não é mais a mesma, e veremos se essa amizade de infância vai resistir a vida adulta.
?????????????????
?Dos personagens a trama, tudo aqui é perfeito. Elle é aquela mocinha forte e em busca de independência, que dá gosto de acompanhar. Chris e John são os dois personagens masculinos de destaque aqui, e cada um me conquistou de um jeito. O primeiro ainda conta com um conto no final falando sobre o que aconteceu com ele depois de fugir de casa quando era mais novo, na intenção de poder viver da sua música. Já John ainda carrega seus mistérios, o que só me deixa mais curiosa pelas continuações.
?????????????????
?Nem preciso repetir como AMO a escrita da Aretha; ela é envolvente e te faz querer ler tudo de uma vez só (e confesso que escrevendo essa resenha deu até vontade de ler tudo de novo rsrs). Esse universo da Jack Rock cativa e te faz querer saber mais do dia a dia deles, conhecer mais dos outros membros e até ir num show deles e ouvir suas músicas.
?????????????????
?"Elle - Música, Amor e Amizade" é um livro incrivel, e sem dúvida merece cada uma das estrelas que dei a ele.
comentários(0)comente



Luhluzs 14/04/2020

Maravilhoso
Se tem uma coisa que eu amo depois dos livros, é música e quando junta os dois, é infinitamente maravilhoso, e este livro me deixou muito musical esse tempo de leitura, me fez recorrer a alguns clássicos antigos que adoro.

Elle: música, amor e amizade, é uma série que estou começando agora, mas ja me cativou a um nível que quero ler todos, alem de toda a trama, tem vários assuntos abordados sútilmente, o que dá a história aquele ar de realidade.

Os personagens principais me cativaram demais, a Elle e extremamente decidida, forte, independente, mas muito orgulhosa as vezes da vontade de dar uns beliscões nela e dizer: -"menos querida, menos"- O Chris é um amor, o melhor amigo que muitas querem ter, protetor, carinhoso, atencioso, o Jhon ja tem uma abordagem mais "sacana", porem é bem incompreendido, sua fama gera muito preconceito a seu respeito, estou descobrindo mais dele, mas tudo isso não deixam os personagens secundários para trás, cada um tem sua nescessidade dentro do contexto, que sem eles não seria a mesma coisa.

A escrita da Aretha,é maravilhosa, flúida, simples, te chama, te prende. este não é o primeiro livro dela que leio, e acho incrível como ela consegue manter a escrita tão cativante.
comentários(0)comente



Manu Sousa 26/11/2015

Sabe aquela hist?ria que ? de t?o boa ? faz voc? vivenciar tudo o que est? lendo como se fosse um filme? Elle ? exatamente assim! A obra ? escrita em primeira pessoa para que possamos acompanhar a protagonista Helena ? ou Elle, como ela prefere ser chamada ?, ap?s acontecer um tr?gico acontecimento na sua vida. Eu n?o sou muito f? de tri?ngulos amorosos, mas esse livro me pegou de jeito. Muitas vezes me surpreendi suspirando por Chris, por?m, John era o que me tirava o f?lego (voc?s n?o est?o entendendo o neg?cio desse Jonh, s?rio!).
A escrita ? impec?vel. H? um claro crescimento dos personagens (n?o suporto hist?rias em que os personagens passam por tudo no mundo e continuam exatamente do mesmo jeito!). Enfim, recomendo bastante ?Elle? e espero ansiosa pelo segundo volume.
comentários(0)comente



Ana 19/08/2016

Elle - Música, amor e amizade
Neste primeiro livro da série Jack Rock, conhecemos Elle e Chris.

Vizinhos e melhores amigos desde sempre, Elle tem uma família amorosa, que a apoia e compreende. Já Chris tem um pai “casca grossa”, O Delegado, que já planeja seu futuro sem nem ao menos pensar nos almejos do filho. Elle, como todo amigo verdadeiro deve fazer, ajuda Chris a aperfeiçoar seu dom com a música, mesmo sabendo que O Delegado, jamais permitiria tal coisa e Chris se vê tendo o suporte que sua família jamais o daria.

