Volta Para Mim

Volta Para Mim Mila Gray




Resenhas - Volta Para Mim


61 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Leituras da chris 02/04/2019

Ótimo livro primeiro desta escritora quero mais
comentários(0)comente



Jade Ricieri - @semprelivros 27/09/2018

"Só se vive uma vez. Mas, se você fizer as escolhas certas, uma vez basta."

Volta para mim é um romance lindo, intenso, repleto de lição de vida, superação e muito emocionante. A história é narrada em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Kit e Jessa, os protagonistas. É uma leitura envolvente, com capítulos curtos, que pode ser lida rapidamente. Logo no início, o prólogo é de tirar o fôlego e capaz de nos deixar com o coração nas mãos.

Jessa e Kit se conhecem desde a infância, ela é apaixonada por ele há anos, porém sempre manteve seus sentimentos em segredo, pois Riley, seu irmão mais velho é o melhor amigo de Kit, e além de tudo o seu pai que é um completo arrogante, não suporta Kit. Jessa possui uma vida complicada, é sempre supervisionada pelos pais e não pode desobedecer nenhuma regra imposta por eles. Mas, Kit mostra para Jessa que ela tem todo o direito de ter uma vida melhor, com mais liberdade, e ele gente, é maravilhoso, só amor por esse homem.

O envolvimento entre eles ocorre no período em que Kit está de férias do serviço militar. Ele é fuzileiro naval juntamente com Riley (o irmão de Jessa). Os dois resolvem manter o relacionamento em segredo de todos, devido aos diversos motivos que os impedem de ficarem juntos.

Com o fim das férias, Kit é obrigado a retornar para o serviço, porém promete para Jessa que não vai esquecê-la e que vai voltar. Então, seu irmão e seu namorado vão para a guerra e o que Jessa mais temia acontece, recebe a notícia que houve uma morte. Quem será? E é a partir daí que tudo muda, muitas coisas acontecem e segredos são revelados.

Esse livro é de matar qualquer um de aflição, é sério kkkk mas é maravilhoso demais. Fiquei com o coração partido, me desesperei e emocionei muito, porém valeu a pena cada página lida, pois o final é de arrepiar.

Eu amei a trama, os personagens, a escrita da autora, enfim, recomendo com toda certeza. Deem uma chance para esse romance que é simplesmente arrebatador e ganhou o meu coração.
gaby.bino 20/10/2018minha estante
undefined




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Juu | @aquelabookaholic 04/07/2018

Uma grata surpresa.
"Só se vive uma vez. Mas se você fizer as escolhas certas, uma vez basta."
?
Bem, por motivos de spoiler, não vou me estender muito. O que posso dizer é que Volta para mim foi um livro que me surpreendeu muito positivamente. Mesmo sendo um livro com protagonistas tão jovens, que ultimamente não estavam me agradando muito, esse veio como uma deliciosa surpresa.
?
Kit e Jessa são lindos juntos, o relacionamento e os conflitos existentes entre eles são convincentes e foram bem construídos. Consegui me afeiçoar aos personagens e os que deviam despertar ranço alcançaram o objetivo também, rs.
?
Um livro bem escrito e com uma narrativa repleta de sonhos, desejo, paixão, dor, mortes, transtorno pós-traumático, pais controladores e a beleza do primeiro amor. Leitura muito recomendada.
comentários(0)comente



Rogeria.Nogueira 04/05/2018

Março/2018
comentários(0)comente



Sansanshow 23/04/2018

Cativante Maravilhoso
Em Volta para mim, Mila Gray constroi uma historia de tirar o fôlego sobre amor, amizade e familia, conduzindo o leitor por uma jornada de superação e autodescoberta. Muito amorzinho e super leve uma delicia de se ler.
comentários(0)comente



Sergio Fragoso 19/04/2018

Lindo!
Kit está de férias das forças armadas depois de um longo período longe de sua família. Ele tem um mês para matar saudades e azarar o maior número de garotas como ele costuma fazer. No entanto, Jessa atrai sua atenção mais do que antes, aliás, agora ele tem certeza de que está apaixonado por ela e decide tentar uma aproximação.
O principal problema é que o pai de Jessa o odeia e o irmão dela Riley também é super protetor, além de ser seu melhor amigo e companheiro nas forças armadas.

Apesar de perigoso, Kit consegue se aproximar de Jessa e os dois iniciam o namoro as escondidas. Em meio a encontros românticos a luz do luar e das estrelas a paixão entre os dois se torna avassaladora. O problema é que Kit irá retornar para as forças armadas e ficará um longo período afastado. Kit consegue transformar Jessa em uma garota desinibida e alegre, totalmente diferente da moça retraída e triste com medo das atitudes de seu pai autoritário. Só quando Jessa garante que irá esperá-lo até a volta é que Kit permite que ela se entregue totalmente a ele.

O segredo dos dois corre um grande risco. O que o pai da moça ou o irmão dela podem fazer ao descobrir que os dois estão se encontrando as escondidas?

"Ele me beija, e mais uma vez, meu corpo responde instantaneamente, derretendo-se, e uma força magnética me puxa para ele."

Jessa promete esperá-lo até a volta e Kit promete que irá voltar. Jessa pede para que Kit ajude a cuidar de seu irmão Riley.

"Meus lábio encontram os dele e eu choro.
- Volta para mim, sussurro.
- Sempre - responde ele, me beijando pela última vez."

No entanto, pouco dias após os dois partirem Jessa recebe a visita do pai de Kit. Ele está com o carro oficial e isso só pode significar uma coisa. Kit ou Riley, um dois dois está morto. Quem será? Seu querido irmão ou o homem que ela ama?

Agora Jessa terá que enfrentar a dor de perder alguém muito importante para a sua vida e ainda terá que enfrentar fantasmas do passado. Por que seu pai tem tanta raiva de Riley e do pai dele? Por que a mãe de Jessa casou com alguém que não a amava?

Minha opinião sobre o livro
Quando comecei a leitura achei a história um pouco confusa, mas logo entendi que o primeiro capítulo conta uma parte do que ainda irá acontecer e a história tem início três meses antes disso.
Os capítulos são bem curtos e são narrados por Jessa e por Kit sempre um após o outro.
Mila Grey consegue emocionar o leitor com sua história e com uma bela descrição dos personagens e todo o enredo.

site: https://livroseescrita.blogspot.com.br/2018/04/resenha-volta-para-mim.html
comentários(0)comente



Bells 30/03/2018

Volta para mim, romance escrito pela inglesa Mila Gray (pseudônimo de Sarah Alderson), conta a história de amor entre os jovens Jessa Kingsley e Kit Ryan. Entretanto e apesar do aparente clichê romântico, a história começa bem instigante: descobrimos no prólogo que alguém - ou Kit ou Riley, irmão de Jessa, - morreu enquanto estava em serviço pelo exército americano, deixando Jessa numa posição de dor, se seu irmão ou seu grande amor morreu. Somos então conduzidos a 3 meses antes do fato apresentado no começo do livro, para o dia em que Jessa e Kit se beijaram pela primeira vez e todo o amor entre os dois floresceu.

Kit e Riley, amigos de infância, alistaram-se juntos no corpo de fuzileiros dos EUA, e agora, após quase 1 ano longe de casa, eles voltaram para um breve folga antes de retornarem ao serviço militar.
Jessa, a irmã de Riley, caçula da família Kingsley, está feliz pela visita do irmão e ansiosa em rever Kit, por quem nutre uma paixão secreta há anos.
Para a alegria de Jessa, Kit parece também interessado na irmãzinha do seu melhor amigo, o que deixa as coisas meio complicadas, já que ele tem medo de se envolver romanticamente com ela e acabar com a amizade com Riley, a quem considera como a um irmão; e como se isso não bastasse, o velho coronel Kingsley, pai de Jessa e Riley, não suporta Kit e seu pai, que por motivos que ninguém sabe, deixou de ser amigo do pai de Kit na juventude enquanto ambos também serviam no exército.
Acompanhamos então o “romance proibido” de Jessa e Kit ao longo das poucas semanas antes da volta de Kit ao serviço, e conforme os dias passam, mais os dois vão se apaixonando um pelo outro e ficando tristes pela separação iminente.

“- Volta para mim. Promete que você vai voltar para mim - sussurra, os lábios pressionados contra os meus, lágrimas rolando pelo rosto.
Eu prendo aquela mecha teimosa atrás da orelha dela.
- Sempre.”
(Mila Gray, p. 158)

A história como um todo é até boa, com personagens cativantes - e outros nem tanto -, mas a meu ver a autora enrolou MUITO às vezes. A forma como o romance entre Jessa e Kit é desenvolvida trás uma ideia legal de amadurecimento, especialmente de Jessa, porém tem hora que ficava bem repetitivo, caindo sempre no clichê das histórias de amor, além das atitudes de Jessa, que no começo da história parecia mais uma criança entrando na adolescência ao invés da garota de 18 anos que está prestes a ingressar na faculdade.
Felizmente, passados os 3 meses, quando voltamos ao tempo inicial da narrativa, a história toma um rumo bem diferente, tornando-se mais profunda, pesada e triste quando descobrimos o que realmente aconteceu e como os demais reagiram à notícia devastadora.

Assim, a história que aparentemente pararia no clichê amoroso, mostra a que veio, conquistando esta leitora que vos escreve 😉
Algo que eu gostei bastante ao longo da trama (mesmo nas partes mais melosas e clichês) foi a narrativa ora sob o ponto de vista de Jessa, ora sob o de Kit, o que dá uma boa noção de ambas as protagonistas. E como eu já mencionei, gostei muito de algumas personagens, e aquela que a meu ver merece mais destaque é Didi, melhor amiga de Jessa e que com certeza merece um livro só dela (até onde eu sei, foi lançada lá fora uma sequência chamada Stay with me contando um romance dela, porém ainda não temos notícias sobre seu lançamento aqui no Brasil, então agora é ficar na torcida para que isso aconteça *-*).

site: http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2018/03/resenha-livro-volta-para-mim-mila-gray.html
comentários(0)comente



Rafa 23/03/2018

Simplesmente Viciante!
Como falar sobre um livro que te deixa sem palavras?

Estou em choque com esse livro. Ele é de uma sensibilidade ímpar, com personalidade bem construídos, e uma história tão bem estruturada, que me deixa em êxtase.

Só posso dizer, LEIAM! Eu não consegui parar até ser o fim...

Volta para Mim, fala sobre guerra, sobre perdas, e principalmente sobre retornos.
comentários(0)comente



Nathy 15/03/2018

Emocionante e muito envolvente
A história já começa deixando curiosidade e ansiedade.Tive que me segurar para não ir até o último capítulo e descobrir logo quem sobreviveu, foi difícil, mas consegui.

O romance da Jessa é do Kit é tão envolvente que eu esqueci a grande questão livro e o terminei em horas.

É uma história clichê, porém um clichê maravilhoso e apaixonante.
comentários(0)comente



Bru 25/02/2018

Melancolicamente lindo!
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 07/02/2018

Já contei para vocês que eu sou apaixonada com romance em que o mocinho trabalha nas forças armadas, infelizmente aqui no Brasil as editoras ainda não começaram a investir pesado nesse estilo, algumas publicam um ou outro de vez em quando e pronto, mas algumas vezes elas acham pérolas que acreditam e trazem livros assim, intensos que não deixam alternativa a não ser se apaixonar ❤ como o lançamento da Editora Arqueiro de fevereiro Volta para mim da autora Mila Gray.

Kit Ryan tem um único sonho de vida entrar para o marinha seguir a carreira militar e se tornar o melhor fuzileiro naval que podia, e ele tem feito isso pelo últimos nove meses e agora é hora de voltar para sua amada casa na califórnia e para a irmã de dezoito anos de seu melhor amigo Riley, a menina que vivia correndo atrás deles quando eram mais novos e que agora se tornou uma linda mulher que Kit não consegue resistir mesmo correndo o risco de perder seu melhor amigo.

Jessa Kingsley sempre foi apaixonada pelo melhor amigo de seu irmão, mas sempre achou que ele nunca a notaria, já que ela era a adolescente meio tímida que vivia querendo acompanhar os dois pelas suas aventuras e tentando passar despercebida ao máximo por seu autoritário pai. Entretendo as coisas parecem estar mudando, Kit e Riley estão de volta depois de nove meses longe para umas merecidas férias e por algum motivo Kit agora quer passar um tempo com ela e também transformar aquela simples amizade em algo mais.

Quando Jessa acha que as coisas estão indo bem, mesmo longe Kit faz questão de ser o mais presente na vida dela que ele pode e mostrar em todas as oportunidade o quanto a ama, as coisas começam a desmoronar, e aquilo que ela mais temia acontece um dos dois homens da sua vida não esta voltando para casa.

Eu quero mais, acabei a leitura com esse pensamento na cabeça e agora eu não vejo a hora da Ed. Arqueiro lançar o segundo livro da série, mesmo que ele não for sobre o casal de "Volta para Mim", eu só quero ler mais livro Mila Gray e me apaixonar por seu enredo cativante, que me arrebatou desde o inicio e me colocou em um turbilhão de emoções que foram das lágrimas aos risos no decorrer das lindas páginas.

Já no inicio fui apresentada a um prólogo como poucos, daqueles que nos deixam apreensivos e realmente introduzem a história e fazendo com que queiramos ler o mais rápido possível para ver o que aconteceu ao mesmo tempo não querendo correr para não ter que se despedir de personagens que vão ganhando nosso coração ao longo da historia. Também apresenta em um único enredo o ponto de vista do dois personagens principais de uma forma coerente para com a história, a autora consegue mudar o narrador sem deixar o texto confuso.

Esperava muito desse livro, desde que li sua sinopse tinha as expectativas nas altura e todas elas foram lindamente superadas o que me deixou bastante feliz, aguardando ansiosa pelos próximos livros da série e ver um pouco mais dos personagens. As cenas foram muito bem construídas, ainda estou impressionada com o prólogo e com a descrição da cena de atentado a embaixada as duas são de tirar o fôlego.

Por: Leh Pimenta
Site: http://www.coisasdemineira.com/2016/03/livros-volta-para-mim-mila-gray.html
comentários(0)comente



Diane 14/01/2018

Apaixonante!
Que romance delicioso! Tem o velho clichê dos grandes romances, quando o garanhão se apaixona pela garota recatada, mas mesmo assim é uma narrativa linda. A tragédia que acontece no decorrer da história é de cortar o coração, mas necessária para a dramaticidade do romance. Amei!
comentários(0)comente



Kennia Santos | @LendoDePijamas 30/07/2017

"Você é feito do mar e das estrelas, e um dia você vai se reencontrar."
Jessa Kingsley está prestes a fazer 18 anos, estuda num colégio com costumes muito rígidos. Sua melhor amiga, Didi, melhora sempre seus dias a animando, pois em casa as coisas não são muito diferentes -os pais estão enjaulados num casamento infeliz, e seu pai, ex-militar, possui princípios extremamente rigorosos e não deixa que Jessa faça basicamente nada.

"Estou cansada de viver sempre tensa, sempre encolhida, esperando a bomba estourar." (p.84)

Kit Ryan retorna à Califórnia, de folga do serviço militar, junto com seu melhor amigo, Riley Kingsley (irmão de Jessa) e só quer aproveitar o mês livre para descontrair de tudo que vê no seu serviço e o perturba.

Quando você tem a chance de ser feliz, precisa agarrá-la antes que alguém a tome de você." (p.40)

Jessa sempre olhou para Kit com outros olhos, e nutriu sentimentos suprimidos há muito tempo, pois achava que ele só a via como a irmãzinha mais nova de seu melhor amigo. Nesse mês, tudo muda -Kit passa a ver quem Jessa se tornou e ela se abre para expor o que sente, e o que era pra ser apenas um lance de verão se torna algo bem mais profundo. Apesar do pouco tempo, Jessa promete esperar por Kit o tempo que for necessário.

Mas o que Jessa não esperava é que nesse tempo de espera, chega uma notícia de que uma das pessoas que ela mais ama morreu em combate. Kit ou Riley? Seu irmão ou seu namorado? Ela torce para que seja apenas um pesadelo do qual ela vai acordar e ver ambos ali, na frente dela e cheios de vida, mas não é. É real.

"Depois de tudo, aprendi que eu podia afundar ou reaprender a nadar, mas agora percebo que há uma terceira opção: boiar. A vida pode ser mais fácil se eu não tentar enfrentá-la e apenas deixar que ela me leve." (p.258)

Com a notícia, a garota perde completamente o rumo, e tudo que ela havia planejado se desmonta peça a peça. Agora, o futuro vai depender apenas de Jessa, mas como lidar com tamanha dor?

Volta para mim é um livro que se trata de romance e perda, e Mila Gray desenvolve tudo na medida certa, desde a trama principal aos personagens. Recomendo pra quem quer uma leitura leve, mas que deixa aquela marquinha no coração..

"Você é feito do mar e das estrelas, é um dia você vai se reencontrar." (p.218)
comentários(0)comente



Galáxia de Ideias 02/05/2017

Resenha - Volta para mim

Volta para mim é um livro que já nos desperta curiosidade com sua sinopse, e comigo não foi diferente. Ao saber que haveria uma morte no livro claro que eu senti que precisaria ler para descobrir todo o drama que se desenrolaria a partir disso. E assim que comecei a leitura fui sugada para dentro da história, porém, devo dizer que talvez por intuição e por ter lido muitos dramas, automaticamente eu imaginei quem teria perdido a vida, e estava correta, o que me deixou um pouco frustrada pela falta de surpresa do livro. Mas, mesmo que a história não tenha me surpreendido foi uma leitura ótima por uma infinidade de motivos.

O primeiro desses motivos que fizeram a minha leitura ser bastante positiva foi o fato de os protagonistas trabalharem no serviço militar. Eu admiro esses jovens, sua força e coragem e sempre gosto de acompanhar histórias, de ficção ou não que os tragam como personagens e nos mostram o sofrimento e a batalha interna e externa de cada um. Além disso, o livro traz um certo quebra-cabeça, também não tão difícil de resolver, mas que deixa o leitor em suspenso, que é o motivo pelo qual o pai de Jessa e Riley odeia Kit intensamente. Além disso, gostei muito da forma como foi montado o romance, e por mais que ele pareça precipitado, uma vez que Jessa e Kit tinham apenas quatro semanas para ficarem juntos, também foi tudo muito natural. Essas quatro semanas são permeadas por várias cenas muito românticas e declarações que podem ser consideradas por alguns leitores excessivamente doces, porém para mim foi algo que se encaixou com perfeição na história e era do perfil dos personagens. Ainda devo acrescentar que as descrições breves do serviço militar e da morte foram tristes e também os momentos após a morte e após a notícia chegar a cidade foram os momentos de maior drama e tenção.

Uma das coisas que me incomodou no livro, além da falta de surpresa sobre a morte, foi a atitude dos protagonistas frente ao relacionamento proibido. Ambos sabiam que precisavam e deveriam se esconder e queriam isso mas o tempo todo se colocavam em risco por não conseguirem esperar para um beijo mais tarde e coisas desse estilo.

Quanto aos personagens todos foram muito bem construídos. Kit é chamado de típico conquistador mas não vemos em nenhum momento isso. O que encontramos é um garoto sério e apaixonado, embora haja menção sobre seus casos do passado com várias meninas. Jessa também é cativante, principalmente por sua ingenuidade e seus sonhos, que ela esconde de todos por causa do pai. Já riley foi um personagem sobre quem eu desejei saber mais, pois achei ele e Jo, sua namorada, um casal lindo e cativante e com uma história de amor muito forte. Os personagens secundários também não deixam a desejar. O pai de Kit é um homem admirável, compreensivo e com um passado ruim mas que faz o possível para se redimir. E mesmo o pai de Jessa e Riley, com toda a sua rigidez nos faz compreender de certa forma suas motivações e não consegui odiá-lo.

O livro é narrado em primeira pessoa, por Jessa e por Kit, respectivamente, e isso nos dá um panorama do ponto de vista de ambos, o que ficou sensacional. No começo da obra temos a chegada do oficial para dar a notícia da morte de alguém para jessa, e logo depois voltamos para o passado, quando o relacionamento dela e de Kit começou a se desenvolver, e apenas quase no final do livro que descobrimos quem não voltará, o que nos deixa em suspenso e ávidos para devorar cada página para finalmente descobrir o que aconteceu.

Minha leitura foi em ebook e não encontrei erros. além disso achei o título, Volta para mim, muito interessante e ilustra bem o significado do livro. Achei a obra bastante parecida com alguns dramas de Nicholas Sparks, mas sem tantos pontos que nos faça chorar. É uma história doce, romântica, triste e sensível e a recomendo para todos os leitores que gostam de livros curtos, românticos e emocionantes.



Continua...
http://rillismo.blogspot.com.br/2016/08/resenha-volta-para-mim-por-mila-gray.html

site: http://rillismo.blogspot.com.br/2016/08/resenha-volta-para-mim-por-mila-gray.html
comentários(0)comente



61 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5