No Limite do Desejo

No Limite do Desejo Katie McGarry




Resenhas - No Limite do Desejo


29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Tainara 24/05/2016

West e Haley
Não estou comparando afinal cada escritora tem seu jeito de escrever, seu estilo e sua habilidade, mas se eu fosse pegar A Coroa da Kiera Cass e esse livro da Katie, eu ia rir na cara da Kiera e falar “é assim que se escreve uma continuação”!!!!!
Esse livro conta a historia de West e Haley (West nos foi apresentado no terceiro livro da série, no limite do perigo).
West é um menino problemático e depois de um acidente que ocorreu com sua irmã ele piora e muito. Haley é uma menina que já passou por muita coisa com apenas 18 anos de idade e só lendo para saber, quem ler minhas resenhas sabe que não ou de dar muitos detalhes sobre o enredo e mais minha opinião.
Bom, vamos as minhas opiniões!
1º A capa descreve perfeitamente os personagens, eu ficava lendo as descrições deles e ia dar uma olhada na capa porque sou dessas, gosto disso, quando a editora pega o lance sabe? Entende a necessidade de a capa condizer com o que esta escrito, maravilhoso!
2º Sabe aqueles personagens que te encantam e te conquistam e cada fala te conquista mais um pouco? Foi o West e a Haley. Que casal maravilhoso. Não sei se todos terão essa perspectiva que eu tive, mas simplesmente tive e foi perfeito.
3º Eu necessito de um livro para o Jax, outro para Kaden e com certeza, sem sombra de dúvida, um para a Abby! Gente a garota me conquistou mais um pouco nessa história e não vou mentir, estou super ansiosa que a Katie diga que vai escrever uma história para ela.
4º Eu fiquei puta da vida com o pai de Haley, cara que homem fraco. Eu entendi pelo que ele passou e tal, mas deixar chegar no ponto que chegou? Pelo amor de Deus, não meu nego, aconteceu, foi uma fatalidade, ergue a cabeça e vai tentar de novo!
5º Teve uma lance que aconteceu com Matt (ex da Haley) e ela que a Katie não explicou muito bem. Você compreende, mas não tem detalhes do que realmente aconteceu, porque não foi aberto mesmo sabe? Foi soltando um pouco ali e um pouco acolá e eu fiquei na dúvida do que realmente teria acontecido.
6º O ponto culminante do livro foi a descoberta, nunca, jamais, never, passaria na minha cabeça aquele segredo dos infernos que é descoberto quase no fim do livro. Sério! Eu fiquei tipo, como? Não pode ser!!!! Hahahahaha foi meio louco, mas eu amei.

Resumindo eu esse foi um dos melhores que já li. Os conflitos foram em escritos, a trama, os segredos, os medos, os questionamentos, foram todos tão bem encaixados que eu fiquei meio, como isso é possível? Mas é porque estamos falando da KATIE, e não de outra escritora.
Kelly 28/05/2016minha estante
Oieeee
eu recebi o livro de cortesia da Verus, nunca tinha lido os outros, e agora com a sua resenha fiquei na dúvida se perdi muita coisa por não ter lido os outros. Mas com certeza vou lê-los pq a escrita da Kate é viciante kkkkk




Jéssica R. 11/08/2016

No Limite do Desejo, de Katie McGarry, é o quarto volume da série Pushing The Limits. Publicado aqui no Brasil pela Verus, selo do Grupo Editorial Record, este livro, ou melhor, todos os livros da série são independentes, ou seja, são ambientados no mesmo universo, porém não são continuações.

No Limite da Atração e No limite da Ousadia, os dois primeiros volumes da série, respectivamente, foram ótimas leituras e com uma narrativa maravilhosa. No Limite do Perigo, terceiro volume, que conta a história de Isaiah, um dos personagens mais fofos e divertidos da série, me decepcionou e acabei abandonando a leitura.

Eu sou uma pessoa obcecada com a ordem de leitura de uma série, mas como estava muitoooo animada para ler No Limite do Desejo, principalmente por envolver lutadores, acabei lendo esse livro mesmo não lendo o terceiro. Sim, eu sei que não é continuação, mas acabou que levei alguns spoilers mesmo... rsrs. Mas vamos lá: Katie McGarry me fez ficar de ressaca literária por um tempo após a leitura desse livro, tanto que faz umas duas semanas que li a obra e só hoje consegui postar a resenha. Porém vocês têm que levar em conta que estava louca com o TCC, mas deu tudo certo e agora estou de volta, baby!

Haley é campeã de kickboxing e um das melhores em sua categoria, mas depois de um acontecimento, que o leitor não sabe o que é nos primeiros capítulos, ela desistiu de tudo. Nunca mais colocou os pés no ringue e passa mal só de pensar em lutar novamente, mas o destino resolveu que as coisas não seriam assim para a protagonista.

West Young, irmão da protagonista de No Limite do Perigo, acaba aparecendo na vida de Haley num momento tenso e ele é um cara cheio de atitude, tudo que Haley prometeu ficar longe. Mas ele acaba aceitando uma luta de MMA em homenagem a Haley, o que acaba fazendo com que ela o treine, pois West não é profissional e perderia a luta com facilidade. Dá para perceber que West era um babaca, mas que enfrenta seus próprios demônios e dor, porém aos poucos ele vai amadurecendo e tentando se redimir de tudo que já aconteceu no passado.

Esses personagens sofrem com problemas familiares e estão tão perdidos que acabam precisando um do outro para encontrar seu caminho no mundo. Haley e West acabam enfrentando seus medos e obstáculos que tanto quiseram trancar em suas mentes, o que deixou uma história intensa, cercada de desafios e com personagens tão reais. A autora traz em sua narrativa o relacionamento abusivo e a violência doméstica. Nessas partes eu respirava fundo para não chorar e gostei muito como Katie McGarry introduziu essas tópicos na trama, faz a gente repensar em muitas coisas.

Pela capa você pensa que é mais uma história clichê com cenas de sexo entre os protagonistas, mas não é. É um livro cercado de mensagens e é um jovem adulto que deve ser lido por todos. Aqui temos adolescentes que estão descobrindo quem são e superando dores inimagináveis.

Quotes:
"Pela primeira vez, preciso saber contra quem estou lutando, Preciso saber que sou capaz de lutar. Preciso saber que, quando fui posto para fora, eu merecia coisa melhor."
"Quando você sente esse amor por alguém, encontra um jeito de fazer dar certo."

site: http://www.leitorasempre.com/2016/07/resenha-no-limite-do-desejo-katie.html
comentários(0)comente



Ivi 16/06/2016

Um dos melhores da série!!!
Ficha Técnica:
Nome Original:
Autora: Katie McGarry
Tradução: Débora Izidoro
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 350
Ano de Lançamento: 2016
ISBN-13: 9788576864677
Editora: Verus

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 45º livro lido em 2016 e foi No Limite do Desejo (Katie McGarry). Este é o quarto volume da série No Limite e, eu adoro essa série. Quando começaram as primeiras divulgações do lançamento deste livro aqui no Brasil, eu já fiquei obcecada para ler e ter o livro na minha estante, então, assim que o livro chegou aqui em casa, comecei a devorar suas páginas.

O livro nos traz a Haley e o West. A Haley é uma campeã de kickboxing que está no último ano do ensino médio. A família dela está vivendo um verdadeiro caos: o pai perdeu o emprego a mais ou menos um ano e isso desencadeou uma depressão que ele não consegue superar. Aos poucos, a família foi perdendo tudo o que tinha e depois de passarem pela humilhação de morarem em um abrigo de sem teto, eles foram acolhidos pelo irmão do pai dela. Porém esse tio da Haley é sinistro!!! Preconceituosos e mandão, ele não respeita nem o próprio filho, o Jax, um dos melhores amigos da Haley.

O West nós conhecemos no terceiro volume da série. Ele é o terceiro filho dos Young, uma tradicional família roca e poderosa da cidade, porém, amargando a culpa de ter provocado o acidente que deixou sua irmã hospitalizada e com a possibilidade de nunca mais andar, ele está no fundo do poço, somando brigas e confusões em sua vida. Duas brigas determinam toda a trajetória do West dentro da narrativa. A primeira é dentro do seu colégio e ele acaba expulso de lá. A segunda briga é com o pai dele e ao saber que o West foi expulso do colégio e louco com os desaforos que ouve do filho, ele o expulsa de casa também e assim, West vai para o colégio público onde a Haley estuda.

Os dois se conhecem em uma noite, quando West quase atropela a Haley. Ela está fugindo de dois caras que querem roubar os remédios do seu pai. West até dá cobertura para ela fugir, mas quando ela percebe que ele vai apanhar daqueles que queriam roubá-la, ela volta e bate nos dois.

A Haley é neta de um grande treinador de lutas, o John, porém , no passado, ela decidiu sair da academia do avô, para treinar na academia em que o namorado Matt, treinava. O namoro não deu certo, os dois brigaram feio e agora ela está mega traumatizada com toda esta questão de luta.

Por causa do que aconteceu no dia do quase atropelamento, Matt desafia West para uma luta oficial e assim, ela começa a treiná-lo para que possa vencer a luta e então, os dois acabam se envolvendo.

O livro então irá se desenvolver no treinamento de West e na forma como ele e Haley vão lentamente, se apaixonando. Toda uma questão de segredos na família dele é levantada e ele está decidido a descobrir o que de fato aconteceu com sua mãe e seu pai no passado. Já Haley, está desesperada para ser admitida em uma universidade, com bolsa integral, e usa o treinamento que está fazendo em West, para tentar ganhar a vaga no ensino superior.

Nesta trama, revemos os personagens do terceiro livro, como Isaiah, Rachel e Abby. Todos aparecendo de forma discreta e nada relevante para a trama, com exceção de Abby, que se torna fundamental para que os segredos sobre a mãe de West venham a tona. Temos ainda, a aparição da sra. Collins, a mesma conselheira do primeiro volume e outra vez, ela ganha a cena com carisma e prudência.

Eu adorei o livro. Confesso que o terceiro volume me decepcionou um pouco, mas este aqui, veio com um enredo original e romântico. Os personagens têm uma carga dramática diferenciada e isso agregou muita novidade ao texto. Temos também a descrição das lutas e a autora fez isso de uma forma tão precisa, que eu imaginava os golpes que cada um dava dentro do ringue.

Minha única ressalva para com o livro é para a capa. Esta capa, bem como a dos outros livros da série, trazem uma dose de sensualidade que na verdade, o livro não possui. Os personagens se apaixonam e tentam viver este amor, porém n]ao existe erotismo nenhum na narrativa. Na minha opinião, esse é um aspecto ruim porque um leitor mais desavisado e que não gosta de livros com uma abordagem mais sensual, pode se afastar de um livro com uma história realmente boa e consistente.

Salvo isso, o livro é muito bom. Haley e West precisam de muito pouco para convencer o leitor. Haley é um pouco fechada e se acha a mais sofredora das criaturas, mas a personalidade forte de West, contrabalança um possível mimimimi que a protagonista possa encarar. Os personagens que orbitam ao redor do casal principal, são ótimos, tanto os amigos, quantos aqueles que querem atrapalhar o romance e a vida deles e eu gostei muito disto.

Mega recomendo para quem gosta de um livro com personagens adolescentes, mas com um embasamento mais adulto, que enfrentam problemas realmente intensos e que no decorrer da narrativa, amadurecem de forma vibrante.

Porem não recomendo que leiam fora da ordem. Embora as histórias sejam bem independentes uma da outra – os personagens principais do primeiro e segundo volume nem são mencionados neste livro – acho pertinente a leitura de todos os volumes dentro da ordem que foram lançados, para que a abrangência da trama seja compreendia de forma integral.

Eu adorei o livro e já estou ansiosa pelo próximo volume, imaginando de onde a autora desenvolvera um novo romance e drama. O livro é bem escrito, convincente e com um final muito bem concluído.

Adorei!!!

site: http://meuamorpeloslivros.blogspot.com.br/2016/06/no-limite-do-desejo-katie-mcgarry_14.html
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 21/07/2016

Haley é uma campeã de kickboxing, mas algo muito ruim aconteceu em um passado recente e a jovem desistiu de lutar. Sua vida não anda fácil e ela vive cercada de problemas. A família está em péssimas condições financeiras e para não morerem em um abrigo comunitário, eles precisam ir para a casa do tio dela. O tio é um homem muito exigente e até mesmo cruel, ele faz questão de humilhar a família e os obriga a cumprirem regras ridículas, eles vivem praticamente sob um regime militar pesado.

O pai dela sente-se um fracassado e a mãe nunca tem voz. Haley tem dificuldades em conversar e para não gerar mais transtornos, ela sempre aguenta as coisas calada e guarda somente para si tudo o que lhe faz mal. A única coisa que ela não precisava era de mais problemas em sua vida, mas é justamente isso o que acontece quando West tenta salvá-la de um assalto.

West está enfrentando sérios problemas com a família, um terrível acidente aconteceu e ele sente que foi o responsável. Com medo de não ser perdoado por uma das pessoas que mais ama, ele se recusa a encarar a situação de frente. West tem se rebelado e passou a causar alguns inconvenientes, por esse motivo, seu pai tomou uma medida drástica e o transferiu para um colégio público. West é integrante de uma das famílias mais ricas da cidade e para que ninguém tente se aproveitar, ele esconde o seu sobrenome.

A única coisa que West queria era uma maneira de ajudar ou consertar as coisas e foi essa a possibilidade que ele viu quando encontrou Haley. Ele tenta impedir que ela seja assaltada mas acaba levando a pior e ela precisa ajudá-lo, como é uma lutadora profissional Haley não tem dificuldades em acabar com os assaltantes, mas é aí que está o grande problema que ela vem tentando evitar há meses.

Quem estava perseguindo a Haley para assaltá-la tem uma grande ligação com alguém em seu passado, West ter tentado ajudar foi uma atitude nobre mas que para ela foi apenas o começo de um confronto em que toda a sua família correrá riscos. A partir desse episódio, West e Haley embarcam em uma jornada que enfrenta muita luta, superação, entrega, confiança e aos poucos eles percebem o amor acontecendo.

Leia mais no link> http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/2016/07/resenha-no-limite-do-desejo.html

site: www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Malucas Por Romances 26/06/2016

Lindo, lindo, lindo. Quero mais livros da autora!
No Limite do Desejo é o quarto livro da série No Limite, da autora Katie McGarry, publicado pela Editora Verus. O livro foi gentilmente enviado pela editora para resenha e quando chegou literalmente dei pulinhos de alegria. Pulando a fila de todos os livros eu comecei esse leitura e vou contar aqui o que achei pra vocês.

"Não sou tímido. Nunca fui. Pessoas, festas, multidões; essa é minha praia. Mas estar perto de Haley de novo... Encontrei minha kriptonita."

O livro conta a história de Haley e West. Haley é uma lutadora de kickboxing, mas parou de lutar depois de uma tragédia. A vida de Haley está de cabeça para baixo, os pais perderam a casa, a família não gosta mais dela e ainda por cima mora na casa de um tio que é um cara muito chato. Ela conhece West depois de seguida por dois homens e West entra em uma briga com eles. Haley prometeu não mais lutar, mas para salvar West ela é obrigada a lutar. West um bab boy cheio de dramas que leva o fardo de se sentir culpado pelo acidente da irmã. O pai o culpa pelo acontecimento e ele desconta toda sua raiva nas bebidas, drogas e meninas. West tem problemas escrito na testa dele. Dois jovens cheios de dramas e quebrados. Será que juntos eles vão dar certo? Isso que vamos ver nessa leitura.


Começando a leitura já vi que ia gostar dessa história. O livro tem um tema que eu adoro, onde a mocinha é quebrada, porém forte, e o mocinho um bad boy lindo, cheio de dramas que toda Malucas por Romances ama. Fórmula perfeita para quem gosta de livros assim. Me vi presa a leitura e torcendo pelos personagens. Os outros livros da série também tem uma dose de drama que prometo ler em breve para postar resenha aqui para vocês.


Haley foi uma mocinha que adorei. Mesmo querendo entrar no livro para dar umas belas sacudidas nela eu gostei do fato ela ser a lutadora e não o mocinho. Mocinhas fortes são tudo de bom, nada de mocinhas frágeis nesse livro. Na pele dela acho que não se aguentaria passar por tudo que ela passou. Haley passa pelo o pão que o diabo amassou nesse livro.

"Nossos mundos não só se encontraram, eles se misturaram como tintas respingadas na calçada, e nenhum de nós vai obter a cor certa novamente."

West é o típico personagem que não tem como você não se apaixonar. Bad boy, lindo, charmoso, etc, etc. Se eu for ficar aqui falando dos atributos desse cara vou ter que fazer uma segunda resenha. West foi responsável por muitos suspiros aqui. Esse bad boy durão é na verdade o personagem mais fofo que conheci.


RESENHA COMPLETA NO BLOG

site: http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2016/06/resenha-no-limite-do-desejo-no-limite-4.html
comentários(0)comente



Cah 03/07/2016

RESENHA: No Limite do Desejo | por Carol Sant
Boa tarde, leitores!
Tudo belezinha com vocês?
Sim, venho com mais uma resenha de um livro incrível que a Verus Editora me enviou! Estou falando de nada mais nada menos do que "No Limite do Desejo", da autora Katie McGarry que também escreveu os romances: "No Limite da Atração", "No Limite da Ousadia" e "No Limite do Perigo". Vamos começar?!
Aqui vamos conhecer a história da Haley, uma garota que está no último ano do ensino médio e é campeã de kickboxing (elé uma moça bem durona, a propósito), mas após pasar por uma situação traumática, ela decide que nunca mais colocará os pés no ringue outra vez. Até que West aparece na vida da garota, o garoto aceita uma luta de MMA com Matt (o durão de uma academia nem um pouco honesta e ex-namorada de Haley), Haley sabendo que West não conseguirá ficar cinco minutos em pé no ringue decide ajudar o garoto!
Haley e West começam então a treinar na academia de seu avô, John, que sonha em ver a neta novamente dentro do ringue. O que Haley não sabe é que West está escondendo um grande segredo sobre quem ele realmente é.Ficaram curiosos? Ah, vocês terão de ler!
Admito que quando li o título do livro, me veio a cabeça um livro mais adulto, mas isso acabou não acontecendo. Os personagens são bem jovens, entre seus 17 e 18 anos, a escritora vai mais para o lado Young Adult do que New Adult.
O livro também tem uma enorme carga emocional, cheio de traumas familiares entre os protagonistas e seus pais. Confesso que o livro me surpreendeu de uma forma bem positiva! Vale lembrar que os livros são alternados entre a Haley e o West.
Haley tem de lidar com a perda do emprego do pai e com a perda da casa onde sua família morava. Como se isso não bastasse, ela ainda tem de lidar com o tio mandão que é conhecido como "O Ditador", e ainda tem de se preocupar com seu pai que está entrando em uma depressão e com o medo e a culpa pelo trauma que sofreu.
West também tem problemas com o pai ausente, com sua irmã que está na UTI de um hospital por conta de um grave acidente e ainda tem de lidar com a culpa que sente pelo acidente da irmã e com o interesse das pessoas por seu sobrenome. Enquanto West tenta lidar com sua culpa, Haley ainda tenta enfrentar o medo que sente em relação ao que Matt pode fazer com Haley. 
A escrita da autora é super fluída e fácil de ser lida e interpretada, o livro me conquistou assim que li a sinopse (livros dramáticos são comigo mesmo huehue'). Ganhou 5 estrelas lá no Skoob e fiquei bem interessada e curiosa pelos outros livros da autora!
Com certeza, recomendado.
Beijos da Cah!

site: http://garotabibliotecaria.blogspot.com.br/2016/06/resenha-no-limite-do-desejo-kati.html
comentários(0)comente



Moonlight Books 25/12/2016

Leia esta e outras resenhas no blog Moonlight Books, www.moonlightbooks.net


Esta história me transportou para um cenário diferente e para dentro de uma realidade com a qual não tenho muita familiaridade, o mundo das lutas. Acho que o único livro que li que tinha um protagonista lutador foi Belo Desastre, mas Travis não era bem um profissional, então não dá para comparar já que aqui temos a luta como esporte e profissão de muitos personagens.

No entanto, embora a trama seja ambientada neste cenário, há um lado humano marcante, uma jornada de dois jovens por um caminho difícil de dor e decepção. Haley e West são personagens maravilhosos e vão tocar o coração do leitor com a coragem que têm para encarar a vida e o amor infinito que dedicam as suas famílias. Os problemas deles não são fúteis e superficiais, são coisas sérias.

Esta série nunca aborda temas fáceis de lidar e nem graciosos, a autora gosta de nos apresentar protagonistas despedaçados e cheios de marcas. Lembro como se fosse hoje como a história do primeiro casal – Echo e Noah – tocou meu coração e, mesmo que nenhum outro par se compare aos dois, Haley e West ao seu modo também me comoveram demais.

É uma história de amor em diversas formas, não posso afirmar que é só um romance. É sobre amizade, confiança, lealdade, família e acima de tudo sobre superação e esperança. Não esperem por soluções fantasiosas, a história toda é muito realista e como tal muitas das escolhas da autora para definir os destinos de seus personagens não são precisamente um pote de ouro no final do arco-íris. Este lado mais pé no chão torna tudo mais vivo e crível sem dúvidas, assim como mais impactante e envolvente.

site: Leia o restante da resenha em http://www.moonlightbooks.net/2016/08/resenha-no-limite-do-desejo.html
comentários(0)comente



Meu Vicio em Livros 21/06/2016

ÓTIMO!!
Tudo que West queria era uma chance de redenção, por acreditar que nunca fez nada certo na vida e por sempre acabar magoando aqueles que ama. É expulso do colégio por brigar e expulso de casa pelo pai que não aguenta mais suas irresponsabilidades. Ele vem de uma família privilegiada e de repente está morando em um carro e passando fome. Sua vida dá um guinada gigantesca quando ele conhece Haley de forma bem inusitada.

Haley não tem mais um lar, sonha com uma bolsa de estudos e está passando por momentos difíceis depois que seu pai perdeu o emprego e uma inesperada despesa médica deixou toda a família falida e sem teto. O único que acolheu a todos foi o seu tio e viver com ele é um verdadeiro inferno. Após o namoro com um lutador chamado Matt não ter dado certo, Haley desistiu de fazer o que mais amava que era lutar kickboxer no ginásio do avô. Para proteger toda a família, ela nunca admitiu os motivos que levaram ao fim do namoro e quando se envolve em uma briga com o irmão de Matt, ela conhece West que aparece para defendê-la. Sentindo-se insultado em nome do irmão, Matt desafia West para lutar no ringue dentro de dois meses.

Haley se sente responsável por ele e decide treiná-lo com a ajuda do avô que só aceita que ela use o ginásio se ela voltar a lutar. West passa a estudar no mesmo colégio que ela depois da expulsão e eles acabam ficando muito tempo juntos durante as aulas e os treinos. Ela não pretende namorar outro lutador e precisa treinar West sem se envolver emocionalmente. Se sente atraída e ele não facilita quando deixa claro o seu interesse por ela.

Os personagens deste livro são surpreendentes. O pai de West, que eu não gostei no começo da trama, se redime de uma forma incrível. Adorei os diálogos francos que ele teve com o filho a fim de resolver as coisas. O que eu também amei neste livro foi o fato de...
LEIA MAIS EM http://www.meuvicioemlivros.com/2016/06/resenha-no-limite-do-desejo-serie.html

site: http://www.meuvicioemlivros.com/2016/06/resenha-no-limite-do-desejo-serie.html
comentários(0)comente



Paraíso das Ideias 19/06/2016

Apaixonante e totalmente novo

Recebi esse livro de cortesia da Editora Verus, e assim que finalizei a última leitura iniciei essa. Apesar do livro ser o quarto volume de uma série, ainda sim não se torna obrigatória a leitura na ordem, lendo resenhas de alguns colegas, percebi que o West é apresentado no terceiro volume, mas ainda sim consegui compreender o enredo sem dificuldades.


West é um adolescente revoltado, filho de pais ricos, vive metido em encrencas e desafiando a ira do pai, um poderoso empresário que vive em função do serviço. Se já não bastasse tudo que enfrenta psicologicamente, nesse livro sua irmã Rachel esta internada na UTI entre a vida e a morte, e West se culpa pelo acidente sofrido pela irmã, o porque descobriremos no desenrolar da história.


"Pergunto muito mais do que devo, alguns dias me arrependo das decisões que tomo e, na maioria das manhãs, acordo no limite. Não é comum que as três coisas aconteçam ao mesmo tempo, mas hoje acerto a porra da aposta tripla."

Dou outro lado temos Haley, uma ex lutadora de kickboxing, campeã de titulo nacional, ela abandona aquilo que mais ama depois de ter uma briga feia com seu ex namorado Matt, também lutador. Mas o que ela não esperava era que depois de abandonar seu sonho sua vida fosse virar de pernas pro ar

O pai de Haley foi despedido e depois de passar por um abrigo para sem tetos, ela e sua família, acabaram indo morar na casa do seu tio, irmão de sua mãe, o que nas palavras de Haley seria o próprio inferno, mas não há opção, enquanto as condições não melhorar, aquele será o seu lar, ou o projeto de um.

Os destinos de Haley e West irão se cruzar logo no inicio da história, quando ela esta sendo atacada por dois homens e ele tenta defende-la, mas acaba sendo defendido por ela, depois disso colocamos um pouco de encrenca com o Ex de Haley, pois um dos caras era seu irmão, acrescentamos West se metendo onde não é chamado, uma mentira descarada e teremos o ponto máximo do livro..... Haley e West agora sao namorados de mentira, e ela precisa treiná-lo para lutar com Matt em um campeonato de artes marciais.


"Isso é tudo que somos? Ações e reações contínuas? Não temos nenhum controle sobre nosso futuro? Um papelzinho-cor-de-rosa e perdemos a casa...e eu perco meu pai? Uma decisão de namorar o cara errado e perco Jax e Kaden? Um passo em falso na calçada e meu destino se enrosca no de um estranho?Se isso é verdade, a vida é um jogo patético e doentio."

No decorrer desses 2 meses de treinamento não só os personagens vão se conhecer e se apaixonar, como nós também teremos o prazer de descobrir o que há por trás de tanta mágoa. Daí para frente é só adrenalina e romance. West deseja a Haley como nunca desejou outra garota, e ela? Prometeu nunca mais lutar ou namorar um lutador.


"Levo a mão à barriga e sinto o estômago ferver. O que provoca esse enjoo não é o fato de estar treinando o West; é o de estar apaixonada por ele. Cegamente. Profundamente. De verdade. De todas as maneiras que jurei que nunca mais ia me apaixonaria. E me apaixonei pelo lutador. Quando vou aprender?"

Nunca tinha lido nada da Katie, apesar de ter o primeiro volume na estante, não havia olhado para ele como prioridade, mas depois desse..... pode ter certeza que ela virou ídola!! A escrita dessa mulher é viciante, e apesar do livro ter 350 páginas, engoli a história em menos de 24hrs.

Os personagens são incríveis e apaixonantes, e não falo só de West e Haley, já que Abby, Jax e Kaden também ganharam meu coração, pois mesmo sendo coadjuvantes desses romance, a autora criou história e personalidades muito fortes para que eles passassem despercebidos.

Para mim o livro em um todo é uma novidade, se iniciando pelo tema luta, afinal o casal é bem diferente, e pelo contexto de todo o enredo, não existe paz ou momentos clichês que você já sabe o fim! Toda vez que a história chegava em um momento de calmaria e eu acreditava saber o que ia acontecer a autora me surpreendia com acontecimentos de tirar o fôlego. E se não bastasse isso, o livro ainda é narrado em primeira pessoa e os capítulos são revezados entre Haley e West.


"- Porque esta me dizendo isso? -Porque você é a garota que eu estava esperando. Se quer terminar, vai ter que tomar a decisão, porque eu não vou desistir. Você é tudo o que eu quero, não vou abir mão de nós dois."
A escrita da Katie é viciante, leve e contagiosa, quanto mais você lê, mais quer ler, e já desejo o resto da série para contemplar essa escrita tão gostosa e inebriante.

A edição da Verus está bem bacana, os folhas amareladas com ar envelhecido, a diagramação confortável e com detalhes discretos e fonte de tamanho excelente, a capa mostra muito da história e representa muito bem o casal, apesar da minha Haley ser bem mais corpuda e bonita é só olhar a capa e já se deduz o que seja, mas não se iluda, esse é um New Adult muito diferente do que estamos acostumados a ler.

O livro vai para categoria de favoritados, e indico para todos que curtem uma história nova, com um enredo diferente.


site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Kelly 24/11/2016

Tentei gostar mais...
Pessoas normais, começa uma série do primeiro ao último.. eu vou lendo tudo fora de ordem, não me obrigo a nada.. então, aqui estou eu! ?

Livros sobre esportes, é algo que amo, principalmente quando é luta, então eu pensei "Não tem como eu não gostar" esse é um daqueles casos > EXPECTATIVA X REALIDADE< Não vou dizer que o livro foi um decepção total porque não foi, eu gostei dele, mas custei a pegar o ritmo.. enrolou demais e quando finalmente consegui o livro acabou e fiquei com a aquela sensação de (??????).

Ainda assim, eu quero ler outros, porque eu fiquei intrigada, tem algumas aparições e eu confesso que fiquei "Ue como isso acontece!?" Esse é o problema de você lê os livros fora de ordem, ta na ordem pra isso, mas eu aprendo? NÃO!

West, gostei muito dele, a forma como ele lutou pela Haley, que a defendeu, achei lindo.

"Você merece isso... Merece tudo isso.."

A Hayley é caso a se pensar... Eu entendia, mas não entendia sua forma de ver e agir. Ela estava sempre tentando proteger todos, sempre assumindo a responsabilidade das coisas, isso nobre e fofo, mas não façam isso em casa!

"Você está se contendo... Se conter é o que você faz. Com as pessoas no colégio, com sua família, no treinamento, quando nega o que sente quando está comigo..."

Aguardando o livro do Kaden e Jax, gostei muito deles. Eu sou aquela que se apaixona pelos personagens secundários, os que quase não aparece e todos ficam me perguntando como conseguir me apaixonar?! E eu não sei! Só sei que é. ?

Beijinhos. ?
comentários(0)comente



Carlinha - Paradise Books 15/03/2017

Amo essa série e essa autora!
Haley Willians perdeu tudo que tinha, após uma crise na empresa, seu pai foi demitido, as contas se atrasaram, perderam a casa e todas as suas coisas. As opções foram difíceis, ficar num abrigo ou morar com o seu tio, que pra ela é assistente direto no inferno. Sua mãe trabalha em dois empregos, e ela e seus irmãos se esforçam para não cometer nenhum deslize e serem expulsos da casa. As esperanças são escassas, conseguir uma bolsa de estudos integral para a faculdade parece completamente impossível, além de ter que lidar com os seus medos e tormentos do passado. Ela parou de lutar, deixou a única coisa que amava após um relacionamento abusivo, e quando se envolve novamente em uma confusão com pessoas perigosas, ela vai fazer de tudo para proteger sua família, até mesmo contar com a ajuda de West Young.

"Isso é tudo que somos? Ações e reações contínuas? Não temos nenhum controle sobre o nosso futuro? Um papelzinho cor-de-rosa e perdemos a casa... e eu perco meu pai? Uma dcisão de namorar o cara errado e perco Jax e Kaden? Um passo em falso na calçada e meu destino se enrosca no de um estranho?
Se isso é verdade, a vida é um jogo patético e doentio."

West Young vem de uma família rica, apesar de ter tudo o que sempre quis na mão, seu relacionamento com seu pai nunca foi dos melhores. Brigas, suspensões, noitadas, e agora a expulsão do colégio logo quando sua irmã Rachel acaba de sofrer um acidente grave, são o estopim para sua família, e seu pai acaba de expulsá-lo de casa. Nas ruas ele vai aprender uma grande lição, que tudo nessa vida tem o seu preço e ele vai ter que aprender a se virar se quiser sobreviver. A culpa o consome, em saber que o motivo do acidente da irmã pode ter sido causado por ele, mas quando ele se mete em uma perigosa briga de rua pra defender uma garota, ele não sabia que tudo poderia se virar ainda mais contra ele. Agora West e Haley precisam treinar juntos, aprender a lutar, se quiserem proteger a família dela, não se apaixonar é quase impossível quando um ao outro é tudo que eles tem.

No penúltimo livro da série, Katie McGarry me surpreendeu com esse protagonista inesperado, nem imaginei que fosse ser o irmão de Rachel. Essa história vai se passar logo após o acidente da Rachel no livro anterior, no período em que ela passou no hospital e que não foi muito mencionado em No Limite do Perigo, enquanto ela se recupera vamos conhecer mais sobre o West e a Haley, uma mocinha que não havia aparecido na série ainda. Esse foi sem dúvidas o livro mais dramático da série pra mim, eu mesma não conseguia enxergar muitas opções para os protagonistas, e isso me deixou muito aflita, aos poucos conhecemos mais sobre famílias destruídas e como as vezes somos forçados a ser adultos pelas situações da vida.

Haley acredita que precisa ser forte pela sua família, sua mãe agora trabalha incansavelmente para trazer comida pra casa, seu pai entrou em uma depressão e se sente um fracasso após perderem tudo, sua irmã mais nova sofre com terrores noturnos, seu irmão e seu primo mal falam com ela, e ela deixou de lutar, apesar de amar o kickboxing com todo seu coração. Agora tudo que ela consegue pensar é em conseguir uma bolsa de estudos integral, e poder ir morar bem longe do seu ex-namorado babaca. Ele não quer deixá-la em paz e Haley teme por sua família quando acaba novamente envolvida numa briga com eles. Ela é uma garota muito forte e decidida, forçada pela vida a se preocupar muito mais do que uma adolescente deveria, guardando dores e traumas que a machucam e impedem de voltar a viver seus sonhos. Gosto de mocinhas que saem do convencional, e ela sem dúvidas foi uma surpresa.

West foi um personagem que eu não tinha gostado no livro anterior, mas ver o quanto ele se culpa pelo acidente de Rachel e como ele era rechaçado pelo pai, comoveu meu coração. Quando ele sai de casa e decide dar um rumo a sua vida, foi o ápice da história pra mim, provando que ele não era o playboyzinho que eu tinha pensado, principalmente porque apesar de ele defender Haley sempre, ele ainda acredita que ela merece muito mais, e me emocionei com a forma tão natural com que eles se apaixonam.

"Haley. é esse o presente à minha frente. Uma garota que confiou em mim, contou seus segredos e me protegeu do frio e da chuva. Possivelmente, uma das poucas pessoas que gostam de mim sem ser pelo meu sobrenome."

Agora que os dois se meteram numa confusão, tem apenas dois meses para treinar para o dia da luta. Ela precisa superar seus traumas e engolir seu orgulho, e ele vai precisar aprender a se virar sozinho, e com isso os dois demonstraram muita maturidade, mesmo sendo tão jovens. A surpresa é que o foco desse livro não é o romance, apesar de todos da série terem outros núcleos, o romance sempre está em destaque, nesse eu senti que a autora realmente quis trabalhar com o foco nas famílias e nos problemas que os protagonistas enfrentaram, isso me desapontou um pouquinho, mas nada a ponto de tirar o brilho da história.

Em dois mundos completamente diferentes, com condições sociais e financeiras tão distintas, vemos duas famílias destruídas da mesma forma, e cada um dos seus membros enfrentando seus próprios pesadelos, foi forte enxergar os dois lados, e de uma maneira linda Katie McGarry nos dá esperança através do amor e das mudanças de comportamento e atitude.
comentários(0)comente



Angel 30/11/2016

Recomendo!
Haley e West não poderiam ser mais diferentes.
Ela está passando por uma péssima fase depois que o pai perdeu o emprego e sua família perdeu a casa, agora eles estão morando com um tio abusivo e controlador, e ela que foi campeã de kickboxing (parou de lutar quando algo sério aconteceu), vê dia após dia a família e a si mesma sofrendo diversas humilhações por parte do tio sem poder fazer nada.

West é de uma família rica e influente e irmão da protagonista do livro anterior (que não li ainda), mas é rebelde, a decepção da "família perfeita".

Os destinos dos dois se cruzam uma noite quando West tenta ajudar haley a lidar com alguns marginais.
Mas o que ele achou que estivesse fazendo para ajudar só piora a situação, e ficam com um problema bem maior para lidar.

Problema que será resolvido no octógono, porém West não tem treinamento, apesar de viver se metendo em brigas e até se sair bem, ele não é um lutador, então para que ele tenha alguma chance, Haley precisa ajudá-lo, e o que era para ser algo com certo distanciamento, fica cada vez mais difícil conforme a atração entre eles começa a crescer.

Mas ele guarda segredos, e não é exatamente o que ele queria, e Haley passou por uma experiência traumática, o que torna difícil se relacionar com alguém novamente.
Juntos, terão que lidar com os fantasmas que os perseguem e toda a merda que vai surgindo da melhor forma possível.

Os dois tem outras batalhas a travar, em busca de confiança, para superar os medos e as diferenças.
E conforme revelações que podem mudar a vida de todos são feitas, o que parecia estar indo bem pode desabar novamente.

O livro é narrado em primeira pessoa intercalando os pontos de vista de Haley e West e a leitura flui super bem.

Apesar de ser o quarto livro da série, não é necessário ler os outros para se situar na história já que cada livro trata de personagens diferentes, e fiquei tão apaixonada pela escrita da Katie que já comprei os outros, só esperando um tempinho livre aqui pra ler!

Tem vários momentos emocionantes, sofri e suspirei e super recomendo a leitura !!

Ahh, e para quem não curte cenas de sexo pode ler tranquilamente que não tem!

"Eu me sinto atraída pelo West. Não tenho como negar. Sempre que ele está por perto, meu coração bate de um jeito maluco, como se uma família de beija-flores tivesse se mudado para o meu peito."


site: http://a-libri.blogspot.com.br/2016/11/resenha-no-limite-do-desejo-katie.html
comentários(0)comente



Marcos 14/10/2016

Haley é passou por uma tragédia familiar recentemente, envolvendo seu pai. Em virtude disso, sua família passa por grandes apertos financeiros e ela tem de recorrer o tempo todo a seu avô, treinador de artes marciais, que não se dá bem com ela desde quando ela decidiu desistir de lutar kickboxing, esporte da qual era campeã. Ao ver que a neta ainda te um certo brilho ao visitar o ambiente da academia de luta que tem, ele resolve propor que ela treine o jovem West Young, novo pupilo e promessa de vitórias no futuro.

West é um jovem que tem um segredo em seu passado. Ele evita falar sobre o assunto o tempo todo, escondendo de Haley o que aconteceu em sua vida e em sua família. Morando agora no subúrbio, West decide voltar com sua paixão pela luta e volta a treinar, dessa vez na academia do avô de Haley. Lá ele se envolve em uma briga para defendê-la e finge ser o seu namorado para que o ex dela a deixe de perturbar. É quando Haley passará a treiná-lo para a grande luta. Porém, à medida que os dois se aproximam mais, ambos vão desvendando os segredos e se apaixonando cada vez mais. Até que algo vem à tona e estremece a situação do casal.

No Limite do Desejo é o quarto livro da série Pushing The Limits, que já tem os três primeiros títulos publicados pela Verus no Brasil e terá o seu quinto e último volume lançado este ano nos Estados Unidos. Essa é uma série New Adult em que todos os protagonistas convivem entre si, aparecendo também e outros livros que não os seus próprios.

O grande diferencial de Katie McGarry para outras autoras do mesmo gênero é que ela não aborda o sexo como mote de suas histórias, mas sim trabalha o romance envolvendo temáticas variadas, explorando também os coadjuvantes em nichos próprios. No caso de Haley e West, temos isso feito de uma forma muito interessante, trazendo os subplots da trama para o âmbito dos protagonistas.

Minha relação com essa série oscila muito entre os livros. Ainda não li o primeiro tomo, o segundo é o meu favorito até agora, o terceiro é o mais fraco e esse quarto é também muito bom. O quinto livro promete encerrar toda a série com a junção de todos os quatro casais de protagonistas dos livros anteriores.

É uma leitura leve, muito rápida e que faz com que o leitor se envolva muito com o drama e o romance dos protagonistas. A autora consegue ter uma escrita ágil e enlaça o leitor desde a primeira cena. Recomendo muito a quem gosta de livros do gênero e queira sair um pouco mais do status quo que ele se tornou.

site: http://www.capaetitulo.com.br/2016/06/resenha-no-limite-do-desejo-pushing.html
comentários(0)comente



Fernanda 27/05/2016

No limite do desejo
Resenha no blog:

site: http://www.segredosemlivros.com/2016/05/resenha-no-limite-do-desejo-katie.html
comentários(0)comente



Masen's tale 16/07/2016

Resenha: No limite do desejo

''Estou apaixonado por você. Estou apaixonado por você e não sei como fazer você se sentir melhor. Estou apaixonado por você e não devia estar. Estou apaixonado por você e, quando descobrir quem sou, você não vai me amar. Estou apaixonado por você e sempre ferro com quem me ama de volta.''

Okay, não é segredo nenhum que eu estava super louca pra ler esse livro - que como já era de se esperar, é um sucesso. Antes mesmo de começar a abranger a respeito da história, vale logo ressaltar agora no começo que é um enredo que retrata tantos assuntos importantes, que o leitor obviamente tem que observá-lo como um gênero muito além do romance.

Haley é uma campeã de kickboxing que acabou abandonando a vida dentro dos ringues depois de passar por um momento trágico. Ela é o tipo de garota que está destroçada por dentro. Como se já não bastasse esse problema, sua vida ainda é recheada de uma série de acontecimentos que só fazem levá-la a crer que as coisas nunca dariam certo.

Perdida. As coisas nunca parecem dar certo para a mocinha e a tão famosa luz no fim do túnel também não é fácil de achar. Mas sabe uma das melhores coisas nessa personagem? Embora encontre-se, literalmente falando, no meio de um caos, ela não é de se fazer de coitadinha e ficar esperando pena dos demais que ficam à sua volta. Cheia de problemas, bate de frente com cada um deles e conta apenas com si mesma para enfrentá-los.

Quando fugia de caras que queriam roubar os remédios do seu pai, seu caminho cruza de forma inusitada com West Young - onde num momento para livrá-la de um problema acaba criando um maior. A verdade é que West também convive com seus próprios demônios e são dois personagens passando por um período de tantas dificuldades que posso dizer que ambos juntos fazem tudo entrar em combustão.


''Escuto a respiração dele, sinto o movimento do peito e me concentro na delicadeza dos dedos segurando os meus. Minha mente vaga, e não vivo mais em um sótão, a escuridão não me atormenta mais com meus medos. Abrigada, aquecida e protegida pelos braços fortes, durmo.''


West vai lutar uma luta de MMA por ela e se Haley não lhe treinar, o garoto não vai durar nem cinco minutos. O relacionamento dos dois vai muito além do ringue, tal coisa ela não imaginava ter que lidar. A escrita da autora é muito boa, sem detalhes desnecessários para cansar a leitura, ela coloca o ponto certo para ambientar cada situação.

A leitura em determinados momentos me dava raiva, por achar que a personagem estava sendo um tanto egoísta, em outros por estar cansada de tanta dramatização. Ultimamente, a maioria das histórias que venho lendo é a mocinha quem mais coloca empecilhos para o relacionamento e o não querer achar uma solução ou uma brecha já estava enchendo o meu saco. Haley, mulher, vou te dar umas sacudidas.

O livro é o quarto volume da série 'No limite', mas são histórias independentes. Claro que é bem legal se você ler as outras obras, mas todas elas podem ser lidas foram de ordem que não vai influenciar na leitura. Já conheciam? Leram? O que acharam?


''Isso é tudo que somos? Ações e reações contínuas? Não temos nenhum controle sobre nosso futuro? Um papelzinho-cor-de-rosa e perdemos a casa... E eu perco meu pai? Uma decisão de namorar o cara errado e perco Jax e Kaden? Um passo em falso na calçada e meu destino se enrosca no de um estranho? Se isso é verdade, a vida é um jogo patético e doentio.''


site: http://masenstale.blogspot.com.br/2016/07/resenha-no-limite-do-desejo.html
comentários(0)comente



29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2