Simplesmente Você

Simplesmente Você Cissa Prado




Resenhas - Simplesmente Você


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Bi Faria 28/06/2017

Capa linda! E que história divertida e romântica. Helena é um moça linda, simples, divertida e desastrada (eu ri demais com ela) que trabalha e ama o que faz. Sua vida é tranquila, até ela trombar com Eduardo. O homem dos olhos azuis mais lindos que ela já viu. Eduardo é lindo, educação, gentil, mas muito fechado e misterioso. Ela não tira ele da cabeça depois de se viram, até ela dar de cara com o próprio na empresa em que trabalha. Sua vida vira de cabeça pra baixo junto com o Eduardo, que vai se abrindo... Mas ainda há um grande segredo. Será que Helena conseguirá que Eduardo se abra com ela? O amor falará mais alto? "Por que ele me faz sentir coisas esquisitas? Por que tenho vontade de ficar ao seu lado e não sair nunca mais?" "O amor que sinto por você é tão intenso e verdadeiro que chega a doer. Nunca duvide disso." @cissapradoescritora @editoracharme
comentários(0)comente



Cris 03/06/2017

Helena publicitária , divertida e muito desastrada , conheceu o homem dos seus sonhos trombando com ele. Tanto Helena como Eduardo foi amor a primeira vista.....
comentários(0)comente



Mari Sales 17/01/2017

Fofo!
Aquele momento que você conhece um homem lindo, gentil e atencioso, começa a se relacionar de forma amigável com ele e então, esse relacionamento se transforma em mal-entendidos e mistérios. Os problemas na comunicação entre Helena e Eduardo passa de confusa para divertida no dia a dia da rotina do trabalho.

O jeito desastrado de ser de Helena narra a história. Apesar da personagem não achar nenhum pouco de graça em sues desastres, Eduardo e nós, leitores, seguiremos com um sorriso nos lábios de tanto que esses dois não conseguem se comunicar, dizendo meias palavras e interpretando das piores formas.

Helena é uma jovem empenhada em seu trabalho e um desastre na parte amorosa. Esbarra com Eduardo e desde então, sua vida se torna uma confusão de sentimentos, mal-entendidos e desastres. Ela é MUITO desastrada, tornando tudo mais divertido para quem olha de longe. Helena se derrete por ele na primeira esbarrada:
“— Ele é o homem mais lindo que já vi na vida. Seus olhos são de um tom maravilhoso de azul.”
Eduardo é um homem cheio de mistério, postura profissional e charme. Ele se encanta de primeira por Helena, mas não consegue se comunicar de forma correta com ela, por esconder coisas de sua vida. Ele tenta forçar uma amizade, mas o amor é maior e se mistura com toda a confusão entre eles. Parecem quase cão e gato!
“— Não consigo tirá-lo da cabeça e, quando estou ao seu lado, ajo como uma completa idiota.”

Parecido com a vida real, quando a mocinha se frustra, ela não se esbalda em sorvete, ela:
“Deprimida, vou para a cozinha e faço a única coisa que pode me acalmar nesse momento: uma panela cheinha de brigadeiro”. Quem nunca?

Um romance dentro do local de trabalho, família calorosa de ambos os lados e amigos para ajudar com o vexame contribuem para deixar essa trama animada. Nada acontece de uma hora para outra, tudo é construído e até a implicância familiar se torna divertida. Romance fofo, divertido e muito, mas muito romântico.
“— Sempre pensei que histórias de amor com finais felizes não fizessem parte da minha vida. Mas me enganei. Estava completamente errado.”
Ah, não podemos esquecer da colega de trabalho abusada, amigo apaixonado e não correspondido e segredos de Eduardo!


site: http://www.resenhasnacionais.com.br/2017/01/cissa-prado-simplesmente-voce.html
comentários(0)comente



Book.Obsession 09/12/2016

A história se passa na cidade Maravilhosa, onde a mocinha Helena, funcionária de uma agência de publicidade trabalha e não vê a hora de tirar suas sonhadas férias. Porém com as modificações que a empresa realizou, esse desejo ficou apenas na vontade mesmo, aumentando a carga de trabalho para dar conta de todos os clientes.

