Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência

Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência Sarah MacLean




Resenhas - Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência


152 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


K.M88 03/05/2020

Eu queria escrever um mega texto, mas esse livro foi uma decepção tão grande, que eu simplesmente não tenho palavras
comentários(0)comente



Ana Cardamone 18/05/2020

Nunca julgue uma dama pela aparência.
Além de apontar a realidade da mulher perante a sociedade machista de qualquer época, esse livro levanta a bandeira de empoderamento feminino abertamente, nas roupas, nas escolhas e na maneira de viver a vida, por mais que se sinta obrigada a se adequar para que a filha possa ter um futuro promissor na sociedade ela sabe quem é, faz as regras de seu jogo e nunca joga para perder.
comentários(0)comente



Emilly 25/04/2020

" Eu fujo de você, respondeu ela, a voz triste, porque se eu não fugir, vou querer correr para você. E isso nunca poderá acontecer."
MELHOR E MAIS SURPREENDENTE LIVRO DE TODA SAGA!
Uma mocinha ainda mais forte que as últimas. Uma mocinho encantador e cheio de segredos como os outros. E um romance que te faz ficar de queixo caído em cada paragrafo novo.
Com um bônus incrivelmente madura para sua idade. Caroline é sem dúvidas um amorzinho.
Um livro que trata a realidade, de que a mulher sempre será julgada, e a única, em qualquer época, culpada por todo e qualquer erro. Mas que também nos mostra que nós temos uma força incrível e que podemos superar qualquer obstáculo. A melhor vingança que a Sociedade poderia ter!
Amor só veio pra melhorar essa história. Já estou com saudades desses canalhas!
Michelle.Feddersen 26/04/2020minha estante
Oi. Me interessei. Qual o nome do primeiro da saga?


Emilly 27/04/2020minha estante
Oie, o primeiro é Entre o amor e a vingança, do box Clube dos canalhas.


Michelle.Feddersen 27/04/2020minha estante
Obrigada




Siuwick 18/05/2020

Empoderamento feminino no Séc. XIX
Sabe aquele ditado "o melhor é sempre deixado por último"? Acredito que a autora Sarah Maclean tenha se apropriado dele para criar o último livro da séria Clube dos Canalhas. Não há dúvidas que, entre os quatro livros da série, "Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência" é o mais intrigante, emocionante e intenso de todos.

Aqui temos finalmente a história do quarto sócio e fundador do Anjo Caído, Chase, que é na verdade pseudônimo de Lady Georgiana, uma mulher que há anos foi rejeitada por todos por conta de um escândalo que arruinou sua reputação. Agora, de volta a sociedade londrina, Georgiana fará de tudo para proteger quem ama e, para isso, contará coma ajuda do brilhante jornalista Duncan West. O acordo entre eles tem tudo para dar certo... se não fosse pela atração intensa que surge e que ambos escondem segredos obscuros. O relacionamento entre os dois, entretanto, ameaça a segurança dos seus mistérios, e eles farão o que for necessário para que as verdades não sejam expostas, mesmo que isso vá de encontro ao que seus corações desejam.

Não há muito do que reclamar sobre esse livro. Como sempre, Maclean tem uma escrita fácil e fluída, sabendo a dosagem perfeita para as descrições de cena e os diálogos. A história aborda uma espécie de empoderamento feminino - já que naquela época ainda não falava-se em feminismo - de modo surpreendente, com uma personagem que se reinventa e descobre seu protagonismo após ser rejeitada pela alta sociedade. Além disso, foi uma grande sacada da autora colocar uma mulher como fundadora do cassino famoso por arruinar os grandes cavalheiros de Londres. O protagonismo feminino é abordado com expertise, adequado para a sociedade londrina do séc XIX.