Porém, como a vida não é um conto de fadas, os 14 anos, Elle se vê obrigada a dar adeus a seu melhor amigo da vida toda, pois Chris foi descoberto pelo pai. E, sendo obrigado a escolher entre a música e o legado d’O Delegado, Chris sai de casa e segue pelo mundo a procura da realização de seus sonhos como músico.

Quatro anos se passam, e as vésperas de seus dezoito anos, Elle se vê ansiosa para viver a própria vida longe dos pais, ser independente e estar perto de seu melhor amigo, que mesmo longe, manteve contato por todos esses anos.

Durante uma viagem de volta pra casa com sua família, Elle sofre um acidente de carro no qual a deixa órfã e em coma por alguns dias; E em meio a esse caos, Chris volta a sua cidade natal, mesmo correndo o risco de encontrar O delegado, para ajudar sua Elle. Sua menina. Sua melhor amiga. A quem ele prometeu que jamais deixaria só.

Elle sai de um momento bem traumático de sua vida e cai direto num mundo glamouroso de uma banda de Rock super famosa e badalada do momento. Uma vida que não é a dela, mas que por necessidade, precisa começar a se adaptar.

De um lado Elle tem Chris, seu melhor amigo e tutor por algumas semanas, uma vez que ela ainda não tem dezoito anos. Do outro, temos John. O vocalista gato super sensual da banda Jack Rock, amigo de Chris e futuro empregador de Elle.

E é nesse novo mundo e nesse triangulo que Elle, involuntariamente se mete, e nós também, não é mesmo?

Está se perguntando quem é John? O que vai acontecer com Elle? Como Chris vai lidar com isso tudo? Não vou contar!!!! #SouDessas :)

Eu admito que fiquei surpreendida com a história. Vivendo nesse caos que é o Rio de Janeiro, a leitura no ônibus se torna rotineira e eu achei incrível como a leitura foi rápida. O tempo passava e eu nem me dava conta, perdida nas paginas de Elle.

Elle é uma história fluída, rápida, gostosa e envolvente. E pra quem curte um New Adult com romance e uma pitada de comédia e drama, é leitura garantida de sucesso!😉

site: https://literakaos.wordpress.com/2016/08/16/resenha6-parceria-aretha-v-guedes/
comentários(0)comente



Pri Nunes @infinitoliterarioo 04/04/2020

Resenha @infinitoliterarioo
💬 "A mortalidade do ser humano nunca fora um problema real para mim, não até eu descobrir o quanto ela pode ser cruel."

Uma história que envolve amor, amizade e música não pode dar errado. Junta tudo isso à escrita da Aretha e esse produto final foi maravilhoso. Uma história que te leva os sofrimentos e diversas maneiras, seja pela distância de quem se ama, seja pelo luto, somos apresentados a personagens com personalidades fortes, mas com um passado sombrio.

💬 "Devemos agradecer às pequenas bençãos em meio ao caos."

O que me viciou nessa história foi a personalidade da Elle. Uma menina-mulher sarcástica, reativa, dona de si e com opiniões certas sobre quem é e o que não deseja para si. Chris, seu melhor amigo, é seu porto seguro, mas o destino a presenteia com o John, alguém que ela só conhecia pela fama de mulherengo, mas que tem muito mais por trás de toda a casca da fama. Ela então ficará no meio de dois amigos e integrantes de uma banda, que é uma família que não deve ser atrapalhada.
Aretha fez a mistura que me encanta em toda história: briga de cão e gato e garota com opinião forte, cheia de resposta na ponta da língua, que tira o cara do sério hahahahahahaha
Agora quero muito ler os próximos!!!

