O Desapego Rebelde do Coração

O Desapego Rebelde do Coração Bianca Briones




Resenhas - O Desapego Rebelde do Coração


46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Cris | @rcristrg 13/06/2019

Um livro sobre: família, tragédia, amadurecimento, superação e amor.
Em menos de uma semana li os 3 livros da série Batidas Perdidas, todos foram incrível e de uma qualidade maravilhosa. Porém, nenhum dos outros abalou tanto meu emocional como esse. Que estória ***, meus camaradas! Vamos entrar em uma narrativa que, a princípio, te faz acreditar que será aquele romance água com açúcar, com personagens rasos e romance previsível. Mas nada te preparada para o que está por vir. Nesse volume iremos conhecer a história de um ?triângulo amoroso? que envolvem Rodrigo, Lex e Branca, todos com um passado recheado de traumas e que buscam mascarar suas dores ao estilo carpe diem das baladas de São Paulo. Branca recém saída de um divórcio com Lex tenta resistir às investidas de Rodrigo (o moleque galinha da família Villa). Rodrigo, apaixonado por Branca desde a adolescência, cansado de ser esnobado se lança em uma vida de curtição e inconsequências e desenvolve a fórmula da imunidade ao amor e vai curtir a vida como se não houvesse amanhã! Até que a vida da uma rasteira em todos e dizer: pera aí, bora amadurecer né pessoal! É que rasteira. Do meio do livro até o final é uma lição atrás da outra e não conseguimos parar de ler até descobrir como esses personagens (que no início consideramos fúteis) vão superar essas adversidades. Não se deixem enganar pelo romance a lá Sabrina! Temos aqui uma obra prima com uma carga dramática impressionamento. Chorei e me emocionei em muitas passagem. Apaixonada pela escrita da Bianca Briones. Na onda dos Nacionais estou descobrindo verdadeiras preciosidades.
comentários(0)comente



14/06/2018

Apesar de não gostar muito de triângulos amorosos, esse livro me surpreendeu. Pelo desfecho da história, pela explosão e confusão de sentimentos que me causou. Livros que mexem verdadeiramente com a gente são os melhores.
Apesar de amar a história de Vivi e Rafa, ouso dizer que para mim esse livro foi o melhor da série (até agora, porque ainda vêm os livros das personagens que mais me apeguei hahahah).
Um momento eu pensava "ah esse Rodrigo é um moleque mesmo", depois "ah Branca, amadurece também", "não quero mais ninguém com ninguém" hahahahha
Rodrigo teve que amadurecer no tranco, mas entende-se porque. Minha maior "surpresa" foi ele.
Branca me deixou meio estressada algumas vezes, tive momentos de achar que ela não merecia nem Rodrigo nem Lex (hahahah). Mas também entede-se porque. As vezes o medo te sabota demais, quando teria de te impulsionar a se superar.
E o Lex, eu sou louquinha por ele desde o primeiro livro da série hahahhaa então nada a declarar!!
O livro te prende. Emociona. Dá raiva. Faz rir. É um pacote completo.
Já ansiosa pelas próximas histórias!
comentários(0)comente



CATATAU 26/05/2018

DE QUEM É O MEU CORAÇÃO?
Este trio vai dar trabalho...
Agora é a vez de saber mais sobre estes três que não decidem nada...
Bianca foi casada com Lex... agora curte a vida sem compromisso e jura de pé junto que seu coração não tem dono...
Rodrigo é outro que só quer curtir...
Lex deixou São Paulo para cuidar de uma casa noturna no Rio de Janeiro, mais uma boate para ele e seus sócios...
Será que eles vão conseguir se acertarem?
Quem fica com quem?
Será que teremos algum final feliz?
Só lendo esta história maravilhosa para descobrir e desvendar o final de tudo...
Parabéns Bianca por mais uma história maravilhosa... Amei... Adorei...
comentários(0)comente



Aryana 23/04/2018

Sabe aquele livro que você termina em lágrimas de alegria e abraça tão forte como se fosse um bebê? Que te faz suspirar e rir em várias cenas? Foi exatamente o que senti com esse livro.

O Desapego Rebelde do Coração é o quarto livro da série batidas perdidas e o mais aguardado pois trás um triângulo amoroso que muitos são Bralex e muitos são BraRo. Branca, Lex e Rodrigo são os narradores dessa história que simplesmente é um furacão de emoções.

Narrado antes e depois dos acontecimentos do segundo livro, temos Branca a mulher independente, Lex o cara sensato e Rodrigo o moleque que apenas deseja curti a vida. Esse livro é uma mistura de sensações, e com uma narrativa leve, despretensiosa e fantástica a Bianca Briones conseguiu com que um “triângulo amoroso” fosse sexy, envolvente e acima de tudo sem mimimi.

Com cenas picantes bem escritas e na medida certa, O Desapego Rebelde do Coração, na minha opinião, pode se comparar com o primeiro de tão bom, pois é visível o cuidado e o amor que transborda a cada página. E sim, o final é de tirar o fôlego, mas cuidado, devo ressaltar que muitos desejam algo que pode não acontecer e não fique chateado(a)caso não aconteça, mas lembre, todos terão um final feliz.
comentários(0)comente



Laurinha 15/04/2018

Meio termo entre Batidas Perdidas do Coração e Descompasso Infinito do Coração
Nesse livro temos a estória de Branca, com seu conhecido ego e apreço pela independências e liberdade de sempre; Lex, que sempre esteve disposto a ajudar os outros e que quer montar uma família; e Rodrigo, com suas tiradas irreverentes e mais galinha do que nunca. Só por esse começo já dá para ver que vai dar problema, mas Bianca Briones nunca teve dó do coração dos leitores. Continuando... Branca, cega de amor, casa com Lex e vive um felizes para sempre.. que dura menos de um ano! Isso faz com que os dois sofram e ela resolve curtir a vida enquanto ele vai trabalhar em outra cidade. Mas, como membros/agregados da família Villa/Albuquerque eles sempre se encontram e vão ter de lidar com os motivos que levaram ao término, o ciúme e a atração que sentem um pelo outro. Daí surge Rodrigo, que insiste em dizer que não sente mais nada apela Branca, mas que aos cinco minutos de jogo já mostra a que veio (e como mostra, senhor!)

Rodrigo + escrita da Bianca Briones + fofura do Rodrigo + enredo que emociona o leitor + Senso de humor do Rodrigo + rever personagens incríveis + já falei do Rodrigo?

Eu sempre amei o Rodrigo e a Branca e por isso tinha receio do que a autora ia fazer no livro deles, além de ter uma expectativa muito alta devido ao primeiro livro da série, que se tornou um favorito. No fim não me livrei das altas expectativas e nem consegui deixar de comparar com Batidas Perdidas do Coração, mas esse livro tem seu brilho próprio e é melhor do que O Descompasso Infinito do Coração. Como sempre, pudemos acompanhar a tristeza e dúvidas que eles tentam esconder, as relações familiares e o crescimento dos personagens. Meu destaque, como deu para ver acima, é todo para o Rodrigo, com seu senso de humor que me tirou muitas risadas e muitos suspiros também.

Dá para ver que adorei o livro, e ele só não se tornou um favorito porque não me convenceu muito o motivo pelo qual a Branca e o Lex se separaram no começo (pareceu que a autora juntou eles e depois separou por qualquer coisinha para estória se desenrolar) e porque o problema central não me emocionou tanto (é uma merda essa comparação involuntária com o primeiro livro da série. Isso me faz pensar: se a ordem das estórias fossem diferentes, e o primeiro volume se tornasse o último, se eu iria favoritar toda a série..). Devaneios a parte, super recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Renata 01/03/2018

Aquela série que ganhou meu coração
E cheguei ao último livro (lançado) da Série Batidas Perdidas. Levei mais tempo do que gostaria para iniciar essa série, sendo que li o primeiro livro no ano passado, e desde então a única pergunta que me faço é: por que não li esses livros antes?
Aqui nós temos como protagonistas três personagens já bem conhecidos (e amados) por quem acompanha a série: Branca, Rodrigo e Lex, formando o primeiro triângulo amoroso da série.

Branca é aquela personagem que fala e faz o que quer. Em um impulso ela se casou com Lex (oi?), e após uma convivência conturbada eles se separam, e Branca começa a viver seu inferno pessoal: enxergar toda a paudurência de Rodrigo, o “moleque” que ela sempre afirmou que jamais chegaria perto dela.

Lex foi um personagem de grande importância no primeiro livro da série. Ele é aquele tipo de cara que vive por ajudar os outros, e tudo nele me encantou. Sério gente: mesmo sempre ter torcido por Rodrigo, em um determinado ponto do livro fiz a Glória Pires e não fui capaz de opinar.

Rodrigo é aquele safado que você respeita. Ele sempre foi apaixonado por Branca, mas de tanto fora que já levou decidiu se tornar autoimune ao amor, e por isso passa cada noite (ou dia) com uma mulher diferente. Mas aqui nós descobrimos um lado sensível dele, um lado que ainda mostra sofrer pela morte do pai.
Essa história se passa antes, durante e depois o segundo livro da série 😉 Além disso, os três protagonistas narram este livro, com capítulos curtos, que somados a escrita fluida de Bianca Briones, acaba fazendo com que eu lesse muitas páginas sem me dar conta.

Enquanto Lex é a serenidade em pessoa, Branca e Rodrigo são dois furacões, nos fazendo rir, chorar e chorar de rir com eles.

Também podemos matar a saudade de outros personagens da série, entre eles o mestre da paudurência: Rafa! Agora ele é um pai de família, tenta se manter na linha, mas sempre escapa um palavrão hahaha

Há também abertura pra histórias de outros personagens, algo que gostei muito, pois essa turma toda tem muita coisa ainda pra nos contar 🙂

Sobre esse triângulo amoroso, tiveram momentos em que torci por Rodrigo, outros torci por Lex e em outros quis torcer o pescoço de Branca e eu ficar com os dois todinhos pra mim (marido se estiver lendo isso saiba que estou falando de dois personagens hahaha).

Bianca Briones é capaz de nos fazer viver e sentir várias emoções em um único livro, nos contagiando com a alegria e tristeza de seus personagens. Uma história horas engraçada e horas dramática, que é capaz de deixar grandes lições e ensinamentos.

Mais uma vez Bianca Briones me fez perder uma batida do meu coração por essa série, fazendo com que fique cada vez mais difícil de me desapegar dela.

site: Visite o blog: https://blogeverythingbutthebooks.com/2018/02/27/resenha-o-desapego-rebelde-do-coracao-de-bianca-briones-por-verus-editora-veruseditora/
comentários(0)comente



Dryh 23/09/2017

Quero mais!
Rodrigo Villa sempre tivera uma queda por Branca, amiga de sua irmã, mas depois de levar tantos foras e vê-la casando-se com outro, ele decidiu que não iria mais correr atrás de quem não o queria. Melhor ainda, Rodrigo estava decidido a viver uma vida “devassa”, sem se importar com sentimentos nem nada do tipo. Mas o que ninguém sabia era que a perda de seu pai ainda o afetava muito, e ele morria de medo de incluir mais alguém importante em sua vida, e perder esse alguém.

"Acho que não conhecemos alguém completamente até ter exata noção da quantidade de dor que essa pessoa carrega."

Branca estava casada com Lex, mas era um casamento que não tinha mais futuro, então eles se divorciaram, e Lex foi morar no Rio. Ela sempre fora uma mulher independente, competente e, por mais que negue, um pouquinho atraída por Rodrigo... E quando eles começam um jogo de gato e rato que parece não ter fim, ela percebe que poderia ficar enrascada.... Principalmente porque viu uma faceta de Rodrigo que ninguém conhecia: um garoto perdido que ainda lidava com a perda do pai, e que era mais sensível do que transparecia. Só que Lex volta... Com um bebê no colo, e além de velhos sentimentos, Branca também precisa lidar com o ciúmes.

Gente, que livro! O primeiro livro dessa série tinha me deixado numa bad e com uma ressaca das boas, mas o segundo não foi tãão bom quanto eu esperava. Mas eu tinha esperanças de que O desapego rebelde do coração colocaria a série outra vez na lista dos favoritos. E não é que isso aconteceu mesmo? O livro é narrado por Branca, Lex e Rodrigo, então eu nem mesmo sabia para quem torcer, pois os dois são meus namoridos literários...haha’

Impossível não me apaixonar pelos personagens desse livro, e ver que Rodrigo amadurece tanto ao longo da história (vocês nem imaginam) só fez com que eu gostasse ainda mais dele. E por mais que eu também adorasse o Lex (ele sabe ser apaixonante quando quer), ver como ele e Branca sempre corriam para os braços um do outro quando as coisas davam errado me fez ter certeza de que queria vê-la com Rodrigo...hehe

"Como lidar com isso? Como passar a vida vendo alguém como um moleque idiota e de repente deixar isso de lado e enxergar apenas o coração gigante que ele tem? Uma certeza: encrenca à vista."

Se tem uma coisa que eu não costumo suportar em livros, são os triângulos amorosos. Porém, a autora soube dosar muito bem (como sempre, né) o romance, o drama e a tensão na história. Quem já leu algum livro dessa série sabe que todos os livros possuem uma carga emocional bem grande, então é bom se preparar bastante antes de mergulhar em Batidas Perdidas. E também se preparem para rir bastante, pois os personagens (em especial os que foram protagonistas dos outros livros [oi, Rafa]) são hilários.

Fiquei um pouco p* da vida porque a autora deixou alguns ganchos no final do livro, que podem muito bem levar para mais dois livros (pessoal que já leu, não estou delirando, estou?), e estou me coçando para saber o que vai acontecer com certos personagens. Fico cada vez mais apaixonada por essa série (apesar de não ter gostado 100% do volume anterior) e mal vejo a hora de ver dois personagens que ADORO sendo protagonistas de suas próprias histórias. Bianca Briones, estamos esperando, viu?

site: http://shakedepalavras.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Paula Gorgatte 07/07/2017

Gostei mas poderia ser melhor.
Eu estava mega, ultra, super, blaster ansiosa para ler esse livro, eis que minha sempre melhor amiga me emprestou e sei lá o que precisava ser esclarecido ficou mais louco ainda. Vou me explicar.

Branca é linda, independente, advogada competente, louca de pedra, encara sua liberdade como sendo justificativa para pegar geral. Mas em uma dessas loucuras acabou pegando, ficando e casando com o delicioso Lex.

Lex é o melhor amigo do Rafa, aquele mesmo que chegou a levar um tiro para livrar o BFF da maior confusão. Pois bem, Lex é tudo de bom, bonitão, galã, musico e pasmem ele quer desesperadamente uma família. Acaba casando com a louca da Branca, mesmo o relacionamento sendo protagonizado entre autos e baixos. Lógico que a coisa toda não dá certo e acabam se divorciando menos de um ano depois.

Parece uma história comum. Certo? Seria se Rodrigo Vila não entrasse nessa equação. Rodrigo é um galinha e se intitula com desapegado. Lindo, maravilhoso, charmoso e muito mulherengo, o moço sempre alegre, cheio de brincadeiras esconde um interior muito diferente do que demonstra. E depois de um tempo descobrimos até um coração em seu peito. Mas o que importa é que Rodrigo sempre foi apaixonado por Branca, desde muito novo, mas a loira nunca quis nada com ele, e para superar essa paixonite desenvolveu a teoria da autoimunidade. Onde diz ser imune ao amor....será?


Bom, Branca está divorciada e Rodrigo aproveita a brecha para aparecer, porém para que o livro tenha emoção, tudo dá errado. Lex volta, aparece um bebe no meio e a coisa fica mais confusa ainda.

Tenho algumas questões aqui, apesar do livro ser incrível e eu ter amado a história, alguns personagens não me convenceram.
1- Rodrigo- não me odeiem, mas mesmo ele tendo se mostrado ser mais, ele não me convenceu. Em toda oportunidade que eu pensava, bom agora ele cresceu, o moleque fazia mais merda.
2- Branca, ô mulherzinha irritante. Se acha o máximo, não respeita ninguém, chama o Rodrigo de moleque mas o livro inteiro a única pessoa que se mostrou extremamente infantil, foi ela. Não gostei.
3- Flávia odeio spoiler, e não explicarei quem seria esse ser, mas por misericórdia, não vi ninguém mais sem graça que essa pessoa. Me deu até preguiça.
Mas tirando esses personagens chatos, o que dizer de Lex, eu me apaixonei de cara. O Rodrigo é o máximo, dentro da pele de bad boy tem um garoto sofrido e cheio de amor, mas foi LEX quem me ganhou. Sei lá, por ser mais profundo, mais amigo, mais leal, mais homem. E a tristeza que o homem carregava em seus olhos chamou minha atenção.

Adorei ver o maravilhoso do Bernardo, aliás ele e Lex são os melhores na minha opinião.

A leitura, como sempre bem fluida, a escrita simples e sem complicações. As citações de músicas continuam nesse livro e amei a Autora ter ousado e colocado 03 narrativas. Branca, Rodrigo e Lex. Deu vida a história além de ter criado um certo clima de suspense, pois não dá para saber com quem Branca irá ficar.

Não posso esconder aqui que terminei o livro com uma sensação de decepção. Ocorreu o obvio, mas não me satisfez. Terminei com uma inquietação e uma baita melancolia. Esperava mais...

Ao que tudo indica o próximo livro é sobre Lucas e Fernanda (quem diria hein). Não queria, mas terei que aguardar.

Se Recomendo? Sim.
comentários(0)comente



Liih 31/05/2017

O melhor
Muitas vezes achei que meu coração ia parar... Uma história que não deixa vc querer desgrudar. Eu devorei. Amei. Me identifiquei. Perfeito.
comentários(0)comente



Carla Cássia - @contra.capa 28/04/2017

Uma história que se supera
O suspense não foi longo. Quem espera uma trama doida de dois caras se socando por uma menina, não é isso que o livro oferece. Logo nos primeiros capítulos eu já sabia com quem Branca iria terminar, os personagens de Bianca Briones são bem claros sobre quem são e o que querem, por isso, quando vemos a narrativa de cada um deles, já podemos deduzir o que vai ocorrer. Agora, como nossos corações vão chegar até o final, já não sei.

Esse livro me surpreendeu de várias formas. Branca, sem dúvida, é uma das minhas personagens favoritas da saga/vida, em cada livro ela tem seu momento de brilhar, sim no livro das amigas ela brilha, e é isso que eu adoro na personagem, ela está sempre lá para os amigos.

Não vou falar dos boys, porque senão posso entregar o jogo, mas relato que, eu não queria que Branca ficasse com ele. Achava que o casal, sei lá, não rolava, mas a forma que a autora soube nos apresentar como eles se sentiam, foi fantástico e acabou me fazendo gostar deles, mesmo eu sempre dizendo “Eles juntos não” hahahaha doido né?!

‘O desapego rebelde do coração’ fala sobre a vida, como as coisas caem nos nossos colos e nós temos que aprender com elas. Fala sobre seguir em frente, mesmo após uma escolha.

Para mim de todos os da saga até agora esse foi o mais leve por conta de seus acontecimentos em geral, o que foi bom, pois eu já estava indo mandar essa galera toda tomar um banho de sal grosso, por que caramba. Sem contar que o livro contém muita narrativa da Branca, que como disse, por si só já é uma figura.

Para mais resenhas link abaixo

site: http://www.blogcontracapa.com.br/
comentários(0)comente



Sarinha 24/04/2017

Vício do coração
Sabe aquele momento em que você termina um livro, e quer saber como uma história pode mudar seus dogmas?
Bem esse livro é assim. Bianca Briones, mais uma vez, nós fez amar personagens, mudar de opinião em muitas coisas, e ainda sim termina completamente apaixonada
Como descrever o Rodrigo, lex, e Branca... Difícil, mais posso revelar que uma pessoa escondeu o orgulho, um homem encontrou algo para lutar, e um muleque se tornou um homem...
comentários(0)comente



Sarinha 24/04/2017

Vício do coração
Sabe aquele momento em que você termina um livro, e quer saber como uma história pode mudar seus dogmas?
Bem esse livro é assim. Bianca Briones, mais uma vez, nós fez amar personagens, mudar de opinião em muitas coisas, e ainda sim termina completamente apaixonada
Como descrever o Rodrigo, lex, e Branca... Difícil, mais posso revelar que uma pessoa escondeu o orgulho, um homem encontrou algo para lutar, e um muleque se tornou um homem...
comentários(0)comente



Sarinha 24/04/2017

Vício do coração
Sabe aquele momento em que você termina um livro, e quer saber como uma história pode mudar seus dogmas?
Bem esse livro é assim. Bianca Briones, mais uma vez, nós fez amar personagens, mudar de opinião em muitas coisas, e ainda sim termina completamente apaixonada
Como descrever o Rodrigo, lex, e Branca... Difícil, mais posso revelar que uma pessoa escondeu o orgulho, um homem encontrou algo para lutar, e um muleque se tornou um homem...
comentários(0)comente



Daisy 01/04/2017

E meu coração perdeu e recuperou mil batidas com essa série!!!! AMEEIIII
ATENÇÃO,ESTÁ RESENHA CONTÉM SPOILERS. SE VOCÊ É DO TIPO,” ODEIO SPOILER”, STOP!!! VAZA DAQUI...XÔ... SOME rsrrs (Brincadeirinha gente).
Se não se importa, se chegue, vem comigo conhecer essa “família” louca que me acompanhou por 4 dias.

Vamos conversar um pouquinho sobre os quatro livros, então se prepare, vem textão por aí. Senta que lá vem história. 😅😅😅

Pessoas do meu core, essa série tem uma ordem maluca, eu li na ordem errada, mas vou explicar tudo certinho para não haver confusão, ok?

 AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO.

Aqui conheceremos a Viviane Villa, uma garota boa de vida, estudante de moda que está em um hospital por causa da morte do seu pai, seu porto seguro, seu tudo.
Conheceremos também, Rafael que pega todas e não está nem aí para nada nem ninguém ,o garoto que é o oposto da Vivi em tudo. Rafa está no hospital porque perdeu algumas pessoas também. Eles se cruzam e começa aquela coisa básica e mega clichê: Ela o acha maravilhoso, afinal o cara é um bad boy,tatuado,rebelde,lindo e maravilhoso.(Quem não se encanta???) Ele a vê e a atração é mútua. Só que devido a uns problemas pessoais, Rafa a trata mal, e os dois perdem contato. Como a vida tem suas viradas, Rafael tem um primo chamado Lucas que é melhor amigo do Rodrigo, irmão da Vivi. Então 2+2= 17 rsrsrrs “acertô miseravi ". Então, contatos vão, contatos vêm, os dois se reencontram.

UNIDOS PELA DOR DA PERDA, Rafa e Vivi tentam se ajudar, ele com seus problemas e traumas, e ela com suas dores. O livro aborda uma temática maravilhosa e triste em alguns momentos. Temos contato com muitos personagens secundários dos quais que conhecer melhor nos próximos livros.
A narrativa da autora é maravilhosa, o livros é narrado pelo ponto de vista do Rafael e da Viviane em capítulos alternados. Os capítulos são bem curtinhos, fazendo assim com que a leitura seja deliciosa e bem fluida.
Preciso ressaltar que amei o Rafael mesmo que ele seja aquele tipo complicado, difícil de lhe dar, a autora ainda assim consegue nos fazer amar o cara.
Super bem humorado e boca suja (adorei isso),ele te cativa mesmo. A vivi também é uma personagem bem diferente do que eu esperava encontrar. Achei que encontraria uma moça riquinha chatinha,mas não, ela é bem madura e teve atitudes das quais nem eu sei se as teria diante de algumas situações que a mesma passou no livro.
Por fim, amei o livro e super indico!!!

Nota: 5 estralas uhuuu!!!
***********************************************************************************************************


 OS DESCOMPASSOS PERDIDOS DO CORAÇÃO


Esse livro foi o que mais gostei, não pela história e sim pelo Bernardo.
Geeente,que homem MARAVILHOSO é esse??? Amorzinho,atencioso,paciente,amigo...Aaah posso ficar o dia todo descrevendo as qualidades do rapaz.
Pois bem, vamos ao que interessa \o/.

Bernardo sempre foi apaixonado pela Clara, mas a mesma é casada com Maurício, pai de seus dois filhos gêmeos.
Por não suportar o fato de ver sua amada com outro, Bernardo mora fora do país. Bernardo nos é apresentado no primeiro livro quando ele surge como o “plano B” do avó de Vivi para tentar afastá-la do Rafa.
Só que como diz a música de sei lá quem(isso não vem ao caso agora rsrs) O TEMPO PASSA,O MUNDO GIRA,O MUNDO É UMA BOLA.
Clara descobre a traição do marido e começa um conflitante processo de divórcio.
Uma coisa me irritou profundamente nesse livro,êta personagem tapada.O cara lá, lindo e maravilhoso, dando todo carinho e atenção possíveis, e a mosca morta se fazendo de difícil. AAAhhh!!! Se joga queridaa.
O livro segue a mesma linha do primeiro em termos de narração,um capítulo narrado por Clara, outro por Bernardo. Os personagens do primeiro livro tem participação ativa nesse volume também,um destaque especial para o Rafa, que está ainda mais lindinho e encantador.
Por fim, apesar de tudo, como eu disse,amei,amei!! Indico???? Maaaaaas é claroooooo


***********************************************************************************************************

A ESCOLHA PERFEITA DO CORAÇÃO.

Então, na ordem de publicação, este é o terceiro livro,MAAAAAAAAS,é melhor que esse seja lido após o AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO, pois ele é uma “complemento” do mesmo.

No primeiro livro, após uns anos separados, graças ao eles têm seu reencontro e o final FELIZES PARA SEMPRE.
Nesse livro aqui, ficamos sabendo o que acontece nesse tempo em que ficarão separados ante do fim do livro. Vamos entrar mais a fundo nos conflitos do Rafa e no quão difícil foi a reaproximação dos dois. Confesso que este livro foi um tanto desnecessário, uma vez que a autora poderia ter incluído isso tudo já no primeiro livro.
Como eu amei perdidamente o Rafa desde o primeiro livro, amei ter mais um pouquinho dele aqui também.
Então, super indico também.

***********************************************************************************************************
O DESAPEGO REBELDE DO CORAÇÃO

Quarto e último livro (por enquanto).
AAh esse livro foi o mais “chatinho” dos quarto para mim.Pense numa pessoa completamente indecisa de tudo, essa pessoa é a Branca. Aff, que raiva dela.
Aqui teremos um triângulo tão nada a ver. Digo isso porque essa história se passa nos bastidores do segundo livro(livro do Bernardo e Clara).Então, muitos fatos narrados aqui, já são do nosso conhecimento, tornando assim uma leitura mais cansativa.
Aqui temos o Rodrigo, irmão da Vivi, que sempre foi apaixonado pela Branca irmão do Bernardo.(É meu povo, é uma pegação sem fim esse povo rsrs)Por sua vez, Branca é casada com o Lex,melhor amigo do Rafael. No primeiro livro,Lex era o cara sensato, sem defeitos, amigo para toda as horas, fiquei logo chateada, achando que a autora iria destruir um personagem maravilhoso como ele.
O livro se inicia com Branca e Lex entrando em conflitos básicos de casal que acaba em divórcio.
Lex vai para o Rio de Janeiro e Branca fica por aqui onde começa notar o Gustavo com outros olhos.
O livro inteiro passa com essa criatura sem saber quem quer,quando ficou bem claro que ela quer o Rodrigo.
Passou o livro todo cobrando maturidade do rapaz, quando na verdade, ela é quem precisava amadurecer...Ficou chato, infantil aff!!!
Diferente dos anteriores, nesse aqui temos a narração pelo ponto de vista dos três: Lex,Rodrigo e Branca.
No fim a autora diz que terão livro do Lucas e do Lex. Fico no aguardo!!!
Mais uma vez, os personagens secundários roubaram a cena, Bernardo e Rafael maravilhosos, Lucas e outros.

Para concluir, gostei bastante dos livros, tanto que o devorei. Super indico a leitura!!!




BOA LEITURA A TODOS..BJS,BJS
comentários(0)comente



Portal JuLund 01/03/2017

O Desapego Rebelde do Coração, @Verus_Editora
A partir de agora assumirei que você leu os outros livros da série Batidas Perdidas, ok? Eu não sei se já citei aqui que não gostei muito do livro onde Vivi conhece Rafa. Finalizei a leitura, mas não pretendia continuar a ler os outros livros da coleção. Presenteei minha sobrinha com o romance e sua irmã, minha afilhada, o devorou e virou a fã número 1 da Bianca Briones. Então adquiri o segundo livro da série, que conta a história de Clara e Bernardo, para presenteá-la e pensei: por que não lê-lo antes? Li e me apaixonei, inclusive lendo todos os outros da série e da autora (eu e a Ana Beatriz, claro!)
Nos outros livros pudemos perceber um sentimento reprimido entre Branca e Rodrigo, respectivamente irmãos de Bernardo e Viviane. Só que Rodrigo, assim como Bê, era mais novo, então a loira não dava muita atenção para ele, tanto que teve um romance frustrado com Lex. Agora é a vez de sabermos a resposta para a pergunta:

"De quem será o coração de Branca?"

A preferência geral da nação é por Rodrigo, mas Lex também é um fofo. Só que parece que a garota não quer saber de nenhum dos dois. Aliás, de ninguém, e ela até que tem seus motivos.

"É vida louca que o povo quer, é vida louca que sou. Ainda estou com vinte e seis anos, e não quero passar outra vez pelo que passei com Lex. Diversão é a palavra do momento."

Vida louca também é o lema de Rodrigo. Ele perdeu o pai no livro de Viviane, então resolveu viver loucamente para não sofrer. Mas tem mais, claro: ele sempre foi apaixonado por Branca, a química entre os dois é grande, mas nenhum deles admite. Então, ele aproveita festas sem pensar no amanhã.

"Se tem algo que nunca aconteceria é um relacionamento entre mim e Branca. É justamente por causa dela que eu sou quem sou hoje. Quer dizer, justamente pelo desprezo dela. Eu já quis muito ter algo com a Branca no passado, mas é só questão de cumprir uma meta. Eu disse que ficaria com a Branca um dia e, se ela me der brecha, vou ficar. Só porque eu posso e fim. De resto, estou tranquilo. Namorar não é pra mim, mesmo."

Como você pode perceber, os capítulos são narrados alternadamente por Branca e Rodrigo. E por Lex também, pois até o último minuto Bianca nos deixa na dúvida sobre quem será o escolhido da loira. Que aliás, começa a achar que Rodrigo não é mais aquele moleque de antigamente. E tudo acontece em uma famosa noite de balada, onde muita coisa ocorre, nesse e em outros livros da série.

"Ouvindo-o ressonar baixinho, sem soltar minha mão e parecendo finalmente tranquilo, penso que talvez ele não seja um moleque idiota, como sempre achei, mas um menino perdido."

Resenha completa no

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/resenha-de-o-desapego-rebelde-do-coracao-verus_editora
comentários(0)comente



46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4