Us

Us Elle Kennedy
Sarina Bowen




Resenhas - Us


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Patriickdeluca 09/04/2020

Ja estou sentindo falta
Esse segundo livro foi bem melhor que o primeiro na minha opinião, mesmo tendo gostado de him algumas coisas me incomodaram. Ja em us achei tudo bem mais leve e me diverti sem nem notar o passar do livro. Agora que acabou estou sofrendo porque queria ler mais desses personagens, ta dificil desapegar!!
comentários(0)comente



Jessica A. 24/05/2016

Como sempre apaixonante!
Eu amei essa continuação da história desse casal mais fofo e mais apaixonante que eu já li s2

Nessa continuação Jamie e Wes passaram-se alguns meses depois do primeiro livro (HIM), Jamie como treinador e Wes como um jogador novato do NHL em Toronto. Eles precisam esconder o relacionamento deles até a primeira temporada de estreia do Wes acabar para que ele não tenha nenhum problema com o time, seus companheiros de equipe e principalmente, os fãs. Porém, nem tudo são flores, muuuuuita coisa acontece, muitos problemas aparecem e a relação acaba ficando balançada.

Aqui Jamie e Wes estão mais reais, enfrentando desafios que ambos não esperavam que fossem ser tão complicados de superar e dramas que me deixaram louquinha!

Confesso que no começo do livro o Jamie me irritou algumas vezes, achei que ele estava de muito mimimi, mas depois... ahhhhhh fiquei com muita pena dele :/

Esse livro é mais emocional e engraçado, com um personagem secundário que eu tive em diversas vezes vontade de matar, o Blake. Sério, sabe aquela criatura que não larga de jeito nenhum o seu pé?! Que aparece na hora mais inconveniente possível?! É o Blake! Gzuuuuisss! Mas tirando isso, ele é um amorzinho, que diversas vezes gargalhei alto com as suas palhaçadas. Espero de verdade que a Elle Kennedy e a Sarina publiquem uma história só dele *-*

A família do Jamie como sempre sendo perfeita, ajudando-os na hora mais difícil e complicada. Lindo lindo *-*

E quando pensei que iria ter mais, as autoras terminam com a história :/ NÃÃÃÃO QUERO MAISSSS!!!

Se você ainda não leu nenhum livro com esse gênero homossexual, por favor, dê uma chance para esses dois *-* vc não vai se arrepender!

Se recomendo?! Óbvio! Um livro fofo, emocionante, apaixonante, espirituoso e engraçado. Quer mais o que?! s2
Nota: 5
Nadja 24/05/2016minha estante
Irei ler com certeza!!!


Jessica A. 24/05/2016minha estante
Leia Nadja, é muuuuito lindo! Tô apaixonada por esses dois *-*


Flávia 12/12/2017minha estante
Eu amei essa leitura


Mah 30/10/2018minha estante
Você tem ele em pdf?


Nadja 31/10/2018minha estante
Adorei!




tcharles 28/05/2020

eu amei!
amei a história do James e do Wes desde o início. como um romance hot eu não esperava que saísse disso e fosse a pontos diferentes como o livro foi e explorou bem mesmo que de maneira rasa.
wes e jamie tem um lugarzinho no meu coração
comentários(0)comente



Mirela 10/03/2016

Quase perfeito, mas ainda assim uma excelente leitura
Eu realmente gostei do livro, mas foi quase perfeito.
Algumas situações foram muito parecidas com 'The Understatement Of The Year' e eu esperava algo diferente.
Não posso falar muito por causa dos spoilers, mas foi muito dejavú.
Fora isso eu encontrei no livro tudo que eu amo na escrita da Sarina e da Elle. A paixão, a angústia, a alegria.
Eu amei os garotos, todos eles, risos.
E EU ABSOLUTAMENTE AMEI A SURPRESA NO FINAL!!!!!!
comentários(0)comente



Luiza Helena (@balaiodebabados) 15/08/2017

Originalmente postada em https://balaiodebabados.blogspot.com.br/
Us é a continuação da história de Jamie e Wes, que se iniciou em Him. De primeira, esse livro não era pra existir, já que o anterior teve um final fechado. Mas as autoras resolveram escrever essa história para os fãs, que insistiram horrores. Se comparado com o livro anterior, esse aqui a carga emocional da história é um pouco mais pesada, mas sem tirar aquela leveza e humor característico das duas autoras.

Jamie e Wes se mudaram para Toronto, que é onde fica o time que Wes foi convocado. Apesar deles serem bem abertos sobre suas sexualidades, Wes não quis, de primeira, que todo mundo do Canadá soubesse que ele é gay logo no seu primeiro ano de time. Não que ele tivesse vergonha da sua sexualidade, mas porque ele queria ser reconhecido por conta do seu talento e não como o primeiro jogador gay da NHL (Liga Nacional de Hockey). Wes já estava preparado para quando acabasse seu primeiro ano de jogador profissional, ele acabaria com todo esse tormento para ele e Jamie. Por conta desse segredo, a relação de Jamie e Wes fica um pouco abalada, mas esse é um dos obstáculos a se superar.

"Há uma citação antiga que minha mãe já pintou em um prato de cerâmica. O amor é a amizade incendiada. Agora eu entendi.*"

Por um lado, eu entendo essa decisão do Wes. Como falei, não que ele tivesse voltado para o armário; ele só queria ser reconhecido pelo motivo que foi convocado: seu talento no hockey. Agora, imagina isso ser ofuscado pelo fato de ser gay? Quantos artistas são primeiramente rotulados por causa da sua orientação sexual e depois por conta do talento? Eu lembro quando o Ezra Mozão Lindão Miller foi escolhido para fazer o Flash nos cinemas, 99% dos títulos das notícias que li traziam “Ator gay escolhido para viver super-herói nos cinemas”. Achei super desnecessário destacar esse detalhe da vida do Ezra, que é um puta ator. Infelizmente, é o que mais acontece na sociedade.

Viver em Nárnia por algum tempo não é fácil nem para Wes e nem para Jamie. Wes sabe que essa situação toda é desconfortável para Jamie; Jamie entende o lado de Wes mas também é complicado pra ele. Durante o livro, vamos acompanhando como os dois lidam com essa situação. É visível que um é louco pelo outro e ambos fazem de tudo para que essas situações não acabe por terminar o relacionamento deles.

Mas nem só de problemas vive o livro. Temos o prazer de ver o maravilhoso relacionamento entre Wes e o clã Canning. A família de Jamie praticamente adotou Wes, que não tem um bom relacionamento com sua família por conta da sua sexualidade. Quem não queira uma família maravilhosa que dá apoio em tudo e aceita você como é? Também é legal ver o suporte que o time de Wes deu pra ele quando tudo foi revelado.

Só teve um personagem que até agora eu tenho uma relação de amor e ódio, Blake Riley (companheiro de time de Wes). Super concordei com a definição que minha amiga (que indicou essa história pra mim) deu pra ele: um sem noção do bem. Sério.. Blake é uma pessoa muito sem noção para algumas coisas (merecendo até o prêmio empata foda), mas quando tudo estava uma loucura ele foi um ótimo amigo para Wes e Jamie, o que fez ele subir no meu conceito.

Assim como ainda vai acontecer com Amores Improváveis, esses livros geraram spin-off, com histórias focadas nos outros jogadores do time de hockey de Wes. A série se chama WAGs (do inglês Wifes and Girlfriends - Namoradas e Esposas) e já tem dois livros lançados.

Como falei na resenha de Him, quando a Sarina disse que um livro dela com a Elle ia ser lançado no Brasil, meu terceiro olho já sabia que seria ele. E como meu terceiro olho nunca se engana, recentemente a Paralela deu essa notícia maravilhosa. Então, para quem está morrendo de vontade de conhecer esse casal de jogadores de hockey, logo seu desejo vai ser realizado.

Entre os dois livros, eu gostei bem mais de Him. Como falei no começo, Us não era pra existir, já que as autoras escreveram por causa dos fãs. Ele perdeu um gatinho da nota por conta de alguns detalhes, ainda sim super indico Us para quem ainda quer continuar vivenciando essa história de amor maravilhosa.

*Traduções feitas por mim

Leia mais resenhas em https://balaiodebabados.blogspot.com.br/

site: https://balaiodebabados.blogspot.com.br/2017/08/resenha-196-us.html
Mah 30/10/2018minha estante
Você tem ele em pdf?




Livia.Candido 20/05/2016

Tive que ler em inglês e agora o reli em português e as duas vezes amei! Conseguiu ser melhor que o primeiro! Wes e Jamie são muito quentes rsrs, quem não quer ter um namorado quente e dedicado e fofo assim? aff, e as cenas são fáceis de se visualizar rsrsr, e melhor de tudo é que terá continuação gente HimWedding!
Mah 29/10/2018minha estante
Você tem ele em pdf?




Malucas Por Romances 26/06/2016

WES *-*
"... Você vive sua vida da maneira que você quer viver, e você continua fazendo o que está fazendo. E saiba que você sempre tem as pessoas no seu canto, as pessoas que dão a mínima para você. "

Já faz quase uma semana que li esse livro e nem sei o q falar.
Ele foi ruim?
Não.
Foi bom?
Então, ele é exatamente isso bom, nada que te faça perder o fôlego. As autoras ainda conseguem te prender na leitura e se manter na mesma linha do anterior. Como disse na resenha anterior, ótimo livro para iniciantes de livros homo. Tudo nele é na medida, nada que te faça ficar sem ação kkkk.

"Goza pra mim." Ele ordena. "Goze por toda a minha mão,
Jamie. Deixe-me sentir isso."

Nesse livro voltamos aos boys magias que amo Jamie e Wes, que estão ainda mais quente, OMG é cada cena hot que te faz aquecer no inverno.
Wes agora é um jogador profissional de hóquei, atacante invicto e que está dentro do armário, pois o sucesso dele é tão grande que a revelação da opção sexual dele pode tanto ser algo simples, como algo que pode destruir ele, Jamie e toda sua equipe de hóquei.

"A coisa sobre Wes, ele está acostumado à decepção.
Inferno, eu acho que a decepção não é algo que ele teme, mas espera - como ele está sempre vivendo em um estado determinado de querer deixar os outros cair."

Jamie agora treinador de uma equipe de hóquei, ele gosta da profissão que tem, porém ele não está na sua melhor fase, e isso o faz questionar se fez a opção certa, mas os sentimentos dele por Wes faz ele tanto esconder sua opção sexual, como também deixa sempre uma tensão no ar de que ele fez a escolha certa em ficar com ele, por mais que ele o ame, ele ainda tem dúvidas.

Resenha completa no blog

site: http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2016/06/resenha-us-him-2.html
Mah 30/10/2018minha estante
Você tem ele em pdf?




Adrya Ribeiro 05/04/2018

Eita casalzinho gostosinho viu... Por acaso peguei para terminar, e completamente alesada notei que o evento que li no livro Good Boy, é com eles.
Adorei como terminou tudo e todos os problemas do livro, como a equipe os recebeu foi o mais fofo de se ler.
Algumas linhas machistas ainda se encontram nesse livro, como teve no primeiro. Parece que a Sarina Bowen e a Elle Kennedy não sabem escrever um romance gay sem um pouco colocar pra baixo as mulheres, isso me incomodou em alguns comentários.
Fora isso, foi uma delicinha.
Mah 30/10/2018minha estante
Você tem ele em pdf?


Adrya Ribeiro 30/10/2018minha estante
Oi, tenho não.




CAROLINA 12/02/2020

Obrigatório depois de Him
Me parece impossível terminar Him e não correr pra pegar Us imediatamente! Wes e Jamie me cativaram tanto que eu precisava dessa continuação.
Him ainda é o meu preferido, mas Us foi necessário. Mais maduro, mais real, menos pegação... é o desenvolvimento do relacionamento dos dois. Conflitos, desentendimentos e toda a exposição da mídia.... Um pouco exagerado ás vezes, mas a gente releva, só pra ter mais um pouquinho desse casal apaixonante.
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9