Final de semana chega e suas amigas praticamente dão ultimato a Helena para sair de casa e ir a uma boate super badalada do Rio para relaxarem. Eis que na entrada da balada, Helena esbarra em um carinha gato e caí no chão, virando uma bagunça de cabelos, vestido e salto quebrado. Que horror de primeiro encontro hein...hahaha...deu pena dela!
Com vergonha Helena decide voltar pra casa e esquecer o assunto. E quando retorna para um novo dia de trabalho a mesma toma o maior susto ao se deparar com o novo funcionário, que nada mais é Eduardo, o carinha do esbarrão na entrada da balada.

Desastrada e aparentando uma lerdeza fora do normal, toda vez que encontra Eduardo, Helena tem mais dificuldades em esconder a atração que vem sentindo.
Ao trabalharem juntos em vários projetos da empresa, esses dois acabam se desentendendo mais que o esperado. E quando são obrigados a acatarem ordens do diretor para uma campanha a coisa entre eles só piora.
Helena fica furiosa com as negativas do rapaz, mas quando Eduardo que demonstra ser volátil muda de opinião, ela cede. E isso vai se repetindo e eu aqui doida pra dar uns sacodes nela pra ver se acorda.

Eduardo além de bonito, esconde seus mistérios do passado e toda vez que some deixa Helena apavorada e com mil e uma minhocas na cabeça e cada vez que ela cobra alguma explicação, Eduardo saí pela tangente e sempre reverte a situação a seu favor.
Ao longo da narrativa o desejo entre eles aumenta e o casal resolve assumir um relacionamento, com muitas juras de amor, mas como o mocinho consegue magoar tanto Helena com seus mistérios, acaba afastando-a e a mesma tenta seguir em frente.

Será que depois de todas as revelações que tanto Eduardo tem pra contar, Helena conseguirá ter forças e lutar por eles?
O futuro parece incerto e cabe aos dois cederem e encontrarem um jeito de fazer dar certo em meio ao caos.

O primeiro romance da autora publicado pela editora Charme é leve, sem passagens de cenas hots. A história é narrada por Helena e um último capítulo por Eduardo. O ponto alto do livro são as aparições de Cléo (sua melhor amiga) e sua avó, que dão o tom da comédia. No entanto, tive dificuldades em ser arrebatada pelo casal que deu muitas voltas em torno de suas brigas e os motivos quando revelados, acabaram sendo bobos, diante do drama todo gerado. Tornando a leitura cansativa nesses pontos. Mas, ao final entre mortos e feridos, salvaram-se todos e eles encontraram seu “Felizes Para Sempre”.


site: https://bookobsessionresenhas.blogspot.com.br/2016/12/resenha-simplesmente-voce-cissa-prado.html
comentários(0)comente



Daia 31/10/2016

Simplesmente Perfeito
Eu simplesmente amei o livro, a escrita da Cissa, uma história leve, que você devora do começo ao fim, e , é contado por Helena. Uma mocinha bem sucedida, divertida e atrapalhada, mais a minha simpatia acabou quando eles ficaram no namoram não namoram, Helena uma boba apaixonada e Eduardo um bipolar que faz o que bem quiser na hora que quer e a Helena aceita tudo. Minha relação com ela foi de amor e ódio. Depois , com Eduardo explicando, contando tudo sobre seu último relacionamento deu uma peninha dele e o casal voltaram a ser meu casal favorito do ano :) Acho legal se tivesse um outro livro dessa vez narrado por Eduardo, assim teríamos noção do drama dele, as magoas e porque lutou tanto pra afastar Helena dele.


site: http://omliteratura.blogspot.com.br/2016/10/resenha-simplesmente-voce-cissa-prado.html
comentários(0)comente



