Darkness Embraced

Darkness Embraced Tillie Cole




Resenhas - Darkness Embraced


20 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Manu 10/05/2020

É bom? É. Tem uma probleminhas? Tem. A gente consegue parar de ler? Não.
comentários(0)comente



Uma Leitora Apaixonada 25/10/2020

Sabe uma novela mexicana? Misture um gênero dark a uma história mexicana e temos aqui Darkness Embraced. Dessa vez a titia Tillie pegou pesado no exagero, mas sabe que valeu! O que ajudou também foi a incrível química do casal: ele, um skinhead; ela, filha do chefe do Cartel mexicano (sasenhora!) e pra agitar ainda mais, os Hangmen na parada. Só confusão na certa.
comentários(0)comente



CatLopes 17/02/2019

Olha a bomba!
Mais um livro perfeito da fodástica Tillie Cole. Ainda estou de "boca aberta" com as revelações feitas nesta história de Adelita e Tanner! Quero mais dos Hades Hangmen *.* espero que esta série não acabe tão cedo... Nunca me sentirei preparada para tal.

Live free. Ride free. Die free.

Sempre.
Thais 15/07/2019minha estante
Eu espero exatamente a mesma coisa, fico triste só de saber que a serie vai acabar um dia!!!




Danielli.Ferreira 21/07/2020

Amei
Estou surpresa com o rumo que a história tomou, tantas surpresas. A TILLIE COLE é fenomenal.
comentários(0)comente



Man 08/09/2020

Esse livro é uma versão moderna de Romeu e Julieta, "Romeu" nesse caso Tanner é o principe branco, herdeiro da KKK e "Julieta" aqui sendo Adelita, mexicana e herdeira do tráfico.
De todos os livros da série esse foi o mais romântico, claro que tem morte, porradaria, execução, mas ainda sim foi bem romântico.
Não esperava por isso, mas o livro acabou sendo uma chuva em meio a tanto calor (se podemoa dizer isso...)
Adoro ver esses homens grandes, musculosos, assassinos virando cachorrinhos de suas mulheres.
comentários(0)comente



Manoela 20/01/2019

Mais um ótimo livro
Personagens ótimos
História cativante e surpreendente.
Uma história de amor de suspirar.
Um turbilhão de sentimentos.
Me fez varar a noite acordada porque eu não conseguia parar de ler.

Tudo isso e muito mais foi o que eu senti lendo a história de Tanner e Adelita , mais um livro que me fez lembrar o porque eu amo tanto essa série.

Darkness Embraced traz a história a história de Adelita e Tanner , com um toque de Romeu e Julieta aqui temos a história da "princesa do cartel mexicano com o príncipe do Klan , vemos como tudo começou entre eles e eles lutando por esse amor impossível.

Tanner, nosso herói foi o personagem do livro pra mim. A sua lealdade por aqueles que ele ama e tudo que ele sacrificou pelo seu amor por Adelita me fez suspirar , ele também mostra que não é ninguém para brincar e se mostra perigoso quando precisa. E Adelita é uma boa personagem também , um pouco mais apagada que as outras na minha opinião , mas ela se mostrou corajosa e nada mimada como eu pensei em em primeiro momento.

Única coisa que me incomodou um pouco aqui foi a postura dos "Hades Hagmen " principalmente de Styx, pois Tanner estava lá ao longo do caminho para cada um deles quando eles percisaram de reforço sem pensar duas vezes e quando chegou a vez de Tanner eu não senti isso. Aliás Tank ganhou mais meu amor aqui nesse livro por ser o único que estava lá para Tanner sem duvidas .

Ao longo dessa série vimos as histórias de vários personagens , temas difíceis sem abordados , inimigos sendo batidos e outros chegando , revelações surpreendes e algumas reviravoltas que não prevíamos , tudo isso em meio a romance , crenças , guerras e pessoas lutando por aqueles que amam. Darkness Embraced não é diferente, e embora ele foi um pouco mais leve e sem a carga dramática e pesada dos outros da série , ela é uma história de duas pessoas de mundo e crenças diferentes que lutam pelo acreditam e pelo o amor entre eles . Ler essa série sempre me faz querer mais dessa galera então me despeço de Tanner e Adelita e já fico esperando pela próxima história ansiosa.