💬 "A fama tem um custo alto: a liberdade. A mídia é como uma criança com uma lupa grande e os artistas suas formigas."

site: https://www.instagram.com/p/B-lCCu1jqVr/
comentários(0)comente



dayukie 13/06/2018

"Desde quando li esse livro, a um tempo atrás, me encantei por ele, a autora conseguiu construir um passado para todos os personagens secundários, sem simplesmente joga-los na história, além de construir boas sacadas para eles durante toda trama para fazê-la completa e não só o triangulo Chris,Elle e John, todos tem suas particularidades e isso me agradou muito, quem me agradou demais foi Kim, ela tem um grande destaque e toda história, além de ter ajudado Elle em diversos momentos, o que fez se tornar uma grande amiga, inclusive Kim, ganhou uns capítulos ao fim do livro, narrados pela sua perspectiva, que já adianto explica algumas coisas, como o fato dela ter se tornado integrante da banda, e nos deixa com aquela vontade de quero mais."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/CDws9D
comentários(0)comente



India 18/07/2019

Elle Vol.1
Elle é o primeiro livro da série Jack Rock,nele temos a estória de Helena,popularmente conhecida como Elle.Uma garota que vê sua vida perfeita ser totalmente virada de ponta a cabeça.
Após ter perdido seus pais,ela reencontra seu melhor amigo,Chris,que com 16 anos havia sido expulso de casa por seu pai,um delegado que para mim é intragável. E Agora é um famoso guitarrista, de uma famosíssima banda de rock.
A leitura é muito fácil de ser levada,Aretha tem uma escrita que nos possibilita uma leitura prazerosa e que nos prende,fazendo com que sintamos as emoções dos personagens em cada linha. Vale muito a pena ler,mas vamos a alguns pontos pessoais,sobre o livro hahah:
?Aretha teve o dom de me fazer amar um carinha loiro,já que todos os meus crushs literários são morenos.
?Nunca em toda minha vida literária eu senti tanta raiva da mocinha,como senti de Elle (não sei se ela vai conseguir meu amor nos próximos livros,pq eu sou difícil hahah).
?Aretha me fez viver meu primeiro caso de bigamia literária,pois eu até hoje não sei se prefiro o Chris ou o Jhon.Sendo assim tô vivendo um caso de bigamia literaria.
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 13/09/2016

A história começa há quatro anos, em uma noite que marcaria a vida dos amigos Chris e Helena (que prefere ser chamada de Elle). Chris vivia sob a ditadura de seu pai, a família dele vem seguindo a carreira policial há cinco gerações e o desejo de seu pai é que ele fizesse o mesmo. Mas Chris gosta mesmo é de música e não é visto com bons olhos por seu pai. Certa noite, precisou fazer uma escolha: Ou largava a música e entrava para a policia ou ia embora de casa para nunca mais voltar.

A decisão só foi difícil por ele ter pensando na sua amiga. Ficar longe de Elle seria difícil, mas viver na casa de seu pai, da maneira como as coisas estavam indo não era fácil. Então, sem ter para onde ir mas com a vontade de ganhar o mundo com sua música, Chris sai de casa.

Quatro anos depois, Chris aparece novamente. Enfrentou muitos obstáculos mas nunca desistiu de seu sonho, correu atrás e conseguiu alcançá-lo. Agora, Chris é guitarrista de uma famosa banda de Rock, a Jack Rock. Por onde passam eles arrancam suspiros e levam uma multidão, a banda é formada por quatro integrantes e suas iniciais dão nome à ela: John, Alysson, Chris e Kim. Elle e Chris não perderam o contato com a partida dele, sempre se comunicaram e ela é a fã número um. Mas nunca passou pela sua cabeça que algum dia viveria dentro desse universo do rock.

Pouco antes de completar dezoito anos, Elle sofreu um acidente de carro junto com seus pais e, infelizmente, eles não sobreviveram. Assim que soube do acidente Chris volta para ajudar a amiga. a encontra em coma e como ela não tem mais ninguém que possa responder por ela, Chris coloca seus melhores advogados para conseguirem sua guarda até que se torne maior de idade.

Acontece que Elle não quer ser um peso para seu amigo, não quer que ele tenha despesas com ela e diz que vai conseguir um emprego. Só que quando Chris oferece um, ela rejeita pois sabe que não trabalharia, apenas seria paga para ficar por perto. Então entra em cena o John, vocalista de banda e amigo do Chris. Ele se acha o maioral e as fãs contribuem para o seu ego. De fato o cara é um gato mas acaba se tornando um pouco arrogante com todo o seu narcisismo. John precisa de uma assistente pessoal e de tanto ouvir seu amigo falando de Elle, decide contratá-la.

A partir daí Elle vai ficar em uma situação muito complicada. Ela tem Chris como seu irmão, mas parece que para ele não é bem assim. Elle quer ser independente mas Chris não lhe dá o espaço que ela precisa e ainda tem o John para embaralhar ainda mais as coisas para ela. Ela fica dividida e no final... Bem, o final... Ah, só lendo para saber!

Leia mais no link > http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/2016/09/resenha-elle-musica-amor-e-amizade.html

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Silvia.Souza 21/12/2017

Gostei!!!
A história é linda. A autora escreve maravilhosamente bem e amei os personagens. Só não gostei de ter que aguardar o próximo livro...
comentários(0)comente



Paula Faria @blogliteralmenterosa 12/03/2017

Um livro envolvente!
Helena, ou Elle como ela é chamada, acaba de passar por um momento muito difícil e doloroso em sua vida, que até então era perfeita, com isso seu grande amigo Chris, que no passado teve que fazer uma escolha a qual os afastou, volta por ela e para ajudá-la. Nesse momento ela não tem mais com quem contar, cheia de problemas financeiros, tudo o que lhe resta é aceitar a ajuda de Chris, mas não vai ser fácil já que ela tem um gênio forte e não gosta de depender da ajuda de ninguém!!
Adorei o livro, Elle tem um gênio bem forte e não leva desaforo pra casa, quando Chris lhe oferece ajuda ela recusa de cara e acaba aceitando trabalhar para John, companheiro de banda de Chris. Mas John desperta sentimentos contraditórios em Elle e isso a deixa confusa, o que nos rende boas briguinhas entre os dois, mas a atração entre os dois é palpável e poderia dar certo, se não fosse outros sentimentos pairando no ar. Esse livro tem um enredo fluido, envolvente, uma escrita clara e objetiva que fiz em uma tarde, um romance que vai se surgindo conforme vamos lendo, isso tudo acontecendo no meio da loucura de uma banda de Rock, só poderia render um livro maravilhoso. como eu sempre digo, livros que valorizam a amizade são sempre meus queridinhos e em Elle, temos bastante disso e eu adoro,parabenizo a autora pelo livro envolvente e encantador, indico muito esse livro para quem gosta de um bom romance!!
comentários(0)comente