Rose 14/06/2016

Helena é uma publicitária com uma grande carreira pela frente e muito conceituada na agência CET em que trabalha. Ela acabou de comprar um apartamento e está muito feliz consigo mesma. Segundo sua família, e principalmente sua avó ela precisa é desencalhar e arranjar um namorado. Mas ela não acha que um namorado seja bom no momento.
Até que em uma noite de "meninas" ela literalmente tromba na rua com um moreno, alto, lindo e com irresistíveis olhos azuis que atende pelo nome de Eduardo. Foi o suficiente para não tirá-lo da cabeça. Mas qual não foi sua surpresa ao descobrir que o mais novo funcionário da empresa era justamente Eduardo!!! E detalhe, ele trabalharia bem ao seu lado!!!
Os dois logo foram colocados juntos para desenvolverem alguns dos projetos da CET, entre eles uma inesperada sessão de fotos para a empresa Verão Brasil, que exigiu que eles fossem os modelos de sua linha praia.
Se na agência já estava difícil manter a atração entre eles em segredo, a proximidade não só com a sessão de fotos, como os outros projetos que eles começaram a tocar, deixou a situação ainda mais complicada.
Helena não conseguia tirar Eduardo da cabeça e isso estava atrapalhando seu trabalho. Só a presença dele acentuava ainda mais o seu lado desastrado...
Apesar de também se sentir atraído por Helena, Eduardo deixa claro que seria impossível um envolvimento entre eles.
Apesar da resolução de ambos não se envolverem ou deixarem a situação afetar o trabalho deles, isso acaba indo para o espaço. Em uma viagem a trabalho, ambos caem nos braços um do outro, e o que poderia ser um mar de rosas, acaba se transformando em um caminho cheio de espinhos e confusões.
Helena e Eduardo viviam discutindo, e isso só aumentou quando ele deixou claro que nada mais poderia acontecer entre eles. Helena ficou ainda mais revoltada quando descobriu a existência de uma moça chamada Marcela, a quem Eduardo insistia em não dar explicações. Aliás, Marcela não era o único segredo de Eduardo, pois ele guardava muitos outros segredos de Helena, o que a deixava revoltada e totalmente insegura.
Entre trancos e barrancos ele engataram um namoro, até que helena chega a seu limite e dá um basta na relação e deixa bem claro que só terá alguma coisa com Eduardo quando ele não mais esconder seus segredos principalmente o que diz respeito `Marcela.
E agora, como Eduardo vai resolver este impasse? Quem será Marcela e o que ele verdadeiramente representa para ele? Helena vai se manter firme em sua decisão ou mais uma vez vai relevar todos os segredos que seu namorado esconde?
Infelizmente eu não posso dizer que amei o livro, pois tive problemas com duas coisas, a primeira, achei que a história deu muita volta em torno das constantes brigas do casal, que sempre faziam as pazes quase que da mesma forma. Eu me sentia andando em círculos. Mas o que me irritou mesmo foi Helena. Para uma mulher de 24 anos e bem conceituada no trabalho, ela me passou a imagem de uma adolescente de 15 anos totalmente antiprofissional. Não foram poucos os momentos em que eu me perguntava, sério isso? Definitivamente eu gostaria de ter uma boa conversa com ela...
Eduardo também não escapou tão ileso assim, pois os segredos que ele tanto insistiu em esconder não tinham motivos para ficarem ocultos. Até entendi os motivos do primeiros segredo, mas mesmo este, uma parte dele poderia ser revelada sem causar grandes estragos.
Não li nenhuma resenha deste livro, mas gostaria de ler e saber o que as pessoas acharam, e se foi implicância minha com a guria. E vocês, já leram? O que acharam? Estou sendo dura com a Helena?


site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br
comentários(0)comente



dayukie 03/06/2016

"Essa é uma história que você tem que estar preparada psicologicamente para ficar muito irritada e frustrada, mas não vai conseguir largar o livro. É aquele livro muito viciante e ao mesmo tempo muito irritante. Juro que sofri querendo largar. Tinha hora que eu falava: não dá mais! E no segundo seguinte, já estava lendo a próxima página. Com uma escrita gostosa e rápida, a autora soube mesmo tornar o livro algo apaixonante e frustrante. Sinceramente, quando você começar a ler, vai sentir o mesmo que eu e no final, ainda vai suspirar e esperar um bônus, principalmente do Eduardo. Contado todo no ponto de vista da Helena, este livro vai te surpreender."

Confira a resenha completa lá no blog!

site: http://goo.gl/M5k6fv
Cissa.Prado 29/09/2016minha estante
Que bom que gostou! Bjos




Thays 29/05/2016

Romantico!
Helena é uma jovem que ama seu trabalho em uma agência de publicidades no Rio de Janeiro, ela é divertida, desastrada e carismática, ela é bem-sucedida e tem uma vida estável, no entanto ainda não encontrou alguém que ocupe seu coração, mas tudo muda quando Eduardo um homem misterioso, com um passado que tenta esconder a qualquer custo aparece em sua vida.
Helena encontrou com Eduardo pela primeira vez quando ia sair com sua amiga, o que acabou acontecendo um desastre, ele a derrubou no chão e sua noite foi um fiasco, mas ela não conseguia deixar de notar a beleza daquele homem.



“Não consigo disfarçar o encantamento e percebo que ele tem o olhar fixo em mim. Seus cabelos são pretos e levemente bagunçados. Está usando jeans escuro, camisa social preta e é dono de um lindo par de olhos azuis. Sua boa é muito atraente. ”

Até então Helena pensou que nunca mais veria aquele par de olhos novamente, até que ela descobre que terá que trabalhar com Eduardo, ele é novo funcionário da empresa aonde ela trabalha, e os dois terão que trabalhar juntos.

“Preciso conversar com Jorge. Isso não vai dar certo. Como posso me concentrar com esse homem lindo sentado ao meu lado? Impossível. Vou acabar sendo demitida. ”

O que deveria virar uma amizade acaba virando uma inimizade, Helena acaba trocando muitas farpas com ele, e os dois não conseguem fiar juntos sem tornar tudo um caos, mas eles têm algo muito incomum, eles estão completamente atraídos um pelo outro.

Helena demora um pouco para admitir isso para si mesma, no entanto Eduardo não quer reconhecer esse sentimento, ele tem um passado e guarda um segredo, Eduardo não é homem para um relacionamento, pelo menos não por enquanto.

Se Helena quiser viver esse amor ela deverá lutar por esse sentimento, terão que enfrentar todos os obstáculos, que ficam ao caminho, e acima de tudo ela deverá aprender a perdoar.

Simplesmente você não é um livro erótico, é um livro sensual, divertido e ousado. Me identifiquei muito com a escrita da autora e a forma como as cenas foram se desenvolvendo, sendo avançadas da maneira certa, quando necessário, toda a leitura foi muito prazerosa e divertida, Helena te fará dar muitas risadas.

Helena apesar de centrada em sua vida profissional é infantil quando se trata de relacionamentos, teve momentos que eu quis esganá-la, mas ela vai amadurecendo ao longo do livro, assim como Eduardo. Os dois terão que aprender a se relacionar.
O grande mistério de Eduardo, foi o que deixou o livro mais instigante, apesar de ter descoberto desde o início, fiquei bem ansiosa para saber como Helena reagiria, talvez para algumas pessoas não seja tão fácil descobrir, mas eu sempre acabo descobrindo como vocês bem sabem rsrs.

Simplesmente você é narrado em primeira pessoa apenas pelo ponto de vista da Helena, no entanto tem um capitulo narrado pelo lindo Eduardo. Ele ganhou completamente o meu coração!

Não posso deixar de falar da Cléo a amiga da Helena, que foi uma das personagens que mais me conquistou, sem duvidas quero um livro só dela!

Esse romance é para aqueles que acreditam no amor a cima de tudo, um romance bem sensual (sem cenas hots), como eu já havia dito e vocês já perceberam eu dei uma pausa nos eróticos então esse livro veio na hora certa, esse é um daqueles livros perfeitos para sair de uma ressaca literária. Recomendo sem dúvidas.
Eduardo é só amor

site: http://thaysmdelima.blogspot.com.br/
Liana 07/07/2016minha estante
Oi Thays, gostei da tua resenha, e foi decisiva para eu colocar o livro como "Quero Ler". Gosto de romances, mas já estou cansada de ultimamente o tema estar tão "erotizado".


Cissa.Prado 29/09/2016minha estante
Fico muito Feliz em saber que gostou da história!


Ana 27/10/2016minha estante
Como a leitura desse livro hoje .




Letícia Fernanda 28/05/2016

Simplesmente Você
O livro conta a história de Helena uma jovem bem sucedida com um bom emprego, que conhece Eduardo um homem lindo que sem querer ela esbarra nele.
O livro gira em torno de um segredo de Eduardo e que pode por em risco o amor deles.
Livro gostoso de ler e bastante envolvente.
Camila.Saledom 29/09/2016minha estante
Eu amei demais a escrita da Cissa Prado... Livro leve, envolvente e muito bem escrito...
A Cissa Prado imprime uma marca própria neste livro; ela consegue, ao mesmo tempo, com o mesmo casal, trazer a comédia romântica, com cenas hilárias que me arrancaram gargalhadas; apresenta a leveza do amor romântico, que me fez suspirar e ver coraçõezinhos por onde eu andava, com borboletas no estômago também, é claro; e ainda colocou um quê de mistério com uma carga dramática que transformaram meu coração em uma bateria de escola de samba e meus olhos em um descontrolado mar de lágrimas. Fora a fluidez de sua escrita, numa linguagem clara e que nos entretém intensamente, que me fez ficar presa a essa leitura em todo o meu tempo livre, ou seja, não fazia outra coisa a não ser devorar esse livro.
Ela nos apresenta a Helena e Eduardo, um casal apaixonante, mesmo que em alguns momentos, eu confesso, deu uma certa vontade de esganar o Eduardo... Mas depois que conheci todo o mistério que o rodeava, não tinha como não me entregar a uma verdadeira paixão por ele (Helena que não me escute, com todo respeito, tá bom?).
Helena, uma mocinha encantadora. Jovem, linda (embora não se reconhecesse como tal), extremamente competente no seu trabalho, uma romântica, mas cheia de conflitos por não conseguir um relacionamento sólido. Um tanto quanto desastrada também, e dona de um apetite peculiar. Uma coisa que me cativou nessa personagem foi sua forte ligação com a família e uma fidelidade muito grande as suas amizades (preciso destacar a Vó Elvira, um capítulo a parte nesse livro, uma figura!). Possui um lado apaixonante e bastante aflorado, carregado de altruísmo e filantropia. Dona de uma personalidade instigante... Ao mesmo tempo que apresenta um lado muito doce, consegue ser mais intempestiva; é forte, mas demonstra muita insegurança em alguns momentos, especialmente no seu relacionamento com o Eduardo... Todo esse turbilhão que é Helena, me fez ficar encantada com sua personalidade, embora em alguns momentos eu quisesse dar uma sacudida nela, para chamar sua atenção para algumas coisas. O lado cômico do livro, tem muita relação com essa personalidade dela.
Já o Eduardo, um jovem imponente somente com sua presença, tem um lado muito misterioso (que foi um dos pontos altos desse livro, me fazendo queimar muitos neurônios). Em função dos seus segredos, ele possui algumas atitudes que, aos olhos dos outros, especialmente de Helena, que soam como esnobe, talvez até arrogante. Mas ao mesmo tempo, tem um lado doce e romântico que nem ele mesmo sabia que tinha e somente Helena conseguiu despertar. Um homem marcado por um trauma, um passado que deixou feridas que não permitiam que ele pudesse se envolver e entregar-se a uma verdadeira paixão, a um amor idílico, como o que sentia por Helena. Mas esse sentimento foi tão forte e intenso que contribuiu para quebrar as amarras de seu passado.
Helena e sua marca registrada, ser desastrada, foi a tônica do primeiro encontro. Mesmo em todo um contexto não muito favorável, esse encontro transformou os dois, produziu faíscas que nenhum dos dois nunca havia sentido. Apesar de ser rápido, foi extremamente marcante.
O segundo encontro, inesperado da mesma maneira, os colocou em uma situação complicada, em que precisariam de um contato mais próximo, mas ao mesmo tempo, manter uma certa distância. Contudo, o que estava destinado a ser, nada poderia atrapalhar. A medida que ambos foram conhecendo-se melhor, foi inevitável aflorar o sentimento que era apenas uma faísca de admiração e desejo, tonando-se algo mais profundo e arrebatador.

?Você é muito metido, sabia? Aposto que deve ser um filhinho de papão metido à besta. Mas, se você não está ligando, pelo menos não me prejudique. Diferente de você, eu realmente preciso desse emprego.? (Helena).

Eduardo não sabia lidar com esse turbilhão de emoções que Helena despertara nele, que, somado aos seus segredos e mistérios, fez com que lutasse contra o sentimento que apenas crescia em seu peito. Tentou evitar a ferro e fogo o que Helena estava causando em sua vida, mas o encantamento que ela despertou nele, foi mais forte do que as barreiras impostas por Eduardo. Cedeu ao desejo e ao amor que se instalou sem pedir licença, entregando-se a esse sentimento. Mas a entrega não foi completa, não permitia-se abrir-se com Helena sobre tudo que havia vivenciado, sobre os fardos pesados que ainda carregava. Tudo isso culminou em algumas crises no relacionamento e no aumento das inseguranças de Helena.

?Sim, preciso, porque eu não deveria estar agindo dessa maneira com você. Espero que não me odeie por isso, sei que deve estar me achando um idiota? (Eduardo).
?É claro que não odeio você. Apenas pensei que aquele beijo tivesse significado alguma coisa para você.? (Helena).
?Solto um suspiro de frustração. Esse homem é uma contradição ambulante. Aposto que é bipolar? (Helena).
O comportamento de Eduardo ao longo do livro é interessante demais de ser observado. Percebemos, com clareza, o encantamento que vivenciava nas mínimas coisas, aprendendo a aproveitar o simples, tudo graças à Helena. Essas novas descobertas, a possibilidade de ser ele mesmo, de perceber aspectos de sua personalidade dos quais nunca havia se dado conta, foram os responsáveis por Eduardo resolver abrir seu coração, sua vida à Helena, que por sua vez, não suportava mais essa aura misteriosa que irradiava dele assombrando seus pensamentos e o relacionamento deles. Preciso destacar o quão lindo foi o momento que Eduardo finalmente abriu sua alma para Helena, percebi a leveza tomando conta dele, por poder falar, ser ouvido, compreendido e aceito.

?Até tentei, mas não quero mais evitar o que sinto por você? (Eduardo).
?Você me faz ser uma pessoa diferente, Helena. Perdi tempo demais tentando me afastar e agora quero aproveitar cada segundo ao seu lado? (Eduardo).
?Às vezes fico pensando o que eu fiz para merecer uma garota tão especial. Você me faz acreditar que também sou uma pessoa especial?. (Eduardo)
O amor dos dois passou por várias provações, que cobraram o preço de um amadurecimento a ambos; precisaram passar por um processo de autoconhecimento para conseguirem levar adiante essa relação. Quando isso aconteceu, os dois puderam viver, com toda a força, o amor que os aplacou tão intensamente, que me vi rindo e chorando em vários momentos, dentro de um mesmo capítulo. Mesmo com toda a carga dramática, a leveza desse romance foi o que mais me encantou. Recomendo a todos essa leitura, cheia de muito amor, amizade, sentido de família, entrega, aceitação, cumplicidade e altruísmo. Lindo demais.

?Vim decidido a nunca mais deixar você sair da minha vida? (Eduardo).


Cissa.Prado 29/09/2016minha estante
Que bom que gostou! Bjos




9 encontrados | exibindo 1 a 9