Butcher

Butcher's Crossing John Williams




Resenhas - Butcher's Crossing


25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Book.ster por Pedro Pacifico 01/03/2020

Butcher's crossing, John Williams - Nota 8/10
A narrativa do livro tem como foco os desafios de um jovem que, após largar os estudos em Harvard, decide se aventurar pelo interior dos Estados Unidos. Sem rumo, o protagonista acaba se juntando a um grupo de caçadores de búfalos, prestes a iniciar uma temporada de caça no oeste do país. A partir daí, o leitor passa a acompanhar a aventura, com as dificuldades - físicas, mas também psicológicas - extremas vivenciadas por cada integrante do grupo. O autor escreve de forma extremamente detalhada, o que torna a leitura um pouco cansativo em certos momentos, principalmente no meio do livro. Mas ao mesmo tempo, essa característica acaba permitindo que o leitor tenha uma verdadeira imersão no cenário criado por John Williams e na aventura vivenciada pelo grupo.

site: https://www.instagram.com/book.ster
comentários(0)comente



Conrado 23/05/2016

Butcher´s Crossing
Segundo lançamento de John Edward Williams pela Radio Londres, Butcher´s Crossing apresenta uma interpretação bem diferente de Stoner, porém não menos interessante. Se fosse Rolling Stones, seria diferença entre "Angie" e "Sympathy for the Devil".

O talento do autor em escrever na quantidade certa para que o leitor conviva com os longos períodos em isolamento surpreende. Uma escrita simples e dinâmica transformam montanhas e planícies em lugares onde se pode encontrar algo que não sabia que estava buscando.

Considero superestimada sua associação a Joseph Conrad, porém parabenizo a editora pela coragem na divulgação de autores considerados não-convencionais e certamente aguardarei o próximo.
Nanci 23/05/2016minha estante
Stoner me agradou muitíssimo e surpreendeu pela linearidade e por apresentar um homem simples, mas extremamente cativante. Pelo jeito, vou gostar de Butcher's Crossing.


Michelle.Danielle 17/04/2017minha estante
Li um livro de Conrad e um de Jonh Willian (vitoria e Stoner). Sinceramente, posso estar enganada, prefiro jonh Willian.
Gostei do seu comentario sobre Butcher's crossing, pretendo ler em breve.


Conrado 17/04/2017minha estante
Certamente gostará de "Butcher´s Crossing". E sugiro ler outros livros de Conrad, o baladado "No Coração das Trevas" ou "Agente Secreto", ambos com interpretações muito interessantes.




Viviane 02/01/2017

O que John Williams queria causar em nós? Talvez uma reflexão tão profunda que é capaz de mudar nosso eixo...tanto Stoner quanto Butcher's Crossing me deixaram um tanto atordoada após o desfecho da obra. A descrição da experiência de Will é tão detalhada que me senti parte desta expedição rumo a caçada dos búfalos, isso graças aos detalhes no qual narra sua história ...no desenvolvimento das páginas me vi amargurada com a lentidão dos fatos..como imersa na situação vivênciada pelos personagens. O final surpreendente veio trazer a tona todo aquele destilado de sentimentos produzidos e alimentados pelos personagens o que reflete situações reais, muito presentes em nossos dias...se o autor pretendia causar reflexão em nossas mais profundas ilusões ele conseguiu. E fica a pergunta....onde seus desejos o irão levar? E o que esses desejos representam? Serão mera ilusões que tentam de forma paliativa moldar o borrão do que acreditamos ser? Ou as ilusões são apenas partes do mapa a ser decifrado...rumo ao grande tesouro do auto conhecimento....
comentários(0)comente



Janary 14/02/2020

MINUTO LEITURA: Butcher’s Crossing
Um jovem desiste de um promissor futuro acadêmico dentro uma das mais prestigiadas universidades dos Estados Unidos na década de 1870, para realizar uma viagem em busca de autoconhecimento em meio a natureza selvagem – um lugar bem diferente da boa criação de um filho de pastor de uma cidade grande. Esse é o enredo de abertura do livro “Butcher’s Crossig”, do norte-americano John Williams, publicado em 1960 e que retrata um pouco do drama da vida no árido faroeste a ser desbravado.

O escritor John Williams é um gênio! Suas palavras são certeiras para nos fazer imaginar exatamente o cenário daquela época, como na simples caminhada pela rua principal da cidade enquanto um rastro de poeira sobe a cada passo de Andrews, o personagem central, que é pouco mais que um menino. Um dos pontos mais inteligentes da escrita do norte americano é sua habilidade em descrever uma cena sem abusar da repetição das palavras ou usar sinônimos complexos. Isso torna o texto leve ao mesmo tempo em que temos o peso das consequências de uma viagem como essas.

Nessa história, um experiente caçador de pele de búfalos convence Andrews a fechar uma parceria que os levará por entre o oeste selvagem durante meses de caçadas e luta por sobrevivência, enquanto lidam com as diferentes personalidades de cada um. John Williams cria personagens fortes ao mesmo tempo que transbordam humanidade, transparecendo os anseios e medos, assim como as convicções que cada um carrega sobre como guiar a vida. Uma leitura que acelera gradualmente à medida em que as páginas vão contando os dias vivenciados pelos caçadores, quase em um paralelo ao amadurecimento pessoal do rapaz.


site: https://soundcloud.com/user-567764695
comentários(0)comente



Vorspier 26/03/2018

A única coisa de Butcher's Crossing que eu não curti...
foi a descrição de como o protagonista e seus companheiros de caçada matavam e cortavam os búfalos para retirar o couro e aproveitar parte da carne. Só.
Achei que fosse me entediar com um livro do gênero western, mas ainda bem que foi um engano. Gostei bastante do livro de John E. Williams e do modo como ele mostrou a perda da inocência do jovem Andrews. Só sei que agora criei uma expectativa enorme em torno de Stoner, obra também bastante elogiada de Williams.
Euwagner.escritor 24/01/2020minha estante
Olaaa! Leia Stoner, leia Stoner!!! Sobre a descrição, é tao pesada que por vezes eu me sentia no lugar. A forma como o Miller realizava isso como uma espécie de vingança íntima!


Vorspier 28/01/2020minha estante
Já li Stoner, amei! Agora eu tenho Augustus na lista pra ler este ano.


Euwagner.escritor 28/01/2020minha estante
somos dois! Estou iniciando a leitura dele hoje!!!




Tah_baddauy 25/07/2020

O John Williams tem o dom da escrita sinestésica. Ele descreve tão bem as coisas, que é impossível ficar inerte aos seus relatos.
comentários(0)comente



monique.gerke 23/01/2019

Já se passaram dois dias e eu ainda penso com bastante frequência nas montanhas do Colorado..não queria que essa leitura tivesse acabado..
Euwagner.escritor 24/01/2020minha estante
Este livro esta na minha cabeceira, ao lado do Stoner! Leu?




Ludhi 17/04/2020

O jovem Will Andrews desiste da faculdade e vai para butcher's crossing em busca de uma razão para existir. Ele participa de uma longa caçada de búfalos cheia de imprevistos. Livraço!
comentários(0)comente



Lieje Gouveia 06/07/2016

Butcher's Crossing
Jovem estudante de direito na Harvard, segue para o oeste onde se depara com a realidade americana em ambientes quase selvagens. Encontra um sonhador que lhe convence a uma busca por peles de búfalos. Narrativa sensacional,as agruras de uma viagem com cavalos e carros de boi e as adversidades enfrentadas pelo grupo na seca e na nevasca prendem nossa atenção. Recomendo. Gostei de Stoner, mas este é sensacional.
comentários(0)comente



Picón 12/06/2020

Romance em 4D
Um livro contemplativo, sinestésico. Descritivo sem ser chato (o que é algo difícil de ser conseguir), a ponto de fazer com que nos sintamos na cena. Encontra-se no livro: a filosofia de Emerson e Thoreau, o dístico Homem vs Natureza, o Homem como um animal na Natureza, a busca de um sentido para a vida, o Absurdo, além de paisagens à la Brokeback Mountain. Muito bom.
comentários(0)comente



Nicolle 30/07/2016

Um romance sobre busca...
Uma narrativa fascinante de Williams. A história de um jovem que larga uma vida bem sucedida para caçar búfalos. Cenários exuberantes e uma densidade de sentimentos apaixonantes. Os sentimentos e emoções são descritos de forma magistral. Simplesmente fenomenal. Mais uma edição perfeita da Rádio Londres, que é hoje minha editora favorita. ?
comentários(0)comente



Dauri 11/03/2017

Western existencialista?
Uma espécie de western existencialista?

A busca de si mesmo: " que o lançara numa selvageria onde pensara encontrar uma forma mais verdadeira de si mesmo".

A constatação das ilusões : "você vive uma vida inteira de mentiras, e então, talvez, quando está quase morrendo, você se dê conta de que não existe nada, nada além de você mesmo e daquilo que você poderia ter feito".

Vida caminho sem chances de volta: "não, ele jamais voltaria... e cavalgou descampado afora".

O nada: "era esse o nada a que McDonald se referia no dormitório... era o vazio azul-claro do olhar de Charley Hoje... a expressão de desdém de Schineider... olhar cego e fixo de Miller..."
comentários(0)comente



marcioenrique 07/06/2020

por vezes descritivo demais, o que deixa o livro um pouco cansativo no meio, mas, ainda assim, mais um belo livro com a precisão característica do autor.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fernanda Sleiman 04/05/2020

JOHN WILLIAMS NASCEU PARA ISSO
Não é o primeiro livro que leio do autor e definitivamente não é o melhor. Porém o autor escreve tão divinamente bem que mesmo sem me apegar a história li até o final. JOHN WILLIAMS NASCEU pra escrever. Texto maravilhoso. O final valeu a pena
comentários(0)comente



25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2