Duas Narrativas Fantásticas

Duas Narrativas Fantásticas Fiódor Dostoiévski




Resenhas - Duas Narrativas Fantásticas


94 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Mel Rasera 17/01/2021

Quanto mais Dostoiévski melhor!
Uma deliciosa forma de se aprofundar em Dostoiévski. Seus contos mostram a Rússia e o escritor de forma até mais direta que seus maravilhosos romances.
comentários(0)comente



@eusoumlivro 15/01/2021

Incrível!
Meu primeiro livro do Dostoiévski e sinto que não podia ter começado melhor! 2 contos que fazem com que você entre na cabeça do personagem e sinta tudo que ele está sentindo. Me surpreendi ao perceber que foi uma leitura fluida. Super indico ??
comentários(0)comente



SamuellVilarr 13/01/2021

A Dócil e O Sonho de um homem ridículo, Dostoiévski.
Duas Narrativas que são consideradas pelo próprio autor, fantásticas.
São histórias que passam pelas partes mais vagas e melancólicas da consciência humana. Dostoiévski propõe personagens em situações que provocam a consciência humana, e com isso prossegue com a história, fazendo passagens e mais situações que envolve toda essa atmosfera. Mas isso em linhas de uma forma literal e extremamente bem escrita.
Diria que essas histórias são um resultado de uma consciência intensa sobre as questões da vida, juntamente com uma forma de transmitir esse conteúdo buscando as inóspitas e complexas dimensões do Psicológico humano. Fala sobre o suicídio e muitas outras questões nas narrativas. Também diria para encerrar, que vale a pena ler não só isso por isso, mas por que as histórias em si são muito boas. E você pensar como é possível todas essas questões podem ser transferidas para um texto literal e ficcional, é admirável e uma das formas mais interessantes que o ser humano conseguiu desenvolver para expressar e retribuir em uma folha a sua compreensão e a sua imaginação sobre todas as questões.
comentários(0)comente



Rodrigo Lima 05/01/2021

PRIMEIRO DO DOSTOIÉVSKI
Eu sempre procurei fugir do autor pelo fato da sua abordagem sobre temas delicados, geralmente temas que causam um certo desconforto para quem tem um temperamento melancólico.

O sonho de um homem ridículo é um conto suficientemente curto para ser grande, aborda a vida de um “moderno progressista russo e também petersburguês sórdido” que diante de sua vida medíocre, decide cometer suicídio. Sentado em sua poltrona, com uma arma na mão, ele começa sua saga de pensamentos em busca de sua última identidade antes da morte.

O livro foi muito interessante para mim, pois tratou de temas relacionados ao cristianismo como pecado original e os últimos mandamentos de Cristo. Os pontos separados do livro sempre revelam algo novo e que me fazia querer adentrar ainda mais no sonho que ele estava tendo. Além disso os fatos finais sobre a causa da corrupção apresentada me deixou bastante surpreso e pude fazer um paralelo com o livro de Gênesis na bíblia.

A lição geral do livro sobre o amor ao próximo e a extensão do que isso significa depreendido na frase: “basta que todos queiram e tudo se acerta agora mesmo” apresenta uma solução contempla não só a vida, mas também a melhor maneira de vivê-la.
comentários(0)comente



Isa 05/01/2021

Primeiro contato com o autor e devo dizer que gostei bastante! principalmente da narrativa: "o sonho de um homem ridículo". Indico também, como uma resenha posterior a leitura, o vídeo da Claire Scorzi que fez uma análise fantástica no youtube!
comentários(0)comente



@theus04 31/12/2020

Dostoiévski é inexplicável
Ambos os contos foram incríveis. Em a docil, o protagonista se vê em.terriveis reflexões acerca do q levou o suicídio de sua amada.

Já em O sonho de um homem ridículo, Dostoiévski, ao contar a historia de um homem q está prestes a se matar, simplesmente resume o mundo atual em q vivemos. E como somos amargos e infelizes.

A parte da sociedade utopicamente feliz e mt, mas MTTTT BOA

Pfvr, leiam e releiam.
comentários(0)comente



Kit 30/12/2020

Não curti essa escrita não, muita enrolação pra falar pouca coisa, não sei se é a tradução, mas dificilmente encaro outro do autor, deu muita preguiça, demorei muito mais do que eu esperava e quase abandonei umas 20 vezes... sem contar que as duas histórias são chatas.
comentários(0)comente



Ana Paula 29/12/2020

Duas narrativas fantásticas
Conto - A Dócil: Em resumo o conto fala do casamento torto entre um homem de aproximados 40 anos com uma meninas de 15, ele possui uma casa de penhor e faz agiotagem e ela é órfã de pai e mãe e totalmente dependente financeiramente dele. Esse livro nos mostra as facetas de uma relação abusiva, tóxica e opressora. Mostra tb até onde uma pessoa pode chegar sendo vitima de seu próprio vazio existencial.

Conto - O sonho de um homem ridículo: Outro conto deste livro, mostra a historia de uma personagem que decide se matar, e ao apontar o revolver em seu peito cai em um profundo sono, e neste sono tem revelações, sensações e experiencia uma realidade muito diferente da atual. Esse livro fala sobre indiferença, vazio existencial e redenção.
comentários(0)comente



Sérgio 26/12/2020

Suicídio
Ambas as narrativas fantásticas volvem o tema do suicídio elucubrado por pessoas que têm deixado de explorar algum sentido na vida. No primeiro conto (A Dócil), a narração parte da visão de uma terceira pessoa, e revela uma perspectiva bastante interessante (e até angustiante, em certos momentos) sobre as mudanças de comportamento do sujeito que, ao final, virá a tirar sua própria vida. No segundo conto (O Sonho de um Homem Ridículo), encontramos a naração do ponto de vista do próprio "suicida", que em um sonho, vê-se com a coragem de puxar o gatilho e colocar fim à sua própria vida (algo que, desperto, não conseguia fazer); sua história se desenvolve neste sonho e, ali, o significado da vida é resgatado, assegurando-lhe razões para desistir de seu original intento após acordar. São histórias maravilhosas, encantadoras, intensas, e que realmente revelam o poder narrativo de Dostoiévski! Recomendo imensamente pelos significativos retratos do suicídio, um tema que não se tornou defasado (muito pelo contrário!) com o avançar dos séculos.
comentários(0)comente



Vicky 14/12/2020

Muito interessante!
Esse livro foi meu primeiro contato com Dostoievski- e gostei bastante. Nunca li nada parecido, é bem denso e profundo, mas interessante e instigante.
Stephanie.Sampronha 14/12/2020minha estante
simmmmm simmmm e simmmm




Priscila 04/12/2020

QUOTE
"[...]"A consciência da vida é superior a vida, o conhecimento das leis da felicidade - é superior a felicidade" é contra isso que é preciso lutar! E é o que vou fazer."
comentários(0)comente



Gisele.Rodrigues 24/11/2020

Mais uma grande obra de Dostoievski

Das duas narrativas, gostei mais da segunda. A primeira é muito melancólica, mas amei também, a segunda já consegui vislumbrar alguma semelhança de alguns sofrimentos vividos pelo personagem, desde bullying até o preconceito com o rapaz por ser reservado.
comentários(0)comente



Lilianefonz 17/11/2020

"Atrasei-me não mais que cinco minutos "
Esta frase não me saiu da cabeça, fiquei um bom tempo pensando: ?"cinco minutos antes que tivesse chegado". A Dócil, texto maravilhoso, me deixou muito impactada...
comentários(0)comente



Selene | @themoonssecret 13/11/2020

A primeira obra de Dostoievski que li. Não nego que fiquei com raiva de ambos os personagens principais que nem me dei o trabalho de contar. Foi uma experiência de leitura nova e interessante.
comentários(0)comente



Lau 05/11/2020

A narrativa que eu mais gostei foi a segunda: O sonho de um homem ridículo. Nesta, um homem, prestes a se matar, acaba dormindo e tem um sonho de uma sociedade utópica, em que todas as pessoas são felizes. Mas ele começa a fazer perguntas e, ante a presença dele, como se ele fosse a "serpente no Paraíso", a sociedade se desequilibra. É bem interessante essa narrativa, vale a pena até a leitura isolada dela. Ia comentar mais, mas acabaria dando o desfecho...
comentários(0)comente



94 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7