Fabiana @bibliotecadabia 30/09/2019

Livro simplesmente M A R A V I L H O S O !
《RESENHA》: ✒Meu Deus, o que dizer de ELLE, simplesmente maravilhoso. Um enredo P.E.R.F.E.I.T.O., ganhei o livro físico da autora na Bienal do Rio, e o li sem pretensão ou uma pré-opinião sobre como seria, mas preciso registrar que a história é simplesmente viciante, eu li os 3 primeiros livros da série em 2 dias, simplesmente desesperada para saber como a história iria se desenrolar.
▪︎
✒Em Elle, conheceremos Helena, uma jovem que aos 14 anos, viu seu melhor amigo e irmão de coração Chris, ser expulso de casa por amor a música, e, prometer que sempre cuidaria e se lembraria dela, e voltaria para buscá-la. Durante o período que Chris esteve fora, ele conseguiu alcançar o sucesso na música, ele é integrante da banda Jack Rock, com mais 3 integrantes (John, Alysson e Kim).
▪︎
✒As vésperas de completar 18 anos a vida de Elle sofrerá uma mudança que ela não esperava. Após sofrer um acidente de carro com os pais, eles morrem no acidente, e, ela se reencontra com Chris que volta para cuidar dela. Após passar dias desacordada, quando Elle finalmente acorda, se depara com uma realidade que deixaria qualquer pessoa ‘quebrada’, e, precisa tomar importantes decisões, e, definir como será seu futuro daquele momento em diante.
▪︎
✒Assim como Chris prometeu sempre cuidar dela, ele volta e se torna seu guardião temporário, até ela completar 18 anos, que ocorrerá em 2 semanas. A partir desse encontro, outros personagens entram em cena, como John, vocalista da banda Jack Rock.
▪︎
✒Os pais de Elle estavam com problemas financeiros, que ela apenas tomou ciência após sua morte, assumindo assim, a dívida deixada por eles. Determinada a quitar os débitos sem a ajuda financeira de Chris, Elle começa a trabalhar como assistente pessoal de John. A animosidade entre os dois é palpável, mas decididos a manterem a ‘política da boa vizinhança’, eles iniciam uma convivência diária.
▪︎
✒Entretanto aquela suposta animosidade mútua, mascarava uma atração que pode ser um grande problema para a banda, até então totalmente coesa entre seus integrantes. Apesar do amor fraternal de Chris por Elle, e, vice-versa em alguns momentos, aquele amor de irmão começou a ficar confuso para Elle, e está começou a se questionar se o amor que seria realmente de irmão, ou não seria uma amor entre um homem e mulher.
▪︎
📝Queridos Seguimores .... que enredo é esse ?? Que livro é esse Brasillll??? Aretha novamente me encanta com uma história arrebatadora, com diversos temas muito bem construídos, como: amor, amizade, lealdade, sofrimento, não se deixar abater pelas rasteiras da vida.

site: https://www.instagram.com/bibliotecadabia/
comentários(0)comente



Alice Frankallyn 14/10/2016

Leitura Viciante é Escrita Impecável
Eu simplesmente amei história! A escrita da autora e impecável, e me conquistou nas primeiras páginas do livro. A trama é envolvente, e te prendem do começo ao fim. Os personagens são bem elaborados, é confesso a vocês que tenho uma quedinha pelo "Jack Rock".

A personagem principal "Elle" é uma garota extremamente forte e batalhadora, e mesmo com todas as dificuldades que passou, ela ainda se mantém fiel ao que ela realmente é. "Elle" nutre um amor puro e verdadeiro, por seu melhor amigo "Chris". O personagem principal "Chris" é um garoto extremamente fofo, e desde do início do livro se mostrou alguém fiel e leal.

O livro é MARAVILHOSO, eu me surpreendi bastante com o desenvolvimento da trama, eu SUPER recomendo pra quem ainda não leu, ou pra quem ainda está na dúvida ser ler ou não!
comentários(0)comente



Maya.Almeida 18/10/2016

Como não amar
Sempre que buscamos um livro, a sinopse o representa. Ela é aquilo que pode te fazer ir por não gostar do que você vê, ou te fazer ficar, por amar e sentir conectado com as palavrinhas que estão escritas ali.
Quando li a sinopse de Elle, eu me senti instantaneamente atraída por uma história que tinha tudo pra ser boa, quando fui surpreendida de como na verdade ela era maravilhosa. A cada página que lia, desejava mais, pois não era apenas a história de amor cheia de clichês que assolam infelizmente a literatura, era uma narrativa de emoções que me fizeram sentir e viver tudo que estava escrito ali, não sendo mais uma narrativa de uma mocinha problemática, que vive se lamentando ou que não tem amor próprio, muito pelo contrário, nos exibe uma personagem que luta, que quer e que vive, mostrando que apesar de toda a tristeza é possível seguir em frente, ter força e batalhar pela felicidade, onde a família é importante, mas que os verdadeiros amigos as vezes são mais valorosos que laços de sangue. Então se você procura um livro que te traga boas emoções, eu recomendo Elle e com certeza você não vai se arrepender.
comentários(0)comente



Cássia 17/11/2016

Música, amor e amizade
Elle: Música, amor e amizade é o primeiro livro da série Jack Rock e ganhou meu coração. Escrito por Aretha V. Guedes, o livro foi destaque na categoria romance no Wattpad e acabou ganhando uma versão física. Publicado de forma independente, o livro não deixou a desejar e ganhou um espaço muito especial em meu coração.

O livro nos conta a história de Helena (ou Elle), uma jovem que viu Chris – seu melhor amigo – ir embora para seguir seu sonho de ser um grande músico. Alguns anos depois, Elle sofre um grave acidente com seus pais e Chris aparece de novo em sua vida para ajudá-la nesse momento tão difícil. Quando menos espera, Elle se vê cercada de novos amigos e tentando apaziguar as perdas em seu coração.

Pra ser bem sincera, as atitudes de Chris me incomodaram um pouco. Não sei se era porque ele conhecia Elle desde quando eram crianças, mas ele era extremamente protetor e não queria que a amiga saísse de perto dele por mais que cinco minutos. Em contra partida, John se revelou um tremendo bad boy (daqueles que despertam os mais variados sentimentos, tanto em relação à protagonista boazinha, quanto nos leitores), e mesmo eu não concordando com muitas de suas atitudes, eu tenho fé de que ele, no fundo, é uma boa pessoa.

Eu sou fã de um bom triangulo amoroso, então foi impossível não me envolver no relacionamento de Elle com Chris e John. Até agora não sei qual é o meu favorito e nem para quem estou torcendo, uma vez que me emocionei e me decepcionei um pouco com ambos. Mas acredito que a autora quis criar esse clima de mistério para poder desenrolar um romance nos próximos livros da série. John e Chris são muito diferentes e eu estou curiosa para descobrir o que o futuro (ou a autora rsrs) reserva para Elle.

Em um primeiro momento o livro me lembrou bastante a história de Se eu ficar. Mas aos poucos a trama foi tomando outro rumo e eu consegui me deixar levar pela a história de Elle. Conforme fui realizando a leitura da obra, uma história muito bonita foi tomando forma e eu fui devorando o livro sem perceber. Por se tratar de um livro onde existe uma banda para dar um toque especial para a história, existiram muitas referências musicais durante os capítulos, o que deixou a obra mais leve e a leitura mais divertida.

Uma coisa que me deixou um pouco irritada durante a leitura foi o fato de Elle superar vários acontecimentos muito rápido. Eu não sei se isso foi coisa da minha cabeça – principalmente porque sou uma pessoa extremamente emotiva e dramática -, mas eu esperava um pouco mais de dor e sofrimento da protagonista. No entanto, quando fui chegando no final do livro pude percer quanto a protagonista havia amadurecido (mesmo com tantas indecisões durante a trama), e estava disposta a seguir seus instintos e ser dona do próprio nariz (gostei muito disso!)

Música, amor e amizade acabou de uma maneira devastadora e meu coração ficou em pedaços. Mas a autora foi boazinha e disponibilizou o livro 1.5 – Depois que te deixei como brinde na obra (acho que ela quis compensar um pouco o estrago que fez dentro de mim, ahhaah). Fiquei feliz, pois o volume 1.5 é narrado por Chris e alguns pontos (que me deixaram intrigada no primeiro volume) foram esclarecidos.

Se eu estou ansiosa para ler Sombras do passado? Estou sim! Infelizmente o livro só esta à venda em e-book, então acho que vou ter que fazer um esforcinho e ler pelo celular.

site: http://www.procurei-em-sonhos.com/2016/11/17/resenha-elle/
comentários(0)comente



31 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3