A Oportunista

A Oportunista Tarryn Fisher




Resenhas - A Oportunista


27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Vans 24/03/2017

Não gostei da personagem. É a primor vez que leio um livro que da vontade de dar uns bons tapas na cara dela. Não lerei a sequência. Quem sabe num futuro, mas agora realmente não estou nem um pouco afim.
comentários(0)comente



Léia 10/03/2017

Minha nossa
"Acredito que depois que você entrega o seu coração pela primeira vez, você nunca o consegue de volta. O resto da vida é você apenas fingindo que ainda tem um."

- Olívia Kaspen

Destruída
comentários(0)comente



Cathi 09/02/2017

Resenha: A Oportunista - Tarryn Fisher
Olivia Kaspen é ex namorada de Caleb Drake, o cara que achava que era o amor de sua vida mas que por um determinado motivo, eles acabam rompendo e isso já faz um bom tempo, mas Olivia acaba de descobrir que Caleb perdeu a memoria por causa de um acidente e não pensa duas vezes sobre aproveitar essa oportunidade para entrar novamente na vida dele.

O livro é narrado em primeira pessoa por Olivia, em alguns momentos se passa quando Caleb e Olivia se conheceram e começaram a ficar juntos e em outros é mostrado o presente que é quando Olivia tenta reconquistar e esconde um grande segredo, o segredo do porquê ambos romperam.

Ao olhar essa capa, o livro não me atraiu pois sou o tipo de pessoa que detesta quase todas as capas que tem o close de um rosto, porém ao ler a sinopse, achei o enredo bem interessante e resolvi arriscar a leitura quando recebi da editora. Olivia é uma personagem que conseguiu me conquistar por se mostrar bem diferente, ou seja, ela não é a típica vitima da história, aquele tipo de protagonista que é sempre do bem e fofa, foi algo que gostei bastante na leitura.

O livro em si é bem gostoso de ser lido e gostei principalmente de ver como o namoro do casal começou, fez com que eu me cativasse mais pelo enredo e pela personagem. Outro ponto positivo no livro é a alternação entre passado e presente, na minha opinião, é uma ótima forma de narrar uma história e deixar predominar aquele mistério que só é revelado no final.

Infelizmente o que me incomodou foi que eu esperava um acontecimento muito maior, um motivo muito mais drástico sobre o rompimento do casal, pois a história toda frisa que a principal culpada é Olivia e quando finalmente é revelado o acontecimento acabei vendo que não é bem assim, não posso contar aqui o que aconteceu mas posso deixar claro que fiquei bastante irritada de Olivia ter saído como vilã na história sendo Caleb havia sido bem idiota.

O título combina com a história na minha opinião por Olivia ter usado a falta de memória de Caleb para se reaproximar dele, fora isso, não vi nenhum ato de maldade em relação a protagonista, pelo menos é a minha opinião. O final deixa um ar de curiosidade para ler o próximo livro que espero conseguir em breve.

Para quem curte um romance com mistério e reviravoltas, essa é dica perfeita. Podem ir fundo apesar dessa capa meio estranha e a autora estará na Bienal para a alegria dos leitores ;)

site: http://realityofbooks.blogspot.com.br/2016/08/resenha-oportunista-tarryn-fisher.html
comentários(0)comente



Priscila.Carvalho 15/01/2017

Romance, intrigas e muitas surpresas.
http://literaturama.com/?p=55

site: http://literaturama.com/?p=55
comentários(0)comente



Marrynete 04/01/2017

A primeira bomba do ano.
Junte todos os clichês possíveis, misture tudo e ainda por cima faça uma série. Joguei dinheiro no lixo. Ódio!
comentários(0)comente



Suka Rosário 11/12/2016

Adorei o livro. Mta boa a escrita. Porém o melhor foi a protagonista que mais parecia uma Vilã, dissimulada e mentirosa tudo que ela fazia era pra justificar a chance que ela tava tendo se recuperar o amor da vida dela. Agora só compra os outros dois para devora los.
comentários(0)comente



Três Leitoras 27/11/2016

Confira a Resenha completa no Blog
Eu ADOREI ter ODIADO esse livro... e ODIEI ter ADORADO!
(frase adaptada da Fernanda do blog 5GE)



SINOPSE: Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória.

Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta.
E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo.
Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith.
Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado.
Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.


Olivia Kaspen viveu uma paixão arrebatadora no passado, mas acabou estragando tudo. Chegando ao ponto de seu ex namorado não querer ver nem a sua sombra. (E foi bem merecido isso, já adianto).

Mesmo estragando o relacionamento que tinha para ser tudo perfeito, ela ainda continuou completamente apaixonada, e posso dizer que obcecada pelo seu grande amor. (Aff)

No começo, eu achava que seria apenas mais uma garota chata, cheia do mimimi com suas inseguranças típicas de uma jovem adolescente, que não tem família, não tem amigos, de autoestima baixíssima e não sabe muito da vida.
Ledo engano!!

Agora, depois de três anos sua vida está uma bagunça (porque ela quer, que fique bem claro) e no dia em que ela resolve seguir em frente e viver sua vida (bem nesse dia), esbarra no seu ex. Ela vê Caleb Drake.

site: http://www.tresleitoras.com.br/2016/08/resenha-oportunista-amor-e-mentiras-1.html Concluído
comentários(0)comente



Tatireads 19/11/2016

"A busca pelo grande amor pode te levar longe demais"

Olívia Kaspen não tem um passado do qual se orgulha. Agora que descobriu que seu antigo amor sofreu um acidente e perdeu a memória ela acredita que pode ter uma segunda chance e tentará fazer tudo certo dessa vez, para isso, ela esconde seu passado juntos e cria um novo passado para que Caleb nunca se lembre de todos os erros.
...
Continuação da resenha no instablog @Tatibooks.
Link - https://www.instagram.com/p/BMjXbHODL-8/?taken-by=tatibooks&hl=pt-br

site: https://www.instagram.com/p/BMjXbHODL-8/?taken-by=tatibooks&hl=pt-br
comentários(0)comente



Acordei Com Vontade de Ler 31/10/2016

"A Oportunista" é o primeiro livro da série Amor e Mentiras da autora Tarryn Fisher, publicado no Brasil pela Faro Editorial.
Esse primeiro livro é narrado totalmente em primeira pessoa pela perspectiva de Olivia e a impressão que temos durante a leitura é que essa garota é totalmente insana!
Olivia e Caleb tiveram um relacionamento intenso durante a época da faculdade e segundo a própria Olivia, foi ela quem acabou estragando tudo de forma espetacular.
Em um dia de chuva ela reencontra Caleb, mas ele não a reconhece. Mesmo assim ele se sente atraído por ela e a convida para um café. Admirada com o convite, Olivia descobre que ele sofreu um acidente e que não se recorda dela.
O inteligente seria encerrar por ali o reencontro e seguir com suas vidas, mas Olivia tem a necessidade de se torturar e continuar se encontrando com Caleb, sabendo que a qualquer momento a memória dele pode retornar.
A protagonista começa então a alternar a narrativa entre o presente e o passado, nos contando como eles se conheceram e o desenvolvimento do relacionamento. Durante esse passeio ao passado, vemos que Olivia era uma estudante tímida e introspectiva, enquanto Caleb era o garanhão da Universidade. Os dois vieram de lugares opostos: ele da riqueza e Olivia, da extrema pobreza. Junte a isso o fato de que ela teve uma infância conturbada por conta da dinâmica familiar, não se torna estranho imaginar que Olivia tem sérios problemas de confiança.
Percebemos pela narrativa dela, que Caleb é o cara perfeito. Sempre paciente, sempre atento as suas necessidades, sempre incrível. Mas o quanto disso é verdade, quando a perspectiva desse relacionamento é unilateral?
Olivia por sua vez se descreve como uma louca. Sem dúvida seus sentimentos beiram a obsessão pelo Caleb. Prova disso foram suas atitudes em relação as concorrentes na Universidade, mas será que Caleb é tão perfeito assim?
Conforme a trama vai se desenvolvendo, observamos que existe um comentário aqui, uma atitude ali que colocam o Caleb no mesmo patamar que Olivia.
Por mais que o relacionamento dos dois não seja saudável, como leitura a história do casal é viciante. É como se estivéssemos acompanhando em primeira mão um futuro acidente. Não conseguimos desviar e ficamos segurando o fôlego para o que vem a seguir!
No presente Olivia ainda tem que lidar com Leah Smith. Leah é a garota perfeita para o Caleb e estava em um relacionamento com ele até o momento dele perder a memória. E acreditem, Leah é tão obstinada quanto Olivia para conseguir o que quer.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho.

site: http://www.acordeicomvontadedeler.com/
comentários(0)comente



Talitha Kechichian 10/10/2016

Uma história de reviravoltas
Olha, que livro foi esse?
Completamente diferente de tudo que já li.
Quando você acha que será de um jeito, a autora vai, e dá outro jeito.
Vale a pena a leitura.
Um aprendizado de que nunca devemos agir com desonestidade e egoísmo em um relacionamento.
comentários(0)comente



Resenhas Teen. 05/10/2016

A Oportunista
Oie pessoal! Tudo bem com vocês? Estou um pouquinho bugada aqui com o final desse livro que trago a resenha aqui hoje, logo logo conto para vocês o por que.
A Oportunista foi escrito pela autora Terryn Fisher, lançado pela editora: Faro Editorial, cortesia da mesma.
O livro é o primeiro de uma trilogia, e foi meio engraçado o momento que recebi ele, pois não recebi o primeiro da série e sim o segundo, e fiquei olhando para ele com uma cara como se dissesse: mas o que eu vou fazer com esse livro se nem li o primeiro?
Sendo assim pedi para a editora se havia a possibilidade de eu receber o primeiro livro para eu poder realizar a leitura mais tranquila, mas o mais engraçado de tudo não foi isso, e sim que eu estava louca para solicitar essa trilogia e quando eu vi recebi A Perversa, acho que rolou meio que uma telepatia entre eu e a editora para eles acertarem em cheio minha próxima solicitação sem eu precisar fazê-la! (risos)
Mas parando de papo furado vamos ao por que eu fiquei bugada com o final desse livro, sabem aqueles livros que a gente jura que vai ser uma coisa, mas o desfecho é completamente outro?
Pois é, comecei lendo A Oportunista pensando que seria um romance cheio de cenas hot, brigas, separa, voltam, mas que nada muito pelo contrario, é um livro cheio de suspense, fazendo com que o romance fique completamente em segundo plano, é em roda dele claro que gira em torno, todavia aquilo que predomina na leitura é o suspense mesmo.
O romance de Olivia Kaspen e Caleb Drake começa na faculdade, e perdura durante três anos, todavia é um romance baseado em mentiras e trapaças, e infelizmente em último plano o amor.
Durante a faculdade Olivia e Caleb se conheceram de um jeito muito fofo por assim dizer: ela embaixo de uma árvore encarando ela com cara feia por causa do mau tempo e ele pedindo para Olivia o que a árvore havia feito de tão errado para estar recebendo dela aquela cara feia.
Uma cena que faz qualquer um sorrir do nada e permanecer assim durante boa parte da leitura, no começo foi um romance fofo ele tentando conquistar ela, Olivia se fazendo de difícil, mas se rendendo aos poucos aos encantos dele.
Todavia com o passar da leitura notamos que as coisas entre eles começam a ficar complicadas, ela por traumas do passado não quer se render a ele, mas não admite perde-lo e é ai que começam as mentiras...
O livro é divido entre passado e presente e cada capitulo mostra algo de importante na história deles, durante muito tempo fiquei pensando e perdida por não entender quais eram as mentiras de Olivia, o que havia acontecido de tão grave para a separação deles e o porquê que ela vivia se culpando e dizendo que era uma má pessoa.
Até que quase no final do livro as cosias começaram a fazer sentindo, Olivia como notamos no decorrer da leitura não é lá muito uma pessoa que se cheire, todavia acontecem duas cosias que marcam a vida de ambos tanto dela, quanto de Caleb, mas o que mais impactou a vida dos dois foi a traição de um deles e um ato impensado para causar dor no outro que os assombra até nos dias de hoje.
Quando li essas cenas compreendi alguns acontecimentos dos livros, Olivia não era tão culpada assim na separação dos dois e Caleb não era tão inocente assim também.
Um livro totalmente voltado à realidade, nada que acontece nele foge muito do que acontece no nosso dia a dia e foi isso que mais me chamou a atenção nessa trilogia, pois cada livro mostra a visão de um personagem e conseguimos ligar todos eles com alguém que conhecemos na vida real.
É uma leitura mais psicológica, que foca tanto no lado bom quanto no ruim dos personagens, não é aqueles romances que tudo é cor de rosa, esse é preto no branco, nos faz pensar no que fazemos no dia a dia, aonde nossas escolhas irão nos levar, as consequências dos nossos atos.
Enfim quem gosta de ler algo surpreendente, cheio de reviravoltas e com um desfecho que nos deixa com uma vontade enlouquecedora de gritar um NÃO! Bem grande eu com toda a certeza indico essa leitura.
Mas uma dica, não leiam ele esperando tal e tal coisa, pois elas com certeza não irão acontecer! (risos)
Até a próxima pessoal!
Bjss, Nay =D


site: http://resenhasteen.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Conchego das Letras 26/09/2016

Resenha Completa
Quando eu li esse livro, no original em inglês, a Faro Editorial provavelmente nem sonhava em trazer a obra para cá ainda.rs. Quando soube que ele havia sido lançado em português fiquei muito feliz, pois foi uma obra que me surpreendeu bastante ao longo da leitura.

Aqui os livros realmente precisam ser lidos na exata ordem, pois são continuativos. Entretanto, diferente de outras trilogias, cada um será contado pelo ponto de vista de um personagem diferente. Até mesmo Leah, a antagonista (a vilã da história) tem a sua vez como narradora, algo que achei super interessate.

A oportunista é contado por Olivia Kaspen, uma moça que perdeu o grande amor de sua vida por ser exatamente isso, uma pessoa que só pensa em tirar vantagem para ela de todas as situações. Eles namoraram por um tempo e ela literalmente destruiu o coração dele com todas as inseguranças que possuía e algumas outras coisas. Agora, mais de 01 ano depois, ela se depara com o único homem que já amou em uma loja de discos, CDs e afins.


Depois de um período de guerra interna entre "fujo ou falo com ele", ela se enche de coragem e vai dar um "oi" para o homem que jurara a odiar por toda a eternidade. Qual não é a surpresa de Olivia quando Caleb não a reconhece e ainda a paquera?

Pois é... Caleb sofreu uma acidente e perdeu a memória. Não lembra de praticamente nada, até o próprio nome sabe somente porque disseram para ele. O único empecilho nessa "bênção para Olívia" é que Caleb, mesmo desmemoriado, foi informado que está noivo de uma moça.

Ela sabe que é errado, mas não resiste e se aproveita da situação para tentar reconquistá-lo, nem que apenas como amigo, por um curto período de tempo. Para isso, ela precisa mentir e fingir que também o está conhecendo a partir daquele instante. Através da "amizade" que oferece, conforme o tempo passa, começa a conseguir seu objetivo... Mas essa reconquista está baseada em mentiras e a mentira tem perna curta, algo que atormenta Olívia ao longo dessa história - até porque, a família dele a conhece e se colocarem o olho nela...

Nesse meio tempo, Leah, a noiva por quem Caleb não entende o motivo de ter ficado noivo e é incapaz de conseguir gostar nessa nova vida (em que está, novamente, apaixonando-se por Olívia), começa a se sentir ameaçada e passa a investigar toda a vida de sua oponente, algo que pode se tornar extremamente ruim para todos os três.

Achei o livro muito interessante, pois apesar de o que a protagonista opta por fazer não ser correto, ela apresente um dilema interno constante, recriminando-se por estar enganando Caleb ao não revelar sobre o passado deles. Ao mesmo tempo, afirma não conseguir abrir mão da possibilidade de passar mais um tempo com o único homem capaz de fazê-la feliz, e vai se enrolando cada vez mais naquela situação. Tive tanta raiva de Olívia, não vou mentir! Em vários momentos torci muito para que Caleb descobrisse tudo e desse um pé nela, ou ao menos brigasse com ela por tê-lo enganado por tanto tempo.

Querem saber o que irá acontecer? Então leiam essa história e aproveitem para se prepararem para o livro dois, ele irá deixar vocês de queixo caído.

site: https://conchegodasletras.blogspot.com.br/2016/09/resenha-oportunista.html
comentários(0)comente



Gabi 23/09/2016

Um misto de sentimentos
Queria ter algo pra escrever sobre esse livro. MAS EU NÃO TENHO NADA!
Esse livro entra no meu top 10 de piores livros lido na vida... E olha que minha amiga falou '' não leia, é nojento, é horrível'' mas eu pensei '' tenho que tirar minhas próprias conclusões. MALDITO DIA QUE EU DECIDI ISSO.

Maldito livro…
Maldita Tarryn Fisher…
Maldita Olivia…
Maldito Caleb…
Maldita Leah…
Maldito Noah…
Kennia 24/09/2016minha estante
TOMA ESSA. Quem não ouve conselho, ouve coitado. HAHAHAHAAH


Priscilå 24/09/2016minha estante
Nossa rs




Carla S. Santos 12/09/2016

Sentimentos Contraditórios
Oh my God!! Que livro é esse?????

Resumidamente, esse livro é sobre a personagem de "Olivia Kaspen que acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória.
Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta. E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo. Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith.

Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado. Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos".

Bem, essa história me causou um misto complexo de sentimentos principalmente pela protagonista. Ora eu a adorava, amava seu temperamento difícil, autoritário e de certa forma até mesmo pedante, não deixando a conquista nada fácil para um mocinho tão popular e que sempre teve todas as mulheres na mão e ora eu a odiava com todas as minhas forças, pois certas atitudes erráticas e maquiavélicas que ela tomava é tudo aquilo de que mais detesto em uma pessoa. O caráter dela é completamente contraditório.

Nesse livro nada é o que parece, ninguém é 100% bonzinho ou mauzinho. Ao mesmo tempo em que Olivia se mostra uma pessoa dona de si, segura, que toma atitudes sensatas como uma mulher madura, busca fazer a coisa certa e não se arrasta e nem se humilha por causa de uma paixão que não deu certo, ela também age completamente o oposto disso, se mostrando uma mulher insegura, deprimida, manipuladora por "debaixo dos panos", se rastejando atrás de um homem sem medir consequências pra tirar vantagem de tudo o que se refere ao seu amor doentio por ele.

Tive diversos sentimentos por ela, até mesmo pena de seu passado tão sombrio e entendi muitas coisas que ela fez por causa desses traumas, no entanto, teve outras atitudes que ela tomou que me fizeram sentir raiva e detestá-la, pois nada justificava tais atos egoístas.

Essa personagem é complexa e mexe muito com as nossas emoções, pois ao mesmo tempo em que ela toma atitudes boas, também toma atitudes más. Essa autora é fantástica por nos trazer sentimentos tão discrepantes entre si e por isso esse livro é muito especial. Serve como um ótimo estudo para entender a psicologia humana e como, nós, seres humanos, temos sentimentos tão incompatíveis em diversos momentos de nossa vida assim como a personagem e nem por isso significa que somos totalmente bons ou totalmente maus por isso.

A autora obteve uma maravilhosa façanha com esse livro, pois conseguiu fazer com que a leitora que reside em mim amasse e torcesse loucamente pela Olivia e ao mesmo tempo a odiasse e tivesse vontade de socar a cara dela e a chamar de burra e estupida várias vezes...rsrs

Já em relação a Caleb...ai meu coração...que homem é aquele?? Me senti entorpecida por tudo o que ele fazia por ela, que cara bacana, tão maduro e tão interessante...me peguei completamente apaixonada por ele diversas vezes e também com ódio mortal pelo sofrimento que causou à Olivia..rs.

Gente...esse livro tem uma história muito inteligente e interessante, pois te prende de tal maneira que não dá pra explicar, só lendo para sentir.

A história de amor deles é linda e ao mesmo tempo terrível...esse livro pra mim se resume em 2 simples palavras: Sentimentos Contraditórios e por isso ele é tão instigante e especial. E não vejo a hora de ler a continuação!!
Stefany 12/09/2016minha estante
amo essa triologia!!!


Carla S. Santos 12/09/2016minha estante
Já estou louca para ler os outros dois livros...hehe...


Kennia 12/09/2016minha estante
Mds, parece que só eu detestei esse livro


Brenna 12/09/2016minha estante
Nossa!Parece interessante.


Carla S. Santos 12/09/2016minha estante
Eu vi sua resenha Sawyer...fiquei até receosa de ler, mas me surpreendi com o livro...kkkkkk...Isso já aconteceu diversas vezes comigo, de ler um livro que todo mundo gostou e eu detestei! Fico tão cabreira com isso que as vezes até tento ler o livro de novo pra tentar entender o porquê de não ter gostado...rsrs


Jéss 12/09/2016minha estante
Ixi! Vim pra dizer que fiquei com vontade ler... Agora fiquei na dúvida... Kkkkk :/


Carla S. Santos 12/09/2016minha estante
Leia leia leia Jéss...acho que vai gostar! Só que não esqueça que é uma triologia, ou seja, a história toda não acaba nesse livro...rs...Cada livro é a história de um dos participantes desse triangulo amoroso...


Kennia 12/09/2016minha estante
Sarah, fiquei desolada... Revoltada mesmo, queria tacar o livro no trilho do trem kkkkkkk


Jéss 12/09/2016minha estante
Ixi!!! Vou procurar por resenhas no YouTube e nos blogs que eu sigo... Quem sabe assim acaba minha dúvida... Kkkkk


Luma 12/09/2016minha estante
Amo os personagens serem podres e humanos.


Evellyn 12/09/2016minha estante
Tá realmente estou mega curiosa agora!!


Stefany 12/09/2016minha estante
os protagonistas nao são bonzinhos mais tambem não são maus, mais o amor deles e tao real, acho que por isso amei esse livro, ele passa um sentimento de pessoas reais que cometem erros e nao sao perfeitinhos como geralmente vemos nos livros!!


Carla S. Santos 13/09/2016minha estante
Isso aí Stefany e Luma...exatamente isso...eles cometem muitos erros, são pessoas complexas e com sentimentos complexos, como todos nós somos...eles são gente como a gente, não tem aquela imagem perfeita como normalmente os personagens tem nos livros e filmes! Eles são caracterizados como pessoas comuns que ora nos causa raiva e ora nos causa amor e compaixão...amei esse personagens!! rs


Kennia 13/09/2016minha estante
Eu acho todos loucos, mas loucos de pedra. Fiquei com um sentimento ruim quando li :C
Tanto que ia na sessão de autógrafos dela e desisti, fiquei coisada sabe? kkkkkk


Amanda 13/09/2016minha estante
to doidinha pra ler!!


Carla S. Santos 13/09/2016minha estante
Kkkkkkk... Sawyer, só vc pra me fazer rir...achou todo mundo louco de pedra? Kkkkkk...mas quem não é um pouco? Rs...acho que vc deveria dar mais uma chance ao livro, vai que em uma 2a leitura vc não goste? Rsrs




Carol Santana 28/08/2016

histérica por essa estória
Eu demorei um bocado pra escrever uma resenha sobre esse livro, na verdade esta semana tive uma vontade louca de lê-lo de novo (pela quarta vez) e estou super empolgada pra encontrar a Tarryn Fisher que vem em Recife essa semana e dizer pra ela o quanto eu amo essa obra, o quanto ela conseguiu amarrar o meu coração ao de Olivia, eu nunca senti isso por nenhum personagem dos livros que já li, eu já os amei, odiei mas com Olivia eu tenho um mix de sentimentos, e eu tenho que falar pra autora o quanto esse livro me deixa histérica, sim histérica, sempre que eu leio A Oportunista fico com os sentimentos super a flor da pele, fico enlouquecida pensando nas atitudes dos personagens e sempre me questiono se considero Olivia uma pessoa ruim, ou se ela é maluca obsessiva mas sempre chego a conclusão de que se eu estivesse no lugar dela teria tido algumas das atitudes dela.

Pra mim Olivia não é uma pessoa ruim na verdade pra mim ela ama Caleb com uma intensidade que algumas pessoas nunca vão sentir na vida o problema é que ela não sabe amar, ela quer tanto Caleb que faz algumas coisas ruins para te-lo, ela faz intrigas, mente e engana pra ter ele por perto e ela consegue ficar com ele, só que o romance termina de um jeito um tanto traumático e a medida que nós vamos descobrindo como foi o final desse relacionamento vemos que ela só quis devolver na mesma moeda o que Caleb fez/ou ela acha que ele fez pra ela, e eu entendo tanto esse sentimento da parte dela, Olivia é sozinha no mundo, teve um pai horrível e por causa das atitudes desse pai ela cria barreiras em relação a Caleb e ela se culpa tanto por ter magoado ele no final do relacionamento que se coloca numa posição de pessoa horrível, o que na minha opinião ela não é ela foi ferida e feriu, foi a forma dela reagir a dor.

Mas como a vida é uma filha de puta 3 anos depois Olivia reencontra Caleb só que agora ele está sem memoria e tem uma namorada chamada Leah que é uma vaca mal amada. Olivia finge que não conhece Caleb e é assim que a maior parte da estória se desenvolve.

A estoria se desenrola em torno de mais ou menos 7 anos neste primeiro livro e no decorrer das paginas Olivia amadurece bastante, ela realmente tentou se transformar numa pessoa melhor, só que o destino ta sempre dando tapas na cara dela, eu fiquei meio pirada sobre o final do livro que não é o esperado, o que consolou foi saber que Olivia finalmente teve uma atitude altruísta com relação a Caleb.

Finalmente esse livro é sobre a estoria de amor de Olivia que é uma personagem totalmente realista cheia de defeitos e arrependimentos, é um livro onde não ha mocinhos nem bandidos, todos são pecadores todos estão numa procura incessante pela felicidade amorosa e não medem esforços pra conseguir o que querem.

Recomendo muito esse livro, é um dos meus favoritos, eu sou louca de amor por Olivia, vale a pena a leitura
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2