O Que é Ideologia

O Que é Ideologia Marilena Chaui




Resenhas - O que é ideologia


22 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


paulo 21/04/2021

Esse é o segundo livro que leio dessa coleção, o primeiro foi O Que É Participação Política?, do Dalmo Dallari, para a faculdade. Excelente, ótima abordagem e linguagem bem acessível, perfeito para um conhecimento rápido e básico para novas pesquisas.
comentários(0)comente



Élida Mercês 25/01/2021

Com um texto objetivo e didático, na medida em que o assunto permite, Marilena Chauí explica o conceito de ideologia por meio da demonstração de como ela funciona, como instrumento de dominação política, ao lado do Estado. Vale a leitura.
comentários(0)comente



Lucas 11/12/2020

Abordagem didática e linguagem de fácil leitura.
A autora mostra como surgiu o termo "ideologia" e suas mudanças de significado ao decorrer do século, sendo sua gênese em meados do século 17.

A autora busca enfatizar o significado que Marx dá a tal termo, que significa, basicamente, toda e qualquer ideia que é apresentada como um processo natural, mas que, na verdade, trata-se de algo carregado de condicionalismos sócio-históricos.
comentários(0)comente



felipe.capuzo 20/11/2020

Guia do Mochileiro da Pós Verdade
Quem controla o passado, controla o futuro.
Quem controla o presente, controla o passado.

Os estudos sobre Ideologia sempre me intrigaram, muito disso advém de 1984, do Orwell. De todo modo, esse pequeno livro é capaz de introduzir esse conceito tão essencial para os tempos de pós verdade de uma forma boa e lúcida.

Recomendo para quem se interessar por teorias políticas e sociais, ou também para aqueles que desejam enfrentar as violências fascistas de nossa contemporaneidade bagunçada e tecnocrática.
comentários(0)comente



Stella 03/11/2020

Leitura essencial!
A leitura foi graças à faculdade, mas trouxe muita clareza para compreender conceitos tão importantes de Marx, Hegel, Engels, que permeiam na nossa sociedade política e cultural.
Como o título mesmo diz: uma leitura essencial para compreender melhor onde estamos inseridos.
comentários(0)comente



Fernando.Lovato 02/11/2020

Excelente obra para introdução a filosofia. Ou para entender o conceito de ideologia
Marilena Chaui traz na obra o seguinte modo de apresentação: resumo do pensamento de um autor, exemplos claros da teoria dele, explicação por que tal autor está preso numa ideologia. Ela faz isso até chegar a Marx. Nesse ponto e baseado nesse último autor, ela identifica o que é ideologia, sua origem, como a ideologia é utilizada para manipular as classes dominadas e traz propostas de solução para tal situação ideológica vigente. Enfim, parada obrigatória para qualquer pessoa que curse algo em humanas.

---> Pontos positivos:

. A autora faz excelentes resumos dos pensamentos dos autores que são analisados. Nem todo mundo leu todos os autores citados na obra para saber como a ideologia se aplica a eles ou do que eles falavam a respeito. Assim, o fato da autora resumi-los antes de criticá-los demonstra atenção especial a novos leitores da área.

. Linguagem inclusiva, clara e inequívoca.

. Uso de exemplos sempre que um conceito ou teoria nova é exposto.

. Aplicação prática alta e imediata.

-->Pontos negativos (sinceramente não encontrei nenhum ponto negativo digno de nota. Assim, apenas colocarei algumas sugestões particulares minhas):

. Eu faria mais divisões no texto e relembraria em cada uma delas o que pretendia naquele ponto. Ex: agora irei resumir Hegel para que vocês entendam que Marx não inventa determinado conceito.

. Toda argumentação marxista depende do conceito de contradição hegeliano. E embora a autora o resuma bem, eu sugeriria mais foco nesse conceito, pois ele é de difícil apreensão. Talvez cortar um autor ideológico pré-moderno e usar as páginas poupadas para aprofundar um pouquinho mais na contradição hegeliana.
comentários(0)comente



Gabriela.Give 09/10/2020

Não é o tipo de leitura que me agrada, mas por ser leitura obrigatória da faculdade decidi dar uma credibilidade e me arriscar. Para quem gosta da temática, a leitura flui bem. Também é uma ótima oportunidades de entendermos, conhecermos para criamos nossas opiniões contra ou a favor, mais enraizadas, a partir do senso crítico, ao invés do senso comum.
comentários(0)comente



Anienne 22/08/2020

O que é Ideologia?
Muito interessante a forma como Marilena Chauí aprofunda e nos aproxima do termo "ideologia".
Fica bem clara a questão de que a sociedade está vislumbrando uma "ideia da realidade" pelas lentes e ideias da classe dominante vigente e nao vislumbrando a "realidade em si"; além de que cai uma ficha muito importante, qdo constatamos que tanto a ideologia, como as leis e o estado são simplesmente instrumentos de dominação, por sinal, muito violentos.
Aí a gente fica como Cazuza na música Ideologia: " era melhor qdo eu não via, qdo era um(a) ignorante feliz... agora que vejo, o que fazer? Nunca mais serei aquela(e) menina(o) que queria mudar o mundo."
Sim, meu grau de pessimismo é nesse nível, por mais que façamos, estamos atolados num mar de esgoto e perde-se a tranquilidade e enche-se de pessimismo, desesperança, desacreditar...
Enfim, os sentimentos vão a esse nível, já o livro... é bom.
comentários(0)comente



Vanessa 20/08/2020

Em 1980 foi lançada a primeira edição deste livreto. Apenas 125 páginas de reflexões fantásticas sobre ideologia. Dominação. Luta de classes. "Os ideólogos são aqueles membros da classe dominante ou da classe média que, estão encarregados, por meio da sistematização das ideias, de transformar as ilusões da classe dominante em representações coletivas ou universais. Assim, a classe dominante se divide em pensadores e não pensadores, ou em produtores ativos de ideias e consumidores passivos de ideias". Dessa forma, os consumidores das ideologias, muitas vezes mesmo sabendo de sua condição de explorado reproduz a ideologia dominante. É o que justifica o trabalhador assalariado defender os meios de exploração capitalista. É o que justifica o trabalhador, a classe média e os microempreendedores defendendo a ideia de que quem trabalha alcança o sucesso ou pode enriquecer. A complexidade das ideologias enfraquece o trabalhador pois joga proletariado contra proletariado.
comentários(0)comente



Natália 24/06/2020

Esclarecedor
O livro consegue desmembrar conceitos muitas vezes vistos como complexos de forma compreensível. Nele a autora nos conceitua do que é a ideologia pela ótica marxista.
comentários(0)comente



Karina 05/04/2020

Essencial e para sempre contemporâneo
“O que é ideologia” da Marilena Chauí é uma obra densa e muito completa. Eu diria, até mesmo, essencial, para a compreensão da sociedade de um ponto de vista das ideias que se propagam.
Por vezes, parece que tem informações demais que dão voltas e voltas sem explicar nada. Porém, essa foi minha impressão inicial, porque no decorrer do livro, todas as informações se amarram formando relações interessantes.
Começando o livro com as teorias da Antiguidade sobre conceitos iniciais que serão utilizados no decorrer do livro, como trabalho, divisão do trabalho, campos significativos, relações sociais, as relações do homem com a Natureza e, portanto, com o conhecimento adquirido.
Passa então para o histórico do termo “ideologia” e então percorremos um caminho histórico desde os ideólogos franceses, seguindo pela filosofia positivista e depois disso com o sociólogo Durkheim, até chegarmos a concepção Marxista. A partir de então, temos um capítulo inteiro reservado para essa questão. Em um livro sem muitas divisões em capítulos, esse é um importante vestígio sobre a própria ideologia da autora que não esconde seu posicionamos, observável até mesmo, em outras obras dela.
Não acredito que isso seja um obstáculo para este livro, já que a pesquisadora tem muito conhecimento sobre o que diz e traz um panorama completo de tudo que está falando. Por exemplo, ao entrar no capítulo “A concepção marxista de ideologia”, ela traz um cenário no qual Marx direcionava críticas à filósofos alemães da época, que por sua vez, contestavam as teorias de Hegel.
Entrando em Hegel, Marilena Chauí resume, como ela mesma afirma, “de forma grosseira, as principais ideias de Hegel, a dialética idealista e espiritualista, dais quais eu considero como destaque as ideias de que “a história é reflexão”. A reflexão é a volta sobre si mesmo, na qual a consciência é responsável por fazê-la. “Este exterioriza-se em obras, mas é capaz de reconhecer-se como produtor delas, é capaz de compreender-se ou de interiorizar sua criação.” (2006, p. 41). Outro ponto que achei particularmente interessante é sobre como o Estado representa os interesses dos indivíduos privados ou públicos, famílias, sociais e etc.
De forma clara e sucinta, Chauí resume os pontos da teoria hegeliana de forma clara e sucinta, já que esse não é o objetivo da obra. Inclusive, durante a leitura tive as minhas dúvidas se, de fato, eram necessárias para a compreensão do livro e quais as relações entre Hegel e ideologia sobe a perspectiva marxista. Então, a autora passa a comparar os conceitos hegelianos que Marx conserva em sua teoria, e aqueles que Marx contrapõe. O livro como um todo se conversa, a todo momento retomando tópicos já trabalhados. Estamos sempre relendo e reafirmando os conceitos em nossa mente.
Mariela Chauí passa, então, a explicar o marxismo, como a luta de classes: o trabalhador que vende sua força de trabalho e aquele que dispões das condições de produção. Explica também sobre a mais-valia, alienação, conceito de propriedade de da divisão de classes.
Chauí ainda dedica uma parte à explicar a diferença da concepção de Estado entre Hegel e Marx, na qual o primeiro define como “superação das contradições”, enquanto o segundo afirma que o Estado é “a vitória de uma parte da sociedade sobre as outras.” (2006, p. 66).
A partir de então, a autora escreve como a ideologia tem sua função em “ocultar” a realidade e fazer parecer que as ideias são autônomas, ou seja, como se surgissem sozinhas sem ter um representante. Isso faz com que as pessoas não reflitam sobre as relações sociais que causam sua posição social, e portanto, traz a ingênua sensação de que as coisas são do eito que são por causa de um poder superior e que todos estão submetidos à esse poder igualmente.
Finalizando sua obra, Chauí faz um apanhado sobre tudo que foi pensado no decorrer do livro e retoma todos os conceitos por ela trabalhado. De forma bem amarrada, Chauí escreve essa obra que considero tão importante para a nossa sociedade. Livro indispensável para repensarmos sobre a estrutura da nossa sociedade e além disso, tudo o que consumimos e como digerimos esses conteúdos. Se, inicialmente, pensei que a obra tomava caminhos desnecessários, ao chegar ao final entendo que Chauí inclui tudo que é necessário para compreendermos o conceito de ideologia em sua totalidade, de um jeito genial e bem concatenado.
comentários(0)comente



Lista de Livros 09/11/2019

Lista de Livros: O Que é Ideologia – Marilena Chaui
Parte I:

“Ideias que parecem resultar do puro esforço intelectual, de uma elaboração teórica objetiva e neutra, de puros conceitos nascidos da observação científica e da especulação metafísica, sem qualquer laço de dependência às condições sociais e históricas, são, na verdade, expressões dessas condições reais. Com tais ideias pretende-se explicar a realidade, sem se perceber que são elas que precisam ser explicadas pela realidade social e histórica.”
*
Mais do blog Lista de Livros em:
https://listadelivros-doney.blogspot.com/2019/09/o-que-e-ideologia-parte-i-marilena-chaui.html



Parte II:

“As classes sociais não são coisas nem ideias, mas são relações sociais determinadas pelo modo como os homens, na produção de suas condições materiais de existência, se dividem no trabalho, instauram formas determinadas da propriedade, reproduzem e legitimam aquela divisão e aquelas formas por meio das instituições sociais e políticas, representam para si mesmos o significado dessas instituições através de sistemas determinados de ideias que exprimem e escondem o significado real de suas relações.
O Estado não é um poder distinto da sociedade, que a ordena e regula para o interesse geral definido por ele próprio enquanto poder separado e acima das particularidades dos interesses de classe. Ele é a preservação dos interesses particulares da classe que domina a sociedade. Ele exprime na esfera da política as relações de exploração que existem na esfera econômica.”
*
Mais do blog Lista de Livros em:
https://listadelivros-doney.blogspot.com/2019/09/o-que-e-ideologia-parte-ii-marilena.html



Parte III:

“O Estado aparece como a realização do interesse geral (por isso Hegel dizia que o Estado era a universalidade da vida social), mas, na realidade, ele é a forma pela qual os interesses da parte mais forte e poderosa da sociedade (a classe dos proprietários) ganham a aparência de interesses de toda a sociedade.
O Estado não é um poder distinto da sociedade, que a ordena e regula para o interesse geral definido por ele próprio enquanto poder separado e acima das particularidades dos interesses de classe. Ele é a preservação dos interesses particulares da classe que domina a sociedade. Ele exprime na esfera da política as relações de exploração que existem na esfera econômica.
O Estado é uma comunidade ilusória. Isto não quer dizer que seja falso, mas sim que ele aparece como comunidade porque é assim percebido pelos sujeitos sociais. Estes precisam dessa figura unificada e unificadora para conseguirem tolerar a existência das divisões sociais, escondendo que tais divisões permanecem através do Estado. O Estado é a expressão política da sociedade civil enquanto dividida em classes. Não é, como imaginava Hegel, a superação das contradições, mas a vitória de uma parte da sociedade sobre as outras.”
*
Mais do blog Lista de Livros em:
https://listadelivros-doney.blogspot.com/2019/09/o-que-e-ideologia-parte-iii-marilena.html


Parte IV:

“A ideologia é um conjunto lógico, sistemático e coerente de representações (ideias e valores) e de normas ou regras (de conduta) que indicam e prescrevem aos membros da sociedade o que devem pensar e como devem pensar, o que devem valorizar e como devem valorizar, o que devem sentir e como devem sentir, o que devem fazer e como devem fazer. Ela é, portanto, um corpo explicativo (representações) e prático (normas, regras, preceitos) de caráter prescritivo, normativo, regulador, cuja função é dar aos membros de uma sociedade dividida em classes uma explicação racional para as diferenças sociais, políticas e culturais, sem jamais atribuir tais diferenças à divisão da sociedade em classes, a partir das divisões na esfera da produção. Pelo contrário, a função da ideologia é a de apagar as diferenças como de classes e de fornecer aos membros da sociedade o sentimento da identidade social, encontrando certos referenciais identificadores de todos e para todos, como, por exemplo, a Humanidade, a Liberdade, a Igualdade, a Nação, ou o Estado.”
*
Mais do blog Lista de Livros em:

site: https://listadelivros-doney.blogspot.com/2019/09/o-que-e-ideologia-parte-iv-marilena.html
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 16/10/2019

Marilena Chauí versa, nesta obra introdutória, sobre a origem e os mecanismos, fins e efeitos sociais, econômicos e políticos dessa fabricação de ilusões e uma história imaginária coletiva.

Empreste esse livro na biblioteca pública

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/8511010130
comentários(0)comente



TalesVR 18/11/2018

Dicionário básico de filosofia e marxismo
''O que é Ideologia'' de Marilena Chauí, é um livro que realmente merece estar na Coletânea Primeiros Passos. Aqui, a filosofa dialoga com os conceitos básicos do marxismo, passando por uma revisita à filosofia de Hegel e traz alguns pontos da sociologia de Comte e Durkheim. Penso ser uma ótima introdução para aqueles que pouco conhecem do assunto, trazendo de forma bastante clara o que é a ideologia; esse mascaramento, esse falseamento da realidade social, enquanto também trabalha com conceitos como alienação, mais-valia, valor, trabalho, etc. Um livro indicadíssimo!
comentários(0)comente



22 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2