Eu recebi um Arc da autora em troca de uma resenha honesta

Darkness Embraced será lançado dia 22/01.
comentários(0)comente



Dani A. 11/02/2019

7° livro da série Hades Hangmen
Acho que esse foi um dos livros mais românticos da autora, é incrível a força dos sentimentos do casal principal, uma jovem mexicana filha do líder do Cartel junto com o príncipe branco de uma organização com ideologias de ódio racial, supremacia branca...Sofri muito por eles, como eles se amavam, como lutaram tanto para ficarem juntos.. achei que o mocinho se sacrificou demais pelo relacionamento deles, eu amei que ele nunca desistiu dela, enfrentou tudo e todos por sua princesa mexicana! A Adelita é maravilhosa, uma das minhas protagonistas preferidas da série: determinada, bom coração, verdadeira, maravilhosa! A única coisa que não gostei foi como a autora ficava mesclando passado e presente, para irmos entendendo a história do casal.. acharia mais válido ter contado desde o ínicio de forma linear, por que quebrava um pouco o ritmo, estava acontecendo algo super interessante no presente e abruptamente voltava para o passado (e vice-versa)..mas ainda bem que isso não se estendeu por todo o livro! O livro têm passagens muito românticas, recheadas de declarações, acho lindo, mas confesso que no final a trama secundária estava tão boa que até esqueci um pouquinho do romance kkkk

A cada livro a trama fica mais interessante, é incrível como ela está mantendo isso ainda no 7° livro, mesmo tendo mudado de conflito depois do 4° livro da série (que até então focava nos horrores da Comuna), desde o 1° livro da série eu amo e aproveito cada momento dos personagens secundários, dos seus dramas, e me apego demais.. A parte final foi ótima, a Tillie realmente me surpreendeu, revelações impactantes, trama ágil, e um ótimo gancho para vários livros futuros!

*POSSIVEIS SPOILERS DA TRAMA*

Eu não sei aonde essa série vai parar pois a cada livro ela vai inserindo personagens novos (tomara que pare com uns 20 livros no mínimo kkkk), um exemplo é o irmão do Tanner, o Beau que eu A-M-E-I, e tenho certeza que terá um livro dele..Eu não estava com expectativas p/ o livro do Vik, acho ele muito piradão, mas depois do gostinho dele com a amiga da Adelita eu quero pra ontem! E claro, a maior expectativa dessa série, desde o 5° livro, é o livro do Ash, que pelo visto é um dos personagens favoritos da autora por ser irmão do Flame rsrs e eu amei que ele apareceu mais aqui, o conhecemos melhor e vemos como agora ele está mudado, finalmente imerso no mundo escuro (ahh meu bebê não queria isso tão cedo) e seu futuro par romântico a Saffie que é uma fofa, que também aparece mais, e só posso dizer que já amo eles !! A narração da Mae e do Styx, com um acontecimento em especial, quase uma volta no tempo eu achei ótima, foi de partir o coração, chorei muito, mas enfim feliz que uma parte bem importante foi finalmente resolvida, para o Styx (e + uma pessoa) poderem seguirem em frente... e ah gente, quero mais cenas dele com o bebê, preciso!! E não vou superar tão cedo a morte de um deles, ainda mais por conta da idade..confesso que chorei, Tillie por que me destruiu assim??? Vilão completamente odioso e sádico aqui teve pra dar e vender, todo livro dessa série eu passo muita raiva, isso é um bom sinal: personagem bem construído! E fiquei bem surpresa que amei a Beauty aqui nesse livro kkk , eu tinha achado ela mô chata no próprio livro, mas aqui está ótima.. e vou guardar num potinho a amizade do Tanner com o Tank, amo muito! Só mais uma última coisa, é muita coisa que quero falar dessa trama kkk : tô sentindo que a Grace (filha adotiva da Lilah) será par romântico com o Beau ou com o sobrinho do AK *_* Tô sentindo!
comentários(0)comente



Day 19/02/2019

Perfeito demais!!!
Que livro maravilhoso!
Eu tô muito surtada da cabeça com a trama que a TC fez, com as ligações todas, com esse amor maravilhoso de Romeu e Julieta entre Tanner e Adelita!
Perfeitoooo!
Já quero mais!!
Mais do Ash, meu pequeno Ash, sofrido, quebrado, neném, meu Flame 2.0!
Ele e Saffie, shippo mais que tudo!
E quero Viking, maravilhoso tb, quero o livro dele!
E quero Beau...
E Rudge...
Tillie Cole, vc me estragou!
O que eu faço da minha vida agora, sem ter o próximo livro já disponível!?
comentários(0)comente



Lizzy 16/02/2019

Eu pulei os livros 5 e 6 e fui direto a esse. Essa série é muito impactante, sangrenta, crua, tem muita dor, mas também tem lealdade, redenção e amor. Esse volume em particular é muito lindo, romântico demais, tipo um Romeu e Julieta. Os protagonistas não poderiam ser mais antagônicos. Tanner é o herdeiro da KKK, com toda aquela ideologia racista, de supremacia branca e muito sangue inocente nas mãos. Ela é mexicana, filha de um poderoso chefe de um cartel de drogas. Como eles ficam juntos? Olha, eles enfrentam uma verdadeira batalha. É uma espécie de amor à primeira vista, que parece ódio no início, por tudo o que cada um representa: O Príncipe Branco e a Princesa do Cartel. Esse negócio de amor súbito sempre me incomodou, na vida real sempre me pareceu que o sentimento é sempre mais forte e destinado a ser duradouro quando é construído ao longo da relação. Mas, essa impressão contradiz várias pesquisas sobre o assunto, inclusive algumas que mapeiam a química do cérebro. Ao que parece, a primeira impressão é tudo numa relação, se a química acontece, é muito provável que a relação dure...Hum, pode ser. Só sei que nos livrinhos funciona muito bem. Tanner e Adelita formam um casal encantador. Um dos melhores livros da série, com muitas revelações comoventes.
comentários(0)comente



Pick a Book 02/06/2019

Darkness Embraced ( Hades Hangmen 7)
5 estrelas

Um Romeu e Julieta a lá Hades Hangmen! Tillie novamente me fez grudar nas páginas desses motoqueiros e eu só larguei quanto chegou no The End. Que história, meu povo!!!! Tanner acaba de entrar no hall de Hangmen favorito!!! Adoro que esses homens são todos os errados, mas quando amam, amam de verdade, profundamente. Ao invés de pensar no que eles fazem de ruim a gente só sabe ficar o com o coração apaixonado pelo jeito que eles tratam suas amadas. AMEI a história de Tanner e Adelita. Nenhum defeito, sem tirar nem por páginas. Foi maravilhoso!
Agora vem um conto da Maddie e Flame e logo depois o Hangmen mais sem noção que existe. Nem imagino como vai ser livro do Viking, mas tô super curiosa! Que venha mais Hangmen!!!
comentários(0)comente



Crisley.Alves 12/11/2020

Esse livro me deixou estressada... O típico Romeu e Julieta com final intenso. Sinto que essa série tem drenado minhas energias e estou emocionalmente desestabilizada...
comentários(0)comente



Erica.Martins 19/03/2020

Essa série já tá quase virando um velozes e furiosos kkkkk gosto assim!
Falou em romances proibidão eu já grito de longe “Me dê esse livro!!!”, simplesmente adoro tramas a lá Romeu e Julieta, eu fico numa torcida frenética para o casal ficarem juntos, casarem, terem filhinhos e sumir no mapa hahaha...

Só que claro que se tratando da Tillie Cole, umas das rainhas do dark, o livro não iria ser fofinho e nem ter linguajar poético, aqui é tiro, porrada e bomba (literalmente), porque estamos falando do amor impossível entre uma mexicana, filha de um poderoso chefão de cartel e de um supremacista branco americano, filho de um poderoso chefão da ku klux klan. É isso aí minha gente, eu sei... só em livro pra essas coisas acontecerem, mas que é dahora é!

Não preciso nem dizer a desgraceira que vai rolar, a própria sinopse já entrega, o que posso acrescentar é que eu adorei mergulhar no passado de Adelita e Tanner. Perfeitos! Sem contar que a trama teve bastante ação, drama, romance, violência, tragédia, revelações, emoção...enfim, teve de tudo um pouco, em nenhum momento bateu tédio, as vezes uma revirada de olho aqui e ali, porque quem leu os livros anteriores sabe que as mocinhas da série costumam serem beeeeem melodramáticas, mas nada que atrapalhe. O que eu gostei é que aqui teve bastante novidades sobre alguns personagens, a autora tira um pouco o foco do culto maldito e os Hangmen’s adquirem novos inimigos, só acho injustiça a autora deixar o Rider e a Bella 100% de escanteio, não entendo esse ranço dela, amei a história deles em “Deep Redemption”.

No geral, esse foi um dos melhores livros da série, agora partiu “My maddie”
comentários(0)comente



Alessandra 10/07/2020

Até que enfim um romance leve e lindo
O livro mais leve da série até agora. Adorei a pausa que Tillie deu ao romance dark e sombrio. Apesar de Tanner e Adelita terem sido criados por pais psicopatas e no caso do Tanner com abusos físicos, o livro não focou neste ponto e sim na história de amor dos dois personagens. Adelita e Tanner se apaixonam instantaneamente e vivem um amor lindo durante 6 meses, mesmo em pouco tempo sabem que pertecem um a outro mesmo os pais sendo inimigos de pele. Sim... Tanner é o príncipe branco da KKK e Adelita a princesa do cartel mexicano, um nasceu para odiar a causa do outro, famílias tipo Romeu e Julieta. Mas Tanner larga tudo para viver este amor intensamente e completo. Se prepara durante 2 anos para tê-la de volta e Adelita espera e confia neste amor.
Gosto do Tanner desde de sempre, ficava na dúvida o porquê dele se juntar aos Hangmens e o livro explica exatamente este ponto, Tillie deixa tudo amarrado. Todas as ações de Tanner em todos os livros são justificadas aqui e isso foi incrível. Amo a amizade dele com Tank, são irmãos de alma. Senti que os irmãos Hangmens e principalmente Styx poderia ter dado mais atenção para Tanner, deu a entender que Styx só ajudou ele por causa dos laços com Adelita, mas mesmo assim foi incrível o resgate.
Adorei o livro ter muitas partes de Styx e Mae e que finalmente o bebê nasceu, afinal acompanhamos esta gravidez uns 5 livros... rsrs. A história de Styx finalmente é amarada e ficamos sabendo sobre a mãe e o pai. Tem também o amadurecimento dos prospects Ash, Zane e Slash e fico ansiosa pelos livros deles. Pena que tivemos a perda de um personagem que era muito querido. Agora fica só faltando o livro do Viking para fecharmos as histórias da velha guarda e começar uma nova saga. Amo esta série, sou suspeita e até tendenciosa para avaliar. Se você gosta de romances sombrios, darks e com muitas reviravoltas esta é sua série.
comentários(0)comente



Suk 25/10/2020

O Príncipe Branco.
A princesa do cartel.
O mundo tentou nos separar.
Nós dissemos ao mundo "foda-se".
comentários(0)comente



Rafaela.Teixeira 25/02/2019

Anel improvisado
Tanner, você me arrancou suspiros. Esse livro surpreendeu de um jeito que eu JAMAIS imaginava. Quantas revelações.
Trouxe um gostinho diferente do que a gente estava acostumado se tratando dessa série. Vem ficando cada vez melhor!
Já quero mais livros dos Hangmens
ParabénsTillie, arrasando como sempre
comentários(0)comente



20 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2