De mesmo modo, os personagens também são cativantes. Duncan West é um magnata do jornalismo e tem uma inteligência e brilhantismo atraentes. Os diálogos dele com Lady Georgiana são sempre divertidos e intrigantes, com certa tensão sexual que torna a leitura mais chamativa. Esta última por sua vez, foi uma das protagonistas mais surpreendentes dos livros de romance de época. Georgiana criou um império e sua outra "personalidade", Chase, é um dos "homens" mais poderosos de Londres. A força, persistência e segurança da personagem são realmente inspiradores e emocionantes. Por outro lado, alguns leitores podem se incomodar com a mudança de suas atitudes após conhecer Duncan, já que ela se torna um pouco insegura e sensível, mas é isso que o amor faz com a gente, não é mesmo?

Assim, "Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência" é o livro perfeito para encerrar a série criada com tanta maestria por Sarah Maclean. Surpreendentemente, não é um clichê e possui muitas reviravoltas, com uma trama recheada de amor e redenção, abordando também uma temática feminista, adequada e concreta para os padrões da época. A história, portanto, não é de mero entretenimento, pois também nos faz refletir sobre a força da mulher e como nós muitas vezes somos subestimadas pela sociedade. Recomendo não só esta obra, como toda a série, que nos envolve desde o primeiro livro.
comentários(0)comente



vicktera 26/08/2020

Surpreendente
Sem palavras para descrever esse livro. Chase é apaixonante. Amei as reviravoltas e o final feliz ?
comentários(0)comente



Beatriz 24/03/2016

Não me convenceu
Gente sério, não sei se eu estou com o meu nível critico muito alto ou o que. Mas esse livro não me convenceu.
A principio nos apresentaram Georgiana vulgo Anna vulgo Chase. Realmente uma personagem muito interessante, com inteligencia, garra, fibra e personalidade. Mas que infelizmente a gente não viu muito disso no desenrolar.
A impressão que eu tive é que a autora pegou uma historia já existente e fez somente o desenrolar, porque não é compatível! Os personagens e suas atitudes, o prometido e o resultado. Eu esperava um final de abalar as estruturas de Londres e de todos os aristocratas!
Georgiana que passou os últimos 10 anos sendo forte e inteligente do nada se torna sensível, cheia de inseguranças e mais burra que sua filha de 9 anos. (A melhor personagem nessa historia foi sem duvidas, Caroline). E quase desiste de tudo o que conquistou por um romance de 2 meses, coisa que não fez nem pela filha dela direito! MINHA GENTE ISSO NÃO EXISTE!
O livro se estendeu demais aonde não deveria, teve muito pensamento e reflexão no meio que não leva a nada. Os personagens não são inteligentes, eles agem por impulso e não tem aquele feeleng de percepção que vemos em pessoas inteligentes. A ultima ação de Georgiana me decepcionou de tal forma que nossa. E a forma como Duncan pois os olhos nela e PUF tava apaixonado não foi nada convincente.
Mas não pense que é um livro todo ruim. A escritora é boa, esse é o 3º livro que leio da série, mas eu fiquei realmente chateada. Talvez você goste, se contos de fadas demais não te irritar.

Talvez a culpa é minha mesmo de esperar demais, não sei.

site: https://aquimerablog.wordpress.com/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



B 29/09/2020

Muito bom
É um livro muito bom, mostra a força de uma mulher contra a sociedade, além de seus sacrifícios e como a vida é difícil quando se é mulher em uma aristocracia.
comentários(0)comente



Manu @vamos_falar_dee 30/05/2020

Esperava um pouco mais ...
Apesar de um ponto aqui e outro ali eu adorei essa série e a essa altura já me sentia como um dos sócios do anjo caído. Mas quando vi que finalmente ia conhecer melhor o enigmático Chase, não imaginava que seria desse jeito, e talvez essa expectativa é que não tenha me deixado se envolver por completo com os protagonistas. De modo geral gostei, o casal tem seus momentos, e a premissa também é interessante, acho que esse é o primeiro romance de época que vejo esse aprofundamento nas mães solteiras, mas quando comparado aos demais a balança pende.
comentários(0)comente



Amanda 08/07/2020

É o quarto livro da sequência "O Clube dos Canalhas". Os melhores foram o Segundo e o Terceiro na ordem, mas este, "Nunca julgue uma dama pela aparência", não deixa a desejar, apesar de eu ter esperado mais da história. West conquistou o meu coração desde quando ele não passava de um mero coadjuvante, com o nome e reputação citados nos livros anteriores da série. Foi meu primeiro contato com a autora e posso dizer que também fora a primeira vez que favoritei um livro do gênero.

Romance de época não é a minha praia e,com certeza, a série é ótima pra quem gosta e não quer se decepcionar com enredo cliché e personagens carismáticos.
comentários(0)comente



Eline.Mousinho 20/07/2020

Lady G estava tão encantadora vestida de branco no Baile R que faz com que as pessoas se perguntem: se ela se apresenta tão linda em um evento tão prosaico, como estaria em um evento inteiramente dedicado a ela? Terá muita sorte o homem que chegar mais perto dela.
comentários(0)comente



Mariana Eleutério 03/08/2020

É treta que não acaba mais!!
E vamos nos despedir dos nossos queridos canalhas - ou, se você é como eu e está lendo tudo fora de ordem, só ter um livro incrível com milhares de referências que você pescou ou a de pescar. Sarah Maclean escreve suas sagas no mesmo universo então volta e meia nos deparamos com personagens que foram protagonistas em livros anteriores e futuros. Esse aqui, inclusive, é sobre Georgiana, a irmã do Duque ( eu não sei o nome) que engravidou aos dezesseis anos e foi parar na Casa Minerva - livro 02 dos St. James que coincidentemente, resenhei ontem. Vamos lá. 

Georgiana está de volta a sociedade e a procura de um marido. Uma tarefa nada fácil, pois apesar de escandalosamente rica e irmã de um duque, teve uma filha fora do casamento aos dezesseis anos. É isso o que todos vêem - uma menina rica arruinada pelo pecado, motivo de fofocas? Mas acontece que Georgiana, a noite, responde pelo nome do lendário Chase. O temido proprietário do Clube Anjo Caído. O homem que sabe os segredos sombrios de toda aristocracia, que tem o poder de arruinar qualquer homem que esteja em seu caminho.

Muito que bem. Enquanto Georgiana tenta arranjar um marido sem ter de envolver Chase - pelo bem de sua filha, que está crescida o suficiente para notar a discrepância de uma criação convencional, ela se envolve com o sagaz jornalista Duncan, homem disposto a  tudo para ajudá-la com sua imagem, uma vez que um de seus jornais foi responsável por ofendê-la. Duncan se apaixona pela mulher presa naquela teia  de segredos e ela parece se apaixonar de volta, mas acontece que no final das contas, Georgiana sempre escolhe Chase. 

Minhas senhoras? Que bagunça! Os livros da Sarah nunca são tão simples em trama como os da Júlia Quinn ou Tessa Dare por exemplo, mas esse aqui supera nesse quesito, porque é TANTA coisa acontecendo. 

Primeiro, vamos a Georgiana. Adorei, principalmente tendo a conhecendo desde que foi apresentada, aos dezesseis, quando engravidou, o crescimento é fenomenal. A forma como ela é realista e protege sua filha é maravilhosa. Eu queria ter visto mais interação entre elas, pois Caroline é absolutamente adorável. E Duncan é um par romântico que nos faz suspirar, especialmente quando você não quer socá-lo. Esses dois arrumam tanta treta e quando você acha que acabou, tem mais treta e aí tem mais. Excelente, claro!

Não é meu preferido, mas olha? Não perde em muito hein. Muito inovador e completamente viciante. 
comentários(0)comente



Janise Martins 26/08/2020

Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência
Depois do fiasco do terceiro livro, aos meus olhos, esse valeu a pena a leitura. Aqui quase não tem divagação, os personagens são fortes e inteligentes e a trama é muito boa. Apesar do amor vapt-vupt, assim como nos livros anteriores, eu gostei de ler.
Lady Georgiana há 10 anos foi alvo de um baita escândalo, quando aos 16 anos foi mãe solteira. Hoje (secretamente) é a proprietária do clube de jogatinas mais famoso de Londres, o Anjo Caído, e ela atende pelo nome de Chase. Chase tem nas mãos os segredos de todos os seus membros e junto com Ducan West, o proprietário dos cinco mais famosos jornais da Inglaterra, manipula esses segredos conforme a necessidade. Só que Ducan nunca conheceu Chase, e Anna, uma famosa prostituta do Anjo Caído é a intermediária. Duncan conheceu Georgiana e se encantou por ela, logo depois ele descobriu um dos segredos dela, que ela é Anna.
Georgina quer se casar com um nobre com título para que sua filha não seja mais rejeitada pela sociedade, para isso ela contou com a ajuda de Ducan nos jornais, enquanto isso eles foram se relacionando.
Pois é, mas não era somente Georgiana quem tinha segredos, Duncan estava sendo chantageado por um conde. Mas Chase descobriu um segredo do conde para ajudá-lo. E a situação fica tensa e engraçada porque Ducan acredita que Georgiana é amante e dominada por Chase. Ele morre de ciúme, e devido a isso ele causa uma reviravolta que coloca em risco do segredo de Georgiana ser descoberto por todos e sua reputação piorar.
É bonitinho como Duncan vai limpando a “imagem” de Georgiana através dos jornais e “entregando” ela para um visconde, pois sabe que não pode casar com ela, por causa de seu passado.
Confesso que esperava mais da série, mas, mesmo assim, gostei de ler, se não contar o terceiro livro.
E foi isso.
Bjoo.


site: https://janiselendo.blogspot.com/2020/08/serie-o-clube-dos-canalhas.html
Gabi 29/09/2020minha estante
Falou perfeitamente o 3 foi um fiasco total e esse foi anos luz.




Erika Villarinho 06/06/2016

E Sarah novamente me rouba o coração.
Eu acho que devia ser proibido se apaixonar mais de uma vez por uma mesma série. Me pouparia a depressão pós término.
Que série minha gente, que série!

Fui tomada pelo preço barato em uma bienal em que cada exemplar custava somente R$15 dinheiros. Comprei logo o meu exemplar e deixei ele de escanteio até um dia que eu estava inspirada e, infelizmente, devorei o primeiro da série em dois dias. Mal eu sabia que sofreria esperando os próximos lançamentos, e sofreria por me apaixonar por cada história, cada personalidade.

E Sarah não podia terminar melhor o Clube dos Canalhas.
Eu sempre gostei das histórias onde a mocinha era mais macho que o seu parceiro. São nesses detalhes que eu me enxergo no outro, e talvez, seja por esse motivo que essa história me ganhou tão a fundo. Eu sou essa ninfa-imaculada. Bem no fundo. Todas nós na verdade.

Georgiana é todas nós e nenhuma de nós. Hahahha SIm, é possível.
É toda mulher santa e pecadora dentro de nos.
É toda a voz que a gente não tem.
Todos os nossos desejos que temos vergonha.
É, o nosso alter ego.

Duncan... sexy, pecador, maculado por um passado, assim como ela, misterioso.

O que torna essa história tão sexy é a quantidade de pecado e segredo que contem nessas páginas.
Vale a pena ler.
Vale a pena se apaixonar.
Vale a pena sentir e ser.

Não gosto de resenhas em que RESUMEM a história. Resenha é DIFERENTE de RESUMO.

Para quem não leu e tem vontade de ler; para quem, assim como eu, ficou receosa de ler; para todas as santas e putas que existem em nós, mulheres.
Vale a pena.

Dei 5 estrelas.
1- Pela escrita
2- Pela representatividade de nosso alter ego
3- Por todas as mulheres que talvez nem encontrem alguém por quem se entregar.
4- Pelo conjunto da obra
5- Por Sarah. Porque ela merece!
Key 25/11/2017minha estante
E o duque do désdem é o personagem principal do "11 escândalos para conquistar o coração de um duque"
Nem acreditei quando comecei a ler isso no início, ahahahahha




152 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |