Cidade das Cinzas

Cidade das Cinzas Cassandra Clare




Resenhas - Cidade das Cinzas


431 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Kristine Albuquerque 20/04/2018

Os Instrumentos Mortais #2
X Não possui spoilers do livro anterior X

Esse livro foi um pouco frustrante para mim. O ritmo cai bastante em relação ao primeiro, apesar de que aqui também acontece muita coisa. Na verdade, acho que eu é que esperava mais dele. Mas não foi uma decepção total.

A escrita da Cassandra aqui dá indícios de amadurecimento, tanto em estrutura da narrativa quanto em aprofundamento dos personagens. Conhecemos melhor o mundo dos shadowhunters e seus integrantes, assim como o submundo e seus grupos. Acompanhamos os planos de Valentim e suas estratégias até o grande ápice de uma batalha, e esse desenvolvimento é bem consistente.

Também vemos a dúvida de Jace quanto aos seus sentimentos pelo pai, o que foi trabalhado de forma autêntica e coerente para a trama, considerando a convivência anterior de ambos. Simon continua sendo um dos melhores personagens, e o que acontece com ele me deixou bem surpresa. Clary me pareceu totalmente perdida nesse mundo e ainda não é uma protagonista tão forte, pelo menos até aqui. A relação entre Magnus e Alec começa a se fortalecer, e são as cenas mais legais de se ler. Os novos personagens que surgem são todos interessantes e relevantes para a trama, aqui ou no livro seguinte. Mais um ponto positivo é que Jace e Clary começam a descobrir seus poderes ou habilidades, decorrentes da ligação que têm. Claro que nem todas as respostas são dadas neste livro, mas vamos descobrindo junto com eles e isso se torna muito interessante.

Os pontos negativos que percebi se resumem ao ritmo de leitura (que é lento, principalmente na primeira parte do livro), cenas bem confusas (curtas, mas que ainda assim quebram a fluidez da leitura), e alguns personagens que foram deixados em segundo plano, quase esquecidos até. Sem falar no desenvolvimento forçado de algumas cenas "românticas", que não assumem o primeiro plano do livro, mas ainda assim ficaram meio que perdidas ali.

Então talvez eu tenha esperado demais desse segundo livro sim. Mas admito que aquela cena final (um cliffhanger bem colocado, diga-se de passagem) me fez imediatamente ir tirar a sequência da estante para descobrir aonde aquilo iria levar.
comentários(0)comente



Augusto 13/04/2018

RESENHA - I. M. Cidade das Cinzas
?Esse post contém spoilers para quem ainda não leu Cidade dos Ossos?

Cidade das Cinzas começa pouco depois (coisa de dias apenas) do final de Cidade dos Ossos. Muitas revelações foram feitas, muita coisa realmente aconteceu. A vida de Clary segue cada vez mais turbulenta, afinal descobrir que seu pai é o responsável pela Ascensão, pela separação de sua família, sua mãe continua em coma e sem nenhuma perspectiva de melhora e para completar o garoto de quem você gosta é na verdade seu irmão, pelo amor de Deus, né?! É muita coisa para uma pessoa só, mas para ajudá-la tem seu inseparável melhor amigo Simon e Luke, melhor amigo de sua mãe. Claro que não podemos esquecer dos novos amigos conquistados, Isabelle, Alec e Magnus.

Com a descoberta de que é filho de Valentim, Jace passa a ser questionado quanto a sua lealdade à Clave, e a partir daí seus problemas passam a ficar maiores, pois, para investigar a situação, a Clave envia a Inquisidora, que parece ter o objetivo de incriminar Jace por qualquer motivo que seja, principalmente de ser espião de Valentim.

?Ouça. - O coração de Jace estava acelerado, mas ele tentou falar com calma. A mulher tinha que acreditar. - Eu sei que você me odeia. Sei que acha que eu sou um mentiroso como meu pai, mas eu estou dizendo a verdade agora. O meu pai acredita piamente no que está fazendo. Você acha que ele é mau, mas ele acha que está certo.?

Paralelo a tudo isso, alguns seres do Submundo aparecem mortos, sem sangue no corpo, o que faz com que os vampiros sejam suspeitos dos ataques, porém, não parecem ter nenhuma ligação entre si, estará Valentim por trás disso de alguma forma?
comentários(0)comente



acmdo 03/03/2018

Pra mim, um dos melhores de toda a saga
Descobrir que Valentim é seu pai não é nem o início da loucura para Clary, o cara por quem ela claramente esta apaixonada acabou por ser descoberto como seu irmão que aparentemente estava morto, ela começa a ficar confusa em relação a seus sentimentos para com Saimon e precisa resgatar sua mãe não só para salva-la como para conseguir algumas explicações

Pelo fato de livros com muita ação e leitura rapida me agradar, obviamente esse seria um dos meus prediletos, um livro com muita ação e surpresas que te deixa a todo momento esperando por algo completamente louco e inusitado que possa acontecer, terminei ele sedenta pelo proximo, com certeza um dos melhores de toda a saga
comentários(0)comente



Jessica.Araujo 26/02/2018

Surpreendente
Quando li primeiro livro não gostei, pois achava dois protagonistas muito imaturo, fiquei supressa, com o desenvolvimento dos personagens no segundo livro.
Achei a história mais bem desenvolvida, mais cheia de ação.Espero que terceiro seja tão bom quanto segundo.
comentários(0)comente



Rafael 11/02/2018

...
...
comentários(0)comente



BLOG UMA EM UM MILHÃO 01/02/2018

Como voltar no tempo no dia que sua vida era normal e você era só uma garota normal com uma vida normal onde tinha sua mãe e seu melhor amigo sempre ao seu lado? Clary queria mais que tudo voltar no tempo para quando sua vida não tinha tantos mistérios.

Como reagir quando descobri que o garoto que você estava se apaixonando é na verdade seu irmão? e que mesmo ele sendo seu suposto irmão você não deixa de ama-lo e desejá-lo mais que deseja viver. Como algo pode ser tão errado e parecer tão certo ao mesmo tempo.

“_Mas esse é o problema. Clary disse, -Quando você ama alguém, você não tem uma escolha.O amor tira suas escolhas.”

Mais o que adianta todo sentimento quando você simplesmente não pode estar ao lado da pessoa amada.

Clary e Simon começam a se envolver romanticamente, Clary amava Simon como amigo e estar com ele lhe lembrava como era sua vida antes de tudo mudar, mas com esse novo relacionamento, nosso Jace estava a cada dia mais sofrendo por dentro e se distanciando de todos, fazendo a clave desconfiar que o mesmo era cúmplice dos planos de Valentin, seu pai.

Mais afinal quem é Valentin?

Valentin é um shadowhunter que apos a acensão se “matou” junto com seu filho Jhonathan. Mais que anos depois ressurgiu vivo querendo mais que nunca derrubar a clave.
Com a volta de Valentin o mundo das sombras sofre cada dia mais com o panico e medo, enquando o shadowhunter ganha mais força e vai ficando poderoso para lutar conta sua própria especie. Contudo ainda acontece varias mortes de integrantes do submundo, o que leva a um nível de desespero maior entre todo o mundo das sombras.
Cidade das cinzas é o segundo volume da serie Instrumentos mortais da Cassandra Clare, sou um pouco suspeita de falar desse livro pois sou uma grande fã do trabalho da Cassandra, sou totalmente viciada na escrita dela, ela consegue ter uma escrita delicada mais ao mesmo tempo forte, você se sente dentro da historia e os personagens são tao bem construídos que você simplesmente não consegue não amar eles. O que é meu caso, sofro de um amor platônico pelo Alec Lingtwood. Nesse livro conhecemos um lado mais obscuro da historia do que no primeiro livro.

site: https://umaemummilhaoweb.wordpress.com/2017/09/25/resenha-cidade-das-cinzas/
comentários(0)comente



jullika 25/01/2018

Clary é uma menina comum que vê seu mundo virado de cabeça para baixo ao completar 16 anos e conhecer Jace, um caçador de sombras. Descobre que vampiros, fadas e demônios são reais e que sua mãe a escondeu desse mundo pelo maior tempo possível. Muita aventura e romance.
comentários(0)comente



Carol M 10/01/2018

Cidade das Cinzas
Nesse segundo volume da saga Os Instrumentos Mortais as coisas ficam realmente confusas para Clary, descobrir que seu pai é o vilão mais temidos, que o cara por que tem uma enorme queda, é na realidade seu irmão que supostamente tinha morrido num incêndio, ter que resolver a questão da mãe que está em um coma magicamente induzido. Além disso tudo, seus sentimentos por Simon começam a ficar meio borrados, entre a linha do amor e da amizade, é meus caros esse livro veio com uma premissa pra nos deixar a flor da pele.

Cassandra Clare faz um ótimo trabalho no primeiro livro nos apresentando ao universo dos caçadores de sombras e aos personagens que fazem parte do grupo de protagonistas da saga. Nesse segundo volume fica evidente que apesar de Clary e Jace serem oficialmente os principais, os outros personagens tem igual, ou mais, carisma, qualidade e relevância do que o casal.

Simon em especial rouba a cena na história, existe um crescimento absurdo do personagem, porém sempre com uma linearidade impressionante. Se Magnus Bane ainda não ganhou seu coração com o primeiro volume, se prepare porque ele é cada vez mais arrebatador conquistando tanto nossas mentes e corpos quanto os do próprio Alec, que deixa (um pouco) a chatice de lado e dá uma outra face para vermos. E o que dizer de Isabelle? Para mim ela é a personagem mais constante, mais fabulosa e arrebatadora até agora, ela simplesmente domina quando está em cena, ficamos sempre esperando a próxima frase sarcástica ou gentil sair de sua boca (muito cobiçada pelo sexo oposto/ou do próprio sexo mesmo).

Esse é um daqueles livros que a qualquer segundo podemos ter uma reviravolta no plot principal, assim como acontece no primeiro. É mais uma das marcas de Cassandra Clare em sua escrita, quando você menos espera ou quando mais espera pode acontecer algo que dá um loop na história e você fica “AI MEU DEUS E AGORA SENHOR?”

Meu último e não mesmo importante comentário, a mitologia criada pela autora é rica em detalhes, e esse livro mostra que ainda não sabemos de tudo e que tem muito mais por vir, o que nos deixa bem ansioso.

E você, já leu esse segundo volume? Comente aqui em baixo qual dos personagens conquistou seu coração de primeira e qual está ganhando seu respeito aos poucos!

Até a próxima!

Para essa e outras resenhas, acesse o link abaixo

site: www.blogcontracapa.com.br
comentários(0)comente



SMiletic 18/12/2017

A história começa imediatamente após os acontecimentos de Cidade dos Ossos, com Clary preocupada com sua mãe, que está em um hospital sem sinais de melhora, e tentando lidar com a revelação de que Jace é seu irmão.

Além disso os Caçadores de Sombras estão em polvorosa com a revelação de que Valentim está vivo. E, para piorar, eles não conseguem acreditar que Jace não fazia ideia de quem seu verdadeiro pai era.

O segundo livro da série Os Instrumentos Mortais se sai ainda melhor que seu antecessor, apresentando uma história fluída e envolvente. São muitas as cenas de ação, agora que a guerra de Valentim realmente está em movimento.

Novos personagens são apresentados ao público, como os pais dos meninos Lightwood, a Inquisidora e outros caçadores de sombras, mas o mais interessante é como passamos a conhecer melhor os outros personagens. L

uke, Maia, Simon, Magnus, ganham novas facetas, se tornam mais multidimensionais. Já Clary e Jace amadurecem e aprendem mais sobre quem realmente são. #livros #livros2017 #euamolerkindle
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



bloodymary 17/11/2017

Te amo Cassandra (mas nem tanto).
Adimito que gostei mais desse segundo livro. Cassandra é maravilhosa em (re)criação de mundo, seguimos sua imaginação incrível, agora criando cenários submersos, aumentando o povoado e características das fadas, entre outras coisas.
O excesso de subtramas que reclamei no Cidade dos Ossos, aqui são mais dosadas e não tão cansativas, porém, entretanto, todavia, nesse segundo volume, temos o problema Simon.
MINI SPOILER ALERT : Poxa Cassandra, matar o Simon três vezes?
Essa brincadeira de morto-vivo-morto-vivo, não me refiro só ao Simon , os personagens correm perigo, mas ao mesmo tempo não, tentando explicar melhor : parece que eles vão morrer o tempo todo e isso nunca acontece,o que acaba tirando a sensação de perigo e infelizmente você vai se 'desemportando' com os personagens principais. Outra coisa irritante é a necessidade de todo mundo ficar falando como Clary e Jace tem as características de Valentim, não sei o que vai acontecer, mas já tenho quase certeza que no próximo livro teremos a revelação de que eles não são irmãos (até porque a tensão sexual desses dois nesse livro né, MEU DEUS), até por algumas pistas soltas jogadas por diálogos e atitudes de alguns personagens.
Recomendo pra quem leu Cidade dos Ossos. Cidade das cinzas segue ainda melhor, mesmo com seus defeitinhos, cada livro aumentando sua própria mitologia.
comentários(0)comente



Millena.Vagetti 13/11/2017

Instrumentos mortais
Um livro bem interessante
comentários(0)comente



O Jardim das Palavras 28/10/2017

Os Instrumentos Mortais: Cidade das Cinzas
A leitura vai ficando cada vez mais fluída e particularmente gostei ainda mais desse que é o segundo livro da saga "Os Instrumentos Mortais".
Os personagens estão ainda mais trabalhados e há personagens novos, que serão muito importantes no enredo. Sobre a história:

Clary queria que sua vida voltasse ao normal, mas sua mãe ainda está em um coma magicamente induzido, e ela se vê cada vez mais necessária no Mundo das Sombras.
O relacionamento de Clary e Simon parece ser cada vez mais do que uma grande amizade, o que pode ser bom e ruim, pois Clary ainda tem sentimentos por Jace, que descobriu ser seu irmão.
O único jeito de salvar a mãe parece ser indo atrás de Valentim, um ex-caçador de sombras perverso, e pai de Clary e Jace.
Como se não bastasse, alguém está matando jovens do Submundo. Poderia Valentim estar por trás disso?
Quando a Espada da Alma, o segundo dos Instrumentos Mortais, é roubado, a Inquisidora aparece no Instituto, e suas suspeitas recaem diretamente sobre Jace.
Como Clary poderia provar a inocência de Jace, quando ele parece cada vez mais inclinado a apoiar as atitudes do pai?

Gostei muito desse livro, e o final me deixou muito curiosa para começar a ler o terceiro, que pretendo começar o mais rápido possível.
São livros grandes, portanto demorados (a não ser que você tenha possibilidade de se dedicar o dia todo a leitura), mas o que posso dizer desse, é que está ainda melhor do que o primeiro, e vale muito a pena ler essa saga!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



431 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |