Para Sempre

Para Sempre Alyson Noël




Resenhas - Para Sempre


843 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Lu 22/06/2010

Não me entenda mal. O livro da Alyson Noel não é ruim. Ele possui algumas sacadas interessantes, como a irmãzinha fantasma da Ever, o amigo Miles e a vidente, cuja aparição foi um verdadeiro sopro de ar fresco. A narrativa é repetitiva e francamente, não sei o pq de dedicar três capítulos para enumerar as maravilhas do Damen.

Mas o alívio dura pouco. Porque tem que se aturar a Ever, que sinceramente, é um dos personagens mais estranhos que já conheci. E não é estranho bacana, tipo Lisbeth Salander. E sim do tipo insípido, inodoro e incolor. Mesmo Bella Swan tem algumas boas tiradas e um bom senso de humor. Ever? Ever se esconde debaixo do capuz.

Nada contra personagens deslocados. Acho que eles rendem histórias ótimas. Porque um dia, eles descobrem que são bruxos. (Harry Potter) Ou que possuem poderes que podem abrir a porta dos Reinos (Gemma Doyle). Mas Ever está ocupda demais tentando entender Damen.

Damen. Por onde começar? Ah, sim, Damen é lindo de morrer. Damen pinta como Picasso. Damen se move tão rápido, que ninguém, a não ser Ever, percebe. E Damen tbm curte brincar de "adivinha o que eu sou?" a maior parte do tempo, tanto com o leitor como com Ever. No começo, é um recurso interessante. Depois de dez capítulos? Começa a ficar bem chato.

Eu procurei insistir o máximo que consegui. Mas não vejo sentido em continuar lendo algo que não está me agradando. Tem outros livros, bem melhores por aí. A fila anda.

Mesmo correndo o risco de levar vários "não gostei", eu não recomendo esse livro.
Márcia 22/06/2010minha estante
Eu gostei da sua resenha, LU. haushaus Tomara que eu discorde de sua opinião. O que sera que Damen é? hauhuah' Você chegou a descobrir? Acho que, sem começar a ler, eu ja sei. (não me conte!)


psyche 22/06/2010minha estante
O livro não é ruim, mas você classificou como 2 estelas... hahaha
Bom, quase comprei esse livro para a biblioteca da escola onde trabalho, e confesso que ele só não foi comprado pq a fila da Intrínseca era monumental... hahaha Ainda não li. Vou caçar a versão em e-book para dar uma olhada...


Dani Tiemi 26/07/2010minha estante
Você não perdeu nada abandonando este livro... O final é ainda pior na minha opinião, mal explicado e mal escrito... Acho q sou louca por tentar ler o segundo livro, mas dizem tanto q melhora, quero só ver mesmo...


Isis C. 13/08/2010minha estante
Eu até que gostei do livro, mas não me deixou nada de especial. A história é boazinha, só que esse estilo "garota deslocada se apaixona por garoto lindo e misterioso" já está cansando, ainda mais quando a autora prolonga isso até o final do livro.. E o final não ficou bem explicado. Eu estou com minhas dúvidas ainda, e não sei se tenho coragem de comprar o segundo livro. Acho que vou pegar emprestado! :)


Joice (Jojo) 20/08/2010minha estante
Gostei da resenha, Lu. Me deu bons motivos para pensar duas vezes antes de ler esse livro. Esse tipo de história já está cansando.


Nii. 03/09/2010minha estante
Também não gostei do livro.
Não perdeu nada por não continuar a estória!


Milene 02/11/2010minha estante
Concordo! Boa a resenha. E só terminei o livro porque a leitura era muito fácil, simples, apesar de repetitiva. Mas a história é muito boba mesmo. No livro, só mostram o passado de Ever, nunca chegam a mostrar a personalidade dela. Ela acaba sendo um fantoche que fica correndo atraz de Damen. Damen pinta Picasso, achei isso muito idiota. Você não perdeu nada abandonando o livro. Teve partes tão sem-noção que tive que rir para não chorar.


Duda Rodrigues 07/12/2010minha estante
Tipo, eu gostei do primeiro livro, e mesmo com essas partes macantes eu me foquei mais nas coisas que eu gostei, tipo, a historia da irmã dela que foi incrivelmente comovente e no segundo, a aparição do Romam, que foi sensacional pra abalar o casal pão com ovo.Sério, valeu a pena ler o segundo só por causa do vilão #LêGente!


Gug 01/01/2011minha estante
a narração é mesmo repetitiva, mas a história em si é boa...


Ana Paula 12/02/2011minha estante
O pior é que eu meio que concordo com vc... Não que o livro seja ruim - para mim não há livro ruim, só depende do gosto da pessoa e da expectativa que se tem a respeito dele, e a minha espectativa era alta, então ele decepcionou.
É que, sei lá, eu esperava outra coisa. Outra coisa mesmo, quando o peguei na livraria. E concordo a respeito da Ever, e do Damen também. Terminei de lê-lo, porque é uma leitura fácil e fluida. Mas nem li os outros da sequência.


Erika 04/11/2011minha estante
O interessante é que, mesmo tudo o que você disse sendo verdade, o livro já ganhou várias continuações. Mas eu não desperdiço meu tempo com elas.


Marcos 13/09/2012minha estante
Estava empolgado com essa leitura. Li o primeiro capítulo, e até gostei. Mas depois dessa resenha e do seu histórico de leituras, resolvi não arriscar. Obrigado.


Paula 13/04/2013minha estante
Concordo plenamente! Eu fui á livraria para comprar Divergente (que é muito bom, por sinal, super recomendo), e não tinha. Aí eu pedi para o vendedor me indicar algum e ele me indicou Os Imortais. Já na sinopse eu vi que não fazia muito o meu estilo, mas eu levei do mesmo jeito, é bom experimentar coisas novas de vez em quando. Pois é, dessa vez não foi, nem um pouco. Decepção é a palavra.


Manu 09/12/2014minha estante
Concordo. Não gostei muito desse livro, mas decidi dar uma chance à série da irmã da Ever, Biley Bloom. Só li o primeiro, mas "Radiante" é bem melhor que "Para Sempre" em tantos níveis... Não que tenha sido uma leitura especialmente excepcional, mas foi bem mais cativante, até apenas pela protagonista, que é bem mais interessante que a entendiante Ever.


Lolita 13/12/2014minha estante
senti a mesma coisa quando eu li!


Dessa.Raupp 18/09/2015minha estante
Eu estou a apenas um click de comprar essa saga (a saga completa) bom,estava a apenas um click. Que bom que dei uma passadinha aqui antes,por que depois de tudo que li do pessoal aqui...não vou comprar não!


Madu 15/10/2015minha estante
não achei nada de mais, bem chato na verdade, ou talvez esteja perdendo o gosto por romances.


rubia.celly.5 17/10/2015minha estante
Bom eu li toda a serie, e no final não me arrependi de ter lido todos, gostei tanto que comprei e li também toda a serie da irmã da Ever.
Acho que vale a pena insistir com o livro.


Ana Beatriz 18/02/2016minha estante
hahaahaahaah mto obrigada foi mto útil!agora q eu n compro msm esse livro!


Sueli 16/06/2016minha estante
A autora até teve uma boa ideia, só acho que ela não soube trabalhar essa ideia. A historia até começa de uma forma cativante, mais depois... Vai virando uma bagunça, muito cansativo. Eu fui insistente e terminei o livro. Mas sinceramente não gostei e não recomendo.


Gabriela.Goulart 23/10/2017minha estante
Gostava muito do livro e a saga e tal mas aparece que o negócio nunca acaba? kkk


Andreza 30/05/2019minha estante
você me convenceu a pesquisar essa Gemma Doyle kkk


Amanda.Lara 25/04/2020minha estante
Entendo bem o que você quer dizer, eu tentei reler agora depois de muito tempo e sinceramente não fluiu mais. Acho que nossa visão e maturidade é o que determina isso, porque eu amava demais e queria ler toda a série, hoje não sei se vou me dar o trabalho kkk.


Érikinha 26/01/2021minha estante
Eu li o livro até o final e fiquei pensando: realmente consegui?
Leitura nunca fluía de fato e era muito repetitivo. Li à alguns anos, e não gostei nem um pouco...


Regiane 29/01/2021minha estante
Foi um livro que vi a capa e desejei ler. Quando puder comprar, comecei a leitura e fui descobrindo o porque as capas chamaram minha atenção. É uma leitura calma, doce e cheia de nuances. Para uma adolescente foi incrível pois também tem reflexões espirituais muito boas.


Amy 05/02/2021minha estante
nossa agora que eu vi que teu comentário tem 11 anos-
e eu concordo com você, em tudo o que você citou


Lu 06/02/2021minha estante
Obrigada, Amy.


Lanninha â¡ 20/05/2021minha estante
Eu amei esse livro. A história dele n é nada demais, mas é uma boa história para se ler e sair da ressaca literal! Claro que todo livro tem seus altos e baixos, mas entendo seu ponto de vista mas discordo um pouco.




Clio 02/01/2012

O início é uma cópia descarada de Crepúsculo, basta substituir os nomes que a verdade vai te acertar como uma locomotiva.

O resto é basicamente uma idolatria ao par romântico da Ever, tão carismático que eu já me esqueci do nome. E em meio a isso, a autora tenta nos convencer que o passado, para lá de traumático da protagonista, a fez amadurecer muito além dos anos... mas todos os atos dela são pura rebeldia aborrescente.

Talvez essa seja a única parte que salva esse livro da fogueira. A autora descreve uma adolescente de forma soberba, com todos os seus altos e baixos, ingenuidades e cafonices... pena que não era essa a proposta do livro.

Se você quer um enredo sobrenatural, vai ficar desapontado. Não há trama e o quê de sobrenatural é mais parecido com uma novela das sete do que com o prólogo de uma saga.

Em suma, dê para sua filha de 13 anos. Ou talvez não, algumas crianças de 13 anos já estão lendo clássicos e esse aqui pode se tornar intragável para quem começou a ler coisa melhor.
comentários(0)comente



Tábata Kotowiski 06/12/2010

A nova onda entre os livros que têm surgido no mercado é a história do amor impossível. Se você acha que sonhar com o príncipe vindo te pedir em casamento num cavalo branco é o cúmulo do absurdo, imagina namorar vampiros, lobisomens, anjos caídos e agora simplesmente imortais. Imortais que podem ler pensamentos e ver auras e fazer coisas se concretizarem no nada.

Em Para Sempre, Ever (novo sugestivo e nada criativo) perde sua família em um acidente de carro e passa a morar com a tia. Estranhamente, após esse dia fatídico de sua vida, Ever passa a ter dons especiais: ver auras, ouvir pensamentos, saber a história de alguém apenas ao tocá-la. Dons que ela daria a vida para não tê-los. Então ela conhece Damen. E quando ele chega perto, tudo muda.

Tenho que confessar a vocês que eu achei Ever chatinha que ó. Ela é toda paranóica e cheia de recalques e eu até entendo o por quê, claro, ela tem que tentar conviver com algo que até o acidente ela desconhecia. Sem falar na culpa que ela acha que tem do acidente. Compreensível. Só não entendo por que quando uma vidente resolve ajudá-la, Ever não aceita a ajuda e ainda acusa a vidente de charlatã. Oras bolas, ela mesma não é uma? Ela acha que o que? Que ela é a única autêntica? Vai entender!

E o Damen? A Alyson Noël até tenta dar um ar de sedutor misterioso pra ele mas pra mim não colou. Ele passa o livro tentando esconder o que ele é da Ever e isso é tão, ai, chato. Eu sou mais Edward Cullen que disse logo o que ele era para a Bella e pronto. Se Damen gosta da Ever (e ela dele), por que não colocar todos os pingos nos ii logo no início? E ele trata Ever de um modo tão estranho, não como alguém que tenta guardar algo mas como alguém que simplesmente não sabe respeitar uma mulher. Ele tem mais de 100 anos, (bem mais), acho que é tempo suficiente para saber como tratar uma mulher decentemente, né?

Tem outras coisas que acontecem no livro que eu não gostei. Ever fica uma vez com Damen e começa a chamá-lo de namorado. Hã? Estranho. Sem falar que a rotina de Ever vira rotina pro leitor. Todo capítulo começa com Ever indo pra escola, daí ela fala com os amigos, suspira por Damen, fica se torturando psicologicamente e blá, blá, blá.

No fim, achei o livro como um todo muito ralo. A história é fraca, não surpreende em nada, os personagens crescem pouco durante o livro, a narrativa é cansativa e o fato de ser em primeira pessoa, só ajuda a piorar as coisas porque impossibilita o leitor enxergar os outros personagens senão através de Ever, que é quem narra a história.

E eu não gostei da capa. Não é nem tanto a foto e sim, pelas cores. Apesar delas terem um significado no livro. :/

Para Sempre é o primeiro livro da série Imortal. O segundo, Lua Azul, já lançado pela Intrínseca, é minha próxima leitura. Porque eu tenho esperança. rsrsrsrsrsrs

[ happybatatinha.com.br ]

site: randomicidades.wordpress.com/
Renata 08/08/2010minha estante
Gostei muito da sua resenha...concordo em algumas partes com vc. Parabéns!


Tábata Kotowiski 12/08/2010minha estante
Obrigada, Renatinha!


Lu 03/09/2010minha estante
Adorei a sua resenha e concordo em gênero, número e graus. Personagens fraquíssimos e história sem novidade e sem brilho.


Tábata Kotowiski 30/11/2010minha estante
É bem isso, Lu. Ainda tô tentando descobrir qual é o hype da série Imortal. :)


Talita Valéria 01/01/2011minha estante
os escritores viram q virou modinha esse tipo de história e que pegaram um bonde andando. Aproveitam e fazem logo uma série porque vai render uma boa grana .-.


Rafael Palone 11/05/2011minha estante
Ganhou meu voto de "Gostei" já no primeiro parágrafo.




ju 23/03/2010

Horrível!
A maioria das pessoas que leram Para Sempre, amaram o livro, acharam perfeito e tal, mas eu fiquei com vontade de jogar o livro no lixo depois que terminei de ler. Achei chato já o início, mas pensei, deve melhorar... Mas não, não melhora! É uma estória chata e totalmente sem originalidade. Uma mistura discarada de House the night + Twilight + A mediadora + Morro dos Ventos Uivastes. Achei a protagonista, Ever chata. O final do livro foi melhorzinho e é por isso que ainda pretendo ler o segundo volume dessa saga (para ver se ela vai melhorar ou descambar de vez) Nem o Damen salva o livro (alias que protagonista mais chatinho e sem sal também viu). Duas estrelas é muito até.
Paula 29/03/2010minha estante
Mesma Impressão que eu tive.


Pandora 16/06/2010minha estante
Concordo. Mas não tive a mínima vontade de ler o resto da saga, traumatizei com o primeiro hahaha


Humb 18/09/2012minha estante
Concordo totalmente!
Quando eu dizia que parecia cópia de Crepúsculo, vários colegas me criticaram. Ainda bem que não sou o único que pensa assim!


Giih 17/01/2017minha estante
Desde o início achei a leitura entediante,perto do fim do livro começei a me questionar ''Quando fica bom?'' e a resposta é:Simplesmente não fica!




Samyta 31/10/2009

Pegando Carona
Não é que não seja um bom livro, é só que tem muitos elementos usados pela Stephenie Meyer na saga "Crepúsculo" e a Stephenie escreve muito melhor que Alyson.
comentários(0)comente



Maiarita22 30/11/2020

OMG
Senti todos os medo as inseguranças da personagem ! É uma angústia gigante. Muito emocionante. Como a ausência da família nos deixa vulneráveis emocionalmente.
comentários(0)comente



Carol 22/10/2010

Achei fraco. Tem uma base muito boa e a autora não soube aproveitar!

- O amor da Ever por Damen foi muito do nada. Tá, ele fazia Ever não ouvir os barulhos que ela sempre ouvia, mas e daí? E tinha ações dele e dela que eram realmente muito do nada.
- A "melhor" amiga dela é horrível e o melhor amigo deixa a desejar.
- A coisa da reencarnação e a explicação da imortalidade tb não foram pontos fortes na minha opinião.
- a Ever em si me irrita, ela não quer saber de nada, corre de todas as respostas, e o jeito com que ela trata a Ava, é bem irritante.
- O Damen também não tem nada demais tirando o corpão e as tulipas, que não se pode negar, é fofo.

Ah, e sem falar que eu odeio narração no presente, ponto a menos pra eu gostar do livro.
comentários(0)comente



Márcia 05/09/2010

Espiritualismo barato!

Alyson Noel promete romance, mistério e uma gama de fascinação sobrenatural.
Não acredite em todas as sinopses que lê: "Para Sempre" é estupidamente mal feito.

Narrando em primeira pessoa, Ever se estende em 3 centenas de páginas em suas divagações perturbadas e entediantes.
Acredito que o objetivo da autora em apresentar Ever como uma órfã vítima de um acidente "misterioso" fosse emocionar o leitor e estabelecer um laço entre o mesmo e a personagem. No entanto, o tiro sai pela culatra de tão chata que a Ever é.
Uma mistura de auto-piedade e aborescência traduz muito bem a personalidade da menina.
A Ever se culpa pela morte dos pais, da irmã e da cadela (que ela tão incasavelmente lembra a cada 5 páginas). A culpa da Ever é tão forte e presente na vida dela que acaba pesando no livro inteiro. É porca a maneira como a autora força a barra. A Ever diz coisas como: "Quase me esqueci de que não posso ser feliz. Não mereço por causa da culpa que carrego".
Nem precisa dizer o que quanto essas "reflexões" repetidamente exageradas cansam o leitor. Enfim, a personagem é forçada e terrivelmente cansativa.

O Damen é o clichê de "namorado perfeito". No início é o centro das atenções do livro: o novato que é imune à mediunidade de Ever, e que parece ler seus pensamentos... (familia? Pois é..) A autora nos dá várias pistas durante mais da metade do livro sobre a natureza sobrenatural de Damen - pistas ridículas que fazem Ever parecer uma burra por não perceber - para no fim passar por cima das próprias ideias, quando o segredo (finalmente) é revelado e nos deparamos com os buracos atmosféricos da história do personagem.
Afinal, que diabo é aquele líquido vermelho?

Não bastasse minha total insatisfação com os personagens ainda tive que aguentar, perplexa, as aulas de "espiritismo/espiritualismo" que a autora dá. Damen se mostra quase um monge de espiritualidade ao se revelar para Ever.
A maneira simplória como Ever lida com Drina é frustrante.
"Chacra"? "Summerland"? Enfim... o livro é um amontoado de blábláblá que fala de coisa nenhuma.

Apesar dos pesares, simpatizo com a ideia central da história - para mim o erro letal foram os personagens fracos e o exagero na coisa dos espíritos.
Com certeza ainda decepcionará muitos leitores por prometer o que não cumpre.

Andrea 05/09/2010minha estante
Super concordo!


Lu 05/09/2010minha estante
Uau. Você foi mais cruel do que eu, amiga! Mas concurdo que a coisa toda é muito mal desenvolvida e que os personagens são péssimos.


Ket 06/09/2010minha estante
Ever é um drama, drama, drama. Tão drama que deixa o livro inteiro cansativo.


Fabianne 26/01/2011minha estante
Concordo!!!!!


Carol Moreira 14/04/2011minha estante
Achei que o livro distrai apesar da autora ter ido longe demais e criado coisas muito desconexas.


Márcia 14/04/2011minha estante
Acho que minha distração é muito teimosa, então. Ela não se contenta com "coisas muito desconexas".


Carol Moreira 17/04/2011minha estante
HAHAHAH, muito exigente sua distraçao hehe (:


Márcia 17/04/2011minha estante
Nháan, Carol. haushaush' Desculpe pela acidez no primeiro comnetário; você já é de casa :)




Mandy Porto 23/04/2010

Ótimo! *-*
Comprei e li este livro em inglês umas duas semanas antes de lançar aqui no Brasil. Não sabia que ele iria ser lançado aqui e fiquei muito surpresa e feliz por saber que a intrínseca a lançaria. Para sempre, também conhecido por Evermore é um romance de tirar o fôlego. Posso dizer que este é um dos melhores livros que já li, pode até mesmo empatar com Crepúsculo em favoritismo.

Ever é uma linda garota que se esconde por trás de um capuz e ipod. Ever é uma ótima personagem principal, rimos e sentimos por ela. Tudo muda em sua vida quando Damen entra em sua vida. A história dos dois é comovente e apaixonante. Tive inúmeros arrepios entre algumas partes e outras. Alysson é uma ótima escritora e nos faz viver aqueles momentos.

Riley, a irmã morta de Ever é uma das minhas partes favoritas. A relação das duas é maravilhosa e rimos muito do que Riley diz e faz. E o poder de Ever de ver as auras é algo bom e diferente. Eu mesma gostaria de possuir esse poder, assim saberia do que as pessoas ao meu redor sentiriam.

A história no geral é diferente de tudo que eu já li, por isso que torna esse livro tão especial. Mas está apenas no começo, Os imortais vai até seis livros se não estou enganada. Então teremos muitos arrepios pela frente. Espero que vocês leiam e se divirtem e gostam tanto quanto eu...


BLOG: http://www.mylittleworldofbooks.blogspot.com/

comentários(0)comente

Bruno 17/11/2009minha estante
Deu mais vontade de ler agoraaa! =D




Thali Prado 13/01/2010

Ever Bloom tinha tudo o que uma garota poderia desejar: Linda, popular, lider de torcida, tinha um namorado lindo e uma familia perfeita. Até o dia em que um acidente matou seus pais e sua irmã caçula e Ever foi a única a sobreviver. Desde então ela se culpa pela morte da familia. Além do fato de que agora Ever não é mais normal.

Depois de estar morta, mesmo que por poucos minutos, Ever retorna à vida com poderes extra sensoriais: ela vê auras, lê pensamentos, e em único toque pode ver todo o passado e o presente de uma pessoa. Além de, que pode ver e falar com pessoas mortas, a principal delas é Riley, sua irmã caçula, que ficou presa a Terra para cuidar de Ever.

Ever tenta levar um vida normal (o que é quase impossvel, uma vez que toda essa energia recebida das pessoas a deixa fraca e tonta), ela mora agora com sua tia, e frequenta uma nova escola, onde tem como amigos Miles (gay) e Haven (gótica) rs

Além dos problemas que tem de lidar para conseguir controlar seus poderes, Ever tem que sobreviver ao inferno que é sua vida no colégio.

Um dia porém um novo aluno aparece na escola para mudar de vez a vida de Ever.

Damen é um deus em pessoa, e logo vira o motivo de competição entre as meninas do colégio. Porém aparentemente Damen só te olhos para um pessoa: Ever (Embora mais tarde Ever venha a descobrir que tem uma rival que não desistirá tão facil de Damen)

Além de lindo demais, Damen tem um incrivel poder de silênciar todas as vozes da cabeça de Ever em único toque. Com o tempo Ever se apaixona por ele (o que ela custa e admitir). Mas logo começa a perceber coisas estranhas demais em seu namorado: ele quase nunca come, é muito rico para alguém tão jovem, nunca fica doente entre outras coisas.

Agora além de lidar com os seus poderes, Ever tem também que descobrir o que Damen é de verdade, enquato tenta convencer a si mesma, que deve libertar Riley e deixar que ela siga em frente, e vá para o céu unir-se a seus pais!


O livro vai melhorando gradativamente, até o momento em que você não consegue parar de ler rs

É um livro lindo, que fala sobre amor através do tempo, perdão, o poder dos pensamentos e muitas outras coisas que fazem a gente pensar e pensar e pensar rs

Teve momentos que meus olhinhos se encheram de lágrimas rs

Alyson Noël simplesmente arrasa em seu primeiro livro, fazendo você querer logo um segundo, terceiro, quarto livro rs

Vale mesmo a pena conferir!

Para sempre é o primeiro volume da série os imortais, que é composta por seis livros!! Foi lançado pela editora Intrinseca em outubro deste ano.


My Blog - http://omundodossonhos1.blogspot.com/
L' alencaar 27/04/2011minha estante
aaaaah
muito boa a resenha!
Esse livro er realmente muito bom, muitas amigas minhas leram e gostaram.




Sarah 13/04/2020

Adorei!!
História linda e encantadora, daquelas que prende o leitor até o final.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mari. 17/12/2009

Bem, a história até é boa, mas achei o livro meio cansativo. A história chega a ser lenta demais até o meio do livro. No fim, simplesmente a história começa a correr demais, deixando algumas coisas de lado. Como li em uma resenha abaixo, concordo com o fato de que a autora não se aprofunda na história das auras das pessoas, o que acho que seria um tema bem legal e diferente. Cada livro tem sua essência, sua história. Apesar de alguns itens lembrarem A mediadora e Midnight Sun :T. Mas não é cópia, entretanto, acho que foram inspirações, apenas.
Me encantei com Riley. Achei que ela foi mais aprofundada que Ever, que é a principal, e achei sua história paralela bem mais interessante. A autora poderia bem escrever uma história de Riley rs.
Portanto, o que falta no livro é ritmo, dividir mais as informações e não desvenda-las somente no final; aprofundamento em questões como as auras das pessoas e... Acho que isso já faria com que a história merecesse tres estrelas, no mínimo. Rs.
comentários(0)comente



843 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |